Busca

Categoria: Saúde


09:45 · 23.04.2018 / atualizado às 09:45 · 23.04.2018 por
Crato inicia campanha nesta segunda-feira. (Foto: Reprodução)

Crato. Lançada pelo Ministério da Saúde, a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza será iniciada no Município nesta segunda-feira (23) e será realizada até o dia 1º de junho. O dia D de vacinação acontecerá em 12 de maio. Até a última quinta-feira (19), foram registrados 24 casos da doenças e quatro mortes confirmadas. Por recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), a vacina é a trivalente e protege contra três subtipos do vírus da gripe: H1N1, H3N2 e Influenza B.

Nesta campanha, além de indivíduos com 60 anos ou mais de idade, serão vacinadas crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; professores das escolas públicas e privadas; grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

A Gerente da Célula de Vigilância Epidemiológica e Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Danielle Norões, diz que o objetivo da campanha é reduzir complicações, internações e a mortalidade das infecções pelo vírus da influenza.

“Nossa meta é vacinar 90% do público alvo. Para tanto iremos disponibilizar vacinas em todas as unidades de saúde do município, e no dia D vamos organizar postos volantes para facilitar a imunização”, explica. Danielle ressalta que a vacina é o meio de prevenção mais eficaz contra o vírus.

11:49 · 13.04.2018 / atualizado às 11:49 · 13.04.2018 por

Juazeiro do Norte. Desde a última terça-feira (10), o Programa Saúde na Escola (PSE) tem realizado a Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses e Tracoma nas escolas. A Escola de Ensino Fundamental Demóstenes Ratts Barbosa recebeu a abertura oficial, onde as secretarias de Saúde, Educação e coordenadores do PSE se reuniram com pais e responsáveis para explicar a campanha e reforçar com eles a importância de autorizar, através da assinatura de um termo, que seus filhos participem das ações.

As atividades acontecem por meio do PSE, parceria entre a Sesau e a Seduc, e tem como objetivo promover a redução da carga parasitária de geo-helmintos (verminoses), identificar casos suspeitos de hanseníase e de tracoma em estudantes na faixa etária de 05 a 14 anos de idade, matriculados em escolas públicas do Município, através da busca ativa e exames para detecção e tratamento destas doenças.

Estas ações já estão sendo realizadas e acontecerão em todas as 44 escolas municipais pactuadas no PSE, por meio da abordagem integrada entre os profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), agentes de endemias, médicos e enfermeiros das equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF) de cada bairro.

“Entendemos que precisamos trabalhar a prevenção e a promoção da saúde a partir das escolas. Estamos tendo também reunião com os pais, pois a presença deles é fundamental neste trabalho, para que apoiem as ações e participem junto com seus filhos. A partir da prevenção com as crianças com certeza teremos adultos mais saudáveis”, ressaltou a secretária de saúde, Nizete Tavares.

“Esta Campanha é muito importante, porque muitas vezes a gente não tem esse tempo disponível para estar indo no posto de saúde, para dar esse suporte e estar olhando se nossos filhos têm essas doenças. Então fica mais acessível na escola, que é um lugar que eles têm que vir todos os dias. Facilita a vida de nós, pais, que é tão corrida”, afirmou Cícera Romana, mãe de aluno.

09:27 · 10.04.2018 / atualizado às 09:27 · 10.04.2018 por
É possível receber as vacinas em todas as salas de vacinação do Município, de segunda à sexta-feira. (Foto: Helio Filho)

Juazeiro do Norte. A Secretaria Municipal de Saúde, através da coordenação de Imunização, estará intensificando as vacinas contra o HPV e meningite para o público adolescente durante o mês de abril. A recomendação é do Ministério da Saúde, que está realizando a Campanha em todo o país.

A vacina contra a meningite está disponível para a faixa etária de 11 a 14 anos, dose única. Já a vacina contra o HPV está sendo aplicada em meninas de 09 a 14 anos e em meninos de 11 a 14 anos, em duas doses, com intervalo de 06 meses entre elas. A faixa etária para a vacina contra o HPV pode ser estendida até os 26 anos para pessoas com câncer, portadoras do vírus HIV ou transplantadas.

É possível receber as vacinas em todas as salas de vacinação do Município, de segunda à sexta-feira. Além das Unidades Básicas de Saúde (UBS), a imunização acontece ainda no Hospital Infantil Maria Amélia Bezerra de Menezes, na Policlínica Tasso Ribeiro Jereissati e no Centro de Dermatologia.

As escolas municipais também estão recebendo a campanha de vacinação, através do Programa Saúde na Escola (PSE). Para que o aluno receba a vacina é preciso que os pais ou responsáveis assinem o termo de autorização.

De acordo com a coordenadora de Imunização do Município, Márcia Rejane, instituições de ensino da rede privada também podem levar a vacinação para dentro da escola, bastando apenas que solicite à Secretaria de Saúde o agendamento com a equipe da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro.

A vacina contra o HPV previne alguns tipos de câncer, em homens e mulheres. “É importante que os adolescentes tomem a vacina agora para quando chegarem à fase adulta já estejam protegidos. Estudos mostram que 70% dos casos de câncer do colo de útero são devido ao vírus HPV”, explicou a coordenadora de Imunização.

“Nós pedimos à comunidade, que procure a Unidade Básica de Saúde do bairro, pois todas já estão abastecidas com essas vacinas. São vacinas de suma importância. A meningite é uma doença grave, que em alguns casos pode levar a óbito” completou Márcia.

10:38 · 09.04.2018 / atualizado às 10:38 · 09.04.2018 por
Crianças recebem orientações sobre o cuidado com a higiene bucal. (Foto: Helio Filho)

Juazeiro do Norte. No Dia Mundial da Saúde, celebrado no último sábado (7), a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), desenvolveu uma série de ações, com o intuito de promover a conscientização acerca dos cuidados com a saúde e ainda proporcionar diversos serviços para a população. Em 2018, o tema escolhido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para comemorar a data foi “Saúde para todos”

Durante a semana, alunos do Colégio Militar receberam palestras sobre temas relacionados à saúde, como alimentação saudável, arboviroses e autismo. Na sexta-feira (06), em parceria com a 21ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRES) e Instituições de Ensino Superior, a Sesau disponibilizou serviços em saúde na ação realizada na Praça do Memorial Padre Cícero. Já no sábado (07), a ações foram promovidas em parceria com o Cariri Garden Shopping.

Prevenção

Entre os serviços, a população teve acesso às orientações sobre prevenção das arboviroses com o Núcleo de Mobilização Social; sobre saúde do trabalhador com a equipe do CEREST; sobre infecções sexualmente transmissíveis, com a distribuição de preservativos pelo núcleo de Infectologia. Foram oferecidos serviços de imunização, com vacinas contra hepatite B, tétano, meningite e HPV.

Através de equipes do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), de Estratégia Saúde da Família (ESF), Saúde Bucal, Programa Saúde na Escola, foram disponibilizadas ainda aferição de pressão arterial, orientações de saúde bucal, avaliação física e nutricional.

Fortalecimento

“É uma preocupação dessa gestão melhorar a qualidade dos serviços públicos de saúde, com esse trabalho permanente de aproximação com a população. Estamos trabalhando diariamente para integrar nossos serviços, fortalecendo ainda a parceria com as Universidades”, afirmou o diretor de Vigilância à Saúde, David Antônius.

A secretária executiva de Saúde, Francimones Rolim, ressaltou que esses eventos são importantes “para que a comunidade possa se cuidar, se prevenir, para que a gente possa ter uma população mais saudável, proporcionando assim mais qualidade de vida para todos”, disse.

09:24 · 05.04.2018 / atualizado às 09:24 · 05.04.2018 por
Juazeiro receberá Centro de Referência sobre drogas. (Foto: Helio Filho)

Juazeiro do Norte.  A Rede de Saúde Mental da Secretaria de Saúde realizou, nesta quarta-feira (04), no no auditório do Memorial Padre Cícero, o I Seminário de Políticas Sobre Drogas do Município. O evento teve como objetivo trazer para a sociedade debates relacionados às políticas da saúde mental e antidrogas.

Participaram do Seminário representantes do setor de segurança pública, através do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Guarda Civil Municipal; representantes do Conselho Municipal de Saúde e de diversos setores da Secretaria de Saúde; membros das Secretarias de Desenvolvimento Social e Trabalho e de Educação, da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, do SAMU, da UPA, além de estudantes de nível superior e sociedade em geral.

A secretária executiva de Saúde do Município, Francimones Rolim, ressaltou a importância do trabalho realizado pelo Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas 24h (CAPS AD III) de Juazeiro do Norte, com a implementação do Sistema Acolhe Ceará, que em parceria com o Estado amplia o atendimento às pessoas com problemas decorrentes do uso de drogas.

Ela agradeceu a parceria com o Governo do Estado no processo de implantação do Centro de Referência sobre Drogas (CRD), que será instalado em Juazeiro do Norte, e  contemplará outros municípios da região do Cariri. “Estamos aqui para fortalecer as políticas da saúde mental e antidrogas no município de Juazeiro do Norte e região”, completou Francimones.

O secretário especial de políticas sobre drogas do Estado, Will Almeida, destacou a importância do evento, tendo em vista a relevância do tema e a necessidade do mesmo ser mais discutido na sociedade. “Precisamos sair daqui com esse desejo de levar a informação, prevenir nossos jovens e cidadãos com relação às drogas. Hoje, Juazeiro do Norte é um grande parceiro da nossa Secretaria”, afirmou o secretário.

Centro de Referência

Will Almeida falou ainda sobre o trabalho que vem sendo realizado nos municípios pela Secretaria Especial de Política Sobre Drogas (SPD), no que diz respeito à prevenção, acolhimento e reinserção social e profissional dos dependentes químicos. “Vamos inaugurar, até o início do próximo mês, o primeiro Centro de Referência sobre Drogas do interior do Ceará e o Prefeito Arnon Bezerra está dando todo o suporte, juntamente com a Secretaria de Saúde, para que a gente possa implementar esse grande projeto”, afirmou.

A coordenadora do Hospital Dia Elo de Vida, Sandra Coelho, palestrou sobre “manejo de pacientes em crise: dependência química e comorbidades”. A coordenadora de políticas sobre drogas, Alessandra Pimentel, e a coordenadora de interlocução interinstitucional, Lidiane Rebouças, falaram sobre as políticas sobre drogas no Ceará e os projetos desenvolvidos pela SPD.

No encerramento, a diretora da Rede de Saúde Mental de Juazeiro do Norte, Elizangela de Gouveia, agradeceu a parceria do Estado na realização deste evento e falou que, em um segundo momento, haverá a apresentação da Rede de Atenção Psicossocial de Juazeiro do Norte, onde serão explanados os fluxos de atendimento.

05:33 · 28.03.2018 / atualizado às 03:37 · 28.03.2018 por
Inquérito identificou demanda de 230 cirurgias cardiológicas. (Foto Antonio Rodrigues)

Barbalha. O Ministério Público Federal (MPF) obteve liminar que determina o bloqueio de recursos nas contas do Estado do Ceará para custear procedimentos cirúrgicos cardiológicos para pacientes na lista de espera do Hospital do Coração do Cariri. Inquérito instaurado identificou demanda de 230 cirurgias cardiológicas e a necessidade de R$ 300 mil por mês, durante cinco meses, para a realização dos procedimentos.

De acordo com a liminar, concedida em processo movido pelo MPF que tramita na 16ª Vara da Justiça Federal, os recursos deverão ser bloqueados depois que o hospital apresentar lista atualizada com o total de pacientes no aguardo de procedimentos cirúrgicos, um plano de trabalho para atender a demanda e orçamento com valores em conformidade com a tabela do Sistema Único de Saúde (SUS).

Caberá ao Município de Barbalha, através da Secretaria de Saúde, adotar todas as providências para a contratação do Hospital do Coração do Cariri para a realização das cirurgias, encaminhamento dos pacientes da fila de espera e auditoria de toda a produção apresentada para comprovar a regular execução do serviço e, posteriormente, realizar o respectivo pagamento com recursos oriundos do Estado do Ceará.

Segundo os procuradores da República Lívia Sousa e Rafael Rayol, o juiz deferiu a liminar após audiência de conciliação, na qual foi comprovado que  o Estado do Ceará abriu chamamento público para cirurgias eletivas, contudo se negou a inserir os procedimentos cardíacos da fila de espera da Região do Cariri no edital do chamamento público.

A fila, como aponta a investigação, teve origem em um impasse financeiro entre o Município de Barbalha e o Ministério da Saúde que impediu o aumento do teto financeiro para ações de média e alta complexidade.

Os procuradores da República autores da ação pontuam que “o que se revela inaceitável” é o tempo de espera dos pacientes para realização do procedimento cirúrgico de urgência, o que significa risco de vida para os cidadãos e recomendam aos pacientes que estão em lista de espera para realização de procedimento cirúrgico de alta complexidades que procurarem o Hospital do Coração do Cariri para iniciar procedimentos pré-operatórios.

O caso

Em fevereiro de 2017, O HCC ameaçou suspender o atendimento de pacientes pelo SUS. De acordo com a administração do hospital, a interrupção ocorreria porque o Sistema Único de Saúde não estaria efetuando o pagamento dos atendimentos já realizados. Para garantir a continuidade de serviços, o HCC demandou aos órgãos de saúde o acréscimo dos leitos de unidades coronarianas (UCO), a habilitação do hospital para recebimento de recursos relacionados a terapias enterais e o pagamento pelos procedimentos cirúrgicos já realizados.

11:15 · 13.03.2018 / atualizado às 11:17 · 13.03.2018 por
Em Juazeiro do Norte, 14 animais foram adotados. (Foto: Helio Filho)

Crato/Juazeiro do Norte. No fim de semana, estes dois municípios promoveram ações para adoção de cães e gatos. Na sexta-feira (09), em Juazeiro, aconteceu o seu segundo evento, na Praça dos Ourives, que proporcionou um novo lar para 14 animais. Já no Crato, foi realizado o “Cariri, Adote”, no último sábado (10), na Praça Alexandre Arraes, em parceria com o Projeto Acolhe.

Em Juazeiro do Norte, a evento foi realizado pela Secretaria de Saúde, através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), que trouxe animais recuperados após serem capturados doentes ou com suspeita de zoonoses.  Na ocasião, foi disponibilizada ainda vacinação antirrábica para cães e gatos, onde 38 doses foram aplicadas.

A cabelereira Flaviana Menezes esteve no evento com a filha e adotou um cachorro. “Eu sou muito apegada a bicho. Já tive uma cachorrinha que faleceu, passei um bom tempo sem criar. Hoje eu estava passando, vi o evento e vim adotar. Acho melhor adotar do que comprar, porque a raça não importa, o que importa é o amor”, afirmou.

Durante toda a manhã os profissionais do CCZ estiveram dando orientações sobre posse responsável e como prevenir e tratar as zoonoses. As principais orientações sobre a adoção responsável são verificar se há espaço adequado para abrigar o animal e se a pessoa vai ter tempo suficiente para realizar os cuidados necessários com o animal, como levar para vacinar e fazer o acompanhamento periódico com o veterinário.

No Crato, 151 animais foram vacinados. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Enquanto no Crato, o ‘Cariri Adote’, realizado pelas secretarias municipais de Saúde, de Meio Ambiente e de Desenvolvimento Territorial, disponibilizou diversos serviços. Os animais para adoção já estavam imunizados e a vacina antirrábica também foi aplicada para cães e gatos. Ao todo, 115 cães e 36 gatos foram vacinados.

Durante a feira, a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Territorial realizou orientação falando sobre os bons tratos para com os animais e posse responsável, ações estas previstas dentro da rede de defesa, proteção e bem-estar animal.

Como adotar

Para os interessados em adotar um animal de estimação, em Juazeiro do Norte, há cães e gatos recuperados de doenças ou maus-tratos disponíveis para adoção, de segunda à sexta-feira, na sede do CCZ, localizada na Rua Tenente Raimundo Rocha, s/n, bairro Planalto. É preciso ser maior de idade, apresentar um documento de identificação e comprovante de residência. O candidato passará por uma entrevista, e se estiver apto à adoção vai obter orientações sobre posse responsável do animal com o veterinário.

13:15 · 09.03.2018 / atualizado às 13:15 · 09.03.2018 por
Crato. Na última terça-feira (06), o Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (DECON) realizou uma audiência pública, na sede da Promotoria de Justiça da Comarca local, para debater a implementação do Selo de Inspeção Municipal (SIM). Participaram do encontro os secretários municipais de Agricultura, Saúde, Meio Ambiente e Finanças, além de representantes da Vigilância Sanitária, da Procuradoria Geral do Município, da Câmara Municipal, do Programa de Agricultura Familiar (PAF) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).
O promotor de Justiça Thiago Vieira esclareceu que, atualmente, existem na Promotoria de Justiça tem dois procedimentos administrativos que abordam e tangenciam a matéria. Um deles fiscaliza o cumprimento das normas sanitárias e de higiene na produção, transporte, armazenamento, venda e exposição de produtos de origem animal (PA 04/2017). O outro apura de forma mais específica a movimentação de vários órgãos e setores do Município na implementação do SIM (PA 04/2018).
A partir de uma ação integrada do DECON regional, haverá, por parte da Promotoria de Justiça, um acompanhamento pormenorizado da matéria, desde a regulação legislativa até a execução das medidas necessárias para o funcionamento do selo. Os órgãos presentes terão um prazo de 30 dias para informarem que ações serão tomadas, dentro de suas esferas de competência, para efetivação do selo.
O representante do MPCE destacou que a importância da existência do Selo de Inspeção Municipal, seja no aspecto da proteção à saúde pública, com reforço das ações de fiscalização sanitária, seja no fomento à atividade econômica, especialmente para os produtores de produtos locais de origem animal.
12:12 · 09.03.2018 / atualizado às 12:12 · 09.03.2018 por
Foram oferecidas diversas ações de orientação e serviços de saúde. (Foto: Helio Filho)

Juazeiro do Norte. Dentro da programação da Semana Internacional da Mulher, a Secretaria Municipal de Saúde promoveu, nesta quinta-feira (08), uma manhã de atividades e serviços na Praça da Alegria, no bairro Novo Juazeiro. As mulheres que fazem parte do grupo organizado pelo Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) participaram de um momento com muitas orientações e descontração, além dos habituais exercícios físicos que praticam rotineiramente no local.

A ação foi uma parceria entre a coordenação da Atenção Primária, através das equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF 06) e NASF 02, Núcleo de Mobilização Social, Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), Centro de Atenção Psicossocial (CAPS AD), e contou ainda com a participação de estudantes do curso de enfermagem da Universidade Regional do Cariri (Urca), de Nutrição da Faculdade de Juazeiro do Norte (FJN) e do curso técnico de enfermagem do Centro Profissionalizante ATS.

Foram oferecidas diversas ações de orientação e serviços de saúde, entre eles aferição de pressão arterial, teste de glicemia, orientações de combate às arboviroses, massoterapia, acupuntura, avaliação física e nutricional, orientações sobre sexualidade, prevenção do câncer de mama e do colo do útero. Houve ainda sorteio de brindes e foi servido um café da manhã no encerramento.

Homenagens
Durante todo o dia, foram prestadas diversas homenagens nos equipamentos da saúde do Município, além da oferta de serviços especialmente para as mulheres, tanto usuárias como funcionárias. Café da manhã, sorteio de brindes e orientações sobre a saúde da mulher marcaram este dia, em locais como o Hospital Infantil Maria Amélia, Centro de Atenção Psicossocial (CAPS AD), Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), Central de Assistência Farmacêutica (CAF), Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) e Unidades Básicas de Saúde (UBS).