Categoria: Esporte


09:46 · 14.02.2019 / atualizado às 15:58 · 14.02.2019 por
(Foto: Antonio Rodrigues)

Atendendo um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), a Secretaria de Esporte e Juventude de Juazeiro do Norte (Sejuv) está realizando manutenção e substituição de refletores nas torres do Estádio Mauro Sampaio, o Romeirão. A medida visa melhorar a qualidade da iluminação dos eventos antes da grande reforma de ampliação e modernização, prevista para começar este ano.

A Pasta também trabalha na melhoria dos campos amadores de futebol de Juazeiro do Norte. O prefeito Arnon Bezerra anunciou que todos os campos serão iluminados, para que haja atividades também no período noturno. No último final de semana, foi recuperado o primeiro deles, no bairro Jardim Gonzaga. O trabalho seguirá por outros esquipamentos, em áreas públicas e privadas, do Município.

Reforma

O Estádio Mauro Sampaio, o Romeirão, passará por uma grande reforma e se tornará a Arena Romeirão. A obra é resultado da parceria entre Prefeitura de Juazeiro do Norte e o Governo do Estado do Ceará. O equipamento receberá investimento de aproximadamente R$ 82 milhões. O projeto já foi apresentado para a população.

A obra já foi licitada e aguarda apenas a votação na Câmara dos Vereadores de Juazeiro do Norte, para que o estádio seja repassado ao Governo do Estado e assim iniciar a reforma. A capacidade do equipamento será ampliada, podendo chegar a 16.400 assentos. Hoje, comporta 10 mil pessoas. Lá, também será um espaço para realização de grandes shows, área de shopping, gastronomia, museu e eventos da região do Cariri.

“Nós temos uma expectativa muito grande de termos o estádio reformado. Sabemos que é um grande investimento. A Arena Romeirão será multiuso e irá beneficiar não só os juazeirenses, mas de todos os caririenses e vem pra abrilhantar a cidade”, afirmou o secretário de Esporte e Juventude, Luciano Bazílio.

 

12:27 · 06.02.2019 / atualizado às 12:27 · 06.02.2019 por
O estádio já sediou jogos do Campeonato Cearense este ano. (Foto: Antonio Rodrigues)

A Secretaria de Esporte e Juventude de Juazeiro do Norte (Sejuv) iniciou o trabalho de manutenção nas torres de luz e substituição dos refletores danificados do Estádio Mauro Sampaio, o Romeirão. A medida busca melhorar a iluminação do equipamento, que possui capacidade para receber 10 mil pessoas. A reforma tem avanço físico que já ultrapassa os 50%.

O Estádio possui quatro torres, cada uma com 25 refletores, sendo uma com quatro refletores auxiliares. “O trabalho vai deixar as quatro torres com o funcionamento 100%. Já está bem adiantado. Estamos esperando a chegada de outras. Faltam poucas para a conclusão”, afirma o diretor do Romeirão, Manoel  Nascimento, conhecido como Cantarelli.

Em 2019, além da tradicional celebração da missa, pela Comunidade Filhos Amado do Céu, todas as terças-feira, o Romeirão ainda sedia partidas amadoras, das entidades esportivas de Juazeiro do Norte, e profissionais de futebol. O Município conta com quatro times: de Guarani, Icasa, Campo Grande e Juazeiro. O Barbalha Futebol Clube, de Barbalha, até o fim das obras no Estádio Municipal Lirio Calou, realiza suas partidas no Romeirão pelo Campeonato Cearense.

Reforma

Desde o ano passado, o governador Camilo Santana garantiu que o Estádio Romeirão seria reformado. O valor estimado das obras é de R$ 80 milhões. A ideia é transformar o equipamento numa das arenas mais modernas do Nordeste, ampliando sua capacidade para 16.400 pessoas. Além disso, terá espaço para shows, área de shopping, gastronomia e museu.

13:16 · 04.02.2019 / atualizado às 13:23 · 05.02.2019 por
(Foto: Rosângela Bezerra)

A Secretaria de Esporte e Juventude de Juazeiro do Norte (Sejuv) irá iluminar todos os campos de futebol amador do Município, tanto da zona rural como da zona urbana. A medida foi tomada para que os equipamentos sejam utilizados também no período noturno. Nos espaços privados, a Pasta irá tratar com os proprietários para que a iluminação também seja instalada.

Conforme o secretário de Esporte e Juventude, Luciano Basílio, essa iniciativa é uma forma de estimular a prática do esporte saudável nos bairros, dando oportunidade as crianças e adolescentes das próprias comunidades para a vivência maior com as diversas atividades, em espaço mais seguro e propício ao lazer.

Apoio

Na última sexta-feira (01), a Sejuv efetuou o pagamento as entidades esportivas amadoras de Juazeiro do Norte. Estas instituições são as vencedoras dos editais 001/2018 e 002/2018.

As instituições que já receberem o pagamento foram: Centro de Apoio ao Desporto e Comunidade Rural (Cadescor), Liga de Esporte Juazeirense (LIEJ), Liga da Integração Desportiva Caririense (Lindescar) e Associação de Apoio ao Esporte Amador de Juazeiro do Norte (Asseajuno). Elas receberam os seguintes valores: Cadescor R$ 26.000, LIEJ R$ 19.000, Lindescar R$ 41.000, Asseajuno R$ 40.000.

22:15 · 27.01.2019 / atualizado às 22:23 · 27.01.2019 por
(Fotos: Antonio Rodrigues)

No clássico do Cariri, pela 6ª rodada do Campeonato Cearense, o Barbalha venceu o Guarani de Juazeiro, fora de casa, no Estádio Romeirão, pelo placar de 3 a 0, neste domingo (27). Os gols foram marcados por Netinho, Bruno Paraíba e Olávio. Com o resultado, a Raposa mantém a liderança com 14 pontos e vai para a última rodada dependendo apenas de si para se classificar para a Copa do Brasil. Já o Leão do Mercado tem que vencer e torcer por uma derrota do Horizonte.

Na última rodada, o rubro-negro viaja para encarar o já rebaixado Iguatu, na próxima quarta-feira (30), às 21h30, no Estádio Morenão. Para se manter na elite cearense, o Guarani precisa vencer e torcer por uma derrota do Horizonte contra o Floresta. Caso aconteça o contrário, precisaria tirar uma diferença de sete gols de saldo contra a equipe da capital. Se os dois empatarem, a equipe de Juazeiro do Norte estará rebaixada.

Já a situação do Barbalha é mais confortável. No mesmo horário, a Raposa visita o Ferroviário no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. Uma vitória garante a liderança da primeira fase e uma vaga para disputar a Copa do Brasil, em 2020, pela segunda vez. Se empatar, precisa torcer para que o Atlético Cearense não vença o Guarany de Sobral no Estádio do Junco.

O jogo

O primeiro tempo foi movimentado pelos dois lados, mas foi a Raposa que pressionou e criou as principais chances. Logo aos 10 minutos, o meia Netinho completou cruzamento e carimbou o travessão. O Guarani reagiu em contra-ataque puxado pelo volante Esaú, que fez boa jogada individual, driblou três marcadores e chutou colocado para grande defesa de Léo.

Barbalha vencia por 1 a 0 na primeira parada técnica.

Ainda na primeira metade do jogo, o Guarani voltou a pressionar, mas foi o Barbalha que marcou, aos 19 minutos. Olávio tabelou na entrada da pequena área e foi travado na hora do chute. No entanto, a defesa do Guarani cortou mal, tirando a bola das mãos do goleiro Diego, que sobrou limpa para Netinho completar para o gol vazio. 1 a 0. O gol afetou o Leão do Mercado, que não conseguiu reagir e viu a Raposa voltar a criar as principais chances na segunda metade do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o técnico do Guarani, João Severo, fez duas mexidas. Saíram Paulista, machucado, e Da Silva, para as entradas de Peter e Davi. As substituições surtiram efeito e o Leão do Mercado voltou a pressionar, principalmente, em lançamentos longos em velocidade. No entanto, em contra-ataque rápido, Rael deu ótimo lançamento para Bruno Paraíba, que chutou forte, rasteiro, no canto esquerdo de Diego, marcando o segundo gol – seu quinto no campeonato.

Confusão 

Neste momento, uma confusão tomou conta das cadeiras cativas do Estádio Romeirão. Segundo os torcedores, o atrito começou após uma provocações entre dirigentes de Barbalha e Guarani, logo após o segundo gol. A Polícia Militar foi acionada, mas ninguém foi detido.

Dentro de campo, o Guarani, sem forças para reagir, ainda viu o Barbalha ampliar com o volante Olávio que, após cobrança de escanteio, completou de cabeça, livre de marcação, para o fundo do gol rubro-negro.

Confiança

“O trabalho vem sendo bem feito. Temos vencido jogando bem. Temos um jogo muito difícil na quarta-feira. Vamos pegar um dos grandes do Estado. Estamos preparados, tranquilos e com a cabeça boa”, antecipou o zagueiro e capitão do Barbalha, Luiz Gustavo.

O técnico Washington Luiz avalia que seu time fez um jogo consistente e ressaltou a importância de depender apenas de uma vitória para garantir a sonhada vaga na Copa do Brasil. “Nós pressionamos em outro jogos, porque entendemos que todas as equipes são iguais. A gente tinha que se preocupar com nossa forma de jogar. Ainda falta muito. São 90 minutos contra o Ferroviário”, ponderou.

Davi, que entrou no segundo tempo, deu mais perigo ao ataque do Leão do Mercado.

Muito irritado, principalmente com o lance do primeiro gol, o goleiro Diego, do Guarani de Juazeiro, acredita que falta maturidade no jovem elenco do Leão do Marcado. “Nesses jogos decisivos e de competição alta, com times que pressionam muito, como Ferroviário e Barbalha, faltou experiência”, avalia.

Já o treinador João Severo destacou que a situação do Guarani é delicada, mas se mantém com esperanças de permanência. Contudo, acredita que será preciso fazer uma partida melhor que a desta tarde. “Hoje, foi um jogo ruim. Não tirando os méritos do Barbalha, mas não conseguimos jogar. Quando não consegue jogar, a equipe adversária cresce. Tomamos gols quando estávamos melhores na partida. Aí vem as lesões, substituições. Foi uma derrota que mostrou nossas deficiências”, lamenta.

13:02 · 24.01.2019 / atualizado às 13:02 · 24.01.2019 por
(Foto: João Alves)

Altaneira recebe, neste domingo (27), 120 ciclistas profissionais para a segunda etapa do Campeonato Cearense de Ciclismo de Montanha (XCO). Batizado de “Desafio Terras Altas”, a prova terá seis voltas pelos 4,6 quilômetros, neste circuito de altos e baixos, realizado na trilha do Sítio Poças, considerado pelos ciclistas um dos mais duros e instigantes do Ceará.

Em 2017, o campeão brasileiro Carlos Alberto Feitosa, conhecido por Beto Santa Cruz, caracterizou a Trilha Sítio Poças como o melhor circuito do Nordeste, podendo sediar até mesmo a etapa da Copa do Mundo de Ciclismo.

O desafio começa às 9h e ciclistas terão até três horas para concluir a etapa. A largada será na rodovia CE-388. A competição é organizada pela Associação dos Ciclistas de Altaneira (ACICA) com supervisão da Federação Cearense de Ciclismo.

O campeão altaneirense Higor Gomes disse que a expectativa é grande para o Desafio, pois, receberá em sua casa a elite do ciclismo cearense. “Vamos disputar de igual para igual com os melhores do Estado, não vamos fingir, mas brutalizar com as feras” disse Higor.

Depois desta haverão mais quatro etapas em outras cidades do Ceará. A última etapa (6º) acontecerá em Barbalha, dia 30 de junho. Além do pódio, os atletas lutam por pontos que serão contabilizados para definir o campeão cearense.

07:05 · 23.01.2019 / atualizado às 07:05 · 23.01.2019 por
(Foto: Divulgação)

Juazeiro do Norte se preparara para recepcionar, nesta sexta-feira (25), a chegada dos integrantes do Rally Piocerá 2019, que, pela primeira vez, acontece fora de capital. Cerca de 1 mil competidores estão a caminho para a terra do Padre Cícero, onde acontecerão as premiações. A 32ª edição percorrerá 30 cidades do Piauí e do Ceará.

A competição em 2019 teve largada em Teresina (PI), na terça-feira (22), e uma chegada inédita em Juazeiro do Norte (CE), na sexta-feira (25), a partir das 12h30, na Praça Prefeito Antonio Conserva Feitosa, no bairro Lagoa Seca. Lá, o público poderá ver de perto a passagem dos competidores pela rampa e o momento de entrega das medalhas de participação.

O último dia de prova começa em Iguatu (CE) para as motos, carros, quadriciclos e UTVs (espécie de buggy), que percorrerão um trecho de cerca de 200 quilômetros, dos mais de 1.200 totais, e em Barbalha (CE) para as Bikes, que farão um circuito na região do Cariri de 105 quilômetros, dos cerca de 300 totais. Antes de chegar ao Ceará, o Rally Piocerá 2019 passará também por Amarante, Floriano, Oeiras e Picos, no Piauí.

Além de acompanhar a festa dos competidores, o público poderá assistir ao show de manobras radicais da Equipe Força & Ação, às 18h, no mesmo local da chegada da prova. Por fim, a partir das 21h será realizada a festa de premiação, no Centro de Convenções do Cariri.

Mais informações:

Programação – Juazeiro do Norte (CE) – 25/01 – sexta-feira

8h30 – Largada Motos, Carros, Quadriciclos, UTVs – Iguatu (CE)

9h00 – Largada Bikes – Barbalha (CE)

12h30 – Chegada das primeiras Bikes – Praça Prefeito Antônio Conserva

14h30 – Chegada das primeiras Motos, Carros, Quadriciclos e UTVs

18h00 – Show Equipe Força & Ação

21h00 – Festa de Premiação – Centro de Convenções do Cariri

05:42 · 22.01.2019 / atualizado às 00:17 · 22.01.2019 por
(Foto: Jr. Panela)

O Serviço Social do Comércio (Sesc) nas unidades de Crato e Juazeiro do Norte estão com inscrições abertas para fazer parte do Trabalho Social com Idosos (TSI). Com ele, o participante tem acesso a cerca de 40 tipos de atividades como orientações sobre direitos sociais e cidadania, bailes temáticos, coral, grupos de literatura, hidroginástica e passeios.

O projeto é voltado a pessoas acima de 50 anos e a inscrição acontece em duas etapas. Primeiro, a pessoa idosa passa por uma conversa com a equipe social do Sesc, momento em que são identificadas habilidades, perfil social e são indicados os projetos e atividades ideais ao participante. Depois, basta ir até o setor de Relacionamento com Clientes da instituição, levando RG, CPF, Comprovante de Residência e taxa de anuidade.

As atividades e projetos variam conforme a Unidade Sesc e podem ser consultadas no ato da inscrição. No geral, entre as possibilidades, estão projetos de coral, dança, criação literária, bailes temáticos, que proporcionam aos novos integrantes descobertas para bem viver a velhice.

Temas como Estatuto do Idoso, combate à violência, promoção da saúde são debatidos em seminários e rodas de conversa e dão aos participantes as informações necessárias para exercer o controle social de seus direitos. Além disso, ao fazer parte do TSI, o idoso tem descontos nas tarifas de várias atividades do Sesc, como as viagens e passeios do Turismo Social Sesc.

A convivência em grupos do Trabalho Social com Idosos tem como objetivo trazer a autoestima ao idoso, que cria amizades, desenvolve independência, descobre alternativas de interação com as gerações mais jovens e aprende a utilizar novas tecnologias.

As ações do projeto buscam trabalhar as diversas dimensões do envelhecimento humano e suas múltiplas velhices. O estímulo ao protagonismo da pessoa idosa, enquanto sujeito de direitos, desenvolvido pelo TSI, colabora na construção de uma cultura de direitos e autonomia do/a idoso/a, com ações voltadas à solidariedade entre as gerações e a construção de uma sociedade de cuidados, cidadania, educação continuada e respeito em todas as idades.

Mais informações

Crato
Local: Unidade Crato do Sesc (Rua André Cartaxo, 443)

Inscrições: até 29 de janeiro

Mais informações: (88) 35234444

Juazeiro do Norte

Local: Unidade Juazeiro do Norte do Sesc (Rua da Matriz, 227)

Inscrições: A partir de 4 de fevereiro

Mais informações: (88) 3512.3355

Inscrições

Local: setor de Relacionamento com Clientes de cada Unidade Sesc
Valores: Anuidade: R$ 80,50; Para novos participantes – emissão do Cartão Sesc: R$ 11,00. Total: R$ 91,50
Documentos necessários: RG, CPF e Comprovante de Residência.

13:58 · 09.01.2019 / atualizado às 12:21 · 16.01.2019 por
(Foto: Arquivo Pessoal)

Em 1999, quando atuava pelo Saint-Étienne, da França, Aloisio Chulapa rompeu o ligamento cruzado do joelho. A previsão para o retorno era de oito longos meses. No Brasil, Maria das Graças, mãe do atacante, devota do Padre Cícero, que sempre visitava Juazeiro do Norte em época de romarias, fez uma promessa para que o filho voltasse aos campos rapidamente. De Atalaia (AL), terra natal do ex-jogador, trouxe uma escultura de joelho de madeira, o popular ex-voto, que deixou depositada na casa do “padrinho”.  

“Em cinco meses, eu já estava atuando”, lembra Chulapa. Naquele ano, foi um dos destaques do Saint-Étienne e acabou sendo comprado pelo Paris Saint-Germain. Maria retornou à Juazeiro após o “sucesso”, trazendo uma camisa do filho, cinza, terceiro uniforme do clube francês, e uma pequena nota escrita anexada dizendo: “Obrigado meu padrinho Cícero pelas bênçãos e pelas graças recebidas”.  

Sumiço

Quase 20 anos depois, Aloísio retornou a Juazeiro do Norte e foi ao Horto procurar a camisa do Saint-Étienne, resultado da promessa de sua mãe. “Eu vim tirar foto, fazer vídeo, postar para o pessoal da França e de todo Brasil ver”, acredita. Chulapa não localizou a blusa até agora. Sua última esperança é que ela está na Casa-Museu, na Rua São José, no Centro. “Não consegui, mas não vai faltar oportunidade”, completa.  

No entanto, a principal motivação para a vinda a Juazeiro do Norte foi a antiga amizade com o músico Carlinhos Baby, líder da banda de forró juazeirense Baby Som. O atacante conheceu as músicas quando ainda atuava pelo Paris Saint-Germain, em 2001. Seu irmão mais velho foi responsável por enviar um CD para a França. “Ele falou que tinha um sanfoneiro que era ‘o cara’, que eu tinha que conhecer e tal”, conta.  

Um show em Anadia (AL) fez Aloísio e Carlinhos se encontrarem pessoalmente pela primeira vez. “Daí, essa amizade ficou verdadeira até hoje”, exalta o atacante. Com seu irmão mais novo, Chulapa percorreu de carro cerca de 557 km, de Atalaia até Juazeiro do Norte, para visitar o amigo de surpresa. “Eu tava devendo. Já tinha marcado três vezes”, admite o jogador.  

Numa mesa de bar, Aloísio reviu alguns amigos do futebol, da música, mas reuniu, principalmente, ‘amigos de amigos’ que fizeram questão de conhecê-lo. De short, chinelo e um cordão de ouro com um pingente trazendo as letras “A” e “L”, que tanto faz referência ao seu nome, como homenageia a sigla do seu estado, o atacante se destaca com seu porte físico, 1,86 m de altura, que rendeu seu apelido de “Chulapa”, mas também pelo carisma e pelas suas histórias. 

Ao seu lado, o inseparável copo de “danone”, apelido que popularizou para a cerveja, que teria sido criado por seu amigo, o ex-jogador Adriano, o Imperador. Aliás, a velocidade da reposição da bebida pelos garçons impressionou os juazeirenses acostumados com o serviço mais lento. “Quase vim pro Icasa uma vez”, confessa, surpreendendo os presentes. Segundo o atacante, a passagem aconteceria em 2013, mas uma briga entre investidores e diretoria impediu sua ida. “Até liguei pra Carlinhos, perguntando como era aqui”, completa.  

Popularidade

Entre as risadas e as pausas para atender aos fãs para fotos, “o Rei do Danone” só interrompe a atenção aos amigos por alguns minutos para olhar as mensagens do Instagram. Aliás, na rede social ele se notabilizou por ser muito ativo com seus bordões e hoje cativa 660 mil seguidores. Na terra do Padre Cícero, muitos “stories” foram gravados em sua visita no Horto e, claro, na mesa de bar.  

“Encontrei o Mano Walter esses dias. Ele fazia uma confraternização…”, inicia mais um “causo”. Neste dia, o atacante encontrou o cantor e conversaram por alguns minutos. Aloísio foi convidado para ficar na festa, mas tinha outro compromisso: acompanhar sua companheira, grávida de cinco meses, no ultrassom. Mesmo com pressa, ainda chegou atrasado e perdeu exame. “Quando cheguei na clínica, ela disse: ‘Tu estava com Mano Walter? Eu teria ficado por lá’”, conta, arrancando risadas. 

A farmacêutica Luisa Albuquerque carrega o bebê que será batizado de Rogério Ceni, em homenagem ao goleiro, seu amigo. “Ele já autorizou”, brinca. Por causa da amizade, Aloísio confessa que acompanhou os jogos do Fortaleza e torceu pelo Leão do Pici na Série B do Campeonato Brasiliero. Por outro lado, no futuro confronto entre tricolores paulista e cearense, pela elite nacional, adverte: “Sou São Paulo”.  

Primeira visita

No ano de 1996, Aloísio veio à região Cariri, mas ficou em Crato, cidade vizinha a Juazeiro do Norte. Na época, estava atuando pelo Flamengo, time que o revelou, que viajou para enfrentar a Portuguesa Cratense, em partida amistosa, no Estádio Mirandão. Com 21 anos, Chulapa era reserva do atacante Romário, mas acabou entrando nos minutos finais. “Nem lembro o placar. Se falar que lembro, estou mentindo”, confessa. O time carioca venceu por 3 a 0.  

“Ali eu vim só pra jogar, moleque. Era do campo para o hotel. Hoje, não, eu tô curtindo. Fui para o Horto e adorei lá. Tô amando. Tô muito feliz, emocionado”, classifica. Por alguns minutos, a conversa é interrompida porque Chulapa tenta lembrar sua música preferida de Baby Som. Carlinhos, a capela, puxa algumas canções, mas não acerta. “Deixa eu tomar ‘danone’ que vou lembrar”, pede o ex-jogador.  

Depois de alguns segundos com Aloísio cantarolando, Carlinhos recorda de “Amar em Pensamento”, gravada no Volume 15. Com o celular no ouvido, se emociona escutando. A canção embalou sua passagem pelo Al-Rayyan, do Catar, entre 2008 e 2009 e ajudava a matar a saudade de Alagoas. “Estou tão distante, longe de casa, dos meus amigos, da namorada”. A letra casava bem com este sentimento.

20:42 · 06.01.2019 / atualizado às 21:07 · 06.01.2019 por
A partida teve muitas oportunidade de gols para os dois lados. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Na primeira rodada do Campeonato Cearense da Série A, o Barbalha venceu o Iguatu, por 2 a 0, no Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte, na tarde deste domingo (06). Os gols da “Raposa do Cariri” foram marcados pelos atacantes Vanderlan e Bruno Paraíba, em cada uma das etapas. A vitória deixou o time tricolor na liderança parcial da primeira fase da competição. A rodada será completada nesta quarta-feira (09), com o confronto entre Floresta e Guarani de Juazeiro.

Na segunda rodada, a “Raposa” enfrenta o Guarany de Sobral, no próximo domingo (13), no Estádio do Junco. Já o Iguatu, recebe o Horizonte, no estádio Morenão, no dia anterior.

Como o Estádio Lírio Callou, o popular Inaldão, em Barbalha, ainda está passando por reformas, a partida de estreia na elite aconteceu no Romeirão, em Juazeiro do Norte. Isso afetou o público, que foi pequeno na vitória de hoje: 434 pagantes acompanharam a partida. A renda foi de R$ 6.480,00 . A expectativa da diretoria é que, na terceira rodada, a “Raposa” receba o Atlético Cearense na sua cidade.

O jogo

O primeiro tempo foi movimentado. O Barbalha começou pressionando a saída de bola do Iguatu, mas só chegou com perigo aos 10 minutos, com o meia Netinho, chutando de fora da área. A equipe da região Centro-Sul reagiu e, aos 18 minutos, Canga quase abriu o placar, arriscando de longe.

No entanto, foi a “Raposa” que abriu o marcador. Aos 20 minutos, em jogada ensaiada a partir de uma falta na entrada da área, Sadrak surpreendeu marcação tocando para Vanderlan, que chutou forte, alto, no ângulo superior do goleiro Fábio Lima. Após sofrer o gol, o Iguatu pressionou o Barbalha e quase empatou, em seguida, numa falha coletiva da defesa adversária.

Público pequeno vibrou com o segundo gol do Barbalha.

O técnico Roberto Carlos, ainda no primeiro tempo, promoveu sua primeira mudança: tirou o zagueiro Johnny, que já tinha cartão amarelo, para a entrada do volante Dedé. Com a substituição, o Iguatu voltou a ter bom volume. Aos 35 minutos, quase chegou ao empate quando Tiago recebeu a bola livre e foi derrubado na área. Pênalti. O volante Elanardo bateu rasteiro, no canto esquerdo, e o goleiro Léo agarrou sem dar rebote.

Segundo tempo

No segundo tempo, o time do Iguatu voltou a pressionar o Barbalha, que apostou nos contra-ataques. Com mais espaço, a “Raposa” quase ampliou com Bruno Paraíba, que recebeu belo passe de Netinho e chutou firme, mas Fábio Lima fez uma grande defesa.

O segundo gol saiu, novamente aos 20 minutos, em contra-ataque puxado por Vanderlan. O ponta acionou Bruno Paraíba, que limpou dois marcadores e chutou no lado esquerdo, forte, sem chances para Fábio Lima. Com o placar mais amplo, o “Azulão” não teve a mesma força para pressionar o Barbalha, que recuou e impôs uma forte marcação, garantindo a vitória.

“Estávamos trabalhando para isso, começar bem a competição, em cima de um dos favoritos para ficar entre os seis”, garantiu o volante do Barbalha Olávio. O experiente zagueiro do Iguatu, Gilmak, acredita que os gols aconteceram em dois vacilos defensivos, porém, a equipe fez um bom jogo. “Foi lá e cá. Dois erros que o campeonato não permite. É esquecer. Ver nossos erros, nossos acertos e pensar no próximo jogo sábado”, avaliou.

“Agredimos no momento que tínhamos que agredir e no momento de defende fomos foi fortes”, avaliou Washington Luiz, treinador do Barbalha.

Autor do gol de estreia do Barbalha, Vanderlan conta que a jogada que terminou exitosa tem sido trabalhada nos treinamentos. “A gente vem ensaiando bastante. A vitória vai dá uma confiança. O primeiro gol é o que a gente tanta esperava”, comemorou o atacante.

O treinador Washington Luiz confessou que a jogada que abriu o placar foi treinada com intensidade, naquela mesma faixa de campo, nos últimos dois dias. “A gente trabalha muito para trazer a campo, pelo menos, umas três a quatro jogadas treinadas. Às vezes se dá o mérito ao treinador, mas eu dou o mérito aos jogadores que tiveram a personalidade de executar. Não é fácil, no primeiro jogo, apresentar alguma jogada trabalhada e executá-la”, afirmou.

Apesar da vitória, o técnico se mantém cauteloso quanto às ambições da equipe no campeonato. “Nosso objetivo não é só esse jogo. É cedo demais para a gente projetar algo maior na competição. Comemora hoje e amanhã já pensa no Guarany de Sobral. A gente sabia que ia pegar um adversário difícil. Agredimos no momento que tínhamos que agredir e no momento de defender fomos foi fortes”, finaliza.

11:44 · 26.12.2018 / atualizado às 11:44 · 26.12.2018 por
(Foto: Divulgação)

Pilotos, navegadores, atletas e toda a equipe da organização já estão em contagem regressiva para o Rally Piocerá 2019. Falta menos de um mês para a tradicional prova do off-road nacional, que começa em 21 de janeiro, em Teresina (PI), e segue até o dia 25 do mesmo mês, rumo à Juazeiro do Norte. Além da corrida, o evento promoverá  shows e atrações para o público local, além de diversas ações sociais nas regiões por onde a competição passa.

A competição reúne, ao todo, cinco modalidades: Motos, Carros 4×4, Quadriciclos, UTVs (espécie de buggy), Bikes – e movimenta mais de 30 municípios nos estados do Piauí e Ceará, entre eles Amarante, Floriano, Oeiras, Picos, Iguatu, cidades-dormitório desta 32ª edição.

Para os veículos a motor, a prova terá mais de 1.200 quilômetros. Já para as Bikes, o percurso soma nos quatro dias 300 quilômetros. Há também o Desafio Audax Bike Day, opção para os ciclistas que quiserem participar de apenas um dos dias do evento.

Nas Motos, a novidade é a categoria Moto Turismo, que pode ser realizada tanto em caráter de competição no asfalto e com planilha no formato digital ou apenas como passeio, com objetivo de conhecer as atrações turísticas, ambientais e culturais da região.

Inscrições

Ainda dá tempo para se inscrever no Rally Piocerá 2019. Basta acessar o site ou pelos telefones (86) 98847-0308 ou (86) 3231-0910. O prazo vai até 15 de janeiro.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Cariri

Belezas naturais, fé, trabalho e cultura. Sob os pés da Chapada do Araripe, aqui você encontra as principais notícias dos municípios da região. Por Antônio Rodrigues.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags