Busca

Tag: Cineteatro São Luiz


14:58 · 22.11.2017 / atualizado às 14:58 · 22.11.2017 por
Premiado curta carioca “O Clube”, de Allan Ribeiro, é um dos selecionados da primeira etapa de exibições

Começa hoje (22) e segue até sexta (24), sempre às 16h e às 19h, a Mostra São Luiz de Filmes de Curta-Metragem Brasileiros, no Cineteatro São Luiz, que recebeu, nessa primeira fase de inscrição, 530 filmes oriundos de 22 estados de todas as regiões do País.

24 produções foram selecionadas para compor essa primeira etapa de exibição, com cada selecionado recebendo, mediante contratação de exibição dos títulos, o valor bruto de R$ 1.000,000 (um mil reais).

A mostra terá mais duas etapas de seleção e contratação nos meses de junho e novembro de 2018, com as inscrições permanecendo abertas durante todo esse período, podendo ser efetuadas no link.

Os filmes já inscritos e não selecionados para essa primeira etapa seguirão sendo avaliados e considerados para as próximas etapas, que acontecerão em junho e novembro de 2018.

As produções inscritas cobrem todos dos anos de 2007 até agora, sendo que 44,7% delas correspondem a produções realizadas em 2017, e 28% a 2016. Do total de inscritos, 503 (95%) aceitaram doar os filmes para a “Programadora Ceará”, ação prevista no “Ceará Filmes”, iniciativa da Secretaria da Cultura do Ceará que visa disponibilizar, de forma gratuita e para o conjunto de cineclubes atuantes no Estado, conteúdo audiovisual brasileiro de curta, média e longa duração.

Todos os filmes já inscritos e os que vierem a se inscrever serão incorporados ao acervo permanente do Cineteatro São Luiz, que poderá dispor de novas exibições, desde que com entrada gratuita, sem fins lucrativos, havendo ainda a possibilidade, caso seja do interesse do detentor dos direitos autorais dos filmes inscritos, de doá-los para a “Programadora Ceará”.

Veja a lista de filmes selecionados:

A NAVALHA DO AVÔ – Direção: Pedro Jorge | Gênero: Ficção | Ano: 2013 | Duração: 23min | Estado: São Paulo
ABISSAL – Direção: Arthur Leite | Gênero: Documentário | Ano: 2016 | Duração: 17min | Estado: Ceará
A ESPERA – Direção: Léa Furtado | Gênero: Ficção | Ano: 2017 | Duração: 16:16min | Estado: Maranhão
AVIÃOZINHO – Direção: Antônio Júnior | Gênero: Animação | Ano: 2016 | Duração: 05:43min | Estado: Ceará
CARTAS DO DESTERRO – Direção: Coraci Ruiz e Julio Matos | Gênero: Documentário | Ano: 2015 | Duração: 15min | Estado: São Paulo
CHEGAMOS ANTES – Direção: Cainã Tavares | Gênero: Ficção | Ano: 2016 | Duração: 17min | Estado: São Paulo
FLECHA DOURADA – Direção: Cíntia Domit Bittar | Gênero: Documentário | Ano: 2017 | Duração: 17min | Estado: Santa Catarina
GRAMATYKA – Direção: Paloma Rocha | Gênero: Ficção | Ano: 2015 | Duração: 15min | Estado: Brasília
AO FINAL DA CONVERSA ELES SE DESPEDEM COM UM ABRAÇO – Direção: Renan Brandão | Gênero: Ficção | Ano: 2017 | Duração: 19:50min | Estado: Rio de Janeiro
O CLUBE – Direção: Allan Ribeiro | Gênero: Documentário | Ano: 2014 | Duração: 17min | Estado: Rio de Janeiro
PISCINA – Direção: Leandro Goddinho | Gênero: Ficção | Ano: 2016 | Duração: 26min | Estado: São Paulo
A VIDA PLURAL DE LAYKA – Direção: Neco Tabosa | Gênero: Ficção | Ano: 2012 | Duração: 15:24min | Estado: Pernambuco
TIA CIATA – Direção: Mariana Campos e Raquel Beatriz | Gênero: Documentário | Ano: 2017 | Duração: 25min | Estado: Rio de Janeiro
PONTOS DE VISTA – Direção: Fábio Yamaji | Gênero: Ficção | Ano: 2015 | Duração: 15:15min | Estado: São Paulo
FILHOS DA LUA NA TERRA DO SOL – Direção: Danielle Bertolini | Gênero: Documentário | Ano: 2017 | Duração: 15min | Estado: Mato Grosso
HERMETO E O QUARTETO – Direção: Francis Vale | Gênero: Documentário | Ano: 2017 | Duração: 10:54min | Estado: Ceará
SOLITO – Direção: Eduardo Reis | Gênero: Animação | Ano: 2017 | Duração: 5min | Estado: Rio Grande do Sul
MANUAL – Direção: Letícia Simões | Gênero: Documentário | Ano: 2016 | Duração: 06:51min | Estado: Rio de Janeiro
O QUE TERIA ACONTECIDO OU NÃO NAQUELA CALMA E MISTERIOSA TARDE DE DOMINGO NO JARDIM ZOOLÓGICO – Direção: Allan Souza Lima e Gugu Seppi | Gênero: Ficção | Ano: 2016 | Duração: 15min | Estado: Rio de Janeiro
UM GOSTO DO SOL – Direção: Bernardo Batista | Gênero: Documentário | Ano: 2017 | Duração: 9min | Estado: Rio de Janeiro
CARTAS PARA EROS – Direção: Herbert Fieni | Gênero: Documentário | Ano: 2016 | Duração: 25min | Estado: Espírito Santo
O TEMPO QUE LEVA – Direção: Cíntia Domit Bittar | Gênero: Documentário | Ano: 2013 | Duração: 15min | Estado: Santa Catarina
TUBARÃO – Direção: Leo Tabosa | Gênero: Documentário | Ano: 2013 | Duração: 13min | Estado: Pernambuco
JANAÍNA OVERDRIVE – Direção: Mozart Freire | Gênero: Ficção | Ano: 2016 | Duração: 19min | Estado: Ceará

12:27 · 06.11.2017 / atualizado às 12:27 · 06.11.2017 por
Documentário “Olho Nu”, com Ney Matogrosso, integra a programação

O Cineteatro São Luiz exibe, no período de 7 a 11 de novembro, a Mostra Vitrine do Cinema Brasileiro, numa parceria com a Vitrine Filmes,que se dedica à distribuição filmes sobretudo brasileiros. A curadoria é de Duarte Dias.

Veja a programação completa:

DIA 07/11 | TERÇA-FEIRA

16H| MOSTRA VITRINE DO CINEMA BRASILEIRO | OLHO NÚ
Entrada: Gratuita. Classificação: 12 anos. Duração: 1h41.
Direção: Joel Pizzini. Gênero: Documentário. País: Brasil. Ano: 2012. Áudio: Português
Sinopse: A partir de um vasto material de arquivo, que inclui shows, videoclipes, entrevistas, aparições em programas de televisão e ainda gravações caseiras, é apresentada a vida de Ney Matogrosso, de sua infância até despontar no meio artístico graças à sua voz de timbre raro, passando pela fase em que integrou o grupo Secos & Molhados até alcançar o sucesso em carreira solo.

19H | MOSTRA VITRINE DO CINEMA BRASILEIRO: O ABISMO PRATEADO
Entrada: Gratuita. Classificação: 14 anos. Duração: 1h22.
Direção: KarimAinouz. Gênero: Ficção. Categoria: Drama. País: Brasil. Ano: 2012. Áudio: Português.
Sinopse: Violeta (Alessandra Negrini) é uma dentista casada e com um filho, que tem um dia normal de trabalho. Ao ouvir uma mensagem deixada na secretária do celular ela entra em desespero. A mensagem foi gravada por seu marido, Djalma (Otto Jr.), que disse que estava deixando-a e partindo para Porto Alegre. Ele pede para que Violeta não o siga, mas ela não segue o conselho e tenta viajar, o quanto antes, para a capital do Rio Grande do Sul.

DIA 08/11 | QUARTA-FEIRA

16H | MOSTRA VITRINE DO CINEMA BRASILEIRO: BRANCO SAI, PRETO FICA
Entrada: Gratuita. Classificação: 12 anos. Duração: 1h33.
Direção: Adirley Queirós. Gênero: Documentário/Ficção. País: Brasil. Ano: 2014. Áudio: Português.
Sinopse: Tiros em um baile de blackmusic na periferia de Brasília ferem dois homens, que ficam marcados para sempre. Um terceiro vem do futuro para investigar o acontecido e provar que a culpa é da sociedade repressiva..

19H | MOSTRA VITRINE DO CINEMA BRASILEIRO: CINEMA NOVO
Entrada: Gratuita. Classificação: 12 anos. Duração: 1h30.
Direção: Eryk Rocha. Gênero: Documentário. País: Brasil. Ano: 2016. Áudio: Português.
Sinopse: Um ensaio poético, um olhar aprofundado e um retrato íntimo sobre o Cinema Novo, movimento cinematográfico brasileiro que colocou o Brasil no mapa do cinema mundial, lançou grandes diretores (como Glauber Rocha, Nelson Pereira dos Santos e Cacá Diegues) e criou uma estética única, essencial e visceral que mudou a história do cinema e a história do Brasil para sempre.

DIA 09/11 | QUINTA-FEIRA

19H | MOSTRA VITRINE DO CINEMA BRASILEIRO: AQUARIUS
Entrada: Gratuita. Classificação: 16 anos. Duração: 2h25.
Direção: Kleber Mendonça FIlho. Gênero: Ficção. Categoria: Drama. País: Brasil. Ano: 2016. Áudio: Português
Sinopse: Clara (Sonia Braga) tem 65 anos, é jornalista aposentada, viúva e mãe de três adultos. Ela mora em um apartamento localizado na Av. Boa Viagem, no Recife, onde criou seus filhos e viveu boa parte de sua vida. Interessada em construir um novo prédio no espaço, os responsáveis por uma construtora conseguiram adquirir quase todos os apartamentos do prédio, menos o dela. Por mais que tenha deixado bem claro que não pretende vendê-lo, Clara sofre todo tipo de assédio e ameaça para que mude de ideia.

DIA 10/11 | SEXTA-FEIRA

19H| MOSTRA VITRINE DO CINEMA BRASILEIRO: O FILME DA MINHA VIDA
Entrada: Gratuita. Classificação: 14 anos. Duração: 1h53.
Direção: Selton Mello. Gênero: Ficção. Categoria: Drama. País: Brasil. Ano: 2017. Áudio: Português
Sinopse: O jovem Tony (Johnny Massaro) decide retornar a Remanso, Serra Gaúcha, sua cidade natal. Ao chegar, ele descobre que Nicolas (Vincent Cassel), seu pai, voltou para França alegando sentir falta dos amigos e do país de origem. Tony acaba tornando-se professor, e se vê em meio aos conflitos e inexperiências juvenis.

DIA 11/11 | SÁBADO

19H| MOSTRA VITRINE DO CINEMA BRASILEIRO: DIVINAS DIVAS
Entrada: Gratuita. Classificação: 14 anos. Duração: 1h50.
Direção: Leandra Leal. Gênero: Documentário. País: Brasil. Ano: 2017. Áudio: Português.
Sinopse: Rogéria, Valéria, Jane Di Castro, Camille K, Fujika de Holliday, Eloína dos Leopardos, Marquesa e Brigitte de Búzios formaram, na década de 1970, o grupo que testemunhou o auge de uma Cinelândia repleta de cinemas e teatros. O documentário acompanha o reencontro das artistas para a montagem de um espetáculo, trazendo para a cena as histórias e memórias de uma geração que revolucionou o comportamento sexual e desafiou a moral de uma época.

14:14 · 14.10.2016 / atualizado às 14:14 · 14.10.2016 por
Filme Palmas, de Edlisa Peixoto (4)
Economia criativa e organização social são temas de “Palmas”

Há cerca de 40 anos, os moradores chegaram ao Conjunto Palmeiras em situação de miséria. Expulsos de seu lugar de origem, em sua grande maioria vindos da zona de praia da cidade, eles iniciaram um processo de reconstrução da comunidade, de urbanização do espaço e desenvolvimento de projetos de geração de renda. Uma das iniciativas foi a criação de uma moeda social interna, de livre aceitação, e do primeiro banco popular comunitário do Brasil: o Banco Palmas.

A psicóloga especialista em audiovisual Edlisa Peixoto conta a história da força da comunidade e da construção coletiva desse processo socioprodutivo no documentário “Palmas”, que será lançado em Fortaleza. A exibição será gratuita e aberta ao público no dia 19 de outubro (quarta-feira), às 19h30, como parte da programação da Semana do Audiovisual Cearense do Cineteatro São Luiz.

A sessão será seguida de debate com a diretora, que convida Joaquim Melo, diretor do Instituto Banco Palmas; os cineastas Glauber Filho, Joe Pimentel e Tibico Brasil, além de personagens entrevistados no filme.

Entre os assuntos abordados, os moradores relembram a opressão do governo brasileiro, que não entendeu a criação do banco popular comunitário e considerou o palmas um crime contra o Estado Brasileiro, o que os levou a serem processados juridicamente pelo Banco Central por “falsificação de moeda”.

A diretora  conversou com moradores e líderes da comunidade que participaram de todo o processo de implementação da moeda e que acompanharam de perto os benefícios que ela trouxe, como o desenvolvimento de projetos de moda, tecnologia, educação e comércio.

Programe-se:
19/10 (quarta-feira)
19h30: “Palmas”, de Edlisa Pinheiro
Local: Cineteatro São Luiz (Rua Major Facundo, 500, Centro)
Entrada gratuita.

22:01 · 03.10.2016 / atualizado às 21:47 · 07.10.2016 por
Laranja Mecânica
“Laranja Mecânica” (1971) está na programação

Dando continuidade às mostras especiais do Cineteatro São Luiz, agora é a vez de homenagear um dos maiores cineastas da história. Stanley Kubrick ganha retrospectiva de 4 a 8 de novembro, com exibição de obras importantes da filmografia do diretor, entre elas “O Iluminado” e “Laranja Mecânica”.

Cultuado até hoje, Kubrick nunca foi reconhecido pelo Oscar. O cineasta foi indicado diversas vezes ao prêmio de melhor roteiro, direção e filme, mas o único que venceu foi a estatueta de melhores efeitos visuais por “2001, Uma Odisseia no Espaço”. A Mostra faz um interessante recorte sobre os mais diversos gêneros que o diretor experimentou em vida, da ficção científica ao filme histórico.

Os ingressos da Mostra Perfil de Cinema: Stanley Kubrick serão distribuídos gratuitamente meia hora antes de cada sessão.

Programe-se:

4/10 (terça-feira)
16h: “Nascido Para Matar” (Guerra, Drama | Eua, Reino unido | 1987 | 1h 56min | Legendado | 18 anos)
18h30: “De Olhos Bem Fechados” (Drama, Suspense, Erótico | Reino Unido | 1999 | 2h 39min | Legendado | 18 anos)

5/10 (quarta-feira)
16h: “Nascido Para Matar” (Guerra, Drama | Eua, Reino unido | 1987 | 1h 56min | Legendado | 18 anos)
18h30: “Barry Lyndon” (Histórico, Aventura, Drama | Reino Unido | 1975 | 3h 07min | Legendado | 18 anos)

6/10 (quinta-feira)
15h30: “Lolita” (Drama, Romance | Reino Unido | 1962 | 2h 33min | Legendado | 14 anos)
18h30: “O Iluminado” (Terror | Reino Unido, EUA | 1980 | 2h 26min | Legendado | 16 anos)

7/10 (sexta-feira)
15h30: “Lolita”  (Drama, Romance | Reino Unido | 1962 | 2h 33min | Legendado | 14 anos)
18h30: “Laranja Mecânica” (Ficção Científica, Drama, Policial | Reino Unido, EUA | 1971 | 2h 16min | Legendado | 18 anos)

8/10 (Sábado)
13h: “2001, Uma Odisseia no Espaço” (Ficção Científica | Reino Unido, EUA | 1968 | 2h 21min | Legendado | 12 anos)
16h: “O Iluminado” (Terror | Reino Unido, EUA | 1980 | 2h 26min | Legendado | 16 anos)
19h: “Laranja Mecânica” (Ficção Científica, Drama, Policial | Reino Unido, EUA | 1971 | 2h 16min | Legendado | 18 anos)