Busca

Tag: Expocrato


09:50 · 17.04.2018 / atualizado às 09:50 · 17.04.2018 por
O encontro contou com representantes de várias instituições. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Crato. Na última sexta-feira (13), foi realizada uma reunião, na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrário e Recursos Hídricos, para tratar da implantação de uma feira de animais no Município. Do encontro, uma comissão organizadora foi criada para elaborar um projeto que será apresentado ao prefeito José Ailton Brasil.

De iniciativa do titular da Pasta, Zilcélio Alves, a reunião contou com representantes da Associação dos Criadores; Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri); Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce); Instituto Flor do Piqui; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE); Instituto Agropólos e Núcleo Gestor da Expocrato.

Foram discutidos os aspectos dos procedimentos corretos para a realização de uma feira de animais, levando em conta infraestrutura, saúde do animal, organização e periodicidade. “Feiras funcionam como vitrine de uma temática especial de diferentes expositores que, durante um período de tempo e em um espaço determinado e organizado para tal, podem mostrar suas potencialidades. Dessa forma poderemos promover o desenvolvimento agrário do nosso Crato e do Cariri de uma forma geral”, enfatizou o secretário Zilcélio.

PAA

No dia anterior, a Secretaria de Desenvolvimento Agrário e Recursos Hídricos debateu o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), onde foi tratado o cadastramento do PAA Leite. O encontro com produtores rurais do Município buscou promover o crescimento dos produtos da agricultura familiar. Na ocasião, Zilcélio propôs o registro das entidades para seja feito o lançamento do programa nos próximos dias.

08:13 · 16.04.2018 / atualizado às 08:13 · 16.04.2018 por
Camilo visitou obras no Parque na manhã de sábado. (Foto: Nívia Uchôa)

Crato. Apesar de das obras terem iniciadas desde o mês de janeiro, foi assinada na noite do último sábado (14) a ordem de serviço da reforma e ampliação do Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante, que anualmente recebe a Exposição Agropecuária do Crato (Expocrato). Após a reforma, o local será o maior da área de todo o Brasil ainda em 2018. A solenidade contou com a presença do governador Camilo Santana, que também autorizou a reforma do sistema de abastecimento d’água da cidade.

Orçada em R$ 35 milhões, a expectativa é que a reforma fique, em parte, pronta até julho, para a Expocrato “do jeito que o povo da cidade merece”, disse Camilo. De acordo com governador, a antiga casa do Corpo de Bombeiros, vizinha ao parque, será preservada e se tornará um patrimônio histórico. “Deixaremos esse o maior parque de exposição pecuária do Nordeste. A parte que ninguém conhece vai passar a conhecer, essa áreas de shows vai ficar ainda mais bonita”, completou.

As obras do novo Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante, cujo terreno onde vai ser construído foi conferido de perto pelo governador no turno da tarde, ficarão a cargo da Secretaria da Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seapa). O equipamento terá um total de 21 edifícios, dedicados às diferentes funções, como recepção, boxes para artesanato, sala multifunções/exposições/museu, e uma sala dedicada aos engenhos de rapadura que fazem parte da história local.

Com a reforma, o Parque de Exposições terá duas grandes zonas; a zona do recinto da feira, onde se concentram os edifícios e constitui o principal programa permanente, e a zona de parque/eventos temporários, constituídas maioritariamente por zonas livre e áreas verdes, destinadas a acomodar grandes eventos complementares às boxes dedicadas às exposições e feiras. As obras serão fiscalizadas pelo Departamento de Arquitetura e Engenharia do Ceará (DAE).

Centro Cultural do Cariri

Durante o evento, o governador reforçou a ideia da construção do Centro Cultural do Cariri. “Será algo semelhante ao que o Instituto Dragão do Mar de Arte e Cultura representa para Fortaleza. A ideia é fazer uma grande arena, com teatro, cinema, área de lazer, parque de exposições. Estamos comprando o Teatro Rachel de Queiroz, que iria a leilão. O projeto está lindo, pronto para licitar. E, se Deus quiser, virei aqui em breve para dar a ordem de serviço” anunciou o chefe do Executivo cearense.

Visita a obras

Antes da solenidade, o governador Camilo Santana visitou várias obras na região do Cariri, incluindo a reforma da estrada que liga Missão Velha até Juazeiro do Norte, do teleférico do distrito de Caldas, em Barbalha; a estrada que liga Nova Olinda e Crato; a urbanização do entorno do Horto de Nossa Senhora de Fátima, no Crato; a policlínica e o camelódromo do município. Ele também se comprometeu com a reforma do estádio Romeirão, em Juazeiro.

20:00 · 16.07.2017 / atualizado às 20:02 · 16.07.2017 por
Cerca de 100 mil pessoas visitaram o Parque de Exposição neste final de semana (Foto André Costa)

Crato. A 66ª edição da Exposição Centro-Nordestina de Animais e Produtos Derivados (Expocrato-2017) chega ao fim com recorde de público na área dos shows e grande número de visitantes nos corredores do Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcanti, situado no bairro Pimenta, neste Município. A organização da feira estima que mais de 400 mil pessoas tenham passado pelo local durante os oito dias de exposição. Somente neste final de semana, a projeção de público foi de 100 mil visitantes.

Grandiosidade
O sucesso de umas das maiores feiras agropecuárias do Nordeste pode ser medida pela presença de expositores de diferentes regiões do país, conforme avalia a organização da Expocrato. Considerada cada vez mais uma vitrine de negócios, os expositores que outrora vinham geralmente do Norte e Nordeste, este ano também surgiram da região Sudeste, o que evidencia a importância do evento agropecuário. Os números oficias da movimentação financeira em torno de todos os setores deve ser divulgado ao longo da semana. Estima-se, no entanto, que o montante gire em torno das cifras registradas no ano passado, quando foi comercializado cerca de R$ 50 milhões.

O encerramento oficial da feira, considerada a maior do Estado e uma das maiores do gênero em todo o país, aconteceu na manhã deste domingo (16). Ao meio dia, o Presidente do Grupo Gestor do Evento, Luiz Gonzaga de Melo, fez um breve discurso no Picadeiro, para uma plateia formada basicamente por criadores, expositores e tratadores, e encerrou a exposição mostrando-se feliz com o volume de vendas e a quantidade de pessoas que visitaram o parque ao longo dos oito dias de evento. Ainda durante a cerimônia, Gonzaga premiou os criadores que se destacaram com seus animais.

28 bandas se apresentaram durante a Expocrato (Foto Fred Fontes )

Shows
Na área de shows, recordes quebrados. Durante os oito dias de evento, se apresentaram 28 bandas. Os ritmos foram variados e para todos os gostos, desde o tradicional forró ao reggae, rock, e sertanejo universitário. Hoje a dupla Jorge e Matheus, Dorgival Dantas, Matheus e Kauã e Jonas Esticado encerram o evento, com estimativa de 30 mil pessoas.

Ontem (15), a cantora baiana Ivete Sangalo e o forrozeiro Wesley Safadão se apresentaram para mais de 40 mil pessoas, recorde em todas as edições da Expocrato. Em entrevista ao Diário do Nordeste, Wesley disse que “quando chega a Expocrato, toda a agenda é voltada para deixar o sábado livre, para que possa me apresentar aqui. Já virou tradição, acho que já são cinco anos seguidos cantando no sábado, que é o dia que reúne uma multidão. Venho com muito prazer, me sinto realmente em casa”.

Balão com o Safadão
No dia após o show, Wesley permaneceu no Cariri, para realizar o sonho de um fã. A carioca Flávia Castro, fã de Wesley, ganhou uma viagem de balão com o astro forrozeiro na promoção “No balão com o Safadão”. Foram mais de 10 minutos nas alturas com o ídolo e uma amiga.

Crédito Fred Fontes

Sortuda, ela conta que cadastrou apenas um código e foi sorteada. Código este que foi dado de presente pela amiga Flaviane Alves. “Nós duas somos muito fãs do Safadão e quando soubemos pelo instagram dele da promoção não pensamos duas vezes. A Flaviane disse que compraria a cerveja para adquirir o código e eu cadastraria, para dar sorte, e deu”, contou empolgada.

As duas se conheceram pela internet e até então não tinham se visto pessoalmente. “Nosso encontro não podia ser de forma mais mágica”, detalha Flavia, que tem vivido muitas emoções nos últimos dias como viajar de avião pela primeira vez. “Ganhar essa promoção foi um grande presente pra mim. Conheci meu grande ídolo, o nordeste, encontrei pessoalmente minha amiga, andei de balão, enfim, foi uma emoção única”, acrescenta a carioca.

Cobertura especial
A TV Verdes Mares, emissora oficial da ExpoCrato 2017, realizou mais uma cobertura especial do evento pelo terceiro ano consecutivo. As TVs Verdes Mares e Verdes Mares Cariri exibiram matérias nos programas jornalísticos e flashes em sua programação ao longo de toda a semana do evento. Nos dois últimos dias, assim como ocorrerá hoje, no encerramento, os show tiveram transmissão ao vivo.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

22:52 · 09.07.2017 / atualizado às 22:52 · 09.07.2017 por
Fotos André Costa

Crato. Multidão e otimismo. Foi assim a noite da abertura oficial da 66ª Exposição Centro-Nordestina de Animais e Produtos Derivados (ExpoCrato 2017). A maior feira agropecuária do Estado e umas das maiores do Brasil foi aberta oficialmente com público estimado em 30 mil pessoas, que lotaram Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante, neste Município.

A solenidade de abertura iniciou com os hasteamento das bandeiras do Crato, Ceará e do Brasil, seguido pelos respectivos hinos. Pela manhã, Padre Monteiro celebrou uma missa campal no parque, além de ter sido realizada a 4ª edição da cavalgada “O chão vai tremer”. Segundo um dos organizadores, Manoel Costa, mais de 600 cavaleiros participaram da marcha. O grupo percorreu as principais avenidas entre os municípios de Barbalha e Crato, até o local da exposição.

Grandiosidade
O governador Camilo Santana (PT) ressaltou que a Expocrato tem apresentado notório crescimento ano após ano, tanto em montante negociado quanto em quantidade de visitantes ao parque e ressaltou que “essa será a maior Exposição de todos os tempos”. O chefe do executivo lembrou que a Expocrato passou a ser um patrimônio não só do Crato, mas de todo o Ceará e afirmou que “já é a maior feira agropecuária do interior do Nordeste”.

Camilo mostrou-se confiante quanto a movimentação financeira da Exposição e considerou que a escassez de chuvas dos últimos anos não afetará os negócios. “Há uma expectativa de que esse ano todos os números sejam superados. A feira reúne múltiplos negócios, desde o conhecimento de novas tecnologias para a agropecuárias, leilões, enfim, é uma oportunidade muito grande de fazer negócios. É uma exposição que já está consolidada”, disse.

O presidente grupo gestor do Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante, Luiz Gonzaga de Melo, compartilha da mesma expectativa do Governador e afirma esperar uma movimentação financeira, durante os oito dias de evento, superior a R$ 50 milhões envolvendo todos os segmentos. “Somente no agronegócio, acreditamos que as vendas fiquem em torno dos R$ 10 milhões”, completou Gonzaga.

Diversidade
Criada em 1944, a feira chega a sua 66º edição ininterrupta, com foco diversidade nos stands do parque. As cerca de 400 mil pessoas que são esperadas até o dia do encerramento, 16 de julho, poderão contar com dezenas de stands erguidos com os mais variados temas, que vão desde a cultura popular a comercialização de maquinários pesados para agricultura. Ao lado do comércio de bijuterias, artesanatos artigos de couro e produtos característicos do sertão, a gastronomia também se destaca. Um dos pontos mais visitados dentro do Parque é o tradicional engenho de cana-de-açúcar, presente na feira há 17 anos. Os proprietários estimam que sejam moídos 145 toneladas de cana.

Exposição
A Expocrato acontece em uma área com mais de 2,5 milhões de hectares, dividido entre o local dos shows, que reúne atrações regionais e artistas nacionais, e local para exposição de bovinos, equinos e caprinos. Os animais ficarão em 10 galpões, com uma média de 400 baias.  A novidade da edição deste ano será a primeira etapa do Campeonato da Associação Brasileira de Ovinos. Além disso, a Expocrato contará com exposição nacional de cavalos da raça Campolina, considerada uma linhagem nobre de equinos marchadores.  A edição também traz exposições inéditas com répteis exóticos, como jacarés, jiboias, píton e lagartos.

Camilo Santana destacou ainda, ainda este ano, o Parque deverá receber um “grande projeto de revitalização”. “Vamos dialogar com diversos setores e nossa intenção é tornar esse Parque utilizável durante todo o ano e não somente durante a Exposição. Queremos integrar o parque com a cidade. Espero até o fim deste ano finalizar esse projeto e licitar para que na próxima Expocrato o parque já esteve de cara nova”, concluiu.

Shows
Durante os oito dias de evento, se apresentarão 28 bandas. Os ritmos são variados e vão desde o tradicional forró ao reggae, rock, e sertanejo universitário. A abertura dos show será feita hoje a noite, pelo grupo de pagode Sorriso Maroto e, amanhã, segunda-feira, o cantor baiano Léo Santana, promete agitar a multidão em um supershow. Até o dia do encerramento, ainda se apresentam na Expocrato 2017 artistas como Gusttavo Lima, Gabriel Diniz, Aviões do Forró, Bell Marques, Ivete Sangalo, Jorge e Mateus, Dorgival Dantas e Wesley Safadão. A área dos shows tem capacidade para receber 40 mil pessoas por noite.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

 

20:30 · 24.05.2017 / atualizado às 20:30 · 24.05.2017 por
Expocrato do ano passado bateu recorde de público

Crato. Para garantir o direito de consumidores ao benefício da meia-entrada, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da Coordenadoria Regional do DECON Crato, expediu, na última sexta-feira (19/05), recomendação direcionada às empresas organizadoras das festas que ocorrem na época da Exposição Agropecuária do Crato (Expocrato 2017) RBA Promoções e Eventos e Luan Promoções e Eventos Ltda. No dia 6 abril, ambas foram inclusive multadas, no valor de 280 mil UFIRCEs, o que representa R$ 1.034.367,60, por descumprir a legislação na Expocrato 2016.

De acordo com o titular da Promotoria de Justiça do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Crato e coordenador Regional do DECON Crato, Thiago Marques Vieira, em 2016, foi instaurado inquérito civil para investigar a prática das empresas de não dispor à venda ingressos sob a modalidade de meia-entrada para as categorias de pessoas que a Lei nº 12.933/2013 determina: estudantes, idosos, pessoas com deficiência e jovens de 15 a 29 anos comprovadamente carentes. O procedimento foi adotado depois do registro, na Coordenadoria Regional do DECON Crato, de reclamações de consumidores, principalmente estudantes, de que as empresas não obedeciam a norma legal.

“Ano passado também publicamos uma recomendação em que solicitamos informações acerca da quantidade de ingressos na modalidade de meia-entrada disponibilizada pelas empresas. Na época, fomos informados de que não existia um número definido de ingressos, bastando o consumidor comprovar que se enquadrava no público definido pela Lei nº 12.933 para ter acesso ao direito. Apesar disso, continuamos recebendo reclamações”, explica Thiago Marques Vieira. Devido à situação, um servidor do órgão compareceu a um dos pontos de venda e constatou a veracidade dos fatos. Assim, além de depoimentos de consumidores, foi acostada aos autos do inquérito uma certidão de fato constatado com as declarações do servidor.

Sobre a multa aplicada referente ao descumprimento à lei da meia-entrada em 2016, as empresas interpuseram recurso junto à Coordenadoria Regional do DECON Crato e, atualmente, o processo foi encaminhado para julgamento na Junta Recursal do Programa Estadual de Proteção e Defesa ao Consumidor (JURDECON) para análise e processamento das alegações das empresas.

16:47 · 14.02.2017 / atualizado às 06:18 · 15.02.2017 por
Foto André Costa/Arquivo

Crato. A Expocrato, tradicional feira agropecuária da região, foi condenada a pagar indenização por danos morais coletivos no valor de R$ 300 mil, por não cumprir normas de saúde e higiene do trabalho e por não coibir o trabalho infantil em suas dependências. A sentença da 2ª Vara do Trabalho do Cariri também ratifica as 13 obrigações de fazer que já haviam sido determinadas em decisão liminar proferida em junho de 2016. A condenação partiu de ação civil pública movida contra o Estado do Ceará, proprietário do parque onde ocorre o evento.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) deu entrada na ação civil pública contra a Expocrato porque, desde 2012, vem identificando a exploração de trabalho infantil e condutas que desrespeitam as normas de medicina e segurança do trabalho durante a realização do evento. Para sanar os problemas, foi assinado um termo de ajustamento de conduta em 2013. Pelo documento, a organização da feira comprometeu-se a solucionar os problemas apontados. Mas, segundo o MPT, os itens do termo não foram cumpridos nos anos seguintes.

Durante os últimos cinco anos, cerca de 90 autos de infração foram emitidos por fiscais da superintendência Regional do Trabalho e Emprego contra a organização do evento. Conforme a juíza do trabalho Regiane Ferreira Carvalho Silva, autora da sentença, entre a vasta documentação apresentada pela fiscalização, estão “fotografias, relatórios de inspeção e autos de infração que provam, de forma contundente, os fatos alegados pelo MPT”.

Entre as acusações que pesam contra a organização do evento, destacam-se as condições inadequadas ou inexistentes das instalações destinadas para repouso, alimentação e utilização de banheiros pelos empregados dos expositores, especialmente os tratadores de animais, que descansam no mesmo espaço que serve de estábulo para animais. A respeito da exploração de trabalho infantil, a fiscalização flagrou menores de 18 anos em trabalho noturno; inúmeras crianças executando atividade comercial, puxando cavalos com pessoas montadas ou ainda tratando de bovinos.

Expocrato do ano passado bateu recorde de público

Para a juíza Regiane Ferreira Silva, o impacto de tais atos vai além do âmbito físico, pois fere a alma da coletividade dos trabalhadores. “Eles são expostos ao público visitante em condições análogas aos animais e, neste caso, em condição de inferioridade, visto que os animais são tratados de forma digna, uma vez que são bem alimentados e têm a higiene adequada à sua espécie”, afirma a magistrada na sentença.

Em sua defesa, o Estado do Ceará alegou que não é responsável pelo evento, visto que apenas cede o espaço do parque para a realização da exposição e fomenta sua realização por meio de repasse de recursos públicos através de convênio de cooperação técnica e financeira com a Associação de Criadores de Caprinos e Ovinos da Bio-Região do Araripe. Essa entidade, por sua vez, assume a responsabilidade de realizar a divulgação, produção e organização do evento.

A alegação de não-responsabilidade não foi acatada pela Justiça do Trabalho. De acordo com a juíza Regiane Ferreira Silva, ainda que o Estado do Ceará não seja o empregador direto dos trabalhadores, o ente também deve responder de forma solidária. “O proprietário do parque deveria propiciar um meio ambiente de trabalho equilibrado e saudável para todos os que laboram no local, bem como promover ações fiscalizatórias que inibam qualquer conduta atentatória à legislação trabalhista e à dignidade dos trabalhadores”, declarou a juíza titular da 2ª Vara do Trabalho do Cariri.

Condenação – Além da indenização por danos morais coletivos, que será revertida em favor de instituição a ser indicada pelo MPT, estão 13 obrigações de fazer, que são determinações que a organização da Expocrato deve cumprir e comprovar a cada ano de realização do evento, sob pena de multa de R$ 30 mil para cada item descumprido.

Entre as exigências, estão: formalização do contrato de trabalho para os empregados que trabalham na exposição; construção de alojamentos com banheiros, camas e armários para os trabalhadores; disponibilização de área de vivência com local para refeição; disponibilização de instalações sanitárias adequadas; instalação de bebedouros; proibição de qualquer trabalho a menores de 16 anos, não admitindo menores de 18 anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre; dentre outras exigências.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

16:58 · 10.02.2017 / atualizado às 16:58 · 10.02.2017 por
Foto André Costa

Crato. O Governo do Ceará foi condenado a pagar indenização de R$ 300 mil por danos morais coletivos por violações de direitos trabalhistas na Expocrato, maior feira de agronegócios do estado. A sentença da 2ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho é resultado de uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho no Ceará (MPT-CE), a fim de garantir condições dignas para os trabalhadores em relação à estrutura física – com alojamentos, refeitórios e banheiros adequados – e combater a exploração de crianças e adolescentes no evento.

A decisão considera que o Estado do Ceará – como proprietário do parque de exposições e principal beneficiário do evento – deve garantir o ambiente de trabalho seguro e saudável durante o evento. Além dos riscos de acidentes e à saúde dos trabalhadores, a juíza do Trabalho Regiane Silva ressalta, na sentença, as consequências psicológicas do tratamento desumano. “[trabalhadores] são expostos ao público visitante em condições análogas aos animais e, nesse caso, em condição de inferioridade, visto que os animais são tratados de forma digna, considerando-se sua condição de seres irracionais, uma vez que são bem alimentados e têm a higiene adequada a sua espécie”.

Entenda o caso
Entre 2012 e 2015, foram detectadas diversas violações das normas de saúde e segurança no parque de exposições de propriedade do estado do Ceará, que resultaram em 90 autos de infração pelo Ministério do Trabalho e Emprego. “O MPT-CE instaurou inquérito civil, ainda em 2012, e o Governo do Estado assumiu o compromisso de sanar as irregularidades e melhorar a estrutura para a realização da feira, no ano seguinte”, explica a procuradora do Trabalho autora da ação, Lorena Camarotti. “No entanto, uma nova fiscalização flagrou uma série de violações de direitos”, ressalta.

Por falta de alojamento adequado, trabalhadores dormiam em redes, nos currais ou galpões que serviam de estábulos. Faziam as refeições dividindo espaço com os animais, sem condições básicas de higiene. Os auditores encontraram também roupas e outros objetos pessoais misturados a sacos de ração, instalações elétricas com fios expostos e crianças ocupadas com o trato de bovinos ou em atividades comerciais.

No texto da sentença, a juíza aponta que “o Estado, mesmo após firmar um TAC [Termo de Ajustamento de Conduta] para tentar adequar-se às obrigações legais em 2013, continuou a violá-las”. A intervenção do Poder Judiciário levou a organização da feira a construir alojamentos e banheiros para os empregados em caráter de urgência, em 2016. Mesmo assim, na última edição do evento, foram constatadas irregularidades, principalmente no que diz respeito ao trabalho infantil. O valor da indenização por danos morais será revertido para projetos sociais em defesa da infância.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

20:43 · 15.07.2016 / atualizado às 14:53 · 19.07.2016 por

expoA partir de hoje, dia 15, a Tv Verdes Mares e o Gshow transmitem os shows da maior feira agropecuária do Ceará, que chega à sua 65ª edição ininterrupta, a Expocrato 2016.

De hoje até o próximo domingo, dia 17, o Gshow trasmitirá, ao vivo, sempre a partir das 21 horas, a Expocrato numa página especial onde podem ser conferidas também máterias da cobertura do evento. O internauta pode conferir também reportagens diversificadas da feira no Diário Cariri, blog oficial na região do Diário do Nordeste.

Já a transmissão ao vivo pela Tv Verdes Mares será no programa Estação Verdes Mares Especial Expocrato, hoje, após a série Anges da S.H.I.E.L.D. Amanhã, a transmissão começa após o Altas Horas e no domingo, depois do Fantástico.

No Estação Verdes Mares Especial você vai conferiri os shows de Luan Santana, Aviões do Forró, Bruno e Marrone, Wesley Safadão, Jorge e Mateus, Dorgival Dantas e muitos outros, além disso, o programa trará entrevistas com os artistas e os melhores momentos das atrações que se apresentaram nos primeiros dias do evento.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018

08:47 · 14.07.2016 / atualizado às 08:48 · 14.07.2016 por

A Nave Coelce, equipamento moderno desenvolvido para promover a consciência ambiental, está participando da Expocrato, durante toda esta semana. O projeto trabalha um conceito diferenciado, atrelando tecnologia à informação, abordando o meio ambiente de forma didática e inovadora.

A nave está localizada na parte central do evento, próximo ao Picadeiro, no Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcanti. O equipamento está aberto ao público e realiza atividades sobre conscientização ambiental, como a exibição de  vídeos sobre as catástrofes ambientais provocadas pelo homem, como conseqüências do seu descuido com o nosso planeta.

A tecnologia e os efeitos especiais empregados durante a exibição permitem aflorar ainda mais os sentidos dos visitantes, tornando a viagem ainda mais impactante e reflexiva. Os visitantes também podem participar de jogos interativos para “salvar o planeta” por meio de uma tecnologia touchscreen (sensível ao toque), além de aprender sobre o uso eficiente de energia elétrica, o uso racional da água e a preservação ambiental com atitudes simples e plenamente aplicáveis ao nosso cotidiano.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018

11:08 · 12.07.2016 / atualizado às 08:49 · 14.07.2016 por

Agricultores, técnicos e estudantes que visitarem a Exposição Agropecuária do Crato (Expocrato) deste ano poderão conhecer estratégias e tecnologias para garantir a oferta de alimento aos rebanhos de caprinos e ovinos em período seco. Este será o tema do Dia de Campo “Desafios e estratégias para produção de volumoso em condições de sequeiro” que Embrapa Caprinos e Ovinos (Sobral-CE) e Embrapa Meio-Norte (Teresina-PI) realizarão no dia 13 de julho, a partir das 8 horas, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) – campus Crato.

O Dia de Campo abordará tecnologias para garantir regularidade na oferta de alimentos para os rebanhos, uma das principais preocupações de produtores rurais no semiárido nordestino. Nos períodos de chuva o alimento nas pastagens costuma ser abundante e de boa qualidade, mas na época seca, tanto a disponibilidade como a qualidade do alimento sofrem prejuízos, surgindo, assim, a necessidade de práticas de produção de alimentos volumosos (ricos em fibra) para compor a dieta dos animais.

Como alternativa, a Embrapa mostrará os resultados de pesquisas com variedades de milho, sorgo, milheto e girassol resistentes às condições ambientais de semiárido e suas possibilidades de uso como alimentos volumosos para alimentação de rebanhos nas propriedades rurais. No Dia de Campo, os participantes terão informações também sobre a possibilidade de uso dessas variedades vegetais em diferentes modalidades de rações, a possibilidade de plantá-las em consórcio com plantas gramíneas, informações sobre como fazer silagem (técnica para conservação do alimento durante o período seco) dessas culturas e as estimativas de custo dos produtores rurais para produção de alimentos volumosos a partir dessas alternativas.

“Abordaremos detalhes sobre essas culturas, quais as cultivares mais recomendadas, as possíveis formulações para dietas, as alternativas de custos em que tivemos melhores respostas”, ressaltou Roberto Cláudio Pompeu, pesquisador da Embrapa e um dos integrantes da equipe que apresentará o Dia de Campo, juntamente com os também pesquisadores Marcos Cláudio Rogério, Fernando Guedes, Henrique Antunes de Souza e Raimundo Araújo Neto.

O Dia de Campo acontecerá de 8 às 12 horas, na Unidade de Extensão e Pesquisa do IFCE, na rodovia CE-192, km 15, bairro Gisélia Pinheiro, s/n. A inscrição para o Dia de Campo pode ser feita no stand do IFCE na Expocrato. Serão abertas vagas, gratuitas, para 125 participantes.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018