Busca

Categoria: Esporte


19:16 · 17.06.2018 / atualizado às 19:16 · 17.06.2018 por
No Cariri Garden Shopping as lojas fecharam durante o jogo e a Praça de Alimentação ficou lotada. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. As ruas da Terra do Padre Cícero foram tomadas, ainda timidamente, neste primeiro jogo. O verde e amarelo toma conta dos bairros periféricos, mas sem a mesma intensidade dos torneios anteriores. Nos bares, muitas famílias se reuniram para acompanhar a partida, mas não estavam todos lotados. No entanto, os torcedores que acompanhavam se mostraram otimistas para o hexacampeonato, antes da bola rolar.

“O Brasil vem bem. Fez uma boa eliminatória. A gente tem expectativa que chegue nas finais e seja campeão. Devido a seleção ter ido bem, o pessoal tá entrando no clima. Hoje, já estive fazendo compra de camisa e adereços da Copa. O pessoal está abraçando. A perspectiva é a melhor possível”, conta o eletrotécnico Ivanildo Bezerra.

No Gaizão, no bairros Franciscanos, muitas famílias se uniram pra torcer pro Brasil.

No Cariri Garden Shopping, ao contrários dos bares, a Praça de Alimentação estava completamente lotada. Bandeiras do Brasil enfeitaram o espaço, que contou com seis televisões espalhadas e um telão, que concentrou a maioria dos torcedores. Mais cedo, pagode e brincadeiras animaram os torcedores.

Por causa da partida, o horário de funcionamento no centro comercial foi alterado. Todas as lojas, exceto Praça de Alimentação e Cinema, fizeram uma pausa 30 minutos antes do jogo e retomou as suas atividades 30 minutos após. O mesmo deve acontecer nos próximos dois jogos, nos dias 22 e 27 deste mês.

14:17 · 14.06.2018 / atualizado às 14:17 · 14.06.2018 por
O equipamento custou R$ 2.160,000. (Fotos: Samuel Macedo)

Juazeiro do Norte. A primeira Areninha da terra do Padre Cícero foi inaugurada na noite de ontem (13), na praça Teodoro de Jesus Germano, no bairro Timbaúbas. O equipamento custou R$ 2,1 milhões com investimento de 80% do valor de responsabilidade do Governo do Estado e 20% da Prefeitura Municipal. Na abertura, uma partida de futebol foi realizada com participação do governador Camilo Santana e do prefeito Arnon Bezerra.

Muito mais do que a prática de esporte, o prefeito Arnon Bezerra afirmou que a Areninha irá servir para unir o povo de Juazeiro do Norte, proporcionando convivência social, combatendo a violência, com educação e bem-estar social e firmando grandes parcerias.  Outra será construída no bairro Campo Alegre.

O chefe do Executivo municipal destacou a grande expectativa da população de receber mais esse grande equipamento. Ele ressaltou a gratidão do povo da cidade em poder receber a obra, além de todas as parcerias com o governo para a realização de importantes projetos na cidade, como o Hospital Infantil Maria Amélia, que será reformado. Além disso, a entrega da Praça Padre Cícero deve acontecer antes dos festejos à Nossa Senhora das Dores, em setembro.

“Não é apenas um equipamento de esporte, mas social, onde irá funcionar escolinha de futebol com monitores, nos três turnos, para crianças e adolescentes”, disse ele. A Areninha é um espaço qualificado, com grama sintética, padrão Fifa, área iluminada, com banheiros, vestiários e bebedouros. “Cuidem bem desse equipamento. É de vocês, do povo de Juazeiro do Norte”, afirmou Camilo Santana.

Romeirão

O governador Camilo Santana anunciou, durante a inauguração da Areninha, que no próximo mês de julho, será realizada a licitação da nova Arena Romeirão de Juazeiro do Norte, que tornará o Estádio um dos mais modernos equipamentos do Nordeste brasileiro, no futebol.

09:18 · 12.06.2018 / atualizado às 09:18 · 12.06.2018 por
Com 95m por 73m de tamanho, o campo mede 85m por 60m (Foto: Helio Filho)

Juazeiro do Norte. Após ser adiado, a inauguração da Areninha deste Município acontece nesta quarta-feira (13). A obra já está concluída e fica localizada na praça Teodoro de Jesus Germano, na Avenida Humberto Bezerra, no bairro Timbaúbas. Com investimento de R$ 2.160,000, a construção teve 80% do valor de responsabilidade do Governo do Estado e 20% da Prefeitura Municipal.

O projeto contempla, em sua estrutura, campo sintético, banco de reservas, alambrados, rede de proteção, vestiários, depósito para material esportivo, iluminação, rampa de acesso para cadeirantes, paisagismo e pavimentação. Os terrenos onde serão construídas as Areninhas têm em média 95m por 73m e os campos 85m por 60m.

O governador Camilo Santana, garantiu para Juazeiro do Norte uma outra areninha e o prefeito Arnon Bezerra escolheu a comunidade do Campo Alegre para ser beneficiada. Brevemente será iniciada a licitação para que em seguida a obra seja iniciada. O titular da Secretaria de Esporte e Juventude (Sejuv), Luciano Basílio, busca assegurar junto ao Governo do Estado mais dois equipamentos para o Município.

Para Luciano Basílio, o equipamento contribuirá com a formação dos jovens juazeirenses. “Vai trazer um benefício muito grande para as crianças, jovens, adultos e toda a população Juazeiro do Norte. O nosso objetivo é poder colocar outras areninhas na cidade”, afirmou o secretário.

05:30 · 07.06.2018 / atualizado às 00:06 · 07.06.2018 por
A largada será em Goiânia e encerra em Fortaleza, percorrendo 3.530km. (Foto: Helio Filho)

Juazeiro do Norte. Cerca de 300 participantes, num dos maiores eventos do gênero no Mundo. Este é o Rally dos Sertões, que passará, pela primeira vez, neste Município do Cariri Cearense. Na tarde de ontem (06), o prefeito Arnon Bezerra se reuniu, em seu gabinete, com a produção da competição. A expectativa é que os competidores passem pela terra do Padre Cícero no dia 24 de agosto, seguindo no dia seguinte, 25.

Esta será a 26ª edição do Rally dos Sertões, que acontece anualmente. Já são mais de 146 veículos inscritos, 230 participantes – sendo 6 mulheres -, 68 equipes, de 18 estados brasileiros. A largada será em Goiânia, no dia 18 de agosto, e encerra em Fortaleza, no dia 25 de agosto, percorrendo 3.530km. As quatro primeiras etapas são válidas para o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country.

A grande estrutura para o evento contará com o apoio da Administração Municipal para a sua realização. Na reunião, o chefe do executivo juazeirense assegurou diversos pontos para os organizadores, diante da visibilidade nacional e internacional que será dada ao Município.

Os técnicos André Dorneles e Marcos Brum, que estiveram com o prefeito, destacaram a grande receptividade de Juazeiro do Norte e a estrutura fornecida inicialmente para as centenas de motos, carros, UTVs (quadriciclos), picapes e alguns veículos de grande porte estacionarem no Município, em áreas próximas ao Luzeiro do Sertão e à Basílica de Nossa Senhora das Dores. Além disso, portais estarão montados na entrada e saída da cidade para a chegada das máquinas.

A recepção em Juazeiro do Norte será no dia 24, às 9h30, com chegada pelo Crato, percorrendo a Av. Padre Cícero, Av. Castelo Branco, seguindo pela Rua São Pedro até a Basílica. Um dos bairros carentes do Município ainda será contemplado com ações sociais pela organização do evento, contando com suporte da administração municipal.

O Rally Sertões também é conhecido por levar Ação Social e Ambiental para os locais por onde a prova passa. O rali conta com uma caravana de 2.700 pessoas por edição e movimenta todos os setores da economia das cidades por onde passa.

12:13 · 28.05.2018 / atualizado às 12:13 · 28.05.2018 por
Campeão mundial em 2007, Tiago Camilo é um convidados. (Foto: Divulgação)

Crato. O sistema Fecomércio promove, entre os dias 1º e 3 de junho, o Encontro Sesc de Judô, com presença do medalhista olímpico Tiago Camilo e da atual técnica da Seleção Brasileira Feminina, Rosicleia Campos. O momento é para troca de experiências, absorção dos conteúdos teóricos em palestra, e demonstrações técnicas em oficinas. O evento também inclui competições para praticantes de judô, que devem se inscrever até a próxima quarta-feira (30). As vagas são limitadas.

A palestra de abertura do Encontro Sesc de Judô, na próxima sexta-feira (01), às 19h, na Unidade Crato do Sesc, com o medalhista olímpico Tiago Camilo e a atual técnica da Seleção Brasileira Feminina, Rosicleia Campos. Entre os temas do bate-papo, as dificuldades e ganhos no esporte, um apanhado geral de suas trajetórias, além de dicas e orientações para quem pretende iniciar ou já é praticante de judô. Para assistir a palestra não é necessário se inscrever.

Competições

Aos atletas interessados em participar integralmente da programação, inclusive competindo, é necessário realizar a inscrição presencialmente no Setor de Relacionamento com Clientes da Unidade Crato do Sesc, até quarta-feira (30). Os que não puderem ir até lá, devem fazer uma pré-inscrição pelo telefone (88) 3523-4444 ou pelo e-mail arclebiapereira@sesc-ce.com.br. Neste último, a efetivação da inscrição se dará no dia 1º de junho. O regulamento com todas as categorias está disponível no site.

Serão três dias de aprendizado com palestra, oficinas e competições de judô, num intercâmbio de conhecimento entre alunos e os mais respeitados judocas da atualidade do País. Para que o atleta esteja apto a participar das competições do Encontro, é necessário estar praticando o judô regularmente com professores filiados e regularizados junto à Federação Cearense de Judô (FECJU) e Confederação Brasileira de Judô (CBJ).

A pesagem extraoficial dos atletas acontece no dia 1º, de 14h às 15h, e a oficial logo na sequência, das 15h às 16h e quem faltar estará automaticamente desclassificado da competição. Público e familiares não precisam realizar inscrições para assistir às provas.

Para a realização da edição de 2018 do Encontro Sesc de Judô, o Sesc terá apoio do Cariri Garden Shopping, LBL Gráfica, Arajara Park, Associação de Judô Tsume To Wash,Lagarta Pintada Buffet, Universidade Regional do Cariri (URCA), Unesco, Geoparque Mundial da Unesco, Monarca Louge Bar e Laboratório Vicente Lemos.

Os convidados

Campeão mundial de judô em 2007, Tiago Camilo também é bicampeão dos jogos Pan-Americanos (2007 e 2011), medalhista nas Olimpíadas de Sydney (2000) e Pequim (2008), além de ter conquistado 23 medalhas em Copa do Mundo/Grand Prix e Grand Slam (1998/2016). Paulista de Tupã, o judoca começou com apenas cinco anos de idade a ter contato com o esporte, por meio do irmão Luiz Francisco Camilo, que já era adepto do judô à época.

Rosicleia é treinadora da seleção brasileira desde 2005. (Foto: Divulgação/CBJ)

Já Rosicleia Campos é atual técnica da Seleção Brasileira de Judô Feminino, e já esteve à frente das duas conquistas de ouro olímpico feminino no judô brasileiro. Em 2011, recebeu o prêmio Brasil Olímpico como melhor técnica do país entre todas as modalidades olímpicas. Atleta olímpica nos Jogos de Barcelona (1992) e Atlanta (1996), Rosicleia Campos se tornou técnica da seleção em 2005.

A partir daí, a equipe feminina brasileira passou a apresentar resultados consistentes, culminando com a primeira medalha olímpica feminina individual do Brasil: o bronze de Ketleyn Quadros, em Pequim (2008). Em 2011, a equipe feminina de judô do Brasil conquistou três medalhas no Campeonato Mundial de Paris, sendo uma prata, com Rafaela Silva, e dois bronzes, com Sarah Menezes e Mayra Aguiar.

Programação:

1/6 (sexta- feira)

Pesagem extraoficial

Horário: 14h

Local: Quadra poliesportiva da Unidade Crato do Sesc (Rua André Cartaxo, 443, Centro, Crato)

Pesagem oficial

Horário: 16h

Local: Quadra poliesportiva da Unidade Crato do Sesc (Rua André Cartaxo, 443, Centro, Crato)

Palestra de abertura com Tiago Camilo e Rosicleia Campos

Horário: 19h

Local: Quadra poliesportiva da Unidade Crato do Sesc (Rua André Cartaxo, 443, Centro, Crato)

2/6 (sábado)

Oficinas de judô – Ministradas por Tiago Camilo e Rosicleia Campos

Horários: 14h / aula especial para crianças e adolescentes – 15h / aula especial para adolescentes acima de 15 anos

Local: Cariri Garden Shopping (Av. Padre Cícero, 2555, Triângulo, Juazeiro do Norte)

3/6 (domingo)

Competições de Judô em diversas categorias com participação de Tiago Camilo e Rosicleia Campos

Horário: 8h

Local: Quadra Esportiva da Unidade Crato do Sesc (Rua André Cartaxo, 443, Centro, Crato)

Inscrições

Período: 14 a 30/5

Horário: 8h às 18h30

Local: Unidade Crato do Sesc (Rua André Cartaxo, 443, Centro)

Valor: R$ 20 (comerciário) + 1 kg de alimento; R$ 25 (conveniado) + 1 kg de alimento; R$ 30 (usuário) + 1 kg de alimento.

Informações: (88) 3523-4444

08:54 · 21.05.2018 / atualizado às 11:05 · 21.05.2018 por
A expectativa é atender cerca de 200 crianças de comunidades carentes. (Foto: Américo Nunes)

Juazeiro do Norte. Com expectativa para atender cerca de 200 pessoas carentes de comunidades locais, a Fundação Terra iniciará a construção de uma unidade neste Município até o fim deste mês. A  previsão é de que empreendimento, que ficará no bairro Horto, esteja pronto em até dois anos. A organização vai promover atividades voltadas para as áreas de educação e social, oferecendo reforço escolar, aulas de jiu-jítsu, karatê, judô, além de ações direcionadas para a música e o teatro. Ao longo dos anos, o número de vagas pode ser ampliado.

Para arrecadar recursos, uma equipe da Campanha Iluminar visita residências, de porta em porta, no Cariri, com o objetivo de incentivar a solidariedade das pessoas através de uma pequena doação por meio da conta de energia elétrica. A contribuição pode ser feita por meio de uma quantia mensal de R$ 2.

Outra maneira de colaborar com as obras é realizando uma doação na conta corrente da entidade (segue abaixo). Todo valor arrecadado no projeto será destinado para erguer o prédio da instituição na Rua Espedito Belarmino de Souza, nº 516, bairro Horto.

Com a soma desse montante, será construído um espaço que contará com sete salas de aula, uma quadra poliesportiva coberta, uma cantina e um setor administrativo. Para levantar o empreendimento, a Prefeitura de Juazeiro do Norte doou o terreno, cuja aprovação na Câmara Municipal de Vereadores foi por unanimidade. Para o criador e presidente da Fundação Terra, Padre Airton Freire, a região foi escolhida “segundo as necessidades dos tempos”.

A Fundação Terra

A Fundação Terra é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que atende a moradores de 38 municípios de Pernambuco e do Ceará. A instituição desenvolve fortemente atividades em três principais pilares: Educação, Saúde e Social. Criada pelo Padre Airton Freire em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, a organização passou de uma pequena “sala de aula” debaixo de uma árvore, em 1984, para duas escolas e três creches nos dias atuais.

Essa é apenas uma das inúmeras conquistas que marcam a trajetória da instituição. Inaugurada numa área chamada popularmente de Rua do Lixo, em Arcoverde – município a 250 quilômetros do Recife –, a história da organização transformou a geografia do lugar, inseriu sua população numa sociedade de direitos e ofereceu dignidade às famílias que viviam da coleta de restos de comida.

Mais informações

Telefone: (87) 3821-1542.

Conta corrente:

Banco do Nordeste do Brasil

Agência: 0029 Conta: 76.218-1

10:17 · 17.05.2018 / atualizado às 10:17 · 17.05.2018 por
Única unidade em área urbana de Crato, Sítio Fundão tem trilhas e equipamentos históricos. (Foto: Antonio Rodrigues)

Crato. “Você no fundo dessa história”, com este tema, o Parque Estadual Sítio Fundão realiza a I Gincana Corrida de Orientação nesta sexta-feira (18), a partir das 8h. Cerca de 60 competidores estarão se aventurando nas trilhas da unidade em grupos de três componentes, totalizando assim uma bateria de 20 grupos.

A Unidade de Conservação realiza esta ação em parceria com a EEIEF Prof. Álvaro Rodrigues Madeira, o Instituto Federal do Ceará (IFCE), no campus local. A gincana terá a participação na competição do professor Luciano Carvalho, que ministra a disciplina Esportes de Natureza na unidade escolar, e seus estudantes.

Serão premiados os competidores que conseguirem percorrer os 15 Postos de Controle e responderem corretamente, em menor tempo, os enigmas neles distribuídos. Para isso, cada grupo de participante receberá uma cópia colorida do mapa falado e um cartão de corrida. 

A I Gincana Corrida de Orientação surgiu da vontade de valorizar e mostrar que o potencial do Parque é bastante diversificado, e que, é sim possível a prática de atividades distintas em ambientes naturais sem impactar o meio e proporcionando além de diversão uma melhor qualidade de vida.

O evento é a 6º grande ação em comemoração aos 10 anos de criação do Parque Estadual Sítio Fundão. 

I Gincana Corrida de Orientação 

Data de realização: 18 de Maio de 2018 (sexta-feira), a partir das 8h

Local: Unidade de Conservação Pares Sítio Fundão.

Ref. Vizinho a Grendene em Crato/CE.

Contato: e-mail| pares.sitiofundao@gmail.com Telefones| (88) 9 9993-6434 / (88) 9 9984-3835

12:55 · 10.05.2018 / atualizado às 12:55 · 10.05.2018 por
Os advogado Petrucio Monteiro e Coelho Neto ao lado do presidente do Icasa Valdernor Agra (centro) apresentaram a defesa e os números das dívidas do clube. (Foto: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. Dentro de campo, no próximo domingo (13), o Icasa decide sua classificação para a segunda fase Campeonato Cearense da 2ª Divisão, enfrentando o Itapipoca, às 15h30, no Estádio Romeirão. Precisa vencer e torcer por outros resultados para manter vivo o sonho de voltar à elite estadual. Fora de campo, a luta é ainda maior: sobreviver. Em coletiva de imprensa na tarde de ontem (9), o presidente do clube, ao lado de dois advogados, declarou que vai apresentar defesa em uma ação que cobra R$ 4,1 milhões do Verdão do Cariri.

Esta dívida foi adquirida nos anos de 2013 e 2014 durante a gestão do então presidente Paes de Lira. O empresário Emerson Maranhão injetou cerca de R$ 2 milhões no clube – hoje, o recálculo dá R$ 4,1 milhões -, na época que foi vice-presidente do Núcleo Administrativo do Icasa. “Analisando os autos, a gente percebeu há vários vícios no processo e queremos impedir o Icasa de sofrer uma penhora do CT”, explica o advogado Petrucio Monteiro, que assumiu a defesa do clube voluntariamente.

O advogado explica que, mesmo fazendo parte do núcleo gestor, a confissão de dívida deveria ter passado pelos conselhos Fiscal e Deliberativo do Icasa, algo que não aconteceu. O documento foi assinado por Paes de Lira com duas testemunhas que ainda não foram localizadas pela assessoria jurídica do Verdão do Cariri. “O Código Civil permite que abra a discussão de onde esse dinheiro foi parar. Um clube do porte do Icasa não gasta 2 milhões da noite para o dia que a gente não saiba onde foi. Na contabilidade, não identificou esse dinheiro, nem mesmo um empréstimo”, garante Petrucio.

Além da Associação Desportiva Recreativa e Cultura Icasa, clube filiado à Federação Cearense de Futebol, Emerson Maranhão incluiu a Associação de Amigos do Icasa e o Núcleo Administrativo do Icasa como réus. No entanto, nenhum destes dois participou da confissão de dívida. “A gente vai convidar o ex-presidente para explicar e ir atrás do que ocorreu”, pondera Petrucio. O CT Praxedão, por exemplo, pertence à Associação de Amigos do Icasa e o terreno é da Prefeitura de Juazeiro do Norte. Caso a Justiça estenda que faz parte do mesmo grupo econômico, o equipamento esportivo pode ser penhorado.

Até segunda-feira (14), os advogados entrarão com a defesa, pedindo a anulação do documento. Como a ação é extrajudicial, é possível discutir a origem desta dívida. Petrucio chegou a conversar com o advogado de Emerson Maranhão não chegaram a um acordo. Só poderá haver audiência, caso algum dos lados peça conciliação.   Além disso, o advogado disse que é possível que o ex-presidente Paes de Lira se torne réu no processo e componha um polo passivo por comum responsável nesta ação, já que assinou a confissão de dívida sem consultar os conselhos, “algo que ele era obrigado a consultar, previsto no estatuto do Icasa”, acrescenta Petrucio.

A reportagem procurou o ex-presidente Paes de Lira por telefone, mas as ligações não foram atendidas até o fechamento desta matéria.

Dívidas trabalhistas 

Além de R$ 4,1 milhões, o Icasa deve aproximadamente R$ 12 milhões. Deste valor, só na 3ª Vara Cível da Comarca de Juazeiro do Norte são, aproximadamente R$ 5 milhões. No entanto, há ações de vários lugares do Brasil. Além disso, o clube deve em torno de R$ 1 milhão em dívidas fiscais. Este, inclusive, é o principal problema, pois, por causa disso, o clube não consegue adquirir a certidão negativa, necessária para liberação de dinheiro público.

O presidente Valdenor Agra calcula que, só durante sua gestão, o Verdão do Cariri tem a receber R$ 600 mil do Governo do Estado e da Prefeitura de Juazeiro do Norte pela participação em algumas competições. “A gente quer pagar, mas tem que pagar quem está jogando hoje. Não pode pagar os trabalhadores do passado se não pagar o de hoje. Tem que fazer receita. Se a gente fazer receita, aos poucos vai negociando. Um dia vai está tudo organizado para o presidente assumir não o que passei: ter conta pessoal bloqueada pela Justiça do Trabalho”, lamenta o gestor.

Por causa disso, o presidente fez um apelo para que os torcedores ajudassem o time, já que são mais de 100 causas trabalhistas, fora as civis. “Tem que abraçar o time. O que puder fazer hoje, pode ser o que falta para o Icasa sair dessa. Colocar 10 reais por mês, 30 reais por mês no time que deu tanta alegria a ele ou se voluntariar. Cada um fazendo um pouco, a gente chega nos valores. Eu vejo esperança de salvar o Icasa, por isso tô aqui”, garante Valdenor Agra.

11:39 · 07.05.2018 / atualizado às 11:39 · 07.05.2018 por
Ginásio Poliesportivo será o primeiro equipamento público a receber energia solar. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Juazeiro do Norte. A Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Público escolheu o Ginásio Poliesportivo para ser o primeiro equipamento público do Município a ter energia solar. Em breve, a instalação das placas será iniciada no teto do equipamento. Além de uma energia sustentável e renovável, a expectativa é que esta mudança traga uma economia financeira para os cofres públicos.

Recuperação

Até serem montadas as primeiras placas, na quadra interna, mais de 50% da iluminação do Ginásio Poliesportivo já foi recuperada. Nas quadras externas, a situação era de apagão geral e a Sejuv já conseguiu apresentar melhorias notórias para a população. A sala de tatame também teve a iluminação instalada por completo. Antes eram apenas três lâmpadas, agora são 12. Também foram instalados refletores no entorno para melhorar ainda mais a iluminação do equipamento.

Romeirão

Além dele, o Estádio Mauro Sampaio, o Romeirão, e algumas quadras da zona rural também tiveram a iluminação revitalizada. No principal palco de futebol do Município boa parte da fiação elétrica foi trocada. Alguns refletores danificados também foram retirados para a instalação de novos. A Secretaria de Esporte e Juventude (Sejuv) ainda faz um levantamento das quadras urbanas e rurais que necessitam de melhorias de iluminação e estrutural.

“A demanda era antiga, tanto as quadras externas como a interna sofriam com a falta de iluminação e hoje a realidade é outra. Estamos trabalhando com o aval do prefeito Arnon Bezerra para dar total apoio aos esportistas, seja com espaços bem estruturados ou com material”, afirmou o titular da Pasta, Luciano Basílio.

11:41 · 01.05.2018 / atualizado às 12:21 · 01.05.2018 por
Icasa campeão juazeirense de 1969. Em pé: Azul, Zé do Carmo, Ramos, Zé Cicero, Nena, Pirajá e Isaias (massagista). Agachados: Raimundo Pio, Dote, Caçote, Joãozinho, Geraldino e Gilson. (Foto: Arquivo Alemberg Quindins)

Juazeiro do Norte. “A fé nos conduz à vitória”, garante o hino do Icasa. No entanto, nos últimos anos, a fé não tem sido suficiente para o sucesso do Verdão do Cariri que, nesta terça-feira (1º), completa 55 anos de fundação. Se há pouco mais de quatro anos o clube quase subiu à Série A do Campeonato Brasileiro, hoje, amarga a 6ª colocação na segunda divisão do Campeonato Cearense, correndo risco de ser eliminado logo na primeira fase.

O Icasa não vence há três jogos: são duas derrotas e um empate no último domingo (29), em 0 a 0, contra o Esporte Limoeiro. Com 10 pontos na classificação, o Verdão do Cariri acumula três vitórias (uma por W.O.), três derrotas e um empate. O time tem dois jogos pela frente – Pacajus (f) e Itapipoca (c) – para garantir a vaga na segunda fase e tentar o acesso à elite do futebol cearense.

Mesmo assim, longe dos gramados, a diretoria preparou um momento festivo entre seus torcedores na manhã de hoje (1º), no CT Praxedão. A partir das 8h, um jogo festivo foi realizado ao mesmo tempo que bebidas e comidas típicas foram vendidas. Além disso, uma camisa comemorativa retrô está sendo comercializada. Todo o dinheiro arrecadado é destinado para o clube.

Há pouco mais de um ano que assumiu a presidência, o Major Valdenor Agra tem buscado recuperar a situação financeira do clube. Estima-se que o valor das dívidas trabalhistas acumuladas pelo clube, principalmente nos últimos seis anos, gire em torno de R$ 10 milhões. “Por mim, estava lá na arquibancada, torcendo”, conta o presidente.

Atualmente, a principal aposta de receita é o programa de sócio-torcedor “300 Libertadores”, com meta de atingir 300 associados em cada uma das quatro categorias: diamante, ouro, prata e bronze. Tudo isso para tentar resgatar a imagem e saúde financeira do Verdão do Cariri.

Elenco do Icasa que quase conquistou o acesso à Série A. (Foto: Samuel Macedo)

Sucesso

Time do Cariri com maior torcida, o Icasa bateu na trave em 2013, quase conquistando o acesso à elite do futebol brasileiro. Ficou apenas um ponto atrás do Figueirense. Nas duas últimas décadas, o clube foi vice-campeão cearense em três oportunidades (2005, 2007 e 2008), vice-campeão brasileiro da Série C (2012) e teve quatro participações na Copa do Brasil e quatro no Campeonato Brasileiro da Série B. De lá para cá, foram três rebaixamentos.

História

No dia 15 de janeiro de 1955, foi inaugurada a primeira usina do Complexo Hidrelétrico de Paulo Afonso, na Bahia. A obra começou a fornecer energia elétrica para o Nordeste brasileiro, ajudando no crescimento, principalmente das cidades do interior. Na região do Cariri não foi diferente. No centro comercial de Juazeiro do Norte foram instaladas suas primeiras indústrias. Um destes empreendimentos, a Indústria e Comércio de Algodão de Sociedade Anônima (Icasa), criada por José Feijó de Sá, produzia algodão e também, óleo vegetal.

A empresa se mudou para a CE-292, que liga à cidade de Crato, onde hoje funciona a multinacional Singer. Ali, funcionou o primeiro parque industrial do Município. Por trás da fábrica, os operários da Icasa construíram um campo de futebol que era utilizado antes ou depois do expediente. A rivalidade acontecia entre os empregados do setor de algodão e do setor de óleo.

O treinador Praxedes Ferreira, que assumiu o comando do Volante Atlético Clube, foi a uma destas “peladas” procurar algum jogador para o seu time, mas viu, naqueles campo de terra, a oportunidade de criar um novo time de futebol amador no Município. Os diretores da fábrica aceitaram a ideia, acreditando que ajudaria a divulgar a marca. No dia 1º de Maio de 1963 nasceu o Icasa Esporte Clube, conhecido como “Verdão do Cariri” e 11 dias depois se filiou à Liga Desportiva Juazeirense.

As cores, verde e branco, foram escolhidas para representar o algodoeiro. Seu primeiro presidente foi Teodoro Germano e o treinador, Praxedes Ferreira. Os atletas eram funcionários da fábrica que recebiam um salário mínimo. Craques de times rivais e até jogadores profissionais foram atraídos pelo emprego com carteira assinada e salário mínimo. No seu seu primeiro ano, foi campeão juazeirense, tirando a hegemonia de três anos do Leão do Mercado.

Mudança

Após vencer o campeonato amador de Juazeiro do Norte oito vezes, o Verdão do Cariri se filiou à Federação Cearense de Futebol em 1972, para disputar o estadual. Chegou a ser proclamado campeão em 1992, junto com Tiradentes, Fortaleza e Ceará, e vice-campeão duas vezes em 1993 e 1995.  No entanto, após acumular dívidas trabalhistas, o Icasa Esporte Clube declarou falência em 1998, dando lugar ao Juazeiro Empreendimentos Esportivos.

Mudança que durou pouco tempo, pois, em 2002, foi criada a Associação Desportiva Recreativa e Cultural Icasa, fundada no dia 7 de janeiro, mas que adotou as mesmas cores do Icasa Esporte Clube. A torcida abraçou o novo clube e o reconheceu como a continuação do antigo, adotando sua história. Por isso, comemora  seu aniversário como 1º de maio.