Busca

10:08 · 30.05.2016 / atualizado às 10:11 · 30.05.2016 por

13334586_1070765676336885_1506979904_oBarbalha. A festa de Santo Antônio este ano começou com um casamento coletivo, na noite “Noite das Solteironas” (28). Como forma de fortalecer a tradição, foi realizado na Matriz de Santo Antônio quatro casamentos, com recepção em meio aos festejos. Os recém-casados, com as bênçãos do padroeiro de Barbalha, ganharam um bolo e puderam comemorar o enlace matrimonial da melhor forma, com alusão ao “santo casamenteiro”.

Durante o trajeto do pau da bandeira, na tarde de ontem, várias mulheres se aproximaram para pegarem no mastro do Santo casamenteiro ou retirar suas lascas para fazer chás, óleos e lembranças. “Dizem que não falha. Basta sentar no tronco ou arrancar uma lasquinha que Santo Antônio acelera o casório. Para garantir, eu fiz logo as duas coisas”, brincou a universitária paraibana Bárbara Custódio Sobreira, 26.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018

09:38 · 30.05.2016 / atualizado às 10:11 · 30.05.2016 por

Barbalha. Pelo menos cinco pessoas ficaram feridas na noite de ontem (29) após um homem atirar várias vezes contra a multidão que participava da tradicional festa do Pau da Bandeira. De acordo com a Polícia Militar, um homem teria sacado um revólver calibre 38, na Praça Engenheiro Dória, na rua do Video, uma das mais movimentadas da cidade, e atirado contra um “suposto desafeto”. Cinco pessoas foram atingidas.

As vítimas foram socorridas aos hospitais da cidade. Um adolescente de 17 anos, ferido com dois tiros, um no tórax e outro no abdômen apresenta o estado mais delicado. Ele foi submetido a procedimento cirúrgico no Hospital São Vicente de Paulo, Barbalha. Até o fechamento desta matéria, nenhum suspeito havia sido preso ou identificado.

Segurança Reforçada
A Festa de Santo Antônio, padroeiro da cidade, é uma das mais tradicionais do interior nordestino. A Secretaria de Cultura e Turismo estima que, até o final dos festejos, em 13 de junho, passem mais de 300 mil pessoas pela cidade. Para a segurança do evento, o policiamento foi reforçado. Além de seguranças particulares e guardas civis municipais, das cidade de Barbalha e Juazeiro, 200 homens da Polícia Militar fazem a segurança da festa.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018

21:53 · 29.05.2016 / atualizado às 10:13 · 30.05.2016 por
Fotos André Costa
Foto André Costa

Barbalha. Uma multidão lotou as ruas deste município para participar da abertura oficial das festividades de Santo Antônio, padroeiro da cidade. Esta é a primeira edição da festa após o reconhecimento nacional do Pau da Bandeira de Barbalha, com registro de patrimônio imaterial brasileiro concedido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), ressaltando a peculiar união de festejo popular com manifestação de fé, tendo características próprias e diferenciadas.

Segundo o secretário da Cultura do Estado do Ceará, Fabiano dos Santos Piúba, “o reconhecimento nacional da Festa de Santo Antônio de Barbalha pelo Iphan é muito importante para a cultura cearense e reforça a dimensão dessa expressão da cultura tradicional popular, em que dezenas de grupos, artistas e mestres participam ativamente, em uma das mais marcantes manifestações do Cariri, do Ceará e do Brasil”, pontuou.

Foto: Isaac Silva/Kariri in Foco
Foto: Isaac Silva/Kariri in Foco

O tradicional cortejo do Pau da Bandeira começou por volta das 11 horas. Cerca de 300 homens conduziram o mastro pesando cerca de duas toneladas até a Praça da Matriz que leva o nome do padroeiro. O percurso de quase 6 km, com saída do Sítio São Joaquim, local onde foi selecionada a “rama branca” de 25 metros de cumprimentos, durou cerca de seis horas. Segundo o “Capitão do Pau”, Rildo Teles, a condução do mastro é uma demonstração de fé, persistência, força e espírito coletivo.

IMG_1538
Foto André Costa

Santo Casamenteiro 
Como diz a tradição, nos intervalos de descanso dos carregadores durante o percurso, as mulheres se aproximaram para pegarem no mastro do Santo casamenteiro ou retirar suas lascas para fazer chás, óleos e lembranças. “Dizem que não falha. Basta sentar no tronco ou arrancar uma lasquinha que Santo Antônio acelera o casório. Para garantir, eu fiz logo as duas coisas”, brincou a universitária paraibana Bárbara Custódio Sobreira, 26.

IMG_1569
Foto André Costa

Símbolo
O hasteamento do tronco aconteceu às 19 horas. Ele marca o início da festa que prosseguirá até o dia 13 de junho. De acordo com a Secretaria de Cultura e Turismo de Barbalha, até o dia do encerramento devem passar 300 mil pessoas pela cidade. A festa de Santo Antônio é considerada a maior do país em louvor ao santo. Para a segurança do evento, o efetivo policial foi reforçado. Além dos seguranças contratados, serão 200 homens da Polícia Militar, além de agentes do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran).

Tradição
Um dos focos este ano, segundo Luna, é o fortalecimento da tradição e o resgate da originalidade. São mais dois séculos de tradição, cultura, fé e devoção, levando às ruas de Barbalha, mais de 50 grupos folclóricos e cerca de 500 brincantes que desfilam com os seus grupos de maneiro-pau, incelenças, penitentes, reisados, quadrilhas, bacamarteiros, entre outros.

Este ano, a decoração remete às imagens que estarão contando um pouco da história da festa. Uma homenagem à conquista do título de Patrimônio da Cultura Brasileira. Já o tema dos festejos é “Santo Antônio nos conduz à misericórdia do pai”. Os noitários, que também fazem parte da tradição, iniciam hoje, com visitas da imagem do santo à instituições, residências, entidades, comunidades e escolas.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018

 

14:57 · 29.05.2016 / atualizado às 15:23 · 29.05.2016 por

1Barbalha. Professores da rede estadual em greve há mais de um mês realizaram manifestação na manhã deste domingo (29) durante a abertura dos festejos de Santo Antônio, padroeiro deste município. Utilizando camisetas com os dizeres “Educação está no Pau”, em alusão à festa do Pau da Bandeira, os grevistas gritaram palavras de ordem e expuseram faixas e cartazes.

Os professores reclama que a data-base da categoria, de 1º de janeiro, não foi respeitada e reivindica reajuste de 12,67%, entre outros itens. O Governo do Estado prevê para junho uma posição sobre remuneração dos profissionais do magistério. O manifesto foi realizado no dia em que o Governador Camilo Santana (PT) visitaria à cidade para abertura oficial do Pau da Bandeira. Entretanto, o petista não compareceu.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018

13:05 · 28.05.2016 / atualizado às 15:02 · 29.05.2016 por

Uma cerimônia para marcar o registro de patrimonialização da Festa do Pau da Bandeira de Santo Antônio de Barbalha será realizada na noite deste sábado, 28/05, às 20h30, no prédio histórico do Casarão Hotel, sede da Secretaria de Cultura da cidade. Na ocasião, haverá o descerramento da placa com o certificado de registro da festa como Patrimônio Imaterial da Cultura Brasileira, título obtido desde setembro do ano passado, com aprovação pelo Conselho Consultivo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Durante a solenidade, haverá o lançamento da Escola de Saberes Tradicionais de Barbalha, com assinatura de termo de comodato por 10 anos, do prédio do Palácio 3 de Outubro, tombado pelo Patrimônio Histórico Estadual, onde funcionará a escola. A finalidade da entidade, idealizada pelo cineasta Rosemberg Cariry, é garantir a sustentabilidade cultural e a salvaguarda das tradições do município, e que se constituirá passo inicial da proposta dessa experiência, em rede, em outros municípios brasileiros.

Estarão presentes na solenidade o Governo do Estado, Camilo Santana, o prefeito de Barbalha, José Leite, o secretário de Cultura, Antônio Luna, e representantes da Superintendência do IPHAN, no Ceará, entre outras autoridades e intelectuais da cidade convidados para evento.

A festa de Barbalha terá neste sábado a ‘Noite das Solteironas’, que marca o começo das comemorações. Após à missa na Matriz de Santo Antônio, às 20 horas, acontece um casamento coletivo, marcando a tradição do ‘santo casamenteiro’. E quem ainda não tem seu par, que se habilite a buscá-lo, com as bênçãos de Santo Antônio. Essa tradição se torna evidente pelas simpatias e as lascas do mastro da bandeira do santo, que são distribuídas e até comercializadas para trazer sorte para o pretendente ao casório.

Este ano, o secretário de Cultura de Barbalha, Antônio de Luna, afirma que a Fé, a Cultura e a Tradição são elementos essenciais para o fortalecimento dessa grande festa. Ele ressalta que a Escola que está sendo criada, vem justamente proporcionar essa condição de valorizar ainda mais esses saberes presentes na cultura tradicional.

Uma das mais importantes manifestações da cultura popular tem o seu ápice durante o cortejo dos grupos de tradição e do pau da bandeira. São mais de 300 mil pessoas nas ruas da cidade neste domingo. Os grupos de tradição começam a chegar ao amanhecer do dia, na Matriz de Santo Antônio.

Às 9 horas acontece a missa e, por volta das 11, o cortejo com os grupos de tradição pelas ruas do Centro, com centenas de brincantes. A abertura oficial ocorre no encerramento do cortejo, no Largo do Rosário. Logo depois, acontece a saída do Pau da Bandeira, uma rama branca de 2 toneladas e 25 metros, do sítio São Joaquim, percorrendo 6km, até chegar, no final da tarde, de frete à matriz, onde será erguido o pau da bandeira do Santo Padroeiro de Barbalha, anunciando os dias de festa. Dia 13 será a procissão de encerramento, acompanhada por milhares de devotos, nas principais ruas de Barbalha, às 16 horas.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018