Busca

Tag: Barbalha


09:58 · 12.09.2017 / atualizado às 22:07 · 12.09.2017 por
O projeto da Areninha no Parque Dois Irmãos, em Fortaleza. (Foto: Reprodução)

O governador Camilo Santana anunciou, ontem (11), na Arena Castelão, em Fortaleza, a construção de 40 areninhas de futebol no Ceará, 38 delas no interior. As obras serão executadas pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), em parceria com as prefeituras. A região do Cariri será contemplada em quatro municípios: Barbalha, Brejo Santo, Crato e Juazeiro do Norte. Ao todo, serão R$ 70 milhões investidos.

As cidades receberão campos de futebol com gramado sintético, bancos de reserva, alambrados, rede de proteção, vestiários, depósito para materiais esportivos, iluminação, rampa de acesso para cadeirantes, paisagismo e pavimentação. O objetivo é promover a inclusão social, criar uma nova dinâmica de convívio nestes lugares e transformar a vida de jovens por meio do esporte.

Em Barbalha, a Areninha será dentro do Parque da Cidade; já Brejo Santo, o bairro escolhido foi o Morro Dourado, comunidade carente e que possui 16 equipes de futebol amador. Na cidade de Crato o estádio será construído no bairro Seminário; enquanto Juazeiro do Norte, o bairro contemplado foi o Timbaúbas e a obra será realizada na Praça Teodoro de Jesus Germano, que fica na Avenida Humberto Bezerra.

Na ocasião do lançamento, Camilo Santana revelou que licitações de 31 Areninhas já foram feitas e, até o fim do mês, devem receber ordem de serviço. As outras nove estão concluindo trâmites para ser licitadas. De acordo com o Chefe do Executivo, as cidades que não receberem as Areninhas serão contempladas com outro projeto com campos society, em outros 100 lugares. A seleção dos municípios se deu segundo nota técnica do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece). A base usada no processo foi o tamanho da população de 15 a 29 anos de idade da zona urbana.

11:02 · 08.09.2017 / atualizado às 11:05 · 08.09.2017 por

Barbalha. A sede do Instituto Escola de Saberes de Barbalha (ESBA) receberá, entre os das 12 e 16 de setembro, o I Encontro de Culturas, Artes e Saberes dos Sertões. A programação reunirá professores e pesquisadores da Universidade Federal do Cariri (UFCA) e Universidade Regional do Cariri (URCA), além de artistas, escritores e fotógrafos. Serão 14 mesas de debates, rodas de conversas, exposições, mostra de cinema e apresentações culturais. A abertura oficial acontecerá na próxima terça-feira, a partir das 19 horas.

Nos cinco dias de encontro, os debates terão os seguintes temas: cultura, música, políticas públicas, cordel, cinema, arqueologia, antropologia, literatura e fotografia. O objetivo do evento é fazer um diálogo entre a oralidade, as artes, os saberes e as pesquisas acadêmicas. Além disso, o espaço busca discutir e pensar o significado cultural e artístico dos sertões para a formação histórica das tradições e vanguardas presentes nas artes brasileiras.

Um dos organizadores do encontro é o cineasta Rosemberg Cariry, que estará em uma das mesas de debate. Ele acredita que a “cultura nordestina”, que estará em discussão, se trata de um espaço que mescla e sincretiza culturas ocidentais, orientais com a diversidade indígenas e afro-brasileiras. “O evento busca compreender o sertão como espaço onde se deu o encontro e desencontro de mundos; nações, povos e culturas que se enfrentaram e se fundiram”.

Além da Escola de Saberes de Barbalha, o evento movimentará outros locais da cidade, como a Praça Engenheiro Dória,  o Instituto José Bernardo e a Rede de Escolas Públicas e comunidades rurais. A programação completa você encontra no site da instituição.

As inscrições são gratuitas, com direito a emissão de certificado aos participantes. Para se inscrever, é necessário baixar e preencher o formulário através do link e enviar para o e-mail: escoladesaberescariri@gmail.com.

10:14 · 29.08.2017 / atualizado às 10:15 · 29.08.2017 por

Juazeiro do Norte é a segunda cidade do Ceará a receber o sistema de transporte da Uber. A partir desta terça feira (29), às 14 horas, motoristas cadastrados já poderão operar com a plataforma. As viagens poderão ser iniciadas, também, em Crato e Barbalha.

A empresa disponibilizou um cupom de desconto para os novos usuários de até R$ 25 na primeira viagem. Após o cadastro, o cliente deverá usar  um código promocional (UBERJUAZEIRO) que dá direito à dedução. O código é válido até o dia 31 de outubro de 2017.

A empresa norte-americana presta serviço de transporte particular por meio de aplicativo. Em Fortaleza, o serviço começou a ser oferecido em abril de 2016. Apesar de não ter regulamentação na capital cearense, alguns motoristas conseguiram autorização da Justiça para realizar o transporte de passageiros sem a interferência da fiscalização exercida pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e Autarquia Municipal de Trânsito (AMC).

Os motoristas podem dirigir seus próprios carros, um carro de outra pessoa ou mesmo um veículo alugado. Segundo a empresa de transporte, são mais de 50 mil motoristas cadastrados. Além de Fortaleza, o serviço está presente em outras 60 cidades do país.

Para se cadastrar, é preciso acessar o site da Uber e seguir o passo a passo. Além de incluir o número da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o motorista precisa apresentar observação Exerce Atividade Remunerada (EAR), que pode ser tirada em um posto do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

O veículo cadastrado deve cumprir alguns pré-requisitos, como ser do ano 2008 ou mais novo, com quatro portas e ar-condicionado.

Para se cadastrar, clique aqui.

11:34 · 19.08.2017 / atualizado às 11:35 · 19.08.2017 por
Fotos André Costa

Barbalha. Centenas de pessoas participaram na manhã deste sábado, 19, da “Ação Verdes Mares Cariri”, realizada na Praça da Estação, neste Município. Esta foi a primeira edição do ano no Cariri. O evento é um projeto da TV Verdes Mares em parceria com o Senac, com patrocínio da Unimed Ceará. Este edição contou, ainda, com o patrocínio da Prefeitura municipal.

A Praça ficou tomada por uma multidão de pessoas logo no início da manhã. Serviços de beleza, saúde, cidadania e de lazer foram distribuídas em três tendas, além de espaços de jogos e apresentações culturais, como o coral dos idosos. Os presentes contaram com aferição de pressão arterial e de glicemia, avaliação física, medição de IMC (Índice de Massa Corporal) e orientações sobre a saúde da mulher e do homem, com distribuição de preservativos femininos e masculinos e jogos lúdicos com distribuição de brindes.

 

A auxiliar de limpeza Maria do Carmo Sobrinho conta que aproveitou a Ação Verdes Mares para realizar alguns exames de saúde e cuidar da beleza. “Aferi a pressão arterial, fiz as unhas e ainda ganhei massagem”, conta. O aposentado Zé Simões também aprovou o evento, embora tenha “saído com uma surpresa”. “Não sabia que minha pressão estava um pouco alto”, brinca. “Agora é se acalmar um pouco e cuidar”, completa.

 

 

 

 

 

 

Ainda este ano, o evento será realizado em Juazeiro do Norte, no dia 02 de setembro, em Nova Oliva, no dia 23 do próximo mês e, por fim, em Milagres, no dia 14 de outubro.

10:22 · 19.08.2017 / atualizado às 10:22 · 19.08.2017 por
Camilo Santana participou da solenidade de inauguração da segunda maior ciclovia do Ceará (Fotos André Costa)

Dezessete quilômetros de extensão. Três cidades cortadas. A segunda maior ciclovia do Ceará foi inaugurada neste sábado, data em que é comemorada o dia nacional do Ciclista. A solenidade aconteceu no início da manhã e contou com a presença do Governador do Estado, Camilo Santana (PT). O chefe do executivo destacou que a obra atende uma demanda antiga da população. “É um compromisso meu com o povo do Cariri. O corredor será bem iluminado e contemplará quem fizer o deslocamento entre o Crato, Juazeiro e Barbalha. Além disso, será um estímulo para a prática de atividade física”, disse. Ainda segundo Camilo, os órgãos de trânsito farão constante fiscalização na ciclovia para garantir a segurança dos ciclistas.

Iniciada em abril de 2016, a obra teve investimento total de R$ 2.925.429,43, oriundos do Tesouro Estadual.  Com a conclusão do projeto da Secretaria das Cidades que fora executado pelo Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran), o governo objetiva que seja facilitado o descolamento entre estas cidades de pessoas que utilizam a bicicleta como transporte, por lazer ou a trabalho. De acordo com a pasta, quase 500 mil pessoas serão beneficiadas com a nova ciclovia.

A via liga as cidades de Barbalha, Juazeiro do Norte e Crato, no canteiro central da CE 060 e CE 292, conhecidas como Avenidas Leão Sampaio e Padre Cícero, respectivamente. A ciclovia conta com pavimento asfáltico, sinalização vertical e horizontal. A ciclovia do Cariri fica atrás apenas do equipamento em  Fortaleza, na Avenida Whasington Soares, com 30 km de extensão, e ao lado da ciclovia de Sobral, que também 17 km.

457.253 pessoas na região do Cariri serão beneficiadas com a Ciclovia, de acordo com a Secretaria de Cidades do Estado

Ciclofaixa
Os adeptos carirenses a este tipo de transporte já contam, desde o ano de 2015, com uma ciclofaixa, a primeira do interior do Estado. A ciclofaixa de lazer corresponde a um trecho de seis quilômetros da CE-060, na avenida Leão Sampaio, que liga os municípios de Juazeiro do Norte a Barbalha. Aos domingos, os ciclistas ganham uma faixa exclusiva na Rodovia, separada por cones. Estima-se que cerca de 500 pessoas usufruam do espaço todos os domingos.

Mudança
Para João Almeida, vice-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Juazeiro do Norte e ciclista há seis anos, a ciclovia irá “fomentar o uso desse modal de transporte, expandido seu uso para além do lazer, mas também para transporte”. João lembra que “a ciclofaixa, apesar de importante, é algo pontual, portanto a região já necessitava há muito tempo da criação de uma ciclovia”. Conforme avalia, a estrutura física vai possibilitar maior segurança a quem utiliza a bicicleta, “fazendo assim com que novas pessoas, outrora receosas com a falta de segurança nas avenidas, comecem a praticar o esporte”.

Somente em Juazeiro do Norte, são pelo menos, cinco grandes grupos de ciclistas. Com tanta gente pedalando e, agora, dispondo de equipamentos com ofertam segurança ao ciclista, Almeida acredita que o comércio irá se beneficiar.  A vendedora Valéria Cristine Santiago, que além de praticar ciclismo trabalha numa loja especializada na venda bicicletas, diz que a procura pelas bikes aumentou muito nos últimos anos. “As pessoas compram principalmente para o lazer”, afirma. Para João Almeida, “os lojistas estimam um crescimento nas vendas com a conclusão da ciclovia e a consolidação dessa prática”.

10:41 · 12.07.2017 / atualizado às 10:41 · 12.07.2017 por

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Barbalha, denunciou o secretário de Obras e Infraestrutura de Barbalha, Roberto Wagner Leite Machado, pelo fato do gestor se omitir de encaminhar informações requisitadas pelo MPCE que são indispensáveis à propositura da ação civil.

De acordo com a Lei da Ação Civil Pública, é crime, punido com pena de reclusão de um a três anos, mais multa de 10 a 1.000 Obrigações Reajustáveis do Tesouro Nacional (ORTN), a recusa, o retardamento ou a omissão de dados técnicos indispensáveis à propositura da ação civil, quando requisitados pelo Ministério Público.

Na petição inicial, o promotor de Justiça que responde pela 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Barbalha, Saul Cardoso Onofre de Alencar, explica que foram lavrados procedimentos administrativos, como inquéritos civis públicos, por exemplo, tanto na 2ª quanto na 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Barbalha para apurar informações recebidas e protocoladas nos órgãos que diziam respeito a problemas na infraestrutura de ruas, redes de esgoto, invasão de terrenos, entre outros, vivenciados pela população do município.

Para dar continuidade aos procedimentos, foram requisitadas informações à Secretaria de Obras e Infraestrutura de Barbalha que nunca foram fornecidas. “O denunciado, Roberto Wagner Leite Machado, por diversas vezes, desde que fora nomeado gestor da Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura, deixou de fornecer informações indispensáveis ao Ministério Público”, expôs o promotor de Justiça.

O membro do MPCE informa ainda na peça que chegou a emitir uma recomendação para receber as informações e, assim, poder tentar solucionar ou, pelo menos, amenizar os problemas dos cidadãos que procuraram o Ministério Público para reclamar seus direitos através do ajuizamento de uma ação civil pública, mas, até o oferecimento da denúncia, não havia recebido nenhuma resposta aos ofícios e requisições encaminhados.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

18:57 · 13.06.2017 / atualizado às 18:58 · 13.06.2017 por
20 mil pessoas participaram da procissão de encerramento dos festejos de Santo Antônio (Fotos André Costa)

Barbalha. Milhares de fiéis participaram na tarde desta terça-feira (13) da procissão que marcou o encerramento da Festa de Santo Antônio, padroeiro da cidade. Ao som de cânticos e orações em louvor ao “santo casamenteiro” e, animados pela banda de música da cidade, cerca de 20 mil católicos percorreram diversas ruas, até a chegada à matriz que leva seu nome, no centro de Barbalha. Pela manhã, os fiéis participaram da celebração solene da Missa na Paróquia de Santo Antônio, presidida por dom Gilberto Pastana de Oliveira.

Essa foi a 307ª festa alusiva ao padroeiro e a segunda após ter sido considera Patrimônio Imaterial da Cultura Brasileira, título concedido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Este ano, o festejo teve por tema de reflexão “Santo Antônio, servo fiel da Virgem Maria”.

Grupos populares também participaram da procissão (Foto André Costa)

Para o pároco da paróquia Santo Antônio, padre Cícero Alencar, o momento é importante “para demonstrar, publicamente, a devoção de milhares e milhares de pessoas por Santo Antônio”. O sacerdote ressaltou o grande número de fiéis ano após ano na procissão e lembrou que “são as pessoas, movidas por fé, que tornam a festa bela e emocionante”.

500 mil pessoas
Iniciada no último dia 28 de maio, a festa de Santo Antônio, também conhecida com Festa do Pau da Bandeira, reuniu ao longo dos 15 dias de celebração cerca de meio milhão de pessoas, 200 mil somente no dia do cortejo do pau da bandeira. A programação contou com noitários nas comunidades, missas e, na parte social, os leilões e quermesses, reunindo no entorno da matriz os devotos de Santo Antônio.

Os festejos foram marcados ainda por apresentações de grupos regionais. Estima-se que 50 grupos folclóricos, entre maneiro-pau, incelenças, penitentes, reisados, quadrilhas, bacamarteiros, se apresentem durante o festejo. São cerca de 500 brincantes. Na área de entretenimento, a festa do padroeiro da cidade reuniu mais de 20 bandas, em cinco dias de festa, com destaque para Xandy Aviões, Leo Santana, Jonas Esticado, Toca do Vale, Victor e Léo, Thiaguinho e Pablo.

Fé e devoção marcaram a procissão do Santo padroeiro de Barbalha (Foto André Costa)

O grande público ao longo dos 15 dias resultou, inclusive, no aquecimento da economia local. O comércio, de acordo com a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), apresentou aumento de 3,5% nas vendas. A rede hoteleira também obteve bons índices. A ocupação em hotéis e pousadas da cidade se aproximou dos 90%.

Tradição
Os festejos a Santo Antônio, padroeiro da cidade e conhecido como o santo casamenteiro, tiveram início ainda no século XVIII, antes mesmo do surgimento da cidade. Em 1928 foi oficializado e hoje é considerado uma das festas culturais e religiosas mais importantes do interior nordestino.

A festa envolve todos os segmentos de Barbalha e movimenta, também, cidades vizinhas do Cariri. O momento é celebrado sempre durante 15 dias. A data inicial é o domingo mais próximo de 31 de maio, dia do carregamento e hasteamento do Pau da Bandeira. Os carregadores percorrem cerca de sete quilômetros até a Praça da Matriz de Santo Antônio no centro de Barbalha, com o Pau da Bandeira às costas.

10:24 · 13.06.2017 / atualizado às 10:24 · 13.06.2017 por
Foto Patrícia Silva

Barbalha. Iniciada no último dia 28 de maio, a festa de Santo Antônio, padroeiro deste município, chega ao fim hoje (13), com missa solene realizada nesta manhã e, a tarde, procissão pelas principais ruas de Barbalha. Os festejos deste ano tiveram por tema de reflexão “Santo Antônio, servo fiel da Virgem Maria”. A celebração solene da Missa na Paróquia de Santo Antônio foi presidida por dom Gilberto Pastana de Oliveira.

A tarde, acontece a tradicional procissão que marca o encerramento da festa do Santo Casamenteiro. O cortejo terá início às 16 horas, com saída da residência de Marciano Teles Duarte. O percurso segue pela Avenida Cel. João Coelho; Avenida Paulo Mauricio; na Avenida Pio Sampaio; rua T 06; rua Lídio de Freitas; rua Adão Apolinário; rua Padre Ibiapina; rua Pedro Coelho; rua Neroly Filgueira; rua Padre Ibiapina; rua da Matriz.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

10:55 · 29.05.2017 / atualizado às 09:17 · 30.05.2017 por

Barbalha. Horas após o hasteamento do Pau da Bandeira, ato que marcou a abertura oficial dos festejos alusivos a Santo Antônio, padroeiro do Município, um homem foi assassinado com um tiro na testa, na Avenida Coronel João Coelho, no Marco Zero, centro de Barbalha.

De acordo com a polícia, Wescley Lima Pereira, de 24 anos, teria se envolvido em uma discussão quando seu desafeto sacou uma arma e efetuou um único tiro contra o jovem, que teve morte imediata. O crime aconteceu por volta das 23 horas.

Wescley residia na cidade do Crato e trabalhava em uma rede de farmácias. Ele não tinha passagens pela polícia. O homicida ainda não foi preso ou identificado.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

18:26 · 28.05.2017 / atualizado às 17:05 · 29.05.2017 por
Festa de Santo Antônio, padroeiro de Barbalha, foi aberto oficialmente neste domingo (foto André Costa)

Barbalha. “A Festa de Santo Antônio; Em Barbalha é de primeira; A cidade toda corre; Pra ver o Pau da Bandeira; Olha quanta alegria, que beleza, a multidão faz fileira, hoje é o dia; Vamos buscar o Pau da Bandeira; Homem, menino e mulher, Todo mundo vai a pé”. A canção do músico caririense Alcymar Monteiro, cantada na voz marcante de Luiz Gonzaga, retrata bem a importância cultural que reveste a Festa de Santo Antônio, iniciada oficialmente neste domingo, dia 28.

Mais de 200 mil pessoas lotaram as ruas da cidade para participar da abertura dos festejos alusivos ao padroeiro de Barbalha. O tradicional cortejo do Pau da Bandeira começou por volta das 11 horas. Cerca de 300 homens conduziram o mastro pesando mais de duas toneladas até a Praça da Matriz, que leva o nome do padroeiro. O percurso de quase 8 km, com saída do Sítio Flores, local onde foi selecionada a árvore Jatobá de 25 metros de comprimento, durou cerca de seis horas.

Cortejo do Pau da Bandeira levou mais de 200 mil pessoas as ruas de Barbalha (foto André Costa)

“Capitão do Pau” há 15 anos, Rildo Teles, destaca que a condução do mastro é uma demonstração de fé, persistência, força e espírito coletivo. Como diz a tradição, nos intervalos de descanso dos carregadores durante o percurso, as mulheres se aproximaram para pegarem no mastro que será erguido a bandeira do Santo casamenteiro. “Além de pegarem no tronco, diz à lenda que elas também podem sentar ou até mesmo retirar suas lascas para fazer chás, óleos e lembranças. Tudo em busca de um companheiro”, explica Rildo.

Simbolismo
O hasteamento do tronco aconteceu às 17h50. Esse ato marca o início da festa que prosseguirá até o dia 13 de junho, data do Padroeiro. De acordo com a Secretaria de Cultura e Turismo de Barbalha, até o dia do encerramento devem passar 500 mil pessoas pela cidade. A festa de Santo Antônio é considerada a maior do país em louvor ao santo. Para a segurança do evento, o efetivo policial foi reforçado. Além dos seguranças contratados, serão 150 homens da Polícia Militar, além de agentes do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran).

Segundo a tradição, a condução do mastro é uma demonstração de fé, persistência, força e espírito coletivo (Foto André Costa)

Tradição
Dois anos após ter sido reconhecida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), como patrimônio imaterial brasileiro, a festa tem fortalecido a tradição e buscado o resgate da originalidade presente no início dos festejos, ainda no século XVIII, antes mesmo do surgimento da cidade. São mais dois séculos de tradição, cultura, fé e devoção, levando às ruas de Barbalha, mais de 40 grupos folclóricos e cerca de 500 brincantes que desfilam com os seus grupos de maneiro-pau, incelenças, penitentes, reisados, quadrilhas, bacamarteiros, entre outros.

Homenagens
Este ano, grandes mestres da cultura popular estão sendo homenageados na Festa de Santo Antônio. Os palcos das apresentações musicais levam os nomes do Capitão Zé Veloso, Carregador Careca e Mestre Tico Neves. José da Costa Veloso, o Capitão Zé Veloso, também conhecido como Pavão, começou a participar do carregamento do Pau da Bandeira aos 10 anos e tornou-se o “animador do Pau” com suas músicas e tiradas surpreendentes.

 

Hasteamento do pau, de 25 metros, simboliza a abertura dos festejos alusivos ao Santo casamenteiro (Foto André Costa)

Cícero Ricart, o Careca, perdeu sua vida em 2015, aos 39 anos, fazendo o que mais gostava: carregando o Pau da Bandeira, o que ocorria há 15 anos, com dedicação e alegria. Há dois anos, com o cortejo já próximo à Matriz, sofreu um acidente e morreu. O mastro caiu por sobre seu corpo.

Francisco Belizário dos Santos, o Mestre Tico Neves, era um líder e brincante do Reisado do Sítio Lagoa, com atuação de mais de quatro décadas. Com sua morte, em 2011, o grupo passou a se chamar Reisado de Congo Mestre Tico Neves. Tem apresentações não só em Barbalha mas em diversas cidades da Região do Cariri.

Noitários
Os noitários, que também fazem parte da tradição, iniciam hoje, com visitas da imagem do santo a instituições, residências, entidades, comunidades e escolas. No dia 13 de junho, acontece a tradicional procissão que marca o encerramento da festa alusiva ao padroeiro da cidade.

Shows
Nove atrações musicais se apresentaram após o cortejo do pau em três espaços distintos. No Marco Zero, tocaram as Bandas Cabloco Nordestino, Flávio Leandro e Alcymar Monteiro. No palco ao lado da Igreja do Rosário, Dorgival Dantas, Pra Xotear e Chambinho do Acordeom animaram a multidão e, na Praça da Estação, se apresentaram Santanna, Forró Tapera e a grande atração da noite, Solange Almeida.

Ao todo, a festa do padroeiro da cidade vai reunir mais de 20 bandas, em cinco dias de festa. A programação no Parque de Eventos, que inicia no próximo dia 7 de junho, contará com os mais variados estilos. Serão quatro ações por noite, com destaque para Xandy Aviões, Leo Santana, Jonas Esticado, Toca do Vale, Victor e Léo, Thiaguinho, Pablo e muito mais.

Confira as imagens do Cortejo (clique para ampliar):

 

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br