Busca

Categoria: Cidades


16:05 · 18.06.2018 / atualizado às 16:09 · 18.06.2018 por
São João nos bairros acontece pelo segundo ano consecutivo. (Foto: Anderson Duarte)

Juazeiro do Norte. Retomar a tradição dos arraiás juninos nas comunidades e resgatar o Festival Municipal de Quadrilhas são algumas das novidades do São João deste Município, no Cariri cearense que, aos poucos, volta a figurar no cenário cearense dos festejos. Além disso, nos dias 22, 23 e 24 de junho, o Parque de Eventos volta a ser palco de shows musicais para animar a população. Ao todo, serão 10 dias de programação, também espalhadas nos bairros.

Serão 30 grupos no Festival Municipal de Quadrilhas, entre infantil e adulto, contabilizando aproximadamente 720 participantes. A disputa acontecerá no Parque Padre Cícero, onde são esperadas 40 mil pessoas nestes três dias. “O local escolhido quer preservar a rotina de quem não tá participando da festa”, explica o secretário de Cultura, Renato Fernandes.

Além disso, o “São João nos Bairros”, a partir do dia 25, levará os arraiás até 17 bairros de Juazeiro do Norte com apresentações nos equipamentos sociais, em quadras esportivas e nas próprias ruas.  Mais de R$ 250 mil foram investidos. As quadrilhas recebem remuneração financeira com finalidade de custear figurinos, cenários e outras demandas. Para participar, os 30 grupos selecionados através de edital deverão organizar a um arraiá no seu bairro.

No Parque, será solicitada, voluntariamente, a doação de 1kg de alimento para programas sociais. A programação musical conta a dupla sertaneja Victor & Leo e abrange, principalmente, artistas locais, como Luiz Fidelis, Fábio Carneirinho, Júnior Viana, Jordian do Acordeon. Todos os shows a partir das 22h. Lá, um grande efetivo de policiais e 50 guardas municipais vão procurar garantir a segurança.

São João Rural

Na zona rural, desde a última quinta-feira (14), estão sendo promovidos os festejos juninos com a iniciativa das lideranças comunitárias. O primeiro dia reuniu quase 2 mil pessoas na Vila Maria Célia Calou, envolvendo também a comunidade no entorno. No último sábado (16), foi a vez da comunidade da Palmeirinha realizar uma festa com quadrilhas improvisadas, animadas por shows de artistas locais. A programação se estende até o dia 14 de julho para contemplar todo território juazeirense.

Ampliação

Segundo o prefeito Arnon Bezerra, o São João de Juazeiro é para dar uma continuidade a cultural local, mas que é preciso aperfeiçoar todos os anos e ampliar os espaços. O gestor municipal acredita que é preciso, em parceria com outras prefeituras, criar um “São João do Cariri” em que cada cidade sedie os festejos. “Criar uma integração. A gente precisa criar num efeito positivo para a chegada de turistas na região.Fazer com que nossa cultura seja presente, como nosso artesanato. Divulgar e despertar nosso talento”, acrescentou.

Programação

22 de junho (sexta-feira)

Jordian do Acordeon
Maurício Jorge
Joãozinho do Exu

23 de junho (sábado)

Fábio Carneirinho
Jota Farias
Júnior Vianna

24 de junho (domingo)

Victor & Leo
Leonardo de Luna
Luiz Fidelis
Thales Lessa

 

13:41 · 18.06.2018 / atualizado às 13:48 · 18.06.2018 por
Com tapete vermelho e fotos, filme foi lançado no Mirante do Horto. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. Inspirado na música “A Saga de um Vaqueiro”, da compositora Rita de Cássia – sucesso nas vozes das bandas Catuaba com Amendoim e Mastruz com Leite -, um filme homônimo todo gravado no Cariri foi lançado na noite da última sexta-feira (15). O longa é uma produção independente de Juciesse Filmes e da ProRec Entretenimento, em parceria com a Associação Comunitária Padre Cícero, com sede no bairro Horto. O trailer, publicado há uma semana, já ultrapassa 88 mil visualizações. Em breve, ele estará, integralmente, no YouTube.

Assim como no canção, o filme conta uma história de amor entre um vaqueiro (Lourenço) e uma moça (Morena), filha de um fazendeiro (Marçal). Durante as vaquejadas, os dois se apaixonam, mas devido a distinção de classes, a relação entre eles é interrompida. A separação do casal foi arquitetada pelo pai que enviou a filha para outra cidade. No entanto, ela já estava grávida e tem um filho (Lourenço Filho). Anos depois, eles se reencontram em meio a uma disputa nas pistas. Este roteiro foi adaptado pelo ator e diretor Wallyson Alves, o Lissinho Alves, natural de Juazeiro do Norte, de apenas 21 anos.

Filme foi lançado em restaurante no bairro Horto, local onde saiu alguns dos atores.

De 40 pessoas que participaram do filme, apenas uma não era de Crato e Juazeiro do Norte, cidades onde foram filmadas as cenas. “Tinha um grupo reduzido de cinco a dez atores. Aí foi um conhecendo outro, indicando”, descreve Lissinho Alves. O jovem roteirista conta que a ideia surgiu a partir de entrevistas que acompanhou durante a tradicional vaquejada na Terra do Padre Cícero. “Já conhecia a música. O texto foi escrito em duas semanas. Aí ficou um pouco fácil, porque a história da música já é muito bonita. Tive destrinchar e seguir novos rumos com novos personagens para acrescentar na história”, completa.

A ProRec Entretenimento surgiu como um programa integrado à Associação Comunitária Padre Cícero, no bairro Horto. A princípio, a ideia era criar uma novela, que já foi toda escrita por Lissisinho Alves. Com a ideia do longa sobre a música e o apoio da Juciesse Filmes, o grupo partiu em busca de apoios durante as gravações, mas sem muito sucesso. “Um ano de articulação e gravação aos trancos e barrancos”, conta o padre Luís Barbosa, presidente da associação. As parcerias são conquistadas no lançamento do filme.

“Nós pensávamos em fazer uma coisa pequena. Aí publicamos um trailer e, de repente, em 24 horas, chegou a 25 mil visualizações. Tiramos da página. Até a Rita de Cássia comentou”, lembra o pároco. Com a repercussão maior, o grupo entrou em contato e conseguiu a liberação da obra. O filme já foi registrado na Biblioteca Nacional.

Segundo o ator e jornalista Márcio Silvestre, que deu vida ao personagem principal, o vaqueiro Lourenço, apesar dos 15 anos de teatro e participação em campanhas publicitárias, a experiência no cinema foi algo novo. “A cena de montar a égua foi o maior desafio, sair cavalgando”, afirma. Ele chegou até o projeto através de indicação de amigos e se encantou com o trabalho independente dos jovens do Horto. “Isso me encantou. O sonho de fazer cinema, conseguiu reunir pessoas de diversos setores e fazer o projeto. Eu sinto que a vontade de fazer foi maior que o financeiro”, completa Márcio.

10:43 · 18.06.2018 / atualizado às 10:43 · 18.06.2018 por
Entrada gratuita e limitado a 60 lugares, espetáculo será exibido nesta quinta-feira (21) (Foto: Luiz Alves)

Crato. O massacre da comunidade do Caldeirão da Santa Cruz do Deserto, neste Município do Cariri cearense, é o mote do espetáculo “Nossos Mortos”, do grupo Teatro Márquina, que será exibido gratuitamente no projeto Curta Mais Teatro, do Cineteatro São Luiz, em Fortaleza. O evento acontece nesta quinta-feira (21), às 19h.

Antígona é uma tragédia sobre uma irmã que deseja enterrar o irmão e sobre o tio dela, agora feito general, que a impede de enterrá-lo. É também sobre como o palco da política está infestado com o cheiro podre dos cadáveres esquecidos. Nesse espetáculo o grupo explora a fala, o canto e a ambiência sonora a partir das sonoridades fúnebres sertanejas.

Teatro Máquina

Grupo de teatro em atividade em Fortaleza desde 2003. Em 15 anos de trabalho, comemorados em 2018, o grupo prima por desenvolver processos criativos intensos. O trabalho tem encontrado princípios de criação que se orientam por objetos de investigação escolhidos a partir do entendimento do teatro como lugar de encontro e de invenção de realidades. A linguagem teatral é o principal motor investigativo, com base nas dimensões da pesquisa e do processo colaborativo.

O que foi o Caldeirão da Santa Cruz?

Localizada a 33 km da sede do Município de Crato, o Caldeirão da Santa Cruz do Deserto fica entre os distritos de Monte Alverne e Dom Quintino. Lá, foi abrigo de centenas de flagelados da seca, devotos do Padre Cícero, que encontraram na comunidade alimentação, trabalho e refúgio espiritual. Sob a liderança do beato José Lourenço, cerca de 1.700 pessoas moraram ali, dividindo tarefas, fabricando instrumentos de trabalho, roupas e produzindo alimento.

Temendo que a comunidade se tornasse um movimento messiânico, o Governo Federal, em 1937, ordenou que as Forças Armadas e a Polícia Militar do Ceará invadissem o local e expulsassem os moradores. Alguns foram mortos e os sobreviventes vagaram pela região ou retornaram para suas terras. Até hoje, muitos corpos não foram encontrados e não há nenhum registro oficial do número exato de vítimas. O beato José Lourenço conseguiu fugir e se estabeleceu no Pernambuco, onde morreu, em Exu, no dia 12 de fevereiro 1946.

Curta Mais Teatro 

É um projeto de formação de plateia que tem como perspectiva a apresentação de espetáculos de teatro de alta qualidade artística e técnica, e que se apresenta uma vez por mês no Cineteatro São Luiz. Neste projeto já se apresentaram grupos locais e regionais como Bagaceira, Vagabundos, As Travestidas e Uma de Duas. Isso, sem falar em peças nacionais, como “Os Pássaros de Copacabana”, de Gil Vicente Tavares.

19:16 · 17.06.2018 / atualizado às 19:16 · 17.06.2018 por
No Cariri Garden Shopping as lojas fecharam durante o jogo e a Praça de Alimentação ficou lotada. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. As ruas da Terra do Padre Cícero foram tomadas, ainda timidamente, neste primeiro jogo. O verde e amarelo toma conta dos bairros periféricos, mas sem a mesma intensidade dos torneios anteriores. Nos bares, muitas famílias se reuniram para acompanhar a partida, mas não estavam todos lotados. No entanto, os torcedores que acompanhavam se mostraram otimistas para o hexacampeonato, antes da bola rolar.

“O Brasil vem bem. Fez uma boa eliminatória. A gente tem expectativa que chegue nas finais e seja campeão. Devido a seleção ter ido bem, o pessoal tá entrando no clima. Hoje, já estive fazendo compra de camisa e adereços da Copa. O pessoal está abraçando. A perspectiva é a melhor possível”, conta o eletrotécnico Ivanildo Bezerra.

No Gaizão, no bairros Franciscanos, muitas famílias se uniram pra torcer pro Brasil.

No Cariri Garden Shopping, ao contrários dos bares, a Praça de Alimentação estava completamente lotada. Bandeiras do Brasil enfeitaram o espaço, que contou com seis televisões espalhadas e um telão, que concentrou a maioria dos torcedores. Mais cedo, pagode e brincadeiras animaram os torcedores.

Por causa da partida, o horário de funcionamento no centro comercial foi alterado. Todas as lojas, exceto Praça de Alimentação e Cinema, fizeram uma pausa 30 minutos antes do jogo e retomou as suas atividades 30 minutos após. O mesmo deve acontecer nos próximos dois jogos, nos dias 22 e 27 deste mês.

12:22 · 15.06.2018 / atualizado às 12:22 · 15.06.2018 por
Os primeiros mutirões envolveram 19 equipes técnicas, que atuaram em todos os bairros da cidade. (Foto: Divulgação/Cagece)

Juazeiro do Norte. Após apresentar um Plano de Melhorias para o Município, na última terça-feira (12), a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) iniciou, nesta quinta-feira (14), os serviços noturnos de retirada de vazamentos na cidade. A companhia incrementou uma equipe técnica para atuar, exclusivamente, durante a noite no atendimento das demandas.

A medida visa dar celeridade no atendimento das solicitações de retiradas de vazamento, além de atuar com mais facilidade nas regiões da cidade onde o fluxo de pessoas é mais intenso em horários comerciais. Os bairros João Cabral, Pio XII e Centro apresentam situação mais crítica.

De acordo com o gerente regional da Cagece, Galba Batista, os trabalhos noturnos farão parte da rotina de trabalho da companhia e a intenção é atender de forma imediata especialmente as demandas no centro da cidade. “Esse esforço é no sentido de fazer algumas retiradas de vazamentos e outros serviços no centro da cidade, porque muitas vezes nós tínhamos que adaptar o atendimento em função do tráfego intenso no local, e com essa medida de manter uma equipe permanente durante a noite, nós vamos trabalhar todos os dias”, explicou.

Outras ações 

Além da implantação da equipe noturna, a Cagece também deu início aos mutirões de retirada de vazamentos, que também fazem parte do Plano de Melhorias para Juazeiro do Norte. Os primeiros mutirões envolveram 19 equipes técnicas, que atuaram em todos os bairros da cidade. As equipes retiraram cerca de 530 vazamentos nas ruas, reduzindo aproximadamente 80% das demandas.

Saiba mais 

Para informar sobre vazamentos, a Cagece orienta aos clientes que entrem em contato com a companhia pelos canais de atendimento disponíveis, como a Central de Atendimento (0800.275.0195), o aplicativo Cagece Mobile (disponível para Android e iOS) ou por meio Gesse, a assistente virtual da companhia, que atende pelo site.

12:10 · 15.06.2018 / atualizado às 12:10 · 15.06.2018 por
Aniversário de Crato destaca os grupos de tradição popular. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Crato. “254 anos Celebrando a nossa cultura”, este é slogan que comemora a emancipação política do Município que iniciou as celebrações na tarde de ontem (14), lançando o FestCrato. Com uma ampla programação até o próximo dia 21 – data do aniversário da cidade -, haverá inauguração de obras, campanhas educativas, além de eventos culturais, feiras e shows musicais.

No lançamento, o prefeito Zé Ailton Brasil homenageou o mestre do reisado da Serraria, Antônio Higino Teixeira, recentemente falecido, pelo grande legado deixado a cultura do Crato. Bastante emocionada, a família recebeu o troféu de honra ao mérito concebido pela Secretaria de Cultura.

“A comemoração pelo aniversário do Crato é um dos mais tradicionais eventos do nosso município. Por isso, compartilho com a população a alegria de tão importante data. Como filho desta cidade sinto imensa alegria de hoje, como prefeito, presentear meus conterrâneos com uma semana de festa e realizações”, disse o prefeito José Ailton Brasil.

A solenidade contou com a apresentação da tradicional Banda de Música Municipal e com a participação do Mestre Aldenir, Mestre Cirilo, secretários municipais, CDL, empresários e a sociedade civil. A Câmara Municipal esteve representada no evento pelo seu presidente, o vereador Florisval Coriolano, assim como os parlamentares Fernando Brasil, Adil Sampaio, Bebeto Anastácio, Vicência Leandro, Amadeu de Freitas, Renan Almeida e Tiago Esmeraldo.

Dentro da programação será realizado hoje (15), uma a blitz educativa do Departamento Municipal de Trânsito (Demuntran) nos principais semáforos da cidade. Às 16h30, o programa “Crato em Movimento” estará na Vila São Bento, e a partir das 19h30, acontece o RFFSA Cultura, com shows, arraias e feiras.

22:16 · 14.06.2018 / atualizado às 22:21 · 14.06.2018 por
O subsídio do prefeito Arnon Bezerra passaria de R$ 25 mil para R$ 33 mil, valor maior que o pago ao Presidente da República. (Foto: André Costa)

Juazeiro do Norte. A 2ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) confirmou, na última quarta-feira (13), a decisão que suspendeu aumento de salários do prefeito, vice-prefeito e secretários deste Município. O aumento havia sido aprovado pela Câmara Municipal em outubro de 2016.

Segundo a desembargadora Maria Iraneide Moura Silva, relatora da decisão, quando o Juízo de 1º Grau suspendeu a o aumento dos subsídios, “objetivou evitar suposto prejuízo financeiro ao erário, tendo em vista seu caráter irrepetível, motivo pelo qual prescinde de amparo legal a tese do agravante acerca de afronta ao dispositivo suso mencionado e, consequentemente, nulidade da decisão agravada” disse.

O Ministério Público do Ceará (MPCE) ajuizou ação civil pública para suspender o aumento dos salários do executivo, legislativo e secretários daquele município. Segundo o órgão ministerial, houve irregularidades no processo legislativo. As leis apresentadas em 11 de novembro de 2016 tramitaram em caráter de urgência, tendo sido aprovadas em 15 dias, e sancionadas 11 dias depois. O pedido foi deferido em sede de liminar pelo Juízo da 2ª Vara Cível de Juazeiro do Norte.

Requerendo o efeito suspensivo da decisão, a Câmara Municipal interpôs agravo de instrumento (nº 0629151-61.2016.8.06.0000) no TCE. Alegou que a decisão violou a lei nº 8.437/92, pois foi deferida medida liminar sem prévia manifestação no prazo de 72 horas. Também argumentou que o pedido de aumento está de acordo com a Lei Orgânica do Município de Juazeiro do Norte.

Ao julgar o caso, a 2ª Câmara de Direito Público negou provimento ao recurso e manteve a decisão de 1º Grau, acompanhando o voto da desembargadora. A respeito da falta de manifestação em 72h, a relatora destacou que “a jurisprudência da Corte Infraconstitucional vem relativizando essa regra legal, de modo que haja a análise do pedido liminar em sede de ação civil pública sem a prévia oitiva da pessoa jurídica de direito público, notadamente quando há urgência no caso, com a possibilidade de comprometimento da eficácia da medida pleiteada”.

A magistrada também destacou que a fixação de subsídio dos agentes políticos deve ser feita posteriormente às eleições municipais, quando seus resultados já são conhecidos e para atender mais ao interesse pessoal de tais agentes, em detrimento do interesse público, o que não ocorreu no caso. As eleições foram realizadas no dia 2 de outubro de 2017, enquanto que os projetos de aumento foram encaminhados no dia 11 daquele mesmo mês e aprovados 16 dias depois.

“Foram inobservados os comandos normativos constitucionais inerentes aos princípios da anterioridade, moralidade e impessoalidade previstos”, acrescentou a relatora.

Entenda

O aumento do subsídio do prefeito, aprovado em 2016, passaria R$ 25 mil para R$ 33 mil. Ou seja, de 32%. O vice-prefeito, que recebe R$ 16 mil, passaria a ganhar R$ 21 mil. Reajuste de 31,25%. Já os secretário ganhariam R$ 12.100, enquanto o valor atual é de R$ 8.500, que representa um acréscimo de 42,35%. Na Câmara de Juazeiro do Norte, o aumento representaria 26,45%, chegando aos R$ 12.661,12.

Em nota, no dia 14 de março, a Prefeitura de Juazeiro do Norte disse que em nenhum momento houve solicitação por parte do prefeito Arnon Bezerra para o aumento salarial referente ao cargo que ocupa e fez restrições ao valor previsto para a sua função. O documento diz ainda que o reajuste dado ao Executivo e ao Legislativo acontece a cada quatro anos e que, há cinco, isso não ocorre.

No entanto, o prefeito Arnon Bezerra afirmou que era necessário o acréscimo nos salários dos secretários “pelo porte de uma cidade como Juazeiro do Norte, com tempo de dedicação exclusiva e de relevante responsabilidade, o gestor de pastas específicas pudesse receber acima do que vinha sendo pago, incluindo também os vereadores”, disse.

14:17 · 14.06.2018 / atualizado às 14:17 · 14.06.2018 por
O equipamento custou R$ 2.160,000. (Fotos: Samuel Macedo)

Juazeiro do Norte. A primeira Areninha da terra do Padre Cícero foi inaugurada na noite de ontem (13), na praça Teodoro de Jesus Germano, no bairro Timbaúbas. O equipamento custou R$ 2,1 milhões com investimento de 80% do valor de responsabilidade do Governo do Estado e 20% da Prefeitura Municipal. Na abertura, uma partida de futebol foi realizada com participação do governador Camilo Santana e do prefeito Arnon Bezerra.

Muito mais do que a prática de esporte, o prefeito Arnon Bezerra afirmou que a Areninha irá servir para unir o povo de Juazeiro do Norte, proporcionando convivência social, combatendo a violência, com educação e bem-estar social e firmando grandes parcerias.  Outra será construída no bairro Campo Alegre.

O chefe do Executivo municipal destacou a grande expectativa da população de receber mais esse grande equipamento. Ele ressaltou a gratidão do povo da cidade em poder receber a obra, além de todas as parcerias com o governo para a realização de importantes projetos na cidade, como o Hospital Infantil Maria Amélia, que será reformado. Além disso, a entrega da Praça Padre Cícero deve acontecer antes dos festejos à Nossa Senhora das Dores, em setembro.

“Não é apenas um equipamento de esporte, mas social, onde irá funcionar escolinha de futebol com monitores, nos três turnos, para crianças e adolescentes”, disse ele. A Areninha é um espaço qualificado, com grama sintética, padrão Fifa, área iluminada, com banheiros, vestiários e bebedouros. “Cuidem bem desse equipamento. É de vocês, do povo de Juazeiro do Norte”, afirmou Camilo Santana.

Romeirão

O governador Camilo Santana anunciou, durante a inauguração da Areninha, que no próximo mês de julho, será realizada a licitação da nova Arena Romeirão de Juazeiro do Norte, que tornará o Estádio um dos mais modernos equipamentos do Nordeste brasileiro, no futebol.

13:58 · 14.06.2018 / atualizado às 13:58 · 14.06.2018 por
Oficina acontecerá no Salão Paroquial. (Foto: Pedro Paulo)

Missão Velha. O número de pessoas que vivem em comunidades rurais no Cariri com dívidas, principalmente pelo crédito consignado, tem aumentado. Com base nessa constatação, o professor Pedro Rebouças, do Departamento de Economia da Universidade Regional do Cariri (URCA) e colaborador do Geopark Araripe (GA) desenvolveu o projeto “Oficina de Organização de Orçamento Pessoal”, com foco para as comunidades do entorno do GeoPark.

Com o grande sucesso das oficinas, o projeto será levado para a comunidade de Jamacaru, distrito de Missão Velha, neste sábado (16), e vai ser realizado no Salão Paroquial, com início às 13h30. As comunidades de Santana do Cariri também poderá participar da oficina, que ainda está sem data definida.

O professor Pedro Rebouças destaca que essa realidade foi exposta pelos alunos dele em sala de aula e que a partir daí surgiu a ideia de criar o projeto. “Um dos motivos disso estar acontecendo se deve também pelo fato de que nós não somos ensinados a fazer orçamento familiar em sala de aula, ao contrário do que ocorre em muitos países”, explica. Ele diz ainda que a cada oficina tem recebido mais convites para levar esse conhecimento para outros locais.

Interessados em participar ou solicitar a oficina deve ligar para o GeoPark Araripe pelo telefone (88) 3102. 1237.

10:18 · 13.06.2018 / atualizado às 10:20 · 13.06.2018 por
As fraudes ocorriam a partir de repasses do banco para a Casa Lotérica Trevo da Sorte. (Foto: Divulgação)

Crato. O Ministério Público Federal (MPF) conseguiu a condenação de quatro acusados de desviar dinheiro da Caixa Econômica Federal e fraudar financiamentos para compra e construção de imóveis neste Município, no Cariri cearense. Um deles era o ex-gerente da agência. As penas variam de 16 a 24 anos de prisão, pelos crimes de formação de quadrilha, crime contra o sistema financeiro e lavagem de dinheiro. O grupo atuou no período de 2007 a 2009.

As fraudes ocorriam a partir de repasses do banco para a Casa Lotérica Trevo da Sorte. Segundo a sentença da Justiça Federal, o então gerente de uma agência do município, Jurandir Bezerra Filho, autorizou indevidamente e de forma repetida a liberação de recursos para a lotérica em valores acima do necessário.

A proprietária do estabelecimento, Nilda Borges Rodrigues, em conluio com o gerente, utilizava parte do dinheiro para financiar empreendimentos imobiliários com outros dois réus da ação, Ana Célia Soares de Sousa Félix e Cícero dos Santos Félix, ambos do ramo da construção civil.

O esquema foi descoberto pelo próprio banco e denunciado à Justiça pelo MPF em 2010. Durante as investigações, ficou comprovado que Jurandir Bezerra não só tinha consciência de que o dinheiro dado à Casa Lotérica estava sendo desviado para compra e venda de imóveis, como também realizava depósitos de dinheiro da Caixa em contas pessoais próprias e empréstimos em seu nome.

Para burlar a fiscalização, a ré Nilda Borges registrava os imóveis em nomes de terceiros, que atuavam como vendedores “laranjas” dos imóveis residenciais, cujas vendas eram financiadas pela própria Caixa Econômica. Jurandir Bezerra, na condição de gerente, agilizava e aprovava os pedidos de financiamentos imobiliários ligados à quadrilha.

O relacionamento de proximidade entre o gerente e a proprietária da casa lotérica chamou a atenção de funcionários da agência. Testemunhas relataram situações de tratamento diferenciado, acesso a locais restritos da agência e atendimento em horários fora do expediente. Os relatos incluem conversas e até mesmo discussões dentro da agência sobre vendas e financiamentos de imóveis.

Quinto réu

No mesmo processo, o MPF obteve a condenação de um quinto réu, Ricardo Lopes Pereira, proprietário de uma loja de materiais de construção. Juntamente com Jurandir Bezerra e Nilda Borges, ele participou da fraude de um empréstimo da linha de crédito Construcard para suprir déficit na casa lotérica. Ricardo foi enquadrado em crime contra o sistema financeiro e condenado à prestação de serviço comunitário e pagamento de multa. Todos os réus poderão recorrer da sentença em liberdade.