Blog do Kempes

Busca


CBF deve vetar fórmula do Cearense, que terá de começar em fevereiro

Publicado em 31/10/2014 - 11:23 por | Comentar

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle

O Presidente da FCF, Mauro Carmélio, vai na próxima semana à CBF para conseguir a aprovação da entidade nacional sobre a fórmula de disputa escolhida pelos clubes, que vão disputar o Campeonato Cearense de 2015.

Carmélio, contudo, deverá ouvir uma negativa dos amigos Virgílio Elísio, diretor de competições, e José Maria Marin, presidente da CBF.

Ambos vão explicar ao mandatário cearense que não poderão dar o aval, pois com isso iriam abrir uma brecha para que as outras federações façam o mesmo, o que confrontaria com o calendário já divulgado e principalmente com o acordo feiro com o movimento Bom Senso FC.

Com a negativa, o presidente da FCF deverá partir para o plano B. Começar o Campeonato Cearense de 2015 somente em fevereiro, dia 1º.

A fórmula proposta pela federação é a de dois grupos com cinco equipes, jogando chave contra chave em ida e volta. Os dois melhores avançam às semifinais e os vencedores fazem a decisão.

Tags: , , , , , , ,

O grande desafio e quem será o novo presidente do Fortaleza Esporte Clube

Publicado em 31/10/2014 - 10:01 por | 1 Comentário

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle

escudo fortaleza

Coronel Leonel Alencar, Jorge Mota, Cleiton Veras, Ribamar Bezerra, Marcello Desidério, Lúcio Bomfim, Renan Vieira, Paulo Arthur, Osmar Baquit e Daniel Frota. Eles foram os 10 últimos a terem o privilégio e a árdua missão de assinarem como Presidente do Fortaleza Esporte Clube.

Vendo o maior rival crescer a cada temporada, vivendo uma das piores secas de títulos da sua história e amargando fracassos no inferno da Série C há mais de cinco anos, o Fortaleza realizará eleições no 1º dia de dezembro.

O novo mandatário tricolor terá o enorme desafio de se adaptar a uma realidade dura para um clube que há bem pouco tempo não passava dois anos sem levantar um troféu e se manter na elite do futebol brasileiro era um dos principais objetivos na temporada.

“O Fortaleza é um time de Série A, não merece o que está passando”, declarou o técnico Marcelo Chamusca, em seu pronunciamento nessa quinta-feira, após outra traumática eliminação da Série C.

Talvez (eu escrevo talvez) um dos grandes problemas de o Fortaleza padecer há mais de 60 meses na terceira divisão seja esse: acreditar que deveria estar na elite, quando ainda está na classe média.

O motivo de tão crença ou pensamento, que alguns argumentam, é devido à torcida. Nos últimos anos, o torcedor leonino impressionou a todos com uma paixão e um apoio incrível que culminou com um espetáculo arrebatador no último final de semana.

Porém, um clube para ser ou estar na Série A, precisa muito mais que uma torcida espetacular. Precisa de uma diretoria competente e, principalmente, de elenco qualificado. Vasco, Corinthians, Bahia, Atlético-MG, Palmeiras, Vitória, Fluminense, Sport, que hoje estão na elite, desceram de divisão quando mostraram fragilidade em um desses pilares.

Outro grande problema à vista é o de alguns dirigentes, torcedores e conselheiros com mais vivência sempre lembrar que na década de 1990, o clube passou por momentos muito piores e conseguiu se reerguer. Pena que os mesmos não lembram da Copa João Havelange.

A situação hoje é terrível e desalentadora. Só de imaginar, em 2015, que existe uma possibilidade de passar outra vez três meses sem disputar partidas oficiais, de não conseguir o acesso, de perder o Estadual e ainda ver o rival se tornar pentacampeão, já deve mexer na essência daquele que irá assumir o clube.

Depois do que aconteceu nas temporadas 2012 e 2014, quando tudo se encaminhava sem dificuldades para o pesadelo acabar, mas a fragilidade do time apareceu, serão necessários muito mais discernimento, paciência e sabedoria para não só comandar o Fortaleza, mas para ser vitorioso.

Creio que torcedores, conselheiros e sócios-proprietário rogam e deverão votar, não só para escolher um presidente capaz, mas para encerrar o martírio na terceira divisão.

Adailton Campelo, Evangelista Torquato, Alexandre Borges, Daniel Frota, Sílvio Carlos… são alguns dos nomes ventilados para assumir a diretoria executiva. Outros podem surgir e deveriam surgir com propostas (concretas e sem ilusões) para o Fortaleza ao menos ter esperança.

Se vai conseguir acordar desse pesadelo, aí, só mesmo o tempo poderá confirmar. De uma cosia é certa, é preciso mudanças profundas. O famoso cortar na própria carne. Alguém vai sair chorando, alguém não vai concordar, mas se o desejo de todo Tricolor é estar longe da Série C, ou aceita, se aquieta e ajuda, ou é possível que até o centenário do clube o time ainda esteja padecendo.

Tags: , , , , , , ,

FCF recebe doação de 200 televisores da CBF

Publicado em 30/10/2014 - 11:38 por | 2 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Caminhão chega à Federação com os televisores (Foto: Toni Mota/Artilheir.com.br)

Caminhão chega à Federação com os televisores (Foto: Toni Mota/Artilheiro.com.br)

A Federação Cearense de Futebol recebeu nessa quarta-feira, 200 televisores seminovos de 19 polegadas da marca Semp Toshiba. Os equipamentos foram doados pela CBF.

Assim como a FCF, todas as outras federações também estão recebendo os televisores, que deverão ser usados para aparelhar os tribunais de justiças, as próprias federações e também presentear os clubes filiados. A Paraibana também recebeu os “brindes” nessa quarta-feira.

O curioso é que a Semp Toshiba não é patrocinadora da CBF. A entidade nacional tem a Samsung, concorrente da marca, como parceira.

Tags: , , , ,

CBF não prevê Série C do Brasileiro por pontos corridos em 2015

Publicado em 29/10/2014 - 14:05 por | 15 Comentários

Categorias: Futebol, Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle

marin 2

Pela segunda vez eliminado do Campeonato, mesmo após ter feito a melhor campanha na 1ª Fase, o Fortaleza almeja que a Série C do Brasileiro mude de formato e passe a ser em pontos corridos.

O argumento dos dirigentes tricolores é de que o atual regulamento comete injustiças como o melhor time do Campeonato ser eliminado sem sofrer derrotas, além de um clube poder ficar até três meses sem atuar ao ser desclassificado na primeira fase.

Em entrevista ao Globo Esporte.com, o presidente da FCF, Mauro Carmélio, informou que o Fortaleza já havia solicitado essa mudança e inclusive ele já teria entregue a proposta no mês passado ao presidente da CBF, José Maria Marin.

Na mesma reportagem, o diretor de competições da CBF, Virgílio Elísio, disse desconhecer a proposta e afirmou que o grande entrave é financeiro. A competição teria de ser autossustentável com patrocinadores para bancar 38 rodadas.

Por outro lado, vale ressaltar que CBF já divulgou o calendário de competições para 2015. O Campeonato Brasileiro da Terceira Divisão está previsto para começar em 17 de maio e ser concluído em 24 de novembro.

Toda a competição está planejada em 24 datas, ou seja, de acordo com o atual formato. 18 datas na primeira fase, mais duas datas na segunda, duas na terceira e outras duas na última etapa.

Com isso, se a CBF tiver mesmo pretensão em mudar o regulamento e o formato de disputa da Série C do Campeonato Brasileiro, a entidade vai ter de ao menos mudar o período de início e término da Competição e ainda ampliar as datas de 24 para 38 rodadas.

É bom lembrar ainda que o atual formato com 20 clubes divididos em dois grupos (regionalizados) com dez equipes jogando entre si em ida e volta na primeira fase, avançando os quatro melhores para depois fazerem o mata-mata, acontece desde a edição de 2012.

Antes, de 2009 a 2011, com a criação da Série D, o formato era semelhante ao da 4ª Divisão Nacional, com cinco clubes (regionalizados) em quatro grupos, classificando-se os dois melhores de cada chave para fazerem um mata-mata (teve um quadrangular também em 2010 e 2011).

Já de 2008 para trás, sem a Série D, a Terceirona reunia em determinadas edições mais de 90 clubes com os mais diversos regulamentos e fórmulas de disputas.

Tags: , , , , , , ,

Ceará já deveria ter definido premiação ao elenco em caso de conquista do acesso à Série A

Publicado em 29/10/2014 - 10:11 por | 10 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle

Fiquei surpreso ao ler uma matéria assinada pelo querido Vladimir Marques, nesta quarta-feira, na edição do Jogada do Diário do Nordeste. A diretoria do Ceará ainda não definiu o valor da premiação aos jogadores em caso de acesso à Série A do Brasileiro.

Havia surgido um boato de que a queda de rendimento de alguns atletas alvinegros neste segundo turno do Campeonato teria sido provocada, entre outros problemas, pela não definição do valor de quanto o grupo receberia caso o time subisse.

Na matéria do Jogada, o vice-presidente e diretor de futebol do Ceará, Robinson de Castro relata: “Acertamos os bichos por jogos. Mas a premiação iremos sentar esta semana para discutir com eles. Nunca houve esta pressão dos jogadores. Te garanto que não será menos que a prometida no ano passado, que é nossa referência”, diz o dirigente.

Em 2013, faltando 10 rodadas para o término da Série B, fui tentar saber dos dirigentes alvinegros se já tinham definido o valor da premiação em caso de acesso. O discurso era o mesmo: “Nós já decidimos isso no início do Campeonato para evitarmos qualquer pressão na reta final em que precisamos estar focados dentro de campo”.

Não acho que essa indefinição do prêmio aos jogadores tenha feito o Ceará perder para Joinville, Icasa e Santa Cruz. Mas que acaba tirando um pouco o foco do grupo, isso é inegável.

Se a diretoria do clube achou por bem mudar a forma de tratar o assunto, deve ter tido seu motivos, principalmente por não ter conquistado o acesso no ano passado, na última rodada.

Porém, faltando seis rodadas para o término do Campeonato, o time alvinegro tem de se preocupar é em jogar bola e vencer as partidas. Qualquer coisa que possa atrapalhar a concentração é ruim, ainda mais, numa reta final e decisiva em que está em jogo o maior objetivo do clube na temporada.

Tags: , , , , , , , , ,

A redenção de Assisinho pode estar próxima

Publicado em 28/10/2014 - 17:49 por | 2 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Atacante foi contratado no ano passado como um dos grandes reforços do clube (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Atacante foi contratado no ano passado como um dos grandes reforços do clube (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Depois de passar um bom tempo no departamento médico e de conseguir raras chances de entrar no time, o atacante Assisinho pode ser a principal novidade do técnico Paulo César Gusmão.

Nesta terça-feira, em treinamento no Estádio Carlos de Alencar Pinto, o novo comandante alvinegro fez diversas experiências. Entre elas, Assisinho atuando como quarto homem de meio de campo.

Algo como o Lulinha fez muito bem ano passado, quando tinha Magno Alves e Mota no ataque, e caía pela direita com Rogerinho pela esquerda.

Agora, Assisinho está próximo de uma nova chance e enfim mostrar seu potencial. O atacante foi contratado, ano passado, logo após o término da Série B, como um dos grandes reforços do clube para temporada.

Mas sem uma sequencia de partidas e, principalmente, sem conseguir fazer nenhum gol com a camisa alvinegra, Assisinho amargou a reserva e praticamente estava esquecido na reserva.

Quem sabe agora, na reta final e no momento crucial da temporada para o Ceará conseguir o tão sonhado acesso à Série A, o atacante possa conseguir sua redenção.

O Ceará volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro somente no próximo sábado, às 20h (horário cearense), em Varginha/MG, diante do Boa Esporte, um dos concorrentes ao acesso.

Tags: , , , , , , ,

Chamusca fala em profunda tristeza e que torcida do Fortaleza não merecia eliminação

Publicado em 28/10/2014 - 15:33 por | 61 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Treinador vai se reunir com diretoria nesta quarta-feira (Foto: Kleber A. Gonçalves)

Treinador vai se reunir com diretoria nesta quarta-feira (Foto: Kleber A. Gonçalves)

Se após o jogo, a informação era de que não havia condições de falar com a imprensa, três dias depois da traumática desclassificação da Série C do Brasileiro, o técnico do Fortaleza, Marcelo Chamusca, se pronunciou.

Nesta terça-feira, via assessoria de imprensa e através de um depoimento em sua página oficial no Facebook, o treinador tricolor lamentou a eliminação, agradeceu ao torcedor, garantiu que não recebeu nenhuma proposta e disse que vai se reunir com a diretoria nesta quarta-feira, para decidir seu futuro.

Confira o post:

“Desde domingo convivo com uma sensação de profunda tristeza. A nossa torcida não merecia isso, mas, infelizmente, é um regulamento que não beneficia quem tem a melhor campanha. O adversário jogou em cima de um único erro nosso e aproveitou o regulamento. Lamento, mais uma vez, que no domingo não foi em nosso favor”, comentou o treinador.

Chamusca agradeceu também o apoio do torcedor e comentou sobre o futuro dele.

“Em primeiro lugar, muito obrigado ao torcedor que lotou o estádio, acompanhou todo campeonato, nos apoiou em treinos. Obrigado também pelas manifestações de carinhos nas ruas, pedindo que eu permaneça. Nossa torcida é fantástica! Amanhã vou me reunir com a diretoria do Fortaleza e decidir meu futuro. Diferente do que li, não recebi nenhuma proposta. A eliminação foi difícil demais para pensar nisso. Começo a viver novamente a partir da reunião”, disse Marcelo, que também ressaltou o legado do trabalho.

“Precisamos também aproveitar as coisas boas que ficaram. O clube hoje tem um grupo coeso, que se ajustou financeiramente e recuperamos muitos valores que haviam ficado pelo caminho. Conseguimos retomar o calendário para o Fortaleza, aproveitar e valorizar nossa base e tenho certeza que esse legado, que já se iniciou com retorno financeiro, será percebido ainda mais ao longo do tempo”, concluiu.

Tags: , , , , , ,

Arena Castelão não especifica e constata “pequenos danos” em jogo do Fortaleza

Publicado em 28/10/2014 - 9:36 por | 41 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle

Em nota enviada à imprensa, nesta terça-feira, a Arena Castelão não especificou os danos causados pela torcida do Fortaleza na partida contra o Macaé, no último sábado, em que o time tricolor foi eliminado da Série C do Brasileiro.

De acordo com a mensagem, via assessoria de imprensa, a Arena Castelão relata que foi feita a vistoria no Estádio com a presença do representante do Fortaleza e só foram constatados pequenos danos.

A administradora do Castelão informa ainda que devido ao contrato entre o clube e Arena, os custos do prejuízo foram absorvidos.

Confira a nota enviada à imprensa:

Arena Castelão Operadora de Estádio informa que após vistoria realizada ontem, na presença do representante do Fortaleza Esporte Clube, foram constatados pequenos danos compatíveis com o porte do evento, que teve a presença de um grande público. Sendo assim, conforme previsto no contrato de parceria entre a Arena Castelão e o Fortaleza, os custos foram absorvidos pela agremiação desportiva, como em outros eventos já realizados pelo Fortaleza no estádio.

 

Tags: , , , , , , ,

Confira o borderô de Fortaleza 1×1 Macaé com o maior público do futebol brasileiro

Publicado em 27/10/2014 - 17:59 por | 11 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle

Fortaleza 1×1 Macaé, no último sábado, no Castelão, pelas quartas de finais da Série C, proporcionaram o maior público do futebol brasileiro em 2014.

A renda de quase R$ 2 milhões foi a maior da história do futebol cearense.

CCI27102014_0003-FORTALEZA X MACAÉ E.F.C- 25-10-2014

Tags: , , , , ,

Arena Castelão vai divulgar estragos de Fortaleza 1×1 Macaé somente nesta terça-feira

Publicado em 27/10/2014 - 14:18 por | 9 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Dezenas de cadeiras foram danificadas no último jogo sábado no Castelão (Foto: Gustavo Sampaio)

Dezenas de cadeiras foram danificadas no último jogo sábado no Castelão (Foto: Gustavo Sampaio)

Em comunicado enviado à imprensa nesta segunda-feira, a Luarenas, administradora da Arena Castelão, informou que começará nesta tarde a apurar e contabilizar os danos causados dentro do Estádio, provocados pelos vândalos na partida Fortaleza 1×1 Macaé. 

O jogo ocorreu no último sábado, pela Série C do Brasileiro, e foi acompanhado por mais de 63 mil pessoas. O maior público do futebol no País na temporada 2014.

A gestora informa ainda que os trabalhos de apuração dos prejuízos vão se estender até esta terça-feira. Após a verificação, divulgará, via assessoria de imprensa, todas as informações sobre os danos.

Após a partida do Fortaleza, foi possível perceber dezenas de cadeiras sendo quebradas e arremessadas. Mesmo sob o apelo do locutor do Estádio, de que imagens estavam sendo feitas e que seriam usadas para identificar os vândalos, a quebradeira continuou.

Confira a mensagem da Luarenas:

“A Arena Castelão realizará nesta tarde a contagem dos danos causados por torcedores na partida entre Fortaleza e Macaé deste último sábado. A ação deverá ter continuidade até amanhã, 28. Após a contabilidade dos danos, a Luarenas, por meio da assessoria de imprensa, irá repassar aos jornalistas todas as informações sobre danos e valor do prejuízo causado à Arena Castelão”.

Tags: , , , , , ,

Página 1 de 12612345...102030...Última »

Autores

Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999