Busca

Tag: Educação


11:02 · 05.05.2017 / atualizado às 11:02 · 05.05.2017 por

A importância da educação para o crescimento do país e a atual situação da área de ciência, tecnologia e inovação (CT&I) no Brasil, foram destaques na conferência que encerrou a vasta programação do terceiro dia da Reunião Regional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (RR-SBPC). A conferencista Helena Nader, presidente da SBPC, destacou os acanhados números da educação brasileira, nos ensinos fundamental, médio e superior, se comparado a outros países do mundo e avaliou que a “a ciência é porta para o crescimento de qualquer nação”.

Ao citar a importância das pesquisas científicas, Nader destacou que, além de o país dispor de poucos pesquisadores, a grande maioria nunca saiu do Brasil. “A meta é alcançar a internacionalização”, pontua, ao afirmar que 63% dos pesquisadores nunca foram ao exterior. Outro número negativo que chamou a atenção da presidente da SBPC se refere ao mais importante exame educacional do mundo, elaborado a cada três anos pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) com o intuito de aferir a qualidade, equidade e eficiência dos sistemas escolares, mostraram mais uma vez os alunos brasileiros nas últimas posições do ranking.

Nas três áreas (ciências, leitura e matemática) avaliadas pelo Pisa em 2015, os estudantes brasileiros tiveram desempenho abaixo da média da OCDE. “É assustador”, disse. Dentre 72 países, o Brasil ocupa a 63ª posição em ciências, a 59ª em leitura e a 66ª colocação em matemática. “Falta aplicar mais recursos na educação e de forma correta. Nenhum governo pode avaliar educação e ciência como gastos, mas, sim, investimento”, acrescentou.

Além de evidenciar o quanto o Brasil precisa avançar nas políticas públicas de ensino e em estratégias estruturantes para a melhoria da educação, o índice do Pisa pode servir para mostrar o que as outras nações estão fazendo para alcançarem bons resultados. Na avaliação de Helena Nader, a implantação imediata do Marco legal de ciência, tecnologia e inovação é fundamental para o salto de qualidade educacional no Brasil.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

16:29 · 10.04.2017 / atualizado às 16:29 · 10.04.2017 por
Fotos André Costa

Juazeiro do Norte. “As dificuldades encontradas em nosso município servem de estimulo. Não quero que a cidade seja vista ou tratada com uma coitadinha. Para os nossos problemas, vamos buscar soluções e não lamentos”. Foi com essa análise que o prefeito deste município, Arnon Bezerra, fez um balanço dos cem dias da sua gestão.

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira, dia 10, no auditório do Centro de Referência de Saúde do Trabalhador (Cerest), o gestor municipal apresentou as ações já realizadas nos primeiros três meses de governo e anunciou as diretrizes para o futuro de Juazeiro.

Durante o evento, que contou com a presença de vereadores, secretários e comunidade civil, foi apresentado a nova logomarca e slogan da gestão: “Juazeiro do Norte, cidade de Fé e Trabalho”, com tracejados de figuras que lembram, por exemplo, o desenvolvimento vertical da construção civil e a religiosidade na figura do Padre Cícero.

 

No início de sua explanação, Arnon Bezerra destacou o “trabalho exaustivo de todas as secretarias para se adequar ao novo modelo de gestão” e pontuou algumas ações consideradas mais urgentes, como a recuperação da malha viária da cidade, limpeza,  revitalização e paisagismo de logradouros públicos, e o aumento nos atendimentos de saúde. “Em três meses mais de 32 mil consultas médicas foram realizadas”, pontuou.

Arnon citou os bairros Novo Juazeiro e Lagoa Seca como principais pontos a receberem, em breve, um robusto investimento para o sistema de drenagem dessas regiões. “Quando chove, várias ruas ficam alagadas. Já estamos fazendo um estudo para iniciar as obras. O valor é alto, cerca de R$ 35 milhões ao todo, então, vamos começar por partes. O importante é iniciar”, disse.

Arnon garantiu também empenho para instalação do aterro sanitário em conformidade com a lei da política nacional de resíduos sólidos. Mostrou-se inclinado a dialogar com os professores afim de resolver o problema do pagamentos dos precatórios do FUNDEF e afirmou que o turismo religioso de Juazeiro do Norte terá atenção especial. “Nossa intenção é fazer com que o Centro de Apoio aos Romeiros funcione de fato, de modo que possa atender os fieis”, pontuou.

No setor econômico, o gestor destacou que a principal luta será a criação de postos de empregos, para impulsionar os demais setores da cidade e dando, assim, incremento no capital do município. Como alternativa, Arnon citou parceiras com os setores públicos e privados de outros centros e até outros países. Na educação, o prefeito mostrou-se preocupado com as péssimas avaliações do SPAECE, mas, em contrapartida, disse ter “certeza da melhoria no setor”.

“Juazeiro dispões de ótimos professores, os salários não são ruins, os alunos são assíduos e, ainda assim, a cidade foi a última colocada no Estado. Então, é preciso uma análise mais profunda para identificar o problema. Recentemente, fechamos uma parceria com a Fundação Lemann e, dentre outras ações, temos certeza que o município sairá dessa incomoda posição”. Na avaliação do prefeito da cidade que conta com 29 mil analfabetos, a educação deve receber atenção especial, pois é o propulsor de desenvolvimento de qualquer região.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

10:53 · 09.01.2017 / atualizado às 10:56 · 09.01.2017 por

A Universidade Regional do Cariri (URCA) obteve mais uma conquista: a provação do Mestrado Profissional em Educação pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Um dos mais esperados da Instituição, o resultado do projeto foi publicado no final da semana passada, pelo CAPES.

O novo curso tem como proposta contribuir, de forma geral, para a melhoria da qualidade da educação básica ao possibilitar continuidade formativa de docentes atuantes na educação básica. O Reitor da URCA, professor José Patrício Melo, agradeceu à Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa e a equipe de elaboração da proposta pelos esforços empreendidos. “A Urca mais uma vez sai na frente para consolidar a melhor política de desenvolvimento regional inclusiva”, afirmou.

A Pós-Graduação terá como área de concentração “Formação de Professores” e linhas de pesquisa “Práticas Educativas, Culturas e Diversidades” e “Formação de Professores, Currículo e Ensino”. O curso ofertará 20 vagas por seleção. A grade curricular e o calendário deverão ser definidos nas próximas reuniões. Essa aprovação representa o 9º Curso de Mestrado da URCA.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

10:02 · 30.09.2016 / atualizado às 10:02 · 30.09.2016 por

 

 

Seminário de Educação de Juazeiro do NorteO Sistema Fecomércio-CE, por meio do Sesc*, abre a partir desta segunda (26/9) as inscrições para o Seminário de Educação em Juazeiro do Norte, que tem o tema: Educação Especial – Transformações e Perspectivas com Afetividade. O ciclo de atividades acontece nos dias 28 e 29 de outubro na Escola Educar Sesc.

A programação inicia com uma palestra magna na abertura do Seminário com o neuropediatra Dr. Sávio Caldas, professor do curso de graduação em Medicina da Universidade de Fortaleza (UNIFOR), além de ser pesquisador na área de neurologia infantil, com ênfase na abordagem neurocomportamental e foco nos transtornos do desenvolvimento neurológico infantil.

No dia seguinte, são realizadas oito oficinas  direcionadas aos cuidados necessários à educação especial de alunos com autismo, deficiência motora, visual, mudos, portadores de Síndrome de Down, entre outros casos. As oficinas são ministradas por profissionais do projeto da Educação Continuada do Sesc e, em uma delas, o ministrante é Alex Ferreira, pai do youtuber autista Gabriel. A estimativa é de que 300 pessoas participem do Seminário de Educação, entre profissionais de educação e público em geral.

“O Seminário de Educação pretende contribuir na difusão do conhecimento e esclarecer a respeito da educação especial para educadores e público em geral, sendo um dos objetivos da formação contínua e responsabilidade social”, afirma Priscila Emanuela, pedagoga do Sesc em Juazeiro do Norte.

 

Inscrições

Os interessados devem acessar o endereço seminariodeeducacaosescjua.blogspot.com.br , clicar no link “inscrições” e preencher uma ficha com seus dados pessoais. No dia do seminário é necessário realizar a doação de 1kg de alimento não perecível, destinado ao projeto Mesa Brasil Sesc. Os participantes podem se inscrever em somente uma oficina e têm direito a um certificado com a carga horária do Seminário.

 

 

16:39 · 20.09.2016 / atualizado às 16:43 · 20.09.2016 por

2016-09-20-PHOTO-00001547Profissionais da educação municipal de Crato e servidores de várias categorias decidem paralisar as atividades, com greve deflagrada na manhã de hoje. Um dos principais motivos seria os constantes atrasos no pagamento do funcionalismo. Cerca de 500 servidores estiveram presentes na assembleia, no Palácio do Comércio.

As mobilizações na cidade vêm ocorrendo de forma constante. Segundo a presidente do Sindicato dos Servidores da cidade do Crato, Denise Pinheiro, foram esgotadas as formas de negociação e não restou outra alternativa. A greve é por tempo indeterminado. Uma das medidas do Sindicato é pedir o bloqueio das contas da administração para garantir o pagamento dos professores.

Desde que começaram os atrasos no pagamento dos docentes, que eles notificaram o Ministério Público sobre o problema. No próximo dia 22, está marcada uma nova reunião com O Ministério Público Estadual para tratar da questão e avaliar a situação de pagamento do funcionalismo.

Além dos efetivos, os professores temporários também estarão em greve. O direito de greve é assegurado para as condições de participação dessa categoria.

Na última semana, foi realizada reunião junto ao Ministério Público, para que houvesse uma forma de negociação, mas, a administração, conforme a presidente do sindicato, alegou não ter condições de pagar aos professores, já que os recursos não estão sendo suficientes. Além dos docentes, as merendeiras também aderiram à greve.

A decisão da categoria foi praticamente unânime. A assessoria jurídica do sindicato afirma que levará a greve ao conhecimento da gestão, pais e alunos, e isso deverá ocorrer até 72 horas antes da paralisação começar.

O Município alega que os recursos do Fundo de Manutenção do Desenvolvimento da Atenção Básica (Fundeb) não estão sendo suficientes para cobrir a folha de pagamento de todos os servidores da secretaria. Antes, esse valor era compensado com recursos próprios da administração, mas, em função da queda na arrecadação, não houve de onde tirar o complemento salarial.