Busca

Tag: exposição


20:00 · 16.07.2017 / atualizado às 20:02 · 16.07.2017 por
Cerca de 100 mil pessoas visitaram o Parque de Exposição neste final de semana (Foto André Costa)

Crato. A 66ª edição da Exposição Centro-Nordestina de Animais e Produtos Derivados (Expocrato-2017) chega ao fim com recorde de público na área dos shows e grande número de visitantes nos corredores do Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcanti, situado no bairro Pimenta, neste Município. A organização da feira estima que mais de 400 mil pessoas tenham passado pelo local durante os oito dias de exposição. Somente neste final de semana, a projeção de público foi de 100 mil visitantes.

Grandiosidade
O sucesso de umas das maiores feiras agropecuárias do Nordeste pode ser medida pela presença de expositores de diferentes regiões do país, conforme avalia a organização da Expocrato. Considerada cada vez mais uma vitrine de negócios, os expositores que outrora vinham geralmente do Norte e Nordeste, este ano também surgiram da região Sudeste, o que evidencia a importância do evento agropecuário. Os números oficias da movimentação financeira em torno de todos os setores deve ser divulgado ao longo da semana. Estima-se, no entanto, que o montante gire em torno das cifras registradas no ano passado, quando foi comercializado cerca de R$ 50 milhões.

O encerramento oficial da feira, considerada a maior do Estado e uma das maiores do gênero em todo o país, aconteceu na manhã deste domingo (16). Ao meio dia, o Presidente do Grupo Gestor do Evento, Luiz Gonzaga de Melo, fez um breve discurso no Picadeiro, para uma plateia formada basicamente por criadores, expositores e tratadores, e encerrou a exposição mostrando-se feliz com o volume de vendas e a quantidade de pessoas que visitaram o parque ao longo dos oito dias de evento. Ainda durante a cerimônia, Gonzaga premiou os criadores que se destacaram com seus animais.

28 bandas se apresentaram durante a Expocrato (Foto Fred Fontes )

Shows
Na área de shows, recordes quebrados. Durante os oito dias de evento, se apresentaram 28 bandas. Os ritmos foram variados e para todos os gostos, desde o tradicional forró ao reggae, rock, e sertanejo universitário. Hoje a dupla Jorge e Matheus, Dorgival Dantas, Matheus e Kauã e Jonas Esticado encerram o evento, com estimativa de 30 mil pessoas.

Ontem (15), a cantora baiana Ivete Sangalo e o forrozeiro Wesley Safadão se apresentaram para mais de 40 mil pessoas, recorde em todas as edições da Expocrato. Em entrevista ao Diário do Nordeste, Wesley disse que “quando chega a Expocrato, toda a agenda é voltada para deixar o sábado livre, para que possa me apresentar aqui. Já virou tradição, acho que já são cinco anos seguidos cantando no sábado, que é o dia que reúne uma multidão. Venho com muito prazer, me sinto realmente em casa”.

Balão com o Safadão
No dia após o show, Wesley permaneceu no Cariri, para realizar o sonho de um fã. A carioca Flávia Castro, fã de Wesley, ganhou uma viagem de balão com o astro forrozeiro na promoção “No balão com o Safadão”. Foram mais de 10 minutos nas alturas com o ídolo e uma amiga.

Crédito Fred Fontes

Sortuda, ela conta que cadastrou apenas um código e foi sorteada. Código este que foi dado de presente pela amiga Flaviane Alves. “Nós duas somos muito fãs do Safadão e quando soubemos pelo instagram dele da promoção não pensamos duas vezes. A Flaviane disse que compraria a cerveja para adquirir o código e eu cadastraria, para dar sorte, e deu”, contou empolgada.

As duas se conheceram pela internet e até então não tinham se visto pessoalmente. “Nosso encontro não podia ser de forma mais mágica”, detalha Flavia, que tem vivido muitas emoções nos últimos dias como viajar de avião pela primeira vez. “Ganhar essa promoção foi um grande presente pra mim. Conheci meu grande ídolo, o nordeste, encontrei pessoalmente minha amiga, andei de balão, enfim, foi uma emoção única”, acrescenta a carioca.

Cobertura especial
A TV Verdes Mares, emissora oficial da ExpoCrato 2017, realizou mais uma cobertura especial do evento pelo terceiro ano consecutivo. As TVs Verdes Mares e Verdes Mares Cariri exibiram matérias nos programas jornalísticos e flashes em sua programação ao longo de toda a semana do evento. Nos dois últimos dias, assim como ocorrerá hoje, no encerramento, os show tiveram transmissão ao vivo.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

22:52 · 09.07.2017 / atualizado às 22:52 · 09.07.2017 por
Fotos André Costa

Crato. Multidão e otimismo. Foi assim a noite da abertura oficial da 66ª Exposição Centro-Nordestina de Animais e Produtos Derivados (ExpoCrato 2017). A maior feira agropecuária do Estado e umas das maiores do Brasil foi aberta oficialmente com público estimado em 30 mil pessoas, que lotaram Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante, neste Município.

A solenidade de abertura iniciou com os hasteamento das bandeiras do Crato, Ceará e do Brasil, seguido pelos respectivos hinos. Pela manhã, Padre Monteiro celebrou uma missa campal no parque, além de ter sido realizada a 4ª edição da cavalgada “O chão vai tremer”. Segundo um dos organizadores, Manoel Costa, mais de 600 cavaleiros participaram da marcha. O grupo percorreu as principais avenidas entre os municípios de Barbalha e Crato, até o local da exposição.

Grandiosidade
O governador Camilo Santana (PT) ressaltou que a Expocrato tem apresentado notório crescimento ano após ano, tanto em montante negociado quanto em quantidade de visitantes ao parque e ressaltou que “essa será a maior Exposição de todos os tempos”. O chefe do executivo lembrou que a Expocrato passou a ser um patrimônio não só do Crato, mas de todo o Ceará e afirmou que “já é a maior feira agropecuária do interior do Nordeste”.

Camilo mostrou-se confiante quanto a movimentação financeira da Exposição e considerou que a escassez de chuvas dos últimos anos não afetará os negócios. “Há uma expectativa de que esse ano todos os números sejam superados. A feira reúne múltiplos negócios, desde o conhecimento de novas tecnologias para a agropecuárias, leilões, enfim, é uma oportunidade muito grande de fazer negócios. É uma exposição que já está consolidada”, disse.

O presidente grupo gestor do Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante, Luiz Gonzaga de Melo, compartilha da mesma expectativa do Governador e afirma esperar uma movimentação financeira, durante os oito dias de evento, superior a R$ 50 milhões envolvendo todos os segmentos. “Somente no agronegócio, acreditamos que as vendas fiquem em torno dos R$ 10 milhões”, completou Gonzaga.

Diversidade
Criada em 1944, a feira chega a sua 66º edição ininterrupta, com foco diversidade nos stands do parque. As cerca de 400 mil pessoas que são esperadas até o dia do encerramento, 16 de julho, poderão contar com dezenas de stands erguidos com os mais variados temas, que vão desde a cultura popular a comercialização de maquinários pesados para agricultura. Ao lado do comércio de bijuterias, artesanatos artigos de couro e produtos característicos do sertão, a gastronomia também se destaca. Um dos pontos mais visitados dentro do Parque é o tradicional engenho de cana-de-açúcar, presente na feira há 17 anos. Os proprietários estimam que sejam moídos 145 toneladas de cana.

Exposição
A Expocrato acontece em uma área com mais de 2,5 milhões de hectares, dividido entre o local dos shows, que reúne atrações regionais e artistas nacionais, e local para exposição de bovinos, equinos e caprinos. Os animais ficarão em 10 galpões, com uma média de 400 baias.  A novidade da edição deste ano será a primeira etapa do Campeonato da Associação Brasileira de Ovinos. Além disso, a Expocrato contará com exposição nacional de cavalos da raça Campolina, considerada uma linhagem nobre de equinos marchadores.  A edição também traz exposições inéditas com répteis exóticos, como jacarés, jiboias, píton e lagartos.

Camilo Santana destacou ainda, ainda este ano, o Parque deverá receber um “grande projeto de revitalização”. “Vamos dialogar com diversos setores e nossa intenção é tornar esse Parque utilizável durante todo o ano e não somente durante a Exposição. Queremos integrar o parque com a cidade. Espero até o fim deste ano finalizar esse projeto e licitar para que na próxima Expocrato o parque já esteve de cara nova”, concluiu.

Shows
Durante os oito dias de evento, se apresentarão 28 bandas. Os ritmos são variados e vão desde o tradicional forró ao reggae, rock, e sertanejo universitário. A abertura dos show será feita hoje a noite, pelo grupo de pagode Sorriso Maroto e, amanhã, segunda-feira, o cantor baiano Léo Santana, promete agitar a multidão em um supershow. Até o dia do encerramento, ainda se apresentam na Expocrato 2017 artistas como Gusttavo Lima, Gabriel Diniz, Aviões do Forró, Bell Marques, Ivete Sangalo, Jorge e Mateus, Dorgival Dantas e Wesley Safadão. A área dos shows tem capacidade para receber 40 mil pessoas por noite.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

 

16:46 · 30.03.2017 / atualizado às 16:46 · 30.03.2017 por

Crato. A Exposição Patativa do Assaré: “De poeta matuto a poeta doutor” que está acontecendo no Hall da Proex, Campus Pimenta da Universidade Regional do Cariri (URCA), será prolongada até o dia 06 de maio.

A exposição homenageia o aniversário de 108 anos de nascimento do poeta Patativa do Assaré é composta por fotografias, livros, discos, cordéis e reportagens sobre Patativa, além da réplica da casa do poeta, localizada na Serra de Santana, município do Assaré.

 

08:30 · 02.02.2017 / atualizado às 10:10 · 02.02.2017 por

Juazeiro do Norte. De 29 a 12 de fevereiro os apaixonados por futebol e pelo Icasa poderão conhecer melhor a história de um time que, ao longo dos quase 54 anos, emocionou e encantou milhares de pessoas. A exposição do Verdão do Cariri é uma verdadeira viagem no tempo.

Fotos preto em branco relembram os primeiros passos do que um dia se tornaria o orgulho de uma cidade. O passeio pelas lembranças do time tem uma data marcante, o ano de 2013 quando o Icasa ficou a um ponto da série A do Campeonato Brasileiro, a elite do futebol. Hoje, o time alviverde luta para retornar a série A do Campeonato Cearense e quem sabe ao brasileirão.

Para voltar a empolgar a torcida, o Icasa irá apresentar no próximo sábado, 4 de fevereiro, às 19h, o novo uniforme da equipe num desfile, com participação dos jogadores. Outra novidade será a apresentação do time feminino de futebol do Icasa. Tudo no espaço localizado próximo a loja Sérgios.

Já neste domingo, dia 5, os apaixonados por futebol poderão participar do Campeonato de Embaixadinha. A programação gratuita está marcada para começar às 15h. As inscrições podem ser feitas na própria exposição e quem fizer mais embaixadinha, tem premiação. O terceiro e o segundo lugar irão ganhar uma bola de futebol oficial, já o primeiro lugar, além da bola, leva também uma camisa oficial do Verdão do Cariri.

Serviço
Exposição Icasa – A Fé nos Conduz a Vitória
Local: Cariri Garden Shopping
Data: De 29 a 12 de fevereiro
Entrada Gratuita

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

15:49 · 02.01.2017 / atualizado às 15:49 · 02.01.2017 por

1

Crato. Está sendo realizada na Universidade Regional do Cariri (URCA), a exposição ‘E do Barro Ressurge … A cor da Cura’, até o próximo dia 15 de janeiro, no Salão da Terra, no campus do Pimenta, em Crato. O trabalho é realizado por meio da Disciplina Estágio Supervisionado em Artes Visuais, com orientação da professora dra. Daniele Gomes de Oliveira.

As peças expostas foram produzidas pelos alunos do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), do Município. As impressões dos alunos, ao exercer o trabalho, são relatadas em alguns dos depoimentos anônimos, que podem ser vistos no espaço.

2A aluna (A), diz que “Nunca mexi em argila, nunca tinha mexido. Adorei. É uma dinâmica. É uma experiência na vida da gente, que na minha vida nunca tinha pegado em barro, quando era criança, nem nada, para fazer panela de barro nem nada, e consegui fazer a placa, fiz o pilão, fiz um cinzeirim, fiz um jarro, e foi ótimo trabalhar com vocês.

Já o aluno (V) disse: “Achei muito bom o barro para a gente trabalhar. Tem muita gente que fez peça boa”.

Aluna (V) diz que: “A minha experiência com pintura foi ótima. Eu nunca tinha mexido com barro, não…Eu amei ficar com vocês fazendo argila, que eu nunca tinha feito. Eu gostei muito. Foi a atividade melhor que eu achei na minha vida”.

Entre os trabalhos estão sendo expostas esculturas em barro, além de pinturas.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

15:32 · 26.10.2016 / atualizado às 15:33 · 26.10.2016 por

Wagner Pereira - retrata o CaririSeja nas ruas ou vielas da região do Cariri, na zona urbana ou rural, nos principais pontos turísticos ou nos lugares mais longínquos, onde quer que vá cumprir diligência, o oficial de justiça Wagner Pereira, leva a sua câmera fotográfica e aproveita o trabalho realizado em campo para retratar as singularidades do cotidiano do Crato.

Agora todo esse trabalho, realizado há cerca de quatro anos como “hobby”, transformou-se em uma exposição fotográfica que ficará no Fórum Desembargador Hermes Parahyba até a próxima sexta-feira (28), de 9h às 18h, como parte da programação da Semana do Servidor Público. “A beleza está nos olhos de quem vê” é o nome da mostra, que reúne 21 trabalhos fotográficos do oficial, impressos no tamanho 20 x 30.

A exposição é dividida em quatro momentos: o primeiro explora o turismo religioso protagonizado com a natureza; o segundo retrata imagens do Crato e seus personagens; o terceiro dá destaque a Paulinho Cariri, pintor, escritor e artista que vive no lixão de Crato na companhia de seus melhores amigos – os urubus, com quem está aprendendo a “voar” (definição do próprio Paulinho); no quarto e último momento os visitantes poderão conferir a missa do vaqueiro, na cidade de Serrita, Pernambuco.

Serviço
Exposição “A beleza está nos olhos de quem vê”
25 a 28 de outubro
9h às 18h
Fórum Desembargador Hermes Parahyba
Rua Missão Velha, S/N – São Miguel
Entrada gratuita

07:45 · 18.10.2016 / atualizado às 10:03 · 18.10.2016 por

MÍDIAS SOCIAISJuazeiro do Norte. O artista plástico, cantor e compositor CA CAU tem como fio condutor de todos os seus trabalhos a poesia, sempre valorizando a inovação e a criatividade. Nas artes plásticas, teve destaque com as exposições O MISTERIO EM TEMPO E POESIAS, que ficou em cartaz no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, no Metrô Ipanema, no Rio de Janeiro, e no Centro Cultural Dragão do Mar, no Ceará – sendo visitada por mais de 55 mil pessoas. Com o S.O.S SÓS, esteve em Portugal, Itália e Ceará. As duas tem em comum o fato de promoverem a total acessibilidade do público.

Com instalações executadas em diversos locais como, o PROJETO ART é uma intervenção artística que transforma espaços físicos, rompendo sua rigidez. É o despertar de uma experiência sensorial, provocando a humanização dos ambientes corporativos e o desenvolvimento de novas perspectivas. Com o objetivo de ser, estar, sentir e observar o complexo processo de interpretação da realidade, CA CAU estimula a integração da comunidade consigo mesma e junto ao mundo dentro de uma nova experiência.

“DIVINA ESTÂNCIA POÉTICA DA CRIAÇÃO”
Muito mais do que uma instalação artística, CA CAU nos convida para uma reflexão sobre a origem da Criação, a construção do ser humano e a busca pelo conhecimento. Utilizando diversas referências como a filosofia, a Natureza e a literatura, o artista cria a imersão do visitante nesse universo encantado.

Os elementos que compõem a exposição vão do erudito ao popular, pontuando a identidade única desse projeto. A Sequência de Fibonacci construída em um painel cinético simboliza o movimento do que está em expansão, fazendo uma alusão ao Universo e à nossa Criação primordial. Sendo um misterioso padrão matemático da natureza, os termos da sequência compõem a chamada “medida de ouro” – muito usada na arte, principalmente por Leonardo Da Vinci.

Considerando o fato de que Juazeiro do Norte é o caldeirão cultural do Brasil, a exposição faz também um diálogo com a cultura popular. O Pavão Misterioso (referência ao folheto “Romance do Pavão Misterioso” da literatura de cordel) remete à busca do conhecimento que está dentro de cada um. É um grande pássaro mecânico criado por nós para alcançarmos os nossos sonhos. Mais do que uma simples máquina, o Pavão Misterioso é em si o pássaro dourado da Iluminação, que nos faz olhar o mundo acima. Por isso há a provocação poética ao visitante que, ao entrar e ver o pássaro, precisa olhar para cima.

A expressão do olhar artístico está no conceito das Tríades. O número 3 é um número com diversas simbologias místicas, é a partir dele que se dá a sustentação de qualquer estrutura – de uma simples cadeira à construção do ser humano. Além das três cores primárias (azul, vermelho e amarelo) das fortes texturas em três obras e em três salas, as referências de Tríades são as mais diversas: “coração, cérebro e coragem” do O Mágico de Oz, “corpo, mente e alma “, “o pai, o filho e o espírito santo”, “presente, passado e futuro”, “ser, essência e conceito”, “arte, filosofia e ciência” e tantas outras.

A cada passo e a cada toque da instalação é um despertar. É uma janela que nos traz conhecimento. Andamos no espiral do caminho dourado, renascemos na metamorfose das borboletas, somos tocados ao receber flores de mãos anônimas, nos unimos para a construção do ideal com as formigas, nos humanizamos com a alteridade e o amor ao próximo. É descobrir que cada um possui sua busca interna, mas que só juntos é que podemos voar. Afinal, a generosidade é o verdadeiro caminho da prosperidade.

SERVIÇOS
Local: WIZARD – Cariri Garden Shopping (Piso L1 – 47): Av. Padre Cícero, 2555 – Triângulo, Juazeiro do Norte – CE
Data: 22 de outubro/2016
Horário: 18h00
CA CAU fará um pocket show exclusivo para o lançamento do evento, tocando algumas músicas do seu 8º disco “IN VER S.O.S” (lançado em 2015). Um de seus grandes sucessos atuais é a música “Olho a Olho”, bastante tocada nas rádios de São Paulo.

10:05 · 06.10.2016 / atualizado às 10:06 · 06.10.2016 por

Juazeiro do Norte. A exposição Cariri Arte e Desing, assinada pelo renomado arquiteto Carlos Zaranza, fica em cartaz até o próximo domingo, dia 09, no shopping da cidade. A exposição é um belo retrato da riqueza cultural existente na região do Cariri.

Em um só espaço, Carlos Aranza, foi do tradicional ao contemporâneo. Uma combinação perfeita, com sintonia e saudosismo. Papel, fitas, couro, madeira, tudo criado por mãos dos artistas Caririenses, como: Espedito Seleiro, Alan Bastos, Edênio Camilo, Rafael Vilarouca, Maurício Ferreira, George Macário e os artesãos do Centro Cultural Mestre Nosa.

As cores se misturam ao preto e branco, um misto de harmonia e emoção. Em alguns versos o poeta, Bráulio Bessa, retrata bem a força e o valor de povo Nordestino. “O Nordeste brasileiro enfrenta uma seca dura, mas na arte tem fartura, todo o dia o ano inteiro…”, que digam os alunos do curso de design do Senac, parceiro da exposição.

Para quem não entende do traçado e tem curiosidade de saber como um pedaço de tronco vira uma obra de arte, os visitantes têm a oportunidade de ver de perto os artesãos do Centro Mestre Nosa, Dim e Everaldo que estão esculpindo duas belas e representativas personalidades da cultura nordestina, Luiz Gonzaga e Padre Cícero. A exposição entrou em cartaz nodia 21 de setembro e segue até 09 de outubro, com entrada gratuita.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018

20:38 · 05.10.2016 / atualizado às 20:38 · 05.10.2016 por
DSC_2862
Foto Elizangela Santos

A surpreendente exposição de Sérvulo Esmeraldo em sua cidade natal, o Crato, continua em cartaz até 15 de outubro, atraindo grande público ao Campus do Pimenta da Universidade Regional do Cariri (URCA) e à Encosta do Seminário. Desde a abertura, que contou com a afluência de autoridades, artistas, familiares e amigos do artista, a Mostra de dimensão monumental é assunto no meio artístico nacional.

Início das comemorações dos 88 anos de Sérvulo Esmeraldo, a exposição ‘Sérvulo Esmeraldo: A Linha, A Luz, O Crato’ realiza o grande sonho do artista de mostrar no Crato a sua obra da maturidade. Com foco na dinâmica trajetória de Esmeraldo, construída como escultor, gravador e desenhista de notório reconhecimento nacional e internacional, a mostra reúne 58 obras, entre esculturas, relevos, gravuras e a magistral série de desenhos intitulada ‘Suíte Araripe’ – em homenagem ao Crato.

Com curadoria de Dodora Guimarães, companheira de vida do artista há mais de 30 anos, a exposição ‘Sérvulo Esmeraldo: A Linha, A Luz, O Crato’, realizada pelo Instituto Sérvulo Esmeraldo e Nuproce, com o apoio do Governo do Estado do Ceará, do Banco do Nordeste do Brasil e da Guanabara, comemora também os 30 anos da Universidade Regional do Cariri.

Para o seu encerramento está previsto o lançamento do catálogo ‘Sérvulo Esmeraldo: A Linha, A Luz, O Crato’, com reproduções de todas as obras expostas, fotografadas por Gentil Barreira e textos de Gilmar de Carvalho, Romeu Duarte e Dodora Guimarães.

 

Museu Brasileiro da Escultura

Ainda na temporada de 2016-2017, Esmeraldo se amplia em mais celebradas evidências. Às 15 horas do dia 05/10, em Fortaleza, o crítico de arte Marcus Lontra, curador do Prêmio de Artes Plásticas Marco Antonio Vilaça, visita o ateliê de Sérvulo, que será o artista homenageado dessa referenciada premiação em 2016, promovida pela CNI, SESI e FUNARTE.  Este prêmio concederá ao artista a realização de uma grande exposição em 2017 no MUSEU BRASILEIRO DA ESCULTURA, em São Paulo, cuja vinda de Lontra oficializa a comunicação do Prêmio para iniciar os trabalhos dessa próxima mostra. O crítico também viajará até ao Crato nos dias 06 e 07/10 para conferir a exposição ‘Sérvulo Esmeraldo: A Linha, A Luz, O Crato’.

Sérvulo Esmeraldo ganha ainda uma mostra histórica na Frieze Masters, Feira de Arte de Londres, que segue de 05 a 09 de outubro, organizada pela britânica Sicardi Gallery. Ainda, outra Retrospectiva de Sérvulo Esmeraldo (respaldando o período europeu de 1957-1975)  acontecerá em Basel, na Suiça, tomando a Galerie  Vallesi a partir da inauguração no dia 28 de novembro.

 

SERVIÇO

 

Exposição Sérvulo Esmeraldo: A Linha, A Luz, O Crato

Data: Em cartaz até 15/10/2016

Local: URCA – Universidade Regional do Cariri – Campus Pimenta – Rua Cel. Antônio Luís, 1161 – Pimenta – Crato (CE) e Encosta do Seminário, em frente ao Seminário Diocesano São José.

Visitação: Até 15 de outubro, de segunda a sábado, das 08h às 21 horas.

Exposição com visitas guiadas com monitores: das 08 às 11h; de 14 as 17 e de 18h30 às 21h.

Contatos: Pró-Reitoria de Extensão da URCA: (88) 3102.1200proex@urca.br

 

11:32 · 27.09.2016 / atualizado às 11:33 · 27.09.2016 por

Continua até o próximo dia 15 de outubro a exposição ‘Sérvulo Esmeraldo: A Linha, A Luz, O Crato’, um marco na trajetória artística do autor, de âmbito nacional e internacional, e a segunda grande mostra do seu trabalho, em sua cidade natal. O evento foi aberto com a presença do artista, intelectuais e autoridades da região e ocorre na comemoração dos 30 anos da URCA e 88 anos do artista.

São 58 peças expostas, algumas delas inéditas, distribuídas na URCA, no campus do Pimenta, além de três monumentais trabalhos que permanecem à frente do Seminário São José, na Encosta do Seminário, onde Sérvulo estudou na sua Infância. A exposição é uma das maiores já realizadas em Crato, e tem curadoria de Dodora Guimarães, esposa de Sérvulo.

Ela afirma que, primeiramente, a ideia era fazer uma exposição que desse conta da produção do artista, já que era tão almejada por ele, e que fosse uma mostra significativa do seu trabalho. “Uma exposição é sempre dependente do espaço que a acolhe. Então, levou-se muito em conta a área disponível na URCA e da Encosta do Seminário”, diz. A ideia era mostrar a obra pública do artista e o espaço que mais se adequaria seria o da Encosta, até mesmo por ter o vínculo histórico importante. Na URCA, as áreas abertas foram privilegiadas.

“O Sérvulo tem um trabalho voltado para a arte pública. Tem um pensamento da obra ser interativa e esse foi o fio condutor para a nossa escolha”, afirma. Ela destaca a importância do evento por fazer parte de um sonho do artista, que começou no casarão da Bebida Nova, onde o ele nasceu.

O Reitor da URCA, Patrício Melo, destacou a arte como revolucionária e com o poder de transformar as pessoas. “Produz projeções físicas e no imaginário. É indispensável”, ressalta. Ele falou do retorno de Sérvulo Esmeraldo à sua terra natal para realizar a sua segunda grande exposição.

O homem que lembra da cor do traçado da linha do horizonte que envolvia o seu universo infante e suas belezas, traz a sua observação milimetricamente detalhada, em forma de uma coleção de imagens.  Cada uma delas, com sua história, uma biografia. São apresentadas esculturas, relevos, gravuras e desenhos inéditos da série ‘Suíte Araripe’.

Sérvulo morou e trabalhou em São Paulo, Paris e, atualmente, em Fortaleza. Expôs nas principais feiras e salões de artes pelo mundo. “Um inventor”, como define o pesquisador e escritor Gilmar de Carvalho. “Traz dentro de si a inquietude que se traduz em criação. Formou, ao longo da vida, um repertório diversificado e domina técnicas com as quais faz arte”, elogia.

 

A exposição conta conta com obras do artista na URCA, no campus do Pimenta, e na Encosta do Seminário, em Crato. Foto Elizangela Santos
A exposição conta com obras do artista Sérvulo Esmeraldo na URCA, no campus do Pimenta, e na Encosta do Seminário, em Crato. Foto Elizangela Santos