Categoria: Esporte


12:07 · 12.12.2018 / atualizado às 12:10 · 12.12.2018 por
Arquibancadas, cabines de imprensa e vestiários serão revitalizados. (Foto: Joel Freitas)

A Prefeitura de Barbalha corre contra o tempo para deixar o Estádio Antônio Lírio Calou, o popular “O Inaldão”, apto para receber os jogos de seu representante, o Barbalha Futebol Clube, que estreia na elite do Campeonato Cearense, em janeiro de 2019. Ontem (11), o prefeito Argemiro Sampaio anunciou os recursos na ordem de R$ 342 mil para requalificação do equipamento.

A verba é fruto de convênio com o Governo do Estado do Ceará, em que a Prefeitura entra com contrapartida de 7%, além de investimento superior a R$ 60 mil para as ações iniciais. Este valor, que já estava licitado pelo Município, segundo Argemiro, será suficiente para a liberação do estádio para os jogos do Barbalha Futebol Clube.

A segunda etapa, que inclui uma reforma mais ampla no Inaldão, aguarda projeto e conclusão da licitação dos recursos oriundos do Governo do Estado. A expectativa é que o estádio receba revitalização nos vestiários, melhoramentos e adequações no campo, banco de reservas, além de placar eletrônico, cabines de imprensa, iluminação e arquibancadas.

Reforços

A diretoria de “Raposa” já divulgou a lista de 24 jogadores contratados, que vão fazer a pré-temporada no CT Praxedão, em Juazeiro do Norte, que pertence ao Icasa. Entre os destaques estão o goleiro Léo, eleito o melhor da posição no campeonato estadual de 2017, o zagueiro Luiz Gustavo, com passagens por Icasa e Guarani, o meia-atacante Netinho, que já vestiu a camisa do Barbalha, e o experiente atacante Moré.  O time será comandado pelo treinador Washigton Luís.

19:31 · 18.11.2018 / atualizado às 19:36 · 18.11.2018 por
A partida foi válida pela penúltima rodada da segunda fase. (Foto: Reprodução/TV Verdes Mares)

Crato e Campo Grande empataram em 1 a 1, na tarde deste domingo (18), no Estádio Mirandão, garantindo o acesso dos dois times à Série B do Campeonato Cearense de 2019. Invicto, o “Tigre Juazeirense” chegou a 10 pontos conquistados em quatro jogos. Já o “Azulão da Princesa” atingiu 8 pontos e também não pode mais ser alçado. O terceiro colocado, Calouros do Ar, soma apenas 4 pontos. A última rodada, no próximo sábado (24), definirá o mandante da final, que acontece em jogo único.

O Campo Grande mantinha 100% de aproveitamento até o jogo de hoje, vencendo as sete primeiras partidas. O reencontro contra o Crato, adversário na primeira fase, parecia ter o mesmo desfecho até os minutos finais: mais uma vitória. Tiago abriu o placar aos 34 minutos do primeiro tempo para o “Tigre Juazeirense”. Na segunda etapa, o “Azulão da Princesa” pressionou e conseguiu o empate, aos 41 minutos, através de Eduardo.

Nas outras partidas, o Crateús venceu o Calouros do Ar por 3 a 2, tirando as chances do time de Fortaleza conseguir o acesso. Já o empate de 1 a 1, entre Tianguá e Verdes Mares, no Estádio Presidente Vargas, na capital cearense, também confirmou a conquista dos dois times do Cariri. A classificação pode ser conferida aqui.

Com o acesso de Campo Grande e Crato, a região do Cariri amplia para quatro o número de representantes na segunda divisão do Campeonato Cearense do ano que vem. Os dois se juntam ao Icasa e União, este último está sediado em Fortaleza, mas manda seus jogos em Brejo Santo.

No próximo sábado, o Campo Grande recebe o Verdes Mares, no Estádio Romeirão, para garantir a liderança da segunda fase. Já o Crato, viaja para enfrentar o Crateús. A partida entre Tianguá e Calouros do Ar completa a última rodada.

08:06 · 12.11.2018 / atualizado às 16:08 · 12.11.2018 por
Ao todo, mais de 100 competidores participaram da corrida. (Foto: Divulgação/URCA)

No último domingo (11), o Crato sediou a I Corrida de Rua da Universidade Regional do Cariri (URCA), realizada pelo curso de Educação Física da instituição. A competição contou com troféus para os três primeiros colocados e entrega de medalhas para todos os participantes que completaram 5 km de prova. O evento inicia a comemoração dos 15 anos de criação da graduação.

Ao todo, foram mais de 200 atletas inscritos para a competição deste domingo, em várias categorias, no masculino e feminino, com idades de 16 a 29 anos; 30 a 39 anos; 40 a 49 anos; 50 anos acima, incluindo universitários.

No geral masculino, o pódio ficou da seguinte forma: 1º lugar, José Reinaldo de Lira Júnior; 2º lugar, Cláudio Henrique Pereira Duarte; 3º lugar, Lucas Naian de Sousa Bezerra. Já no geral feminino, as vencedoras foram: 1º lugar, Carla Rutyela Bezerra Flor; 2º lugar, Adriana Ferreira de Olveira; 3º lugar, Maria Edilza da Silva.

Aquecimento

Os atletas ao chegaram a partir das 6 horas no local da largada, o Ginásio Poliesportivo, para a competição, que teve a organização de alunos, professores e coordenadores do curso de Educação Física. A corrida contou com o apoio da do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), que esteve acompanhando todo o percurso, dando segurança e tranquilidade para os competidores. Em poucos mais de meia hora, os primeiros corredores finalizaram a prova e já foram recepcionados com aplausos e tendo o acompanhamento da equipe de apoio. De frente ao Ginásio tiveram à sua disposição na chegada frutas e água.

O evento inicia a semana de comemorações pelo aniversário dos 15 anos do curso, que contará com o Congresso Nacional de Educação Física da URCA (CONAEFURCA), de 14 a 17 de novembro, e o I Cross Games, que acontecerá no próximo sábado.

15:14 · 08.11.2018 / atualizado às 15:19 · 08.11.2018 por
Com time experiente, técnico Jorge Luiz disse que começa “um novo campeonato” e espera acesso cratense. (Foto: Reprodução)

A segunda fase do Campeonato Cearense da Série C começa, nesta quinta-feira (08), com três jogos. Da região do Cariri, dois representantes lutam pelas duas vagas na Série B do ano que vem. O Crato viajou para enfrentar o Verdes Mares, às 15h30, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza; já o Campo Grande enfrenta o Calouros do Ar, às 16h, no Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte. A partida entre Crateús e Tianguá completa a primeira rodada.

Nesta segunda fase, os seis times se enfrentam em turno único. Os dois melhores estarão classificados para a final e, ao mesmo tempo, garantirão o acesso à Série B do Campeonato Cearense do ano que vem. Os três clubes com melhores campanhas, Campo Grande, Crateús e Verdes Mares, terão um mando de campo a mais que os demais.

O Tigre Juazeirense terminou a primeira fase como o único time com 100% de aproveitamento. Foram quatro vitórias em quatro jogos, marcando 10 gols e sofrendo 4. Já o Crato, se classificou com quatro pontos, conquistando uma vitória e um empate, todos contra o Juazeiro Empreendimento, que foi o time eliminado no Grupo C.

Os dois representantes do Cariri na “terceirona” voltam a se enfrentar dia 18 de novembro, no Estádio Mirandão, em Crato, às 16h. Nos confrontos anteriores, o Campo Grande levou a melhor sobre o Crato duas vezes pelo mesmo placar: 2 a 1.

Novidade

O Crato deve contar com a estreia do atacante Assisinho, de 31 anos, que retorna ao clube depois de nove anos. O jogador, que disputou o último Campeonato Cearense pelo Guarani de Juazeiro, estava sem clube. Um dos artilheiros do Estadual de 2015 pelo Ceará, o atleta também teve passagens de destaque pelo Fortaleza e Icasa.

13:52 · 05.11.2018 / atualizado às 14:00 · 05.11.2018 por
Fundado em 1985, o Campo Grande só se profissionalizou em 2015 e hoje surpreende na Terceirona. (Foto: Divulgação)

Na tarde de ontem (04), Crato e Campo Grande voltaram a se enfrentar pelo Grupo C, da primeira fase do Campeonato Cearense da Série C. Já classificados, o Estádio Romeirão viu o Tigre Juazeirense vencer novamente o Azulão da Princesa por 2 a 1 – mesmo placar do último jogo – e se manter como o único time com 100% de aproveitamento no campeonato.

O Crato iniciou o jogo pressionando o Campo Grande, mesmo jogando fora de casa, mas não conseguiu superar as defesas do goleiro Joennil. No entanto, foi o Tigre que abriu o placar aos 28 minutos do primeiro tempo com o atacante Davi. O Azulão não demorou a empatar com Alan Victor, aos 34. Enquanto na segunda etapa, Tiago voltou a deixar o time de Juazeiro do Norte na frente aos cinco minutos.

Com 4 jogos e 4 vitórias, o Campo Grande terminou na liderança isolada do grupo. Já o Crato, terminou a primeira fase com 4 pontos, somando uma vitória e um empate contra o Juazeiro Empreendidos – que foi eliminado. Nos outros grupos, Calouros do Ar, Verdes Mares, Crateús e Tianguá também se classificaram.

Na próxima fase, os seis times se enfrentam em turno único. Os dois melhores estarão classificados para a final e, ao mesmo tempo, garantirão o acesso à Série B do Campeonato Cearense do ano que vem.

A definição da tabela na próxima fase ainda aguarda o jogo entre Verdes Mares e Pacatuba, que acontece hoje (05), às 15h30, em Fortaleza. Caso o Verdes Mares vença ou empate, o time da capital cearense garante a liderança e, simultaneamente, mandará três jogos dentro de casa, assim como o Campo Grande e o Crateús.

 

15:36 · 25.10.2018 / atualizado às 15:36 · 25.10.2018 por
Estrutura oferece diversos brinquedos voltados às crianças e 2 a 12 anos. (Foto: Tiago Stille)

A Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) inaugura, esta semana, mais três brinquedopraças na região do Cariri. O espaço de lazer será entregue aos cidadãos de Mauriti, nesta quinta-feira (25). Já na sexta-feira (26), é a vez de Assaré e de Farias Brito receberem a estrutura. Até o momento, o Governo do Ceará já realizou a entrega de 52 equipamentos em 50 municípios, que integram o pilar Tempo de Brincar, do Programa Mais Infância Ceará.

As brinquedopraças, voltadas para crianças de 2 a 12 anos, são estruturas cercadas, com áreas de aproximadamente 250m², compostas por piso anti-impacto e oito brinquedos. O investimento em cada equipamento é de cerca de R$ 180.000,00. A ação foca nos benefícios dos jogos infantis para o desenvolvimento físico, cognitivo e emocional das crianças e reforça o convívio familiar e comunitário dos pequenos. A contrapartida do município é a manutenção da praça em bom estado de uso e conservação.

O programa Mais Infância Ceará tem como foco a promoção do desenvolvimento infantil, estruturando-se em três pilares: Tempo de Crescer, Tempo de Brincar e Tempo de Aprender. Com a compreensão de que o desenvolvimento infantil requer abordagem integral e integrada, o Tempo de Crescer visa a construção de uma rede de fortalecimento de vínculos familiares e comunitários através de serviços e formações que contemplem profissionais, pais e cuidadores.

O Tempo de Brincar foca nos benefícios da brincadeira para o desenvolvimento infantil, além de intensificar a socialização e a integração à cultura de sua comunidade. O intuito é construir e revitalizar espaços públicos que garantam o direito da criança ao brinquedo e à brincadeira. Já o Tempo de Aprender entende a escola como direito de todos, buscando atender a meta de universalizar a oferta de pré-escola e ampliar a oferta de creches.

Mais informações:

25 de outubro (quinta-feira)

Mauriti
Horário: 18 horas
Local: Praça Maria da Glória Dantas de Caldas Rufino – Rua 02, s/n, Bela Vista

26 de outubro (sexta-feira)

Assaré
Horário: 16 horas
Local: Praça do Centro Social – Rua José Euclides Onofre com Rua José Onofre de Sousa

Farias Brito
Horário: 18 horas
Local: Praça Menino Jesus de Praga – Rua Maria Carmelita Leite, s/n

10:15 · 23.10.2018 / atualizado às 10:23 · 23.10.2018 por
Geraldino Saravá mostra réplica da camisa do time campeão cearense de 1974. (Fotos: Antonio Rodrigues)

No dia 28 de maio de 1972, o Guarany de Sobral goleou o América, pelo Campeonato Cearense, com o placar de 4 a 0. Um jovem, no seu primeiro ano como jogador profissional, marcou dois gols na vitória e acabou chamando atenção dos clubes da capital. Com a confiança do técnico Damasceno, o Fortaleza acabou vencendo a disputa com o Ceará pelo ponta esquerda Geraldino, pagando 25 mil cruzeiros pelo atacante – maior transação do futebol cearense naquele ano.  

“Um moço simples e humilde, com muita vontade de acertar e, se possível, ser o goleador do campeonato, assim foi descrito por um jornal fortalezense o jovem José Geraldo Olímpio de Souza, o Geraldino Saravá, quando foi levado para o Fortaleza. Após sete anos com a camisa tricolor, o atacante se tornou um dos maiores ídolos do clube, além de ter registrado a marca de maior artilheiro dos estádios Castelão, na capital cearense, com 98 gols, e Romeirão, em Juazeiro do Norte, marcando 72 gols.  

Nascido em IpaumirimGeraldino se destacou na seleção de Cedro quando disputou um jogo amistoso contra a Seleção de Juazeiro do Norte. Seu irmão, o zagueiro Nena, e ele, foram contratados pelo Icasa, que disputava o campeonato da Liga Desportiva Juazeirense (LDJ), em campo de terra. A ascensão foi meteórica. De três anos no Verdão do Cariri, ainda clube amador, partiu para Sobral, em 1972, e, no ano seguinte, foi contratado pelo Fortaleza. Apesar de também ter passado pelo Ceará, Tiradentes e Ferroviário, sua história marcante foi mesmo com a camisa tricolor que, pelas suas contas, anotou 237 gols.  

Geraldino tem erguido em sua casa um quadro do time campeão de 1974, o “Quadrado de ouro”.

Com os 6 mil cruzeiros recebidos de luvas pelo Fortaleza, em 1973, Geraldino Saravá comprou uma casa, em Juazeiro do Norte, que hoje tem valor estimado de R$ 200 mil. Da Terra do Padre Cícero, acompanha o tricolor a qual revela ter muita gratidão. “Jamais vou esquecer (o Fortaleza). A importância que teve na minha vida é muito grande. Deu condição de criar minha família. Até hoje vivo tranquilo. Devo tudo isso ao clube”, garante. 

Contudo, não deixa de ressaltar as alegrias que deu a torcida onde foi campeão cearense em 1973 e 1974, além de artilheiro da edição de 1978, registrando 28 gols. “Essa torcida vibrou muito comigo. Me sinto satisfeito de gostar e torcer pelo Fortaleza”, ressalta. 

Saravá é o último agachado, da esquerda para a direita. A mão no gramado era uma marca.

Naquele mesmo ano que teve seu melhor desempenho dentro de campo, Saravá chegou a ser sondado pelo Flamengo, mas, na época, o presidente do Fortaleza, general Edmar Rabelo, não quis negociá-lo. “(Só aceito) de um milhão para cima. Menos que isso não abriremos diálogo”, declarou o dirigente na época. “Prefiro não ficar pensando nessa possibilidade. Não depende de mim e sim do Fortaleza. O que o clube fizer, está bem feito”, disse o ponta-esquerda, que se manteve no Pici e ainda hoje tem seu nome lembrado pelos torcedores.  

Com a camisa 11, Geraldino Saravá jogava de ponta-esquerda, já com a 9, assumia o faro por balançar as redes, como centroavante. Fez parte da dupla de ataque abastecida pelo “quadrado de ouro” do técnico Moésio Gomes, bi-campeão cearense em 1974. Inclusive, o ex-jogador lembra com saudosismo o time que venceu o Ceará três vezes seguidas, em menos de oito dias. “Na quarta, metemos 4 a 0, dois gols de Geraldino. No domingo, 1 a 0, gol de Geraldino. Na quarta-feira, marcaram Geraldino, aí Hamilton Melo fez dois e Aroldo um: 3 a 1. Nunca vi isso num clássico”, narra, se referindo sempre em terceira pessoa.  

Nas fotografias, Saravá tem lembranças dos seu tempo como profissional.

Mesmo longe, a quase 500 km da capital cearense, Geraldino afirma que tem acompanhado a boa fase do Fortaleza na Série B do Campeonato Brasil e acredita no acesso do clube.  “Acho que com três vitórias ele sobe”, garante o ex-jogador. Com o centenário do clube, o ídolo tricolor confessa seu desejo para o futuro: “quero que o Fortaleza, um dia, seja campeão brasileiro. Não só pela torcida, mas pelo o que me deu. Sou muito grato a isso”, se emociona.

O próprio apelido “Saravá”, que o eternizou no futebol, surgiu no Fortaleza. Durante as concentrações, após descer do quarto, antes de tomar o café-da-manhã, Geraldino se dirigia até o campo de treinamento e olhava para as traves. Ao observá-las, o ex-jogador enxergava as balizas maiores. Dali, tinha um presságio: “Hoje vou fazer gol”. Antes de entrar em campo, contava à imprensa e aos colegas, principalmente aos zagueiros e ao goleiro. “Segura aí atrás, que vou fazer gol hoje”. Logo, a fama se espalhou, até um repórter cravar: “Este homem é um ‘Saravá’”. E ficou. 

13:11 · 22.10.2018 / atualizado às 13:11 · 22.10.2018 por
Na ocasião, foi firmada a parceria entre Prefeitura e o clube. (Foto: Divulgação)

Crato. O uniforme oficial do Crato Esporte Clube foi lançado, na última sexta-feira (19), no Gabinete do Prefeito. Com o azul predominante, em listras verticais brancas, o camisa trouxe como novidade o escudo centralizado. A estreia aconteceu no último sábado (20), na vitória por 2 a o sobre o Juazeiro Empreendimentos, no Estádio Romeirão, pela terceira divisão do Campeonato Cearense.

De acordo com Júnior Tavares, a parceira com a Prefeitura foi fundamental para esse novo momento e os novos desafios que o time pretende galgar. “É com muita alegria que iniciamos essa jornada do time do Crato no campeonato. Desde o primeiro momento, o prefeito Zé Ailton se comprometeu em ser parceiro do time e vem acompanhando nossa luta para chegarmos à segunda divisão”, comenta.

O prefeito Zé Ailton Brasil se mostrou ansioso para a estreia do Crato, no Estádio Mirandão, na próxima quarta-feira (24), em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Cearense série C, às 15h30, quando a equipe local enfrenta o time de Campo Grande. “Esse sem duvida será um grande momento para nós cratenses, quando o time do Crato estará estreando, após quatro anos em que o estádio esteve interditado”, disse o gestor.

Zé Ailton ressalta que a gestão estará sempre disposta para apoiar o time do Crato. “Agora com a nova reforma que a Prefeitura realizou, cumprindo todas as exigências para o funcionamento do Mirandão, estaremos juntos, torcendo para que, em breve, o Crato chegue na segunda divisão do campeonato” finalizou.

O Crato está no grupo C do Campeonato Cearense da terceira divisão junto com o Campo Grande e o Juazeiro Empreendimentos Esportivos. Ao todo, nove clubes disputarão as duas vagas na Série B do estadual de 2019.

16:59 · 18.10.2018 / atualizado às 16:59 · 18.10.2018 por

Corrida terá percursos de 5km e 8km. (Foto: Divulgação)

Juazeiro do Norte. Estão abertas as inscrições para a primeira “Blue Garde Run”, que acontecerá no dia 10 de novembro. A prova, realizada pelo Cariri Garden Shopping junto com a Max Cronos, busca consciencializar os homens para a prevenção e cuidados com o câncer de próstata. O

As inscrições custam R$45,00 e podem ser realizadas até o dia 1º de novembro na loja Espaço Laser, no Cariri Garden ou no site. No dia da entrega do Kit é necessário levar um 1kg de alimento não perecível.

A corrida terá percursos de 5km e 8km com premiação total de R$ 7.300 em dinheiro e troféus para diversas categorias entre 1º, 2º e 3º  lugar. O evento tem ainda uma categoria para portadores de necessidades especiais.

A Blue Garden Run será realizada nas categorias individual masculino e individual feminino, com concentração,  largada e chegada no Cariri Garden Shopping, pelo portão lateral da avenida Castelo Branco, no dia 10 de novembro. A concentração será às 18h e largada pontualmente às 19h.

Já que o objetivo da corrida é alertar os homens sobre os cuidados com a saúde, a Sanmiti Clínica terá uma tenda com proctologista e um nutricionista, já a Farmácias Pague Menos estarão fará aferição de pressão e teste de glicemia. 

Premiação

Categoria Elite Masculino e Feminino – 8km

1º Lugar: Troféu + medalha + R$ 1.000 (mil reais)

2º Lugar: Troféu + medalha + R$ 800 (oitocentos reais)

3º Lugar: Troféu + medalha + R$ 500 (quinhentos reais)

Categoria Geral Masculino e Feminino – 5km

1º Lugar: Troféu + medalha + R$ 600 (seiscentos reais)

2º Lugar: Troféu + R$ 400 (quatrocentos reais)

3º Lugar: Troféu + R$ 300 (trezentos reais

12:57 · 17.10.2018 / atualizado às 13:11 · 17.10.2018 por
O estádio Mirandão tem capacidade para 10 mil pessoas. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Crato. O estádio municipal Governador Virgílio Távora, o popular “Mirandão”, interditado desde 2014, foi liberado para receber as partidas de futebol este ano. A estreia acontece no próxima dia 24 de outubro, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Cearense da Série C, às 15h30, quando o Crato Esporte Clube enfrenta o Campo Grande. Antes, o confronto estava marcado para o estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte. A mudança foi confirmada ontem pela Federação Cearense de Futebol (FCF).

O estádio teve que passar por mudanças, como adaptações e modernizações. Os laudos do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, da Vigilância Sanitária e do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) foram aprovados. Ou seja, o equipamento atendeu às exigências de acessibilidade, segurança, cadeiras numeradas, modernização nos bancos de reserva, saídas de emergência, entre outros.

“Quem ganha com isso é o torcedor que volta a assistir jogos do azulão da princesa dentro do estádio Mirandão”, comemorou o titular da Secretaria Municipal de Esporte e Juventude (SEJU), Lamar Lima. Além disso, o secretário ressaltou que agora não será mais necessário que o cratense se desloque para assistir uma partida do Crato em outro município, como Juazeiro do Norte, como aconteceu em anos anteriores.

Na reforma do estádio foram investidos R$ 50 mil com recursos do próprio Município para que todas as exigências fossem atendidas. “Não medimos esforços para concretizar essa liberação para que possamos valorizar e resgatar o esporte cratense. Esperamos atender as expectativas não só das equipes, mas também de quem vem prestigiar os jogos no nosso estádio Mirandão”, frisou o prefeito de Crato, José Ailton Brasil.

O Crato está no grupo C do Campeonato Cearense da terceira divisão junto com o Campo Grande e o Juazeiro Empreendimentos Esportivos. O torneiro será iniciado, nesta quarta-feira (17), com três partidas, mas o “Azulão da Princesa” só estreia no próximo dia 20, fora de casa, no Estádio Romeirão, contra o Juazeiro, às 15h30. Ao todo, nove clubes disputarão as duas vagas na Série B do estadual de 2019.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Cariri

Blog da editoria Regional, do Diário do Nordeste, sobre os municípios da região do Cariri, do Ceará.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags