Categoria: Barbalha


19:42 · 18.02.2019 / atualizado às 19:45 · 18.02.2019 por
(Foto: Divulgação)

A Enel Distribuição Ceará realiza, nesta semana, o sorteio de 140 geladeiras novas e mais eficientes para os moradores de Barbalha e Crato, por meio do programa Enel Compartilha Eficiência. Na “terra dos Verdes Canaviais”, o cadastro iniciou hoje (18), no largo da Igreja do Rosário, e segue até amanhã (19). O sorteio será feito em seguida, às 18h, e a entrega acontece na quarta, das 7h às 10h. São 70 aparelhos para cada município.

Em Crato, o cadastro será nas próximas quinta (21) e sexta-feira (22), no largo da RFFSA. A entrega acontece no sábado (23). Para se inscrever, o cliente precisa ter a última fatura de energia paga, ser beneficiado pela Tarifa de Energia Residencial Monofásico Baixa Renda, Residencial Rural Monofásico ou Residencial Monofásico (consumo mínimo exigido), e possuir em casa uma geladeira velha em uso para realizar a troca.

Depois do Cariri, será a vez da população de Cedro, na região Centro-Sul, ser beneficiada. Lá, o cadastro acontece entre os dias 25 e 26, com entrega prevista para o dia 27. Ao todo, serão distribuídos 420 geladeiras neste mês de fevereiro, contemplando também Uruburetama, Camocim e Coreaú.

Nos dez anos do programa, a companhia já substituiu mais de 102 mil geladeiras em todo o Estado. Para mais informações, os clientes podem entrar em contato com a companhia pelo 0800 285 0196 ou por meio do seu site.

22:15 · 27.01.2019 / atualizado às 22:23 · 27.01.2019 por
(Fotos: Antonio Rodrigues)

No clássico do Cariri, pela 6ª rodada do Campeonato Cearense, o Barbalha venceu o Guarani de Juazeiro, fora de casa, no Estádio Romeirão, pelo placar de 3 a 0, neste domingo (27). Os gols foram marcados por Netinho, Bruno Paraíba e Olávio. Com o resultado, a Raposa mantém a liderança com 14 pontos e vai para a última rodada dependendo apenas de si para se classificar para a Copa do Brasil. Já o Leão do Mercado tem que vencer e torcer por uma derrota do Horizonte.

Na última rodada, o rubro-negro viaja para encarar o já rebaixado Iguatu, na próxima quarta-feira (30), às 21h30, no Estádio Morenão. Para se manter na elite cearense, o Guarani precisa vencer e torcer por uma derrota do Horizonte contra o Floresta. Caso aconteça o contrário, precisaria tirar uma diferença de sete gols de saldo contra a equipe da capital. Se os dois empatarem, a equipe de Juazeiro do Norte estará rebaixada.

Já a situação do Barbalha é mais confortável. No mesmo horário, a Raposa visita o Ferroviário no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. Uma vitória garante a liderança da primeira fase e uma vaga para disputar a Copa do Brasil, em 2020, pela segunda vez. Se empatar, precisa torcer para que o Atlético Cearense não vença o Guarany de Sobral no Estádio do Junco.

O jogo

O primeiro tempo foi movimentado pelos dois lados, mas foi a Raposa que pressionou e criou as principais chances. Logo aos 10 minutos, o meia Netinho completou cruzamento e carimbou o travessão. O Guarani reagiu em contra-ataque puxado pelo volante Esaú, que fez boa jogada individual, driblou três marcadores e chutou colocado para grande defesa de Léo.

Barbalha vencia por 1 a 0 na primeira parada técnica.

Ainda na primeira metade do jogo, o Guarani voltou a pressionar, mas foi o Barbalha que marcou, aos 19 minutos. Olávio tabelou na entrada da pequena área e foi travado na hora do chute. No entanto, a defesa do Guarani cortou mal, tirando a bola das mãos do goleiro Diego, que sobrou limpa para Netinho completar para o gol vazio. 1 a 0. O gol afetou o Leão do Mercado, que não conseguiu reagir e viu a Raposa voltar a criar as principais chances na segunda metade do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o técnico do Guarani, João Severo, fez duas mexidas. Saíram Paulista, machucado, e Da Silva, para as entradas de Peter e Davi. As substituições surtiram efeito e o Leão do Mercado voltou a pressionar, principalmente, em lançamentos longos em velocidade. No entanto, em contra-ataque rápido, Rael deu ótimo lançamento para Bruno Paraíba, que chutou forte, rasteiro, no canto esquerdo de Diego, marcando o segundo gol – seu quinto no campeonato.

Confusão 

Neste momento, uma confusão tomou conta das cadeiras cativas do Estádio Romeirão. Segundo os torcedores, o atrito começou após uma provocações entre dirigentes de Barbalha e Guarani, logo após o segundo gol. A Polícia Militar foi acionada, mas ninguém foi detido.

Dentro de campo, o Guarani, sem forças para reagir, ainda viu o Barbalha ampliar com o volante Olávio que, após cobrança de escanteio, completou de cabeça, livre de marcação, para o fundo do gol rubro-negro.

Confiança

“O trabalho vem sendo bem feito. Temos vencido jogando bem. Temos um jogo muito difícil na quarta-feira. Vamos pegar um dos grandes do Estado. Estamos preparados, tranquilos e com a cabeça boa”, antecipou o zagueiro e capitão do Barbalha, Luiz Gustavo.

O técnico Washington Luiz avalia que seu time fez um jogo consistente e ressaltou a importância de depender apenas de uma vitória para garantir a sonhada vaga na Copa do Brasil. “Nós pressionamos em outro jogos, porque entendemos que todas as equipes são iguais. A gente tinha que se preocupar com nossa forma de jogar. Ainda falta muito. São 90 minutos contra o Ferroviário”, ponderou.

Davi, que entrou no segundo tempo, deu mais perigo ao ataque do Leão do Mercado.

Muito irritado, principalmente com o lance do primeiro gol, o goleiro Diego, do Guarani de Juazeiro, acredita que falta maturidade no jovem elenco do Leão do Marcado. “Nesses jogos decisivos e de competição alta, com times que pressionam muito, como Ferroviário e Barbalha, faltou experiência”, avalia.

Já o treinador João Severo destacou que a situação do Guarani é delicada, mas se mantém com esperanças de permanência. Contudo, acredita que será preciso fazer uma partida melhor que a desta tarde. “Hoje, foi um jogo ruim. Não tirando os méritos do Barbalha, mas não conseguimos jogar. Quando não consegue jogar, a equipe adversária cresce. Tomamos gols quando estávamos melhores na partida. Aí vem as lesões, substituições. Foi uma derrota que mostrou nossas deficiências”, lamenta.

08:23 · 17.01.2019 / atualizado às 16:29 · 17.01.2019 por
(Foto: Divulgação)

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), em parceria com a Prefeitura de Barbalha, concluiu uma obra de ampliação da rede de abastecimento de água no Município, no bairro Bela Vista. O objetivo é levar água tratada para moradores que ainda não tinham acesso ao serviço.

Ao todo, a companhia instalou 750 metros de nova rede de distribuição, que encontra-se pronta para ser conectada às ligações intradomiciliares das residências. A obra beneficia moradores de quatro ruas do bairro.

De acordo com a gestora do núcleo da Cagece em Barbalha, Cilene Moreira, o serviço beneficia os novos clientes da companhia levando água tratada e de qualidade direto às suas residências. “O acesso à água tratada é importante porque diminui a incidência de doenças de veiculação hídrica”, justifica.

“Nós buscamos sempre beneficiar a população com sistema de abastecimento de água eficiente. Com esta obra nós seguimos nosso compromisso de contribuir com mais saúde e qualidade de vida para a população”, completa.

Para solicitar a ligação de água, os novos clientes da companhia devem se dirigir a uma loja de atendimento ou solicitar o serviço pela Central de Atendimento (0800 275 0195). A taxa de ligação é de R$ 56 e pode ser dividida em até dez vezes.

20:42 · 06.01.2019 / atualizado às 21:07 · 06.01.2019 por
A partida teve muitas oportunidade de gols para os dois lados. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Na primeira rodada do Campeonato Cearense da Série A, o Barbalha venceu o Iguatu, por 2 a 0, no Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte, na tarde deste domingo (06). Os gols da “Raposa do Cariri” foram marcados pelos atacantes Vanderlan e Bruno Paraíba, em cada uma das etapas. A vitória deixou o time tricolor na liderança parcial da primeira fase da competição. A rodada será completada nesta quarta-feira (09), com o confronto entre Floresta e Guarani de Juazeiro.

Na segunda rodada, a “Raposa” enfrenta o Guarany de Sobral, no próximo domingo (13), no Estádio do Junco. Já o Iguatu, recebe o Horizonte, no estádio Morenão, no dia anterior.

Como o Estádio Lírio Callou, o popular Inaldão, em Barbalha, ainda está passando por reformas, a partida de estreia na elite aconteceu no Romeirão, em Juazeiro do Norte. Isso afetou o público, que foi pequeno na vitória de hoje: 434 pagantes acompanharam a partida. A renda foi de R$ 6.480,00 . A expectativa da diretoria é que, na terceira rodada, a “Raposa” receba o Atlético Cearense na sua cidade.

O jogo

O primeiro tempo foi movimentado. O Barbalha começou pressionando a saída de bola do Iguatu, mas só chegou com perigo aos 10 minutos, com o meia Netinho, chutando de fora da área. A equipe da região Centro-Sul reagiu e, aos 18 minutos, Canga quase abriu o placar, arriscando de longe.

No entanto, foi a “Raposa” que abriu o marcador. Aos 20 minutos, em jogada ensaiada a partir de uma falta na entrada da área, Sadrak surpreendeu marcação tocando para Vanderlan, que chutou forte, alto, no ângulo superior do goleiro Fábio Lima. Após sofrer o gol, o Iguatu pressionou o Barbalha e quase empatou, em seguida, numa falha coletiva da defesa adversária.

Público pequeno vibrou com o segundo gol do Barbalha.

O técnico Roberto Carlos, ainda no primeiro tempo, promoveu sua primeira mudança: tirou o zagueiro Johnny, que já tinha cartão amarelo, para a entrada do volante Dedé. Com a substituição, o Iguatu voltou a ter bom volume. Aos 35 minutos, quase chegou ao empate quando Tiago recebeu a bola livre e foi derrubado na área. Pênalti. O volante Elanardo bateu rasteiro, no canto esquerdo, e o goleiro Léo agarrou sem dar rebote.

Segundo tempo

No segundo tempo, o time do Iguatu voltou a pressionar o Barbalha, que apostou nos contra-ataques. Com mais espaço, a “Raposa” quase ampliou com Bruno Paraíba, que recebeu belo passe de Netinho e chutou firme, mas Fábio Lima fez uma grande defesa.

O segundo gol saiu, novamente aos 20 minutos, em contra-ataque puxado por Vanderlan. O ponta acionou Bruno Paraíba, que limpou dois marcadores e chutou no lado esquerdo, forte, sem chances para Fábio Lima. Com o placar mais amplo, o “Azulão” não teve a mesma força para pressionar o Barbalha, que recuou e impôs uma forte marcação, garantindo a vitória.

“Estávamos trabalhando para isso, começar bem a competição, em cima de um dos favoritos para ficar entre os seis”, garantiu o volante do Barbalha Olávio. O experiente zagueiro do Iguatu, Gilmak, acredita que os gols aconteceram em dois vacilos defensivos, porém, a equipe fez um bom jogo. “Foi lá e cá. Dois erros que o campeonato não permite. É esquecer. Ver nossos erros, nossos acertos e pensar no próximo jogo sábado”, avaliou.

“Agredimos no momento que tínhamos que agredir e no momento de defende fomos foi fortes”, avaliou Washington Luiz, treinador do Barbalha.

Autor do gol de estreia do Barbalha, Vanderlan conta que a jogada que terminou exitosa tem sido trabalhada nos treinamentos. “A gente vem ensaiando bastante. A vitória vai dá uma confiança. O primeiro gol é o que a gente tanta esperava”, comemorou o atacante.

O treinador Washington Luiz confessou que a jogada que abriu o placar foi treinada com intensidade, naquela mesma faixa de campo, nos últimos dois dias. “A gente trabalha muito para trazer a campo, pelo menos, umas três a quatro jogadas treinadas. Às vezes se dá o mérito ao treinador, mas eu dou o mérito aos jogadores que tiveram a personalidade de executar. Não é fácil, no primeiro jogo, apresentar alguma jogada trabalhada e executá-la”, afirmou.

Apesar da vitória, o técnico se mantém cauteloso quanto às ambições da equipe no campeonato. “Nosso objetivo não é só esse jogo. É cedo demais para a gente projetar algo maior na competição. Comemora hoje e amanhã já pensa no Guarany de Sobral. A gente sabia que ia pegar um adversário difícil. Agredimos no momento que tínhamos que agredir e no momento de defender fomos foi fortes”, finaliza.

13:59 · 21.12.2018 / atualizado às 14:05 · 21.12.2018 por
(Foto: Antonio Rodrigues)

As provas para o concurso público para a Prefeitura de Barbalha acontecerão nos próximos dias 22 e 23 de dezembro. Os locais da avaliação podem ser consultados no site da Consulpam, que realiza a seleção. Conforme o cargo escolhido pelo candidato, os exames serão realizados pela manhã ou no período da tarde.

Ao todo, são 78 vagas, do Ensino Fundamental ao Ensino Superior. Os salários variam de R$ 954,00 para o cargo de cozinheiro, por exemplo, até R$ 9.327,73, pagos para médico para Posto de Saúde da Família.

O concurso também preencherá vagas para Agente de Apoio (CAPS), Agente de Vigilância Sanitária, Assistente Social, Atendente de Consultório Nucal, Auxiliar de Farmácia, Dentista, Digitador, Enfermeiro, Fisioterapeuta, Médico Geriatra, Médico Oftalmologista, Médico Ortopedista, Psicólogo, Recepcionista, Técnico de Alimentos, Terapeuta Ocupacional, Agente Rural, Professor Intérprete de Libras, Nutricionista, Fiscal de Tributos, Eletricista, Assistente Administrativo, Agente de Trânsito, Técnico em Enfermagem.

11:52 · 19.12.2018 / atualizado às 13:16 · 19.12.2018 por
A Prefeitura acredita que as readequações estarão prontas até o dia 19 de dezembro. (Foto: Divulgação)

Após iniciar as obras de readequação, o Estádio Lírio Callou, “o Inaldão”, em Barbalha, deverá ser liberado para os jogos do Campeonato Cearense da Série A de 2019. Na manhã da última segunda-feira (17), o diretor de Estádios da Federação Cearense de Futebol (FCF), Josimar Carvalho, voltou a visitar o equipamento para uma vistoria técnica e informou que os laudos do Ministério Público do Estado do Ceará foram aprovados.

Leia MaisTrave maior que a outra, falta de ventiladores nos vestiários; em agosto, FCF emitiu recomendações sobre o Estádio Inaldão

O estádio está passando por reforma para atender todas as normas exigidas pela FCF. A Prefeitura de Barbalha acredita que o equipamento estará pronto até o dia 29 de dezembro. Entre as obras, estão a realocação do vestiário dos árbitros, substituição de sanitários e chuveiros, ampliação dos bancos de reservas e melhorias na iluminação e no gramado.

Um convênio firmado entre a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado, na ordem de R$ 342 mil, foi garantido para iniciar uma ampla reforma a partir de janeiro. No entanto, a própria gestão municipal já está investindo R$ 60 mil em ações iniciais para garantir a liberação do Estádio, que possui capacidade para 3 mil pessoas.

O Barbalha Futebol Clube vai jogar, pela primeira vez, na elite do futebol cearense. A “Raposa” já contratou 24 jogadores. Entre os destaques estão o goleiro Léo, eleito o melhor da posição no campeonato estadual de 2017, o zagueiro Luiz Gustavo, com passagens por Icasa e Guarani, o meia-atacante Netinho, que já vestiu a camisa do Barbalha, e o experiente atacante Moré.  O time será comandado pelo treinador Washington Luís.

10:27 · 18.12.2018 / atualizado às 10:40 · 18.12.2018 por
Estádio tem capacidade para aproximadamente 3 mil pessoas. (Foto: Joel Freitas)

O apito final, no último dia 6 de junho, confirmou a vitória do Barbalha por 3 a 1 sobre o Icasa e, consequentemente, o acesso inédito à elite do futebol cearense. Seis meses depois, a Prefeitura Municipal corre contra o tempo para deixar o Estádio Lírio Callou, “o Inaldão”, apto para receber os jogos do Estadual do ano que vem.

No entanto, exatos dois meses após a confirmação da ascensão, no dia 6 de agosto de 2018, técnicos da Federação Cearense de Futebol (FCF) visitaram o Inaldão e constataram alguns problemas. A vistoria contou com o diretor Estádios da entidade, Josimar Carvalho, o gerente de Competições, Júlio Manso, e o membro da diretoria de Competições, Elmo Mariano.

Entre vários problemas, o mais curioso é que uma das traves do estádio era maior que a outra. A trave direita media 2,36 m de altura e 7,27 m de comprimento, enquanto a esquerda possuía 2,40 m de altura e 7,32 m de comprimento. As medidas oficiais são: 2,44 m de altura e 7,32 m de comprimento.

Outras coisas que foram constatadas na visita foi a falta de ventilação e sanitários em bom estado de manutenção e higienização, no vestiário do time visitante. Já no vestiário dos árbitros, a equipe percebeu a ausência de espaço para árbitras e assistentes femininas e também a proximidade do local para os vestiários dos clubes.

Já nos camarotes e cabines, não há um local exclusivo e com segurança para os dirigentes do clube visitante e da FCF. Também se verificou que no campo de jogo o estado de conservação do gramado não está adequado e que o estádio não apresentava boas condições de iluminação.

Apesar de não ser um órgão responsável por emitir laudos, como o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar ou Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura no Ceará (CREA/CE), a FCF enviou algumas recomendações para a Prefeitura de Barbalha, proprietária do Inaldão.

Entre as soluções apresentadas pelos técnicos da FCF estão a instalação de ventiladores de parede e tomadas elétricas nos vestiários do time visitante e da arbitragem; limpeza e manutenção dos sanitários e chuveiros; aumentar a quantidade de sanitários; aumentar o tamanho dos próprios vestiários.

Além disso, adequar o tamanho do gramado a padronização de 105 m por 68 m, que será adotada a partir de 2020 em competições oficiais; reformar os bancos de reservas das duas equipes, ajustando a capacidade para 18 pessoas sentadas; melhorar a iluminação; e afastar o portão da entrada de carros das catracas dos torcedores.

12:07 · 12.12.2018 / atualizado às 12:10 · 12.12.2018 por
Arquibancadas, cabines de imprensa e vestiários serão revitalizados. (Foto: Joel Freitas)

A Prefeitura de Barbalha corre contra o tempo para deixar o Estádio Antônio Lírio Calou, o popular “O Inaldão”, apto para receber os jogos de seu representante, o Barbalha Futebol Clube, que estreia na elite do Campeonato Cearense, em janeiro de 2019. Ontem (11), o prefeito Argemiro Sampaio anunciou os recursos na ordem de R$ 342 mil para requalificação do equipamento.

A verba é fruto de convênio com o Governo do Estado do Ceará, em que a Prefeitura entra com contrapartida de 7%, além de investimento superior a R$ 60 mil para as ações iniciais. Este valor, que já estava licitado pelo Município, segundo Argemiro, será suficiente para a liberação do estádio para os jogos do Barbalha Futebol Clube.

A segunda etapa, que inclui uma reforma mais ampla no Inaldão, aguarda projeto e conclusão da licitação dos recursos oriundos do Governo do Estado. A expectativa é que o estádio receba revitalização nos vestiários, melhoramentos e adequações no campo, banco de reservas, além de placar eletrônico, cabines de imprensa, iluminação e arquibancadas.

Reforços

A diretoria de “Raposa” já divulgou a lista de 24 jogadores contratados, que vão fazer a pré-temporada no CT Praxedão, em Juazeiro do Norte, que pertence ao Icasa. Entre os destaques estão o goleiro Léo, eleito o melhor da posição no campeonato estadual de 2017, o zagueiro Luiz Gustavo, com passagens por Icasa e Guarani, o meia-atacante Netinho, que já vestiu a camisa do Barbalha, e o experiente atacante Moré.  O time será comandado pelo treinador Washigton Luís.

22:12 · 18.11.2018 / atualizado às 22:19 · 18.11.2018 por
O incêndio começou com pequenos focos na última sexta-feira. (Foto: Edson Freitas)

Um incêndio florestal está atingindo, neste momento, o distrito de Arajara, em Barbalha, no sopé da Chapada do Araripe, no Cariri cearense. De acordo com os moradores, as chamas começaram na última sexta-feira (16), porque um agricultor colocou fogo em seu terreno para brocar. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi ao local, mas retornou por falta de acesso e visibilidade.

As chamas consumiram a parte mais densa da vegetação e já se aproxima de algumas casas. Os próprios moradores iniciaram o combate e, em seguida, acionaram o Corpo de Bombeiros. Os militares estiveram por lá, por volta das 20h deste domingo (18), mas alegaram que não conseguiriam entrar na mata fechada e que retornariam amanhã, pela manhã.

Com algumas casas tomadas pela fumaça, os moradores do distrito estão assustados. O jardineiro Francisco Hélder e mais duas pessoas tentaram apagar o fogo com pedaços de madeira e palha, abafando as chamas. Com máscaras improvisadas e pano molhado no rosto, ainda conseguiram impedir que suas casas fossem atingidas.

“É complicada a situação, porque não poderemos dormir hoje a noite, com medo do fogo chegar aqui”, conta a dona de casa Iara Xavier. Já a agricultora Irenilda Xavier viu o fogo ficar a poucos metros de sua residência. “Estou assustada. Isso prejudica todas as pessoas daqui”, garante.

Impacto ambiental

O local atingido pelas chamas faz parte da Área de Proteção Ambiental da Chapada da Araripe e está próxima de uma Unidade de Conservação, a Reserva Particular do Patrimônio Natural Arajara Park. Lá, é um dos poucos habitats do Soldadinho-do-Araripe, ave em risco de extinção e um dos símbolos da Região. Além disso, o distrito de Araraja é o único lugar onde foi encontrado o caranguejo guaja-do-araripe, espécie de crustáceo de água doce, que também corre risco de ser extinto, descoberto há dois anos. 

13:54 · 16.11.2018 / atualizado às 14:03 · 16.11.2018 por
Fábrica Escola de Processamento de Cana-de-açúcar produzirá a cachaça em homenagem a Chico da Cascata. (Foto: Divulgação)

Será lançada, na próxima terça-feira (20), às 15h, em Barbalha, uma edição especial da cachaça Chico da Cascata, que homenageia um dos ícones da cultura do Cariri, falecido em fevereiro de 2017. A bebida foi desenvolvida pela Fábrica Escola de Processamento de Cana do Cariri, que irá celebrar a primeira colheita de cana-de-açúcar da safra de 2018.

Situada na Avenida José Bernardino Cavalcante Leite, km4, sítio Buriti, em Barbalha, a Fábrica Escola produz cachaça de alambique prata e ouro premium, rapadura tradicional e de sabores, pastilhas de rapadura tradicional e de sabores, melado de cana, caldo de cana e está fazendo também o açúcar mascavo.

Homenagem

Francisco Rodrigues dos Santos, mais conhecido como Chico da Cascata, nasceu em 1932, casou com dona Maria Santa, teve sete filhos e uma trajetória longa. Desenvolveu trabalhos como carpinteiro, agricultor, com destaque no cultivo de cana-de-açúcar, e, posteriormente, com o intuito de receber os amigos, abriu um balneário precursor na região. O local virou um ponto de encontro tradicional para visitantes de todo o estado e cenário de muitas histórias.

No cardápio, baião com pequi, manteiga da terra e a tradicional fruta-pão, petisco que era servido cozido e frito. O dono também se notabilizou pelas história que, de tão bem contadas e carismáticas, pouco importavam se eram verdadeiras ou não. Desde o pé de seriguela que dava cajá, até as lutas de Chico contra as cobras gigantes encontradas no local.

Entre os frequentadores, famosos como Alceu Valença, Geraldo Azevedo e Dominguinhos. Seu restaurante e balneário, situado no pé da Chapada do Araripe, possui duas piscinas e fica ao lado da famosa Cascata do Lameiro, do Rio Batateira. Tudo era administrado cuidadosamente, durante 35 anos, por Chico que, às 4h da madrugada, já estava de pé. Hoje, seus filhos mantém o lugar.

Resgate

Com intuito de valorizar a agricultura familiar fortalecendo produtores, o Instituto Agropolos do Ceará (IAC), em 2016, passou a administrar a Fábrica Escola de Processamento de Cana do Cariri, um equipamento do Governo do Estado, situado em Barbalha, desenvolvido para resgatar a cultura do plantio de cana-de-açúcar da região e capacitar produtores rurais e estudantes em todas as etapas de produção da cachaça e dos derivados da cana e na comercialização dos produtos.

 

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Cariri

Belezas naturais, fé, trabalho e cultura. Sob os pés da Chapada do Araripe, aqui você encontra as principais notícias dos municípios da região. Por Antônio Rodrigues.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags