Busca

17:35 · 17.01.2018 / atualizado às 17:50 · 17.01.2018 por

 

Além do aumento de passageiros, o terminal cresceu no transporte de cargas. (Foto: Elizangela Santos)

Juazeiro do Norte. A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) divulgou, nesta quarta-feira (17), que movimentação de passageiros no Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, subiu de 534,7 mil, em 2016, para 541,89 mil, ano passado. Isso mostra um aumento de 1,34% nos embarques e desembarques. Além disso, no porão das aeronaves, foi movimentada 1,6 tonelada de cargas em 2017, um crescimento de 62% em relação à registrada em 2016, de 994,3 kg.

Os números indicam um aumento na taxa de ocupação dos aviões, já que a média diária de movimentação de aeronaves comerciais caiu de 22, em 2016, para 16, no ano passado. Para o superintendente do terminal, Rodrigo Siebra, isso demonstra o potencial da região do Cariri. “Aqui tem polo de educação bem forte e de negócios. Empresários vêm e vão. Além, claro, do turismo religioso”, acredita.

O equipamento apresenta este crescimento pelo quarto ano seguido, “mesmo com o cenário econômico um pouco adverso. A gente não foi tão impactado”, pontua Rodrigo Siebra. A expectativa é que, em 2018, os números sejam ainda melhores, porque deve haver a troca de aviões por algumas empresas, ofertando um número maior de acentos. Por outro lado, a quantidade de voos diários não deve aumentar como neste mês de janeiro, que opera com quatro movimentações a mais, graças ao período de férias.

Com 63 anos, o Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes tem capacidade para atender 800 mil passageiros por ano e conta com voos diretos para Petrolina e Recife (PE), Fortaleza (CE), Campinas e Guarulhos (SP) e Brasília (DF). Três companhias operam no aeroporto: Azul, Gol e Avianca. Pela localização centralizada de Juazeiro do Norte, quase equidistante para seis capitais, o terminal recebe, também, passageiros do interior de Pernambuco, Paraíba e Piauí.

16:27 · 17.01.2018 / atualizado às 16:28 · 17.01.2018 por
Representante do MPCE buscou diversas melhorias pro Município. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Farias Brito. O promotor de Justiça da Comarca daquele Município, Cleyton Batim da Cruz, divulgou seu relatório das atividades desenvolvidas em 2017. O representante do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) ajuizou 15 Ações Civis Públicas em defesa do patrimônio público, da moralidade administrativa e dos direitos e interesses indisponíveis da sociedade local.

Além disso, tentou o aumento dos efetivos das Polícias Militar e Civil, e melhorias em suas condições de trabalho, com mais viaturas, armamentos e aprimoramentos estruturais, visando a segurança efetiva da população. Ele também buscou obrigar o Município  a identificar adequadamente os seus veículos, de forma a que a população possa fiscalizar com facilidade o uso e a destinação deles, evitando o uso particular.

No seu balanço, em outra ação, objetivou-se garantir que todos os servidores municipais de Farias Brito tenham vencimentos iguais ou superiores ao salário mínimo nacional. Ainda,no ano passado, buscou garantir transporte escolar a todas as crianças e adolescentes que estudam na cidade de Farias Brito e a disponibilização de professores auxiliares aos alunos com necessidades especiais.

Também foi ajuizada ação contra o Município e contra a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), para que sejam realizadas obras e instalações de expansão da oferta de água potável para a população. Por fim, foram ajuizadas oito ações de responsabilização por improbidade administrativa contra políticos, advogados, contadores e empresários, visando a tutela do patrimônio público e da moralidade na Administração Municipal.

16:00 · 17.01.2018 / atualizado às 16:00 · 17.01.2018 por
A expectativa é sejam produzidas 50 mil bombinhas. (Foto: Tiago Moreira)

Crato. O Núcleo de Educação Hidroambiental da Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato (SAAEC) realizará, na próxima sexta-feira (19), uma ampla ação de produção de bombas de sementes. Adultos, crianças e adolescentes podem contribuir na produção de 50 mil bolinhas ecológicas, que servirão no reflorestamento de áreas degradadas da Chapada do Araripe. O evento acontecerá no Galpão 2, do Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante, em Crato, às 7h.

Desde o início de 2017, o Núcleo de Educação Hidroambiental da SAAEC funciona como mediador para a construção de conhecimento e vem desenvolvendo esta experiência educativa. O projeto “Bombas do Bem” foi realizado em várias escolas da cidade de Crato, ganhando visibilidade em diversas mídias nacionais e sendo, recentemente, vencedora do Prêmio Social Esporte Clube 2017 do Diário do Nordeste.

De acordo com a coordenadora do Projeto, Ana Cristina Diogo, o período inverno que vem chegando é um ambiente propício para o lançamento das sementes. As chuvas contribuem para a fixação das sementes no solo e germinação das mesmas. Para ela, é uma aposta na contribuição efetiva desta ação para o reflorestamento de parte da Chapada do Araripe.

As bombas são feitas com uma porção de barro e um pouco de esterco e aí mistura bem. Depois, acrescenta água para dar aquela liga. O ponto certo é quando consegue formar bolinhas ou uma espécie de cumbuquinha. E, para terminar o serviço, entram as sementes, que podem ser de vários tipos. Assim, as bombas estão prontas. O esporte aparece no projeto “Bombas do Bem”, porque os voluntários fazem longas caminhadas arremessando as bombas ou usam bicicletas e baladeiras para alcançar mais terreno e maiores distâncias com as bolinhas.

15:31 · 17.01.2018 / atualizado às 15:31 · 17.01.2018 por

Juazeiro do Norte. Com o ‘Janeiro Roxo’, campanha mundial de combate à hanseníase, a Secretaria Municipal realiza uma série de ações para alertar a sociedade sobre a importância da prevenção e tratamento correto para a doença. A programação tem atividades entre os dias 22 e 26 de janeiro.

A abertura acontecerá no dia 22, às 08h30, no Centro de Dermatologia, com a presença de autoridades municipais. No dia 23, a partir de 08h30, acontecerá no Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), uma roda de conversa com os pacientes de hanseníase, com o tema “Autocuidado”. O momento será conduzido pela enfermeira Fernanda Cassiano e pelo fisioterapeuta Alexandre Xavier.

Nos dias 24, 25 e 26, de 07h30 às 17h, será realizado o Observatório da Hanseníase, que consistirá em uma capacitação prática para enfermeiros e médicos da Atenção Básica. Durante toda a semana, no Centro de Dermatologia, estará exposto material educativo, com informações acessíveis para a população sobre a doença.

Centro de Dermatologia

Em 2017, foram confirmados 92 casos de hanseníase em Juazeiro do Norte. No Município, o local de referência para realização de exames, diagnóstico, tratamento e reabilitação, é o Centro de Dermatologia, onde os pacientes são acompanhados por uma equipe multiprofissional, composta por enfermeiro, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta e médico dermatologista.

08:22 · 16.01.2018 / atualizado às 08:28 · 16.01.2018 por
Até sexta-feira (19), qualquer cidadão poderá colaborar com a Gestão Municipal. (Foto: Divulgação/Prefeitura Crato)

Crato. A Praça Siqueira Campos, recebeu nesta segunda-feira, 15, a Ouvidoria Itinerante da Prefeitura Municipal. Durante toda a semana, uma equipe estará recebendo sugestões, solicitações, críticas e elogios no Centro da cidade. A ideia é promover uma gestão participativa, oferecendo mais um meio de comunicação para a população.

A Ouvidoria Itinerante estará nas principais praças da cidade. Nesta terça-feira, 16, ela continua atendendo a comunidade, na Praça Siqueira Campos, das 09h às 16h. Amanhã, 17, a equipe estará na Praça da Sé e na quinta, 18, e sexta-feira, 19, na Praça São Vicente, sempre no mesmo horário.

Os interessados em ter suas perguntas respondidas, bem como colaborar com a gestão municipal, devem realizar um breve cadastro, havendo também a possibilidade da demanda ser anônima. Repassada a solicitação, reclamação ou sugestão para o setor competente, o cidadão é informado sobre a resolutividade adequada.

A Ouvidoria do Município do Crato atende na Rua Santos Dumont, 104, Centro, das 8h às 14h. Para entrar em contato, o cidadão também pode telefonar para o número (88) 3521-7082 ou acessar o site oficial da Prefeitura Municipal do Crato.

08:09 · 16.01.2018 / atualizado às 08:10 · 16.01.2018 por
Parceria com a Polícia Militar do Ceará vai dinamizar atuação do órgão. (Foto: Helio Filho)

Juazeiro do Norte. A partir desta terça-feira (16), o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) começa a atuar em parceria com a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (CIOPS). Aquele que necessitar de serviços relacionados ao órgão, poderá ligar para o número 190. Uma equipe estará disponível, de forma permanente, para ações de emergência. As ligações começam a funcionar a partir das 6h.

Segundo o Diretor do Demutran, Pedro Cipriano, a parceria com a Polícia Militar será de grande importância para dinamizar os serviços, de forma conjunta, conforme o diretor. O que for de competência do órgão será imediatamente comunicado, para uma equipe entrar em ação.

Ainda conforme Pedro Cipriano, essa é uma importante parceria de trabalho de segurança integrado, vem favorecer a sociedade juazeirense com serviços mais eficientes.

Blitz

O trabalho de fiscalização pelo Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) tem se intensificado na última semana. Em parceria com a Guarda Civil Municipal (GCM), diversas blitze estão acontecendo em vários bairros, neste mês de janeiro.

O objetivo é diminuir o fluxo de veículos irregulares em circulação, contribuindo para recuperação de carros e motos furtados e a redução de acidentes. Além disso, com a proximidade da romaria de Candeias e do Carnaval, o número de veículos em Juazeiro do Norte aumenta e a fiscalização dará mais segurança aos motoristas e pedestres.

08:00 · 16.01.2018 / atualizado às 08:00 · 16.01.2018 por
Bancos foram removidos no primeiro dia de obra. (Foto: Samuel Macedo)

Juazeiro do Norte. A empresa Coral iniciou, nesta segunda-feira (15), a reforma da Praça Padre Cícero, após todo trabalho de preparação para início dos serviços desde o último dia 8 de janeiro. Após a colocação de tapumes e placas, na última semana, ontem foram removidos os bancos do espaço e feitas intervenções no coreto. As barracas fixadas na praça ficarão até o dia 5 de fevereiro.

Com investimento de R$ 4,5 milhões, a obra busca resgatar conceitos originais do espaço histórico, no coração da cidade. A verba tem investimento do Governo Federal, Estadual e Municipal. A área de 3.143, 11 m² terá diversas intervenções, como nova pavimentação, mudança do layout, iluminação, paisagismo, dentre outras ações visando qualificar e resgatar o aspecto histórico do local.

O prazo para conclusão é entre 6 meses e 1 ano para serem finalizadas, período necessário de resgate do traçado original da praça, onde, de acordo com o projeto criado pela arquiteta e secretária de Infraestrutura, Gizele Menezes, serão utilizados materiais como ladrilho hidráulico, bancos de granilite, postes coloniais, e o mesmo desenho urbano da época, com restauração da coluna da hora, além da instalação de novas lixeiras.

Área de convívio

Haverá também a criação de uma área de convívio com bares e restaurantes, no local onde atualmente se encontra o terminal rodoviário, que será realocado. O desenho e cores das fachadas são releituras das casas antigas que circundavam a praça. Valorizando, dessa forma, a gastronomia e culinária local.

Gizele Menezes afirma que a ideia foi fazer um resgate da história, que se deu com fotos antigas, depoimentos de pessoas da época e por meio da memória do prefeito Arnon Bezerra, de lembranças da infância e adolescência, quando percorria o espaço. “Esse traçado antigo que a gente resgatou foi o próprio prefeito que fez todo o desenho e, por meio de fotografias, detectamos como era o piso, os bancos e as cores”, disse.

15:28 · 15.01.2018 / atualizado às 16:38 · 15.01.2018 por
Segundo o promotor Leonardo Chaves, mais de 50 cargos apresentam esse tipo de irregularidade. (Foto: Beto Oliveira)

Mauriti. O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) expediu, na última terça-feira (09), uma recomendação para que o prefeito Mano Morais anule as contratações, designações e nomeações de todos os agentes públicos ligados a ele, ao vice-prefeito, ao Chefe de Gabinete, a secretários e a vereadores locais. Segundo o promotor de Justiça que responde pela comarca no Município, Leonardo Chaves, são mais 50 cargos característicos de nepotismo.

A Administração Pública não pode ter funcionários que sejam cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, da autoridade nomeante, do prefeito, do vice-prefeito, dos vereadores ou de servidor da mesma pessoa jurídica, investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada.

Segundo o promotor Leonardo Chaves, no início do ano, ele requisitou as informações à Prefeitura de Mauriti e constatou as irregularidades, a maioria, em cargos comissionados. Ele acredita que a Gestão Municipal interpretou que a pessoa poderia investir no cargo tendo aptidão técnica, mas isso é incorreto.

A partir da recomendação, a Prefeitura de Mauriti terá 20 dias para exonerar os  ocupantes de cargos comissionados, cargos diretivos ou de chefia ou funções de confiança ou gratificadas, ainda que de empresas públicas ou autarquias municipais. Mas a medida não é obrigatória, já que a Gestão Municipal pode não concordar. Caso aconteça, o prefeito poderá responder por improbidade administrativa.

O promotor Leonardo Chaves também recomenda a elaboração de uma lei municipal específica que disciplina as condutas de “nepotismo” e veda as contrações nestes casos. Para ele, a criação é uma forma de transparência, mas, mesmo que não haja na legislação local, elas podem ser vetadas.

Segundo o prefeito Mano Morais, na sua gestão já foram exonerados parte dos contratados, no começo no ano. A recomendação do MPCE está sendo analisada na Procuradoria Geral do Município e que ele ainda não tomou conhecimento. Se forem comprovados, “nós vamos cumprir a Lei”, garantiu o chefe do executivo local.

14:38 · 15.01.2018 / atualizado às 18:43 · 15.01.2018 por
O Cariri tem o melhor índice de apreensões no interior do estado. (Foto: Relações Públicas do 2º BPM)

Juazeiro do Norte. Segundo dados divulgados pela Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a região do Cariri se destacou durante o ano de 2017 na segurança pública. No período, foram retiradas de circulação mais de 700 armas de fogo em toda a Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19). Um montante que representa 18% das 3.779 apreensões de armas de fogo contabilizadas no interior do Estado.

A AIS 19, que abrange 25 municípios caririenses, contribuiu com 9,5% das apreensões de armas de fogo em todo o Ceará (7.436), liderando as apreensões de armas de fogo no Estado. De janeiro a dezembro foram apreendidas 709 armas de fogo, sendo que os meses que registraram maior índice de apreensão foram março (96), novembro (79) e fevereiro (77). Os principais tipos de armamento apreendido foram revólveres, pistolas e espingardas.

Ainda segundo as estatísticas da SSPDS, foram apreendidos 391,6 kg de entorpecentes na Região do Cariri durante o ano passado. A maior quantidade de drogas apreendidas foi de maconha, totalizando 362,9 kg. As apreensões de cocaína e crack totalizaram 20 kg e 8,6 kg, respectivamente.

De acordo com o Comandante do 2º BPM, Major Luciano Rodrigues, a contribuição da Polícia Militar para os índices positivos da segurança pública é bastante expressiva de modo que a dinamização do serviço é fundamental para promover uma cultura de paz na Região do Cariri. “A segurança pública da nossa região deve se fortalecer ainda mais em 2018 a partir de parcerias com os demais órgãos que atuam na área. O momento agora é de avaliação das ações e planejamento de diretrizes operacionais para a atividade policial em 2018”, enfatiza o Oficial.

06:15 · 15.01.2018 / atualizado às 04:38 · 15.01.2018 por
O local atende crianças e adolescentes com diagnóstico de transtornos mentais graves, severos e persistentes. (Foto: Helio Filho)

Juazeiro do Norte. Mantido, desde novembro de 2015, com recursos próprios, o Centro de Atenção Psicossocial infantojuvenil (CAPS i) foi habilitado a receber recurso mensal do Ministério da Saúde. O local receberá a quantia de R$ 32.130,00. Atualmente, 400 crianças e adolescentes são atendidos por lá.

Segundo a Secretária Executiva de Saúde do Município, Francimones Rolim, essa conquista se deve aos esforços da equipe técnica da Secretaria de Saúde, que tem à frente a Secretária Nizete Tavares, e do apoio do Prefeito Arnon Bezerra.

O público atendido tem crianças e adolescentes de até 18 anos, com diagnóstico de transtornos mentais graves, severos e persistentes, são acompanhados no CAPS i por uma equipe multiprofissional composta por médico psiquiatra, assistente social, fisioterapeuta, psicóloga, enfermeiro, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo e técnicos de enfermagem.

O local funciona diariamente, de 7h30 às 13h, na rua Manoel Miguel dos Santos, 125 A, no bairro Lagoa Seca. Os pacientes podem ter acesso ao atendimento através de demanda livre ou de encaminhamento.