Blog do Kempes

Busca


Assim como Danilo Lins, do Remo, Wellington Bruno, do Fortaleza, não está irregular

Publicado em 24/10/2014 - 10:09 por | Comentar

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Wellington Bruno já atuou por duas partidas com a camisa do Fortaleza (Foto: Bruno Gomes)

Wellington Bruno já atuou por duas partidas com a camisa do Fortaleza (Foto: Bruno Gomes)

Recebi desde a semana passada, via redes sociais, a informação de que o atleta Wellington Bruno, do Fortaleza, estaria irregular. Com a proximidade do jogo diante do Macaé, o boato se espalhou meteoricamente.

O motivo seria pelo jogador tricolor ter atuado por quatro clubes neste ano, o que infringiria o artigo 5.3 do Regulamento da FIFA, que prevê o registro de jogadores em no máximo três clubes por temporada.

Wellington Bruno, segundo a informação que me foi passada, tem registro em quatro times Coimbra/MG, Botafogo/SP, Criciúma/SC e o Fortaleza.

O caso de Wellington Bruno é idêntico ao do atleta Danilo Lins, do Remo. Em 2014, o jogador tem registro em quatro clubes: Central/PE, Potiguar/RN, Mogi Mirim e o clube do Remo.

No mês passado, o River/PI, que havia perdido a vaga na 2ª Fase da Série D justamente para o Remo, fizera a denúncia ao STJD garantindo que o atleta do time paraense teria atuado de forma irregular e por isso solicitava a suspensão do Campeonato.

A Procuradoria do STJD, então, solicitou ao departamento de registro da CBF para saber a real condição do jogador. A entidade informou que “Danilo Lins disputou apenas duas competições nacionais organizadas pela entidade: a Série C do Brasileiro pelo Mogi Mirim e a Série D pelo Remo, o que torna regular a participação do jogador”.

Assim, o STJD arquivou a denúncia e nem sequer levou a julgamento. A notícia está publicada no site do Tribunal. 

No caso de Wellington Bruno, o jogador do Fortaleza também só atuou por duas competições nacionais organizadas pela CBF: Criciúma e Fortaleza.

Tags: , , , , , , , , , ,

Protesto da torcida faz diretoria do Ceará mudar locais de treino e da concentração

Publicado em 23/10/2014 - 18:17 por | Comentar

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Torcedores em protesto no Aeroporto Pinto Martins (Foto: Tuno Vieira/Diário do Nordeste)

Torcedores em protesto no Aeroporto Pinto Martins (Foto: Tuno Vieira/Diário do Nordeste)

O elenco do Ceará não vai mais treinar no Estádio Carlos de Alencar Pinto e nem concentrar na sede do clube. Pelo menos até o fim da Série B.

A decisão da diretoria é devido aos protestos feitos pelos torcedores, nessa quarta-feia, no Aeroporto Pinto Martins.

A manifestação, sem agressão física, mas com palavras pesadas e duras críticas aos jogadores irritaram e causaram insatisfação ao elenco e aos dirigentes alvinegros.

“Não é desse jeito que se protesta, intimidando os atletas. Isso não ajuda em nada, pelo contrário. Prejudica o grupo, que se sente ameaçado sem querer sair de casa e com medo. Vamos blindar nossos jogadores para terem toda tranquilidade e concentração possível para estarem focados unicamente no nosso objetivo, que é o acesso”, declarou Robinson de Castro.

As medidas tiveram a anuência do novo treinador Paulo César Gusmão e dos líderes do elenco alvinegro: João Marcos, Magno Alves, Sandro e Ricardinho.

O elenco já usou as novas determinações nesta quinta-feira. O elenco treinou no CT Luís Campos, em Itaitinga, e vai concentrar fora de Fortaleza para a partida contra o Santa Cruz.

Protestos

Na noite da última quarta-feira, no desembarque da delegação alvinegra, que chegava de Juazeiro do Norte, após perder para o Icasa por 2 a 1,  foram recepcionados pelos torcedores sob muitos protestos.

Tags: , , , , , ,

PC Gusmão e a chance de se tornar outra vez o herói do acesso alvinegro

Publicado em 23/10/2014 - 8:52 por | 10 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
PC terá apena sete partidas para mostrar sua estrela (Foto: Marília Camelo/Arquivo/Diário do Nordeste)

PC terá apena sete partidas para mostrar sua estrela (Foto: Marília Camelo/Arquivo/Diário do Nordeste)

Treinar, unir, entrosar e capacitar o time. São essas algumas das principais funções de um treinador ao ser contratado para comandar uma equipe. Só que para Paulo César Gusmão, em seu retorno a Porangabuçu, seu principal objetivo será outro: motivar.

Conhecido pelo estilo incisivo, forte e que não leva desaforo para casa, o novo técnico do Ceará não vai ter muito tempo para implantar sua filosofia de trabalho com rigor. Aquela conhecida marcação forte e vitórias apertadas.

Porém, seu perfil de elevar a autoestima de um grupo de jogadores é o que a diretoria do clube diz que o time alvinegro necessita para retomar o lugar no grupo de acesso da Série B do Brasileiro.

Faltando apenas sete partidas para o término do Campeonato, PC Gusmão, terá a árdua missão de mudar o estilo de uma equipe que é dona do melhor ataque e ao mesmo tempo possui a quinta pior defesa.

O período é curto para conquistar o principal objetivo do clube, algo que os treinadores tanto batem em que é preciso planejamento, tempo para trabalhar e formar um elenco com critérios.

PC Gusmão não terá nada disso, pelo contrário, vai pegar um elenco abalado e pressionado por uma conquista, que tinha nas mãos, mas está deixando escapar aos poucos.

Se a salvação do Ceará para garantir o tão sonhado acesso à Série A era um treinador que motivasse o elenco, o clube encontrou.

Por outro lado, os jogadores agora vão ter de dividir os holofotes e lidar com duas alternativas: Se conseguirem o acesso, a solução era um novo treinador. Se não conseguirem o acesso, o problema não era o treinador.

PC Gusmão, de forma meteórica, pode entrar outra vez para a história do Ceará. Se em 2009, com um trabalho de recuperação impressionante em que tirou o time do último lugar para a 3ª posição, jamais foi esquecido, imagine agora:

No ano do centenário do clube, com a pecha de salvador e precisando “apenas motivar”?

Aguardemos…

Tags: , , , , , , ,

Em crise e precisando da vitória, Ceará vai pegar o Santa Cruz sem a zaga titular

Publicado em 22/10/2014 - 12:33 por | 6 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Sandro recebeu o terceiro amarelo e não joga na próxima sexta-feira (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Sandro recebeu o terceiro amarelo e não joga na próxima sexta-feira (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Se não bastasse a queda do técnico e do momento ruim em que o time atravessa na Série B com duas derrotas seguidas, o Ceará ainda vai ter problemas para enfrentar o Santa Cruz, nesta sexta-feira, às 20h50, no Castelão.

O treinador que assumir o comando da equipe não poderá escalar três jogadores considerados titulares do setor defensivo alvinegro. Os zagueiros Sandro e Wellington Carvalho e mais o lateral-esquerdo Vicente. Todos suspensos por conta do terceiro amarelo.

Apesar da crise em Porangabuçu, o Ceará está a apenas dois pontos do G4. Com isso, o Vovô pode até voltar ao grupo do acesso já na próxima rodada. Basta vencer a equipe pernambucana e torcer pela derrota do Avaí (diante do Joinville na Ressacada).

Os zagueiros Anderson e Alex Lima devem assumir as posições na defesa. Na lateral, se estiver recuperado de contusão, Helder Santos retorna, do contrário, Marcos vai para a direita e Samuel será deslocado para a esquerda.

Por outro lado, o meia Nikão, que cumpriu a automática diante do Icasa, fica à disposição.

Tags: , , , , , , , ,

Mesmo com Macaé autorizando, MP não libera ingressos para torcida do Fortaleza

Publicado em 22/10/2014 - 9:27 por | 56 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Mais de 60 mil pessoas devem comparecer ao jogo de sábado entre Fortaleza e Macaé (Foto: Kiko Silva/Diário do Nordeste)

Mais de 60 mil pessoas devem comparecer ao jogo de sábado entre Fortaleza e Macaé (Foto: Kiko Silva/Diário do Nordeste)

O Ministério Público do Estado do Ceará vai entregar nesta quarta-feira, na sede da FCF, um parecer recomendando à diretoria do Fortaleza a não vender para o seu torcedor ingressos de visitante para o jogo contra o Macaé.

Apesar da diretoria do clube fluminense ter autorizado a venda dos 1.800 bilhetes (a que tem direito) para o torcedor tricolor, o Ministério Público não aceitou o pedido. Um dos argumentos é de que os ingressos são dos torcedores e não do clube.

Havia uma expectativa para que o MP concedesse os ingressos ao Fortaleza, após receber o ofício de autorização do Macaé, mas os procuradores não aceitaram.

A diretoria do Fortaleza deverá se pronunciar nesta tarde, na sede do clube, após a Federação Cearense de Futebol receber o Parecer e informar o teor do documento.

Fortaleza e Macaé jogam no próximo sábado, às 18h, na Arena Castelão, mais de 51 mil ingressos já foram vendidos e restam pouco mais de 3 mil bilhetes.

Tags: , , , , ,

Sérgio Soares era o único problema no Ceará? ou se optou pelo mais fácil?

Publicado em 22/10/2014 - 8:06 por | 56 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Treinador alvinegro deixou o comando após a derrota para o Icasa (Foto: Rafael Barros/Cearasc.com)

Treinador alvinegro deixou o comando após a derrota para o Icasa (Foto: Rafael Barros/Cearasc.com)

No último fim de semana, questionei aqui no Blog: o que estava acontecendo com o Ceará? O time, que até então encantara a todos com um futebol ofensivo e dono do melhor ataque do Brasil, não mostra mais empolgação e pior, não convence nem quando ganha. Nas derrotas, então, maltrata a torcida.

Nos últimos 30 pontos disputados, o Ceará só conquistou 12, e, mais do que isso, a última boa apresentação foi diante do frágil Vila Nova, vice-lanterna, em Goiânia, quando fez 5 a 1.

Insatisfeita com o desempenho do time e sem ter mais condições de contratar nenhum reforço, a diretoria preferiu tirar o técnico Sérgio Soares. A derrota nessa terça-feira, para o Icasa, que está na zona de rebaixamento, foi o estopim para a crise.

O presidente do Ceará, Evandro Leitão, foi pessoalmente cobrar dos jogadores, após a partida no Romeirão, não só empenho, mas futebol. Jogadores como Ricardinho, João Marcos, Vicente, Eduardo, Bill e até Magno Alves caíram muito de rendimento.

Os fatores para um elenco, que foi campeão do 1º turno e líder por várias e várias rodadas, padecer de forma vertiginosa na reta final do Campeonato, intrigam até mesmo as pessoas mais próximas da diretoria alvinegra.

Sérgio Soares perdeu o grupo? Porque perdeu o grupo?

Os jogadores estão desgastados fisicamente?

Falta pagamento de premiação?

Os salários estão atrasados?

Alguns atletas se sentiram desprestigiados com a renovação de contrato de Magno Alves, que dizia abertamente que queria ir para o Fluminense?

A derrota para o Botafogo abalou a confiança da equipe?

Faltou contratar jogadores que fizessem sombra aos titulares?

O elenco está de salto alto, achando que pode reverter a situação a qualquer momento?

A saída de Sérgio Soares deve, sim, provocar um novo impacto no elenco. Independentemente de quem assumir o comando da equipe.

A interlocutores, dirigentes do Ceará falam que o time precisa de alguém que motive os jogadores, porque, bola eles têm.

O grande problema é saber se o que falta é só motivação mesmo.

Tags: , , , , , , ,

Ministério Público nega pedido, e Fortaleza não poderá utilizar ingressos de visitantes

Publicado em 21/10/2014 - 17:44 por | 11 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle

O Ministério Público do Estado do Ceará não aprovou o pedido da diretoria do Fortaleza para vender os ingressos de visitantes para a torcida tricolor.

Segundo informações do repórter Toni Mota, da Rádio Assunção, os procuradores responsáveis pela análise do pedido disseram que o clube terá de cumprir a lei, que determina quantidade mínima de ingressos à venda à torcida visitante.

O Fortaleza havia entrado em acordo com a diretoria do Macaé para que os 1800 ingressos destinados ao time do Rio fossem liberados. Os dirigentes do clube fluminense aceitaram e ainda informaram que não mais do que 50 pessoas deverão acompanhar a equipe no Castelão.

Nesta quarta-feira, os procuradores vão enviar o ofício ao Fortaleza com a negativa sobre o pedido.

O Blog tentou contato com dirigentes do Fortaleza, mas os celulares não foram atendidos.

Tags: , , , , ,

Com R$ 1,6 milhão arrecadado, Fortaleza x Macaé já é dono da maior renda do futebol cearense

Publicado em 21/10/2014 - 11:34 por | 33 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Torcida Tricolor vai lotar o Castelão no próximo sábado (Foto: Bruno Gomes/Diário do Nordeste)

Torcida Tricolor vai lotar o Castelão no próximo sábado (Foto: Bruno Gomes/Diário do Nordeste)

O que era esperado se confirmou. O duelo de volta entre Fortaleza e Macaé pelas quartas de final da Série C do Brasileiro já é a maior renda da história do futebol cearense.

De acordo com Régis Aguiar, um dos coordenadores do clube tricolor na organização da partida, o valor arrecadado para o jogo de sábado, até aqui, é de aproximadamente R$ 1.650.000,00.

Com isso, esse montante supera a renda da final da Copa do Nordeste, em abril deste ano, entre Ceará e Sport, que gerou R$ 1.476.187,00 e era até então a maior arrecadação do Estado em uma partida de futebol.

Ainda de acordo com Régis, o Fortaleza já vendeu cerca de 51 mil ingressos (30 mil das cadeiras superiores, 16 mil das cadeiras inferiores, 3 mil do setor especial e 2 mil do setor premium). Ainda restam apenas 1.500 bilhetes do setor premium ao custo de R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia).

O Fortaleza ainda tenta a aprovação do Ministério Público para que os 1.800 ingressos destinados à torcida visitante sejam liberados para o clube tricolor.

A diretoria do Macaé autorizou o Fortaleza a vender os bilhetes, já que não vai utilizar não mais do que 50 ingressos. Com isso, os representantes do clube fluminense deverão ficar instalados em dois camarotes do Castelão.

O Fortaleza estimou um público de 61.500, podendo chegar a 63.300. Além da venda de 54.300 ingressos, são esperados 4 mil sócios-torcedores, 1 mil pessoas de gratuidades e 2.200 cortesias.

O número de sócios poderá ser ampliado conforme o comparecimento no Estádio, já que o torcedor oficial tem acesso gratuito. Assim como o número de cortesias poderá sofrer um acréscimo para atender a patrocinadores, autoridades, convidados etc.

 

PS: A Fifa não divulga a renda das partidas da Copa do Mundo nem da Copa das Confederações.

Tags: , , , , , , , , ,

Time mais indisciplinado da Série B, Ceará está perto de receber o 100º cartão

Publicado em 21/10/2014 - 9:31 por | 13 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Bill é o jogador que mais recebeu amarelos no Ceará, 11 (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Bill é o jogador que mais recebeu amarelos no Ceará, 11 (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Há oito rodadas fora do G4, o Ceará tenta retornar ao grupo do acesso nesta terça-feira, às 18h30, contra o Icasa, no Romeirão. Em 5º lugar, o Vovô precisa da vitória sobre o Verdão e torcer pela derrota do Avaí (4º que enfrenta a líder Ponte Preta).

Se na tabela de classificação, o Ceará está fora do G4, no quesito indisciplina ninguém supera o time alvinegro. Passadas 30 rodadas, a equipe já recebeu 98 cartões. Foram 93 amarelos e cinco vermelhos.

O Vovô é o único que superou a barreira de 90 advertências, enquanto nas expulsões está em 2º lugar atrás apenas do Joinville, que recebeu sete vermelhos.

O curioso é que a indisciplina alvinegra tem entre os mais advertidos, jogadores do setor do meio para frente. O atacante Bill é o que mais levou amarelos, 11 no total. Enquanto o meia Nikão é o que recebeu mais vermelhos, dois.

Se não bastasse, Bill é o jogador que mais comete faltas entre todos os jogadores. Já foram 63 durante toda o Campeonato. Por outro lado, o camisa 9 é o terceiro que mais recebe faltas, 48. Atrás apenas do lateral Samuel Xavier (com 56 recebidas) e o meia Nikão (52).

Confira o ranking dos cartões na Série B:

1º Ceará 98 (93A – 5V)
2º Joinville 92 (85A – 7V)
3º Náutico 90 (87A – 3V)
4º Bragantino 88 (83 – 5V)
5º Portuguesa 88 (85A – 3V)

Tags: , , , , , , , ,

CBF escalou um ótimo árbitro para Fortaleza x Macaé, diz chefe da arbitragem cearense

Publicado em 20/10/2014 - 14:22 por | 2 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Flávio é irmão do ex-árbitro Paulo César de Oliveira (Foto: Cesar Greco/Fotoarena)

Flávio é irmão do ex-árbitro Paulo César de Oliveira (Foto: Cesar Greco/Fotoarena)

Luiz Flávio de Oliveira, aspirante Fifa, foi o escolhido para comandar a partida de volta entre Fortaleza e Macaé, sábado, às 18h (horário cearense), na Arena Castelão, pelas quartas de final da Série C do Brasileiro.

Para o presidente da comissão de arbitragem da Federação Cearense de Futebol, Milton Otaviano, Luiz Flávio de Oliveira é um dos melhores.

“É um excelente nome, um ótimo árbitro. Discreto, simples. Apita com serenidade. Não gosta de aparecer. Muito bom tecnicamente e também disciplinarmente. Ele é um dos cotados para se tornar árbitro Fifa em janeiro. Creio que o jogo está em ótimas mãos”, afirmou Milton Otaviano, em contato por telefone.

Luiz Flávio de Oliveira, que é paulista, tem 37 anos e é irmão do ex-árbitro Fifa Paulo César de Oliveira (hoje comentarista da TV Globo), será auxiliado por Carlos Augusto Nogueira Júnior e Márcio Luiz Augusto. Todos são de São Paulo.

Tags: , , , , , , , ,

Página 1 de 12512345...102030...Última »

Autores

Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999