Busca

Categoria: Jardim


13:14 · 20.10.2017 / atualizado às 18:06 · 20.10.2017 por
O vereador foi o quarto mais votado no Município de Jardim. (Foto: Divulgação/Câmara Municipal)

Barbalha. A Polícia Federal da Delegacia de Salgueiro (PE) cumpriu, na noite de dessa quinta-feira (20), mandato de prisão preventiva contra o vereador do município de Jardim, Francisco Renato Pereira Júnior, conhecido como Junior Sedrim, que residia em Barbalha. Ele é policial civil no estado da Paraíba e está sendo acusado de envolvimento nos assaltos de duas agências de bancos em Missão Velha, na madrugada de 3 de fevereiro deste ano. O parlamentar, de 38 anos, foi o quarto mais votado no Município, com 1.161 votos.

Junior Sedrim, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), já responde Ação Penal por participação em duplo homicídio ocorrido no município de Santana de Mangabeira (PB). Segundo investigação, ele e o soldado da Policia Militar, José Alênio Leal Bezerra, executaram o casal de agricultores Carlos Batista, de 51 anos, e Cícera Pereira, de 49, na noite de 23 de abril de 2010.

Assalto

Por volta de 1h30, no dia 3 de fevereiro,  um grupo entre 15 e 20 integrantes invadiu a cidade de Missão Velha. O bando se dividiu em dois. Uma parte da quadrilha ficou responsável por fechar as entradas da cidade, colocando caminhões e pregos na pista. Esse mesmo grupo também cercou o destacamento policial. Paralelo a essa ação, os outros integrantes da quadrilha invadiram e explodiram as duas agências bancárias da cidade, que ficam bem próximas, no centro da cidade. Cerca de R$ 600 mil fora levados.

Na fuga, houve troca de tiros com policiais e com uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). Apesar do apoio de outros destacamentos de cidades vizinhas, os assaltantes conseguiram fugir. Enquanto escapavam, eles abandonaram um carro 4X4 em uma estada carroçável. Dentro do veículo, os policiais encontraram armas de grosso calibre, bastante munição, coletes a prova de bala, e muito dinheiro. Havia também manchas de sangue nos bancos e nas armas, o que se faz supor que, durante a troca de tiros, os suspeitos ficaram feridos.

Ataques

Este ano já foram registrados 42 ataques a bancos. O último aconteceu em Ipumirim, na região Centro Sul, nesta quarta-feira (18). Um grupo armado explodiu a agência bancária do Bradesco por volta das 3h da madrugada. Segundo a Polícia, cerca de 15 homens armados com fuzis chegaram à cidade em motos e num veículo, atirando para o alto e, em seguida, explodiu a agência. Três pessoas foram feitas reféns durante a ação e foram liberadas antes da fuga da quadrilha.

Bancos Fechados

Aqui no Cariri, quatro cidades estão sem suas agências funcionar, graças aos ataques aos bancos. Os moradores de Nova Olinda, Missão Velha, Assaré sofrem com a ausência dos serviços bancários e recorrer aos municípios vizinhos.

No dia 20 de setembro, o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) anunciou, após reunião com o presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli, que dez municípios do Ceará terão suas agências bancárias reabertas. Aqui na região do Cariri, Assaré e Missão Velha terão recomposição. As outras cidades são Lavras da Mangabeira, Redenção, Ipueiras, Jaguaribara, Milhã, Cedro, Senador Pompeu e Icapuí.

 

 

10:57 · 02.12.2016 / atualizado às 11:06 · 02.12.2016 por

c4ccd436-6fa8-4175-a91d-a3d9b3428a71Jardim. O fórum deste município, no Cariri cearense, foi incendiado na madrugada desta sexta-feira (2). Moradores acordaram por volta das 4 horas com o barulho no prédio do órgão e acionaram o Corpo de Bombeiros, que chegou ao local cerca de 20 minutos após o chamado.

O fogo se concentrou na sala de arquivos, dizimando boa parte dos processos. Se acordo com o Sargento Marisvaldo, comandante do destacamento de Jardim, somente a perícia poderá determinar as causas do incêndio. No entanto, ele não descarta a hipótese do ocorrido ter origem criminosa. Ainda segundo o policial, há marcas de arrombamento nos fundos do prédio.

O fórum não possui segurança noturna, tampouco circuito interno de segurança. Nos últimos anos, o local já foi alvo de outras ações criminosas por três vezes. Apesar de o fogo ter sido controlado rapidamente pelos bombeiros, a estrutura do prédio foi bastante danificada.

Um perito criminal da cidade de Juazeiro do Norte emitirá, nos próximos dias, um laudo com as causas do incêndio.