Categoria: Política


15:57 · 08.03.2019 / atualizado às 15:57 · 08.03.2019 por
Anuncio foi feito durante a celebração de 8 de março realizada no Palácio da Abolição, onde também foram homenageadas cinco mulheres cearenses. (Foto: Ariel Gomes)

O governador Camilo Santana anunciou, nesta sexta-feira (08), a implantação da Casa da Mulher Cearense nas principais regiões do Estado. A primeira deve ser instalada no Cariri. O projeto, que já está em funcionamento em Fortaleza, atua no atendimento humanizado e especializado para mulheres em situação de violência.

Leia Mais: Crato registra casos sucessivos de violência contra mulheres

O trabalho segue o modelo da Casa da Mulher Brasileira, implantado ano passado na capital cearense, que é uma experiência do Governo Federal que o Estado assumiu. Hoje, o equipamento reúne serviços de Defensoria Pública, Delegacia da Mulher, Ministério Público, Juizado Especial e capacitação. “Tudo em um só lugar para acolher e orientar as mulheres. A ideia é que a gente inicie pelo Cariri, região que tem tido um índice forte de violência contra a mulher”, explica Camilo.

Segundo o governador, as mulheres poderão encontrar na Casa da Mulher Cearense, além do serviço de apoio e orientação, um núcleo de estimulação econômica com capacitação e crédito para aquelas que desejam abrir o próprio negócio.

Em funcionamento desde julho do ano passado, a Casa da Mulher de Fortaleza  já realizou mais de 11 mil atendimentos, o que dá uma média de 54 por dia. O local funciona 24 horas e tem um atendimento multidisciplinar. Apenas sete estados contam com equipamento nesses moldes no Brasil.

15:22 · 15.02.2019 / atualizado às 15:29 · 15.02.2019 por
A sessão da Câmara foi tumultuada e chamou atenção de muitos curiosos. (Foto: Reprodução/SVM)

A operação “Combustível Podre”, realizada ontem (14), em Nova Olinda, cumpriu três mandados de prisão temporária contra dois secretários municipais e um empresário local, suspeitos de envolvimento com aquisição irregular de combustível pelo Município. Também foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, sendo apreendidos mais de R$ 40 mil em espécie, três armas de fogo, computadores e celulares. As investigações seguem em sigilo.

Realizada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), a operação apura o superfaturamento peculatário nos contratos de abastecimento de combustíveis no município entre 2016 e 2019. Os custos chegam a mais de R$ 1 milhão por ano. Segundo informam as medidas cautelares, a frota de veículos de Nova Olinda não chega a 30 veículos. Porém, em 2017, foi gasto o valor de R$ 1.225.236,14 com combustível. Em 2018, a despesa foi de R$ 1.332,117,97.

No aparente esquema, os motoristas da prefeitura de Nova Olinda abasteciam diariamente no posto do empresário, com ordens já preenchidas e assinadas. As notas avulsas ficavam retidas pela gerência e administração do posto sendo inseridas no sistema como “abastecimentos a prazo”. No fim de cada mês, era emitida uma nota fiscal mensal não com base nos abastecimentos efetivamente realizados, mas a partir de um mapa manuscrito pelo secretário municipal, que era fraudulentamente superfaturado.

O acréscimo no sistema de emissão da nota fiscal da Prefeitura era feita pelo empresário a partir de outros abastecimentos particulares de terceiros, sem nota já emitida ou pedida pelo cliente, e, assim, a emissão tornava-se aparentemente legal, aceita pelo sistema da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz). Desse modo, o Município fazia o empenho e o pagamento. A propina correspondia ao excesso emitido na nota mensal e indevidamente recebido e era retirada do caixa ou do cofre do posto. Os valores transitavam entre R$ 5 mil e 8 mil por mês e eram resgatados pelo secretário.

Prefeito afastado

Por conta das investigações, ainda na noite de ontem, o prefeito de Nova Olinda, Afonso Sampaio (PSD) foi afastado por 120 dias de suas funções pela Câmara Municipal. Foram 9 vereadores favoráveis e 2 contrários. O vice-prefeito, Ítalo Alencar (PP), deve ser empossado nesta sexta-feira (15), às 17h, em sessão solene realizada na Casa legislativa.

21:02 · 14.01.2019 / atualizado às 13:36 · 15.01.2019 por
(Foto: Antonio Rodrigues)

A 2ª Vara Cível da Comarca de Crato suspendeu liminarmente, nesta segunda-feira (14), a seleção pública de servidores temporários do Município, regida pelo Edital nº 001/2019. A decisão atende ao pedido do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), que entrou com uma Ação Civil Pública, através da 3ª Promotoria de Justiça do Crato.

De acordo o promotor de Justiça Cleyton Bantim, “os cargos e funções oferecidos não possuem natureza temporária e tampouco estão destinados ao atendimento de situações excepcionais, extraordinárias e emergenciais. Além disso, não há autorização na lei municipal para contratações temporárias fora destas situações incomuns”, aponta o representante do MPCE.

O MPCE já havia expedido uma recomendação no início da gestão do atual prefeito, em 2016, enfatizando que as contratações temporárias só deveriam ser realizadas em consonância com o comando constitucional, e somente nas hipóteses expressamente previstas na Lei.

“Porém, o prefeito do Crato e toda a sua equipe de governo têm desvirtuado e inobservado absolutamente este comando legal, e realizado contratações temporárias para o exercício das mais variadas e ordinárias funções da administração municipal. O que deveria ser uma exceção, virou regra de contratação para o serviço público, em total descompasso com a vontade da Constituição”, relata Bantim.

Segundo a Promotoria, os contratos temporários firmados pelo Município ficam suspensos nos meses de julho e dezembro, deixando postos de saúde sem médicos, serviços assistenciais sem atendimento, escolas sem professores, dentre outros serviços públicos essenciais.

Na mesma ação, o MPCE pediu a condenação do atual prefeito, do chefe de gabinete e de 12 secretários municipais por improbidade administrativa, por realizar milhares de contratações temporárias de servidores, fora das hipóteses autorizadas na Lei Municipal nº 3.032/2014, ao longo dos anos de 2017 e 2018.

No deferimento do pedido liminar, o Poder Judiciário também proibiu o Município do Crato de realizar novas seleções, de renovar os contratos existentes e ainda em vigor, e de contratar servidores temporários diretamente, fora das hipóteses estritamente autorizadas na Lei Municipal.

13:35 · 27.12.2018 / atualizado às 12:27 · 09.01.2019 por
(Foto André Costa)

Mais um pedido de afastamento do prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, foi protocolado, nesta quinta-feira (27), na Câmara de Vereadores. Desta vez, a solicitação partiu do agente de trânsito e sindicalista Valdir Barbosa de Medeiros, que também pede os afastamentos da secretária de Educação, Maria Loureto de Lima, e da coordenadora do setor de Endemias da Secretaria de Saúde, Mascleide Feitosa.

Leia mais: Estudante protocola pedido de afastamentos de prefeito e vice-prefeito de Juazeiro do Norte

O pedido também foi motivado pela operação “Graham Bell”, deflagrada no último dia 20, que investiga compra de votos, utilização da máquina pública e coação de servidores e funcionários da Prefeitura para eleger o deputado Pedro Bezerra (PTB), filho do prefeito Arnon Bezerra, e outros deputados estaduais.

Nos documentos entregues, o sindicalista cita um hospital, em Crato, e uma fundação, em Juazeiro do Norte, que foram alvos de mandos de busca e apreensão que seriam “entidades ligadas ao prefeito”, afirma. Além disso, cita uma empresa terceirizada, responsável pela coleta de lixo no Município, que seria responsável por praticar o caixa dois para beneficiar o candidato.

Além disso, Valdir afirma que o prefeito foi responsável por “operacionalizar os apoios” de agentes políticos em algumas secretarias e pressionar servidores para declarar apoio à candidatura de Pedro Bezerra. Já sobre a secretária Maria Loureto, o sindicalista lembra um áudio, que circulou nas redes sociais, em que ela teria convocado os agentes políticos a praticarem a “boca de urna”.

Enquanto a coordenadora do setor de Endemias da Secretaria de Saúde, Mascleide Feitosa, o sindicalista cita a prática de coação nos locais de trabalho para os servidores declinarem apoio à candidatura de Pedro Bezerra.

A Operação

No último dia 20 de dezembro, a Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União cumpriram 17 mandados de busca e apreensão em Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Viçosa do Ceará e Fortaleza. Os agentes colheram computadores, celulares, documentos, cheques e R$ 159 mil em espécie. Esta foi a segunda fase da “Operação Voto Livre”, realizada no dia 6 de outubro, que cumpriu seis mandatos de busca e apreensão, dois na capital cearense, e quatro na terra do Padre Cícero. Ninguém foi preso.

De acordo com a CGU e a PF, o desvio de recursos públicos eram feitos através de pagamentos feitas a empresas contratadas pela Prefeitura de Juazeiro do Norte. Além disso, o grupo criminoso também fazia coação grave sobre os servidores públicos para votarem e participarem ativamente da campanha do deputado federal eleito Pedro Bezerra (PTB), filho do prefeito Arnon Bezerra, e outros candidatos a deputados estaduais.

A Polícia Federal fez o pedido do afastamento imediato de agentes políticos e servidores públicos. A solicitação está sob análise do juiz da 119º Fórum Eleitoral de Juazeiro do Norte. Os nomes dos suspeitos estão mantidos em sigilo. O material apreendido será analisado e a PF não descarta o surgimento de novas fases da operação.

12:48 · 26.12.2018 / atualizado às 13:03 · 26.12.2018 por
Rutson Matheus da Silva Ramalho entregou o pedido na manhã de hoje. (Foto: VC Repórter)

Foi protocolado, na manhã desta quarta-feira (26), na Câmara de Juazeiro do Norte, o pedido de afastamentos do prefeito Arnon Bezerra e do vice-prefeito, Giovanni Sampaio. O documento, entregue pelo estudante Rutson Matheus da Silva Ramalho, foi motivado pela operação Graham Bell, deflagrada no último dia 20, que investiga compra de votos, utilização da máquina pública e coação de servidores e funcionários da Prefeitura para eleger um deputado federal e outros deputados estaduais.

O estudante pede que a Câmara Municipal afaste temporariamente os dois até que tudo seja investigado. “É de suma importância que seja afastado das funções Públicas que ocupa para resguardar a moralidade Pública e evitar a revolta popular, pois é revoltante saber que, uma pessoa envolta de processos e com sua conduta sob suspeita, esteja, mesmo assim, sendo privilegiado com a permanência no cargo de Prefeito Municipal”, justifica Rutson.

Já sobre o vice-prefeito, Giovanni Sampaio, o estudante ressalta que ele cumpriu 42 dias como Chefe do Executivo, inclusive, no transcorrer das eleições de 2018, quando Arnon Bezerra se licenciou por 14 dias. “Serviria de tempo suficiente para que tivesse inteiro teor de possíveis esquemas de desvios de verbas, principalmente, da Saúde e Educação”, completa.

Próximos passos

Após a leitura do pedido, a Câmara é consultada sobre seu recebimento, que depende da análise jurídica e do voto favorável de maioria simples para a criação de uma Comissão Processante, com três vereadores sorteadores, que elegerão o Presidente e o Relator. Se chegar ao Plenário, a votação acontece nominal de cada uma das infrações apontadas na denúncia. A decisão do afastamento exige quórum de dois terços dos membros da Casa. Todo processo deverá ser concluído em até 120 dias.

Operação

No último dia 20 de dezembro, a Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União cumpriram 17 mandados de busca e apreensão em Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Viçosa do Ceará e Fortaleza. Os agentes colheram computadores, celulares, documentos, cheques e R$ 159 mil em espécie. Esta foi a segunda fase da “Operação Voto Livre”, realizada no dia 6 de outubro, que cumpriu seis mandatos de busca e apreensão, dois na capital cearense, e quatro na terra do Padre Cícero. Ninguém foi preso.

De acordo com a CGU e a PF, o desvio de recursos públicos eram feitos através de pagamentos feitas a empresas contratadas pela Prefeitura de Juazeiro do Norte. Além disso, o grupo criminoso também fazia coação grave sobre os servidores públicos para votarem e participarem ativamente da campanha do deputado federal eleito Pedro Bezerra (PTB), filho do prefeito Arnon Bezerra, e outros candidatos a deputados estaduais.

A Polícia Federal fez o pedido do afastamento imediato de agentes políticos e servidores públicos. A solicitação está sob análise do juiz da 119º Fórum Eleitoral de Juazeiro do Norte. Os nomes dos suspeitos estão mantidos em sigilo. O material apreendido será analisado e a PF não descarta o surgimento de novas fases da operação.

10:24 · 20.12.2018 / atualizado às 10:25 · 20.12.2018 por
(Foto: VC Repórter)

A agência dos Correios do município de Caririaçu, localizado na Rua Carlos Morais, no Centro da cidade, foi alvo de ataque, na madrugada desta quinta-feira (20). O portão foi arrombado e, no interior da unidade, vários objetos foram queimados. O Corpo de Bombeiros foi acionado para conter um princípio de incêndio, mas as chamas foram apagadas antes do raiar do sol.

A invasão aconteceu por volta das 2h. Na calçada da agência, ainda foi encontrada uma garrafa com gasolina. Os moradores acreditam que foi um ato de vandalismo. A hipótese de furto também não foi descartada, mas poucos objetos foram danificados. Cadeiras, parte do balcão de atendimento e papéis foram queimados.

A ação dos criminosos não foi percebida pela população, que narram que ouviram apenas o barulho de uma pequena explosão.

No momento, a Polícia Militar está isolando o local, aguardando a chegada da Polícia Federal, que será responsável pela investigação, já que se trata de um órgão público federal. Na entrada agência, há uma câmera de segurança, que poderá ajudar a identificar os responsáveis.

 

 

00:43 · 29.10.2018 / atualizado às 00:46 · 29.10.2018 por
Milhares de pessoas se reuniram no Marco Zero, em Barbalha. (Foto: Daniel Trevia)

Milhares de pessoas comemoraram a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) no Marco Zero, em Barbalha, na noite deste domingo (28). A concentração começou a partir das 21 horas e reuniu eleitores das cidades vizinhas de Crato e Juazeiro do Norte. Entre os presentes na festa, estava o prefeito do Município anfitrião, Argemiro Sampaio (PSDB), que apoiou a candidatura do presidente eleito.

Trajando, em sua maioria, as cores verde e amarelo, os apoiadores cantaram o hino nacional, erguendo bandeiras do presidente eleito e do Brasil. Muitos fogos de artifício e paredões de som animaram os apoiadores de Bolsonaro. Em Barbalha, o presidente eleito atingiu 8.953 voto (26,08%) contra 25.379 (73,92%) do candidato Fernando Haddad (PT).

Desempenho

A terra dos “Verdes Canaviais” foi a cidade em que Bolsonaro apresentou melhor desempenho a partir do percentual de votos entre as três principais cidades do Cariri. Em Juazeiro do Norte, o presidente eleito conseguiu 31.783 votos (23,89%) contra 101.288 (76,11%) votos de Fernando Haddad. Já no Crato, o número foi ainda menor, recebendo 10.784 votos (15,41%), enquanto o petista teve 59.204 votos (84,58%).

Os prefeitos de Crato, José Ailton Brasil (PP), e de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra (PTB) apoiaram o candidato Fernando Haddad. Inclusive, os dois acompanharam o petista em sua vinda no Cariri, no último dia 20 de outubro. Além disso, estiveram ao lado do governador reeleito Camilo Santana (PT) durante sua votação em Barbalha, na manhã deste domingo.

17:27 · 10.10.2018 / atualizado às 17:41 · 10.10.2018 por
Os deputados estaduais eleitos Fernando Santana, Guilherme Landim, e o deputado federal eleito, Pedro Bezerra, representam o Cariri em 2019. (Foto: Reprodução)

Juazeiro do Norte. Com pouco mais de 900 mil habitantes, em 25 municípios, a região do Cariri terá dois representantes na Assembleia Legislativa e um no Congresso Nacional a partir de 2019. No último domingo (07), Pedro Bezerra (PTB) foi eleito deputado federal, enquanto Fernando Santana (PT) e Guilherme Landim (PDT), foram escolhidos para cumprir os mandatos de deputados estaduais. Com profissões e trajetórias distintas, eles têm em comum a renovação: os três possuem idade menor que 40 anos.

Representatividade

Filho do atual prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra – último representante do Município no Congresso Nacional -, Pedro Augusto Bezerra, 37, concorreu pela primeira vez a um cargo político. Sociólogo e empresário, ele foi o décimo deputado federal mais votado do Ceará, com 119.030 votos (2,59%). Nascido em Salvador (BA), Pedro viveu sua infância na Terra do Padre Cícero, mas na adolescência se mudou para Fortaleza, onde concluiu sua graduação em Ciências Sociais e a pós em Gestão e Marketing. Lá, também trabalhou como professor. 

“Vou garantir a representatividade (de Juazeiro do Norte) que já não tinha mais”, garante Pedro Bezerra, que acredita que a falta de uma parceria em Brasília (DF) afetou muito o desenvolvimento do Município, pois, há muitos projetos pendentes. “A administração ficou sem ter com quem contar”, completa. Para o sociólogo, as verbas mais urgentes são para a saúde, principalmente, com a reforma do Hospital Infantil Maria Amélia. Além disso, destacou alguns aparelhos fechados, como a UPA da Lagoa Seca, que foi construída há muitos anos, mas ainda não está em funcionamento.  

“Eu quero trabalhar com outros municípios. Tenho obrigação de levar benefício para qualquer lugar que eu tenha votação. O que puder fazer, farei com muito empenho” 

Na eleição, Pedro disse que não contou com apoio de muitos prefeitos da região, mas que está à disposição para ajudar seus municípios. Mesmo assim, adverte: “é preciso conversar com essas lideranças para ver como a gente pode entrar”. “Nas cidades menores ainda é comum as pessoas levarem a política para a parte pessoal”, completa.  

O deputado eleito acredita que as redes sociais serão importantes para diminuir a distância para os seus eleitores. “Ainda não encontramos um formato ideal, mas quero criar um canal aberto com a população”, garante Pedro Bezerra. Sobre a votação expressiva, ele disse que em momento algum acreditou que sua escolha estava garantida. “O importante era estar dentro e garantir um representante do Cariri”, finaliza.  

Geração de emprego e renda 

O administrador Fernando Santana (PT), de 37 anos, foi o quarto deputado estadual mais votado do Ceará,  95.665 votos (2,09%). Natural de Juazeiro do Norte, sua base política é no município vizinho de Barbalha, onde foi candidato à Prefeitura Municipal em 2016, sendo derrotado por apenas 178 votos. Ex-secretário adjunto do gabinete do governador Camilo Santana, ele contou com o importante apoio do chefe do executivo cearense para ser eleito.

“Vamos trabalhar a oportunidade de emprego e renda”, assumiu Fernando. Uma de suas propostas na Assembleia Legislativa é incentivar a chegada de novas empresas e manter abertas as que já estão instaladas no Cariri. “Irmãos e irmãs daqui estão indo para outros locais. Isso será uma luta nossa”, ressalta.  

“A geração de emprego e renda foi o que mais ouvi das famílias. O pai está indo embora, o filho também. As pautas são aquilo que a gente vem ouvindo”

Inclusive, ele disse que já articulou, junto com o prefeito de Crato, José Ailton Brasil, a chegada de uma nova indústria para o Município que deve gerar 800 empregos diretos. Fernando também destacou a parceria com o governador Camilo Santana. “Isso será importante. Temos o perfil de dialogar. O governador já tem feito muito aqui, trazendo desenvolvimento”, acrescentou.  

O deputado eleito ainda não definiu qual será o canal de comunicação com a população, mas pensou em realizar um seminário. “Após descansar da eleição, vou conversar”, disse Fernando. Para ele, sua votação foi surpreendente, mas viu o empenho de familiares e amigos de outras regiões do Ceará que abraçaram sua campanha. “Cada voto foi importante e vamos retribuir. A vitória é dos apoiadores. Solicitando, lutando e buscando. A proximidade vai ajudar”, disse.  

Legado

Mais de 75% dos eleitores de Brejo Santo escolheram Guilherme Landim (PDT) para ser seu representante na Assembleia Legislativa. Ex-prefeito do Município por duas vezes e filho do ex-deputado e também ex-prefeito, Welington Landim, falecido em 2015, o médico de 33 anos afirma que vai representar o Cariri e o legado de seu pai. Décimo deputado estadual mais votado, registrando 83.215 votos (1,82%), ele buscará defender várias bandeiras como saúde, educação e geração de emprego e renda.  

Na educação, vai lutar para expandir o que definiu como “experiência exitosa”, que levou Brejo Santo a ter um excelente resultado no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), em 2015, quando foi prefeito. Além disso, defende a universalização das escolas em tempo integral e o apoio financeiro para os municípios que “estão passando dificuldades com o subfinanciamento do Fundeb”, disse.  

Já na saúde, uma de suas propostas é lutar para que seja implantado um Hospital Municipal em Juazeiro do Norte para que o Hospital Regional do Cariri não fique superlotado por conta da demanda do Município “que corresponde com mais de 70% dos atendimentos, comprometendo o atendimento para outros municípios”, garantiu.

“Tenho característica de ser muito presente nas minhas bases. Já venho trabalhando nessa campanha há bastante tempo para chegar na Assembleia Legislativa depois da partida do meu pai, que sempre foi o representante da nossa região”  

Guilherme Landim acredita que o Ceará avançou muito nos últimos anos na redistribuição de investimentos para o interior. No entanto, quer aprovar, na Assembleia Legislativa, projetos de incentivo fiscal e financiamentos para que empresas possam se instalar em municípios distantes, menores e mais pobres. “Tirar a juventude dessa tentativa diária de serem cooptados pro crime” justificou o deputado eleito. 

Além disso, ele pretende realizar fóruns e estar com suas redes sociais abertas para ouvir as demandas da população. Sobre sua eleição, Guilherme disse que ficou surpreso com o apoio sua candidatura no Cariri – nove prefeitos foram seus aliados. “Ao logo da campanha a gente viu que estava crescendo. Tinha expectativa de tirar 75 mil votos e foi muito superada. Fiquei muito feliz”, finaliza.  

00:20 · 08.10.2018 / atualizado às 01:09 · 08.10.2018 por
Fernando Santana (PT) e Guilherme Landim estarão na Assembleia Legislativa, já Pedro Bezerra (PTB) representará o Cariri no Congresso Nacional. (Foto: Reprodução)

Juazeiro do Norte. Das 46 vagas na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, duas serão do Cariri com eleição de Guilherme Landim (PDT) e Fernando Santana (PT). Além disso, a região terá Pedro Bezerra (PTB) como representante no Congresso Nacional a partir de 2019, mantendo o mesmo número de parlamentares das atuais legislaturas.

O administrador Fernando Santana (PT), de 37 anos, foi o quarto mais votado do Ceará, com 95.665 votos (2,09%). Natural de Juazeiro do Norte, o deputado eleito tem como base política o município vizinho de Barbalha, onde foi candidato à Prefeitura Municipal em 2016, sendo derrotado por apenas 178 votos. Nesta eleição, contou com apoio do governador reeleito, Camilo Santana.

Já Guilherme Landim (PDT), médico, 33, foi o décimo deputado estadual mais votado, registrando 83.215 votos (1,82%). Ele é natural de Campinas (SP), mas se estabeleceu no Cariri ainda jovem, se formando na Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte (FMJ). Filho do ex-deputado e ex-prefeito de Brejo Santo, Welington Landim, falecido em 2015, Guilherme seguiu os passos do pai e também foi chefe do Executivo do Município por dois mandatos.

A novidade na Câmara de Deputados será a estreia do sociólogo e empresário Pedro Bezerra (PTB), 37, filho do atual prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra. Ele foi o décimo deputado federal mais votado do Ceará, com 119.030 votos (2,59%), e vai debutar na vida política em Brasília (DF) a partir do ano que vem. Nascido em Salvador, Pedro viveu a infância em Juazeiro do Norte, mas ainda na adolescência se mudou para Fortaleza, onde concluiu sua graduação em Ciências Sociais. Lá, também fez pós-graduação em Gestão e Marketing e trabalhou como professor.

Perdas

Na atual legislatura, o Cariri tem como representante na Assembleia Legislativa o deputado estadual Manoel Santana (PT), que assumiu como suplente. Nesta eleição, o médico, que foi ex-prefeito de Juazeiro do Norte, optou por não concorrer e lançar seu filho, Gabriel Santana (PCdoB), que não foi eleito. Além dele, o jornalista Ely Aguiar (DC), que nasceu no Crato, não conseguiu se reeleger.

A fisioterapeuta Gorete Pereira (PR) foi outra candidata do Cariri que não conquistou a reeleição. Ela concorreu novamente ao cargo de deputada federal e obteve 62.946 votos, ficando no 27º lugar entre os mais votados do Ceará. Nascida em Juazeiro do Norte, Gorete foi ex-deputada estadual, ex-vereadora de Fortaleza, mas em 2008 tentou ser prefeita de sua terra natal, obtendo 1.110 votos.

De 2015 para cá, o Cariri também perdeu representantes que optaram por assumir as gestões municipais das duas principais cidades da região. O atual prefeito de Crato, José Ailton Brasil, foi eleito para a Assembleia Legislativa em 2014, mas deixou o cargo de deputado estadual para assumir o Município em 2017. O mesmo aconteceu com Arnon Bezerra, que exerceu mandatos de deputado federal por 22 anos consecutivos, mas deixou o Congresso Nacional para administrar Juazeiro do Norte. Agora, terá como porta-voz em Brasília seu filho Pedro Bezerra.

14:33 · 07.10.2018 / atualizado às 14:42 · 07.10.2018 por
No Colégio São Francisco, cinco homens acompanham a votação. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. Cerca de 200 militares do Exército estão no Município para manter a ordem e segurança durante as eleições deste domingo (7). Com 169.046 eleitores aptos para votar em 575 seções espalhadas em 85 locais de votação, a movimentação na Terra do Padre Cícero começou cedo. Além disso, policiais militares e agentes do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) dão apoio em toda a cidade.

A atuação do Exército acontece em outras quatro cidades, todas com mais de 100 mil eleitores e que possuem os maiores colégios eleitorais do Ceará: Fortaleza, Caucaia, Maracanaú e Sobral . Os agentes estão atuando em pontos fixos e também farão patrulhamento nos locais de votação. O objetivo é coibir crimes eleitorais, como boca de urna, compra de voto ou tentativa de tumulto.

Agentes acompanham votação no Colégio Salesianos.

Logo às 7h, dezenas de pessoas formavam fila no Colégio São Francisco, maior colégio eleitoral do Município com quase 6 mil votantes. Lá, cinco militares acompanham a votação e um veículo também auxiliava os agentes. Já no Colégio Salesianos, local que concentra o segundo maior número de eleitores, outros cinco faziam o patrulhamento.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Cariri

Belezas naturais, fé, trabalho e cultura. Sob os pés da Chapada do Araripe, aqui você encontra as principais notícias dos municípios da região. Por Antônio Rodrigues.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags