Busca

Categoria: Educação


10:43 · 26.12.2017 / atualizado às 10:43 · 26.12.2017 por
Mais de uma tonelada foi arrecadada e entregue às famílias que moram nas proximidades do lixão. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Crato. A época do Natal traz solidariedade às pessoas e isso motivou os estudantes da Escola Municipal de Educação Infantil e Fundamental São Francisco a realizarem, na última quinta-feira (21), a doação de alimentos não perecíveis. Mais de uma tonelada foi arrecadada e entregue para mais de 50 famílias residentes nas proximidades do lixão, localizado no caminho do distrito de Ponta da Serra e Dom Quintino.

As crianças, alunos 1º ao 9º ano, também conheceram o Museu do Lixo e seu fundador, Paulinho Cariri. Em apenas uma semana, os jovens mobilizaram suas famílias e puderam aprender um pouco mais sobre cidadania e solidariedade. O projeto intitulado “Construindo um Espaço com Consciência, Cidadania e Solidariedade” foi idealizado pela professora Cícera Alves Guedes e nasceu da necessidade quanto à conscientização no desperdício de alimentos.

A aluna do 5° ano Emyle, de 11 anos, mostra que aprendeu bem a lição. Ela conta que é fundamental ter consciência na hora da alimentação, pois muitas pessoas não têm o que comer ou até mesmo precisam comer o que desperdiçamos para não passar fome. “Às vezes a gente reclama da nossa comida e não lembra que muita gente nem tem o que comer”, enfatiza a menina.

Segundo a professora Cícera Alves Guedes, idealizadora do projeto, os alunos estão empolgados para realizar outras ações no mesmo sentido. “Eles estão com muitas ideias para colocarmos em prática já no início do ano. Doação de roupas, criação de horta escolar e conscientização sobre não desperdiçar energia e água são algumas delas”, relata, orgulhosa.

Ações
O Secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Territorial, Brito Junior, informou que significativas melhorias têm sido realizadas na localidade. Frequentemente uma máquina revolve o lixo para que não haja acúmulo, uma grande vala foi escavada para depósito de lixo, o que evita as queimadas, um dos grandes desafios a ser combatido neste tipo de espaço. Além disso, é realizada semanalmente uma vistoria pela equipe da secretaria a fim de fiscalizar e sanar as necessidades locais e dos catadores.

08:56 · 20.12.2017 / atualizado às 08:56 · 20.12.2017 por
O projeto tem estimulado a interação das crianças em sala de aula. (Foto Divulgação/Prefeitura)

Juazeiro do Norte. O projeto “Canto, encanto e aprendo com música”, da professora Sebastiana Mariana de Oliveira, tem favorecido a socialização e aprendizado dos alunos do 2º ano da Escola de Ensino Fundamental Isabel da Luz. O objetivo do trabalho é, de forma transversal, apresentar os conteúdos voltados para escrita e leitura, além do conhecimento de mundo. As músicas escolhidas priorizaram o contexto social, discutindo assuntos relacionados à realidade das crianças como, por exemplo, moradia e meio ambiente.

A professora Sebastiana Maria comenta que a ideia surgiu quando ela começou a cantar algumas canções para acalmar a inquietação dos alunos que retornavam do recreio. Ela percebeu que elas iam se acalmando conforme as músicas eram cantadas e, com o tempo, elas passaram a cantar junto.

O projeto teve início no mês de outubro. A partir de então, algumas aulas e disciplinas foram trabalhadas de acordo com os temas propostos nas letras das músicas. Ela acreditou na capacidade dos alunos e optou trabalhar músicas que não fossem apenas infantis. O repertório utilizado possui trabalhos de Arnaldo Antunes, Guilherme Arantes e outros.

Segundo a professora, o convívio entre os alunos melhorou consideravelmente. Ela destaca, principalmente, a interação e o desenvolvimento dos alunos com necessidades especiais. “Todos os alunos tiveram uma boa participação, aprenderam sobre assuntos importantes, escreveram cartas, tudo dentro das atividades propostas através das músicas”, comenta a professora.

A coordenadora pedagógica da Escola, Silvanda Brito, definiu que o projeto tem ajudado no aprendizado da fala e da escrita e no desenvolvimento cognitivo da criança, além de ter dado a oportunidade das crianças trabalharem vários gêneros textuais, de forma diferenciada.

Já a coordenadora das turmas de 2º ano da Escola Isabel da Luz, professora Ana Paula Pinheiro, disse que o projeto atuou de forma decisiva para melhorar a autoestima das crianças. “Elas demonstraram mais interesse pela escrita e produção de textos, ficaram mais entusiasmados e prestavam mais atenção nas aulas e isso ajudou melhorar as notas e diminuir a timidez”, ressalta a professora Ana Paula Pinheiro.

13:50 · 18.12.2017 / atualizado às 13:50 · 18.12.2017 por
Estudantes se manifestaram nas paredes do prédio durante passagem de Camilo Santana pelo Cariri. (Foto: Antonio Rodrigues)

Crato. A Universidade Regional do Cariri (URCA) divulgou, na última última sexta-feira (15), um comunicado sobre o andamento da compra do prédio do Sesi, unidade no Município, que irá abrigar o Centro de Artes. Segundo o documento, a instituição e o Governo do Ceará estão acelerando as tratativas para que o prédio possa ser o novo campus da universidade, que passará por pequenas melhorias e serão concluídas em até 30 dias. Lá, abrigará os cursos de Artes Visuais e Teatro, no ensino, pesquisa e extensão, além de outras atividades.

De acordo com a nota divulgada, os estudantes, professores e servidores dos cursos afetados tem se reunido com a Administração para planejar a reposição das aulas e o calendário acadêmico. “O prédio no estado em que se encontra precisa de melhorias emergenciais na rede elétrica, hidráulica, pintura, etc. Os recursos R$ 60.654,22 já estão alocados e o contrato para realização das melhorias já está aguardando publicação e será realizado pela empresa SM Construções LTDA”, diz.

Leia mais: Estudantes do Centro de Artes da URCA completam seis meses sem aula

O documento ainda informa que “todas as providências para a aquisição do prédio do SESI já foram realizadas pelo Governo do Ceará e pela Federação das Indústrias do Estado do Ceará – FIEC no Ceará, o fechamento do negócio, entretanto, ainda precisa da autorização da FIEC em Brasília”, completa a nota.

A aquisição do prédio foi anunciada pelo Governador Camilo Santana pessoalmente na URCA e através das redes sociais no último dia 31 de outubro. Porém, mais de um mês após o anuncio, os estudantes ainda não sabem quando terão suas atividades reiniciadas. No início de dezembro, completaram seis meses sem aula, desde que o prédio no bairro do Pirajá, em Juazeiro do Norte, foi interditado, após laudos da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros constataram o risco de desabamento da estrutura.

19:05 · 08.12.2017 / atualizado às 10:56 · 11.12.2017 por
Os estudantes se manifestaram nas paredes do Sesi durante passagem do governador pelo Cariri, no último fim de semana. (Foto: Antonio Rodrigues)

Crato. Os estudantes do Centro de Artes da Universidade Regional do Cariri (URCA) completaram seis meses sem aulas, na última semana. São dois cursos paralisados, Teatro e Artes Visuais, desde que o prédio no bairro do Pirajá, em Juazeiro do Norte, foi interditado. Laudos da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros constataram o risco de desabamento da estrutura. No dia 31 de outubro, o governador Camilo Santana anunciou a aquisição do antigo prédio do SESI, em Crato, mas até agora segue indefinido quando os alunos voltarão às salas de aula.

Após o anúncio, os alunos se dirigiram até o prédio conhecer o local e foram impedidos de, sequer, usar a energia elétrica de lá. Segundo eles, o guarda disse que não podia estar ninguém ali, pois a compra não tinha sido efetivada. No entanto, no dia 17 de novembro o vice-reitor da URCA, Francisco do Ó de Lima Júnior visitou o local, junto com o corpo técnico, para decidir os detalhes da transferência do campus de Juazeiro do Norte para Crato. Há 10 anos sem funcionar, o Sesi do Crato possui salas de aula, apartamentos, estacionamento, áreas com piscinas, quadras e um auditório.

No dia 21 de novembro, a URCA anunciou que estava fazendo um levantamento para as reformas prioritárias, solicitadas pelo Vice-reitor após a visita. Disse que, inicialmente, os membros da administração dos cursos ocupariam as primeiras salas e que todo o mobiliário seria transferido na mesma semana. Mas, até agora, nada aconteceu.

De acordo com a estudante de Artes Visuais, Anália Lobo, que já está no sétimo semestre, seu desejo é que as aulas voltassem, pois está há muito tempo no curso. No entanto, ela acredita que é importante os alunos continuem lutando por um espaço físico de qualidade. “Estamos há quase 10 anos sem um espaço minimamente adequado. Esperamos que a reitoria e o governador, que já anunciaram em diversos veículos de comunicação que o prédio do SESI nos pertence, façam realmente pertencer”, afirma.

Enquanto o aluno de Artes Visuais, José Aparecido de Lima, afirma que os problemas no Centro de Artes estão desde sua fundação. É a segunda vez que os cursos mudam de prédio, já que, em 2010, o Centro de Artes saiu do Casarão da Rua Matriz, em Barbalha, para Juazeiro do Norte. “A partir daí, tem sido uma luta diária de lugar para funcionar e de fantasias que são postas em nossas cabeças, hora de valores que existe para construção de um prédio fabuloso para nos acomodar, hora desaparece tudo e voltamos à estaca zero”, lamenta.

A URCA e a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior foram procuradas, através da Assessoria de Comunicação, por e-mail e telefone durante toda a semana, mas não deram esclarecimentos sobre a efetivação da compra do prédio do Sesi e a previsão do retorno das aulas.

17:19 · 08.12.2017 / atualizado às 17:36 · 08.12.2017 por

Juazeiro do Norte. Será lançado, na noite desta sexta-feira (08), na Faculdade Paraíso do Ceará (FAP), o livro “Marketing com Digital”, do professor Piedley Macêdo, do programador Ermeson Silva e da jornalista Monike Feitosa. O trabalho é resultado de pesquisas dos três autores e debates sobre o crescimento da internet e redes sociais.

De acordo com Monike Feitosa, há muito material disponível no mercado sobre internet, marketing, rede sociais e produção de conteúdo, “mas mesmo assim tem muita gente ‘perdida'”, conta a autora. “As pessoas precisam entender desde o que é a internet, até como usar essa ferramenta virtual e o que está relacionado a ela e que pode servir para empresas e negócios ‘reais'”, completa.

Os autores doaram três exemplares da versão impressa para a Biblioteca da FAP. Assim, alunos, colaboradores, professores e demais interessados no assunto poderão consultar o conteúdo. Mas o livro também está à venda na internet. O e-book pode ser encontrado no site, por R$ 19,99.

Serviço

Lançamento do livro “Marketing com Digital”

Local: Biblioteca João Paulo II (FAP)

Dia: Sexta-feira, 08 de dezembro, 20h

Mais Informações: 

(88) 9.9664.1164 (Monike Feitosa)

(88) 9.8807-8007 (Piedley Macêdo)

06:17 · 06.12.2017 / atualizado às 01:07 · 06.12.2017 por
E.M.E.I. Odete Matos da Alencar, no bairro Santa Tereza, é uma das escolas já iniciaram as reformas. (Foto: Helio Filho)

Juazeiro do Norte. Foram iniciadas nesta segunda-feira (04) as reformas de quatro escolas da rede municipal de ensino. As obras, realizadas pela Prefeitura Municipal, através do setor da Rede Física da Secretaria de Educação (Seduc), começaram nas escolas José Sabiá, Zilda Arns, Odete Matos e Nossa Senhora de Fátima, localizadas na zona urbana e rural do Município. As melhorias fazem parte do programa de reforma física destes equipamentos.

De acordo com a Secretária de Educação Maria Loureto de Lima, as aulas continuarão acontecendo normalmente. Algumas salas serão remanejadas e, em caso de necessidade, poderão ser feitos revezamentos dos espaços onde as atividades escolares estejam acontecendo.

Salas climatizadas

Maria Loureto destaca que a proposta do Prefeito Arnon Bezerra é que todas as salas de aula estejam climatizadas com ar condicionado. Para ela, essa é uma clara demonstração que o Gestor Municipal compreende a importância da Educação e do que é necessário para se fortalecer as condições de trabalho do professor e as de aprendizagem dos alunos e a satisfação da família. “Nós entendemos que a qualificação do processo de ensino aprendizagem também requer uma rede física cuidada e uma escola bem equipada”, afirma a Secretária Maria Loureto.

Até o fim de sua gestão, Arnon Bezerra afirmou que todas as 95 escolas do Ensino Infantil ao Fundamental 2 serão reformadas. Elas receberão novos equipamentos que contribuirão para melhoraria do desempenho do processo de ensino e aprendizagem

05:02 · 06.12.2017 / atualizado às 00:14 · 06.12.2017 por
Crato. O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Ceará (Senac) está com inscrições abertas para cursos neste mês de dezembro na unidade do Município. A instituição aproveita a chegara do final de ano para dar oportunidade de capacitação para quem busca ingressar no mercado de trabalho  ou aumentar a renda familiar, realizando cursos de educação profissional, permitindo assim melhorar sua carreira ou empreender. As inscrições podem ser feitas pelo site.
Confira os cursos com matrículas abertas no Senac Unidade Crato:

Brigadeiro Gourmet (15h)
Desenvolve conhecimentos e habilidades no preparo de brigadeiros clássicos e gourmets, montagem e decoração de brigadeiros, em conformidade com as normas de higiene e manipulação de alimentos.
Requisitos Mínimos:   18 anos e Ensino Fundamento II incompleto.
Investimento:   10x R$ 27,00 (C) ou R$ 270,00 (A)
05/dez a 08/dez/17 | 18:00h às 22:00h Ter a Sexta.

Saladas e Grelhados (20h)
Desenvolve conhecimentos e habilidades no preparo de saladas diversas, grelhados e molhos em conformidade com as normas de higiene e manipulação de alimentos.
Requisitos Mínimos:   18 anos e Ensino Fundamental II incompleto.
Investimento:   10x 24,00 (C) ou R$ 240,00 (A)
11/dez a 14/dez/17 |17:00h às 22:00h Seg a Quinta.

Culinária Vegetariana (20h)
Desenvolve os conhecimentos e habilidades no preparo de pratos da culinária vegana e ovolactovegetariana com bobó de palmito, lasanha de berinjela, moqueca de caju etc.
Requisitos Mínimos:   18 anos e Ensino Fundamental II incompleto.
Investimento: 10x R$ 24,00 (C) ou R$ 240,00 (A)
18/dez a 21/dez/17 | 17:00h às 22:00h Seg a Quinta.

Técnico em Enfermagem (1.800h)
Habilita o participante como técnico em enfermagem no desenvolvimento de competências relacionadas à promoção, prevenção, recuperação e reabilitação da saúde da pessoa, além de prestar assistência de enfermagem a pacientes/clientes em estado grave, sob a supervisão do enfermeiro.
Requisitos Mínimos: 18 anos e cursando, no mínimo, o 2° ano do Ensino Médio.
Investimento: 10.380,00 (A) ou 30 x 346.00 (B)
Início: 18/dez I 08h às 12h Seg a Quinta.

Serviço:
Senac Unidade Crato
End: Praça da Sé, 596 – Centro
Tel.: (88) 3586.8750

 

09:21 · 21.11.2017 / atualizado às 09:21 · 21.11.2017 por
O vice-reitor da URCA, Francisco do Ó de Lima Júnior, visitou as instalações do prédio do antigo Sesi. (Foto: Divulgação/URCA)

Crato. Adquirido no último mês pelo Governo do Estado, a Universidade Regional do Cariri (URCA) passa a ocupar, a partir desta semana, o prédio do antigo SESI. Lá, funcionará o Centro de Artes da Universidade. Na última sexta-feira (17), o Vice-reitor da URCA, Francisco do Ó de Lima Júnior, Gabinete e corpo técnico estiveram em reunião com a direção dos cursos de Artes Visuais e Teatro para decidir os detalhes da transferência do campus de Juazeiro do Norte para o Crato.

A mudança ocorre em função de uma melhor infraestrutura para os cursos. Alunos, professores, direção do Centro e coordenação estiveram participando da reunião, debatendo os detalhes da transferência. A avaliação dos que fazem os cursos de Artes Visuais e Teatro é positiva quanto ao novo local, que conta com uma grande infraestrutura, incluindo salas de aula, apartamentos, estacionamento, áreas com piscinas, quadras e um auditório, com mobiliário que terá grande parte aproveitada pelos novos ocupantes da Universidade.

Um levantamento para as reformas prioritárias foi solicitado pelo Vice-reitor, para que sejam feitas de forma imediata para os novos ocupantes, além de uma lavagem do local. Inicialmente, os membros da administração dos cursos estarão ocupando as primeiras salas, para organizar todo o processo de mudanças para início das aulas. Mas, todo o mobiliário será transferido ainda esta semana. Uma avaliação das instalações elétricas, hidráulicas e de internet também já vem sendo providenciada para o local.

Reestruturação

Segundo o Vice-Reitor, com a nova estrutura o Centro terá um redimensionamento e uma nova concepção, para a efetivação de suas atividades, no processo de formação. Com isso, haverá uma reestruturação. Durante a reunião, Lima Júnior destacou a necessidade das ações de encaminhamento, para a vinda dos cursos. Com isso, além de inicialmente a administração ser instalada, serão avaliadas as localizações das salas e dos laboratórios, com todas as condições pedagógicas para acolhimento dos estudantes e professores.

Os representantes do Centro de Artes, a diretora Mônica Vianna Mello, e o diretor adjunto, Ricardo Akira, destacaram as necessidades imediatas para o processo de mudança. Além disso, avaliaram o prédio como local de boa estrutura para abrigar os cursos.

Além do Centro de Artes, o prédio do antigo Sesi também contará com a adequação necessária, para possibilitar o funcionamento de equipamentos como piscinas e quadras esportivas, a serem utilizados na formação dos alunos do curso de Educação Física, além de atividades de extensão no espaço.

Conforme o Professor Lima Júnior, a aquisição do prédio vem sendo bastante comemorada pela comunidade acadêmica, num momento de significativa conquista para a Universidade Regional do Cariri. Durante esta semana, o local deve receber a visita do Secretário Adjunto da Casa Civil do Governo do Estado, Quintino Vieira, para realizar uma avaliação das possíveis mudanças que devem ocorrer para melhorias no prédio, com investimentos do Governo do Estado, para a URCA.

Centro de Artes

O Centro de Artes Reitora Maria Violeta Arraes da URCA abriga os cursos de Artes Visuais e Teatro e esta é a segunda vez que os estudantes e professores destas graduações mudam de equipamento. Em 2010, o Centro de Artes saiu do Casarão da Rua Matriz, em Barbalha, e se mudou para bairro Pirajá, em Juazeiro do Norte. Porém, em julho deste ano, o prédio foi interditado após laudo da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros constatar o risco de desabamento da estrutura. Os estudantes estão há cinco meses sem aula.

07:56 · 21.11.2017 / atualizado às 09:10 · 21.11.2017 por
A solenidade convidou professores e gestores das escolas municipais. (Foto: Helio Filho)

Juazeiro do Norte. De iniciativa da Câmara de Vereadores, foi lançado, em solenidade realizada ontem (20), no Memorial Padre Cícero, o projeto Câmara na Escola. Em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Seduc), o programa prevê a ida de alunos do Ensino Fundamental 2 das escolas municipais até a Casa Legislativa, para assistirem às sessões acompanhados de professores, como também a distribuição de cartilhas informativas sobre o exercício da cidadania.

O Prefeito Arnon Bezerra acredita que esse projeto é uma ação importante, pois possibilita a oportunidade de que os alunos tomem conhecimento dos procedimentos que são realizados numa Câmara Municipal, o comportamento dos vereadores e a forma como as leis são elaboradas. “Eles poderão conhecer a realidade de um trabalho como esse. É fundamental que a gente vá mostrando esse funcionamento para que possamos formar uma juventude com consciência e sabendo que é possível fazer o que tem que ser feito”, ressalta Arnon Bezerra.

A Secretária de Educação de Juazeiro do Norte, Maria Loureto de Lima, destacou a importância do trabalho de integração entre os poderes executivo e legislativo. “Para nós é uma grata satisfação, através dessa secretaria, de levarmos a Câmara Municipal para dentro das escolas”, comentou.

Para o Presidente da Câmara Municipal, o vereador Gledson Bezerra, o projeto atuará como uma ferramenta para despertar o interesse do jovem e incentivá-lo a conhecer as ações do legislativo, contribuindo para sua formação cidadã. “Nós pensamos nesse projeto para que o cidadão conheça a importância dos poderes que governam o município e os processos que fazem o trabalhos legislativos”, comenta.

Reforma das escolas

Durante a solenidade, o Prefeito Arnon Bezerra assinou ordem de serviço para a reforma das escolas que compõem a rede municipal de ensino de Juazeiro do Norte, juntamente com a Secretária Maria Loureto de Lima. Inicialmente, foi autorizada a reforma de dois blocos de escolas, onde cerca de 18 unidades serão contempladas.

De acordo com a Seduc, todas as 95 escolas do município passarão por reformas e o critério de início das reformas para cada uma está na situação de sua estrutura física. O Prefeito Arnon Bezerra afirmou mais uma vez que dentre as melhorias previstas, está a climatização de todas as salas de aula das escolas municipais. Ele ainda destacou que a meta e dar melhores condições de ensino e aprendizagem no Município.

Homenagens

A Seduc também realizou uma cerimônia para reconhecimento do projeto “Alimentação Saudável: desfrutando das frutas”, da professora do Infantil IV da Creche Caic, Karla Gerlânia Pereira, premiado com com 2º lugar nacional em um Seminário de Gestores Municipais, onde concorreram profissionais da Educação de vários cantos do país.

 

15:17 · 06.11.2017 / atualizado às 15:17 · 06.11.2017 por
As vagas são para os cursos de Informática e Agropecuária (Foto: Divulgação/IFCE)

Crato. A partir de amanhã (07) começam as inscrições para o processo seletivo 2018.1 do campus de Crato do Instituto Federal do Ceará (IFCE). São 225 vagas no total, distribuídas entre os cursos de Informática para Internet e Agropecuária, na modalidade integrado ao ensino médio, e Agropecuária na modalidade subsequente. O prazo para a candidatura se encerra no dia 20 de novembro.

As inscrições são realizadas exclusivamente pela internet, no site, em que também está disponível o edital completo. A seleção é feita por meio da análise do histórico escolar dos candidatos. Além de Crato, vinte e quatro campi do IFCE participam do edital, que oferta 2.815 vagas no total.

Depois de feita a inscrição pela internet, o candidato terá até às 17h do dia 27 de novembro para entregar no campus a documentação solicitada no edital: protocolo gerado no ato da inscrição online, CPF, documento de identificação oficial e histórico escolar de acordo com a modalidade de curso escolhida ou documento equivalente.

A previsão é que o resultado final seja divulgado no dia 5 de janeiro de 2018. A pré-matrícula dos candidatos aprovados ocorre nos dias 8, 9 e 10 de janeiro. Já a chamada dos classificáveis está prevista para o dia 16 de janeiro. O cronograma completo está disponível no edital.

Cursos oferecidos

O curso de Informática para a Internet é oferecido na modalidade Integrado ao Ensino Médio. Ou seja, o aluno recebe a formação técnica ao mesmo tempo em que cursa o ensino médio regular, também no campus. O curso é integral e tem duração de três anos.

Os alunos são preparados para planejar, executar e gerenciar atividades de concepção, especificação, projeto, implementação, avaliação, suporte e manutenção de sistemas e de tecnologias de processamento e transmissão de dados e informações, incluindo hardware, software, além dos aspectos organizacionais e humanos.

Enquanto o curso de Agropecuária é ofertado em duas modalidades: Integrado ao Ensino Médio, com duração de 3 anos, e Subsequente, com duração de um ano e meio, para quem já concluiu o ensino médio e deseja uma formação profissional.

O Técnico em Agropecuária planeja, executa, acompanha e fiscaliza projetos agropecuários e administra propriedades rurais. Elabora, aplica e monitora programas preventivos de sanitização na produção animal, vegetal e agroindustrial, além de fiscalizar produtos da área. Realiza medição, demarcação e levantamentos topográficos rurais e atua em programas de assistência técnica, extensão rural e pesquisa.

Serviço

Processo seletivo 2018.1 – IFCE Crato

Inscrições de 7 a 20 de novembro, pelo site

Entrega da documentação até 27 de novembro

Endereço:
Setor de Registros Acadêmicos (Rodovia CE 292, km 15, bairro Gisélia Pinheiro)

Contato: (88) 3586-8169 | ccaifcrato@gmail.com

Mais informações: www.ifce.edu.br/crato