Busca

Tag: Camilo Santana


11:10 · 09.07.2018 / atualizado às 11:10 · 09.07.2018 por
Orçada em R$ 35 milhões, a área total de intervenção chega a 33.605,40 m². (Fotos: Divulgação/ Prefeitura)

Crato. Apesar de ainda está com obras em andamento, na noite da última sexta-feira (6), foi inaugurado o novo Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcanti. Com muita festa, a inauguração contou com a participação massiva da população e de lideranças municipais, estaduais e nacionais. Orçada em R$ 35 milhões, a área total de intervenção chega a 33.605,40 m². O Governo do Estado afirma que este é o maior equipamento do tipo em todo o Nordeste.

A obra ampliou a área de circulação e busca desafogar o trânsito com a criação de avenida que contorna todo o equipamento – uma das principais reivindicações durante o período de Expocrato, que começa no próximo dia 14 de julho. O espaço de shows terá piso intertravado e capacidade ampliada para mais de 30 mil pessoas.

O prefeito José Ailton Brasil destacou a importância do parque para a economia da região e resgatou a história da feira. “Se não fosse o sonho do prefeito Pedro Felício Cavalcanti, não estaríamos hoje recebendo esse presente, o maior parque de exposição do interior do Nordeste. A Expocrato é a maior tradição que nós temos. É um resgate de uma história e o resgate do desenvolvimento do agronegócio e da agricultura familiar”, disse.

São 4.434,30 m² de reformas de construções existentes e um acréscimo de 11.137,50m² em novos edifícios.

Já o governador Camilo Santana afirmou que o Município merece um equipamento deste porte e frisou que ele será utilizado durante o ano inteiro, nas diversas áreas.  “Agradeço as parcerias e envolvidos no projeto, em especial a todos os operários que trabalharam dia e noite para que a obra saísse em tempo recorde”, ressaltou.

Quem também estava ansioso para checar o novo parque são os expositores, que já estão chegando à cidade para começar o trabalho da feira, que inicia no próximo dia 15, oficialmente. “Estou curiosa para entrar e ver. Eu espero que esteja lindo, por fora já dá pra ver que está uma coisa linda. Coisa de primeiro mundo. A expectativa é que seja muito boa para todos”, declarou Ana Angélica, famosa expositora da feira dona do Acajaré da Tia Ana.

Após o corte da fita pelo prefeito Zé Ailton e pelo governador Camilo Santana, os portões foram abertos para a checagem da população, que a cada passo descobria a novidade e opinava sobre as mudanças. Aos poucos iam tentando descobrir os locais de cada barraca, empresa ou atração que tradicionalmente se instalam no parque a cada edição da feira.

“Essa será a maior Expocrato de toda a história. Já estamos preocupados com o que faremos em seguida, realizando feiras mensais para fomento da agriculura familiar e também de feiras de animais. Tudo isso já está sendo pensado com a sociedade civil organizada”, finalizou Zé Ailton.

Estrutura

A reforma inclui novas edificações como a Administração do Parque, dormitório para os tratadores (144 camas), instalações sanitárias, nova arquibancada, edifício para entidades, centro de manejo, marquises polivalentes, restaurantes, museu, área para artesanato, engenho, e renovação dos pavilhões existentes e toda a parte viária e de currais nova. São 4.434,30 m² de reformas de construções existentes e um acréscimo de 11.137,50m² em novos edifícios.

Além disso, há uma pista de “kiss and go”, onde motoristas realizarão embarque e desembarque sem atrapalhar o trânsito. No entanto, a praça Coronel Filemon Teles, localizada em frente à entrada principal, foi demolida para o alargamento da Rua Rui Barbosa. Inclusive, toda pavimentação asfáltica no local já foi concluída. Nesse caso, a Praça foi deslocada para dentro do Parque, mudando seu formato e estrutura.

14:17 · 14.06.2018 / atualizado às 14:17 · 14.06.2018 por
O equipamento custou R$ 2.160,000. (Fotos: Samuel Macedo)

Juazeiro do Norte. A primeira Areninha da terra do Padre Cícero foi inaugurada na noite de ontem (13), na praça Teodoro de Jesus Germano, no bairro Timbaúbas. O equipamento custou R$ 2,1 milhões com investimento de 80% do valor de responsabilidade do Governo do Estado e 20% da Prefeitura Municipal. Na abertura, uma partida de futebol foi realizada com participação do governador Camilo Santana e do prefeito Arnon Bezerra.

Muito mais do que a prática de esporte, o prefeito Arnon Bezerra afirmou que a Areninha irá servir para unir o povo de Juazeiro do Norte, proporcionando convivência social, combatendo a violência, com educação e bem-estar social e firmando grandes parcerias.  Outra será construída no bairro Campo Alegre.

O chefe do Executivo municipal destacou a grande expectativa da população de receber mais esse grande equipamento. Ele ressaltou a gratidão do povo da cidade em poder receber a obra, além de todas as parcerias com o governo para a realização de importantes projetos na cidade, como o Hospital Infantil Maria Amélia, que será reformado. Além disso, a entrega da Praça Padre Cícero deve acontecer antes dos festejos à Nossa Senhora das Dores, em setembro.

“Não é apenas um equipamento de esporte, mas social, onde irá funcionar escolinha de futebol com monitores, nos três turnos, para crianças e adolescentes”, disse ele. A Areninha é um espaço qualificado, com grama sintética, padrão Fifa, área iluminada, com banheiros, vestiários e bebedouros. “Cuidem bem desse equipamento. É de vocês, do povo de Juazeiro do Norte”, afirmou Camilo Santana.

Romeirão

O governador Camilo Santana anunciou, durante a inauguração da Areninha, que no próximo mês de julho, será realizada a licitação da nova Arena Romeirão de Juazeiro do Norte, que tornará o Estádio um dos mais modernos equipamentos do Nordeste brasileiro, no futebol.

08:31 · 22.05.2018 / atualizado às 08:31 · 22.05.2018 por
Construído numa área de 1.780m² no Centro do município, o empreendimento tem 179 boxes. (Foto: Nívia Uchôa)

Crato. Em funcionamento desde o último dia 2 de maio, o Shopping Popular Belizário de Souza Primo, antigo camelódromo, foi inaugurado, na manhã desta segunda-feira (21), com a presença de autoridades, consumidores e permissionários. A obra recebeu R$ 1,8 milhão em investimentos e foi executada pelo Governo do Estado em parceria com a Prefeitura do Crato. Durante décadas o antigo equipamento abrigou pequenos comerciantes e vendedores ambulantes.

Construído numa área de 1.780m² no Centro do município, o empreendimento tem 179 boxes, onde os permissionários irão comercializar frutas, verduras, confecção, ferragens, variedades e calçados. No local também foi construída uma praça de alimentação, banheiros e recebeu nova fachada.

“Sempre tive a preocupação de dar condições dignas para esses comerciantes que trabalhavam em condições insalubres. Era um local feio e em péssimas condições. Outra preocupação era de manter a arquitetura do local. É um obra de grande valor”, afirmou o governador Camilo Santana.

O prefeito José Ailton destacou os “20 anos de luta para que o empreendimento saísse do papel”, disse. O gestor municipal ressaltou a parceria com o Governo do Estado que, segundo ele, não hesitou em aprovar o recurso. “Hoje estamos aqui, entregando esse grande empreendimento ao povo do Crato”, complementou.

O shopping popular é uma antiga demanda da população do município e dispõe de acessibilidade na edificação, instalações elétricas, hidráulicas, sanitárias e pluviais, e sistema de som e controle. “Desde que meu pai iniciou seu pequeno negócio aqui, que vínhamos solicitando às autoridades essa reforma”, disse permissionária Jucilânia Gomes Rodrigues, 43, que possui uma loja de confecção no local.

Quem também fez questão de agradecer a chegada do novo equipamento foi o escultor Raimundo Elson Morais, 74, que trabalha no local há 30 anos, ao lado da esposa Maria do Carmo Lacerda Morais, de 66 anos. “Isso aqui estava em péssimas condições. Agora podemos trabalhar com segurança e higiene, o que deve atrair mais clientes”, comemorou. Já o permissionário David Anderson ressalta que “agora tem valorização da mercadoria, do nosso trabalho, as pessoas queriam desvalorizar a gente e o que vendíamos. Hoje é tudo lindo”, conta.

20:11 · 21.05.2018 / atualizado às 20:12 · 21.05.2018 por
Juazeiro terá o equipamento com maior número de vagas do interior: 1750. (Foto: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. Ao lado do prefeito Arnon Bezerra e de centenas de estudantes, professores e autoridades, o governador Camilo Santana inaugurou, na tarde desta segunda-feira (21), o Centro Cearense de Idiomas (CCI) deste Município – o quinto do Estado. O equipamento foi instalado, onde funcionava o Ginásio Municipal Antônio Xavier de Oliveira, no bairro São Miguel. No prédio, doado pela Prefeitura, cerca de 1.750 alunos terão aulas de línguas inglesa ou espanhola, divididas em 7o turmas pela manhã, tarde e noite.

O CCI é destinado aos estudantes da rede pública estadual de Juazeiro Norte e seu objetivo é possibilitar aprendizagem de novos idiomas, além de preparar para o mundo acadêmico e do trabalho. Além da terra do Padre Cícero, outros 11 equipamentos já estão funcionando nos municípios de Itapipoca, Crateús, Caucaia, Iguatu e Fortaleza. Todos os professores dos CCIs fazem parte do quadro de docentes da rede pública de ensino.

Os cursos são organizados em módulos de estudo, podendo ser certificada a conclusão de cada módulo ou de seu conjunto. Ao todo, são três anos, distribuídos em seis semestres de aulas. “Foi feito com muito critério a escolha dos professores, que mostram mais fluência na língua. Isso vai ajudar no desenvolvimento econômico e cultural de Juazeiro do Norte. Isto também vai estar associado ao aumento de patamar salarial deles”, destacou o secretário da Educação, Rogers Mendes.

O governador Camilo Santana aproveitou a ocasião para participar da aula inaugural, garantindo que o curso “não deixa a desejar a qualquer cursinho particular”, disse. Além disso, destacou a língua inglesa como uma conexão para o mundo inteiro e o espanhol pela uso comum nos países da América Latina. “Estamos conectados com o mundo inteiro e precisamos nos comunicar além das fronteiras”, completou.

O chefe do executivo cearense destacou que estão sendo investidos cerca de R$ 5 milhões para a implantação de mais 11 equipamentos no Ceará. “Os melhores alunos do CCI de cada região vai ter como premiação um intercâmbios para outros países nas quais utilizam a língua que estão estudando”, antecipou Camilo Santana.

Já o prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, comemorou a chegada do CCI, destacando reaproveitamento do prédio do antigo Ginásio Municipal. Todas as salas receberam novas cadeiras e estão climatizadas. “Estamos gerando perspectiva para os estudantes, criando possibilidades, dando força. A próxima etapa é fazer deste prédio um centro de treinamento para todas as áreas, um centro de estudo”, finalizou.

09:10 · 23.04.2018 / atualizado às 09:10 · 23.04.2018 por
Os campos apresentam dimensão de 85 m por 60 m. Crato receberá outra unidade. (Fotos: Nívia Uchôa)

Crato. Em partida comemorativa de futebol, com a presença do governador Camilo Santana, foi inaugurada, na última sexta-feira (20), a primeira das 49 Areninhas que serão implantadas em 44 municípios cearenses. O equipamento esportivo fica no bairro do Seminário – o mais popular do Município.

A Areninha é um campo esportivo de futebol com grama sintética, com área total de 7.980,00m² (sete mil, novecentos e oitenta metros quadrados). O projeto, é do Governo do Estado, com a contrapartida do município, que fez a doação do terreno e 20% do valor da obra, cujo valor completo foi de aproximadamente, R$ 1,6 milhão.

Em seu primeiro jogo, foi realizado um amistoso com times representando Estado e Município, contando com a participação do prefeito José Ailton Brasil, deputados, secretários estaduais e servidores estaduais e municipais. A partida também teve a presença de ex-jogadores de sucesso nacional nacional Nasa e Ronaldo Angelim. O placar terminou Estado 3 X 1 Município.

De acordo com o governador Camilo Santana, outra Areninha está prevista para o município do Cariri. “Esse equipamento é para o lazer dos esportistas, da juventude, e vai funcionar pela manhã, à tarde e à noite. E campo é todo no padrão da Federação Internacional de Futebol (Fifa)”, destacou. “Além disso, a prefeitura do Crato vai desapropriar o terreno que fica aqui vizinho para fazer uma quadra de vôlei”, antecipou.

O prefeito Zé Ailton agradeceu o apoio do governador e enfatizou que a comunidade do Seminário é merecedora deste equipamento. “Estaremos trabalhando constantemente por melhorias para o nosso povo”, destacou o chefe do Executivo cratense.

O estudante Caio Borges, de 15 anos, mora bem perto de onde a Areninha está instalada, no bairro Seminário. Ele conta que o equipamento vai atrair a juventude da cidade, que até então não tinha um espaço urbanizado e iluminado para “bater uma bolinha”. “Ter um espaço como esse é muito bom para a população, porque as crianças e os jovens ficam brincando de bola no meio da rua”, alertou. E continuou: “e não é só para jogar futebol, pode ser qualquer prática esportiva. O espaço é grande, dá para aproveitar bem”.

E quem concorda com isso é José Carvalho Leite, de 60 anos. O aposentado caminha pelo bairro de segunda à sexta com a esposa Maria Nádia Rolim, de 56 anos. Ele destacou que as Areninhas são complementares às Escolas Estaduais de Tempo Integral para “tirar o jovem da ociosidade”. “Vai ter uma adesão muito grande, e não só pelos jovens”, afirmou. “E dá pra fazer (no espaço), ainda, festa junina, quadrilha, né?”, emendou.

O projeto

Lançado em setembro último, o Projeto Areninha do Ceará pretende dar uma nova dinâmica social às cidades cearenses, possibilitando uma estrutura para prática esportiva e lazer da população. Cada Areninha terá gramado sintético, bancos de reserva, alambrados, rede de proteção, iluminação, vestiário, depósito para materiais rampa de acesso para cadeirantes, paisagismo e pavimentação no entorno. O investimento total do projeto é da ordem de R$ 100 milhões, financiados com recursos do Programa de Apoio às Reformas Sociais (Proares III) – mesmo programa que financia as Praças Mais Infância e outras estruturas do Estado.

As obras são realizadas pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) e do Departamento de Arquitetura e Engenharia do Estado do Ceará (DAE). Os terrenos são cedidos pelas prefeituras na zona urbana da cidade e têm, em média, área de 95 metros por 73 metros. Os campos apresentam dimensão de 85 m por 60 m.

Areninhas

No Cariri, além de Crato, que terá uma nova unidade, as Areninhas também estão sendo construídas em Juazeiro do Norte, que também terá dois destes equipamentos, Barbalha e Brejo Santo. Além das Areninhas, o Governo do Ceará finaliza licitação para a construção de mais de 100 Campinhos – equipamentos com estrutura menor que a de uma Areninha, similar a um campo society.

16:19 · 20.04.2018 / atualizado às 16:19 · 20.04.2018 por
“O Ceará tem fazendo a parte dele”, afirmou, destacando cerca de 9 mil policiais contratados durante seu governo. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. Em solenidade, na manhã desta sexta-feira (20), o governador Camilo Santana lançou o pacto Ceará Pacífico, que trará uma série de pacotes de investimentos em segurança e ações sociais para o Município, junto com a criação da Unidade Integrada de Segurança (Uniseg) e do sistema de videomonitoramento. Com isso, o policiamento será ampliando em dez bairros, identificados como mais carentes de segurança pública. Os programas serão realizados em parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura.

A Uniseg atuará nos bairros São José, Antônio Vieira, Triângulo, João Cabral, Romeirão, Lagoa Seca, Jardim Gonzaga, Pirajá, Santa Tereza e Frei Damião. O objetivo é garantir segurança e tranquilidade aos moradores através do trabalho integrado entre Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP) e Perícia Forense. Além disso, o efetivo será reforçado com 191 policiais militares, 10 viaturas, 9 motos e uma unidade móvel comunitária.

Mais 9 motos atuarão em Juazeiro.

A Polícia Civil também terá um acréscimo de 9 delegados, 18 escrivães, 32 inspetores e 3 viaturas. Este aumento foi destacado pelo titular da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, que confirmou a formação de 660 novos policiais civis e no mês de maio já trabalharão em todo Ceará. Por isso, o Governo do Estado garantiu a compra de 150 fuzis e mais de 1 mil pistolas.

O governador Camilo Santana, novamente, lembrou o combate ao tráfico de drogas como responsabilidade do Governo Federal que deve cuidar das fronteiras do País. “O Ceará tem fazendo a parte dele”, afirmou, destacando cerca de 9 mil policiais contratados durante seu governo. “Só o que contratei é mais policiais que em todo estado do Piauí junto”, completou.

Já o delegado da Polícia Civil de Juazeiro do Norte, Juliano Marcula, lembrou que a integração entre os órgãos de segurança já existe, mas a Uniseg vem para coroar este trabalho. “A Polícia em si é comunitária, convivendo com moradores e tendo conhecimento do que acontece ali. Teve um estudo, um critério para analisar, aí foi definido como bairros prioritários, mas com certeza o Estado vai trazer outras Unisegs para contemplar outros bairros”, imagina o policial.

Ceará Pacífico

Também foi assinado pelo um Termo de Compromisso Interinstitucional que formaliza o Território Pacto por um Ceará Pacífico em Juazeiro do Norte. O acordo prevê uma série de ações sociais de acolhimento à população mais vulnerável e enfrentamento da violência. Um comitê será criado, tendo à frente o poder Executivo do Município e compostas pela Polícia Civil e Militar, representantes do Poder Judiciário e sociedade Civil. Este grupo irá se reunir constantemente para definir quais destas ações serão realizadas.

Inicialmente, as ações serão destinadas ao Frei Damião, Jardim Gonzaga, Lagoa Seca, São José e Antônio Vieira. “Eu não acredito em nenhuma política se não houver o envolvimento da comunidade. A partir daí, o comitê terá um papel fundamental”, completou.

Videomonitoramento

Juazeiro do Norte foi a sétima cidade do estado a receber o sistema de videomonitoramento integrado de segurança. A medida será adotada em todos os municípios com população acima de 50 mil habitantes. Ao todo, serão instaladas 700 câmeras em 38 cidades do Ceará com investimento anual de R$ 20 milhões. Na terra do Padre Cícero, serão 17 câmeras dispostas em pontos estratégicos.

“Temos certeza que o cidadão vai poder ir e vir, afastar as possibilidades de crime e inibir muito a condição da violência. Nós queremos isso que cada um possa fazer sua parte para proporcionar vida digna”, exaltou o prefeito Arnon Bezerra.

Alguns destes equipamentos estão instalados na Praça do Giradouro, o Estádio Romeirão, o Mercado do Pirajá, no bairro Novo Juazeiro, no antigo Parque São Geraldo, próximo a Areninha, na Basílica Nossa Senhora das Dores e nas proximidades da Capela do Socorro. As câmeras se dividem entre os de monitoramento de imagens, com giro 360º, e os que possuem tecnologia para ler placas de veículos, identificando carros roubados e enviando sinal para a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops)

05:11 · 20.02.2018 / atualizado às 11:48 · 20.02.2018 por
O ministro Maurício Quintella assinou a ordem de serviço. Obra já começa hoje. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. Com presença de políticos, prefeitos e secretários de diversos Municípios da região do Cariri, foi assinada, na noite de ontem (19), na unidade local da Coordenadoria Integrada De Operações Aéreas (Ciopaer), a ordem de serviço para a obra de reforço do pátio de aeronaves do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes. Com a reforma, o equipamento poderá receber aeronaves maiores, sem nenhuma restrição, e ampliar o movimento.

Serão investidos cerca de R$ 2,6 milhões no reforço e ampliação do pátio, além da recuperação de duas taxiways – faixas que permitem o taxiamento dos aviões. Com previsão de terminar, no máximo, no mês de setembro deste ano, a obra classificará o pátio com o mesmo PCN (índice de resistência do pavimento) da pista, permitindo o pouso de aeronaves maiores como A 320 e Boeing 737-800, sem qualquer restrição.

Segundo o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, com a reforma, terá um aumento na capacidade de passageiros e, também, para transporte de cargas. “Vai tornar um aeroporto mais competitivo e um impacto econômico muito importante pra região. O aeroporto do Cariri é um dos que mais cresce no País e havia este problema (restrição)”, explica, antecipando que estão previstos para o Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes o investimento de R$ 50 milhões.

O prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, comemorou a chegada da obra que, segundo ele, era aguardada há muito tempo pela população. “Às vezes, a burocracia impede que as coisas venham na velocidade que desejamos. Agora, vai oferecer mais segurança e ampliar os nossos horizontes na região”, exalta o Chefe do Executivo local.

Senador Eunício Oliveira destacou em discurso mais de R$ 500 milhões conquistados em convênios para o Ceará.

Já o governador Camilo Santana, também presente na solenidade, destacou que o aeroporto é um dos principais equipamentos do Nordeste, pois atende os estados vizinhos. “O Cariri é o centro do Nordeste brasileiro. Aqui, embarcam pessoas da Paraíba, Pernambuco, Piauí. É fundamental que esse aeroporto passasse por essa reforma importante. Ele foi um dos que mais cresceu no Brasil e vamos encontrar o caminho para fazer a grande transformação”, completou.

O Aeroporto

Com 63 anos, o Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes tem capacidade para atender 800 mil passageiros por ano e conta com voos diretos para Petrolina e Recife (PE), Fortaleza (CE), Campinas e Guarulhos (SP) e Brasília (DF). Três companhias operam no aeroporto: Azul, Gol e Avianca. Pela localização centralizada de Juazeiro do Norte, quase equidistante para seis capitais, o terminal recebe, também, passageiros do interior de Pernambuco, Paraíba e Piauí.

No ano passado, o equipamento teve um fluxo de 541,89 mil, um aumento de 1,34% nos embarques e desembarques, comparado ao ano de 2016. Os números indicaram um crescimento na taxa de ocupação dos aviões, já que a média diária de movimentação de aeronaves comerciais caiu de 22, em 2016, para 16, no ano passado.

09:38 · 06.02.2018 / atualizado às 09:38 · 06.02.2018 por
O sacerdote lançou livro sobre o Padre Cìcero. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Crato. Na manhã de ontem (05), foi comemorada os 100 anos do Monsenhor Ágio Moreira, na Vila da Música, com a presença de autoridades, da Diocese de Crato, da comunidade do distrito do Belmonte e de fiéis de várias outras localidades. A festa foi celebrada com a missa, realizada pelo bispo Dom Gilberto Pastana, e o lançamento do livro “Padre Cícero Romão Batista – O Maior Líder Espiritual do Nordeste Brasileiro”, de autoria do aniversariante.

O Monsenhor Ágio ainda autografou alguns exemplares do seu livro e agradeceu a todos que foram prestigia-lo, pedindo que as pessoas tenham mais amor e respeito pelo próximo. O governador do Estado, Camilo Santana, e o prefeito de Crato, José Ailton Brasil, fizeram questão de estarem presentes no aniversário.

No entanto, a festa começou desde o dia 27 de janeiro, com a realização do Festival de Música Cordas Ágio, que chegou a sua sexta edição, e foi encerrada no último domingo (05). Com vários shows gratuitos, o evento reuniu diversos artistas locais, como Abidoral Jamacaru,  Zabumbeiros Cariris, Daniel Peixoto, André Magalhães, em palco montado vizinho à Vila da Música.
Solibel

A principal herança do Monsenhor Ágio, a Sociedade Lírica do Belmonte (Solibel), criada por ele, começou a partir de aulas de música, gratuitas, para jovens da comunidade. Após 50 anos de trabalho, foi inaugurada a Vila da Música, ampliando o atendimento com nova estrutura e mais instrumentos musicais. O equipamento é gerido pela Secretaria de Cultura do Estado junto com o Instituto Dragão do Mar, de Fortaleza.

A Vila da Música Solibel, no distrito de Belmonte, atende 580 alunos de qualquer faixa etária para as aulas de música: canto e instrumento. Tudo gratuito. Os cursos são de violino, violoncelo, contrabaixo, clarinete, trompete, trombone, tuba, saxofone, flauta doce, transversão, piano e teclado.

“A nossa proposta é formar e fomentar o encarreiramento no campo da música. Além das aulas, tem apresentações artísticos, concertos didáticos, intercâmbios com músicos de fora. A gente tá buscando uma convergência de ações que possa resultar na formação de novos talentos para sair do Cariri e se apresentar mundo afora. A expectativa que seja uma referência de formação artística”, conta Mano Grangeiro, assessor técnico da Vila da Música.

 

08:45 · 23.01.2018 / atualizado às 08:45 · 23.01.2018 por
Seminário já foi realizado em cinco municípios chega, pela primeira vez, no Crato. (Foto: Tiago Stile)

Crato. O IX Seminário do Selo Ceart (Certificação da Autenticidade dos Produtos Artesanais e do Reconhecimento das Obras de Arte Popular Cearenses) acontece nesta terça-feira, às 9h, no Brisa Hotel, reunindo artesãos e representantes de entidades artesanais. O evento é promovido pela Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social, do Governo do Estado, e da Central de Artesanato do Ceará (Ceart). Ao todo, cerca de 70 artesãos e 38 grupos produtivos de 20 municípios da região estarão presentes.

O Selo Ceart é uma certificação voluntária que tem como objetivos estimular a melhoria dos processos produtivos, elevar o padrão de qualidade e a busca pela excelência dos produtos. É mais um serviço prestado aos artesãos cearenses para aumentar a competitividade dos produtos e ainda o reconhecimento das obras de arte popular, a partir da observação dos requisitos que garantam autenticidade, especialmente sua identidade cultural e excelência.

A implementação da certificação é uma estratégia do Governo do Ceará para ampliação dos canais de comercialização através da oferta ao mercado de produtos com garantia de qualidade, de procedência e de respeito aos aspectos da sustentabilidade. Assim, já realizou este seminário em Fortaleza, Juazeiro do Norte, Sobral, Barbalha e Icó.

Benefícios

Com o Selo Ceart, o trabalhador garante a autenticidade da produção artesanal e o reconhecimento das obras de arte popular; a consolidação canais de comercialização e ampliação de mercados; o aumento da competitividade da produção artesanal; diferenciação dos produtos artesanais das peças elaboradas industrialmente, reconhecendo seu valor de tradição e cultura; proteção do artesanato cearense da falsificação e da concorrência desigual de produtos similares, além da promoção da confiança do consumidor facilitando a identificação do artesanato do Ceará.

Além do Selo Ceart, o governador Camilo Santana assegurou ao artesão cearense a isenção fiscal do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), além da realização de feiras e capacitações de artesãos para aperfeiçoar o design do produto e a construção do Centro de Rendeiras da Prainha, inaugurado em dezembro de 2017. O Governo do Ceará mantém ainda mais quatro lojas da Ceart, sendo três em Fortaleza: a loja Matriz, na Praça Luíza Távora; no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e ainda no Shopping Rio Mar, e uma em Guaramiranga.

Serviço

IX Seminário do Selo Ceart

Data: 23 e 24/01/18

Horário: 9 horas

Local: Brisa Hotel – Rua Ministro João Gonçalves, 1000, bairro São Miguel, Crato.

15:16 · 25.12.2017 / atualizado às 15:23 · 25.12.2017 por

Jati. Após cumprir agenda mais cedo, em Crato, no lançamento do BPRaio, o governador Camilo Santana esteve, na tarde do último sábado (23), visitando o Cinturão das Águas do Ceará (CAC). Antes disso, de helicóptero, o Chefe do Executivo cearense foi até Salgueiro (PE), acompanhar a Transposição do Rio São Francisco. Preocupada com a chegada das águas do ‘Velho Chico’ ao açude Castanhão, a Secretaria de Recursos Hídricos (SRH) corre para  concluir eixo emergencial de 53 km.

Camilo pousou em Jati e acompanhou os lotes em construção, de carro, até Missão Velha. Lá, conheceu o Riacho Seco, que levará água até o Rio Salgado, depois de percorrer cerca 13 km. Por gravidade, ela chegará até o Açude Castanhão, através do Rio Jaguaribe. Hoje, o reservatório que abastece Fortaleza tem menos de 3% de sua capacidade. A expectativa é de que pudesse dobrar o volume atual com o recurso hídrico do Rio São Francisco, numa vazão de 12 metros cúbicos por segundo.

Leia Mais: Cinturão das Águas aguarda transposição do Rio São Francisco

Com 68% concluído, o eixo emergencial se concentra nos lotes 1, 2 e 5, do Trecho 1 do Cinturão das Águas. A previsão é que seja concluído em maio 2018. Por outro lado, as chuvas podem atrapalhar o cronograma da obra e o Cinturão das Águas apresenta um número reduzido de trabalhadores e equipamentos. De toda primeira etapa, de Jati à Nova Olinda, com 149 km, pouco mais da metade foi feito.

Chuvas podem atrapalhar o cronograma da obra. (Foto: Antonio Rodrigues)

Até a próxima quinta-feira (28), o Governo do Estado aguarda R$ 65 milhões para o Cinturão das Águas. A verba, do Governo Federal, vem para pagar dívidas com empreiteiras que trabalharam entre outubro e dezembro. O restante do montante, cerca de R$ 22 milhões, será utilizado na obra a partir de janeiro. De acordo com a SRH, reuniões periódicas estão sendo realizadas com o Ministério da Integração Nacional, em Brasília, para garantir o investimento financeiro até o fim da construção.

A Transposição do Rio São Francisco para o Ceará é que continua incerta. Nos canteiro visitado por Camilo Santana, em Salgueiro (PE), a obra que deveria acontecer nos três períodos só está sendo realizada pela manhã. A situação é pior em Penaforte (CE), onde faltam equipamentos e o número de operários é reduzido. O mato já toma conta do eixo central do canal.