Categoria: Turismo e Romaria


09:40 · 30.12.2019 / atualizado às 09:42 · 30.12.2019 por
Foto: Ethi Arcanjo

A Secretaria de Turismo e Romaria de Juazeiro do Norte (Setur) realiza, na próxima terça-feira (31), uma festa de réveillon na Alameda Juazeiro – Centro de Gastronomia Rita Araújo da Silva, a partir das 22h. O evento contará com duas atrações musicais: Chico Pessoa e Erika Diniz. Um grande show pirotécnico, a meia noite, marca a passagem para 2020.

O evento será totalmente gratuito e contará com técnicos da Secretaria de Saúde para eventuais emergências, bem como órgãos da Secretaria de Segurança Pública e Cidadania (Guarda Civil Metropolitana e Demutran) e a Polícia Militar, para garantir tranquilidade durante a festa da virada do ano na cidade.

“Estamos trabalhando para que a festa aconteça da melhor forma possível para que toda a população possa aproveitar e se confraternizar com família e amigos com muita paz”, afirmou o secretário Júnior Feitosa.

A expectativa de público é de aproximadamente 10 mil pessoas de todas as idades que irão saudar a chegada do novo ano. Neste período, Juazeiro do Norte também recebe grande número de turistas. Hotéis e pousadas da cidade alcançam ocupação significativa, desde a chegada do Natal e festividades de final de ano.

16:14 · 26.12.2019 / atualizado às 16:17 · 26.12.2019 por
Foto: Reprodução

A base em granito que sustentará a estátua de Nossa Senhora da Penha, em Campos Sales, foi concluída nesta semana. Iniciada em janeiro deste ano, toda obra já ultrapassou mais da metade de avanço físico. No espaço, será erguida a escultura da padroeira do município, que terá 26 metros de altura, se tornando o quarto maior monumento religioso do Ceará. A expectativa é que o novo espaço de turismo seja inaugurado no final de 2020.

Leia Mais: Construção de mirante põe Campos Sales na rota do turismo religioso

Segundo o mestre de obras, André Lima, na próxima semana, chegará a estrutura metálica que servirá para a montagem da estátua da santa. Este serviço deve ser concluído em aproximadamente 15 dias. Em janeiro, as obra ganha um fôlego a mais com a chegada de novos recursos pelo Governo do Estado e o reforço de 15 homens que trabalharão nas obras de urbanização daquela área.

(Foto: Daniel Laureano)

Localizado a 2 km do Centro da cidade, o projeto do Mirante de Nossa Senhora da Penha também inclui estacionamento e anfiteatro. O investimento é de aproximadamente de R$ 1,45 milhão. 60% do terreno foi doado pela família que era proprietária da área e o restante foi adquirido pela Prefeitura de Campos Sales, em 2017.

A estátua está sendo produzida pelo renomado escultor Pedro Pereira de Souza, 50 anos, artista plástico autodidata que se especializou em imagens sacras. Ao 14 anos, seu trabalho já era reconhecido em São Paulo e no Paraná. Apesar de requisitado no Sul e Sudeste do País, decidiu fazer o caminho de volta e instalou seu ateliê em Saboeiro, na região dos Inhamuns.

O rosto e a coroa da padroeira do Município já ganharam forma. No momento, o tórax está sendo feito. O escultor garantiu que a conclusão da estátua é uma das prioridades do  trabalho junto com a confecção de uma imagem de São José, que será colocada na entrada do Assentamento Acoci, também em Campo Sales.

Maiores monumentos

Após a conclusão,  Mirante de Nossa Senhora da Penha ficará atrás apenas das estátuas de Nossa Senhora de Fátima, em Crato, que mede 45 metros de altura; de São Francisco das Chagas, em Canindé, que atinge 30,25 metros; e de Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, que alcança 27 metros.

05:03 · 02.12.2019 / atualizado às 10:13 · 02.12.2019 por
Milhares de pessoas caminharam do Santuário de Benigna até o centro de Santana do Cariri. (Foto: Ypsilon Félix)

A terceira edição da Romaria Diocesana do Terço dos Homens reuniu, na manhã de ontem (1º), em Santana do Cariri, cerca de 3 mil pessoas no Santuário da Venerável Benigna Cardoso da Silva. A programação contou com celebração e um percurso de 2,5 quilômetros do bairro Inhumas até a Igreja Matriz de Sra. Sant’Ana onde está sepultada menina, aclamada santa popular.

De chapéu na mão, a pé, os participantes de várias cidades do Cariri, em maioria homens, realizaram o trajeto rezando e cantando sob sol escaldante. Na frente do grupo, um grande terço foi carregado por eles.

No evento, o bispo Dom Gilberto Pastana, líder da Diocese de Crato, refletiu sobre a morte de Benigna, que foi assassinada por um garoto que a assediava. “Um homem de Deus não bate em mulher, não a agride, e muito menos a assassina. Sejamos, pois, verdadeiros homens de Deus”, refletiu.

Esta romaria, realizada pela Diocese de Crato, é itinerante e percorre algumas das paróquias do Cariri. A edição de ontem, segundo o bispo Dom Gilberto Pasta, superou todas as expectativas.

(Foto: Ypsilon Félix)

A próxima edição será realizada em Juazeiro do Norte, em 29 novembro de 2020, na véspera do aniversário de 150 anos das ordens sacerdotais do Padre Cícero.

Beata

A população de Santana do Cariri aguarda ansiosa pelo anuncio da beatificação de Benigna Cardoso. No último dia 3 de outubro, o Vaticano comunicou que o Papa Francisco reconheceu seu martírio.

Aclamada como “Heroína da Castidade , Benigna foi brutalmente assassinada aos 13 anos de idade, em 1941, a golpes de faca por outro adolescente que a assediava, depois de recusar ter relações sexuais com ele. Para a população, a menina “deu a vida para não cometer pecado”. Seu processo foi iniciado em 2011 e, dois anos depois, foi nomeada “Serva de Deus”, pela Igreja Católica. 

08:10 · 25.11.2019 / atualizado às 11:24 · 25.11.2019 por
Foto: Lino Fly

A Secretaria de Turismo e Romaria de Juazeiro do Norte iniciou, nesta segunda-feira (25), o projeto Cores da Fé, que vai revitalizar as casas da Rua do Horto, que fica no trajeto para cartão-postal do município, a Estátua do Padre Cícero. A expectativa da Pasta é pintar 100 fachadas por dia. O trabalho segue até a próxima sexta-feira (29), contemplando 553 imóveis.

Aproximadamente 30 estudantes do curso técnico de edificações do Instituto Federal do Ceará (IFCE) passaram por curso de pintura, textura e manuseio de tinta com a empresa parceira do projeto, a Gigante das Tintas, e iniciarão de forma voluntária a revitalização promovendo à Rua Horto um novo aspecto aos seus imóveis em toda a sua extensão.

O projeto Cores da Fé irá beneficiar mais de 5 mil habitantes que residem não apenas na Rua que receberá a revitalização, como também nas proximidades.

Cores da Fé, está dividido em quatro dimensões de ações: revitalização da Rua do Horto, fomento ao turismo local, promoção empreendedora dos moradores e educação profissional. A ideia é construir um portal turístico com instalação de empreendimentos que possam atender também à nova demanda turística, gerada com a realização da revitalização.

Economia

Para que isso seja possível, os moradores da Rua do Horto estão recebendo capacitações e orientações técnicas do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para qualificar seus empreendimentos com foco no turismo e incentivar a abertura de novos intentos no local garantindo, assim, a inclusão produtiva e a geração de renda local.

16:30 · 17.11.2019 / atualizado às 09:55 · 18.11.2019 por
Foto: Antonio Rodrigues

O governador Camilo Santana anunciou, neste domingo (17), que as obras do teleférico de Barbalha alcançaram 95% de avanço físico, mas ainda sem data para a entrega. “A previsão de inauguração em breve”, resumiu em publicação em sua página oficial. Com investimento de R$ 14 milhões, o equipamento ligará o Mirante do Cruzeiro até o distrito de Caldas, sendo possível contemplar o vale do Cariri, além de propiciar vista privilegiada para a Chapada do Araripe.

O prazo de entrega já foi adiado três vezes: setembro de 2017, maio de 2018 e outubro de 2019. Em julho deste ano, a Superintendência de Obras Públicas (SOP) previa que a parte estrutural fosse entregue no mês passado, quando começaria a fase de operação assistida.

Projetado para impulsionar o turismo no Cariri, o teleférico terá capacidade para transportar até 660 pessoas por hora, percorrendo uma distância de 550 metros, a aproximadamente 150 metros de altura, em velocidade normal de 1,4 m/s. O investimento do Governo do Estado é de R$ 14 milhões.

Todos os equipamentos, como as cadeirinhas e os cabos, já estão no canteiro de obras, em processo de montagem. A obra também inclui uma praça, borboletário e bicicletário. Os testes operacionais do teleférico começaram em agosto.

Concessão

A Secretaria do Meio Ambiente (Sema) realizou um estudo de viabilidade socioeconômica, que servirá de base para a licitação afim de que o teleférico seja administrado por uma empresa privada, através de concessão. Além do próprio teleférico, a administradora poderá explorar o prédio do antigo Hotel do Caldas, vizinho à estação inferior, que foi restaurado e ganhou piso com ladrilhos hidráulicos feito na oficina do renomado construtor barbalhense Jaime Rodrigues. O espaço poderá ter restaurante, museu e lojas.

13:11 · 01.11.2019 / atualizado às 13:16 · 01.11.2019 por
Foto: Divulgação/Seturdes

A Romaria de Finados, que faz circular estimadas 300 mil pessoas em Juazeiro do Norte, entre os dias 29 de outubro e 2 de novembro, tem ampliado as fronteiras. A cidade vizinha de Crato, onde nasceu o Padre Cícero, cada vez mais, tem recebido seus devotos neste período. Pensando nisso, a Secretaria Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico Sustentável (Seturdes) instalou duas tendas para recepcionar os romeiros, uma na Praça da Sé e outra na Praça do Sol, aos pés estátua de Nossa Senhora de Fátima.

Saiba Mais: 10 lugares do Crato que você precisa conhecer

Nestes pontos, os visitantes recebem orientações sobre alguns lugares da ‘Princesa do Cariri’, fitinhas em alusão ao município e atendimentos de saúde. O Mapa Turístico do Crato, material impresso, também é entregue. “É o momento de todos os cratenses mostrarem a receptividade que é típica da nossa cidade”, comentou Luis Carlos Saraiva, titular de Seturdes.

Roteiro

Um dos locais visitados em Crato é a Sé Catedral de Nossa Senhora da Penha, onde o sacerdote foi batizado. A Igreja ainda preserva a pia batismal onde aconteceu a cerimônia e exibe aos visitantes uma cópia do livro de batismo que registrou, pela primeira vez, o nome Cícero Romão Batista.

Inaugurada em 2014, a estátua de Nossa Senhora de Fátima — maior monumento religioso do Ceará com 45 metros de altura — fica a pouco mais de seis quilômetros do Centro da cidade. A escultura chama atenção pelo tamanho e supera até o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. Em julho do ano passado, foi inaugurada uma obra de urbanização que trouxe diversas melhorias ao local, incluindo estacionamento, espaço ecumênico, iluminação e paisagismo.

14:27 · 30.10.2019 / atualizado às 13:33 · 01.11.2019 por
Com intervenções urbanas, jovens chamam atenção para os casos de exploração infantil. (Foto: Antonio Rodrigues)

Aproximadamente 150 jovens missionários de várias partes do Brasil estão realizando intervenções urbanas, durante a Romaria de Finados, em Juazeiro do Norte, para combater os casos de violência contra a mulher e exploração sexual infantil. As ações acontecem até a próxima sexta-feira, dia 1º de novembro. Este trabalho é realizado, neste evento religioso, pela organização missionária internacional Jovens Com Uma Missão (Jocum), há pelo menos cinco anos.

A Jocum atua há 22 anos na região com uma unidade instalada em Crato. Com outras 56 bases espalhadas pelo Brasil, as ações em Juazeiro do Norte recebem o apoio de missionários de Fortaleza, Natal, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, entre outras cidades. A ação na Romaria de Finados já faz parte da agenda da organização. “Desde que estamos no Cariri trabalhamos este tipo de movimento”, explica o missionário César Wagner Gomes.

Com cartazes trazendo informações sobre como realizar denúncias, os jovens tentam chamar a atenção para a realidade alarmante dos casos de violência contra à mulher e exploração sexual infantil. A intervenção urbana conta com encenações que simbolizam esta realidade. “A gente aproveita que a romaria tem esta concentração de pessoas para fazer este enfrentamento. É uma realidade e temos que alertar de alguma forma”, conta a missionária Stheffany Balbino, que veio da capital cearense.

(Foto: Antonio Rodrigues)

Este tipo de intervenção já foi feita em outras cidades da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e no próprio Crato. “A gente escuta muito das pessoas. É importante, principalmente para as vítimas, falar sobre isso. Tentamos encorajar as pessoas à denunciar mesmo”, reforça Stheffany.

A organização trabalha em diversas vertentes, que incluem o combate à violência contra a mulher, o abuso sexual de crianças, mas também discute a exploração do trabalho infantil e realiza o trabalho de evangelização. “Isso surgiu desde o início da Jocum. São quase 60 anos mundialmente. Só que, agora, se tornou mais emergente e urgente a necessidade de conscientização pelos casos que estão acontecendo”, finaliza César.

10:38 · 29.10.2019 / atualizado às 10:40 · 29.10.2019 por
Foto: Seção de Relações Públicas do 2º BPM

Com objetivo de garantir a ordem e a segurança, a Polícia Militar inicia, nesta terça-feira (29), a Operação Romaria de Finados, em Juazeiro do Norte, com previsão de término para o próximo sábado, dia 2 de novembro. Os agentes irão desenvolver ações de policiamento ostensivo de forma preventiva, principalmente, nos locais que concentram grande fluxo de pessoas.

As equipes estarão trabalhando, especialmente, nos lugares mais visitados pelos romeiros neste período, como o entorno da Basílica de Nossa Senhora das Dores, a Capela do Socorro e o Santuário de São Francisco. Parte do efetivo policial será distribuído a pé em postos fixos enquanto outra equipe será responsável pelo patrulhamento motorizado.

De acordo com o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, Major Luciano Rodrigues de Oliveira, as romarias são um marco da cidade de Juazeiro do Norte que demandam estratégias específicas de atuação. “Estamos comprometidos em garantir a paz e a tranquilidade dos visitantes, bem como da população local que participa desse evento durante os próximos dias”, destaca o oficial.

A Romaria de Finados é o maior evento religioso da terra do Padre Cícero. A expectativa é de que 400 mil visitantes circulem por Juazeiro do Norte até o próximo sábado (02).

14:28 · 25.10.2019 / atualizado às 14:29 · 25.10.2019 por
Foto: Kid Júnior

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) vai operar em regime especial durante a Romaria de Finados, maior evento religioso de Juazeiro do Norte. Entre os dias 29 de outubro e 2 de novembro, 17 bairros terão o tempo de abastecimento de água reduzido para garantir a distribuição do recurso hídrico por toda a cidade. O objetivo é assegurar a distribuição para a população local e suprir o aumento de demanda pelos visitantes.

O município, que possui cerca de 270 mil habitantes, vê o número de pessoas em seu território dobrar neste período. Por isso reduzirá o tempo de abastecimento nos bairros Triângulo, João Cabral, Romeirão, Pirajá, Jardim Gonzaga, Lagoa Seca, Timbaúbas, Pio XII, Limoeiro, Vila Fátima, Antônio Vieira, Santa Teresa, Leandro Bezerra, Parque São Geraldo, Almino Loiola, parte do Novo Juazeiro e parte do Salesianos.

Durante o evento religioso, a Cagece irá monitorar as pressões na rede de distribuição de água dos bairros com maior concentração de romeiros e acompanhará os registros de serviços. A companhia também orienta a população que a água seja consumida com moderação, sempre priorizando as atividades essenciais e o consumo humano.

Para qualquer informação ou solicitação, a Cagece orienta aos clientes que entrem em contato com a companhia pelos canais de atendimento disponíveis, como a Central de Atendimento (0800.275.0195), o aplicativo Cagece App (disponível para Android e iOS) ou por meio Gesse, a assistente virtual da companhia, que atende no seu site.

17:40 · 23.09.2019 / atualizado às 17:41 · 23.09.2019 por
Geossítio Riacho do Meio, em Barbalha, é um dos atrativos do Geopark Araripe. (Foto: Antonio Rodrigues)

Há 13 anos, o Geopark Araripe era integrado à Rede Mundial de Parques Geológicos e reconhecida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como patrimônio geológico e paleontológico mundial – o primeiro das Américas e o único no Brasil. De lá pra cá, se tornou uma marca internacional de um dos projetos mais relevantes do ponto de vista da valorização do geoturismo, da geoconservação e geoeducação.

Leia também: O que fazer no Cariri em três dias

Atualmente em seis municípios da região do Cariri, engloba o território as cidades de Crato, Juazeiro do Norte, Santana do Cariri, Nova Olinda, Missão Velha e Barbalha, com nove geossítios. Porém, a expectativa é que nos próximos anos se ampliem para 12 o número de geossítios.

Saiba Mais: Geopark Araripe deve apresentar novo geossítio até o fim do ano

Para o reitor da Universidade Regional do Cariri (URCA), Francisco do Ó Lima Júnior, falar do GeoPark nesses 13 anos, é destacar uma trajetória vitoriosa, através do Programa de Geoparques da Unesco, com uma grande ação que envolve todos os atores do território.

“Tem uma raridade do ponto de vista geológico, para explicar a vida no planeta, mas que se desdobra em outros atributos, como em outros valores, a exemplo das riquezas da biodiversidade, hídricas, do grande patrimônio identitário”, afirma. Para o reitor, nesse período houve uma consolidação e fortalecimento maiores do projeto, e a população vem tomando consciência dessa grande riqueza que temos para preservar.

Segundo avalia, do ponto de vista concreto são grandes vitórias, com o olhar maior da sociedade para o potencial do geoturismo, hoje com guias, associações, esporte de aventura e uma rede hoteleira. Por conta do impulsionamento dado pelo GeoPark, houve uma profissionalização maior desses setores com um conjunto de realizações.

Do ponto de vista científico, Lima Júnior chama a atenção da riqueza, em todos os níveis, incluindo a geológica e paleontológica, e finalmente uma das maiores reservas do período Cretáceo do mundo, acreditasse que a segunda maior, com elevado nível de preservação dos fósseis e os seus achados, com maior visibilidade internacional, dessa grande riqueza que explica boa parte da trajetória da evolução do planeta.

“Comemorar 13 anos, diante de uma agenda passada que nos trouxe até aqui, com uma equipe científica, incluindo um concurso internacional, o Gea Terra Mãe, é tornar cada vez mais a sociedade dona desse GeoPark, e a URCA tem essa grande responsabilidade de ser gestora, olhando para o futuro, através da Rede Global de Geoparques”, ressalta o reitor da URCA. Para ele, olhar para o futuro, nos apropriando cada vez mais desse programa da Unesco, é valorizar o desenvolvimento natural e sustentável do território do Araripe.

Parcerias destacadas 

O diretor executivo do GeoPark, Nivaldo Soares, destaca a importância das parcerias com diversas organizações do território, incluindo os setores público, privado e organizações sociais, na busca de promover o desenvolvimento sustentável.

Conforme o diretor, é importante ressaltar a valorização do patrimônio histórico, cultural e geológico, além de promover a integração do Cariri, tornar a região mais atrativa, e divulgá-la para o Brasil e o mundo. Isso, além de promover geração de emprego e renda.“A importância do GeoPark como uma organização é integradora, promove todo um processo de costura, entre os diversos segmentos, anima esses parceiros, no sentido de que se avance nas ações e que se faça da melhor maneira possível esse desenvolvimento”, afirma Nivaldo.

Ele avalia a adequação e aprendizagem nesses 13 anos, dentro dessa lógica da integração e do reconhecimento do espaço com esse patrimônio material e imaterial. Isso inclui trabalho educativo e formativo, que se tem feito, além do reconhecimento da própria Unesco e inicialmente da rede europeia de GeoParks, a Rede Global de GeoParks, e uma absorção do projeto a nível mundial pela Unesco.

O GeoPark já passou por três avaliações técnicas, com êxito. O terceiro resultado será divulgado oficialmente em breve, na conquista de mais uma avalição positiva. Os avaliadores estiveram recentemente e fizeram observações positivas sobre o território e suas conquistas.

Segundo o diretor de Cultura do Geopark, Patrício Melo, em uma década houve investimentos acima de R$ 10 milhões no melhoramento receptivo turístico dos municípios de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Missão Velha, Santana e Nova Olinda, que abrangem os geossítios nesses espaços.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Cariri

Belezas naturais, fé, trabalho e cultura. Sob os pés da Chapada do Araripe, aqui você encontra as principais notícias dos municípios da região. Por Antônio Rodrigues.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags