Busca

Categoria: Esporte


09:57 · 05.04.2017 / atualizado às 10:02 · 05.04.2017 por
Guarani se prepara para o duelo contra o Ceará (Foto André Costa)

Toda a logística para a primeira partida da melhor de três, válida pela semifinal do Campeonato Cearense de 2017, já está definida. O Guarani Esporte Clube, representante de Juazeiro do Norte, receberá o Ceará Sporting Clube hoje a noite, às 21h45, no Estádio Mauro Sampaio, o Romeirão.

O Guarani terminou a fase classificatória em quarto colocado, com 15 pontos. Nas quartas de final, eliminou o Maranguape, empatou a primeira partida em 1×1. No jogo de volta, o leão do mercado venceu 5×1. Junto com Guarani e Ceará, Fortaleza e Ferroviário completam o quarteto que buscam chegar na grande final da competição. Por ser o único representante do interior do Estado, o Guarani já é o Campeão do Interior e receberá a taça Padre Cícero.

A reunião aconteceu no Romeirão na última quinta-feira, 30, e contou com a participação de membros da Secretaria de Esporte, Juventude e Cultura (Sejuc), integrantes da diretoria do Guarani, representantes da Polícia Civil, Polícia Militar, Guarda Civil Municipal, Demutran, Secretaria de Saúde, Vigilância Sanitária e Conselho Tutelar. Todas estas entidades estarão envolvidas de forma direta com a realização do evento.

O principal objetivo do plano de ação é garantir que o espetáculo ocorra dentro da lei, de forma segura antes, durante e após o jogo. Destaca-se a vinda de 25 homens do Batalhão de Eventos da Polícia Militar para reforçar a segurança dentro e no entorno do Estádio.

Para a partida, serão disponibilizados 5.425 ingressos. 1.680 para arquibancada social, 3.280 para arquibancada geral, 75 para cadeiras cativas, 200 gratuidades e 200 cortesias. Apenas 10% dos ingressos serão destinados para a torcida visitante, assim como regulamenta o Estatuto do Torcedor.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

07:51 · 25.02.2017 / atualizado às 07:51 · 25.02.2017 por

Juazeiro do Norte. No próximo dia 12 de março, a Associação Juazeirense de Skate (Ajusk) realiza o Campeonato Juazeirense de Skate, neste município. A competição, que conta com o apoio da Secretaria de Esporte, Juventude e Cultura (Sejuc), tem caráter beneficente e envolverá atletas de toda região do Cariri. Competidores das cidades vizinhas como Nova Olinda, Brejo Santo, Jardim, Crato já confirmaram presença no evento. Skatistas da capital cearense também participarão.

São ofertadas as categorias mirim, iniciante, aberto e master. Cada modalidade tem um valor simbólico de R$ 5,00, R$ 10,00, R$ 15,00 e R$ 15,00, além de um quilo de alimento não perecível, que será doado para uma instituição. Ao todo, R$ 2 mil em prêmios serão distribuídos para os vencedores de cada categoria.  O evento acontece a partir das 15 horas, na pista de skate do Parque Ecológico de Juazeiro do Norte.

A SEJUC entrará com toda a parte de estrutura do evento. Som, palco, luz e banheiros químicos são alguns dos equipamentos que serão disponibilizados pela secretaria. É desejo do poder público apoiar todas as atividades esportivas que acontecem na nossa cidade, promovendo o esporte e oferecendo lazer para a nossa população.

Além da competição de skate, após as provas, acontecerá a apresentação de alguns grupos de rap da cidade, com a batalha de rimas, uma das atrações é o grupo Tony GDf. Quem quiser realizar a inscrição para o evento, pode procurar a loja Porão Rock. Até o dia 10 de março será cobrado apenas 50% do valor, e na hora do evento, o valor normal.

23:48 · 15.02.2017 / atualizado às 00:04 · 16.02.2017 por
O goleiro Fábio foi um dos destaques da partida

Juazeiro do Norte. Invicto dentro de seus domínios este ano, vice-líder do campeonato estadual e único time cearense a avançar de fase na Copa do Brasil. O ano não poderia começar melhor para o Guarani de Juazeiro. Com time bem treinado pelo técnico Washington Luiz e mostrando muita disposição, o Guaraju despachou o Náutico por 1 a 0 no estádio do Romeirão na noite desta quarta-feira (15), com gol marcado no segundo tempo pelo atacante Italo. Com a vitória, a equipe avançou, pela primeira vez, para a segunda fase da competição.

Jogo
Apesar de ter a vantagem do empate, a equipe pernambucana não ficou na retranca e saiu para o jogo, ameaçando o Leão do Mercado algumas vezes. Bem posicionado, a equipe cearense conseguiu impedir as investidas do Timbú. Nos primeiros minutos da partida o atacante e destaque do time Leilson buscou o gol, mas parou nas boas defesas de Tiago Cardoso. Em seguida o Náutico reagiu e foi para cima tentar um gol que aumentaria sua vantagem. Nos minutos finais da primeira etapa, o Timbú melhorou e tomou conta da partida. Porém, a superioridade não foi revertida em gol.

O segundo tempo começou com pressão do Náutico. Guaraju se defendeu bem e investiu em jogadas rápidas e envolventes. Em um dos ataques, o goleiro adversário deu rebote e a bola sobrou para Ítalo finalizar com precisão e abrir o placar aos 8 minutos. Sete minutos mais tarde, Leílson cabeceou com firmeza dentro da área e mandou a bola para o fundo da rede, mas a arbitragem assinalou impedimento.

Após o gol do Guaraju, o time pernambucano teve boas chances, mas o time da casa conseguiu segurar a vitória. O próximo adversário do Leão do Mercado na Copa do Brasil será o Sampaio Correia, equipe do Maranhão que eliminou o São José/RS. As outras equipes cearenses não conseguiram avançar de fase. O estreante Uniclinic esbarrou na Portuguesa; a o Ceará perdeu para o Boavista com um gol de pênalti nos acréscimos do segundo tempo e o Fortaleza foi derrotado de virada pelo São Raimundo.

Escalação do Guaraju
1 Fabio
2 Talisson
3 Regineldo
4 Pedro Lucas
6 Zé Aquiraz
5 Dim
8 Da Silva
10 Adenilson
7 Leílson
11 Ronda
9 Italo

Guarani 1 X 0 Náutico
Público pagante: 2.803
Público não pagante 234
Público total de 3.037 torcedores.
Renda: R$ 31.430,00

08:30 · 02.02.2017 / atualizado às 10:10 · 02.02.2017 por

Juazeiro do Norte. De 29 a 12 de fevereiro os apaixonados por futebol e pelo Icasa poderão conhecer melhor a história de um time que, ao longo dos quase 54 anos, emocionou e encantou milhares de pessoas. A exposição do Verdão do Cariri é uma verdadeira viagem no tempo.

Fotos preto em branco relembram os primeiros passos do que um dia se tornaria o orgulho de uma cidade. O passeio pelas lembranças do time tem uma data marcante, o ano de 2013 quando o Icasa ficou a um ponto da série A do Campeonato Brasileiro, a elite do futebol. Hoje, o time alviverde luta para retornar a série A do Campeonato Cearense e quem sabe ao brasileirão.

Para voltar a empolgar a torcida, o Icasa irá apresentar no próximo sábado, 4 de fevereiro, às 19h, o novo uniforme da equipe num desfile, com participação dos jogadores. Outra novidade será a apresentação do time feminino de futebol do Icasa. Tudo no espaço localizado próximo a loja Sérgios.

Já neste domingo, dia 5, os apaixonados por futebol poderão participar do Campeonato de Embaixadinha. A programação gratuita está marcada para começar às 15h. As inscrições podem ser feitas na própria exposição e quem fizer mais embaixadinha, tem premiação. O terceiro e o segundo lugar irão ganhar uma bola de futebol oficial, já o primeiro lugar, além da bola, leva também uma camisa oficial do Verdão do Cariri.

Serviço
Exposição Icasa – A Fé nos Conduz a Vitória
Local: Cariri Garden Shopping
Data: De 29 a 12 de fevereiro
Entrada Gratuita

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

10:28 · 30.11.2016 / atualizado às 08:57 · 07.12.2016 por

cjb

A grande paixão nacional, sem dúvida, ainda é o futebol. Outros esportes, no entanto, tem conseguido ganhar adeptos a cada dia. Mas não é uma tarefa simples. Essas modalidades enfrentam incontáveis dificuldades, como por exemplo, a falta de incentivo poder público. Em Juazeiro do Norte, o handebol amador sofre com a ausência total de apoio financeiro. O time Crajubar Handebol Clube (CJB), fundado há mais de 15 anos, sente na pele – ou no uniforme vestido por 19 mulheres – a falta de incentivo.

Uma vez por semana, as atletas se reúnem no ginásio Poliesportivo da cidade para treinarem. Entretanto, o objetivo da criação do time vai além do desporto. Com a maioria das mulheres participantes de baixa renda, o projeto quando foi pensado tinha por objetivo a “educação e integração social”. Passados uma década e meia, a busca por vitórias dentro e fora das quadras continua, apesar das dificuldades para que o time se mantenha ativo.

Dificuldades
Segundo o professor João Gutenbergue, as aulas não dispõem de materiais básicos para a prática do esporte. Ele conta que as dificuldades são inúmeras. “Falta lugar para treinar, pois os horários sempre estão reservados para o futsal, falta materiais básicos, e as vezes falta até a bola. Além disso, o apoio do governo é zero, as empresas não querem patrocinar, isso mesmo para os times oficiais da cidade”, lamenta.

Superação
Apesar das dificuldades, o CJB se mantém firme há mais de uma década, transformando a realidade das participantes. De acordo com a atleta Jordania Mattos, o esporte lhe ajudou a superar a depressão. “Eu já sofria essa doença há uns três anos. Uma vez vendo os jogos das olimpíadas, eu senti vontade de voltar para handebol, desde então, não sinto mais os sintomas da doença”, comemora.

Para Renata Marques, outra integrante da equipe, o Crajuar Handebol Clube veio “para mudar sua visão de mundo e lhe mostrar um novo caminho”. Ela acrescenta que o esporte melhorou, inclusive, seu desempenho escolar. “Quando comecei a jogar, eu não ia bem nos estudos e não andava com boas companhias, tudo isso mudou com o handebol, minhas notas melhoraram e meu futuro também”.

Enquanto o apoio financeiro não entra em quadra, elas vão demonstrando, a cada jogo, que são vitoriosas dentro e fora das quatro linhas, colecionando histórias de superação e aprendizado por meio do esporte, ainda que invisibilizado pelo poder público e empresas privadas.

A reportagem do Diário do Nordeste, tentou contato com a Secretaria de Esporte, Juventude e Cultura de Juazeiro, no entanto, as ligações não foram atendidas.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018