Busca

Tag: 7 de setembro


11:38 · 07.09.2018 / atualizado às 11:40 · 07.09.2018 por
Escola Moreira de Sousa fechou o desfile. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. Com o hasteamento da bandeira, às 7h30, foi aberta as comemorações pelo dia da Independência do Brasil, na Terra do Padre Cícero, na manhã desta sexta-feira (7). Em seguida, o tradicional desfile cívico-militar coloriu a Rua São Pedro com aproximadamente 5 mil participantes e atraiu outras centenas de pessoas. Além do Tiro de Guerra, da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Guarda Civil Municipal, entre outros órgãos, 12 escolas estiveram presentes.

Ao todo, foram 22 agrupamentos participantes que mesmo no calor forte, desfilou pela principal rua comercial do Município. A concentração começou logo cedo, às 6h, no Mercado Senhora Santana. De lá, partiu o integrantes, em toque e marcha militar, até o palanque das autoridades, em frente a sede da Prefeitura. A solenidade foi encerrada por volta 9h30.

Da Prefeitura, as fanfarras seguiram até a Praça Padre Cícero, onde puderam fazer evoluções e coreografias com outros repertórios. De acordo com a secretária de Educação, Maria Loureto, este modelo que já foi adotado ano passado foi a forma encontrada para equilibrar a necessidade de resgatar o desfile de 7 de setembro como um momento cívico e valorizar o trabalho dos instrumentistas.

Para o aposentado Paulo Duarte, que acordou cedo para acompanhar o desfile, o evento é um momento de recordação.  “Lembro do tempo de minha infância que e sempre acompanhava, aí venho matar um pouco da saudade, relembrar o passado”, explica. Já a dona de casa Regilane Alves gostou do desfile, destacando que acompanha anualmente o Colégio Militar. “Eu acho bonito.  O pessoal bem arrumado, organizado. Às vezes chego até a me emocionar”, confessa.

14:33 · 07.09.2017 / atualizado às 14:42 · 07.09.2017 por

Juazeiro do Norte. Após dois anos na Avenida Aílton Gomes, o desfile de 7 de setembro voltou a ser realizado na Rua São Pedro, principal via comercial da cidade. Outra novidade, este ano, a concentração dos grupos aconteceu no Mercado Senhora Santana e o palanque das autoridades esteve em frente ao prédio da Prefeitura Municipal. Ao todo, 24 escolas estaduais, municipais e privadas participaram, além do Tiro de Guerra 10005, Polícia Militar, Bombeiros e Guarda Civil Municipal. Segundo a Secretaria de Educação, cerca de 6.000 pessoas desfilaram, enquanto a PM acredita que 15.000 acompanharam as comemorações.

Segundo o prefeito Arnon Bezerra, a decisão de trazer de volta à Rua São Pedro as comemorações pelo dia da Independência do Brasil teve como objetivo resgatar a tradição e facilitar o acesso, destacando a localização central da via. “É rua comercial mais importante de Juazeiro do Norte e se caracteriza pelos grandes movimentos. Aqui é muito simbólico, trazer de frente a Prefeitura, com o hasteamento das bandeiras. O momento que todos nós nos reencontramos para homenagear esse país”, explica.

No entanto, a opção por trazer o desfile de volta à Rua São Pedro não agradou todos os moradores. A artesã Maria do Socorro acredita que na Avenida Ailton Gomes havia mais espaço para o público ver. “A avenida era mais cômoda e ficava melhor das pessoas de mais idade acompanhar”, garante. Já o aposentado Genário dos Santos concorda com a decisão da Prefeitura Municipal e destaca que a Rua São Pedro é o “coração da cidade”. “O desfile não poderia ter saído daqui nunca. Toda vida acompanhei aqui e não tem melhor local”, coloca.

Apesar da mudança, nenhum incidente foi registrado pela Guarda Civil Municipal e Polícia Militar e as comemorações foram encerradas por volta de dez horas da manhã, dentro do prazo previsto. Enquanto a parte artística, com a apresentação das fanfarras, seguiu entre a rua Santa Luzia e a Praça Padre Cícero. De acordo com a Secretaria de Educação, essa foi a forma encontrada para equilibrar a necessidade de resgatar o desfile de 7 de setembro, como um momento cívico, e também valorizar o trabalho dos instrumentistas.

Protesto

Cerca de 100 estudantes de escolas públicas do município organizaram uma manifestação durante o desfile de 7 de setembro. Os alunos trouxeram cartazes e gritaram palavras de ordem reivindicando mais investimento à saúde e educação no município e lembrou os recentes casos de corrupção no país. Após acompanhar o desfile, o ato chegou até palanque das autoridades e seguiu normalmente.

00:03 · 08.09.2015 / atualizado às 00:03 · 08.09.2015 por

 

Fotos Elizangela Santos
Fotos Elizangela Santos

DSC_7936Com cerca de 4 mil integrantes das escolas desfilando nas ruas do Crato e mais de 20 instituições de ensino particulares, municipal e estadual, o Município comemorou com o desfile cívico-militar o dia da pátria, nesta segunda-feira, dia 7. As comemorações foram iniciadas com o hasteamento das bandeiras pelas autoridades, na praça da Sé, às 8 horas, com a participação da Banda de Música Municipal. Com um palanque instalado na praça Siqueira Campos, as autoridades se posicionaram para os desfiles.

Um público de milhares de pessoas esteve nas calçadas ao longo do percurso por onde as agremiações passaram, nas ruas Dr. João Pessoa e Miguel Limaverde, até chegar na praça da Sé. Foram mais de quatro horas de apresentações, iniciadas pelas representações das forças e segurança, como o Tiro de Guerra, Ronda, Bombeiros, Polícia Militar, Guarda Municipal e Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), além dos Escoteiros, Maçonaria, adventistas e as unidades de ensino.

De acordo com o secretário de Educação, Ronaldo Bacurau, o desfile Cívico-Militar de 7 de Setembro é um tradicional evento que reúne centenas de pessoas em torno da comemoração da declaração de Independência do Brasil. A organização das apresentações, que aconteceram seguidamente, foi um dos aspectos que marcou este ano, o dia 7 de setembro, que vinha sendo planejado e trabalhado junto às instituições há algumas semanas.

Diversos aspectos da cultura foram destacados durante os desfiles. Desde os grupos tradicionais aos personagens mais populares da cidade, foram homenageados. A história do Crato foi ressaltada por meio das importantes personalidades, galarias de ex-prefeitos, aos intelectuais. As fanfarras das escolas deram um show à parte, com centenas de integrantes. Algumas frases destacavam o atual momento do País, vivenciado por crises, com a corrupção, mas ao mesmo tempo pediam por mais honestidade e respeito à pátria. Destacavam a esperança em melhores dias.

 

DSC_7954

 

11:35 · 01.09.2015 / atualizado às 11:35 · 01.09.2015 por

O desfile cívico-militar de 07 de setembro será realizado este ano em Juazeiro do Norte na Avenida Aílton Gomes, tendo como ponto de concentração a Escola Izabel da Luz. Já o hasteamento das bandeiras será em frente a Secretaria de Desenvolvimento Social e do Trabalho (Sedest), antigo CSU, situado na Rua Monsenhor Esmeraldo, e o palanque das autoridades na Rua Epitácio Pessoa.

O novo local foi escolhido por garantir mais espaço para as apresentações, e ainda, mais conforto à sociedade que sempre vai prestigiar o desfile. A decisão foi tomada após reuniões realizadas entre representantes das Secretarias Municipais de Educação (Seduc) e Segurança Pública e Cidadania (Sesp), 2º batalhão, Tiro de Guerra, Guarda Civil Municipal, Demutran, Banda de Música Padre Cícero, Fanfarras, CREDE 19, Bombeiros e Escoteiros Demoley.

 

Ordem das apresentações

Ficou ainda definida a seguinte ordem para as apresentações: Tiro de Guerra 10.005, banda de música Padre Cícero, 2º BATALHÃO, 5º BPCOM, PROERD, Ronda do Quarteirão, Guarda Civil Municipal, Escoteiros Demoley e Bombeiro Civil. Seguidos pelas unidades de ensino 1º Educandário Sorriso de Criança, João Alencar de Figueiredo, José Bezerra de Menezes, Presidente Geisel, Moreira de Sousa, Tiradentes, CAIC, Prof. Antônio Conserva e Adauto Bezerra.

10:14 · 04.09.2013 / atualizado às 10:14 · 04.09.2013 por

 

Atendendo às reivindicações da comunidade escolar das redes municipal, estadual e particular de ensino, a Secretaria de Educação do Município do Crato realizará o desfile cívico da Independência do Brasil, nos dias 06 e 07 de Setembro. Com o tema “Crato Rumo aos 250 anos”, alunos da Rede Municipal de Ensino vão desfilar pelas principais ruas do município diversas manifestações sobre a importância da educação, saúde, esporte e meio ambiente.

 

No dia 06 de setembro (sexta-feira), às 16 horas, acontecerá o Desfile das Escolas de Ensino Fundamental II da Rede Municipal (SEDE) e Escola Privada. O desfile terá concentração no Largo da RFFSA, seguindo pelas ruas Bárbara de Alencar, Dr. João Pessoa, Miguel Lima Verde, dispersando na Praça da Sé.

 

Para o desfile Oficial do dia 07 de Setembro, a concentração acontecerá na Praça da Sé, às 7 horas, com a presença do Prefeito municipal, Ronaldo Sampaio Gomes de Mattos, das autoridades e representações das escolas municipais, estaduais, federal e particulares. Na ocasião, serão hasteadas as bandeiras do Crato, do Ceará e do Brasil.

 

O início do desfile está previsto para às 8 horas e contará com a participação do Tiro de Guerra e Atiradores da Reserva, Polícia Militar do Ceará, Ronda do Quarteirão, Corpo de Bombeiro, Guarda Municipal, Grupo de Escoteiros, Maçonaria, Escolas do Ensino Médio da Rede Pública, particular e IFCE – Campus Crato (Colégio Agrícola).

19:53 · 07.09.2011 / atualizado às 22:56 · 07.09.2011 por


A barreira da Guarda Municipal impediu a passagem dos manifestantes por cerca de 20 minutos, impedindo a continuidade do desfile em Juazeiro Foto Elizangela Santos

Professores da rede estadual de ensino, em Juazeiro do Norte, entraram em confronto com agentes da Guarda Municipal, na manhã de hoje, durante o desfile cívico-militar de 7 de setembro. Eles seguiam de forma pacífica pela rua São Pedro, após as primeiras escolas desfilarem. No cruzamento das ruas São Pedro com a Conceição, uma barreira policial já aguardava os manifestantes para impedir a passagem até o palanque das autoridades, de frente a praça Padre Cícero.

Após cerca de 20 minutos, com milhares de pessoas sob o sol escaldante aguardando os outros desfiles, foi que uma equipe do Ronda, tendo à frente o Tenente Guedes, decidiu conversar com os manifestantes e pedir para que eles seguissem pela avenida, mas de forma pacífica.

Os docentes afirmam que queriam apenas registrar o protesto durante o 7 de setembro e que estavam apenas no direito da livre manifestação. Alguns deles disseram que foram atingidos com sprays de pimenta, lançados pelos agentes.

Na passagem da praça Padre Cícero, portando faixas e cartazes, de frente ao palanque, o prefeito Manoel Santana fez uma retirada estratégica e o som ficou num volume mais alto. Os professores estão em greve há mais de um mês no estado, e alguns integrantes do município participaram do protesto em solidariedade aos docentes, além de servidores federais. Em Crato, aconteceu o 17º Grito dos Excluídos, saindo este ano do bairro Gisélia Pinheiro e seguiu pelas principais ruas da cidade.

21:01 · 06.09.2011 / atualizado às 21:01 · 06.09.2011 por

Foto Elizangela Santos
O desfile cívico militar das cidades de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, terão as escolas municipais com suas respectivas homenagens durante o dia de amanhã. Mas este ano, as manifestações de professores dos municípios e do estado marcarão presença.

Nos últimos dias, os organizadores têm divulgado amplamente a participação dos protestos. Em Crato, os professores devem se juntar a 17ª Marcha dos Excluídos, que este ano sai da Batateira em destino ao centro da cidade. Movimentos sociais, sindicatos, e a população em geral se juntam aos participantes em protestos por melhores condições de emprego para os trabalhadores, no campo, educação e saúde de qualidade para todos.

Os desfiles acontecem a partir das 8 horas.

18:11 · 01.09.2011 / atualizado às 19:50 · 01.09.2011 por

Autoridades, políticos, secretários municipais, militares, professores e alunos da EEF José Geraldo da Cruz e a sociedade civil de Juazeiro do Norte participaram nesta manhã da abertura oficial da Semana da Pátria, na Praça Dirceu Figueiredo (Paço Municipal). O evento teve início com apresentação das tropas do Tiro de Guerra, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e a Banda de Música Padre Cícero, que tocou o Hino Nacional e o Hino da Independência. O prefeito Dr. Santana, acompanhado do presidente da Câmara de Vereadores, José de Amélia Júnior e o comandante do 2º BPM, Cel. Francisco Paiva de Araújo, hastearam as bandeiras.

Foram chamados ao palanque vários secretários e adjuntos do município, entre eles, Irinéia Sheyla, representante da Secretaria Municipal de Educação, responsável pela organização da Semana da Pátria. De hoje até o próximo dia 7 de Setembro, Dia da Independência do Brasil, haverá desfiles de escolas nos bairros e pelo segundo ano seguido, desfiles cívicos nas comunidades rurais de Juazeiro do Norte. O desfile cívico do dia 7 começa a partir das 8h00 com hasteamento das bandeiras, na Praça Dirceu Figueiredo e, às 8h30, revista a tropa pelo prefeito Dr. Santana.

O palco das autoridades será armado defronte a Praça Pe. Cícero e o desfile aberto as 9h00 com a seguinte ordem de apresentação: Banda de Música Pe. Cícero, Exército Brasileiro, Policia Militar (PROERD), Corpo de Bombeiros, Secretaria de Segurança Pública, Guarda Municipal, DEMUTRAN, Escoteiros/Desbravadores, tropa motorizada e representantes das lojas maçônicas.

Na sequência haverá apresentação da Educação Infantil/inclusiva, Escolas: Edward Teixeira Férrer, Francisco Barbosa, Êxito, Conserva Feitosa, Manoel de Castro, Objetivo, José Bezerra, José Marrocos, Salesianos, Lili Nery, Demóstenes Ratts, Moreira de Souza, João Alencar, Maria Amélia, Caic e Governador Adauto Bezerra.