Blog do Kempes

Busca


CBF escalou um ótimo árbitro para Fortaleza x Macaé, diz chefe da arbitragem cearense

Publicado em 20/10/2014 - 14:22 por | Comentar

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Flávio é irmão do ex-árbitro Paulo César de Oliveira (Foto: Cesar Greco/Fotoarena)

Flávio é irmão do ex-árbitro Paulo César de Oliveira (Foto: Cesar Greco/Fotoarena)

Luiz Flávio de Oliveira, aspirante Fifa, foi o escolhido para comandar a partida de volta entre Fortaleza e Macaé, sábado, às 18h (horário cearense), na Arena Castelão, pelas quartas de final da Série C do Brasileiro.

Para o presidente da comissão de arbitragem da Federação Cearense de Futebol, Milton Otaviano, Luiz Flávio de Oliveira é um dos melhores.

“É um excelente nome, um ótimo árbitro. Discreto, simples. Apita com serenidade. Não gosta de aparecer. Muito bom tecnicamente e também disciplinarmente. Ele é um dos cotados para se tornar árbitro Fifa em janeiro. Creio que o jogo está em ótimas mãos”, afirmou Milton Otaviano, em contato por telefone.

Luiz Flávio de Oliveira, que é paulista, tem 37 anos e é irmão do ex-árbitro Fifa Paulo César de Oliveira (hoje comentarista da TV Globo), será auxiliado por Carlos Augusto Nogueira Júnior e Márcio Luiz Augusto. Todos são de São Paulo.

Tags: , , , , , , , ,

Resultado foi ruim, poderia ser pior, mas o Fortaleza tem tudo para garantir o acesso

Publicado em 19/10/2014 - 13:28 por | 6 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Marcelinho Paraíba é um dos líderes do Tricolor (Foto: Nodge Nogueira/Fortalezaec.net)

Marcelinho Paraíba é um dos líderes do Tricolor (Foto: Nodge Nogueira/Fortalezaec.net)

Dizer que o empate sem gols com o Macaé, fora de casa, no primeiro jogo do mata-mata não foi ruim para o Fortaleza é exagero. Claro que foi ruim. Até porque, qualquer empate com gols, elimina o time tricolor.

Um vacilo, um erro da zaga ou uma falha da arbitragem, podem atrapalhar tudo. Isso sem contar naquele velho clichê: “Tem dia que a bola não quer entrar”.

O técnico do Macaé, Josué Teixeira, já avisou que vai jogar lá atrás, esperar o erro do time tricolor e o apoio da torcida virar impaciência.

Por outro lado, da mesma forma, acho exagero acreditar que o Fortaleza não pode ganhar no Castelão. Marcelinho Paraíba, ao final da partida desse sábado, foi muito feliz em sua declaração: “Vamos jogar em casa, no campo que a gente conhece e com 60 mil torcedores a nosso favor. Só depende da gente”.

O Fortaleza só precisa de uma vitória simples. Por isso, a zaga fluminense pode errar, vacilar e o árbitro falhar. Se não bastasse, vejo o time leonino superior. Se estiver num dia comum, não precisa nem estar inspirado, creio num triunfo tricolor sem maiores problemas.

O grande entrave é saber se o gol não sair no 1º tempo, a ansiedade e a pressão pelo resultado positivo vão afetar Marcelinho, Corrêa, Robert e cia.

Assim como em 2012, contra o Oeste, e ano passado, ante o Sampaio Corrêa, o Fortaleza tinha tudo para garantir a vitória e conquistar seu objetivo, no próximo sábado, a projeção é a mesma.

Sem querer desmerecer, mas se o Fortaleza não conseguir ganhar do esforçado time do Macaé, mas que tecnicamente deixa muito a desejar, realmente, não merece o tão sonhado acesso.

 

 

 

Tags: , , , , , , ,

O que está acontecendo com o time do Ceará?

Publicado em 19/10/2014 - 8:34 por | 30 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Treinador alvinegro vai precisar mostrar novamente seu comando (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Treinador alvinegro vai precisar mostrar novamente seu comando (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Parece… Eu estou escrevendo, parece que depois da traumática eliminação para o Botafogo, pela Copa do Brasil, o Ceará não conseguiu se recuperar do golpe.

Com algumas raras apresentações, vitória sobre o América/MG, 5×2, por exemplo, a equipe alvinegra caiu de rendimento e viu surgir imperfeições no elenco que até então seriam difíceis de serem contestadas.

Nikão, Eduardo, Sandro, Vicente e até João Marcos e Magno Alves não estão com a mesma áurea do sucesso conquistado no primeiro semestre. Isso sem falar no técnico Sérgio Soares, que começa a ser contestado por substituições e escalações realizadas.

O alento é que a gordura conquistada, principalmente no 1º turno, ainda deixa o Vovô a apenas dois pontos do G4. Os rivais também já passaram por essa caída, o Avaí (4º colocado) é um deles.

Por outro lado, a Ponte Preta, atual líder, deu uma ótima arrancada que já a deixa a sete pontos de distância do 5º lugar. E o exemplo da equipe de Campinas é que faz com que também se questione: Porque o Ceará não está lá no topo, assim como a Ponte? O que foi que aconteceu com o time?

Na próxima rodada, o Ceará enfrenta o Icasa, que está na zona de rebaixamento, no Romeirão.  Uma vitória simples e um derrota (provável) do Avaí para a Ponte Preta, em Campinas, leva o time alvinegro de volta ao G4.

Resta saber se depois da apresentação ruim diante do Joinville, com derrota, falhas terríveis e de alguns jogadores destemperados, o Ceará vai conseguir não só chegar ao tão sonhado grupo de acesso, mas se manter.

Tags: , , , , , , ,

Fortaleza 96 anos de glória, tradição e tantas vezes campeão…

Publicado em 18/10/2014 - 7:18 por | 3 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle

escudo fortaleza

Com quase um século de história, é quase impossível tentar elencar os ídolos ou as conquistas do Fortaleza Esporte Clube.

Só que neste 18 de outubro, mais do que as festividades exaltações pelos 96 anos de fundação, o Leão do Pici vive uma angústia e uma enorme ansiedade para enfim sair da Série C do Brasileiro.

Nem precisa dizer que o desejo de parabéns e muitos anos de vida estarão juntos com o pedido por uma vitória diante do Macaé, às 18h30, no Rio de Janeiro.

Que a glória e o marco neste aniversário sejam recheados de uma bela luta e uma boa vitória logo mais, e que o “salve o Tricolor de Aço”, não seja apenas no sentido de congratulações, mas a salvação para iniciar o fim do martírio leonino.

É o que diz uma das estrofes do hino oficial do clube: “Tua vida sempre foi um marco. Tua glória é lutar e vencer também. Salve o Tricolor de Aço”.

 

Tags: , , , , , , ,

Macaé – O Leão fluminense – Conheça os pontos fortes e fracos do rival do Fortaleza

Publicado em 17/10/2014 - 15:19 por | 6 Comentários

Categorias: Futebol, Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Macaé venceu o Caxias por 1x0 e se classificou em 4º lugar no Grupo B (Foto: Tiago Ferreira/Divulgação)

Macaé venceu o Caxias por 1×0 e se classificou em 4º lugar no Grupo B (Foto: Tiago Ferreira/Divulgação)

Por Chandy Teixeira*

O Fortaleza vai encarar um adversário que enfrenta uma espécie de “maldição” das quartas de final da Série C do Brasileirão. É a terceira vez que o Macaé chega até a porta de entrada da Série B. Em todas as anteriores, fracassou. Apesar desse “padrão” histórico, a atual campanha do Leão do Norte do Rio de Janeiro é bem diferente dos últimos anos.

Desde a modernização do regulamento da Série C do Brasileiro – instituindo o sistema de disputa em dois grupos -, o Macaé conquistou a classificação em dois anos consecutivos como o primeiro da chave. Desta vez, o Macaé conquistou a vaga na quarta colocação, com algo de sofrimento. A última colocação da zona de classificação vai impor outra novidade ao Leão do Rio: decidir o acesso fora de casa.

Início irregular, troca de técnico no meio da competição, perda de jogador importante… O Macaé definitivamente não teve vida fácil nesta Série C. Durante a campanha, os pontos fracos foram evidenciados. Entretanto, o Leão também vive de virtudes. Certo mesmo é que o Fortaleza vai enfrentar uma equipe ainda sem tanta expressão no cenário nacional, mas que conhece muito bem a competição e, principalmente, as quartas de final.

OS PONTOS FRACOS

- Ausência de gols
O Macaé tem o pior ataque entre os classificados. Foram apenas 15 gols em 18 jogos – média de de menos de um gol por jogo. O rendimento ruim é escancarado na configuração das vitórias. Em nenhuma delas o Macaé venceu por mais de um gol de diferença. Quesito que, agora na fase de mata-mata, é de fundamental importância.

- Falta de um goleador
A escassez de gols tem explicação: o Macaé não tem um artilheiro com bom número. Atualmente, o time joga com três atacantes: Juba, Romário e João Carlos. Este último é o goleador da equipe na competição com apenas quatro gols. Para se ter ideia, o artilheiro da competição tem 12.

Dados históricos comprovam a falta deste goleador e a mudança de um padrão histórico do clube. Em 2012, um zagueiro, Douglas Assis, tinha os mesmos quatros gols. No ano passado, o terceiro goleador do time, William, tinha um gol a mais que João Carlos atualmente: cinco.

- Ausência de Keninha
Contratado para ser o homem de criação no Macaé, o meio-campo Keninha teve uma vida curta no clube. Três meses. Problemas pessoais com a família em Goiás abreviaram a passagem do jogador pelo Leão. Sem ele, o elenco ficou sem um camisa 10 nato.

- Torcida
Relativamente novo, o Macaé ainda não consegue arrastar multidões para o Moacyrzão. Números que colocam o clube com a 17° pior média de público da Série C. Uma realidade bastante diferente do Fortaleza. Em duelo de mata-mata, o calor das arquibancadas faz diferença.

PONTOS FORTES

- Técnico ousado
Josué Teixeira chegou no meio da Série C após ser campeão do Campeonato Piauiense com o River. Pegou um Macaé cabisbaixo depois do início cambaleante na competição e da demissão do técnico Júnior Lopes​. Teixeira conseguiu uma reestruturação rápida. Os resultados apareceram e classificação veio em uma partida dramática. O técnico ainda possui uma outra qualidade: a ousadia. Gosta de um Macaé ofensivo, escalando, sempre que possível, um esquema com três atacantes.

- Volantes modernos
Lucas e Gedeil formam a dupla de volantes do Macaé na maioria dos jogos. Gedeil, capitão, tem uma enorme identificação com o clube. Esteve presente nos três fracassos à beira da porta o paraíso. No ano passado, visivelmente foi um dos jogadores que mais ficaram abalados com a eliminação. Lucas, no entanto, é jovem e emprestado de um outro time no Rio. É a segunda vez que disputa a Série C pelo Macaé – esteve presente também em 2012 – sendo um dos principais jogadores da campanha.

O que os dois tem em comum? A facilidade para chegar ao ataque. Gedeil tem a missão de ser o homem de contenção, mas chega muito bem nas bolas aéreas. Lucas é o homem surpresa. Com boa técnica, arma jogadas e chega para finalizar. Foi dele, inclusive, o gol salvador da classificação diante do Caxias, na última rodada da primeira fase.

É inegável que o Macaé chega para estas quartas de final mais fragilizado que nos últimos anos. Entretanto, quando chegou bem, com moral, não avançou. A campanha e o histórico deixam claro estes dados. Por outro lado, a pressão em cima dos jogadores é menor. Pode fazer o time jogar leve. A seu favor também depõe a curva ascendente. O Leão chega às quartas de final da Série C dentro do seu melhor momento na competição. Números e teorias que alimentam a discussão, mas que inexoravelmente tem prazo de validade curto. Válido até às 18h30 deste sábado.

*Chandy Teixeira é editor do Globo Esporte.com no Rio de Janeiro

Tags: , , , , , ,

Rede TV transmite Joinville x Ceará; TVC, TV Brasil e Esporte Interativo exibem Macaé x Fortaleza

Publicado em 17/10/2014 - 13:36 por | Comentar

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle

tv brasil

Em duas partidas decisivas para o tão sonhado acesso, Ceará e Fortaleza vão jogar fora de casa neste final de semana, pelas Séries B e C do Campeonato Brasileiro, respectivamente.

O time alvinegro vai enfrentar o Joinville, neste sábado, às 16h10, na Arena Joinville, pela 30ª Rodada da 2ª Divisão Nacional. Essa partida será transmitida ao vivo pela Rede TV e também pelo Premiere FC (canal de Pay Per View).

Já a equipe tricolor vai encarar o Macaé, também no sábado, às 18h30, no Estádio Moacyrzão, em Macaé, no primeiro duelo das quartas de finais da Série C do Brasileiro. Esse confronto será mostrado ao vivo pela TVC, TV Brasil e Esporte Interativo.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Sérgio Soares não revela lista do grupo que viaja a Joinville e pede compreensão da imprensa

Publicado em 16/10/2014 - 14:19 por | 6 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Treinador alvinegro viajou com delegação nesta quinta-feira (Foto: Chrisitan Alekson/Cearasc.com)

Treinador alvinegro viajou com delegação nesta quinta-feira (Foto: Chrisitan Alekson/Cearasc.com)

A delegação do Ceará viajou no início desta tarde de quinta-feira, a Santa Catarina, onde no sábado, às 16h10, enfrenta o Joinville, pela 30ª Rodada da Série B do Brasileiro.

O grupo embarcou com 20 jogadores. No entanto, a lista com o nome dos atletas não foi revelada a pedido do técnico Sérgio Soares.

“Por ser um jogo decisivo e o adversário estar escondendo informações… Preciso da compreensão de vocês da imprensa para também evitar que algumas informações cheguem a eles. Segurar a relação é uma forma”, argumentou o treinador alvinegro, em conversa informal com os setoristas

Sérgio Soares chegou até a sugerir em passar a relação com o nome dos 20 jogadores, mas que os jornalistas não divulgassem. Porém, os repórteres optaram em não concordar e assim a lista só será divulgada sábado pela manhã.

O grupo alvinegro ainda treina nesta sexta-feira à tarde, sem local divulgado. Com 50 pontos ganhos, o Ceará está em quinto lugar, um ponto atrás do Joinville (4º lugar). Se vencer o jogo, o Vovô retorna ao G4, assumindo a terceira posição.

Tags: , , , , , , ,

Sem Edinho, a estrela de Wellington Bruno volta a brilhar no Fortaleza

Publicado em 15/10/2014 - 14:11 por | 2 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Wellington Bruno entrou no último jogo no lugar de Edinho e ainda fez gol (Foto: Bruno Gomes)

Wellington Bruno entrou no último jogo no lugar de Edinho e ainda fez gol (Foto: Bruno Gomes)

Um dos destaques do Fortaleza na temporada, o meia Edinho está fora do primeiro jogo do mata-mata da Série C. O camisa 8 tricolor nem sequer viajou com a delegação para o Rio de Janeiro, onde o time enfrenta o Macaé, no sábado.

Com Edinho em campo, o Fortaleza conquistou resultados memoráveis: como a vitória sobre o Paysandu, em Belém, por 2 a 1, a virada com um jogador a menos diante do ASA, em Arapiraca, por 3 a 1, além da goleada sobre o Treze por 4 a 0, no Castelão.

Se não bastasse, foi sem a presença de Edinho, que o time tricolor sofreu sua a única derrota no Campeonato, 3 a 1 para o CRB, em Maceió. Não precisa nem discorrer mais sobre a importância de Edinho para o Fortaleza.

A ausência da maior revelação do clube nesta temporada vai trazer dificuldades para o Fortaleza, mas poderia ser ainda pior se não fosse o lampejo do técnico Marcelo Chamusca, na última partida diante do ASA.

Aos 21min do 2º tempo, o treinador tricolor resolveu colocar em campo o recém-contratado, Wellington Bruno. O novo reforço entrou justamente no lugar de Edinho e não só atuou bem, como ainda fez um gol.

Wellington não tem a juventude e a explosão de Edinho, mas tem experiência, categoria e a confiança do comandante do time. Com 28 anos e passagens por Flamengo, Ponte Preta, Criciúma deverão ajudar não só a ele, mas ao Fortaleza a tentar suportar a falta de Edinho.

Faltando dois jogos para o tão sonhado acesso, os tricolores não podem ficar lamentando, ainda mais em uma decisão, onde pequenos detalhes impõe grandes resultados.

Na estreia pelo Fortaleza, na única partida em que atuou, Wellington Bruno precisou de pouco mais de 20 minutos para mostrar que tem estrela e que pode voltar a brilhar.

Tags: , , , , , , ,

Com apenas Sandro, Samuel e Magnata para 2015, Ceará esconde renovações

Publicado em 14/10/2014 - 13:20 por | 9 Comentários

Categorias: Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Camisa 3 alvinegro é um dos destaques do time na temporada (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Camisa 3 alvinegro é um dos destaques do time na temporada (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Do atual elenco do Ceará apenas três jogadores já renovaram vínculo com o clube para atuarem em 2015: o lateral-direito Samuel Xavier (12/2016), o zagueiro Sandro (12/2016) e o atacante Magno Alves (05/2015).

A diretoria do clube, no entanto, já avisou que outros atletas também vão permanecer em Porangabuçu para a próxima temporada, mas prefere não revelar.

“Estamos na reta final do Campeonato e lutando por um acesso. Então, nosso intuito é deixar os atletas focado apenas na Série B. Se renovarmos com um, e outro não, pode causar algum tipo de vaidade ou ciumeira. E isso não queremos. Mas vamos, sim, renovar com alguns jogadores para o próximo ano”, revelou o diretor de futebol do Ceará, Robinson de Castro.

Os volantes Ricardinho (no início deste ano,) João Marcos (ainda em 2013), o atacante Assisinho (ano passado) e o goleiro Luís Carlos (também em 2013) já haviam estendido seus vínculos também para 2015.

Faltam nove jogos para o término da Série B do Brasileiro. O Ceará está em quinto lugar com 50 pontos, um a menos que o Joinville (4º lugar), adversário do próximo sábado, em Santa Catarina. Uma vitória recoloca o time alvinegro no G4.

 

PS: agradecer aos amigos leitores para acrescentar o nome dos outros jogadores, que já tinham contrato com o clube até 2015.

Tags: , , , , , , , ,

“Nós contratamos o Emerson Sheik, mas o das arábias”, brinca presidente do Macaé

Publicado em 14/10/2014 - 9:49 por | Comentar

Categorias: Futebol, Futebol Cearense
  • Enviar para o Kindle
Emerson não joga mais pelo Botafogo neste ano (Foto: Divulgação/Site Oficial do Botafogo)

Emerson não joga mais pelo Botafogo neste ano (Foto: Divulgação/Site Oficial do Botafogo)

Vários amigos e leitores do Blog estão me perguntando se o Macaé fechou contrato com o atacante Emerson Sheik, ex-Botafogo e Corinthians.

No início não levei a sério, mas com a insistência de alguns amigos, fiz questão de ligar para o presidente do Macaé, Walter Bittencourt. Que não acreditou na pergunta que eu fiz.

“Você está me perguntado se o Macaé contratou o Emerson Sheik? Sim, nós contratamos, mas foi o das arábias”, brincou o dirigente, que continuou.

“Nós temos um Emerson Sheik, no nosso elenco, e ele vai estrear no sábado com a camisa do Macaé contra o Fortaleza. Tá certo!”, completou Walter, que depois falou sério.

“Você acha mesmo que o Emerson Sheik iria jogar num time do Interior do Rio de Janeiro para disputar a Série C do Brasileiro? Não tem nem perigo. O Emerson do Botafogo a gente não contratou, não”, concluiu.

Fortaleza e Macaé jogam no próximo sábado, às 18h30, no Estádio Moacyrzão, em Macaé, no primeiro duelo das quartas de finais da Série C do Brasileiro. A partida de volta está marcada para o dia 25, no Castelão.

Tags: , , , , , , ,

Página 1 de 12412345...102030...Última »

Autores

Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999