Busca

Morre o cineasta gaúcho Sérgio Silva

17:57 · 15.08.2012 / atualizado às 17:57 · 15.08.2012 por

Poucos dias depois de ser homenageado na 40ª edição do Festival de Cinema de Gramado, o cineasta Sérgio Silva, 66, morre de complicações ocasionadas por um câncer, na manhã desta quarta-feira, em sua casa em Porto Alegre

No domingo, quando saí para ver os curtas gaúchos exibidos em competição, presenciei uma homenagem feita a Sérgio Silva. Uma moça foi receber o prêmio em seu lugar e, chorando, disse que o cineasta estava doente, mas que tinha melhorado e estava muito feliz pela homenagem. Até tinha dito que iria receber o prêmio, mas através de uma ligação no mesmo dia, ela soube que ele piorara e que não poderia estar presente.

Silva é o diretor de Anahy de las Misiones (1997), que conta a história de uma mulher que durante a Guerra Cisplatina (séc. XIX) saía coletando os cadáveres dos mortos em batalha, em companhia de seus quatro filhos. A película recebeu 6 prêmios no Festival de Brasília, incluindo o de melhor filme, e conta, no elenco, com Araci Esteves, Marcos Palmeira e Dira Paes.

Silva foi um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento do cinema feito no Rio Grande do Sul, que hoje é um dos mais ricos e diversificados do país. Foi crítico, ator, produtor, cenógrafo em espetáculos de teatro, professor de dramaturgia e diretor de vários curtas-metragens em 16 mm, super-8 e 35 mm.

O Festival de Gramado amanheceu de luto.

Veja o trailer de Anahy de las Misiones, que está disponível nas locadoras.

YouTube Preview Image

 

Comentários 2

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ailton Monteiro

16/02/2012 as 14:0819

Pois é, Nirton. Pena que quando eu vi ANAHY DE LAS MISIONES no cinema fiquei meio perdido com a história, muito por causa de minha ignorância com a parte histórica da trama. E teve também o sotaque difícil de entender e o som do Cine São Luis na época não ajudava muito.

Nirton Venancio

16/08/2012 as 08:0819

Ailton, lamentável essa notícia. Sérgio Silva era um dos mais importantes do cinema gaúcho. Considero “Anahy de las Misiones” um filme importante sobre um período da história brasileira, sobre a pouco estudada Guerra Cisplatina.