Busca

Chuva forte rompe açude e deixa casas e ruas alagadas em Assaré

12:19 · 17.03.2017 / atualizado às 16:03 · 17.03.2017 por
Foto VcRepórter

Assaré. As fortes chuvas que caem sobre este município, na região do Cariri, desde o início da madrugada de hoje (17) causaram o rompimento do açude dos Montes, no bairro Populares. Ruas de pelo menos três bairros ficaram embaixo d’água. Carros foram arrastados pela correnteza e dezenas de famílias estão desalojadas. Esta foi a segunda vez que o reservatório rompeu. A última ocorreu em 1989.

De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), nas últimas 24 horas já choveu cerca da metade da média histórica do mês de março, que é de 182,3mm. Embora o pluviômetro do órgão tenha registrado 88 milímetros entre as 7 horas de ontem e 7 horas desta sexta-feira, na sede do município, “os medidores da zona rural apontam chuva acima dos 150 mm”, conforme afirma o radialista Jocélio Leite. Nos primeiros 15 dias do mês, a Funceme observou o acumulado de 87.5 mm.

As áreas mais afetadas são os bairros Populares, Alto do Zé Dodô e Pedra de Fogo. “Essas localidades ficam próximos ao açude e consequentemente a força da água foi mais intensa. Muitas famílias perderam tudo. A cidade está um caos”, acrescenta Jocélio. Não há informações sobre feridos. O município não confirmou o número de famílias que estão desalojados. Militares do Corpo de Bombeiros da cidade do Crato foram acionados e estão nas áreas mais afetadas.

Reservatórios
Com as intensas chuvas de março, já são quatro açudes sangrando no Estado. Hoje o Acaraú Mirim, em Massapê, atingiu 100% de sua capacidade e se juntou aos reservatórios dos Caldeirões, na cidade de Saboeiro; Maranguapinho, em Maranguape; e o Tijuquinja, na cidade de Baturité. Segundo dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Estado do Ceará (Cogerh), o volume dos açudes subiu de 8,06% na quarta-feira para 8,5% nesta sexta. Em contrapartida, outros 123 reservatórios ainda estão com volume inferior a 30%.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

Comentários 3

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

José Alves da Rocha

17/10/2017 as 22:0319

só peço a Deus que proteja todas as famílias que estão desabrigadas

Antonio Jusier Feitoza

17/08/2017 as 20:0319

Senhores, o rompimento do açude dos montes afeta diretamente os moradores do bairro casas populares.
Já os bairros José dodô e pedra de fogo foram afetados pelo rompimento da barragem banguê.
Abraço a todos

Lucia Moura

17/02/2017 as 14:0319

Te somos gratos Senhor, por essa maravilha que só tu Pai, sabe fazer!!! Tu é o Dono da chuva, és tu Senhor que mudas as estações.
Glorificamos e exaltamos o teu santo e poderoso nome Altíssimo!!!!
Toda honra,toda glória, todo louvor, toda adoração seja dado a ti Rei dos reis!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Amém JESUS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!