Busca

Tag: armas


16:51 · 17.04.2017 / atualizado às 11:46 · 18.04.2017 por

Realizada entre os dias 13 e 16 de abril, a Operação Semana Santa 2017 foi desencadeada em toda a Região do Cariri com o objetivo de garantir a paz e tranquilidade da população durante o feriado prolongado. Entre as principais ocorrências atendidas pela Polícia Militar nesse período estão a apreensão de dez armas de fogo, recuperação de seis veículos com registro de furto/roubo, e três prisões por tráfico de drogas.

Em relação aos crimes contra a vida, foram registrados três homicídios e seis prisões por tentativa de homicídio. Além disso, a Polícia Militar ainda contabilizou o cumprimento de três mandados de prisão em aberto, a ocorrência de cinco acidentes de trânsito e sete prisões por violência doméstica. A cidade de Juazeiro do Norte concentrou os maiores índices de apreensão de armas de fogo, quatro no total, e a recuperação de veículos com registro de furto/roubo, num total de cinco.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

15:06 · 10.04.2017 / atualizado às 15:06 · 10.04.2017 por

Durante o primeiro trimestre do ano foram apreendidas 246 armas de fogo na região do Cariri segundo dados divulgados pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). De acordo com o balanço, as cidades onde mais se registrou esse tipo de ocorrência foram Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Brejo Santo e Campos Sales.

O mês de março apresentou o maior índice de apreensões em relação aos meses anteriores, totalizando 96 armas de fogo. Em janeiro e fevereiro, os índices chegaram a 73 e 77 apreensões, respectivamente, resultando numa média mensal de 82 armas de fogo retiradas de circulação.

De acordo com o comandante do 2º BPM, Tenente Coronel Paulo Hermann Fernandes Macedo, a Polícia Militar atua no combate ao porte e a posse ilegal de armas de fogo nos 25 municípios da Região do Cariri que integram a área de abrangência do 2º Batalhão. As ações objetivam garantir a preservação da ordem pública e o aumento da sensação de segurança para a população caririense.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

14:45 · 29.03.2017 / atualizado às 14:45 · 29.03.2017 por

A Polícia Militar registrou a apreensão da 15ª e 16ª arma de fogo, durante o mês de março, em Juazeiro do Norte através das ações realizadas pelo Policiamento Ostensivo Geral (POG), Ronda do Quarteirão e BPRAIO.

Nesta terça-feira, um revólver da marca winchester, calibre 32, foi apreendido durante uma abordagem realizada no bairro Vila Real por policiais do Ronda Tática de Apoio. A ação policial teve início por volta das 12h45 após denúncia de que um homem residente naquela localidade mantinha uma arma de fogo escondida.

Durante uma busca realizada no imóvel, a composição policial localizou a arma de fogo, uma pequena quantidade de maconha, balança de precisão e aparelhos eletrônicos como tablet e celulares. Um adolescente de 16 anos que se encontrava na residência foi conduzido para a delegacia de Polícia Civil.

No mesmo dia, uma composição do BPRAIO realizava saturações no bairro Tiradentes quando localizou dois indivíduos em atitude suspeita. No decorrer da abordagem foi constatado que se tratava de dois adolescentes com 15 e 16 anos, respectivamente. Com o mais jovem, a composição militar apreendeu um revólver da marca Taurus, calibre 32, municiado com seis cartuchos intactos, e com o mais velho foi localizado um aparelho celular de origem duvidosa. Ambos foram apresentados na 20ª Delegacia de Polícia Civil em Juazeiro do Norte.

A apreensão de armas de fogo tem sido um dos principais resultados obtidos em prol da segurança pública em toda a Região do Cariri. De acordo com o comandante do 2º BPM, Tenente Coronel Paulo Hermann Fernandes, a Polícia Militar tem atuado de forma sistemática pela preservação da ordem e da paz social, combatendo a criminalidade em todas as suas formas.

11:58 · 15.03.2017 / atualizado às 11:58 · 15.03.2017 por
A Polícia Militar registrou a apreensão de dez armas de fogo nas últimas 24 horas na região do Cariri, que corresponde a Área de Integrada 11 (AIS 11). As ações de combate a criminalidade foram desencadeadas nas cidades de Jati, Brejo Santo, Crato e Juazeiro do Norte, através das distintas unidades operacionais da Polícia Militar que na Região do Cariri.
 
Por volta das 11h30 de ontem, o Policiamento Ostensivo Geral (POG) da cidade de Jati foi acionado para averiguar uma denúncia anônima sobre a existência de armas de fogo na residência de Alaíde Ana de Sousa, 62 anos, conhecida como “Lalá”, residente no Sítio Baião, zona rural do município.
 
No local, a Polícia Militar encontrou duas espingardas de fabricação caseira, quatro recipientes com espoletas e 32 cartuchos de diferentes calibres.  Além disso, foram encontrados 2,600kg de chumbo, 320 gramas de pólvora e 250 gramas de sementes de maconha. Todo o material estava enterrado no quintal da residência. Durante a ação policial foi constatado que a senhora em referência é mãe de Cícero da Silva Sousa, conhecido como “Cícero de Lalá”, que foi preso no dia anterior pelo crime de tráfico de drogas naquela cidade.
 
Três horas mais tarde, militares da cidade de Brejo Santo realizaram uma abordagem no centro da cidade que culminou na apreensão de um revólver calibre 38. A arma estava dentro de uma mochila conduzida por Magnólia Gomes dos Santos, 37 anos, a qual foi apresentada na delegacia de polícia civil. Segundo ela, a arma seria entregue a um sobrinho que é suspeito de realizar tráfico de drogas na cidade.
 
Outras diligências da Polícia Militar resultaram na abordagem do sobrinho de Magnólia Gomes por volta das 17h30, no bairro Morro Dourado em Brejo Santo. O adolescente de iniciais G.A.S., de 17 anos, trafegava em uma motocicleta Sundow/Hunter quando recebeu voz de parada pela equipe policial. O mesmo portava 37 trouxinhas de maconha e 121 pedras de crack.
 
Em sua residência, os militares localizaram um tablete de maconha pesando 120 gramas, dois tabletes de crack pesando 92 gramas, balança de precisão e um triturador de maconha. Além disso foi localizada uma espingarda de calibre 12, nove cartuchos de calibres diversos, recipientes com pólvora, chumbo, espoleta e dinheiro.
 
Na cidade do Crato, uma equipe do Batalhão de Divisas realizava patrulhamento no Sítio Bela Vista, por volta das 19h, quando abordou um grupo de pessoas em atitude suspeita. Durante a ação, foram localizados um revólver calibre 32, uma pistola de calibre 7,65, 480 gramas de maconha e uma motocicleta CBX Twister com registro de roubo/furto. Os suspeitos José Edvaldo Garcia Silva, 55 anos, Aldenir Gomes da Silva, 52 anos e Valdeir Alexandre Cavalcante, 35 anos, foram conduzidos para a delegacia de Polícia Civil.
 
Ainda na cidade do Crato, uma equipe do BPRaio recebeu denúncias de que dois indivíduos estavam armados na comunidade do gesso. No local, a equipe abordou C.G.M.N, de 17 anos e P.F.M.B, de 14 anos. Na residência deste último, a polícia localizou dois revólveres, sendo um de calibre 32 e outro de calibre 38, além de seis cartuchos. Os adolescentes foram apresentados na delegacia juntamente com seus responsáveis para adoção dos procedimentos legais.
 
No final da noite, equipes do Ronda Tático de Apoio e do POG de Juazeiro do Norte se deslocaram para o bairro Vila Nova após denúncias de no local havia um homem armado. As equipes localizaram Damião da Silva, 24 anos, o qual foi preso por posse irregular de uma espingarda socadeira de fabricação artesanal e uma pistola calibre 22, além de um cartucho CBC de calibre 12. O mesmo foi encaminhado para a delegacia de polícia civil de Juazeiro do Norte.
19:10 · 01.03.2017 / atualizado às 19:12 · 01.03.2017 por
Foto: VcRepórter

Juazeiro do Norte. Quatro pessoas foram presas na manhã de hoje com quase 100 kg de drogas que estavam escondida numa chácara localizada no bairro Timbaúbas, neste município. O local, segundo militares da Polícia Ambiental, funcionava com um “laboratório de entorpecentes”.

Dentro do imóvel, os policiais encontraram 80 kg de maconha, 4 kg de pasta base de cocaína, 4 kg de crack e 2,5kg de cocaína prontos para comercialização. Além do entorpecente que seria distribuído na região do Cariri, os militares encontraram revólveres, colete à prova de bala,  carcaça de uma moto e um papagaio. Parte da droga estava enterrada.

Foram presos em flagrante os donos da chácara, José Ivan Gomes da Silva, de 28 anos, e sua companheira Cícera da Silva Figueiredo, de 33 anos, conhecida como “Cícera Fuzil”, seu irmão Alberto da Silva, 23, que chegou no local com uma barra de maconha no momento da abordagem e o jovem Caio Henrique de Sá Alexandre, 25. Ele seria o encarregado por levar a droga à cidades vizinhas.

Essa foi a maior apreensão de droga no ano na cidade de Juazeiro do Norte. Um negócio extremamente lucrativo para os bandidos. De acordo com agentes federais, o quilo da cocaína já refinada com a pasta-base custa em torno dos R$ 12.500. A droga pura, sai por R$ 20 mil. Já com a venda da maconha, o lucro ultrapassa 1.500% em algumas regiões do país.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

10:00 · 05.02.2017 / atualizado às 17:01 · 05.02.2017 por
Dupla suspeita de participar dos ataques aos bancos de Missão Velha (Foto: Divulgação)

Juazeiro do Norte. O cerco policial e as intensas buscas pela quadrilha que explodiu duas agências bancárias na madrugada da última sexta-feira em Missão Velha, no Cariri, estão surtindo efeito. Dois suspeitos de participarem da ação violenta foram presos na tarde de ontem, por volta das 16 horas, na zona rural entre as cidades de Jardim e Missão Velha.

De acordo com o comandante do Comando de Policiamento do Interior (CPI), Coronel Francisco Souto, a prisão aconteceu após denúncias anônimas. “Ligaram informando que alguns homens suspeitos estavam na localidade de Morro de Areia, entre Brejo Santo e Jardim. Quando os policiais foram ao local, eles se embrenharam numa mata bastante fechada, com difícil visualização inclusive pelo helicóptero. Então mudei a estratégia e ordenei que quatro policiais a paisana fizessem rondas em duas motos”,  detalha.

A ação surtiu efeito. Os policiais primeiro capturaram o vigilante Nadeilson Wisardi dos Santos (foto short azul) que foi apontado, pelo Tenente Coronel, Paulo Hermann, comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar (BPM), como responsável por bloquear os acessos à cidade, impedindo a chegada do reforço policial.

O suspeito mora em Pernambuco e é filho de um sargento da reserva daquele estado. Ele já tem várias passagens pela polícia, dentre os crimes, tráfico de drogas e assaltos. Com a prisão de “Preto”, como o suspeito é popularmente conhecido, os policiais chegaram ao paradeiro de Leonardo dos Santos Domingos (foto: short vermelho), que alegou ser inocente e justificou ter sido feito refém pelo bando. Porém, o Coronel Francisco Souto, afirmou que “os dois possuem ativa participação nos ataques”.

>> Releia: Quadrilha fortemente armada ataca dois bancos e troca tiros com a PM em Missão Velha

“Esses bandidos do crime organizado dificilmente confessam a participação nos crimes. Mas não há dúvida que os dois participaram, possuímos vários indícios”, acrescentou o comandante do CPI. Na casa de Leonardo, na zona rural de Missão Velha, os policiais encontraram um fuzil 5.56 com 186 munições; uma pistola .40, com 179 munições e dois carregadores; 10 cartuchos de 9mm; uma farda do exército e uma pequena quantia em dinheiro.

Além da captura dos suspeitos, a polícia apreendeu vasta munição e armas (Foto Divulgação)

A dupla foi conduzida a Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte e, posteriormente, “por determinação do Secretário de Segurança do Estado, André Costa, será encaminhada para Fortaleza”, informou Cel. Souto. O Comandante do CPI ressaltou  ainda que as buscas pela quadrilha seguem de forma intensa. “O cerco está formado e já estamos em posse de várias informações que possam levar ao paradeiro desses bandidos, inclusive já temos os nomes de quase todos”, pontuou.

Apreensões
A caçada pelo bando, iniciada na madrugada da última sexta, logo após os ataques, já resultou na apreensão de “um arsenal”, conforme classificou Cel. Souto. Já foram apreendidos três fuzis, uma escopeta, quatro pistolas, três coletes a prova de bala, dinheiro, farda do exército, balaclavas e muita munição de vários calibres. “A quantidade de bala que já foi apreendida dava para fazer uma guerra”, destacou o Comandante, mostrando o poder de fogo que a quadrilha tinha nas mãos.

Dinheiro roubado
Após contabilidade realizada pela agência do Bradesco, foi constatado que a quadrilha não conseguiu roubar nada, ainda conforme Francisco Souto. Já a gerência do Banco do Brasil está fazendo um balanceamento do dinheiro subtraído, estima-se algo em torno de R$ 400 a 600 mil. A contabilidade deve ser finalizada até o fim da próxima semana. Nenhuma linha de investigação foi descartada, no entanto, acredita-se que a maioria dos integrantes da quadrilha seja do Pernambuco, estado escolhido para rota de fuga.

Foto VcRepórter

Assalto
Era por volta de 1h30 da sexta-feira (03) quando um grupo entre 15 e 20 integrantes invadiu a cidade de Missão Velha. O bando se dividiu em dois. Uma parte da quadrilha ficou responsável por fechar as entradas da cidade, colocando caminhões e pregos na pista. Esse mesmo grupo também cercou o destacamento policial. Paralelo a essa ação, os outros integrantes da quadrilha invadiram e explodiram as duas agências bancárias da cidade, que ficam bem próximas, no centro da cidade.

>> Releia: Quadrilha abandona dinheiro, fuzil, explosivos e munições após ataque a banco

Na fuga, houve troca de tiros com policiais e com uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). Apesar do apoio de outros destacamentos de cidades vizinhas, os assaltantes conseguiram fugir. Na fuga, eles abandonaram um carro 4X4 em uma estada carroçável. Dentro do veículo, os policiais encontraram armas de grosso calibre, bastante munição, coletes a prova de bala, e muito dinheiro. Havia também manchas de sangue nos bancos e nas armas, o que se faz supor que, durante a troca de tiros, os suspeitos ficaram feridos.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

12:07 · 03.02.2017 / atualizado às 12:09 · 03.02.2017 por
Foto VcRepórter

Cerca de oito horas após o ataque aos Bancos do Brasil e Bradesco, na cidade de Missão Velha, a Força Tática de Apoio (FTA) do Crato, recuperou um veículo modelo trailblazer utilizado na fuga de parte dos integrantes da quadrilha. O carro de placas PDN – 0871 (inscrição de Petrolina-PE) estava abandonado numa estrada vicinal.

Dentro do veículo havia bastante munição (umas intactas e outras deflagradas), armas de grosso calibre, pistolas, coletes a prova de bala, bananas de dinamite e muito dinheiro. A polícia investiga se o carro tinha sido tomado de assalto. Diante do arsenal encontrado, a polícia acredita que a quadrilha é especializada em ataques a banco.

> Quadrilha fortemente armada ataca dois bancos e troca tiros com a PM em Missão Velha

Foto VcRepórter

Ataque
Era por volta de 1h30 quando um grupo com cerca de 15 integrantes invadiu a cidade. O bando se dividiu em dois. Um ficou responsável por fechar as entradas da cidade, colocando caminhões e pregos na pista. Esse mesmo grupo também cercou o destacamento policial. Os outros integrantes da quadrilha invadiram e explodiram as duas agências bancárias da cidade, que ficam bem próximas, no centro da cidade.

Na fuga, houve troca de tiros com policiais e com uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). Apesar do apoio de outros destacamentos de cidades vizinhas, os assaltantes conseguiram fugir. Em um dos carros, a polícia encontrou manchas de sangue, o que se faz supor que, durante a troca de tiros, os suspeitos ficaram feridos.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

 

10:11 · 02.02.2017 / atualizado às 10:11 · 02.02.2017 por
Foto Divulgação

Jardim. A Polícia Militar Ambiental prendeu na tarde de ontem, dia 1º, um homem no Sítio Serra do Brejinho, zona rural deste município, por porte ilegal de arma e droga. Na residência de João Paulo do Nascimento, 33 anos, os militares encontraram uma espingarda calibre 36, várias munições e três pés de maconha que, segundo o suspeito, eram para uso próprio. Ele foi conduzido a Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte.

Outros
Na mesma tarde, os policiais encontraram duas espingardas e munições dentro da casa do agricultor Osmir Soares Pereira, residente no sítio Cacimbas. Ele conseguiu fugir. Bem próximo dali, também foi apreendido armas e cartuchos intactos que estavam escondidas em um imóvel. A dupla que estava dentro do imóvel fugiu.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

09:10 · 30.01.2017 / atualizado às 09:23 · 30.01.2017 por
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Aiuaba. A Polícia Militar Ambiental prendeu em flagrante três agricultores na tarde de ontem, dia 29, por porte ilegal de arma, munição e crime ambiental, nos sítios Boa Água, Fogo e Bananeira, na zona rural deste município. Uma denúncia anônima levou os militares até a residência dos suspeitos, que estavam em posse de sete armas e vasta munição de grosso calibre.

Na casa do agricultor José Roberto Sobrinho, de 61 anos, a polícia encontrou duas espingardas calibres 20 e 36, e vários cartuchos carregados e outros vazio. Já na residência de Carlos Alberto Pereira Roberto, 30 anos, também no sítio Boa Água, os militares apreenderam duas espingardas calibre 32 e farta munição.

Já no sítio Fogo, a polícia localizou no interior da residência do agricultor Domerciano Pereira Roberto, 34 anos, espingarda, cartuchos e um pássaro “periquito do sertão”, da fauna silvestre. Por fim, no sítio Bananeira, os militares apreenderam espingarda, cartuchos e material para fabricação das munições. A dupla que estava em posse do material conseguiu fugir.

As prisões e apreensões foram realizadas num ínterim de apenas uma hora. Os suspeitos foram conduzidos à Delegacia Regional de Tauá. As armas foram levadas para Delegacia Regional do Crato e a ave foi entregue ao escritório do Ibama, em Iguatu.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

11:06 · 14.12.2016 / atualizado às 14:31 · 14.12.2016 por

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) divulgou os índices de apreensão de armas de fogo em todo o estado do Ceará durante o mês de novembro. Segundo os dados estatísticos houve apreensão de 49 armas na Área Integrada de Segurança 11, que abrange 25 municípios da Região do Cariri.

De janeiro a novembro deste ano, já são 711 armas apreendidas. De acordo com o comandante do 2º BPM, Tenente Coronel Paulo Hermann Fernandes, a principal ferramenta da Polícia Militar para a apreensão de armas é a abordagem a pessoas e veículos suspeitos, além de contar com a ajuda da sociedade através da realização de denúncias anônimas.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br