Busca

Categoria: Barbalha


07:40 · 14.11.2017 / atualizado às 08:53 · 14.11.2017 por

Barbalha. No Dia Mundial do Diabetes, 14 de novembro, a Prefeitura Municipal vem desenvolvendo ações para promover a prevenção e o devido tratamento da doença junto à população. São diversas atividades voltadas para a orientação com palestras, atendimento ao público e um esforço dobrado das equipes de saúde da família a fim de conscientizar a população sobre os meles causados pra quem sofre com o problema.

Nesta terça-feira (14), o Município estará com equipes de profissionais atendendo a população na Praça Engenheiro Dória (Praça da Estação) e orientando sobre causas, tratamento e consequência da doença. Haverá avaliação de glicemia, aferição de pressão arterial e orientação aos pré-diabéticos.

Mas na tarde de ontem, 13, as ações foram iniciadas com a equipe do Centro de Diabetes e Hipertensão promoveu uma série de palestras na Faculdade de Medicina do Cariri. Os profissionais da atenção básica e acadêmicos de medicina foram orientados sobre como identificar, observar os tipos da doença, prevenção, parâmetros e taxas que são consideradas Diabetes Mellitus.

Conforme a coordenadora do Centro de Diabetes e Hipertensão de Barbalha, Dandara Ramalho, a intenção é orientar para que as pessoas conheçam, a fim de prevenir ou tratar a doença evitando as sequelas provocadas pelo diabetes.

A doença

A Diabetes é uma doença crônica na qual o corpo não produz insulina, hormônio que controla a quantidade de glicose no sangue, ou não consegue empregar adequadamente a insulina que produz. Com isso, o nível de glicose no sangue fica alto –  a famosa hiperglicemia -, e após longos períodos, poderá haver danos em órgãos, vasos sanguíneos e nervos. Hoje, no Brasil, há mais de 13 milhões de pessoas vivendo com diabetes, o que representa 6,9% da população.

12:20 · 03.11.2017 / atualizado às 12:24 · 03.11.2017 por
Algodão branco e colorido no Campo Experimental da Embrapa Algodão em Barbalha. (Foto: Fábio Aquino)

Barbalha. Com objetivo divulgar as cultivares – plantas que foram melhoradas devido à alteração ou introdução, pelo homem – desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e os sistemas de produção das culturas do algodão, amendoim, mamona e gergelim, acontece na próxima quinta-feira (09), o dia de campo sobre Tecnologias Sustentáveis para o Semiárido 2017.  O evento será realizado no Campo Experimental da Embrapa Algodão, no Município, a partir das 7h30, e deve receber mais de 400 participantes entre agricultores, técnicos de extensão rural, estudantes da área e autoridades locais.

O encontro reunirá estratégias para promover a convivência produtiva com o Semiárido como a Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), agroindustrialização do gergelim e amendoim, Manejo Integrado de Pragas (MIP), máquinas e implementos agrícolas para a região.

Entre os destaques do dia de campo estão a nova cultivar de algodão colorido para o Semiárido e Cerrado (BRS Jade), novas cultivares transgênicas de algodão, a nova cultivar de gergelim (BRS Anahi) e os benefícios da rotação de culturas para o sistema de produção.

“Os participantes terão a oportunidade de conhecer os sistemas de produção de cada uma das culturas, além de boas práticas como a rotação de culturas, que melhoram o perfil do solo, contribuem para a absorção de nutrientes e ainda para o controle de pragas”, adiantou o supervisor do Campo Experimental de Barbalha, Gildo Pereira de Araújo.

Serviço:
Dia de campo sobre Tecnologias sustentáveis para o Semiárido 2017
Data: 9 de novembro  (quinta-feira)
Local: Campo Experimental da Embrapa Algodão, em Barbalha
Horário: 7h30

10:18 · 31.10.2017 / atualizado às 10:19 · 31.10.2017 por
A iniciativa aconteceu neste mês de outubro. (Foto: Divulgação/FAP)

Barbalha. Uma ação solidária arrecadou mais de nove metros de cabelo para confecção de perucas destinadas às vítimas de câncer no Cariri. Ao todo, 68 voluntários participaram da campanha que beneficiará pacientes do Hospital São Vicente de Paulo, em Barbalha. Cada doador ofereceu, no mínimo, 13 centímetros de cabelo. A iniciativa social partiu da Faculdade Paraíso do Ceará.

Além disso, a campanha realizou a doação de mudas de flores e cartões com mensagens motivacionais. O material foi entregue no setor de oncologia do Hospital São Vicente de Paulo, na manhã desta terça-feira (31), último dia da campanha Outubro Rosa.

Toda a mobilização aconteceu neste mês de outubro, em uma parceria entre o Curso de Marketing, a Biblioteca João Paulo II e a empresária e cabeleireira Helena Pinheiro. Na ocasião, profissionais de saúde também explicaram como as mulheres podem fazer o autoexame.

Para a coordenadora do Curso de Marketing da FAP, Klênnia Feitosa, a ação teve o intuito de incentivar a prevenção e elevar a autoestima das vítimas do câncer de mama. “A intenção é mandar uma energia positiva, mensagens de fortalecimento que venham acolher essas pessoas que estão passando por um momento tão difícil”, explica a professora.

13:34 · 30.10.2017 / atualizado às 09:30 · 02.11.2017 por
A lesão aconteceu após desentendimento entre a criança e sua a prima, de 11 anos. (Foto: VCRepórter)

Barbalha. Internada há três dias no Hospital Maternidade Santo Antônio, a menina Dávila Chaylane Duarte, de oito anos, faleceu na última sexta-feira (27), após ser atingida na cabeça por um tamanco de madeira. De acordo com o Hospital, ela sofreu traumatismo craniano encefálico (TCE).

Segundo a Polícia Civil, a lesão aconteceu dentro de casa, no bairro Malvinas, em Barbalha.  Após passarem a tarde brincando a criança, de 8 anos, e sua prima, de 11, se desentenderam. A mais velha arremessou o tamanco e a atingiu.

A criança deu entrada, na tarde da última terça-feira (24), desmaiada e foi levada diretamente a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No entanto, ela não resistiu a pancada, que causou o traumatismo e morreu por volta das 14h30, na última sexta-feira (27).

O corpo de Dávila Chaylane foi sepultado na manhã de domingo. A Delegacia Regional de Barbalha está apurando os fatos. No entanto, as medidas socioeducativas não serão aplicadas, já que a criança, autora da agressão, tem apenas 11 anos. De acordo  Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Lei nº 8.069 de 13 de Julho de 1990, diz que menores de 12 anos são considerados crianças e são inimputáveis penalmente, ou seja, não podem sofrer nenhum tipo de penalidade. Enquanto as medidas socioeducativas podem ser aplicadas apenas para adolescentes, que são os menores de 12 a 18 anos.

10:27 · 30.10.2017 / atualizado às 10:30 · 30.10.2017 por
O Instituto de Apoio à Criança com Câncer, de Barbalha, é uma das instituições beneficiadas com a renda do bazar. (Foto: Divulgação/IACC)

Juazeiro do Norte. No próximo sábado (04) será realizado um bazar para beneficiar três instituições que realizam trabalho solidário, na região do Cariri. O evento acontecerá de 8h às 17h, na quadra do Colégio Salesianos. Os produtos serão comercializados até terça-feira (07) e a renda obtida será destinada à manutenção do Instituto de Apoio à Criança com Câncer, da Fundação Otília Correia Saraiva e da Casa de Referência para Implementação de Ações Sócios Assistenciais.

Os produtos comercializados foram doados pela Receita Federal. São eletrônicos, perfumarias, roupas, artigos de pesca, ferramentas e brinquedos, tudo com preço abaixo do mercado. Os interessados vão poder fazer compras pelo CPF no valor máximo de R$ 1.000, exceto quando o valor unitário do bem superar esse limite. Cartão de crédito e débito são aceitos no evento, as compras poderão ser parceladas em até 3X. Para realizar a compra é necessário portar RG e CPF.

Segundo a organização, o tempo de permanência e a quantidade de pessoas vão ser controlados, para garantir melhor atendimento ao público.

As instituições

O Instituto de Apoio à Criança com Câncer (IACC) é uma organização não governamental e sem fins lucrativos, que atende as necessidades psicossociais dos portadores de câncer com idade entre zero e dezenove anos, além de suas mães ou responsáveis, na cidade de Barbalha.

Fundada em 1993, a Fundação Otília Correia Saraiva (FOCS) surgiu através da direção do Hospital Maternidade Santo Antonio. Localizado em Barbalha, a instituição, formada por profissionais de medicina, tem a missão de levar saúde à população mais carente, cura e atendimento humanizado permanente e de qualidade.

Já a Casa de Referência para Implementação de Ações Sócios Assistenciais (Criasa) é um lar que acolhe idosos localizado na Rua do Rosario, 1220, Salesianos, na cidade de Juazeiro do Norte. Em parceria com faculdades e universidades, a instituição recebe doação de alimentos, roupas e ações de lazer.

Serviço:

Bazar solidário

Data: 04 de novembro (sábado) à 07 de novembro (terça-feira)

Horário: 8h às 17h

Local: Quadra do Colégio Salesianos São João Bosco, Rua Padre Cícero, 1492, Juazeiro do Norte

06:58 · 24.10.2017 / atualizado às 12:10 · 24.10.2017 por

Juazeiro do Norte/Barbalha. No próximo final de semana, entre os dias 28 e 29, acontecerá o evento “Gaia dentro de mim”, um espaço artístico e espiritual que terá terapias, shows e feiras. No primeiro dia, o evento será no Clube dos Comerciários, em Juazeiro do Norte. Já no segundo, as atividades acontecerão na Aldeia da Luz, em Barbalha. A atividade é uma realização do movimento Sementes da Luz, com patrocínio do Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBNB).

Nos dois dias, o espaço servirá  para confraternização dos participantes da especialização em permacultura da Universidade Federal do Cariri (UFCA), mas também está aberto para todo o público inscrito. De acordo com o terapeuta Anderson Lima, um dos organizadores, o movimento começou a partir do trabalho com terapias com constelações, que atua na Aldeia da Luz. ” O objetivo é alavancar essa questão da luz, da conscientização de terapias, da alimentação, de se cuidar e de despertar o amor. De reverencia e gratidão aos quatro elementos: terra, fogo, agua e ar”, explica. 

No sábado (28), o Clube dos Comerciários receberá o show do músico e compositor Ale de Maria, bacharel em Composição e Regência, que trabalhou como arranjador, compositor, regente e professor de música. Hoje se dedica ao projeto do disco “Mãe D’Água”, lançado em Lisboa, Portugal, com canções devocionais, celebrações com rezas e contos. Também, no mesmo dia, acontecerá as feiras de alimentação e ecológica.

Já no domingo (29), na Aldeia da Luz, terá a terapia das constelações familiares com a consteladora Naradhi Biachi, com participação de Ale de Maria, canalizando musicas. Ela trabalha, há mais de 18 anos, como especialista na técnica do Renascimento, Constelação Sistêmica Familiar, Del Hipnoterapia e Tantra. Realiza atendimentos individuais e em grupo por várias cidades do Brasil.

O ingressos para o show custam o valor do lote promocional R$80. Mas estudantes poderão pagar meia entrada. Enquanto para a terapia das constelação familiar, o valor é de R$350, com apenas dez vagas.

Vendas Ingressos: 

Aldeia da Luz: (88) 9-9770-7477 (Fanka)

Sementes de Luz: (85) 9-9164-8728 (Naradhi)

Espaço Ananda: (88) 9-9609-2921 (Sandra)

Sindicato dos Comerciários: (88) 9-8801-3306 (Toinha)

Instituto novo Sol: (88) 9-9663-5447 (Batista)

Etc Zen: (88) 9-8806-4651 (Miguel)

Mais informações: 

Anderson Lima: (85) 9-9824-6189 (cel)

(81) 9-9818-9558 (WhatsApp)

13:14 · 20.10.2017 / atualizado às 18:06 · 20.10.2017 por
O vereador foi o quarto mais votado no Município de Jardim. (Foto: Divulgação/Câmara Municipal)

Barbalha. A Polícia Federal da Delegacia de Salgueiro (PE) cumpriu, na noite de dessa quinta-feira (20), mandato de prisão preventiva contra o vereador do município de Jardim, Francisco Renato Pereira Júnior, conhecido como Junior Sedrim, que residia em Barbalha. Ele é policial civil no estado da Paraíba e está sendo acusado de envolvimento nos assaltos de duas agências de bancos em Missão Velha, na madrugada de 3 de fevereiro deste ano. O parlamentar, de 38 anos, foi o quarto mais votado no Município, com 1.161 votos.

Junior Sedrim, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), já responde Ação Penal por participação em duplo homicídio ocorrido no município de Santana de Mangabeira (PB). Segundo investigação, ele e o soldado da Policia Militar, José Alênio Leal Bezerra, executaram o casal de agricultores Carlos Batista, de 51 anos, e Cícera Pereira, de 49, na noite de 23 de abril de 2010.

Assalto

Por volta de 1h30, no dia 3 de fevereiro,  um grupo entre 15 e 20 integrantes invadiu a cidade de Missão Velha. O bando se dividiu em dois. Uma parte da quadrilha ficou responsável por fechar as entradas da cidade, colocando caminhões e pregos na pista. Esse mesmo grupo também cercou o destacamento policial. Paralelo a essa ação, os outros integrantes da quadrilha invadiram e explodiram as duas agências bancárias da cidade, que ficam bem próximas, no centro da cidade. Cerca de R$ 600 mil fora levados.

Na fuga, houve troca de tiros com policiais e com uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). Apesar do apoio de outros destacamentos de cidades vizinhas, os assaltantes conseguiram fugir. Enquanto escapavam, eles abandonaram um carro 4X4 em uma estada carroçável. Dentro do veículo, os policiais encontraram armas de grosso calibre, bastante munição, coletes a prova de bala, e muito dinheiro. Havia também manchas de sangue nos bancos e nas armas, o que se faz supor que, durante a troca de tiros, os suspeitos ficaram feridos.

Ataques

Este ano já foram registrados 42 ataques a bancos. O último aconteceu em Ipumirim, na região Centro Sul, nesta quarta-feira (18). Um grupo armado explodiu a agência bancária do Bradesco por volta das 3h da madrugada. Segundo a Polícia, cerca de 15 homens armados com fuzis chegaram à cidade em motos e num veículo, atirando para o alto e, em seguida, explodiu a agência. Três pessoas foram feitas reféns durante a ação e foram liberadas antes da fuga da quadrilha.

Bancos Fechados

Aqui no Cariri, quatro cidades estão sem suas agências funcionar, graças aos ataques aos bancos. Os moradores de Nova Olinda, Missão Velha, Assaré sofrem com a ausência dos serviços bancários e recorrer aos municípios vizinhos.

No dia 20 de setembro, o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) anunciou, após reunião com o presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli, que dez municípios do Ceará terão suas agências bancárias reabertas. Aqui na região do Cariri, Assaré e Missão Velha terão recomposição. As outras cidades são Lavras da Mangabeira, Redenção, Ipueiras, Jaguaribara, Milhã, Cedro, Senador Pompeu e Icapuí.

 

 

06:58 · 11.10.2017 / atualizado às 10:07 · 11.10.2017 por

Barbalha. Na manhã de ontem (10) o Lar São Francisco de Assis, que atende crianças e adolescentes com câncer, recebeu dezenas de brinquedos, em comemoração do Dia das Crianças, que acontece no próximo dia 12. A ação foi coordenada pelo Instituto Anjos da Enfermagem, de Crato. Além dos presentes, os pacientes atendidos pela Casa receberam apresentações de dança e de palhaços e brincadeiras

De acordo com Jairo de Freitas, administrador do Instituto Anjos da Enfermagem, esta ação é desenvolvida em cada uma das 16 unidades espalhadas em 15 estados do Brasil. “O lar São Francisco é uma casa de apoio que os Anjos da Enfermagem já tem uma parceria legal de doação de cesta básica, brinquedos e outras ações”, explica. Este ano, cada abastecimento em um posto de combustível de Juazeiro do Norte foi revertido na compra brinquedos.

“Uma das bandeiras que a gente defende, além da humanização da saúde é o brinquedo terapêutico. Uma prática científica que tem resultados maravilhosos. Tem crianças aqui com câncer, que não entende a magnitude dessa doença e os males que ela, infelizmente, traz. Trazer um brinquedo não é só trazer um objeto, é trazer uma cura, um momento de alegria, momento de descontração. Consequentemente, isso minimiza a dor da criança, alegra ela e família, que também sofre”, completa Jairo.

Há cinco meses visitando a instituição durante o tratamento de quimioterapia, Isabele Beatriz, de 16 anos, afirma que a ação causou muita ansiedade nas crianças do Lar São Francisco de Assis. “Elas estavam esperando muito por esse dia, mas ficam muito tímidas quando tá acontecendo. Mas, ontem, durante o almoço, estavam desesperadas para o dia chegar logo”, conta.

O Lar São Francisco de Assis recebe, desde 2013, crianças e adolescentes que passam por tratamento de quimioterapia no Hospital São Vicente, naquele Município. O local foi fundado por Marta Dantas, que viu de perto seu filho Lucas Dantas lutar contra o câncer, ficar curado e hoje ajudá-la a administrar a Casa. Hoje, recebe cerca de 38 pacientes de vários lugares do Cariri.

“Devido o Hospital São Vicente, referência em oncologia no Cariri, perder recursos, ele não recebe novos casos. Eles estão sendo encaminhado para Fortaleza. O Lar São Francisco, envia para o Instituto Peter Pan, que temos parceria, para se hospedarem lá durante o tratamento”, explica Marta.

O local garante hospedagem em tempo integral para crianças e pais, junto com café da manhã, almoço e jantar. Além disso, o Lar São Francisco de Assis conta com muitos estagiários e voluntários. São estudantes de Psicologia, Gestão de Recursos Humanos e Serviço Social. “É toda uma equipe multidisciplinar para cuidar dessas crianças e para ajudar”, conta Marta Dantas, lembrando que o lar funciona através de doações, inclusive, o prédio foi conquistado assim. Fora isso, o instituto comercializa chocolates e pão de mel produzidos lá mesmo.

Marta Dantas, fundadora do Lar São Francisco de Assis e presidente da Associação Comunitária Lucas Dantas. (Foto: Antonio Rodrigues)

Uma das voluntárias do Lar São Francisco de Assis é Maria Carla Freire, psicóloga e mãe de Alexandre, de 4 anos, uma das crianças que frequenta a instituição. A família descobriu a doença quando ele tinha um ano e dois meses. Depois de finalizar o tratamento, Alexandre volta à Barbalha para revisão a cada dois meses. Mesmo indo poucas vezes à Casa, Carla sentiu que poderia ajudar. “A gente sente como se fosse um chamado. Inicialmente, eu achava que, após o término de tratamento, a gente ia distanciar, mas fica com esse vínculo”, conta a psicóloga.

“Isso aqui é um estímulo para as crianças. De repente, elas se veem no ambiente que nunca esperaram, nem os pais, é aversivo e sofrido o ambiente hospitalar. Aí vem todo procedimento, medicamento, quimioterapia. É um sofrimento para eles e para a família. O Lar acolhe a família da criança. Aqui tudo muda. Eles saem de uma rotina hospitalar e chegam aqui é como se esquecessem por alguns momentos”, exalta a mãe de Alexandre.

16:49 · 09.10.2017 / atualizado às 16:52 · 09.10.2017 por
O Cabaré de Dona Marinalva (Grupo Cícera de Experimentos Cênicos) é uma das atrações na quinta-feira, 12. (Foto: Divulgação)

Barbalha. Aberto oficialmente na última sexta-feira (06), o Festival Louco em Cena, em sua décima terceira edição, têm programação vasta até dia 14 de setembro. Os espetáculos acontecem no Cine Teatro Nelory Filgueira e na Escola de Saberes de Barbalha a preços populares: de R$ 3,00 a R$ 6,00. Ao todo, 19 apresentações de teatro passarão pelos palcos do Município, além de oficinas, mesa redonda e debate.

O festival procura fomentar o teatro, através da integração de grupos, artistas e apreciadores, fortalecendo as expressões teatrais dentro do Município e da região do Cariri. De acordo com o produtor do evento, Gilsimar Gonçalves, o evento surgiu a partir de uma exposição, no ano 2000, que contou com a realização de alguns esquetes. Ali, ele percebeu que a população barbalhense conhecia pouco o teatro.

“Em 2010, fomos contemplados por edital, e de lá pra cá a gente ampliou e faz todo ano, sem interrupção. Fazemos com apoio de grupos, amigos. Quando não temos recurso, pedimos ajuda aos grupos e instituições culturais”, explica Gilsimar.

Este ano, o festival lançou edital sem pagamento de cachê, mas, mesmo assim, muitos grupos de teatro responderam. Para ter algum recurso para as despesas, lançaram ingressos a preços populares. “Barbalha tem o Cine Teatro, Grupo Mateo e a Companhia Louco em Cena que fazem trabalho contínuo na cidade, mas nós não temos equipamentos funcionando semanalmente como Centro Cultural, SESC, Teatro Raquel de Queiroz, Casa Ninho, que são estruturas que tem em Crato e Juazeiro. Nosso festival é para que aconteça formação de plateia” acrescenta o produtor.

Anualmente, o Festival Louco em Cena acontece entre os meses de novembro ou dezembro, mas, este ano, o grupo resolveu apresentar neste mês de outubro para celebrar os 18 anos da companhia organizadora do evento, na próxima quinta-feira, 12. No dia, terá espetáculos voltados ao público infantil, que comemora, também o dia das crianças em todo País.

Além disso, na atual edição o bairro Bela Vista foi escolhido para ser contemplado com uma apresentação gratuita, aberta à comunidade, na noite de quarta-feira. “A expectativa é mobilizar a comunidade, que veja a teatro, apreciar bom espetáculo”, ressalta Gilsimar Gonçalves.

 

Programação:
Segunda-feira, 09
Espetáculo: Show de Ilusionismo (Alison Ilusionista)
Horário: 19 horas
Local: Cine Teatro
Censura: Livre

quarta-feira, 11
Espetáculo: Eu e minhas cabeças avessas (Coletivo Dama Vermelha)
Horário: 19h30
Local: Cine Teatro
Censura: 16 anos

quinta-feira, 12
Espetáculo: O Cabaré de Dona Marinalva (Grupo Cícera de Experimentos Cênicos)
Horário: 19h30
Local: Cine Teatro
Censura: 16 anos

sexta-feira, 13
Espetáculo: Outra Cena, Outra Máscara (Companhia Cultural Cirandus)
Horário: 18h30
Local: Praça da Estação
Censura: Livre
Espetáculo: Epfanias: outros jeitos de usar a boca (Dakini Cia Cênica)
Horário: 20h
Local: Escola de Saberes
Censura: 18 anos

sábado, 14
Espetáculo: Cacos Para Um Vitral (Oitão Cênico)
Horário: 19h
Local: Escola de Saberes
Censura: 18 anos
Espetáculo: Eu quero desababar! (Cia. Teatral Moreira Campo)
Horário: 20h
Local: Cine Teatro
Censura: 18 anos

Mostra Infantil
terça-feira, 10
Espetáculo: As Caixas (Núcleo de Prodição Cenográfica e Estética – Procene)
Horário: 16h
Local: Escola de Saberes
Espetáculo: Fiada de Boas Histórias (Elisabete Pacheco)
Horário: 18h
Local: Escola de Saberes

quarta-feira, 11
Espetáculo: O Estábulo (Cia. Louco em Cena)
Horário: 19h30.
Local: Associação dos Moradores Bela Vista

quinta-feira, 12
Espetáculo: A Lagarta e a Borboleta (Dasdores Santos)
Horário: 09h
Local: Escola de Saberes
Espetáculo: Tropicalismo: uma história narrada, cantada e vivenciada. (Elisabete Pacheco)
Local: Escola de Saberes
Espetáculo: Cantigas daqui, lendas e contos do mundo (Louco em Cena)
Horário: 17h
Local: Cine Teatro

sábado, 14
Espetáculo: Quando o lobo tem fome (Três Quartos)
Horário: 09h30
Local: Cine Teatro

Ações formativas
Entre os dias 10 e 14
Atividade: Oficina de Confecção de Bonecos
Horário: 14h
Público: A partir de 12 anos

Dia 10, terça-feira
Atividade: Mesa Redonda Teatro no Cariri Cearense
Horário: 14 horas
Local: Cine Teatro

11:48 · 02.10.2017 / atualizado às 08:54 · 03.10.2017 por

Os usuários de ônibus que trabalham ou estudam nas cidades vizinhas de Crato, Juazeiro, Barbalha e Missão Velha foram surpreendidas, nesta segunda-feira (02), com o aumento das passagens. No entanto, o reajuste de 2,421%  foi anunciado desde o dia 29 de setembro e entrou em vigor a partir de ontem (01). O acréscimo afeta os preços das linhas do serviço regular interurbano de passageiros de todo Ceará.

Na região do Cariri, as linhas entre Crato/Juazeiro, Barbalha/Juazeiro aumentaram para R$ 2,25. Antes custava R$ 2,20. Já entre Juazeiro do Norte/Missão velha, o preço passou a R$4,30, representando um aumento de 10 centavos; enquanto Barbalha/Missão Velha subiu para R$ 2,90, antes era R$ 2,85. As vans acompanharam este aumento.

Os contratos firmados entre as empresas operadoras e o Governo do Estado preveem a correção anual das tarifas, seja através da modalidade de reajuste, que considera os índices inflacionários, ou de revisão, conforme variação dos insumos e parâmetros técnicos sobre os custos da prestação do serviço.

O reajuste é resultado do cálculo realizado pelo Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE) e homologado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce) abrange todo o estado, com exceção entre as linhas de ônibus na Região Metropolitana de Fortaleza.

Além do Cariri, tiveram reajuste as linhas de ônibus do sistema intermunicipal que percorrem as regiões Norte, Centro-Sul, Inhamuns, Sertão Central, Litoral Oeste, Maciço de Baturité, Jaguaribana e Litoral Leste, operadas pelas empresas Expresso Guanabara, Via Metro, Princesa dos Inhamuns, Fretcar e São Benedito.

O Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros é regulado pela Arce, e gerido e fiscalizado pelo Detran/CE. Os dois órgãos disponibilizam canais de Ouvidoria para esclarecer dúvidas, receber reclamações e prestar informações aos passageiros que diariamente utilizam esse sistema.

Telefones:

Arce: (85) 3101.1027

Detran: (85) 3195.2300