Busca

Categoria: Esporte


08:28 · 29.11.2017 / atualizado às 08:28 · 29.11.2017 por
Projeto já atende 150 meninos. (Foto: Divulgação/Sejuv)

Juazeiro do Norte. A Secretaria de Esporte e Juventude (Sejuv) está recebendo documentação para em seguida iniciar as atividades da modalidade futsal da categoria feminina. Para se inscrever, é necessário apresentar RG ou certidão de nascimento da candidata, declaração de matrícula da escola onde estuda, duas fotos 3×4 e RG ou CPF dos pais ou responsáveis. O ato de inscrição é feito na sede da Sejuv, que fica no Ginásio Poliesportivo. As aulas acontecerão duas vezes por semana, em dois períodos, matutino e vespertino, no contra turno escolar das participantes.

A Escola de Iniciação ao Esporte já atende 150 jovens, de idade entre 9 e 17 anos, na modalidade futsal masculino. Divididos em três categorias: 9 a 11 anos, 12 a 14 anos e 15 a 17 anos, cada categoria é composta por 25 participantes. No projeto, outras modalidades também serão ofertadas.

O titular da secretaria, Luciano Basílio, afirma que o projeto é mais uma ação da gestão Municipal para fomentar a prática esportiva. “É algo que vai agregar muito, vamos alavancar o esporte. A equipe é muito qualificada e liderada por Marcio Alan. Faremos um trabalho com o intuito de formar cidadãos e junto com isso formar atletas, pessoas que participem e levem o nome de Juazeiro para o mundo”, destaca.

08:56 · 06.11.2017 / atualizado às 09:57 · 06.11.2017 por
A modalidade reúne corrida e ciclismo. (Fotos. Divulgação/Prefeitura Municipal)

Crato. Sob sol forte, foi realizado, na manhã de ontem (05) o I Sprint Duathlon modalidade de ciclismo e corrida que percorreu algumas das principais ruas do Município. O evento foi realizado pela Secretaria Municipal de Esporte em parceria com o Cariri Extremo, e reuniu centenas de atletas e admiradores.

A largada aconteceu às 7h, em frente ao Paço Municipal, e o circuito percorreu a avenida José Alves de Figueiredo e Encosta do Seminário. As principais modalidades foram solo e revezamento (dupla), com premiações em dinheiro e troféus. O evento tem a chancela da Federação de Triathlon do Estado do Ceará e contou com quase 100 inscritos.

O secretário de Esporte do Crato, Lamar Lima, comemora o sucesso da prova, destaca o alto nível de competidores e a estrutura que atendeu as normas de grandes competições, com chips para cronometrar o tempo de cada atleta e vários auxiliares dando o suporte durante o percurso. “Uma corrida que ficará no calendário anual da cidade do Crato, espero contar com a participação de competidores de todo o país no próximo ano. A ideia é levar, também, para a zona rural grandes competições como essa”, diz.

A Presidente da Federação de Triathlon do Estado do Ceará, Fátima Figueiredo, ressalta a satisfação da federação em ver o apoio e crescimento do esporte no interior do Estado. Para ela, esse tipo de prova é um grande desafio e o Crato mostrou que está preparado para colocar esse evento no calendário de esporte e receber atletas de todo o pais. ”Um evento desse porte, é uma grande conquista para o município”, comenta.

O atleta Igor Gomes, da cidade de Altaneira, que competiu na modalidade ciclismo e teve como parceiro o atleta Ravi Timóteo, na corrida, foram vitoriosos na sua categoria fazendo 21km em 35 minutos de prova. “Foi uma prova difícil, o sol castigou, mas isso só nos encorajou ainda mais a seguir nosso desafio”, ressaltou.

O prefeito Zé Ailton Brasil, participou da premiação e destacou o compromisso da gestão em proporcionar, ainda mais, ações esportivas no calendário de eventos do município. “Temos hoje mais de 1.800 pessoas cadastradas que participam das atividades realizadas nos bairros da cidade. Temos buscado parceiros para realizar mais eventos esportivos e fortalecer as diversas modalidades na nossa cidade”, afirma o chefe do Executivo.

09:39 · 01.11.2017 / atualizado às 11:53 · 01.11.2017 por

Crato. Com o objetivo de impulsionar a prática do esporte entre as mulheres do Município, a Secretaria de Esporte do Crato realizará o I Festival Esportivo Metropolitano Feminino. Com as modalidades de futebol society e voleibol, as inscrições vão até o dia 10 de novembro e podem ser feitas na Liga Cratense de Futebol, que fica localizada no Terminal Rodoviário Wilson Roriz. Para participar, a atleta deverá doar uma bolsa de sangue.

O evento esportivo, que tem como parceira o canal online Leitão TV e terá prêmios em dinheiro. As disputas acontecem no dia 25 de novembro, com as competições de futebol society, no campo Só Feijão, e voleibol, na quadra Bicentenário, com times da região metropolitana do Cariri.

Segundo o secretário de esportes, Lamar Lima, dia 14 de novembro será realizado um congresso técnico, ministrado pela equipe da secretaria de esporte, que irá definir as datas dos jogos, o regulamento do campeonato com todos os dirigentes dos clubes participantes, e como serão feitas as inscrições.

“As inscrições serão realizadas través da doação de uma bolsa de sangue por atleta. Mais uma vez a secretaria de esporte apoia as causas voluntárias dessa vez, com a parceria com o Hemoce”, explica Lamar enfatizando que, este ano, já foram doadas mais de duas toneladas de alimentos arrecadados nas competições da Secretaria de Esporte.

08:36 · 17.10.2017 / atualizado às 09:47 · 17.10.2017 por

Juazeiro do Norte. As atividades da Escola de Iniciação ao Esporte, projeto da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Esporte e Juventude (Sejuv), terão início no próximo sábado (21), às 14h, com a solenidade de abertura. Crianças e jovens de 9 a 17 anos terão aulas de modalidades esportivas, inicialmente o futebol de salão, que irão acontecer na quadra ‘A’ do Ginásio Poliesportivo de forma gratuita.

Os alunos da rede pública Municipal de ensino que estiverem devidamente matriculados, têm prioridade na participação, mas as atividades são abertas a todos. Até o momento, mais de 130 crianças já realizaram sua inscrição e a avaliação médica. Para se inscrever é necessário apresentar RG ou certidão de nascimento do candidato, declaração de matrícula da escola onde estuda, duas fotos 3×4 e RG ou CPF dos pais ou responsáveis. O ato de inscrição é feito na sede da Sejuv, que fica no Ginásio Poliesportivo.

O objetivo do projeto é democratizar o acesso à prática esportiva nos equipamentos do Município. Inicialmente, será ofertada apenas a modalidade de Futebol de Salão, masculina e feminina mas, em breve, outras modalidades como futebol de campo, handebol, voleibol, basquete, rugby, tênis de mesa e artes marciais serão disponibilizadas. As aulas acontecerão duas vezes por semana, em dois períodos, matutino e vespertino, no contra turno escolar dos participantes.

Para o secretário de Esporte e Juventude, Luciano Basílio, o projeto é mais uma ação da gestão Municipal para fomentar a prática esportiva. “É algo que vai agregar muito. Vamos alavancar o esporte. A equipe é muito qualificada e liderada por Marcio Alan. Faremos um trabalho com o intuito de formar cidadãos e junto com isso também atletas, pessoas que participem e levem o nome de Juazeiro para o mundo”, destaca.

09:22 · 09.10.2017 / atualizado às 09:22 · 09.10.2017 por
As praças contam com o equipamento das academias populares. ( Foto: Anderson Duarte )( Foto: Anderson Duarte )

Juazeiro do Norte. Com o intuito de fomentar a prática de atividade física pela população, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Esporte e Juventude (SEJUV) criou mais quatro turmas gratuitas de ginásticas pelas praças do Município. Agora, além das academias populares, a população tem outra opção para a prática esportiva.

Os bairros beneficiados foram: Novo Juazeiro, Tiradentes, Socorro e Triângulo. As aulas acontecem de segunda à sexta, apenas no período matutino, das 6h às 8h. Nas praças da Alegria, da Capela de Santo Expedito, Coronel José Pedro da Silva (do Socorro) e Feijó de Sá (Giradouro). As aulas de ginástica serão em parceria com as universidades que possuem o curso de Educação Física.

O secretário de Esporte e Juventude, Luciano Basílio, deseja aumentar o apoio das universidades. “Já estamos em algumas praças, mas queremos ampliar para chegar a todos esses espaços. Vamos procurar aumentar a parceria com as universidades para estender ainda mais esse projeto. Estar perto da comunidade é o objetivo do Prefeito Arnon Bezerra e da nossa Secretaria”, afirmou.

Em relação as academias populares, o secretário destacou do desejo de ampliar o número deste equipamento. Alguns estão sendo restaurados e a ideia é chegar a todos as praças de Juazeiro do Norte.

05:14 · 05.10.2017 / atualizado às 05:15 · 05.10.2017 por

Crato. A Secretaria de Esportes está com inscrições abertas para as Escolinhas de Futebol. Os locais onde irão acontecer as aulas serão: Estádio Mirandão nos sábados pela manhã, Quadra bicentenário Segunda feira de 13 às 15h, Terça feira de 17 às 19h e Quinta feira de 17 às 19h e no Picadeiro do Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcanti Quartas e sextas de 16 as 18h.

As inscrições podem ser feitas nos locais onde estarão sendo desenvolvidas as atividades, e na Secretaria de Esportes tem que ter entre 10 e 17 anos e estar matriculado na rede pública, ao inscrever-se deve levar declaração da escola, identidade e autorização dos pais ou responsáveis. As Inscrições e as aulas são gratuitas.

Segundo o Secretário de Esportes Lamar Lima, as inscrições já estão acontecendo na secretaria e a primeira turma será iniciada amanhã, sexta-feira, dia 6. “Mais de 40 crianças estão inscritas, faremos um ótimo trabalho de educação esportiva e motivação ao esporte” celebra.

09:58 · 12.09.2017 / atualizado às 22:07 · 12.09.2017 por
O projeto da Areninha no Parque Dois Irmãos, em Fortaleza. (Foto: Reprodução)

O governador Camilo Santana anunciou, ontem (11), na Arena Castelão, em Fortaleza, a construção de 40 areninhas de futebol no Ceará, 38 delas no interior. As obras serão executadas pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), em parceria com as prefeituras. A região do Cariri será contemplada em quatro municípios: Barbalha, Brejo Santo, Crato e Juazeiro do Norte. Ao todo, serão R$ 70 milhões investidos.

As cidades receberão campos de futebol com gramado sintético, bancos de reserva, alambrados, rede de proteção, vestiários, depósito para materiais esportivos, iluminação, rampa de acesso para cadeirantes, paisagismo e pavimentação. O objetivo é promover a inclusão social, criar uma nova dinâmica de convívio nestes lugares e transformar a vida de jovens por meio do esporte.

Em Barbalha, a Areninha será dentro do Parque da Cidade; já Brejo Santo, o bairro escolhido foi o Morro Dourado, comunidade carente e que possui 16 equipes de futebol amador. Na cidade de Crato o estádio será construído no bairro Seminário; enquanto Juazeiro do Norte, o bairro contemplado foi o Timbaúbas e a obra será realizada na Praça Teodoro de Jesus Germano, que fica na Avenida Humberto Bezerra.

Na ocasião do lançamento, Camilo Santana revelou que licitações de 31 Areninhas já foram feitas e, até o fim do mês, devem receber ordem de serviço. As outras nove estão concluindo trâmites para ser licitadas. De acordo com o Chefe do Executivo, as cidades que não receberem as Areninhas serão contempladas com outro projeto com campos society, em outros 100 lugares. A seleção dos municípios se deu segundo nota técnica do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece). A base usada no processo foi o tamanho da população de 15 a 29 anos de idade da zona urbana.

14:09 · 28.07.2017 / atualizado às 14:29 · 28.07.2017 por
Da moto a casa. Tudo na vida de Jorge remete ao Flamengo (Fotos André Costa)

São mais de 40 milhões de torcedores e 122 anos de fundação do Clube de Regatas Flamengo. Dentre essa multidão rubro-negra, inúmeros fanáticos que dariam a vida pelo “Mengo”, como eles chamam o time de coração. Em Juazeiro do Norte, cidade a mais de 2.500 km de distância da sede da Gávea, no Rio de Janeiro, um ilustre torcedor. Ele também ostenta um título: “sou o maior símbolo aqui do Cariri”, diz orgulhoso.

Cícero Jorge Rodrigues, de 45 anos, já foi o “Romário”, mas hoje é conhecido como “Maradona”. O juazeirense vive Flamengo. Literalmente. Sua história de amor com o time carioca surgiu há mais de duas décadas. Antes, porém, o pai de Jorge, “flamenguista fanático”, viu “perder” sua outra filha para o arquirrival. “Minha irmã torce Botafogo”, diz, em meio a uma sorriso amarelo. “Não teve jeito. Ele [pai] até tentou, mas não conseguiu fazer com que ela torcesse o Mengão”, completa.

Maradona exibe orgulhoso as tatuagens e a carteira de sócio torcedor (Foto André Costa)

O desejo de ver os dois filhos vibrando com o Flamengo foram catalisados ao Jorge. E deu certo. “Sou apaixonado pelo Flamengo. É minha maior paixão”, diz, ostentando, com orgulho, a réplica da camisa utilizada pela geração campeã do Mundo, em 1981. “Foi um título incrível”, comemora, como se em uma fração de segundo ele revivesse em sua memória aquele jogo, contra o Liverpool, em 13 de dezembro, vencido por 3 x 0, numa rara superioridade de uma equipe brasileira sobre um time europeu numa decisão de Mundial.

“O Nunes jogou como nunca antes tinha jogado”, diz ele, recordando os dois gols marcados pelo jogador. “Zico foi um monstro”, acrescenta o fanático torcedor. O que torna Maradona um ícone na região não é, no entanto, não é apenas sua memória impressionante. Nas ladeiras da rua do Horto, bairro tradicional da cidade, cuja fé parece está mais viva do que em outros locais, as casas costumam ter, já na sala de entrada, inúmeros quadros e imagens de santos.

Centenas deles compõem o ambiante sui generis daquela comunidade. Na residência de Jorge, ou melhor, do Maradona, como ele corrige sempre que é chamado de forma diferente, a composição do cenário ganha um novo arranjo.

As molduras são em preto e vermelho. Ao lado das imagens santas, incontáveis ícones que remetem ao clube carioca. Posteres, fotos e camisas se misturam entre os santos, num hibridismo “sacro-futebolistico”. “Aqui vocês podem ver minhas duas grandes paixões, o Flamengo e o Padim Ciço”, aponta, mostrando a imagem do patriarca juazeirense, também cercado por uma moldura rubro-negra. A casa respira Flamengo. O local já virou ponto turístico, afirma Maradona.

Ponto Turístico
“Na Semana Santa, período em que a cidade recebe milhares de romeiros, eu não consigo dormir direito. Minha casa é invadida pelos turistas. São dezenas todos os dias”, diz orgulhoso. Não podia ser diferente. Quem sobe as ladeiras rumo a estátua de 27 metros do Padre Cícero Romão Batista, no alto da Colina do Horto, logo avista, ao lado esquerdo da estreita rua com paralelepípedos, a casa com pintura chamativa, nas cores preto e vermelha. Até a árvore, que sombreia o imóvel, carrega as cores do time de coração. “Pintei tudo”, pontua Maradona.

Se pelo lado de fora a residência chama a atenção e desperta curiosidade de quem passa, dentro, o ambiente é um espécie de Museu, ou santuário, como ele brinca. São incontáveis peças. Quase tudo nas cores preto e vermelho. O turista que visita a casa de Maradona pode escolher se quer descansar o corpo em cadeiras vermelhas ou em um puff preto e branco, com um grande escudo do time. As televisões da sala e da cozinha foram personalizadas. Assim como a moto, o capacete, a geladeira, o guarda-roupa, as pernas da cama e tantas outros móveis e eletrodomésticos.

Geladeira personalizada com as cores do Flamengo (Foto André Costa)

“Tudo começou aos 19 anos. Ganhei um quadro de presente e coloquei na parede. Daí em diante, comecei a colecionar imagens, revistas, quadros e tudo que seja do Flamengo. Hoje perdi as contas de tudo que tenho. São milhares”, conta Maradona, sentado na sala de estar da casa, aos olhares atento da irmã botafoguense Lídia Rodrigues. Entre uma pergunta e outra, Lídia interrompe a entrevista e diz: “Quero ver como ele vai ficar na próxima semana. O fogão vai eliminar o flamengo na semifinal da Copa do Brasil”.

Maradona responde a provocação de forma fraterna. Apenas sorri e rebate “Ela gosta de sonhar”. Não satisfeita, Lídia entrega o irmão. “No último jogo, contra o Santos [válido pelas quartas de final da Copa do Brasil, que rendeu a classificação ao time carioca] ele teve que rezar muito”. Maradona mais uma vez sorri e ironiza: “Quem não reza?!” As orações são direcionadas ao Padim Ciço, considerado Santo pelo católicos romeiros. “Já rezei para ser campeão, já rezei para não perder, rezo sempre sim”, brinca.

A reação amigável, inclusive, é uma marca de Maradona. Ao notar a presença de “um rival em sua casa”, ele brinca. “Você é vascaíno, né?! Reparei sua tatuagem no braço, mas tenho certeza que hoje você vira flamenguista”, ironiza ele, olhando para mim. “Você deve está lembrado do gol do Petkovic, na final do Carioca de 2001”, pegunta-me. Aceno positivamente com a cabeça e ele retruca. “Padre Cícero ajudou a bola a entrar”, completa Maradona em meio a uma gargalhada de satisfação.

Parede da casa divide espaço com imagens sacras e artigos do time rubro-negro (Foto Andre Costa)

O amor pelo flamengo, inclusive, foi parar na pele do juazeirense ilustre. A cada foto, ele faz questão de expor suas imponentes tatuagens, em cada um dos braços. “O amor aqui é para vida toda”. Questionado se vestiria a camisa de um outro clube, ainda que por brincadeira, Maradona não titubeia. “Nem por muito dinheiro. Nunca ninguém vai me ver com outra camisa. Só visto o manto do mengão”, retruca com bom humor, que lhe é peculiar.

Ídolos
Uma das paredes da sala é destinada apenas as fotos. São dezenas, entre anônimos e famosos, ele mostra a mais recente, tirada na semana passada, com o “Papai Joel”. “Ele esteve aqui em casa”, diz, referindo-se ao técnico Joel Santana, que teve cinco passagens pelo Flamengo, a última delas, em 2012. Entre milagres e vexames, o técnico fez história no Flamengo e Maradona reconhece. “Ele foi um grande treinador, acertou e errou, como todo mundo, é um cara super do bem”, diz. Joel e Maradona se encontraram na semana passada.

O treinador estava no Cariri para disputar um amistoso, com a equipe norte-americana que comanda, o Black Gold Oil, contra o Icasa, time de Juazeiro do Norte. “Ele fez questão de vir conhecer minha casa”, conta orgulhoso. “A gente tomou café, conversamos e rimos muito. Levei até ele para conhecer a estátua do Padre Cícero”, completa Maradona, mostrando o registro fotográfico feito aos pés do Padim. Além de Joel, o zagueiro Ronaldo Angelim, filho de Juazeiro do Norte, foi outro atleta a já ter visitado a “casa rubro-negra”. Os ídolos vêm até Maradona, mas ele também vai até os ídolos.

Sonho e morte
Já foram inúmeras visitas a Gávea, a principal sede do Clube de Regatas do Flamengo, onde a maioria dos atletas do clube treinam. Apesar das viagens, um sonho ainda não foi realizado. “Todas as vezes que fui o clube estava em período de férias. Nunca assisti um jogo do Mengão lá no Rio. Meu grande sonho é ver, ao lado do meu pai, o Flamengo jogar no Maracanã”, conta emocionado, deixando um pouco de lado o tom de humor. “Meu pai foi o grande incentivador disso tudo. Eu tenho muito orgulho dele. Assim como tenho pelo Flamengo. Um dia ainda vou realizar esse desejo”, pontua.

Ao ter seu sonho realizado, Maradona diz que já pode morrer “tranquilo”. Mas nem mesmo o assunto fúnebre afasta a temática do clube. “Quero ser enterrado num caixão com as cores e o escudo Mengão, com o hino tocando”. Apesar do desejo, ele humoriza: “Mas não precisa ser agora. Quero viver ainda muitos e muitos anos para ver o Mengão ser campeão”, conclui.

Na despedida, ele faz o pedido de uma foto, seguido por uma mensagem. “Sou apaixonado pelo Flamengo, mas sou contra qualquer violência. Temos que respeitar todo mundo. Minha irmã, por exemplo, torce pelo Botafogo e nem por isso deixo de amá-la. Você é vascaíno e nem por isso deixei de lhe receber bem na minha casa e de tirar uma foto. O futebol não tem mais espaço para intolerância”, finaliza Maradona, “o torcedor flamenguista mais fanático do Cariri”.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

10:56 · 28.07.2017 / atualizado às 10:56 · 28.07.2017 por

A Arena Romeirão, que será construída em Juazeiro do Norte, poderá chegar a 16.400 assentos, 3 mil lugares a mais do que a margem inicial proposta no projeto, que está sendo elaborado pelo Governo do Estado, com a parceria do Município.

O Prefeito Arnon Bezerra anunciou a conquista do projeto para o Município na última semana, juntamente com o Secretário Executivo da Casa Civil do Estado do Ceará, Quintino Vieira. O estádio será um dos mais belos e modernos do Nordeste, se tornando espaço para realização de grandes shows, área de shopping, gastronomia, museu e eventos da região do Cariri.

O secretário de Esporte e Juventude de Juazeiro do Norte, Luciano Basílio, participou, nesta quinta-feira, 27, em Fortaleza, de reunião com técnicos, arquitetos e engenheiros do Governo do Estado, que estão elaborando o projeto do novo estádio. Ele esteve acompanhado da assessora especial da Secretaria, Carla Fernandes.

Na ocasião, a proposta de aumentar a capacidade de público levada pelo Prefeito Arnon Bezerra, foi acatada pela equipe do Governo Estadual, e, ao invés de 13.400 assentos, agora o projeto da Arena Romeirão passa a contemplar mais 3 mil lugares, o que o secretário Luciano Basílio considera uma conquista importante, sendo um ganho significativo para o estádio, que receberá grandes eventos do Município e Região.

A Arena Romeirão contempla Museu do Futebol, que contará a história do esporte no Município, região e Estado, além de camarotes, e cinco vestuários, um deles para os árbitros. Conforme o secretário Luciano, a imprensa será privilegiada, com área de cabines modernas para transmissão dos jogos. O estádio contará ainda com dois telões e placar eletrônico, além das torres de led, para iluminação. A expectativa é que o projeto seja finalizado em novembro deste ano, por conta das alterações que devem ser feitas, e o lançamento aconteça em seguida, com obras a serem iniciadas em janeiro do próximo ano.

Segundo o secretário Luciano Basílio, esse é um momento de grande importância, para definir pontos relevantes do que a Arena Romeirão irá proporcionar em termos de estrutura para o público. O projeto será realizado no mesmo local, onde atualmente está construído o Estádio Romeirão. O Prefeito destacou a importância de preservar o nome do Estádio Municipal Mauro Sampaio, que será mantido.

O secretário Luciano Basílio está bastante empolgado com a conquista do novo espaço, que irá proporcionar o fortalecimento do esporte na região, além de estimular a realização de shows e eventos no Cariri. Segundo ele, a meta é trazer grandes times para a inauguração do novo estádio, ou mesmo a seleção brasileira. Os contatos já estão sendo feitos nesse sentido.

09:57 · 05.04.2017 / atualizado às 10:02 · 05.04.2017 por
Guarani se prepara para o duelo contra o Ceará (Foto André Costa)

Toda a logística para a primeira partida da melhor de três, válida pela semifinal do Campeonato Cearense de 2017, já está definida. O Guarani Esporte Clube, representante de Juazeiro do Norte, receberá o Ceará Sporting Clube hoje a noite, às 21h45, no Estádio Mauro Sampaio, o Romeirão.

O Guarani terminou a fase classificatória em quarto colocado, com 15 pontos. Nas quartas de final, eliminou o Maranguape, empatou a primeira partida em 1×1. No jogo de volta, o leão do mercado venceu 5×1. Junto com Guarani e Ceará, Fortaleza e Ferroviário completam o quarteto que buscam chegar na grande final da competição. Por ser o único representante do interior do Estado, o Guarani já é o Campeão do Interior e receberá a taça Padre Cícero.

A reunião aconteceu no Romeirão na última quinta-feira, 30, e contou com a participação de membros da Secretaria de Esporte, Juventude e Cultura (Sejuc), integrantes da diretoria do Guarani, representantes da Polícia Civil, Polícia Militar, Guarda Civil Municipal, Demutran, Secretaria de Saúde, Vigilância Sanitária e Conselho Tutelar. Todas estas entidades estarão envolvidas de forma direta com a realização do evento.

O principal objetivo do plano de ação é garantir que o espetáculo ocorra dentro da lei, de forma segura antes, durante e após o jogo. Destaca-se a vinda de 25 homens do Batalhão de Eventos da Polícia Militar para reforçar a segurança dentro e no entorno do Estádio.

Para a partida, serão disponibilizados 5.425 ingressos. 1.680 para arquibancada social, 3.280 para arquibancada geral, 75 para cadeiras cativas, 200 gratuidades e 200 cortesias. Apenas 10% dos ingressos serão destinados para a torcida visitante, assim como regulamenta o Estatuto do Torcedor.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br