Categoria: Infraestrutura


13:43 · 19.06.2019 / atualizado às 13:43 · 19.06.2019 por
Foto: Antonio Rodrigues

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) finalizou a instalação de aproximadamente 1,5 quilômetro de nova tubulação de rede de abastecimento de água nos bairros Jardim Gonzaga e Frei Damião, em Juazeiro do Norte. O serviço beneficia diretamente cerca de 820 pessoas com água tratada e de qualidade nas torneiras.

O trabalho executado abrange os bairros que fazem parte do Posto de Operações Oeste da Cagece e proporciona melhorias no sistema de distribuição, bem como garante maior qualidade no abastecimento de água para a população beneficiada. Além disso, o serviço permite maior continuidade do abastecimento e evita ocorrências de ligações clandestinas.

De acordo com a gestora do Posto Operacional Oeste da Cagece, Juliana Filgueiras, a área beneficiada com este serviço não era atendida anteriormente com rede de água. “A obra otimizou consideravelmente a distribuição de água no Jardim Gonzaga e Frei Damião. Agora, com as ampliações de redes que foram executadas, houve melhora significativa no fornecimento de água e conseguimos também regularizar e evitar ligações clandestinas”, explica.

Durante o trabalho de ampliação da rede, a companhia também realizou o processo de cadastramento dos clientes e realizou as novas ligações. Para a execução da obra, a Cagece investiu em torno de R$ 66 mil provenientes de recursos próprios.

Descentralização

O Posto de Operações Avançadas (POA) Oeste trata-se de um equipamento da companhia lançado em 2018, implantado no Plano de Melhorias para Juazeiro, cuja finalidade é dar maior dar mais fluidez e agilidade na execução dos serviços, já que dispõe de equipes que atuam especificamente em áreas delimitadas da cidade, contando com um supervisor que acompanha o andamento da programação dos serviços diários. Além do POA Oeste a Cagece também dispõe dos postos Central e Leste.

14:01 · 13.06.2019 / atualizado às 14:02 · 13.06.2019 por
Foto: Antonio Rodrigues

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) concluiu, neste mês de junho, a segunda etapa do serviço de ampliação do sistema de abastecimento de água do município de Abaiara. A companhia instalou 1km de nova rede que beneficiará cerca de 480 pessoas nos bairros Alto da Alegria e Populares. Para a ampliação, foram investidos cerca de R$ 40 mil provenientes de recursos próprios.

De acordo com o gestor o núcleo da companhia em Abaiara, Joerferson Soares, o serviço de ampliação proporcionará maior regularidade no abastecimento e melhoria na qualidade da água para as áreas beneficiadas. “Com a instalação da rede da Cagece, a população terá uma garantia do fornecimento de água assegurado em quantidade e qualidade satisfatórias. A companhia tem empenhado esforços para garantir melhorias no abastecimento de Abaiara”, explica.

Em 2018, a Cagece instalou 500 metros de rede na primeira etapa do serviço e finalizou a última etapa da ampliação, executando 1km de nova rede nas localidades. A rede instalada permite uma melhor distribuição da água, já que está ligada ao poço que abastece a cidade. Nesta última etapa do serviço, a companhia está realizando as ligações dos imóveis.

Para solicitar a ligação de água o cliente pode procurar o escritório de atendimento da Cagece ou entrar em contato com a companhia pela Central de Atendimento (0800 275 0195), portanto RG e CPF. A sede do núcleo da Cagece em Abaiara fica na Avenida Padre Ibiapina, 512, Centro.

11:38 · 06.06.2019 / atualizado às 11:39 · 06.06.2019 por
Foto: Divulgação/Prefeitura

Foi iniciada, ontem (05), a recuperação do canal do Rio Granjeiro, em Crato, danificado pelas fortes chuvas deste ano. Segundo a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), o custo total da obra é de R$ 1.491.836,58 e o valor de investimento é oriundo de recursos do próprio Município.

As intervenções, com prazo de conclusão de três meses, incluem recuperação das paredes, fundo do canal, passarela metálica, passeios, final do canal (em frente à escola 18 de Maio), além do desassoreamento de todo o leito do canal do rio até a ponte da Avenida Tomás Osterne de Alencar.

A medida visa oferecer segurança aos moradores das margens do canal e evitar possíveis transtornos, assim como liberar a Avenida José Alves de Figueiredo para a Expocrato, que acontece no mês de julho.

Obra parcial

As obras de recuperação do canal não solucionam os problemas do canal do Rio Granjeiro. Segundo o professor da Universidade Federal do Cariri (UFCA), Paulo Roberto Lacerda, doutor em Recursos Hídricos, tem sido observado que o aumento da urbanização, sobretudo no sopé da Chapada do Araripe, tem causado a impermeabilização do solo.

“Na parte da encosta, a parte mais íngreme, houve um crescimento da ocupação, aumento das áreas impermeáveis, derrubada da mata. A água vai para o montante da bacia, na parte mais alta e escoa rapidamente”, explica.

Através do estudo de uso e ocupação do solo, o pesquisador observou que os lotes, na encosta da Chapada do Araripe, antigamente, eram maiores. Depois, passaram a ser menores e aumentou a ocupação. “O problema maior é a intensidade da chuva em um curto espaço de tempo. Como a bacia não tá recebendo infiltração, o canal não está suportando a vazão”, explica Paulo.

Possível solução

Em 2011, a Prefeitura do Crato trouxe um engenheiro que fez estudos preliminares sobre a Bacia do Granjeiro. Houve um sobrevoo na área e visita a pé. Na época, foram detectadas duas necessidades: a primeira, criar barragem de amortecimento para diminuir a velocidade da água; a segunda, reconstruir todo canal em concreto, triplicando sua vazão atual. A obra comprometeria toda a Avenida José Alves de Figueiredo.

Há seis anos, só a elaboração deste projeto custava quase R$ 1 milhão. A Seinfra acredita que sua execução ficaria em torno de R$ 100 milhões. 

14:34 · 05.06.2019 / atualizado às 14:34 · 05.06.2019 por
Foto: Divulgação

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) concluirá, até o próximo sábado (08), a substituição dos ramais de ligação de água na Rua Padre Cícero, no Centro de Juazeiro do Norte. Ao todo, 29 imóveis, entre residências comuns e hotelaria, serão contempladas como o novo sistema. O serviço previne vazamentos.

Uma equipe de responsabilidade e interação social da Cagece realizou visitas porta a porta para explicar aos moradores sobre o serviço que está sendo executado pela companhia. Além disso, a equipe também propôs aos clientes do local, o deslocamento da caixa de hidrômetro para a área externa das residências, o que facilita o trabalho de leituras, bem como a execução de serviços como em caso de retiradas de vazamento em hidrômetro.

De acordo com o gerente da Cagece na região da Bacia do Salgado, Gilberto Júnior, o serviço realizado no local visa substituir os ramais mais antigos para evitar perdas de água. “A Cagece está realizando este trabalho de substituição dos ramais antigos na avenida padre Cícero, onde a Prefeitura também faz uma obra de drenagem. Todos os ramais antigos estão sendo substituídos por outros novos e de material mais resistente. O objetivo é prevenir ocorrências de vazamentos, bem como evitar desperdício e intervenções na via”, disse.

O serviço de substituição dos ramais de ligação de água faz parte do Plano de Melhorias para Juazeiro do Norte, lançado em junho 2018. Até agora, já foram substituídos 565 ramais, totalizando, aproximadamente, 2.785 metros do equipamento em diferentes bairros de Juazeiro.

05:34 · 30.05.2019 / atualizado às 05:34 · 30.05.2019 por
Foto: Divulgação/Prefeitura

A reforma do Mercado Walter Peixoto, em Crato, foi tema de debate entre a Prefeitura e os permissionários, na tarde de ontem (29). A gestão municipal apresentou um projeto de reforma onde promete um equipamento mais moderno, acessível e confortável para consumidores e vendedores. O prédio foi erguido há 34 anos.

O espaço será redimensionado, reorganizado por área e atenderá a todas as exigências de acessibilidade e segurança. Também ganhará ainda uma nova fachada e mais vagas de estacionamento, delimitando área de carga e descarga. Já o setor de alimentação será deslocada para um piso superior, com projeto semelhante ao do Shopping Popular do Crato, como uma praça.

“Queremos atrair os cratenses e os visitantes para conhecer o Mercado e assim melhorar a venda de cada um, ser mais atrativo para a população, garantindo limpeza e conforto para todos. Todos que estão lá têm a garantia que vão permanecer. Outro compromisso assumido é que não vamos diminuir os boxes, mas vamos padronizar”, afirmou o prefeito José Ailton Brasil, que apresentou o projeto.

O novo Mercado Walter Peixoto causou uma boa impressão nos permissionários que compareceram à apresentação. O vendedor Raimundo Elói da Cruz, que está no local há quase 33 anos,  disse que a espera valeu a pena. “Gostei demais. Eles ajudam a gente e a gente ajuda eles. Criei meus filhos de lá e a reforma vai melhorar mais a nossa venda”, comentou.

Essa foi a primeira reunião para apresentar a proposta arquitetônica aos permissionários. Agora, a gestão municipal vai fechar o levantamento da quantidade de boxes por cada área (hortifrúti, mercearia, carnes e alimentação) e seguir com a parte técnica. Todo o entorno do local também passará pelo reordenamento e todos os feirantes devem ficar apenas dentro do novo espaço, uma reivindicação antiga dos permissionários.

05:21 · 30.05.2019 / atualizado às 05:21 · 30.05.2019 por
Foto: Elizângela Santos

Será inaugurado, nesta sexta-feira (21), às 18 horas, o Alameda Juazeiro – Centro de Gastronomia Rita Araújo da Silva, conjunto de lojas onde funcionava o antigo terminal de ônibus de Juazeiro do Norte. Colorido e resgatando as fachadas dos casarões antigos que ficavam ao redor da Praça Padre Cícero, o espaço promete ser um novo ponto turístico do Cento da cidade.

Com 43 lojas e três banheiros, o local abrigará um calçadão com bares e restaurantes, além de vendas de artesanatos, fomentando, assim, a atividade econômica e turística na terra do Padre Cícero. As obras fazem parte do mesmo projeto de reforma da Praça Padre Cícero, que já foi entregue em setembro de 2018, resgatando o traçado da década de 1960 do equipamento.

O noval terá três novos banheiros. (Foto: Elizângela Santos)

Com investimento de R$ 4,5 milhões dos governos Federal, Estadual e Municipal, a praça recebeu obras paisagismo e instalação de postes coloniais. Além disso, foram colocados piso com ladrilhos, bancos de granilite e 18 novas lixeiras. A obra também contemplou as ruas no entorno com pavimentação em piso intertravado e drenagem. 

Coluna da Hora

Ainda resta no projeto a recuperação da Coluna da Hora e da estátua do Padre Cícero de bronze, que já foi licitado. Nela, será feita a restauração completa da máquina mecânica do relógio, incluindo a confecção de novas peças do mostruário, limpeza, adaptação e restauração dos sistemas, revitalização dos cabos de aço, restauração do indicador das fases da lua, além de outras peças como satélite e gabinete.  

12:49 · 29.05.2019 / atualizado às 12:59 · 29.05.2019 por
Foto: Paulo Henrique Rodrigues/SVM

A indignação dos moradores do bairro Palmeiral, em Crato, se tornou ironia. Por conta de um grande volume de esgoto que se formou na Rua Nemésio Sampaio Barbosa, nas proximidades da Avenida Tomás Osterne de Alencar (CE-292), foram colocadas duas cruzes de madeira com os seguintes nomes escritos: “Prefeitura do Crato” e “Secretaria de Infraestrutura do Crato”.

Lembre: Moradores promovem ‘festa de aniversário’ para buraco de 15 anos em Juazeiro do Norte

O protesto acontece por conta da poça que se formou na rua, com quase oito metros, produzindo mau cheiro e incomodando quem transita naquela via. Segundo o morador de rua Francisco José dos Santos, o problema acontece porque foram feitas as obras de calçamento antes de construir uma rede coletora de esgoto.

Esta situação, inclusive, já tem afetado a economia local. De acordo com o empresário Nailson Galdino, o movimento de sua oficina, que fica exatamente em frente ao esgoto, caiu nos últimos meses. Por isso, alguns funcionários foram demitidos.

Por causa deste problema, o diretor-técnico da Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato (SAAEC), Rafael Novais, esteve no local para averiguar a situação. De antemão, explicou que as obras de saneamento e pavimentação são de orçamentos diferentes. Porém, garantiu que a Prefeitura busca recursos para ampliar a rede coletora em vários bairros do Crato, inclusive, o Palmeiral.

Por outro lado, Rafael lembra que a responsabilidade sobre o efluentes de uma casa onde não há rede coletora é do proprietário do imóvel. “Todo imóvel tem que construir fossa ou sumidouro onde não tem como ser coletado. Aonde tem a rede, a companhia faz a ligação”, explica. Mesmo assim, garantiu que a SAAEC, junto com a Secretaria de Infraestrutura de Crato, vai estudar saídas para retirar o esgoto da Rua Nemésio Sampaio Barbosa o mais breve possível.

16:26 · 23.05.2019 / atualizado às 16:28 · 23.05.2019 por
Fotos: Lino Fly

A pintura dos novos quiosques localizados onde funcionava o antigo terminal de ônibus intermunicipal, em Juazeiro do Norte, já está sendo concluída. A previsão é que a obra seja entregue até o dia 31 deste mês. Colorido e resgatando as fachadas dos casarões antigos que ficavam ao redor da Praça Padre Cícero, o espaço promete ser um novo ponto turístico do Cento da cidade.

Com 43 lojas e três banheiros, o local abrigará um calçadão com bares e restaurantes, além de vendas de artesanatos, fomentando, assim, a atividade econômica e turística na terra do Padre Cícero. As obras fazem parte do mesmo projeto de reforma da Praça Padre Cícero, que já foi entregue em setembro de 2018, resgatando o traçado da década de 1960 do equipamento.

Com investimento de R$ 4,5 milhões dos governos Federal, Estadual e Municipal, a praça recebeu obras paisagismo e instalação de postes coloniais. Além disso, foram colocados piso com ladrilhos, bancos de granilite e 18 novas lixeiras. A obra também contemplou as ruas no entorno com pavimentação em piso intertravado e drenagem. 

Coluna da Hora

Ainda resta no projeto a recuperação da Coluna da Hora e da estátua do Padre Cícero de bronze, que já foi licitado. Nela, será feita a restauração completa da máquina mecânica do relógio, incluindo a confecção de novas peças do mostruário, limpeza, adaptação e restauração dos sistemas, revitalização dos cabos de aço, restauração do indicador das fases da lua, além de outras peças como satélite e gabinete.  

08:41 · 23.05.2019 / atualizado às 15:57 · 23.05.2019 por
Foto: Lino Fly

A Secretaria de Infraestrutura de Juazeiro do Norte (Seinfra), retomou as obras de urbanização das áreas de risco nos bairros Timbaúbas e Limoeiro. Os serviços serão realizados em parceria com o Ministério das Cidades, e o investimento orçado é de mais de R$ 4,1 milhões. Deste valor, R$ 544 mil foram destinados à praça localizada na Avenida José Bezerra e R$ 3,6 milhões para a Av. Projetada.

A praça contará com piso intertravado, estacionamento, mini palco, bancos de madeira, lixeiras e playground. A conclusão dos serviços é realizada pela empresa Coral e o prazo previsto para finalização é setembro deste ano.

Pontes

Reivindicação antiga, há duas semanas foram iniciadas as construções de novas pontes e estão sendo realizadas obras de drenagem em s ruas e avenidas do bairro Timbaúbas. As vias também receberão nova pavimentação. O objetivo é conter os alagamentos causados pelo riacho que batiza aquela localidade.

A Construtora Coral também é a responsável pela execução da drenagem e pavimentação das ruas Madre Nely Sobreira e Vereador Antônio Braz, bem como a construção de pontes nas ruas Vereador Antônio Braz e Domingos Sávio, ambas no bairro Timbaúbas. O valor desse objeto em específico é de mais de R$ 4,5 milhões e o prazo de execução é de 120 dias.

Já as travessias urbanas sobre o Riacho Timbaúba, nas ruas Madre Nely Sobreira, Rui Barbosa e Virgílio Távora, são realizadas pela Secretaria de Segurança Pública e Cidadania (SESP) e executadas também pela empresa Coral. O valor desta é de R$ 2,8 milhões e o prazo de execução é de 240 dias. Todas obras tem prazo de contrato vigente por 365 dias.

09:49 · 09.05.2019 / atualizado às 14:49 · 09.05.2019 por
Foto: Antonio Rodrigues

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) está realizando um serviço de ampliação da rede abastecimento água no bairro Campo Alegre, em Juazeiro do Norte. Já foi instalado 1,6 quilômetro de tubulação para atender a localidade e a previsão é que os trabalhos sejam concluídos amanhã (10). O serviço beneficiará aproximadamente 660 pessoas e abrange ruas que antes não dispunham.

Além disso, a empresa  também realizou a instalação de hidrômetros e a ligação dos imóveis beneficiados. O objetivo da obra é atender a comunidade com água tratada, bem como garantir a continuidade do abastecimento, já que o serviço evita ocorrências de baixa pressão e de falta d’água, assim como ligações clandestinas.

De acordo com o gerente da unidade da Cagece na região da Bacia do Salgado, Gilberto Júnior, os moradores do Campo Alegre poderão usufruir do serviço de distribuição de água com eficácia e qualidade. “Com esta obra, a Cagece reforça seu papel social de levar água à população, regularizando áreas com ligações clandestinas”, disse. Até o final deste ano, a companhia ampliará mais 1,5 km de rede no mesmo bairro.

Ligação

Os clientes que ainda não têm a ligação de água já podem solicitar o serviço, basta se dirigir a uma das lojas de atendimento da cCagece. O custo para execução da ligação é de R$ 56, e pode ser divido em dez vezes, a depender da categoria do imóvel.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Cariri

Belezas naturais, fé, trabalho e cultura. Sob os pés da Chapada do Araripe, aqui você encontra as principais notícias dos municípios da região. Por Antônio Rodrigues.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags