Protesto reúne servidores municipais, professores e alunos; Educação pode entrar em greve