Busca

Tag: caminhada


11:10 · 11.09.2018 / atualizado às 11:11 · 11.09.2018 por
As inscrições se encerram no próximo dia 16. (Foto: Jardel)

Barbalha. O Instituto de Apoio à Criança com Câncer (IACC) promoverá, no dia 23 de setembro, a partir das 6 horas, um passeio ciclístico e caminhada como parte da programação da campanha Setembro Dourado. A ação tem como objetivo alertar para a necessidade da atenção aos sinais e sintomas do câncer infanto-juvenil a fim de detectar de forma rápida a doença e aumentar as chances de cura das crianças.

A inscrição custa R$ 60 que serão revertidos à manutenção dos projetos do IACC de assistência às crianças e adolescentes com câncer em 20 serviços. Os inscritos ganharão o kit do evento, que contém: camisa, copo, medalha, mochila e chaveiro. Além de no dia do evento contarem com café da manhã e sorteios de brindes. As inscrições encerram-se no dia 16 de setembro.

Para ciclistas e pedestres há duas opções de percurso. O primeiro, iniciando na praça da La favorita, seguindo pela Avenida Leão Sampaio, Avenida Salustiano Souza, Rua Divino Salvador, Rua Sete de Setembro chegando ao Largo do Rosário. A outra opção de percurso começa CEASA, seguindo o mesmo percurso do grupo que largar da La favorita. No largo do Rosário, será servido o café da manhã e acontecerão os sorteios e homenagens.

Além do passeio ciclístico, o IACC realizará também duas palestras no mês de setembro: uma no dia 12 de setembro, voltada para os acadêmicos de medicina, médicos, acadêmicos da enfermagem e enfermeiros e outra no dia 21 de setembro, voltada para o público em geral. Especialmente, professores do ensino infantil e fundamental.

As inscrições para o passeio ciclístico e caminhada acontecem na sede do IACC, na Rua Divino Salvador, 222, Centro, em Barbalha, na Juartes, que fica Rua das Flores, 465, Santa Tereza, em Juazeiro do Norte, nas Bellas Tour, localizada na Rua do Cruzeiro, 89, em frente à praça Pe. Cícero,  e aos domingos na praça da La favorita das 8h às 11h. Na internet, a inscrição pode ser realizada pelo endereço eletrônico.

Setembro Dourado

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA) estima-se a ocorrência de 12.500 novos casos de câncer em crianças e adolescentes em 2018. Cerca de 70% das crianças e adolescentes acometidos de câncer podem ser curados se diagnosticados de forma precoce.

O IACC, em todo o mês de setembro, promoverá ações em prol da divulgação do diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil, principalmente, com relação aos sinais e sintomas da doença, que podem ser confundidos com os sintomas de outras doenças comuns na infância. Febre prolongada, palidez, dor óssea, manchas roxas ou sangramentos sem traumas são alguns dos sintomas do câncer infanto-juvenil.

A família deve também prestar atenção a sintomas que não existiam antes, como convulsões, alterações nos olhos como estrabismo, dores de cabeça intensas, vômitos logo ao acordar no início do dia, além disso, perda de peso importante sem explicação tem que ser investigada, assim como o comportamento da criança que deixa de brincar e só quer ficar deitada. Estes são sinais e sintomas que podem ser câncer.

Mais informações

Passeio ciclístico e caminhada pela vida

Data: 23 de setembro – concentração a partir das 6h

Inscrições até 16 de setembro

Local de concentração: Praça da La favorita e CEASA

Investimento: R$ 60,00

Inscrições no site

Telefone: (88) 3532 3743 / (88) 99948 1346

09:20 · 23.04.2018 / atualizado às 09:20 · 23.04.2018 por
Com percurso de 5k, 400 atletas participaram da prova. (Foto: Pedro Paulo)

Juazeiro do Norte. Com a presença de cerca de 400 atletas, entre profissionais e amadores, aconteceu no último sábado (21), a I Corrida e Caminhada da Polícia Civil do Ceará no Cariri, com apoio da Secretaria de Esporte e Juventude (Sejuv). Na prova, os participantes percorreram algumas das principais ruas do Município no Dia do Policial, comemorado em 21 de abril.

Foi oferecido o percurso de 5km para caminhada e corrida e apenas a categoria geral. Destacam-se Rafael Almeida e Maria Valdelice, campeões da prova masculina e feminina, respectivamente. Eles e os demais atletas que completaram o pódio receberam troféus como premiação pela vitória. Os 300 primeiros atletas inscritos e que completaram a prova receberam medalha por participação.

O intuito da corrida é estreitar o laço entre comunidade e Polícia Civil além de promover a prática do exercício físico, como afirma Pedro Jorge, um dos organizadores do evento. “Também exercitar a caridade já que a corrida não tem fins lucrativos e sim de ajudar a população mais necessitada”, destacou.

Pedro Jorge ainda ressaltou que a corrida foi idealizada em um curto espaço de tempo e este ano foi realizada mais com o objetivo de confraternização e que, no próximo ano, o evento terá maiores proporções. A Sejuv ofereceu apoio na questão logística do evento. Também disponibilizou carros e servidores para apoio aos atletas e na própria realização do evento.

08:51 · 09.04.2018 / atualizado às 11:04 · 09.04.2018 por
Estudantes lembraram o assassinato da vereadora Marielle Franco, no último dia 14 de março, e e outros ativistas. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Crato. Uma grande caminhada marcou o encerramento da I Semana da Paz e Superação da Violência no Município, na última sexta-feira (6). A concentração aconteceu na Praça São Vicente e seguiu até a Praça da Sé. Com decreto assinado (nº: 2303002/2018), no último dia 23 de março, o evento agora faz parte do calendário municipal e será celebrado anualmente.

Na Igreja de São Vicente, o prefeito Zé Ailton Brasil saudou os presentes desejando “que essa semana nos faça refletir o quão importante é o respeito mútuo para a conquista da paz”, disse. Em seguida, crianças, jovens e adultos seguiram em caminhada levando faixas, cartazes e muita criatividade, celebrando juntos pela paz na cidade.

Participaram ativamente 14 escolas da rede municipal de ensino, com cerca de 500 estudantes motivados pela temática da semana, usando de símbolos e cores, da diversidade e da união entre os povo. Na Praça da Sé, a secretária de Educação, Otonite Cortez, enalteceu a participação dos docentes e alunos das escolas do município, ressaltando que uma das premissas na educação cratense é ensinar e aprender continuadamente a cultura de Paz.

Já a Secretária Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social, Edvânia Costa, disse estar emocionada com esse momento ímpar da celebração da paz, e sobretudo em ver as crianças entendendo o real motivo da semana. Para finalizar, houveram apresentações artísticas idealizadas pela Diocese de Crato e pelas secretarias de Educação e Cultura do Município.

09:35 · 23.02.2018 / atualizado às 09:35 · 23.02.2018 por
A corrida alcançou 1.500 inscritos em apenas cinco dias. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Juazeiro do Norte. Se a Corrida Padre Cícero do ano passado tinha criado o recorde de 1200 inscritos, um ano depois este número foi superado em um tempo muito curto. Em menos de uma semana, as inscrições para a 36ª edição foram esgotadas, com um recorde de 1500 atletas inscritos. Dos 30 dias previstos para as inscrições, foram necessários apenas cinco.

A Secretaria de Esporte e Juventude (Sejuv) de Juazeiro do Norte ousou e no ano de 2018 transformou a tradicional corrida Padre Cícero em Meia Maratona. Criou também a categoria de caminhada. Além de um aumento na premiação financeira e da notória melhoria dos kits que serão entregues aos atletas inscritos.

Para o titular da pasta, Luciano Basílio, o encerramento das inscrições estão dentro do processo de planejamento previsto. “A expectativa era muito grande e a Meia Maratona Padre Cícero caiu nas graças do povo. O Prefeito Arnon Bezerra e toda a gestão está muito satisfeita com tudo isso e a população também, já que em pouco tempo conseguimos alcançar nosso objetivo de 1500 inscritos”, afirmou.

Com tudo isso, o evento continua gratuito. O atleta terá apenas que doar 3kg de alimentos não perecíveis no ato de retirada do kit, para que, além de se trabalhar o lado esportivo, seja também colocado em prática o lado social do evento. Os alimentos serão destinados à uma entidade necessitada.

Devido ao custo do evento, a Sejuv já trabalhou com um número limite de inscritos e não há possibilidade de elevar a quantidade de participantes para além de 1500. Quem não conseguiu se inscrever, pode participar do evento na chamada pipoca. A Meia Maratona Padre Cícero acontecerá no dia 25 de março e fecha a semana de festejos em alusão ao aniversário do fundador desta cidade, o Padre Cícero.

16:00 · 17.01.2018 / atualizado às 16:00 · 17.01.2018 por
A expectativa é sejam produzidas 50 mil bombinhas. (Foto: Tiago Moreira)

Crato. O Núcleo de Educação Hidroambiental da Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato (SAAEC) realizará, na próxima sexta-feira (19), uma ampla ação de produção de bombas de sementes. Adultos, crianças e adolescentes podem contribuir na produção de 50 mil bolinhas ecológicas, que servirão no reflorestamento de áreas degradadas da Chapada do Araripe. O evento acontecerá no Galpão 2, do Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante, em Crato, às 7h.

Desde o início de 2017, o Núcleo de Educação Hidroambiental da SAAEC funciona como mediador para a construção de conhecimento e vem desenvolvendo esta experiência educativa. O projeto “Bombas do Bem” foi realizado em várias escolas da cidade de Crato, ganhando visibilidade em diversas mídias nacionais e sendo, recentemente, vencedora do Prêmio Social Esporte Clube 2017 do Diário do Nordeste.

De acordo com a coordenadora do Projeto, Ana Cristina Diogo, o período inverno que vem chegando é um ambiente propício para o lançamento das sementes. As chuvas contribuem para a fixação das sementes no solo e germinação das mesmas. Para ela, é uma aposta na contribuição efetiva desta ação para o reflorestamento de parte da Chapada do Araripe.

As bombas são feitas com uma porção de barro e um pouco de esterco e aí mistura bem. Depois, acrescenta água para dar aquela liga. O ponto certo é quando consegue formar bolinhas ou uma espécie de cumbuquinha. E, para terminar o serviço, entram as sementes, que podem ser de vários tipos. Assim, as bombas estão prontas. O esporte aparece no projeto “Bombas do Bem”, porque os voluntários fazem longas caminhadas arremessando as bombas ou usam bicicletas e baladeiras para alcançar mais terreno e maiores distâncias com as bolinhas.

07:59 · 01.05.2016 / atualizado às 10:17 · 01.05.2017 por
Fotos André Costa
Fotos André Costa

Juazeiro do Norte. Cerca de cinco mil pessoas participaram na manhã deste domingo (1º) da tradicional Caminhada da Fraternidade. O evento realizado há 26 anos aborda reivindicações por melhores condições de trabalho e salariais e manifestações cristãs. A edição deste ano celebra o tema “Casa Comum, nossa Responsabilidade” e o lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”.

Os participantes saíram a pé, por volta das 4 horas da igreja São Francisco, no bairro Pinto Madeira, em Crato, e percorreram cerca de 15 km até o Santuário dos Franciscanos, no bairro de mesmo nome em Juazeiro. Durante todo o percurso, os participantes seguiram cantando, orando e levando faixas e cartazes.

Para o Padre Vileci Basílio Vidal, coordenador diocesano de Pastoral da Diocese de Crato e um dos organizadores do evento, a Caminhada consegue contemplar questões sociais e religiosas além de “confraternizar a data do trabalhador de uma forma diferente, com oração e alegria, mas sem esquecer os problemas diários enfrentados pelos trabalhadores”.

IMG_1202Problemas
O vigário destacou ainda “o saneamento básico precário em inúmeras cidades que acaba prejudicando as condições de saúde do trabalhador” e lamentou o crescente desemprego na região. “O Cariri infelizmente também sofre os efeitos da crise. O desemprego não é só aqui, mas em todo o Brasil”, disse. Só no triângulo Crajubar (Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha), nos últimos 12 meses foram 1.433 demissões, conforme levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Desempregado há seis meses, o motorista Bruno Felipe Silva, 31, avalia que as ofertas estão difíceis mesmo para aqueles que possuem qualificação e diz que, apesar da dificuldade na reinserção no mercado de trabalho, “não perde a esperança”. “Hoje não venho para protestar, e sim para orar e pedir a Deus que as portas voltem a se abrir”, completou.

Redução
Participante da Caminhada há seis anos, o comerciante Antônio Carlos Justino, 61, observa que a cada edição o número de pessoas tem diminuído. “Esse ano tem bem menos pessoas do que no ano passado, e assim tem sido ano após ano. Mas é natural, o desemprego está alto, as pessoas estão desmotivadas e com dificuldade de sustentar as famílias. Há pouco o que comemorar”, pondera.

Em contrapartida, a estudante Naiara Bezerra, 29, lembra que “é exatamente nesses momentos de dificuldade que as pessoas devem sair às ruas para se manifestarem, lutarem pela criação de novas vagas de emprego e melhores condições de trabalho”.

Acolhida

Após percorrerem o trajeto de quase quatro horas, os participantes foram recebidos no Santuário dos Franciscanos com um café comunitário festivo. No local também ocorreu à bênção do trabalhador.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018

17:50 · 29.04.2016 / atualizado às 17:50 · 29.04.2016 por

vcaminhada

Será realizada neste dia 1º de maio, com perspectiva de participação de cerca de 8 mil pessoas, a 26ª Caminhada da Fraternidade, que acontece, tradicionalmente, num percurso entre Crato e Juazeiro do Norte. Este ano, o evento tem como tema ‘Casa Comum, nossa Responsabilidade’ e o lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”.

Com início às 4 horas, os participantes começam a se reunir na igreja São Francisco, no bairro Pinto Madeira, em Crato, seguindo até o Santuário dos Franciscanos, percorrendo a Avenida Padre Cícero. No percurso, há vários pontos de concentração de pessoas para seguir na caminhada, a exemplo da área do contorno da Petrobras, no bairro Muriti, em Crato.

A chegada acontece após às 6h30, no Santuário dos Franciscanos, no bairro do mesmo nome, em Juazeiro do Norte, onde acontece a bênção do trabalhador e um café comunitário festivo.

O evento se configura como uma das maiores manifestações realizadas pelo dia do Trabalhador, no Estado. As pessoas chegam a percorrer cerca de 10km de caminhada, e durante o percurso seguem cantando, levando faixas e cartazes. O evento foi iniciado em 1990, pelo Padre Raimundo Elias Filho, que na época estava e frente da Paróquia São Francisco, em Crato.

 

09:01 · 07.03.2016 / atualizado às 09:02 · 07.03.2016 por

Em alusão ao Dia Internacional da Mulher, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher Cratense (CMDMC) convida a todos para a Marcha 8 de Março, cuja a temática será “Mulheres: Nem um Direito a Menos”, a ser realizada na próxima terça-feira, a partir das 8h, com concentração na praça São Vicente.

A abertura das atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher será com o Ato Público seguido da marcha pelo Centro da cidade. As ações têm como objetivo sensibilizar, comprometer, e trabalhar a conscientização da população, entidades, órgãos públicos e a sociedade em geral, para o combate à violência contra a mulher.

Para as ações, o CMDMC tem como parceiros o Governo do Crato, através do Centro de Referência da Mulher (CRM); o Sesc Crato; Cáritas Diocesana; Senac; entre outras entidades.

Debate

Com o objetivo em combater a violência contra a mulher, o Centro de Referência da Mulher do município do Crato, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher Cratense, realizou no domingo, 6 de março, reunião com as trabalhadoras rurais do distrito de Santa Fé.

Na ocasião, foram debatidos temas envolvendo os direitos das mulheres, o que fazer em caso de violência doméstica, quais os órgãos devem ser procurados no caso de acontecer qualquer tipo de violência contra a mulher, seja ela física ou psicológica.

A ação faz parte da programação em alusão ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no próximo dia 8 de março, e que, durante este mês, serão realizadas outras atividades, bem como rodas de conversas, palestras, caminhadas, panfletagem, entre outras.

14:13 · 21.01.2016 / atualizado às 14:14 · 21.01.2016 por
Fotos Elizangela Santos
Fotos Elizangela Santos

DSC_7765

A VII Caminhada pela Liberdade Religiosa acontece hoje, a partir das 15 horas de hoje, em Juazeiro do Norte, saindo da praça da Prefeitura, onde começa a concentração dos participantes. Em seguida, os participantes saem pela rua São Pedro, até a praça Padre Cícero, onde acontece as falas relacionadas à luta contra o preconceito.

De acordo com os organizadores, entre os frutos que a Caminhada pela Liberdade Religiosa compartilhou com as pessoas do Cariri, está a compreensão de que todas as formas de culto religioso são plenamente legítimas. A Umbanda e o Candomblé, como duas das mais conhecidas religiões de matrizes afro-brasileiras, contudo, enfrentam ainda o desafio de buscar o encontro com as representações das diversas outras religiões que formam a paisagem humana na nossa região do Cariri.

Segundo a organização, ao longo de sete anos, a Caminhada evoluiu e deixou de ser a caminhada Contra a Intolerância, tornando-se a caminhada Pela Liberdade Religiosa. Nessa evolução, muitos parceiros se somaram à iniciativa coordenada pelo Ilê Axé Omindandereci e Mutalegi, de modo que a Caminhada, mesmo sendo inseparável da referência aos seus fundadores e principais protagonistas, já pertence ao povo do Cariri.

12:37 · 02.04.2014 / atualizado às 12:37 · 02.04.2014 por

73 Juazeiro do Norte. Em ocasião do Dia Mundial da Conscientização do Autismo, a Secretaria Municipal de Educação de Juazeiro do Norte, através do Departamento Pedagógico da Educação Inclusiva, promoveu uma caminhada pelas principais ruas da cidade na manhã desta terça-feira (2). O evento teve inicio na Praça da Prefeitura e prosseguiu até a Praça Padre Cícero, no centro da cidade. Os participantes da caminhada usaram vestimentas de tons azulados, cor que simboliza o autismo.

De acordo com a Diretora da Educação Inclusiva da SEDUC, Solange Machado, a ação teve o objetivo de alertar a população sobre a importância da inclusão das crianças e adolescentes na escola e na sociedade em geral.

A caminhada contou com a participação de 75 cuidadores de escolas do município, professores do Estado e do município, ligados a rede de Atendimento Educacional Especializado (AEE), além de diretores e alunos de escolas municipais e estaduais, representantes da 19ª CREDE e da Secretaria Municipal de Educação da cidade de Crato, que também prestigiaram o evento.