Busca

Categoria: Cidades


14:28 · 23.09.2017 / atualizado às 18:39 · 23.09.2017 por
Cerca de 2 mil pessoas lotaram o Largo da Matriz na Ação Verdes Mares. (Foto: Antonio Rodrigues)

Nova Olinda. A TV Verdes Mares promoveu, neste sábado (23), pela manhã, mais uma edição da Ação Verdes Mares. O largo da Igreja Matriz, na Rua 7 de Setembro, recebeu cerca de 2 mil pessoas que tiveram acesso a diversos serviços gratuitos de educação, entretenimento, saúde, beleza e informação. No total, seis tendas trabalharam no local, com patrocínio da Unimed e parcerias com Senac e Prefeitura Municipal de Nova Olinda.

Além de dispor à população corte de cabelo, massagem, manicure, consulta da pressão arterial, exame de glicemia, entre outros serviços, a Ação Verdes Mares contou com oficinas de gastronomia, massoterapia e, para as crianças, desenho e pintura. No local, também foram expostas algumas obras do artesão Expedito Seleiro, natural de Nova Olinda, e do cratense Luciano Andrade, que faz esculturas com sucata.

De acordo com o produtor do evento, Júlio César Costa, mais de 120 pessoas trabalharam na edição, que contou com o envolvimento massivo da Secretaria de Assistência Social e, também, da Secretaria de Educação. “O evento é um sucesso. A cidade abraçou a Ação Verdes Mares, junto com a Prefeitura. Foi bem maior que a expectativa”, exalta Júlio.

Além dos serviços, a Ação Verdes Mares, em Nova Olinda, ofereceu um atrativo educativo às crianças. Muitas escolas compareceram ao largo da Matriz e apresentaram trabalhos artísticos, como peças de teatro e recital de poesia. Enquanto a Banda Municipal de Música de Nova Olinda e o Grupo de Idosos foram até o palco e cantaram o hino da cidade.

A dona de casa Eliziana de Matos, 48, aproveitou os serviços de saúde oferecidos pela Ação Verdes Mares, destacando a atenção que as enfermeiras tiveram, “Eu vim conferir minha pressão. Agora que vi que está ‘ok’, vou olhar os outros serviços”, conta. Já o vigilante Manoel de Souza, 49, aguardava ansioso a chegada do evento. “Era uma coisa já esperada em Nova Olinda. Aqui, ainda não teve uma ação desse tamanho, por isso estamos recebendo com muito orgulho. O número de pessoas muito grande, apesar do calor”, conta Manoel.

Enquanto a professora Rosemeire Bernardo trouxe cinco alunos para ver as apresentações artísticas e participar das oficinas de pintura e desenho. Ela aproveitou e conheceu o serviço de massagem oferecido. “Sensação muito boa. A gente relaxa que quase dorme”, brinca a docente.

No Cariri, a Ação Verdes Mares já esteve em Campos Sales, Barbalha e, no início deste mês, em Juazeiro do Norte. Ainda este ano, no dia 14 de outubro, o município de Milagres receberá a atividade.

Setembro Amarelo

O Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) aproveitou o espaço da tenda de serviços de saúde para distribuir panfletos, adesivos e sensibilizar as pessoas sobre o suicídio. A ação faz parte da campanha nacional de prevenção ao suicídio: Setembro Amarelo. A psicóloga Sarah Veloso acredita que a atividade teve uma reação positiva de quem acompanhou a Ação Verdes Mares. “O pessoal me abordou falando sobre experiências de vida, as coisas que já passaram. Eu os oriento a me procurar e, também, os Postos de Saúde”, explica.

14:33 · 07.09.2017 / atualizado às 14:42 · 07.09.2017 por

Juazeiro do Norte. Após dois anos na Avenida Aílton Gomes, o desfile de 7 de setembro voltou a ser realizado na Rua São Pedro, principal via comercial da cidade. Outra novidade, este ano, a concentração dos grupos aconteceu no Mercado Senhora Santana e o palanque das autoridades esteve em frente ao prédio da Prefeitura Municipal. Ao todo, 24 escolas estaduais, municipais e privadas participaram, além do Tiro de Guerra 10005, Polícia Militar, Bombeiros e Guarda Civil Municipal. Segundo a Secretaria de Educação, cerca de 6.000 pessoas desfilaram, enquanto a PM acredita que 15.000 acompanharam as comemorações.

Segundo o prefeito Arnon Bezerra, a decisão de trazer de volta à Rua São Pedro as comemorações pelo dia da Independência do Brasil teve como objetivo resgatar a tradição e facilitar o acesso, destacando a localização central da via. “É rua comercial mais importante de Juazeiro do Norte e se caracteriza pelos grandes movimentos. Aqui é muito simbólico, trazer de frente a Prefeitura, com o hasteamento das bandeiras. O momento que todos nós nos reencontramos para homenagear esse país”, explica.

No entanto, a opção por trazer o desfile de volta à Rua São Pedro não agradou todos os moradores. A artesã Maria do Socorro acredita que na Avenida Ailton Gomes havia mais espaço para o público ver. “A avenida era mais cômoda e ficava melhor das pessoas de mais idade acompanhar”, garante. Já o aposentado Genário dos Santos concorda com a decisão da Prefeitura Municipal e destaca que a Rua São Pedro é o “coração da cidade”. “O desfile não poderia ter saído daqui nunca. Toda vida acompanhei aqui e não tem melhor local”, coloca.

Apesar da mudança, nenhum incidente foi registrado pela Guarda Civil Municipal e Polícia Militar e as comemorações foram encerradas por volta de dez horas da manhã, dentro do prazo previsto. Enquanto a parte artística, com a apresentação das fanfarras, seguiu entre a rua Santa Luzia e a Praça Padre Cícero. De acordo com a Secretaria de Educação, essa foi a forma encontrada para equilibrar a necessidade de resgatar o desfile de 7 de setembro, como um momento cívico, e também valorizar o trabalho dos instrumentistas.

Protesto

Cerca de 100 estudantes de escolas públicas do município organizaram uma manifestação durante o desfile de 7 de setembro. Os alunos trouxeram cartazes e gritaram palavras de ordem reivindicando mais investimento à saúde e educação no município e lembrou os recentes casos de corrupção no país. Após acompanhar o desfile, o ato chegou até palanque das autoridades e seguiu normalmente.

15:08 · 04.09.2017 / atualizado às 15:11 · 04.09.2017 por

Mauriti. Na última sexta-feira (01), o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará realizou duas audiências públicas para o início da revisão biométrica, em Lavras da Mangabeira e Mauriti.  Com as presenças de juízes, vereadores e representantes partidários, pela manhã, o lançamento da biometria aconteceu na Câmara Municipal de Lavras; já pela tarde, a Câmara Municipal de Mauriti recebeu o mesmo evento. Nos dois municípios, o prazo final de comparecimento dos eleitores é 28 de fevereiro de 2018.

O desembargador Haroldo Máximo presidiu o ato, e alertou os eleitores para que procurem o cartório eleitoral o quanto antes. “Apesar do prazo final parecer distante, é preciso compreender que ele é calculado com metas diárias de atendimento, para evitar atropelos de última hora”, advertiu. O magistrado informou, ainda, sobre as diversas implicações que os eleitores podem ter caso não realizem o a biometria.

No município de Mauriti tem, atualmente, 35.131 eleitores e, até agora, apenas 13% fizeram a biometria. Esse índice foi destacado pelo corregedor do TRE-CE, que pediu apoio institucional à Prefeitura e Câmara de Vereadores, na divulgação da campanha. Já Lavras da Mangabeira possui 25.215 eleitores. No final das duas solenidades, a equipe do TRE repassou informações técnicas sobre o Projeto Biometria, no âmbito do TRE-CE, e abriram espaço para o esclarecimento de dúvidas.

Calendário da Biometria

Os próximos municípios que receberão audiências públicas neste mês, marcando o início dos trabalhos de revisão eleitoral e de recadastramento biométrico dos eleitores são: Chaval (15);  Uruburetama e São Luis do Curu (21); e Aracoiaba e Pacoti (22). A meta é recadastrar cerca de 75% do eleitorado do Estado do Ceará até as eleições de 2018 e atingir 100% em 2020. Nas próximas eleições, 129 dos 184 municípios cearenses terão concluído o recadastramento biométrico de 100% do eleitorado. Em Fortaleza, a meta do TRE é atingir 45% dos eleitores com biometria nas eleições de 2018. Para comodidade dos eleitores, o TRE-CE oferece o serviço de agendamento da biometria no próprio cartório eleitoral ou através do telefone 148 ou ainda no site do tribunal.

Saiba Mais 

O recadastramento biométrico é obrigatório para todos os eleitores das cidades convocadas, inclusive aqueles cujo voto é facultativo e já possuem título (analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos e os maiores de 70 anos de idade). Caso não compareça, o título de eleitor será cancelado e assim permanecerá até que o eleitor procure a Justiça Eleitoral. Os documentos necessários para realizar o recadastramento são: documento de identificação oficial com foto; comprovante de endereço atualizado; Título de Eleitor (se tiver); CPF (se tiver) e o comprovante de quitação com o serviço militar (para primeiro alistamento de pessoas do sexo masculino, com idade entre 18 e 45 anos).

10:14 · 29.08.2017 / atualizado às 10:15 · 29.08.2017 por

Juazeiro do Norte é a segunda cidade do Ceará a receber o sistema de transporte da Uber. A partir desta terça feira (29), às 14 horas, motoristas cadastrados já poderão operar com a plataforma. As viagens poderão ser iniciadas, também, em Crato e Barbalha.

A empresa disponibilizou um cupom de desconto para os novos usuários de até R$ 25 na primeira viagem. Após o cadastro, o cliente deverá usar  um código promocional (UBERJUAZEIRO) que dá direito à dedução. O código é válido até o dia 31 de outubro de 2017.

A empresa norte-americana presta serviço de transporte particular por meio de aplicativo. Em Fortaleza, o serviço começou a ser oferecido em abril de 2016. Apesar de não ter regulamentação na capital cearense, alguns motoristas conseguiram autorização da Justiça para realizar o transporte de passageiros sem a interferência da fiscalização exercida pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e Autarquia Municipal de Trânsito (AMC).

Os motoristas podem dirigir seus próprios carros, um carro de outra pessoa ou mesmo um veículo alugado. Segundo a empresa de transporte, são mais de 50 mil motoristas cadastrados. Além de Fortaleza, o serviço está presente em outras 60 cidades do país.

Para se cadastrar, é preciso acessar o site da Uber e seguir o passo a passo. Além de incluir o número da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o motorista precisa apresentar observação Exerce Atividade Remunerada (EAR), que pode ser tirada em um posto do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

O veículo cadastrado deve cumprir alguns pré-requisitos, como ser do ano 2008 ou mais novo, com quatro portas e ar-condicionado.

Para se cadastrar, clique aqui.

12:08 · 25.08.2017 / atualizado às 12:08 · 25.08.2017 por

A Secretaria de Educação de Juazeiro do Norte (Seduc) realiza a décima quinta convocação dos candidatos aprovados e classificados na Seleção Pública para compor o Cadastro de Reserva de Professores, para atender as necessidades temporárias das escolas da Rede Pública Municipal de Ensino no Ano Letivo de 2017.

A convocação foi feita de acordo com a lista classificatória definitiva do processo seletivo simplificado (Edital n.º 06/2017 – SEDUC-JN).
Os convocados devem se apresentar na Sede da SEDUC-JN, na Rua 15 de Novembro, 101, São Miguel, nos dias 24 e 25 de agosto de 2017, das 07h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30, munidos de ficha cadastral já preenchida e de uma (01) cópia dos documentos abaixo citados:

▪ Carteira de Identidade (RG);
▪ CPF;
▪ Carteira de Trabalho;
▪ PIS/PASEP;
▪ Título de Eleitor, acompanhado do comprovante de votação da última eleição;
▪ Carteira de Reservista e/ou Certificado de Alistamento Militar, para pessoas do sexo masculino;
▪ Comprovante de Endereço;
▪ Certificado de Escolaridade que o habilite para a área em que foi classificado (a);
▪ Certidão de Nascimento dos filhos menores de 14 (quatorze) anos;
▪ Cartão da Conta Corrente da Caixa Econômica Federal (CEF); e,
▪ Declaração de Bens e Renda.

A lista completa dos professores chamados nessa primeira convocatória e demais informações podem ser acessadas no arquivo acessível através deste link. (Edital 06/2017)

12:02 · 25.08.2017 / atualizado às 12:02 · 25.08.2017 por

No mês de agosto, a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza apoiará financeiramente 17 novos projetos de conservação da natureza em todo o Brasil – que foram selecionados por meio de editais públicos lançados no início de 2017. No total, serão doados R$ 2,3 milhões para iniciativas a serem realizadas em todos os biomas brasileiros e nos ecossistemas costeiro e marinho. Nos estados da região Nordeste são três os projetos que receberão apoio financeiro e que, juntos, somam R$ 813 mil.

Nos estados do Ceará e de Pernambuco, o projeto da Aquasis “Aves e seus mananciais na Caatinga cearense: Conservação através de Planos de Ação Nacionais” prevê ampliar a área da Reserva Oásis Araripe, criada 2014 nas encostas da Chapada do Araripe com o objetivo de proteger uma das aves mais raras e ameaçadas do mundo, o soldadinho-do-araripe (Antilophia bokermanni). Também são objetivos do projeto realizar censo para monitorar esta e outras cinco aves da Caatinga, bem como produzir e plantar mudas para enriquecer o habitat desses animais com arbustos, já que as árvores locais possuem crescimento lento e não acompanham o desenvolvimento e reprodução das espécies.

Proposta pela Fundação Apolônio Sales de desenvolvimento da UFRPE, a iniciativa “Conservação e ecologia espacial de predadores marinhos vulneráveis numa área marinha protegida crescentemente ecoturística” atuará na defesa dos tubarões de Fernando de Noronha (PE).

O projeto está focado nos tubarões lixa e limão, que se reproduzem próximo à costa: o problema é que nesse período eles ficam expostos à presença de humanos pelo ecoturismo, o que inibe sua reprodução. Para garantir a sobrevivência dos tubarões, os pesquisadores buscam identificar as áreas e os períodos de sua reprodução e alimentação para embasar ações de proteção dos seus habitats essenciais.

O “Programa Nacional para a conservação dos peixes-bois-marinhos”, proposto pela Fundação Mamíferos Aquáticos, será implantado nos estados nordestinos da Bahia, Paraíba e Sergipe, e também no Pará. A iniciativa atuará no monitoramento de peixes-bois-marinhos (Trichechus manatus) reintroduzidos no ambiente aquático, mas que vêm enfrentando barreiras que limitam o processo de readaptação.

Para garantir um monitoramento eficiente, que auxilie as futuras ações em prol da conservação desses animais, o programa acompanhará os animais por meio de uma tecnologia satelital, desenvolvida no Brasil. Desde a colonização do Brasil, os peixes-bois-marinhos sofreram uma forte pressão de caça e, hoje, existem apenas cerca de 1 mil indivíduos do Nordeste brasileiro.

Inscrições para novos projetos estão abertas
A Fundação Grupo Boticário está com o edital aberto para apoiar novos projetos de conservação em 2018. As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de agosto no site da instituição, com três opções de categorias: Apoio a Programas (para iniciativas em todo o Brasil que demandem mais tempo para aplicação), Biodiversidade no Paraná (para propostas a serem executadas na região paranaense) e Apoio a Projetos (para projetos que contribuam na conservação das áreas úmidas).

Para concorrer em qualquer uma das três categorias, é preciso que as propostas atendam a uma das quatro linhas temáticas de apoio, relacionadas a unidades de conservação (UCs), espécies ameaçadas, ambientes marinhos e políticas públicas (esta específica para “Apoio a Programas”).

26 anos de apoio
Em 26 anos de atuação 1.510 iniciativas e 501 instituições já foram apoiadas em todo o território brasileiro, o que fez a Fundação Grupo Boticário se firmar como uma das principais financiadoras de iniciativas de conservação da natureza no Brasil.

De acordo com a diretora executiva da instituição, Malu Nunes, ao apoiar projetos, a Fundação contribui para ampliar conhecimento sobre a biodiversidade brasileira e para promover a sua conservação. “Conservar espécies e ecossistemas é essencial à economia e à qualidade de vida humana, pois é essa biodiversidade que fornece os serviços ambientais essenciais à nossa sobrevivência, como a produção de água, regulação do clima e a manutenção da qualidade do ar e do solo”, ressalta.

Sobre a Fundação Grupo Boticário
A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza é uma organização sem fins lucrativos cuja missão é promover e realizar ações de conservação da natureza.

Criada em 1990 por iniciativa do fundador de O Boticário, Miguel Krigsner, a atuação da Fundação Grupo Boticário é nacional e suas ações incluem proteção de áreas naturais, apoio a projetos de outras instituições e disseminação de conhecimento.

Desde a sua criação, a Fundação Grupo Boticário já apoiou 1.510 projetos de 501 instituições em todo o Brasil. A instituição mantém duas reservas naturais, a Reserva Natural Salto Morato, na Mata Atlântica; e a Reserva Natural Serra do Tombador, no Cerrado, os dois biomas mais ameaçados do país.

 

20:26 · 24.08.2017 / atualizado às 20:26 · 24.08.2017 por
Fotos André Costa/Diário do Nordeste

Juazeiro do Norte. O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (DECON), do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), interditou o mercantil Hiper Bompreço nesta quinta-feira (24) após constatar que a empresa funcionava de forma irregular, descumprindo alguns artigos do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Consumidores que chegavam ao local foram pegos de surpresa com as portas fechadas. Na entrada do supermercado, um cartaz informava a autuação do MP. “Toda loja interditada pelo Decon tem, obrigatoriamente, um cartaz padrão informando. Caso não haja essa sinalização, significa que o estabelecimento não foi interditado por nós”, esclareceu o assessor DECON, Pedro Ian Sarmento Rocha.

A lojas fechada pelo Decon deve reabrir as portas tão logo normalize as irregularidades. “Não é uma interdição de súbito. Antes, há todo um processo que atende prazos legais. As empresas são notificadas, elas têm um prazo para normalizar as irregularidades, um prazo para apresentar a defesa e, após tudo isso, persistindo a irregularidade, há a interdição”, acrescentou a assessoria. Para reabrir, a loja deve apresentar todos os documentos exigidos no Decon, além de pagar uma multa.

Interdições
Há cinco meses, grandes estabelecimentos já haviam sido interditados pelo órgão. Dentre as irregularidades, algumas estavam sem Registro Sanitário, Certificado de Conformidade do Corpo de Bombeiros, Alvará de Funcionamento e não apresentavam etiqueta de preço em todos os produtos, conforme exigido por lei. A loja Zenir, no centro da cidade, e o Assaí Atacadista, na Avenida Padre Cícero, foram interditados pelo Decon em abril passado.

No ano passado, o Decon Viajante interditou 30 estabelecimentos comerciais que desobedeciam ao Código de Defesa do Consumidor (CDC) e à legislação que determina o regular exercício da sua respectiva atividade comercial foram autuados pela equipe de fiscais do DECON. Foram três em Cratosete em Jardim e 20 estabelecimentos interditados em Juazeiro do Norte. Entre eles, farmácias, academias, postos de combustíveis, bancos, lojas de eletroeletrônicos, óticas, hotéis, estacionamentos e supermercados.

Fique por dentro
Só em 2017, até o final de março, 24 municípios já tinham sido visitados. Em 2016, desde o lançamento do projeto, no dia 6 de maio, foram 33. Além de atender cidadãos de municípios onde não existem órgãos de proteção e defesa do consumidor, o DECON Viajante também deseja contribuir para a implantação de Procons municipais integrados ao Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (SINDEC).

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

 

 

 

10:00 · 23.08.2017 / atualizado às 10:00 · 23.08.2017 por

A Secretaria de Turismo e Romaria (Setur) realizará na próxima quinta-feira, 24, às 9h, no Círculo Operário São José, a reunião de conclusão para os preparativos das festividades de Nossa Senhora das Dores, que acontece de 26 agosto a 15 de setembro. A Romaria da padroeira da cidade abre o ciclo oficial das grandes festas religiosas de Juazeiro do Norte. A reunião deve contar com a participação dos setores que integram ações neste período.

Desde julho, a Setur tem planejado junto às demais secretarias envolvidas, formas de garantir que a segunda maior Romaria da cidade aconteça de forma segura e organizada. “Estamos planejando minuciosamente cada detalhe, somando forças, atribuindo e definindo funções a cada setor, dentro da romaria”, afirma o Secretário da pasta, Júnior Feitosa.

Na ocasião, serão ouvidas as estratégias de trabalho de cada setor envolvido e as sugestões para conclusão do Plano de Ação, que será executado durante as festividades. Sob a coordenação da Setur, as Secretarias de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Saúde, Educação, Desenvolvimento Social e Trabalho, Segurança Pública e Cidadania, e Agricultura e Abastecimento, colaboram com o planejamento.

Receptividade e assistência ao romeiro
Além do trabalho de organização, estão sendo realizadas diversas melhorias no sentido de receber bem o visitante. O prefeito Arnon Bezerra determinou que fossem efetuados os serviços necessários para a melhor recepção e assistência possível aos romeiros. Com isso, estão sendo efetivadas diversas melhorias, a exemplo da construção de novos banheiros, limpeza na área do Luzeiro do Sertão, iluminação, asfaltamento de ruas do entorno da Basílica de Nossa Senhora das Dores e recuperação de calçadas, entre outras.

20:17 · 21.08.2017 / atualizado às 20:22 · 21.08.2017 por
Fotos André Costa/Diário do Nordeste

Pelo menos três cidades da região do Cariri ficaram sem energia por quase duas horas na tarde desta segunda-feira, 21. A queda de energia começou por volta das 18h. Diversos bairros de Crato, Juazeiro do Norte e Nova Olinda ficaram sem luz e sem sinal de telefone e internet.

O problema teria sido ocasionado após um homem, ainda sem identificação, supostamente ter tentado furtar fios de cobre da sub estação da Coelce, no bairro Triângulo, em Juazeiro. Houve um grande curto-circuito e ele foi atingido pela descarga elétrica. Segundo informações da Polícia Militar, o homem teve morte imediata. A Perícia Forense foi acionada ao local. A Polícia, no entanto, não confirmou a tentativa de furto. A hipótese de suicídio ainda não foi descartada.

Consequências
O trânsito em Juazeiro, a maior cidade do interior cearense ficou caótico. Nas principais ruas e avenidas das cidades os semáforos ficaram inoperantes. Apesar do congestionamento formado e da confusão na travessia das ruas, nenhuma acidente foi registrado pelo Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) de Juazeiro.

Algumas faculdades de Juazeiro e Crato cancelaram as aulas e, outras, adiaram o inicio das atividades. Na Universidade Federal do Cariri (UFCA), as aulas marcadas habitualmente para iniciaram as 18h20, tiveram atraso de quase duas horas. A energia começou a ser restabelecida, na maioria das localidades afetadas, cerca de meia hora após o blackout. Até o fechamento desta matéria, alguns bairros ainda estavam sem luz.

 

12:08 · 21.08.2017 / atualizado às 12:08 · 21.08.2017 por

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) concluiu, neste mês de agosto, os trabalhos de recuperação asfáltica no município de Aurora. A medida faz parte de um cronograma que atende a diversos municípios da região do Cariri onde a Cagece atua. Até o momento já foram investidos R$ 1,2 milhão com recuperação asfáltica em sete municípios da região.

O serviço realizado pela companhia propõe recuperação das vias que passaram por algum tipo de intervenção para realização de serviços de abastecimento de água ou esgotamento sanitário. Além de Aurora, outros municípios da região do Cariri já receberam a melhoria, entre eles Juazeiro do Norte, Barbalha, Missão Velha, Milagres, Barro, Lavras da Mangabeira e Cedro.

Segundo o supervisor de rede, Rivelino Teles, a Cagece está trabalhando para melhorar cada vez mais os serviços prestados. “A companhia tem empenhado esforços para oferecer um serviço de qualidade à população do Cariri. A intenção desta iniciativa é que seja um trabalhado continuado, recuperando as vias após as intervenções”, reiterou o supervisor.

Saiba mais
O trabalho de intensificação da recuperação asfáltica nos municípios da região do Cariri prossegue até o ano de 2019. A ordem dos municípios a receberem o recapeamento prioriza os que apresentam mais danos na malha viária.