Busca

Categoria: Infraestrutura


17:48 · 19.04.2018 / atualizado às 12:03 · 21.04.2018 por
No último dia 9 de abril choveu pro seis horas seguidas no Município. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. No último dia 5 de abril, o prefeito Arnon Bezerra decretou Estado de Situação de Emergência no Município por conta das fortes chuvas ocorridas no Município no mês de abril. O documento, publicado na segunda-feira (16), afirma que as precipitações ocasionaram o rompimento de estradas de acesso e a inundação de inúmeros logradouros públicos.

O decreto indica que estas mesmas chuvas deixaram centenas de pessoas desabrigadas, nas zonas urbana e rural, “fazendo com que muitas delas perdessem os seus objetos pessoais, incluindo suas moradias”. Além disso, prevê que mais chuvas voltem a atingir o Município nos próximos dias e, por isso, é preciso adotar medidas emergenciais.

Durante o período de vigência do decreto, 180 dias, contando a partir do dia 5 de maio, o chefe do Poder Executivo poderá realizar a contratação de serviços e aquisição de materiais para reverter os efeitos da chuva, conforme as regras previstas pela Lei Federal nº 8.666/93.

Volume

A última grande precipitação na terra do Padre Cícero aconteceu no dia 9 de abril, no qual o Sítio São Gonçalo registrou 60 milímetros, já o pluviômetro em sua sede teve 37 milímetros. Por outro lado, há cinco dias não chove em Juazeiro do Norte – a mais recente aconteceu no último sábado (14), com 15 milímetros. No entanto, em 18 dias, já choveu 202,4 milímetros no Município, 11,5% acima de sua média histórica no mês de abril (181,5 mm).

Danos

As chuvas no Município causam muitos prejuízos à população. Já são comuns os alagamentos nas rodovias que ligam Juazeiro às cidades vizinhas de Crato e Barbalha, causando engarrafamentos. Na noite dessa quarta-feira (18), mesmo sem registrar chuvas, um caminhão de coleta de lixo cedeu no asfalto da Avenida Ailton Gomes, no bairro Pirajá, próximo à EEF Izabel da Luz.

Há dez dias, uma cratera se formou na Avenida Padre Cícero, uma das principais do Município.

Na manhã da última terça-feira (17), mais um trecho da Avenida Padre Cícero cedeu, no trecho próximo ao Teatro Marquise Branca. Segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura, isso aconteceu devido a ruptura em tubulações da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece). Os técnicos da empresa estiveram no local realizando os devidos reparos para sanarem o problema.

Por causa destas obras, este trecho na Avenida Padre Cícero interditada. Os veículos devem trafegar pelo Rua Paulo Maia, retornando na Rua Hildegarda Barbosa, para seguir o trajeto normalmente. Os serviços, iniciados semana passada, seguem acontecendo e o prazo previsto para a conclusão é de 10 dias, junto com a pavimentação.

10:41 · 19.04.2018 / atualizado às 10:41 · 19.04.2018 por
Caminhão foi retirado com ajuda de trator na noite de ontem (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Juazeiro do Norte. No início da noite de ontem (18), um caminhão da coleta de lixo do Município cedeu no asfalto da Avenida Ailton Gomes, no bairro Pirajá, próxima a EEF Izabel da Luz. O veículo realizava o trabalho no momento do incidente, que aconteceu após passar sobre uma canaleta de esgoto.

Equipes da Prefeitura de Juazeiro do Norte, ainda na noite de ontem, estiveram no local e efetuaram a retirada do veículo. Agentes do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) isolaram a área, para maior segurança dos condutores. Nesta quinta-feira (19), serão iniciados os serviços de recuperação.

Em nota, a Prefeitura pede a atenção da população, na conservação da limpeza dos espaços públicos, contribuindo para a desobstrução de áreas da cidade, prevenindo maiores prejuízos. Por causa de problemas dessa natureza,  suas equipes estão nas ruas realizando a limpeza e desobstrução de bueiros e esgotos. Além disso, faz um apelo para as pessoas trafegem pelas ruas com cuidado conduzindo os seus veículos.

Av. Pe Cícero

Na manhã da última terça-feira (17), mais um trecho da Avenida Padre Cícero cedeu, no trecho próximo ao Teatro Marquise Branca. Segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura, isso aconteceu devido a ruptura em tubulações da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece). Os técnicos da empresa estiveram no local realizando os devidos reparos para sanarem o problema.

Com prazo de conclusão de 10 dias, obra interditou a Avenida Padre Cícero. (Foto: Samuel Macedo)

Próximo a este local está sendo executado serviço de reparação de um outro rompimento de tubulações e vazamentos que fez o asfalto ceder e formar uma grande cratera em uma das principais vias da cidade. Segundo a secretária Executiva de Obras de Juazeiro do Norte, Zoia Aires, é necessário que os técnicos da Cagece avaliem bem a área para que possam ser detectados possíveis rompimentos e o problema seja definitivamente resolvido.

Trânsito

Por causa destas obras na Avenida Padre Cícero, a via está interditada. Os veículos devem trafegar pelo Rua Paulo Maia, retornando na Rua Hildegarda Barbosa, para seguir o trajeto normalmente. Os serviços, iniciados semana passada, seguem acontecendo e o prazo previsto para a conclusão é de 10 dias, junto com a pavimentação.

09:05 · 18.04.2018 / atualizado às 13:41 · 18.04.2018 por
A Rua São Francisco recebe a mesma obra e está interditada desde janeiro. (Foto: Samuel Macedo)

Juazeiro do Norte. Solicitado na última segunda-feira, o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) realizará mudança no trânsito no Centro da cidade. A partir desta quarta-feira, 18, um trecho da Rua São Pedro, principal via comercial do Município, será interditado por cerca de 15 dias, no entorno da Praça Padre Cícero.

Com isso, serão adotadas vias alternativas, com orientação dos agentes do órgão. Durante o período que o trecho estiver interditado, os condutores deverão fazer a convergência na Rua Santa Luzia, descer na Rua da Glória e entrar na Rua Dr. Floro Bartolomeu.

O Demutran orienta aos usuários de ônibus que ficam no terminal do Centro, que os veículos irão ficar na Rua da Glória, em local determinado pelo Departamento, não havendo prejuízo para os usuários. Os comerciantes que atuam na área permanecerão no local.

A rua terá a retirada do asfalto e do meio fio, com realização de terraplenagem e reposição da pavimentação com piso intertravado, que impossibilita o tráfego pelo local. Os agentes de trânsito realizaram estudos para tornar a ação viável e dar as alternativas para os condutores de veículos e pedestres que utilizam a parada de ônibus do trecho.

O projeto de reforma da Praça Padre Cícero, iniciado em janeiro deste ano, tem prazo para execução de seis meses a um ano. A ação foi solicitada pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), em decorrência das obras realizadas no local. A Rua São Francisco recebeu o mesmo trabalho e está interditada desde o início da obra.

08:20 · 16.04.2018 / atualizado às 08:20 · 16.04.2018 por
Parte do projeto de reforma da praça, a rua receberá pavimentação com piso intertravado. (Foto: Samuel Macedo)

Juazeiro do Norte. A Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), informou que, nesta segunda-feira (16), a empresa Coral, responsável pela reforma da Praça Padre Cícero, enviará ofício para o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), solicitando a interdição do trecho da Rua São Pedro, na quadra que fica ao lado da praça. A expectativa é que o órgão realize a obstrução da via até a próxima quarta-feira (18).

A ação tem como objetivo realizar o mesmo serviço que aconteceu na Rua São Francisco, ou seja, a retirada do asfalto e do meio fio, com realização de terraplenagem e reposição da pavimentação com piso intertravado, que faz parte do projeto de reforma do local.

Os agentes de trânsito antes realizarão um estudo de tráfego, para que haja um desvio da rota por ruas alternativas, e os condutores não enfrentem congestionamentos ao passar pela área. Acredita-se que o local possa ser liberado em 15 dias e volte ao normal, tempo de execução dos serviços, caso não tenha imprevistos de ordem técnica e natural.

A obra busca resgatar o traçado original da praça, que já está com 60% executada, e contemplará ainda todo o seu entorno. O Terminal Rodoviário será realocado para o Centro Multiuso e o local onde funciona atualmente será transformado em uma rua com bares e restaurantes, que ainda não foi iniciada.

Todo o trabalho tem o prazo de seis meses a um ano para ser concluído, a contar de janeiro deste ano, mês em que foram iniciados os serviços. Há três meses a obra da praça foi iniciada.

08:13 · 16.04.2018 / atualizado às 08:13 · 16.04.2018 por
Camilo visitou obras no Parque na manhã de sábado. (Foto: Nívia Uchôa)

Crato. Apesar de das obras terem iniciadas desde o mês de janeiro, foi assinada na noite do último sábado (14) a ordem de serviço da reforma e ampliação do Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante, que anualmente recebe a Exposição Agropecuária do Crato (Expocrato). Após a reforma, o local será o maior da área de todo o Brasil ainda em 2018. A solenidade contou com a presença do governador Camilo Santana, que também autorizou a reforma do sistema de abastecimento d’água da cidade.

Orçada em R$ 35 milhões, a expectativa é que a reforma fique, em parte, pronta até julho, para a Expocrato “do jeito que o povo da cidade merece”, disse Camilo. De acordo com governador, a antiga casa do Corpo de Bombeiros, vizinha ao parque, será preservada e se tornará um patrimônio histórico. “Deixaremos esse o maior parque de exposição pecuária do Nordeste. A parte que ninguém conhece vai passar a conhecer, essa áreas de shows vai ficar ainda mais bonita”, completou.

As obras do novo Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante, cujo terreno onde vai ser construído foi conferido de perto pelo governador no turno da tarde, ficarão a cargo da Secretaria da Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seapa). O equipamento terá um total de 21 edifícios, dedicados às diferentes funções, como recepção, boxes para artesanato, sala multifunções/exposições/museu, e uma sala dedicada aos engenhos de rapadura que fazem parte da história local.

Com a reforma, o Parque de Exposições terá duas grandes zonas; a zona do recinto da feira, onde se concentram os edifícios e constitui o principal programa permanente, e a zona de parque/eventos temporários, constituídas maioritariamente por zonas livre e áreas verdes, destinadas a acomodar grandes eventos complementares às boxes dedicadas às exposições e feiras. As obras serão fiscalizadas pelo Departamento de Arquitetura e Engenharia do Ceará (DAE).

Centro Cultural do Cariri

Durante o evento, o governador reforçou a ideia da construção do Centro Cultural do Cariri. “Será algo semelhante ao que o Instituto Dragão do Mar de Arte e Cultura representa para Fortaleza. A ideia é fazer uma grande arena, com teatro, cinema, área de lazer, parque de exposições. Estamos comprando o Teatro Rachel de Queiroz, que iria a leilão. O projeto está lindo, pronto para licitar. E, se Deus quiser, virei aqui em breve para dar a ordem de serviço” anunciou o chefe do Executivo cearense.

Visita a obras

Antes da solenidade, o governador Camilo Santana visitou várias obras na região do Cariri, incluindo a reforma da estrada que liga Missão Velha até Juazeiro do Norte, do teleférico do distrito de Caldas, em Barbalha; a estrada que liga Nova Olinda e Crato; a urbanização do entorno do Horto de Nossa Senhora de Fátima, no Crato; a policlínica e o camelódromo do município. Ele também se comprometeu com a reforma do estádio Romeirão, em Juazeiro.

11:25 · 13.04.2018 / atualizado às 11:25 · 13.04.2018 por
Orçada em R$ 3 milhões, a drenagem da Rua Venceslau Pereira segue em ritmo acelerado. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. As chuvas voltaram a cair na madrugada desta sexta-feira (13), no Município, que registrou 10 milímetros. Pouco em relação a água que caiu nos primeiros dias do mês de abril. Mesmo assim, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) segue trabalhando para minimizar os danos causados pelas precipitações. Através da “Operação Inverno”, equipes tem trabalhado em três turnos, inclusive a noite.

O monitoramento está sendo realizado nos locais onde os serviços são realizados, e as demandas também são recebidas através das redes sociais, por meio dos veículos de comunicação e também pedidos feitos pelos moradores. O prefeito Arnon Bezerra destaca a sua preocupação em atender o mais rápido possível os moradores da cidade e para isso tem mobilizado as equipes e acompanhado os serviços.

Homens e máquinas realizam uma pequena drenagem com 13 metros de manilhas na rua Genário Oliveira, no bairro Lagoa Seca, para atenuar os impactos causados recentemente pelas águas pluviais. No mesmo bairro, na rua Padre Manoel Germano com a rua Francisca Leila Fontes, serviços de terraplanagem são efetuados. A enfermeira Rosineide Alves, moradora do local, falou sobre as obras. “A população tem muito a ganhar com esses serviços sendo feitos, pois quando chove é um sufoco. Quando a gente chega depois de uma chuva, já não consegue mais passar”, disse.

Drenagens

O local brevemente será contemplado com uma obra de drenagem que, segundo a titular da Seinfra, Gizele Menezes, será complexa, pois, a bacia hídrica daquele bairro é maior e vem de várias ruas acima. “Será feita a topografia de áreas em volta para que o projeto possa interferir de maneira eficaz e assim o problema possa ser resolvido”, destacou Gizele.

Outra grande obra de drenagem, avaliada em cerca de R$ 3 milhões, está sendo executada na  na Rua Venceslau Pereira, no bairro São José, próxima ao Maxxi Atacado. A obra será responsável pela recuperação da rua, destruída nos últimos anos em função das chuvas e erosão na área, e terá duração de 6 a 8 meses. Espera-se que até o final do ano seja concluída.

Cratera formada na Avenida Padre Cícero, que deve ser recuperada até semana que vem.

Na área será feita uma drenagem com galerias de concreto nas dimensões de 2,5 por 2,0 metros. Atualmente já existe um trecho de drenagem executado no final da rua, finalizando na Avenida do Contorno. Então será dado continuidade ao serviço de onde parou até a Avenida Padre Cícero. Ao ser finalizada a drenagem e o aterro, será feito o calçamento e realizado o asfaltamento da área.

Os serviços no trecho da Av. Padre Cícero estarão sendo iniciados brevemente. A Secretaria de Infraestrutura informa que devido à fabricação de manilhas de cimento específicas para o local, a obra deverá estar sendo iniciada até o início da próxima, para até meados da próxima semana ser concluída. A Seinfra destaca ainda que, após análises feitas, foi descoberto que a causa da fissura  ocorreu devido às tubulações serem antigas e também por infiltrações detectadas nas instalações da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), que passam pelo local.

08:55 · 11.04.2018 / atualizado às 08:55 · 11.04.2018 por
Instalação deu início na Avenida Castelo Branco. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Juazeiro do Norte. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Públicos (Semasp) e a Cosampa realiza a troca das lâmpadas tradicionais pelas de LED nas principais ruas da cidade. Além de mais econômicas, as novas luminárias são mais eficientes e duráveis.

A Avenida Castelo Branco já recebeu as novas lâmpadas, que pretende trazer mais segurança e melhor visibilidade aos motoristas e pedestres que trafegam pelo local. As próximas vias a ganhar nova iluminação serão a Rua São Paulo, São Pedro e Padre Cícero, localizadas no Centro da cidade.

Segundo a Norma Brasileira de Iluminação Pública ABNT NBR 5101, as lâmpadas de LED são mais econômicas, por durarem três vezes mais que as convencionais, também emitem luz na cor branca e o seu feixe é direcionado para o chão, o que garante maior uniformidade e menos poluição luminosa.

11:20 · 06.04.2018 / atualizado às 11:20 · 06.04.2018 por
Jardim Gonzaga, Lagoa Seca, Campo Alegre, Timbaúbas, Novo Juazeiro, Triângulo e Betolândia são os que mais sofrem com a chuva. (Fotos: Divulgação/Prefeitura)

Juazeiro do Norte. As chuvas voltaram a acontecer, nesta sexta-feira (06), no Município, registrando 44 milímetros no distrito São Gonçalo, entre 7h de ontem e às 7h de hoje. Na sede, o volume foi menor: 12 milímetros. Todos os dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Mesmo assim, as precipitações desta semana mobilizaram a Prefeitura para realizar serviços em diversas áreas atingidas.

Os bairros Jardim Gonzaga, Lagoa Seca, Campo Alegre, Timbaúbas, Novo Juazeiro, Triângulo e Betolândia, entre outras localidades, sofreram com as enxurradas. Foram registrados problemas em ruas como a Carolina Sobreira, Vereador José Wilson da Silva, Padre Manoel Germano, Jym Rey Wilson, Mauro Sampaio, Av. Plácido Aderaldo Castelo, Av. Ailton Gomes, Rua Frei Damião, entre outras.

Interdição

Um trecho da Avenida Padre Cícero, ao lado do Marquise Branca, se encontra interditado desde o final da tarde desta quinta-feira (5), após ceder parte do asfaltamento. O espaço faz parte de uma galeria, que teve um segmento logo acima recuperado de forma emergencial. Foi detectada infiltração na área e após análise alguns pontos com rachaduras. Com isso, o trânsito estará lento principalmente em horários de pico. Equipes do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) serão deslocados para a área, com a finalidade e garantir o fluxo de veículos.

Os serviços de recuperação serão realizados no local, pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra). Atualmente, técnicos e frente de serviços estão atuando para amenizar os impactos, através de limpeza, desobstrução de bueiros com a retirada de lama e entulhos, bem como recuperação de ruas esburacadas através de serviços de terraplanagem. Obras de drenagem foram iniciadas nos bairros São José e Lagoa Seca.

Segundo a titular da Seinfra, Gizele Menezes, os preparativos para receber as chuvas iniciaram-se em meados de novembro através de um trabalho de prevenção com realização de limpeza, desobstruções e terraplanagem, uma vez que já se esperava a quadra invernosa a partir de janeiro. “Fizemos uma licitação de todo o maquinário e, a partir de dezembro, iniciamos os trabalhos de prevenção”, disse a secretária.

Drenagens

Foi dada ordem de serviço para início de drenagem em vários pontos críticos da cidade, tais como na Rua Venceslau Pereira, no São José, uma no Bairro Lagoa Seca e em outras localidades que ainda estão sendo realizados estudos. As drenagens irão amenizar e até sanar essas situações em períodos de grandes chuvas, como as que estão caindo sobre o Município nos últimos meses. “Estudos de como devemos proceder estão sendo feitos em outras áreas para solucionar cada ponto. A população pode ficar tranquila quanto a resolução desses problemas”, destacou Gizele Menezes.

12:15 · 27.03.2018 / atualizado às 12:17 · 27.03.2018 por
Serão instalados 100 abrigos nas paradas de ônibus. (Foto: Helio Filho)

Juazeiro do Norte. A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) segue implantando novas paradas de ônibus na cidade. Os mobiliários públicos foram instalados recentemente na Avenida Padre Cícero, em frente ao Ginásio Poliesportivo, e também na Praça da Bíblia, em frente ao Estádio Mauro Sampaio, o Romeirão, na Avenida Castelo Branco.

Os equipamentos possuem um design arrojado e moderno, feito em concreto e aço. Além dessa estrutura, existe também o fechamento da coberta e os bancos feitos em alumínio, material que não absorve calor, proporcionando conforto térmico e condições de trabalho diferenciada.

Segundo o prefeito Arnon Bezerra, os equipamentos reforçam o desejo da gestão em deixar as vias da cidade agradáveis, bem como proporcionar o bem-estar da população. Neste caso, que utilizam transporte público e consequentemente usufruem das paradas diariamente.

Anunciadas em setembro, a instalação de 100 abrigos de paradas de ônibus em Juazeiro do Norte teve que passar pelo levantamento do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), que está revitalizando a sinalização vertical e horizontal da cidade. Após as placas de parada de ônibus serem feitas, os equipamentos serão colocados. Junto a eles, a Seinfra iniciou a implementação de 500 lixeiras em todo Município. Algumas praças já foram contempladas.

12:01 · 27.03.2018 / atualizado às 12:01 · 27.03.2018 por
Os serviços iniciaram nessa segunda-feira, 26, e terá duração de 6 a 8 meses. Foto: Samuel Macedo

Juazeiro do Norte. Reivindicação de vários anos, as obras de drenagem na Rua Venceslau Pereira, vizinho ao Maxxi Atacado, no bairro São José, iniciaram nesta segunda-feira (26). O trabalho está sendo realizado por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e terá duração de seis a oito meses.

No local será feita uma drenagem com galerias de concreto nas dimensões de 2,5 metros por 2,0 metros. Atualmente, já existe um trecho de drenagem executado no final da rua, finalizando na Avenida do Contorno. Então, haverá continuidade do serviço até a Avenida Padre Cícero.

Ao ser finalizada a drenagem e o aterro, será feito o calçamento e realizado o asfaltamento da área, voltando assim a funcionar como rua. A meta é também tranquilizar os moradores que residem na área, que há vários anos convivem com os riscos e desconforto.

O local se tornou uma verdadeira cratera que, sem os reparos necessários, teve a situação agravada. A obra era um grande sonho da população que mora no entorno da rua. O Prefeito Arnon Bezerra esteve no local desde o início da sua administração, e, em nenhum momento, descartou a possibilidade de realizar a obra de drenagem no local.

Lagoa Seca

Acontecerá ainda uma drenagem na Rua Padre Manoel Germano, localizada no bairro Lagoa Seca. “Esta obra é mais complexa, pois a bacia hídrica daquele bairro, naquela região, é maior e vem de várias ruas acima. Então será feita a topografia de áreas em volta, para que o projeto possa interferir de maneira eficaz e assim o problema possa ser resolvido”, destacou a Secretária de Infraestrutura, Gizele Menezes.

As obras fazem parte de um contrato geral de drenagem que irá contemplar diversas áreas da cidade. A Seinfra está pontuando os locais mais críticos para serem atendidos pelas obras.