Busca

Autor: Antonio Rodrigues


10:25 · 16.02.2018 / atualizado às 10:27 · 16.02.2018 por
O Memorial abriga cerca de 13 mil itens na biblioteca e no museu. (Foto: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. Após oito dias de reparos e melhorias nas instalações, a Fundação Memorial Padre Cícero voltou a receber visitantes no seu museu. O local foi aberto à população o desde o meio-dia desta quinta-feira (15). A Prefeitura aproveitou a diminuição do fluxo de visitantes no período de carnaval para executar os serviços, evitando um transtorno ao público.

No mês de janeiro, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) fez um levantamento de toda a demanda necessária para o reparo do teto a fim de evitar que chuvas contínuas pudessem comprometer a estrutura do prédio e o acervo. Conforme planejamento prévio, uma equipe esteve trabalhando desde o último dia 8 de fevereiro.

Todo o trabalho tem sido acompanhado pela Secretaria de Cultura de Juazeiro do Norte (Secult). Uma equipe cuidou da proteção das peças do Museu para que não fossem comprometidas durante a reforma.

Mesmo com as portas abertas, as obras no telhado devem continuar. As próximas etapas do reparo incluem a conclusão da impermeabilização da laje, colocação de manta asfáltica e substituição de 30 metros de telha e de capote de zinco, entre outros detalhes.

Acervo

A Fundação Memorial Padre Cícero abriga objetos que pertenceram ao patriarca da cidade, reunidas no museu, além de 13 mil itens com fotos, livros, jornais, revistas, cartas, entre outros documentos. Lá, privilegia a história do sacerdote e a história do Município.

09:55 · 16.02.2018 / atualizado às 09:56 · 16.02.2018 por
O Instituto de Apoio à Criança com Câncer pediu a realização da discussão. (Foto: Divulgação/IACC)

Barbalha. Na próxima segunda-feira (19), às 17h30, acontecerá uma sessão na Câmara de Vereadores para discutir a doação de um terreno para a construção de uma unidade especializada em oncologia pediátrica. O local serviria para oferecer serviços às crianças e seus familiares que fazem tratamento contra o câncer no Município.

A partir deste ano, dadas as dificuldades enfrentadas pelas crianças durante o tratamento, o Instituto de Apoio à Criança com Câncer (IACC) vislumbra a implantação em Barbalha, já que o Município recebem pessoas de várias cidades da região.

A proposta da unidade é promover cursos de capacitação aos profissionais da atenção básica a saúde e médicos que atuem na macrorregião de saúde do Cariri, com o objetivo de diagnosticar precocemente o câncer infanto-juvenil, promover campanhas e palestras para população em geral, sobre o diagnóstico.

O outro objetivo da unidade é oferecer aos assistidos e a seus cuidadores serviços médicos gratuitos de oftalmologia, psicologia, nutrição, fisioterapia, odontologia, exames de imagem e laboratoriais, os quais possuem uma grande demanda por parte dos pacientes. Atualmente, o IACC assiste a 57 crianças e adolescentes do Cariri acometidos pelo câncer, inclusive os que realizam o tratamento em outras cidades, como Fortaleza e São Paulo.

 

 

 

09:54 · 15.02.2018 / atualizado às 09:54 · 15.02.2018 por
Policiais acompanham o ‘Carnaval Cultural’ de Juazeiro do Norte. (Foto: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. Iniciada na última sexta-feira (9), a Operação Carnaval 2018 registrou uma redução significativa no índice de homicídios durante o período carnavalesco na Área Integrada de Segurança (AIS 19), que integra 25 cidades do Cariri. Até o início da quarta-feira de cinzas (14), um crime desta natureza foi contabilizado, enquanto no ano passado, seis homicídios ocorreram no feriado prolongado.

A Polícia Militar avalia positivamente as ações de segurança desencadeadas no período. Dados levantados pelo 2º BPM apontam que além da redução dos crimes contra a vida, a Polícia Militar retirou de circulação 20 armas de fogo nesse período, realizou sete prisões por tráfico de drogas e apreendeu mais de 2,256kg de entorpecentes, entre maconha, crack e cocaína em toda a Região do Cariri.

Para o Comandante do 2º BPM, Major Luciano Rodrigues, os resultados obtidos decorrem do compromisso da Polícia Militar com a segurança da população. “A Operação Carnaval de 2018 foi uma das mais exitosas dos últimos anos, não só porque vidas foram salvas, mas, sobretudo, porque o combate à criminalidade continuou sendo uma estratégia para a promoção da paz social”, afirmou o Oficial.

As cidades caririenses, que nessa época do ano realizam festejos carnavalescos, como Barbalha, Crato e Juazeiro do Norte, tiveram seu efetivo policial militar reforçado e distribuído em locais e horários que concentram grande fluxo de pessoas. A pé e motorizados, várias viaturas e motocicletas atuaram ostensivamente de forma preventiva.

09:36 · 15.02.2018 / atualizado às 09:36 · 15.02.2018 por
Prefeitura aguarda Governo do Estado para fazer uma revitalização no Parque. (Foto: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. Na semana passada foi iniciada a limpeza do Parque Ecológico das Timbaúbas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Públicos (Semasp). Com cerca de 70 hectares, ele será unidade de conservação (UC), espaço natural passível de proteção pelas suas características especiais.

Leia Mais: Única área verde de Juazeiro está abandonada

No local, foram retirados entulhos, lixo e feita capinação da área. Os serviços vêm sendo realizado sob orientação das equipes técnicas de fiscalização da Semasp, da Autarquia Municipal de Meio Ambiente (AMAJU), e da Secretaria de Agricultura, com o cuidado de proteger os recursos ambientais, levando em consideração a conservação do seu ecossistema e biodiversidade. O trabalho deve ser finalizado em aproximadamente 15 dias.

O Prefeito Municipal, Arnon Bezerra, e o Secretário de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Luís Ivan Bezerra, defenderam desde o início das tramitações que o Parque Ecológico das Timbaúbas se tornasse um espaço de preservação permanente, primando pela sua conservação e desenvolvimento sustentável.

No dia 23 de outubro do ano passado, foi assinado um decreto para ele se tornar a primeira unidade de conservação do Município, enquadrada como uma Área de Proteção Integral. Ele está em processo de registro no Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC) e Sistema Estadual de Unidades de Conservação do Ceará (SEUC), o que garantirá a proteção integral feita pelas três esferas governamentais.

Obras

Segundo a Secretaria de Infraestrutura de Juazeiro do Norte (Seinfra), está havendo um replanilhamento dos serviços da construção da piscina olímpica. Já o projeto de reforma do Parque das Timbaúbas foi finalizado, mas aguarda a assinatura de convênio com o Governo do Estado. Nele terá a criação de um calçadão, recuperação da praça, a criação de uma pista de cooper e pista de passeio, dois playgrounds, duas academias, banheiros públicos e instalação de iluminação no local.

09:03 · 15.02.2018 / atualizado às 09:03 · 15.02.2018 por
O curso será ofertado pelo IFCE Crato. (Foto: Divulgação/IFCE)

Nova Olinda. Será firmado, nesta quinta-feira (15), às 18, no Centro de Eventos José Ariovaldo Sampaio, um convênio entre o Instituto Federal do Ceará, campus de Crato, e a Prefeitura Municipal, para capacitar cerca de 100 professores da rede municipal em um curso de atualização em Língua Portuguesa. O curso terá início ainda é fevereiro. A ideia é que, no futuro, a formação seja ampliada para outros municípios da região do Cariri.

Professor de português e servidor do IFCE no Crato, Augusto Monteiro será o responsável pelas aulas. Segundo Monteiro, o objetivo é contribuir para o aperfeiçoamento do ensino fundamental do município. “O IFCE tem a preocupação de capacitar esses professores para que eles tenham um conhecimento mais aprofundado e mais contextualizado da língua portuguesa. Os professores de ensino fundamental precisam ter outro olhar sobre a língua, principalmente no aspecto da contextualização, para fazer do aluno um participante no processo criativo.”

Ele explica que o curso é composto de 240 horas de aulas práticas e teóricas, influenciadas pelo contexto em que alunos e professores estão inseridos. “É um estudo bem aprofundado da língua portuguesa, mas sem complicação, de modo que, ao fazer o curso, os professores terão um conhecimento maior da teoria que envolve a área”, completa Monteiro.

Com professores mais bem capacitados na rede básica de ensino, os alunos se sairão melhor na sala de aula. Uma boa interpretação de texto, por exemplo, ajuda-os a compreender com mais facilidade o conteúdo e as questões de outras disciplinas, como ciências e matemática.

O diretor-geral do IFCE no Crato, Joaquim Rufino Neto, explica que a atualização em Língua Portuguesa é um curso de Formação Inicial e Continuada (FIC), uma das modalidades de ensino ofertadas pelo instituto. “Ações do tipo devem ser feitas de forma gradativa, por meio desse ‘braço’ do governo federal, no sentido de levar à melhoria da educação de nível básico nos nossos municípios”.

Monteiro e Rufino indicam que a formação deve ainda preparar os professores – e, como consequência, os alunos – para a reforma no ensino. Com a mudança do ensino médio determinada pelo governo federal, as escolas passarão a oferecer, nos dois últimos anos, formação aprofundada em curso técnico ou em áreas eletivas como linguagens e suas tecnologias ou matemática e suas tecnologias, entre outras. Embora o ensino médio não seja responsabilidade da gestão municipal, a preparação no ensino básico é fundamental para os anos seguintes da educação.

A expectativa pelo desenvolvimento do ensino no município é compartilhada pela secretária de educação de Nova Olinda, Ana Célia Matos: “Foi fantástica a iniciativa. Nós professores precisamos estudar bastante e o curso vai fortalecer o conhecimento da nossa equipe de educadores”.

Serviço

Assinatura de convênio entre IFCE Crato e Prefeitura de Nova Olinda

Curso de atualização em língua portuguesa

Quinta-feira (15/02), 18h

No Centro de Eventos José Ariovaldo Sampaio, em Nova Olinda

Rua Alvin Alves, s/n, centro

10:59 · 14.02.2018 / atualizado às 12:09 · 14.02.2018 por
Apesar do susto, ninguém ficou ferido. (Fotos: VCRepórter)

Juazeiro do Norte. De ontem para hoje choveu apenas 14 milímetros no Município, mas já foi o suficiente para agravar os problemas estruturais da cidade. Na manhã desta quarta-feira (14), um caminhão caçamba foi engolido por um buraco que se formou na Avenida Padre Cícero, próximo ao Teatro Marquise Branca. O trecho foi recém reformado para dar acesso ao Anel Viário, que liga Juazeiro à Crato.

Segundo testemunhas, o asfalto cedeu e com a passagem do veículo, que ficou preso pela roda traseira. A carga de areia tombou na pista, que foi interditada em parte. O motorista do caminhão não ficou ferido. No dia anterior, este mesmo trecho recebia o ‘Carnaval Cultural’, com dezenas de foliões.

A Prefeitura já iniciou a recuperação da via. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

A Prefeitura Municipal informou que imediatamente as equipes do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) isolaram a área e organizaram o trânsito. Por volta das 11h10 o caminhão com carregamento de areia foi retirado e, em seguida, iniciada a recuperação da via. Neste momento, trabalhadores se encontram no local para consertar a área e liberar normalmente o fluxo de veículos.

A ‘Operação Inverno’ planejada em outubro, está sendo excetuada desde o mês passado com o intuito de atender as áreas mais críticas da cidade, com os serviços de recuperação, que inclui desde a retirada de lixo, lama, areia, até a terraplanagem e melhoria do calçamento das áreas penalizadas pelas chuvas nos últimos dias na cidade. Ao todo, estão nas ruas 17 veículos de grande porte, além de tratores, retroescavadeiras, pá mecânica, e mais de 50 homens.

Previsão

A Fundação Cearense se Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) prevê que para hoje céu nublado com chuva no centro-sul. Nas demais regiões cearenses, nebulosidade variável com chuva ao longo do dia.

08:25 · 14.02.2018 / atualizado às 16:01 · 14.02.2018 por
Comissão de frente da Unidos do Morro lembrou a fé no santo casamenteiro. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Barbalha. O último dia de carnaval na Terra de Santo Antônio teve o tradicional bloco dos Goteiras, pela tarde, e o desfile das escolas de samba campeãs em 2018, no Parque da Cidade, durante a noite. A chuva atrapalhou a apresentação das agremiações, mas não tirou o sorriso dos integrantes. A Unidos do Morro, do bairro do Rosário, conquistou o título trazendo como tema Socorro Luna, a solteirona mais famosa do Brasil.

Entre 2003 e 2014, os desfiles foram paralisados, mas com apoio da iniciativa privada e a vontade das escolas, a competição foi retomada.  A Liga Independente das Escolas de Samba de Barbalha (Liesba), pelo quarto ano seguido, organiza a competição no Parque da Cidade. Além da Unidos do Morro, a Águia de Ouro, segunda colocada, desfilou ontem trazendo os orixás.

“Nós realizamos o carnaval dentro das nossas posses. Foi o mais pobre financeiramente, mas para o público e para as escolas foi o mais organizado. A gente fez tudo dentro do que a gente deveria fazer, acima de tudo, com honestidade. Não teve nenhuma fraude. O pessoal está elogiando muito”, garante o presidente da Liesba, Gustavo Barros.

“Mamãe  mandou que eu louvasse a Santo Antônio para meu sonho uma dia realizar, pois todo ano eu lhe peço matrimônio, chegou a hora, Santo Antonio, quero me casar”, a todos pulmões, cantado na avenida, este foi o samba-enredo que homenageou Socorro Luna. O chá do pau da bandeira foi lembrado, além da barraca popular montada durante a festa com a imagem do santo.

O autor da letra, o compositor Francisco de Assis Sousa, conhecido como Tiquinho, acredita que Socorro Luna representou o vasto campo da cultura barbalhense. “Ela ficou como representante da festa de Santo Antônio. Um tema bastante sugestivo, escolhido pela equipe de carnavalescos”, explica.

Para Socorro Luna, destaque da Unidos do Morro, a canção não fala só de si, mas também é um homenagem à Barbalha. “É tanta emoção. Foi tão bonito. Foi tão gratificante a recepção. Quando entrou na avenida, todos cantavam. Era de arrepiar. Era da lágrima rolar pelo rosto. Não tinha explicação. A escola quase sem recursos, mas a garra, a coragem e a fé da Unidos do Morro, emocionou todo mundo. Taí o título. Esse título não foi à toa. Quem cresce com isso é Barbalha, lógico”, exalta Socorro Luna.

A dona de casa Francisca da Silva acompanha, todos os anos, o desfile das escolas de samba de Barbalha. Ela concordou com o resultado, destacando que a bateria da Unidos do Morro fez a diferença. “A outra também foi belíssima, mas não tem porque tá brigando. Todo mundo gosta é do carnaval, da alegria, muita gente acompanha”, acrescenta.

Bloco dos Goteiras saiu às ruas 16h.

Goteiras

Há 22 anos, o bloco dos Goteiras desfila no último dia de carnaval. Este ano, seis bonecos gigantes embelezaram o trajeto de duas horas pelas principais ruas de Barbalha. Mela-mela e muita música animaram os foliões. Os Batutas do Rosário, do bairro que nasceu a brincadeira, trouxe marchinhas de carnaval, samba e muito frevo. “No começo, as gente saia com camisa de saca de açúcar e hoje tem essa dimensão. Tudo isso surgiu porque a gente mora num bairro cultural, como o Rosário”, explica um dos fundadores do bloco, Israel Vagner.

08:05 · 14.02.2018 / atualizado às 16:01 · 14.02.2018 por
A escola de samba Pimpolhos da Nação participou do último dia de carnaval. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. Na terra de fé e romaria, a folia também tomou conta nos quatro dias do Carnaval Cultural, promovido pelo Coletivo Carnaval Livre, com apoio da Secretaria Municipal de Cultural. A festa reuniu brincantes de todas as idades e promoveu o encontro de 16 blocos no Polo da Folia, na praça do Teatro Marquise Branca. Além disso, quatro bandas animaram a festa.

Uma das atrações foi a banda Tiro Certeiro com repertório tributo a Chico Science e Nação Zumbi, além do  Afoxé Mãe Teta e apresentação da Banda de Música Municipal Padre Cícero tocando muito frevo, samba e marchinhas de carnaval. Na segunda-feira, o destaque foi o concurso de máscaras, buscando incentivar a confecção de máscaras originais entre os participantes do Bloco.

Na terça-feira de carnaval, a Escola de Samba de Pimpolhos da Nação, trouxe pra praça a fé como tema de um desfile. A bateria, toda de chapéu, lembrou os romeiros que visitam Juazeiro. Outras alas trouxeram as crenças nos orixás e também em Santo Antônio, padroeiro da cidade vizinha Barbalha.

A auxiliar de serviços gerais Socorro Lobo, apesar de passar o carnaval descansando em casa, ficou curiosa e resolveu conferir o carnaval de Juazeiro do Norte no último dia. “Aqui está muito família. Sempre procurei lugares calmo, aí resolvi vir pra cá. Tá muito bonito”, afirmou.

Para a comerciante Neci dos Santos, a folia foi um bom momento para aumentar a renda, já que Juazeiro do Norte não costuma ter festa de Carnaval nos últimos anos. O dinheiro a mais foi bem-vindo. “Pra mim, tá ótimo, nos três primeiros dias vendi umas 400 cervejas. Aqui tá bom, tranquilo, brincadeira normal, sem nenhum incidente”, acrescenta.

 

12:00 · 13.02.2018 / atualizado às 13:10 · 13.02.2018 por
Mestre Aldernir comandou o reisado no terceiro dia de Carnaval. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Crato. Os grupos de tradição popular não ficaram de fora do Carnaval cratense. Na noite de ontem (12), o reisado do Mestre Aldenir coloriu a Praça Siqueira Campos, antes da roda de coco e a banda de frevo. O Grupo Quinteto encerrou a noite com muito samba e axé dos anos 90, até a meia noite. Hoje (13), a partir das 18h, um grande encontro de tambores encerra a festa junto com apresentações de bandas locais.

Os grupos, selecionados pelo projeto “Tambores do Cariri”, que vai até abril de 2018, reuniu maracatus e afoxés, desde a última sexta-feira. Para o secretário de Cultura de Crato, Wilton Dedê, houve um considerável aumento de público e, também, de participação de grupos, em relação ao ano passado. “A festa está muito acima do esperado. Desde a sexta-feira, já foram mais de 20 grupos”, pontua o titular da Pasta.

O estudante Franklin Arruda acredita que o poder público, finalmente, viu o potencial do carnaval de rua no Município. “O Carnaval do Crato tá sendo muito bom. Se tocaram que dá certo, é legal, é interessante. Enfim, é felicidade, brincadeira e alegria”, completa o folião.

Nestes quatro dias de festa não foram identificados nenhum incidente, até agora. A celebração da festa acontecerá com um grande encontro de tambores, reunindo banda cabaçal, maracatu e afoxés. “Vamos prezar pela africanidade presente no Crato que sempre esteve na periferia. Pela primeira vez, ela veio para o coração da cidade”, exalta Wilton Dedê. Além disso, cinco bandas encerrarão a festa.

 

11:24 · 13.02.2018 / atualizado às 11:24 · 13.02.2018 por
Bairros como Limoeiro, Lagoa Seca, Jardim Gonzaga e Betolândia são os mais prejudicados. (Fotos: Samuel Macedo)

Juazeiro do Norte. As chuvas do último sábado (10), que chegaram a 56 milímetros, causaram sérios estragos nas ruas da cidade. Por isso, desde o domingo, a prefeitura tem designado equipamentos para atuar na minimização dos danos.  A ‘Operação Inverno”, tem espalhado dezenas de trabalhadores atendendo serviços de desobstrução das vias, bueiros e galerias, limpeza e recuperação de passagens em diversas localidades.

As equipes das Secretarias de Infraestrutura (Seinfra), Meio Ambiente e Serviços Públicos (Semasp), Agricultura (Seagri) e Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest) foram mobilizadas para atender à população. A Defesa Civil do Município juntamente com o pessoal da Sedest visitou locais atingidos e famílias que possam ser atendidas por meio do aluguel social.

Desde janeiro deste ano, com as primeiras chuvas, que a administração do Município reuniu todas as secretarias com o objetivo de desenvolver um trabalho integrado, denominado Operação Inverno, tendo em vista problemas históricos de alagamentos na cidade, principalmente, relacionados à ausência de drenagem em diversos pontos já identificados pela administração. Projetos estão sendo pleiteados pelo Prefeito Arnon Bezerra, no intuito de garantir recursos para iniciar obras nas áreas mais problemáticas.

Equipes nas ruas

Quatro equipes da Secretaria de Infraestrutura foram deslocadas para os bairros atingidos, priorizando as áreas mais problemáticas. As máquinas foram deslocadas para os bairros Limoeiro, Lagoa Seca, Jardim Gonzaga e Betolândia, onde está sendo feito o trabalho de recuperação das vias.

As avenidas Castelo Branco, Ailton Gomes, José Bezerra, Maria Ednir Bezerra de Mendonça, onde o fluxo é mais acentuado, e a Praça do Teatro Marquise Branca, onde acontece o Carnaval Cultural de Juazeiro do Norte foram priorizadas pelas equipes de trabalho, bem como outras áreas consideradas críticas, com a Rua Padre Manoel Germano, na Lagoa Seca.

Maquinário nos bairros

Foram deslocadas três equipes de trabalho para as ruas, com equipamentos como retroescavadeira, patrol, pá mecânica, escavadeira hidráulica e oito caminhões para atender aos serviços designados para os bairros da cidade. Toda a ação está sendo coordenada pela equipe da Infraestrutura, orientada  pelo Prefeito Arnon Bezerra e acompanhamento da Secretária Executiva de Infraestrutura, Zoia Ayres Moura.

O trabalho foi intensificado a pedido do Prefeito Arnon Bezerra e do secretário Luiz Ivan, que direcionaram equipes para as áreas mais danificadas em Juazeiro do Norte. Para a operação, foram designados 15 garis, uma retroescavadeira e quatro caminhões caçamba da empresa MXM Soluções Ambientais, além de pessoal e equipamentos da Seinfra.