Blog do Kempes

Busca


Com time reserva, Copa do Brasil rendeu ao Ceará R$ 2,5 milhões (mais de R$ 600 mil por jogo)

Publicado em 28/08/2015 - 10:05 por | 5 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Time alvinegro disputou quatro fases na competição nacional (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Time alvinegro disputou quatro fases na competição nacional (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Se desde o início, dentro de campo a Copa do Brasil não foi levada à sério para o Ceará, fora das quatro linhas o torneio nacional encheu os cofres do clube alvinegro.

Apesar de nas três primeiras fases, o time ter sofrido com prejuízo nas bilheterias, justamente por não usar titulares e não ter pego nenhum clube gigante, ao todo foram quase R$ 60 mil de renda negativa. Porém, as cotas e o duelo contra o São Paulo superaram todas as expectativas.

A participação em cada etapa da Copa do Brasil dá ao clube um valor. Nas quatro fases, o Ceará amealhou R$ 1.690.000,00. Já a renda da partida contra o São Paulo, no Castelão, com mais de 41 mil pagantes, trouxe R$ 1.287.676,00.

Com os descontos no borderô e de tributos nas cotas de TV, o clube alvinegro recebeu cerca de R$ 2,5 milhões líquidos, em apenas quatro partidas como mandante. É como se cada jogo em casa, o Ceará tivesse recebido algo em torno de R$ 600 mil livre de impostos.

Se tivesse eliminado o São Paulo e avançado de fase, o Ceará teria somado mais R$ 820 mil de participação, fora a renda da partida das quartas de final, provavelmente contra outro gigante do futebol brasileiro.

Tags: , , , , , , ,

Twitter do Ferroviário “tira onda” com vitória sobre o Ceará pela Fares Lopes

Publicado em 28/08/2015 - 9:10 por | 13 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle

A rivalidade entre Ferroviário e Ceará parece que voltou com força total, pelo menos nas redes sociais. Via twitter, o perfil oficial do Peixe fez uma provocação com o clube alvinegro após a vitória por 1 a 0, na Copa Fares Lopes.

Na última quarta-feira, o Ceará foi eliminado da Copa do Brasil pelo São Paulo, com uma derrota por 3 a 0, no Castelão. O time paulista possui as mesmas cores do Peixe e o escudo de ambos é muito semelhante.

ferrao3

O post rendeu dezenas de comentários e retuites (compartilhamentos) tanto de torcedores do Ferrão parabenizando o triunfo coral, como revoltando os torcedores alvinegros.

 

Ferrao 2 ferrao1

Tags: , , , , , ,

Em apenas quatro meses, Ceará fatura cerca de R$ 5 milhões com venda de jogadores

Publicado em 26/08/2015 - 9:07 por | 19 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Cruzeiro levou Marinho e Uillian Correia e pagou R$ 2,7 milhões (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Cruzeiro levou Marinho e Uillian Correia e pagou R$ 2,7 milhões (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Se dentro de campo a fase é uma das piores de todos os tempos do clube, fora das quatro linhas o Ceará vive um momento único em seus 101 anos de história. Após a conquista da Copa do Nordeste, os holofotes para o elenco alvinegro foram inevitáveis.

Com isso, alguns jogadores foram assediados e outros, sem ter como evitar, tiveram de ser negociados. A saída de pelo menos sete atletas do time campeão nordestino trouxe problemas para a campanha na Série B do Brasileiro, onde padece na zona de rebaixamento. Por outro lado, cinco deles renderam o maior faturamento de todos os tempos do clube.

A saída iminente do volante Uillian Correia para o Cruzeiro vai engordar os cofres alvinegros. Com o R$ 1,5 milhão que o Cruzeiro vai pagar pelo camisa 7 do Ceará, o montante com venda de jogador chegará a aproximadamente R$ 5 milhões.

Em maio, após o Campeonato Cearense, o Sport pagou R$ 400 mil pelo lateral-direito Samuel Xavier. Em junho, o mesmo Cruzeiro desembolsou R$ 1,2 milhão pelo meia-atacante Marinho. Em julho, foi a vez do volante Sandro Manoel na maior transferência da história do futebol cearense. O Al taawon FC, da Arábia Saudita, pagou R$ 3,2 milhões. Só que o Ceará ficou com cerca de R$ 1,8 milhão.

Vale destacar que esses valores não foram confirmados pela diretoria do Ceará, o Blog foi quem apurou esses números.

A negociação dos atletas é até uma forma de a diretoria alvinegra compensar a crise econômica que o clube passa. Nos últimos 18 meses, o Ceará perdeu seu patrocinador máster, viu o número de sócios diminuir e ainda rompeu o contrato de exclusividade que tinha com a Arena Castelão.

Para se ter uma ideia, a Quartzolit e o Castelão rendiam algo em torno de R$ 2,4 milhões por ano.  Se não bastasse, o Ceará ainda zerou suas dívidas tributárias  ao dividi-las em parcelas mensais e ainda adquiriu o Ceten (Centro de treinamento do Nordeste), assim as despesas giram em cerca de R$ 200 mil por mês.

Lembrando ainda que a diretoria do Ceará não aceitou as propostas para negociar o meia Ricardinho e o zagueiro Sandro. Aliás, o Vitória chegou a oferecer R$ 1 milhão pelo camisa 8 alvinegro.

 

 

 

Tags: , , , , , , , , ,

CBF divulga calendário de 2016 e Série C do Brasileiro não será em pontos corridos

Publicado em 25/08/2015 - 18:50 por | 7 Comentários

Categorias: Futebol, Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle

Brasileiro-serie-C1

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou nesta terça-feira, 25, o calendário de 2016. A principal novidade, de acordo com a entidade, é a paralisação da Série A do Brasileiro, enquanto a Seleção Brasileira estiver disputando as eliminatórias.

Por outro lado, para quem imaginava que a Série C do Brasileiro, enfim, pudesse mudar de formato, se enganou. Com o calendário divulgado, a CBF confirmou o campeonato em 24 datas, com a mesma fórmula atual. Assim, nada de a competição ser realizada em Pontos Corridos.

Outro detalhe do novo calendário é o período da Copa do Nordeste. O torneio regional vai ser realizado de 14/02 a 01/05. Já a Série B do Brasileiro será de 14/05 a 26/11 e a Série D de 29/05 a 02/10. Enquanto os estaduais estão previstos para começar em 31/01 e terminar em 08/05.

Tags: , , , , ,

Se a torcida do Flamengo diz que acabou o caô, a do Ceará grita acabou o caé

Publicado em 24/08/2015 - 9:41 por | 4 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Rafael Costa e Victor Luís celebram o gol da vitória alvinegra aos 48min do 2º tempo (Christian Alekson/Cearasc.com)

Rafael Costa e Victor Luís celebram o gol da vitória alvinegra aos 48min do 2º tempo (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Não precisa ir longe. Botafogo, Mogi Mirim (até contra o Bragantino também) e Vitória. Foram algumas das partidas (que eu me lembro) em que o Ceará desperdiçou várias chances, teve gol anulado, sofreu gols incríveis e vacilou com erros inacreditáveis.

Os triunfos contra Macaé, São Paulo e principalmente diante do Paraná, nesse domingo, aparentemente tiveram uma pequena mudança. Claro que os erros são notórios, continuam de forma aberta e mostram a fragilidade do time. Só que a bola nas redes adversárias começou a entrar.

Estar perdendo até os 44 minutos do segundo tempo por 3 a 2, dentro de casa, mais uma vez, depois de fazer 2 a 1, era para se conformar e acreditar que as duas vitórias anteriores tinham sido apenas obra do acaso.

Só que não foi bem assim. De maneira espetacular, Fabinho fez um golaço de fora da área. E no último lance da partida a cabeçada de Rafael Costa, o aniversariante do dia, provou que os bons ventos também podem retornar a Porangabuçu.

É uma vitória que eleva a autoestima, dá moral e, principalmente, traz a sequência de resultados positivos que a comissão técnica e os jogadores tanto sonhavam.

O grupo do Ceará não podia levar um gol que se desmanchava, se desmontava e perdia o equilíbrio de uma forma que não tinha forças para reagir. O que aconteceu contra o Paraná devolveu algo que parecia estar enterrado, o badalado: eu acredito.

O caminho para sair e não voltar mais para a zona de rebaixamento é longo e ainda vai haver muitos outros testes para saber se esse grupo é capaz de suportar a desconfiança com algum resultado negativo, que possa ocorrer como houve em jogos passados.

De uma coisa é certa, pelo menos, o caé (a zica ou a má fase) parece que definitivamente acabou. Ou você acha que aquele lance do Macaé no último minuto em que o zagueiro alvinegro tirou em cima da linha, ou o do São Paulo que chutou no travessão aos 46min do 2º tempo, ou ainda o golaço do Fabinho foram tudo coincidência?

Tags: , , , , , , ,

Sinal de alerta no Fortaleza, mas que não vale muita coisa para o principal objetivo do clube

Publicado em 24/08/2015 - 9:07 por | 4 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Técnico Marcelo Chamusca ainda terá pela frente cinco partidas até o mata-mata (Foto: Nodge Nogueira/Fortalezaec.net)

Marcelo Chamusca ainda terá pela frente cinco partidas até o mata-mata (Foto: Nodge Nogueira/Fortalezaec.net)

Os pessimistas já enxergam que o Fortaleza passa por uma queda de rendimento. Afinal, nos últimos quatro jogos fora de casa foram dois empates e duas derrotas. Enquanto os otimistas encaram como normal, até porque o time segue fazendo o dever de casa, nas últimas três partidas foram três vitórias, seis gols e nenhum sofrido.

O grande problema, talvez de muitos que estão “descendo a lenha” no time tricolor, é entender que a fase classificatória é apenas um laboratório. Em 2012 e 2014, o Fortaleza fez uma campanha impecável antes do mata-mata, parecia um time de Série B, disputando a C.

Quando chegou na hora de só confirmar o acesso e mostrar toda força e os resultados da etapa anterior, fraquejou e frustrou a todos. É até compreensível que muitos tentem comparar ou projetar cada jogo da equipe agora com o possível jogo do acesso.

Alguns chegam a falar: “Se o time jogar desse jeito no mata-mata, não vai ganhar”.

Só para ficar claro, na próxima fase, será outro campeonato. É como estar disputando pontos corridos na Série A e depois ir disputar uma Libertadores da América. São competições e forma de jogar completamente distintas.

Óbvio e é claro que não é porque está na fase classificatória que o técnico Marcelo Chamusca e os jogadores vão sair atirando pedra na cruz, começar a fazer a gol contra ou só querer fazer gol de bicicleta. Mas é compreensível que a concentração e até a disposição do grupo é e será diferente.

O mais importante para o Fortaleza, neste momento, é detectar os erros e, principalmente, corrigi-los. O time não é invencível, tem defeitos e sabe que do outro lado estará uma equipe com o objetivo de surpreender.

Faltam cinco jogos para encerrar essa fase classificatória, que nos últimos anos, pelo histórico do Tricolor, não ajudou em nada terminar em primeiro lugar com a melhor campanha.

O que vale mesmo é se classificar. Depois com 15 dias de intervalo, analisar os erros e treinar bastante para os dois jogos mais importantes da temporada. Aí, sim é hora de ligar o alerta. Agora, só vale para criar mais fantasmas.

Tags: , , , , , , , ,

A vitória que faltava ao Ceará, mas agora precisa se garantir na Série B

Publicado em 21/08/2015 - 9:21 por | 9 Comentários

Categorias: Futebol Cearense, Opinião
  • Enviar para o Kindle
Rafael Costa celebra o segundo gol alvinegro em cima do São Paulo (Foto: Diário do Nordeste/Agência Estado)

Rafael Costa celebra o segundo gol alvinegro em cima do São Paulo (Foto: Diário do Nordeste/Agência Estado)

Na redação do Diário do Nordeste, há um folclórico torcedor do Ceará: Ozanias. Perguntei a ele quanto seria o placar do jogo contra o São Paulo. Ozanias foi lacônico: dois a um para o Ceará, Kempes.

Olhei para ele e disse: “Sério que tu acha mesmo que o Ceará, com os reservas, vai fazer dois gols no São Paulo, dentro do Morumbi, e ainda ganhar a partida?”

Ozanias disse que eu podia esperar.

No comentário seguinte, eu completei: “Ozanias, se o Ceará fizer dois gols no São Paulo, tem de botar esse time aí, para enfrentar o Paraná”.

Não precisa nem comentar sobre o grande triunfo alvinegro. Uma vitória gigante e que devolve a confiança ao elenco e principalmente à torcida. Claro que os pessimistas (e principalmente os realistas) vão lembrar que o calo do time é na Série B, onde está na lanterna e que a Copa do Brasil não vai tirar o time da zona de rebaixamento.

Isso é inegável. Porém, creio que esses 11 jogadores que atuaram de forma brilhante por mais de 90 minutos dentro do Morumbi e conseguiram algo QUASE que inacreditável, deveriam ser os titulares na partida diante do Paraná, domingo, às 16h, no Castelão, pela Série B do Brasileiro.

Com exceção de Uillian Correia, que está suspenso, os outros 10 não merecem voltar para a reserva. O goleiro Luís Carlos, o menino Sanchez, o zagueiro Wellington Carvalho, o volante João Marcos e o atacante Rafael Costa tiveram uma grande atuação.

Seria um reconhecimento a todos eles e, principalmente, mostraria aos (chamados) titulares que a união e a força dentro de campo também passam pelo merecimento.

Na Copa do Brasil, o Ceará está invicto e pelo jeito tem tudo para chegar às quartas de final. Na Série B, contudo, padece a oito pontos de sair da Zona de Rebaixamento. Serão precisos, no mínimo, mais três rodadas.

Chegou a hora de mostrar no Campeonato Brasileiro a mesma dedicação e competência do mata-mata. Ou melhor, já passou faz tempo.

Tags: , , , , , , , , ,

Só boatos e não há nada de irregular com os jogadores do Ceará: Alan e Júlio César

Publicado em 20/08/2015 - 9:27 por | 5 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle

alan icasa

Muitos leitores estão me perguntando sobre uma suposta irregularidade de dois jogadores do Ceará. Infelizmente, neste período, surgem todo os tipos de boatos e rumores (ridículos sobre registro, contrato ou suspensão de atletas).

Vamos ao primeiro caso:
O atacante Júlio César não ficou suspenso atuando pelo Coritiba, ano passado. Pelo contrário, nos últimos seis jogos do Coxa, o jogador, esteve presente nas súmulas das partidas, mas em nenhum momento entrou em campo e não levou nenhum cartão amarelo ou vermelho.

Segundo caso:
O lateral-direito Alan, neste ano, já disputou a Série C pelo Icasa. Sua última partida foi contra o Vila Nova, na derrota por 2 a 0, dia 07 de junho, quando acabou expulso. Apesar de ter sido afastado do elenco na mesma semana, Alan cumpriu a suspensão automática na partida seguinte, dia 28 de junho, contra o Confiança (perdeu por 3 a 2).
Alan só teve seu contrato rescindido no dia 28 de julho, como mostra a imagem do BID da CBF.

Assim como ano passado, a galerinha do mal queria porque queria dizer que o Fortaleza​ havia escalado o meia Wellington Bruno irregular na Série C, e estava só inventando mentiras, da mesma forma agora com os jogadores Alan e Júlio César do Ceará Sporting Club​.

Espero que tenha sido esclarecido tudo.

Segue o Jogo!

Tags: , , , , , , , , , ,

Contra o São Paulo, Ceará costuma fazer golaços

Publicado em 19/08/2015 - 11:03 por | 6 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
No PV, times se enfrentaram em  2011 pela Sul-Americana, com gol de letra de Rudnei (Foto: LC Moreira/Cearas.com)

No PV,  em 2011, times duelaram pela Sul-Americana, com gol de letra de Rudnei (Foto: LC Moreira/Cearas.com)

A fase não é das melhores para o time do Ceará. Na lanterna da Série B, a equipe alvinegra vai ter de esquecer um pouco o Brasileiro e encarar a Copa do Brasil.

Nesta quinta-feira, o Vovô enfrenta o São Paulo, no Morumbi, no jogo de ida das oitavas de final do torneio nacional. Se na 2ª Divisão, o time não vai bem, na Copa do Brasil, o saldo é ótimo. Em seis jogos, foram três vitórias e três empates. Além de mais de R$ 1,6 milhão só em prêmios por avançar na competição.

E diante do Tricolor Paulista, o Ceará tem feito alguns gols antológicos, em partidas que conseguiu sair vitorioso.

Em 2010, pelo Campeonato Brasileiro da Série A, na vitória por 2 a 0, o zagueiro Diego Sacoman fez um golaço em cima de Rogério Ceni. Confira abaixo:

Já no ano seguinte, foi a vez do atacante Rudnei também assinalar um gol de letra e abrir caminho para a virada aos 48min do 2º tempo, pela Copa Sul-Americana. Confira:

Tags: , , , , , , , , ,

Com torcida empolgada, Fortaleza vê número de sócios dobrar e já é o 20º maior do Brasil

Publicado em 17/08/2015 - 17:48 por | 13 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Clube tricolor chegou à marca de 8.143 sócios (Foto: Bruno Gomes/Diário do Nordeste)

Clube tricolor chegou à marca de 8.143 sócios (Foto: Bruno Gomes/Diário do Nordeste)

No início do ano, o Fortaleza tinha pouco mais de 4 mil sócios-torcedores, ocupava a 24ª posição, e padecia com a desconfiança da sua torcida que via o clube mais uma temporada na Série C e não vencia um Estadual havia quatro anos.

Sete meses depois e uma guinada de 180º. Além do título de campeão estadual, conquistado em cima do Ceará de forma incrível, liderança absoluta na Série C do Brasileiro, o clube passou por reforças em seu programa de sócio, contratou especialistas no assunto e viu dobrar seus torcedores oficiais.

Nesta segunda-feira, pela primeira vez, desde que foi implantado o torcedômetro, do programa Futebol Melhor, que divulga os números de associados, o Fortaleza entrou para o grupo dos 20 maiores do Brasil.

O clube tricolor é o 20º colocado com 8.143 sócios-torcedores e assumiu a posição do Avaí, que caiu para o 21º. O esforço da diretoria do Fortaleza agora é para chegar até o fim do Brasileiro com 10 mil associados.

A lista é liderada pelo Internacional com mais de 147 mil sócios. Seguido por Palmeiras e Corinthians, únicos a superar a marca de 100 mil. O time nordestino mais bem colocado é o Sport, em 11º, com mais de 32 mil sócios.

Já o Ceará, que tem quase 10 mil torcedores oficiais, ocupa a 17ª posição. O Ferroviário é o 31º com pouco mais de 3 mil sócios.

Tags: , , , , , , ,

Página 1 de 15812345...102030...Última »

Autores

Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa Chanceler Edson Queiroz, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999

X Fechar

Desejas compartilhar o conteúdo do Diário do Nordeste?

Utilize o link da notícia ou as ferramentas presentes na página.