Busca

Morre arqueóloga e idealizadora da Fundação Casa Grande, Rosiane Limaverde

11:12 · 20.03.2017 / atualizado às 16:02 · 20.03.2017 por
Foto Cariri Revista

Juazeiro do Norte. Morreu aos 51 anos, na manhã desta segunda-feira (20), a arqueóloga e idealizadora da Fundação Casa Grande-Memorial do Homem Kariri, em Nova Olinda, Rosiane Limaverde. Ela lutava contra um câncer no ovário há cinco anos.

A mestre em Arqueologia e Preservação do Patrimônio pela Universidade Federal do Pernambuco e doutora em Arqueologia pela Universidade de Coimbra era casada com o ativista cultural e atual secretário de Cultura de Juazeiro do Norte, Alemberg Quindis. O velório está marcado para 16 horas, no Teatro Violeta Arraes, em Nova Olinda. O corpo dela será cremado.

O Governador do Estado, Camilo Santana (PT), lamentou a morte da arqueóloga em sua pagina oficial do Facebook. O chefe do executivo diz ter recebido com pesar a morte “de uma pessoa muito querida e que deu relevante contribuição para a cultura e a arte do Ceará”.

Em seu post, Camilo ressaltou ainda que Fundação Casa Grande, desempenha “trabalho de valorização da nossa história e da nossa cultura e tem sido referência para o Brasil e para o mundo, com um importante trabalho social junto às crianças e jovens cearenses, já tendo sido reconhecida e homenageada por entidades como o UNICEF e o Ministério da Cultura”.  Camilo Santana encerrou a nota de pesar dizendo que, “através do Alemberg Quindins, da família e amigos de Rosiane, deixo meu abraço de afeto, respeito e gratidão”.

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) manifestou profundo pesar pela partida de Rosiane, “responsável por uma inestimável contribuição a várias gerações de pessoas que frequentaram a Casa, tendo suas vidas transformadas pela força da cultura, da arte, da comunicação, da educação em seu sentido mais amplo e cidadão”.

De acordo com a nota de pesar, “o trabalho de Rosiane Limaverde também foi fundamental para garantir legitimidade científica e acadêmica às experiências promovidas pela Casa Grande. Além de tudo, Rosiane sempre recebia com um sorriso todos que visitavam a Casa Grande, demonstrando todo interesse em recontar a história, acolher os visitantes , compartilhar os conhecimentos e realizações dessa longa e bela trajetória. Sua partida precoce entristece e comove todos os cearenses. Nossa solidariedade a Alemberg Quindins, aos filhos Ana e Pedro, aos parentes, amigos e a todos os atuais e eternos “meninos da Casa Grande”. Sigamos inspirados pelo exemplo de uma vida dedicada à arte, à cultura, à comunicação, à educação, ao encontro e ao aprendizado com o outro”.

O prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, lamentou, com profundo pesar, o falecimento de Rosiane Limaverde destacou a “importante contribuição dela, como uma das fundadoras, juntamente com Alemberg, da Fundação Casa Grande – Memorial do Homem Kariri, com sede em Nova Olinda, obra de referência nacional e internacional, com trabalhos pautados na linha da educação social e inclusiva, da arte e da comunicação, para crianças e adolescentes, reconhecida por órgãos como o Ministério da Cultura e o Unicef”. Segundo Arnon, “Rosiane deixa inestimável contribuição para a cultura e a arte do Cariri”.

O presidente do Sistema Fecomércio-CE, Luiz Gastão Bittencourt, também lamentou o falecimento da arqueóloga que “dedicou-se às crianças de Nova Olinda ajudando-as e compartilhando o seu saber, que expressava acima de tudo a essência da ética, da moral e da cidadania”. Luiz Gastão expressou ainda a irreparável perda para todos os que conviviam com Rosiane e a tinham como exemplo de doação e amor ao próximo.

O Reitor da URCA, José Patrício Pereira Melo, emitiu nota reconhecendo “a contribuição significativa do trabalho da pesquisadora Rosiane Limaverde Vilar Mendonça para os estudos arqueológicos no Brasil e no mundo e, ainda, para a valorização da educação, da literatura popular, para a promoção da cultura, das manifestações culturais, da valorização e do resgate à identidade regional do Cariri e fomento ao desenvolvimento regional” e decretou luto oficial de três dias na Universidade.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

Comentários 3

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ana Paula

21/09/2017 as 21:0319

Muito triste, até agora não acredito que ela se foi. Uma pessoa tão Boa, tão alegre,generosa. Passei minha infância na casa grande um lugar maravilhoso que passei minha infância! Só posso perdi a Deus que conforte essa família e amigos. Vai com Deus sei que vc estará em um bom Lugar

Roberto Airon Silva

21/07/2017 as 07:0319

É com profundo pesar q recebo essa notícia. Desejo q Deus conforte corações da familia. Recentemente estive em contato com dra Rosiane pra endosso de projetos aqui no Rio Grande do Norte. Como arqueólogo e como cearense conheci o trabalho dela e de Alemberg desde o inicio e sei da relevância de seu trabalho!!

Roberto Airon Silva

21/07/2017 as 07:0319

Comissão