Busca

Tag: armas


16:51 · 17.04.2017 / atualizado às 11:46 · 18.04.2017 por

Realizada entre os dias 13 e 16 de abril, a Operação Semana Santa 2017 foi desencadeada em toda a Região do Cariri com o objetivo de garantir a paz e tranquilidade da população durante o feriado prolongado. Entre as principais ocorrências atendidas pela Polícia Militar nesse período estão a apreensão de dez armas de fogo, recuperação de seis veículos com registro de furto/roubo, e três prisões por tráfico de drogas.

Em relação aos crimes contra a vida, foram registrados três homicídios e seis prisões por tentativa de homicídio. Além disso, a Polícia Militar ainda contabilizou o cumprimento de três mandados de prisão em aberto, a ocorrência de cinco acidentes de trânsito e sete prisões por violência doméstica. A cidade de Juazeiro do Norte concentrou os maiores índices de apreensão de armas de fogo, quatro no total, e a recuperação de veículos com registro de furto/roubo, num total de cinco.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

15:06 · 10.04.2017 / atualizado às 15:06 · 10.04.2017 por

Durante o primeiro trimestre do ano foram apreendidas 246 armas de fogo na região do Cariri segundo dados divulgados pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). De acordo com o balanço, as cidades onde mais se registrou esse tipo de ocorrência foram Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Brejo Santo e Campos Sales.

O mês de março apresentou o maior índice de apreensões em relação aos meses anteriores, totalizando 96 armas de fogo. Em janeiro e fevereiro, os índices chegaram a 73 e 77 apreensões, respectivamente, resultando numa média mensal de 82 armas de fogo retiradas de circulação.

De acordo com o comandante do 2º BPM, Tenente Coronel Paulo Hermann Fernandes Macedo, a Polícia Militar atua no combate ao porte e a posse ilegal de armas de fogo nos 25 municípios da Região do Cariri que integram a área de abrangência do 2º Batalhão. As ações objetivam garantir a preservação da ordem pública e o aumento da sensação de segurança para a população caririense.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

14:45 · 29.03.2017 / atualizado às 14:45 · 29.03.2017 por

A Polícia Militar registrou a apreensão da 15ª e 16ª arma de fogo, durante o mês de março, em Juazeiro do Norte através das ações realizadas pelo Policiamento Ostensivo Geral (POG), Ronda do Quarteirão e BPRAIO.

Nesta terça-feira, um revólver da marca winchester, calibre 32, foi apreendido durante uma abordagem realizada no bairro Vila Real por policiais do Ronda Tática de Apoio. A ação policial teve início por volta das 12h45 após denúncia de que um homem residente naquela localidade mantinha uma arma de fogo escondida.

Durante uma busca realizada no imóvel, a composição policial localizou a arma de fogo, uma pequena quantidade de maconha, balança de precisão e aparelhos eletrônicos como tablet e celulares. Um adolescente de 16 anos que se encontrava na residência foi conduzido para a delegacia de Polícia Civil.

No mesmo dia, uma composição do BPRAIO realizava saturações no bairro Tiradentes quando localizou dois indivíduos em atitude suspeita. No decorrer da abordagem foi constatado que se tratava de dois adolescentes com 15 e 16 anos, respectivamente. Com o mais jovem, a composição militar apreendeu um revólver da marca Taurus, calibre 32, municiado com seis cartuchos intactos, e com o mais velho foi localizado um aparelho celular de origem duvidosa. Ambos foram apresentados na 20ª Delegacia de Polícia Civil em Juazeiro do Norte.

A apreensão de armas de fogo tem sido um dos principais resultados obtidos em prol da segurança pública em toda a Região do Cariri. De acordo com o comandante do 2º BPM, Tenente Coronel Paulo Hermann Fernandes, a Polícia Militar tem atuado de forma sistemática pela preservação da ordem e da paz social, combatendo a criminalidade em todas as suas formas.

11:58 · 15.03.2017 / atualizado às 11:58 · 15.03.2017 por
A Polícia Militar registrou a apreensão de dez armas de fogo nas últimas 24 horas na região do Cariri, que corresponde a Área de Integrada 11 (AIS 11). As ações de combate a criminalidade foram desencadeadas nas cidades de Jati, Brejo Santo, Crato e Juazeiro do Norte, através das distintas unidades operacionais da Polícia Militar que na Região do Cariri.
 
Por volta das 11h30 de ontem, o Policiamento Ostensivo Geral (POG) da cidade de Jati foi acionado para averiguar uma denúncia anônima sobre a existência de armas de fogo na residência de Alaíde Ana de Sousa, 62 anos, conhecida como “Lalá”, residente no Sítio Baião, zona rural do município.
 
No local, a Polícia Militar encontrou duas espingardas de fabricação caseira, quatro recipientes com espoletas e 32 cartuchos de diferentes calibres.  Além disso, foram encontrados 2,600kg de chumbo, 320 gramas de pólvora e 250 gramas de sementes de maconha. Todo o material estava enterrado no quintal da residência. Durante a ação policial foi constatado que a senhora em referência é mãe de Cícero da Silva Sousa, conhecido como “Cícero de Lalá”, que foi preso no dia anterior pelo crime de tráfico de drogas naquela cidade.
 
Três horas mais tarde, militares da cidade de Brejo Santo realizaram uma abordagem no centro da cidade que culminou na apreensão de um revólver calibre 38. A arma estava dentro de uma mochila conduzida por Magnólia Gomes dos Santos, 37 anos, a qual foi apresentada na delegacia de polícia civil. Segundo ela, a arma seria entregue a um sobrinho que é suspeito de realizar tráfico de drogas na cidade.
 
Outras diligências da Polícia Militar resultaram na abordagem do sobrinho de Magnólia Gomes por volta das 17h30, no bairro Morro Dourado em Brejo Santo. O adolescente de iniciais G.A.S., de 17 anos, trafegava em uma motocicleta Sundow/Hunter quando recebeu voz de parada pela equipe policial. O mesmo portava 37 trouxinhas de maconha e 121 pedras de crack.
 
Em sua residência, os militares localizaram um tablete de maconha pesando 120 gramas, dois tabletes de crack pesando 92 gramas, balança de precisão e um triturador de maconha. Além disso foi localizada uma espingarda de calibre 12, nove cartuchos de calibres diversos, recipientes com pólvora, chumbo, espoleta e dinheiro.
 
Na cidade do Crato, uma equipe do Batalhão de Divisas realizava patrulhamento no Sítio Bela Vista, por volta das 19h, quando abordou um grupo de pessoas em atitude suspeita. Durante a ação, foram localizados um revólver calibre 32, uma pistola de calibre 7,65, 480 gramas de maconha e uma motocicleta CBX Twister com registro de roubo/furto. Os suspeitos José Edvaldo Garcia Silva, 55 anos, Aldenir Gomes da Silva, 52 anos e Valdeir Alexandre Cavalcante, 35 anos, foram conduzidos para a delegacia de Polícia Civil.
 
Ainda na cidade do Crato, uma equipe do BPRaio recebeu denúncias de que dois indivíduos estavam armados na comunidade do gesso. No local, a equipe abordou C.G.M.N, de 17 anos e P.F.M.B, de 14 anos. Na residência deste último, a polícia localizou dois revólveres, sendo um de calibre 32 e outro de calibre 38, além de seis cartuchos. Os adolescentes foram apresentados na delegacia juntamente com seus responsáveis para adoção dos procedimentos legais.
 
No final da noite, equipes do Ronda Tático de Apoio e do POG de Juazeiro do Norte se deslocaram para o bairro Vila Nova após denúncias de no local havia um homem armado. As equipes localizaram Damião da Silva, 24 anos, o qual foi preso por posse irregular de uma espingarda socadeira de fabricação artesanal e uma pistola calibre 22, além de um cartucho CBC de calibre 12. O mesmo foi encaminhado para a delegacia de polícia civil de Juazeiro do Norte.
19:10 · 01.03.2017 / atualizado às 19:12 · 01.03.2017 por
Foto: VcRepórter

Juazeiro do Norte. Quatro pessoas foram presas na manhã de hoje com quase 100 kg de drogas que estavam escondida numa chácara localizada no bairro Timbaúbas, neste município. O local, segundo militares da Polícia Ambiental, funcionava com um “laboratório de entorpecentes”.

Dentro do imóvel, os policiais encontraram 80 kg de maconha, 4 kg de pasta base de cocaína, 4 kg de crack e 2,5kg de cocaína prontos para comercialização. Além do entorpecente que seria distribuído na região do Cariri, os militares encontraram revólveres, colete à prova de bala,  carcaça de uma moto e um papagaio. Parte da droga estava enterrada.

Foram presos em flagrante os donos da chácara, José Ivan Gomes da Silva, de 28 anos, e sua companheira Cícera da Silva Figueiredo, de 33 anos, conhecida como “Cícera Fuzil”, seu irmão Alberto da Silva, 23, que chegou no local com uma barra de maconha no momento da abordagem e o jovem Caio Henrique de Sá Alexandre, 25. Ele seria o encarregado por levar a droga à cidades vizinhas.

Essa foi a maior apreensão de droga no ano na cidade de Juazeiro do Norte. Um negócio extremamente lucrativo para os bandidos. De acordo com agentes federais, o quilo da cocaína já refinada com a pasta-base custa em torno dos R$ 12.500. A droga pura, sai por R$ 20 mil. Já com a venda da maconha, o lucro ultrapassa 1.500% em algumas regiões do país.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br