Busca

Tag: Cultura


09:53 · 19.04.2017 / atualizado às 09:53 · 19.04.2017 por

O livro “Territórios Criativos”, fruto de um projeto da Universidade Federal Fluminense (UFF) e da Secretária de Políticas Culturais do Ministério da Cultura (MinC), em parceria com a Universidade Federal do Cariri (UFCA), será lançado nesta quarta-feira, 19, às 17h, no mini-auditório da UFCA. Na ocasião, haverá participação dos mestres das culturas tradicionais do Cariri, agentes culturais e pesquisadores.

“Territórios Criativos” é um livro que documenta os resultados do projeto “Prospecção e Capacitação em Territórios Criativos” que atuou em quatro eixos culturais brasileiros buscando desenvolver e dar visibilidade às culturas populares específicas do país. Além do Cariri, fazem parte do projeto os municípios fluminenses de Paraty e de Quissamã, e o bairro carioca de Madureira. A pesquisa foi coordenada pelo professor da UFF e pesquisador de Cultura Popular, Leonardo Guelman, que já tinha uma antiga ligação com a cultura do Cariri antes de ser o coordenador geral do projeto.

No Cariri, o projeto começou em 2013, com o intuito de promover e fortalecer práticas criativas vinculados às expressões culturais de herança regional, definidos também em quatro frentes específicas de atuação: o fortalecimento do Centro Mestre Noza, a Lira Nordestina de Juazeiro do Norte, mestres e brincantes de tradição do Crajubar e a potencialização do Sítio Caldeirão.

A UFCA, através do Observatório Cariri de Políticas e Práticas Culturais da PROCULT, contribuiu com o estudo selecionando estudantes para fazer o mapeamento e coleta de dados desses grupos para formação de um banco de dados. Rogê Venâncio, bolsista do curso de Design de Produto, atuou de perto no projeto, fazendo pesquisas e promovendo indumentárias de três grupos específicos de reisado.

No ano passado, o projeto realizou o I e o II Encontro de Saberes dos Territórios Criativos na região do Cariri, com palestras, mesas redondas, demonstrações culturais, relatos de ações desenvolvidas e outras atividades.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

09:53 · 17.04.2017 / atualizado às 09:53 · 17.04.2017 por

Crato. Na próxima quinta-feira, dia 20, o Sesc apresenta o show da Banda Nuverse, no Teatro Sesc Adalberto Vamozi, às 19h30, na Unidade deste município. A apresentação faz parte da programação do mês de abril do projeto Sesc Sonoridades, com entrada gratuita.

Numa mistura de rock, funk, jazz e new age, a apresentação da Banda Nurvese envolve também recursos do audiovisual. O grupo retrata sua singularidade nas satíricas, que contestam as injustiças do mundo atual. O primeiro trabalho autoral da banda foi intitulado de “Teias”, com 10 canções autorais.

Com trabalhos lançados no canal do Youtube, a banda ganhou destaque no nordeste e participou do festival “Bandas de Garagem”, oportunidade em que dividiu o palco com Marcão, ex- Charlie Brown e Happin Hood.

Para o grupo de Juazeiro do Norte a apresentação no projeto Sesc Sonoridades é oportunidade para mostrar o talento para os conterrâneos caririenses, num show intimista, formando plateias e promovendo a democratização artística.

SERVIÇO
Sesc Sonoridades- Banda Nuverse
Local: Teatro Sesc Adalberto Vamozi (Rua André Cartaxo,443)
Data: 20/4
Horário: 19h30
Informações: (88) 3523.4444
Gratuito

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

11:04 · 03.04.2017 / atualizado às 11:04 · 03.04.2017 por

Crato. O teatro é uma ferramenta de inserção social e, no Sesc, integra também as atividades do Trabalho Social com Idosos (TSI), no Crato. Assim, o Grupo de Teatro Raios de Sol, do TSI, apresenta o espetáculo Meu Álbum de Memórias – A Menina Impingenta no Teatro Sesc Adalberto Vamozi na próxima quinta-feira, 6/4. A apresentação acontece às 16h e tem entrada gratuita.

O Grupo Teatral Raios de Sol desenvolveu a montagem em uma oficina de arte e inserção grupal, em conjunto com o pedagogo e educador Luciom Caeira. A peça, que surge da memória dos idosos, apresenta como o sofrimento proporcionado pelo bullying é transformado em um movimento positivo de conquista da autonomia.

SERVIÇO
Meu Álbum de Memórias – “A Menina Impingenta”, do Grupo de Teatro Raios de Sol
Local: Teatro Sesc Adalberto Vamozi – Unidade Crato do Sesc (Rua André Cartaxo, 443)
Data: 6/4
Horário: 16h
Informações: (88) 3523.4444
Gratuito

11:14 · 23.03.2017 / atualizado às 11:14 · 23.03.2017 por

Crato. Com o objetivo de preservar a Folia de Reis e fortalecer o tombamento desta manifestação popular pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, será realizado entre os dias 24 a 26 de março, neste município, a terceira edição do festival de cultura Canto de Reis.

A programação inicia amanhã, às 15 horas, com um cortejo de abertura que percorrerá o trajeto da Praça da Prefeitura à Praça do Memorial, onde as atividades vão ocorrer. Terreiradas, apresentações musicais e teatrais estarão disponíveis gratuitamente para toda a comunidade caririense até o período da noite.

“O Canto de Reis é um projeto que visa não só a fruição, mas também formação dos grupos de Reisado”, pontua a a idealizadora do evento, Elizabeth Fernandes. Neste ano, os grupos de reisado do Mestre Aldenir e do Mestre Zezinho foram contemplados com oficinas artísticas de dança, teatro, música, além de técnicas de produção cultural. Esse processo pretende estimular uma ressignificação da tradição na atualidade.

Conforme Elizabeth, a grande meta do projeto é trabalhar os grupos de Reisado para que eles possam se manter de forma sustentável, sem necessariamente depender de uma programação cultural, cronograma ou calendário anual da cidade. “O Canto de Reis é mais um espaço que eles podem estar aproveitando para otimizar suas atividades”, completa a produtora cultural.

O encerramento do festival acontecerá no Crato, na Escola de Reisado Mestre Aldenir. Haverá mesa debate sobre os “Caminhos e Saberes da Tradição”, com representantes do IPHAN, Secretaria de Cultura do Estado do Ceará, Secretaria de Cultura do Crato e ONG Beatos. Além de apresentações de reisado destacando a cultura do Cariri em vermelho, azul e amarelo, ao som da zabumba.

Serviço
Canto de Reis – 3ª Edição
Data: 24, 25 e 26 de Março
Local: Praça do Memorial e Escola de Reisado Mestre Aldenir
Mais informações: Betha Produções (88)3155-5949

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

21:05 · 28.02.2017 / atualizado às 22:19 · 28.02.2017 por
Fotos Edson Freitas

Barbalha. O Carnaval na região do Cariri foi encerrado com muita alegria e disposição. Mais de cinco mil pessoas lotaram as ruas da cidade para participarem dos tradicionais blocos “As Donzelas do Jatobá” que animou os foliões ontem, e hoje  “Os Goteiras”. Este último saiu do bairro Rosário e arrastou uma multidão até o centro da cidade.

Fundado há quase 30 anos, o bloco carnavalesco tem por característica o frevo em ritmo frenético e as marchinhas tradicionais. A concentração começou no início da tarde e, sem seguida, os foliões do bloco subiram e desceram as ruas do bairro até a chegada ao centro de Barbalha onde uma multidão já se divertia ao som de paredões e um trio elétrico.

O radialista Toni Sousa conta que “o bacana do carnaval de Barbalha é a participação popular. São dezenas de blocos, além de seis escolas de samba desfilando. Independente de ter ou não apoio do poder público municipal e estadual, sabemos que sempre vai ter carnaval em Barbalha, pois o povo todo ano organiza os blocos e saem nas ruas com alegria”.

Foto Lorena Tavares

A noite foi a vez das escolas de samba desfilarem na cidade. O presidente da Mocidade Independente das Escolas de Samba de Barbalha, agremiação que engloba cinco bairros, destacou que “o principal objetivo da festa é resgatar as tradições carnavalescas na cidade”.

O secretário de cultura, Rômulo Araújo, destacou a importância da festa para a cultura do município e ressaltou a grandeza das escolas. “Algumas delas chegam a ter 600, 800 membros. É uma festa linda e que merece ser incentivada”, disse.