Busca

Tag: homicídio


13:23 · 14.07.2018 / atualizado às 03:53 · 15.07.2018 por
Os tiros penetraram pela janela lateral do carro e pelo para-brisas. (Foto: VC Repórter)

Juazeiro do Norte. O empresário Francisco Pereira da Silva foi assassinado, na manhã deste sábado (14), na Avenida Leandro Bezerra de Menezes – no Anel Viário. Segundo testemunhas, ele seguia no sentido Juazeiro – Crato, dirigindo seu veículo, modelo Land Rover na cor prata, quando outro carro se aproximou e os ocupantes efetuaram disparos.

Os tiros penetraram pela lateral do veículo e pelo para-brisas, atingindo o empresário, que seguia ao volante. A vítima perdeu o controle do carro, que desceu no barranco, parando a 50 metros da rodovia. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi até o local, mas Francisco já estava morto. A Perícia esteve no local. Este é 54º homicídio na Terra do Padre Cícero. O terceiro no mês de julho.

A vítima perdeu o controle e veículo caiu no barrando, ao lado da rodovia. (Foto: VC Repórter)

O empresário Francisco Pereira da Silva era proprietário da FP Construções e Empreendimento Imobiliários, que possui uma série de terrenos em Juazeiro do Norte e Crato e foi responsável pela construção de muitos loteamentos na Terra do Padre Cícero. No entanto, a empresa está envolvida em alguns processos jurídicos.

ACP

Em janeiro deste ano, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) propôs uma Ação Civil Pública com pedido de medida liminar para reparação de danos materiais e morais sofridos por centenas de consumidores que firmaram contrato de compra e venda de terrenos, no Loteamento Conviver Juazeiro VII. Em alguns casos, os imóveis residenciais já haviam sido construídos.

Segundo o MPCE, a FP Construções e Empreendimentos Imobiliários junto da AG Imobiliária e Julierme Teles Alves criaram um negócio jurídico sem previsão legal, que se assemelhou a uma venda em pirâmide. A AG Imobiliária transferia a posse dos lotes para pessoas físicas ou jurídicas, denominadas “clientes construtores”, que, por sua vez, os revendia a terceiros com a promessa de construir casas nos terrenos.

No entanto, a construção das casas dependia do pagamento fornecidos pelos consumidores prejudicados. Embora os consumidores tenham efetuado entrega o dinheiro, as residências não foram construídas, assim como existia lote com promessa mais de um comprador.

Diocese

Além disso, FP Construções e Empreendimentos Imobiliários trava uma batalha judicial com a Diocese de Crato, desde 2011. A disputa gira em torno de um terreno próximo ao limite entre Crato e Juazeiro do Norte, originalmente propriedade do Padre Cícero. A Igreja alega que o padre Murilo de Sá Barreto, falecido em 2005, vendeu, no final dos anos 1990, parte da área imobiliária no valor de R$ 200 mil e o restante deveria ter continuado na posse da Igreja. No local, há o loteamento Sítio Vila Real II, que mede 746.000 m². Em 2002, uma procuração assinada por padre Murilo e registrada em cartório, deu plenos poderes para Francisco Pereira vender as terras.

13:59 · 22.10.2017 / atualizado às 21:09 · 22.10.2017 por
Veículo foi atingido. Além do casal, duas crianças estavam no carro. (Foto: VCRepórter)


Juazeiro do Norte. 
Na manhã deste domingo (22) um duplo homicídio foi registrado na Rua Rua Guilherme José Bezerra, no bairro Campo Alegre. As vítimas, o comerciante Erialdo Araújo Feitosa, de 46 anos, e sua esposa, a professora Jussara Maria Feitosa, 44, foram alvejados a tiros e morreram no local. Uma criança de três anos, neta do casal, também saiu ferida, atingida no tórax. Ela foi socorrida para o Hospital Regional do Cariri e, em seguida, transferida para o Hospital São Vicente de Paulo, em Barbalha.

O casal trafegava num veículo, Kia Besta na cor prata, junto com duas netas, quando foram surpreendidos com os tiros. Jussara morreu dentro do carro, enquanto Erialdo tentou fugir, mas foi atingido e tombou na rua. A outra criança conseguiu escapar. A polícia foi ao local e já encontrou as duas vítimas mortas e a criança lesionada sendo socorrida.

A menina de três anos, atingida no tórax, passou por cirurgia no Hospital Regional do Cariri e seguiu para Hospital São Vicente de Paulo, em Barbalha. A criança se encontra na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica, mas tem seu estado de saúde estável. Ela chegou a acordar, mas continua em observação por segurança da equipe médica.

Motivação

Segundo testemunhas, o casal trafegava no bairro para cobrar uma dívida da venda de um imóvel. O suspeito, possível credor do comerciante, atirou primeiro no veículo, onde se encontrava Jussara e as netas. Em seguida, atingiu Erinaldo, que morreu a cerca de 30 metros do carro. A Polícia Civil informou que já tem um suspeito e ele está sendo investigado.

Natural de Caririaçu, Erialdo Feitosa foi candidato a vereador na última eleição, concorrendo pelo Partido Popular Socialista (PPS) e conquistou 111 votos. Anteriormente, o comerciante já havia disputado a vaga na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte por três vezes. Ele chegou a assumir uma cadeira em 1997, por quatro meses, já que era suplente da chapa.

Este é o segundo duplo homicídio registrado em outubro no bairro Campo Alegre, em Juazeiro do Norte. No dia 8, Cícero Alisson Fernandes Gomes, o “Cição”, e Rogério de Matos Ferreira, ambos de 31 anos, foram assassinados a tiros no local. Segundo testemunhas, os crimes foram praticados por quatro homens, que chegaram em duas motocicletas e efetuaram os tiros.

23:45 · 25.09.2017 / atualizado às 09:28 · 26.09.2017 por
No interior da casa, dois homens foram assassinados. Já no lado de fora, um adolescente também foi morto. (Foto: VC Repórter)

Juazeiro do Norte. Na noite desta segunda-feira (25), por volta das 20h, um triplo homicídio aconteceu no bairro Frei Damião, em Juazeiro do Norte. As vítimas são três adolescentes, de 16 anos, que não tiveram suas identidades reveladas. Mas, informações preliminares da Polícia Militar dão conta de um deles era adolescente.

Segundo testemunhas, as vítimas estavam reunidas na sala de uma casa na Rua Vicente Barbosa de Melo, quando foram surpreendidas com os disparos. Duas pessoas chegaram de motocicleta, o passageiro desceu, entrou na residência e efetuou os tiros. Um deles chegou a fugir a pé, mas foi perseguido e alvejado.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi chamada, mas já encontrou os três homens sem vida. Segundo a Polícia Militar, os criminosos usaram uma pistola de calibre 380. As família das vítimas, no fim da noite, foram até a Delegacia Regional de Juazeiro do Norte (20ª Região) registrar o boletim de ocorrência.

A cidade de Juazeiro do Norte registra 13 assassinatos neste mês de setembro. Já são 109, apenas, em 2017 no Município.

 

 

10:55 · 29.05.2017 / atualizado às 09:17 · 30.05.2017 por

Barbalha. Horas após o hasteamento do Pau da Bandeira, ato que marcou a abertura oficial dos festejos alusivos a Santo Antônio, padroeiro do Município, um homem foi assassinado com um tiro na testa, na Avenida Coronel João Coelho, no Marco Zero, centro de Barbalha.

De acordo com a polícia, Wescley Lima Pereira, de 24 anos, teria se envolvido em uma discussão quando seu desafeto sacou uma arma e efetuou um único tiro contra o jovem, que teve morte imediata. O crime aconteceu por volta das 23 horas.

Wescley residia na cidade do Crato e trabalhava em uma rede de farmácias. Ele não tinha passagens pela polícia. O homicida ainda não foi preso ou identificado.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

10:14 · 17.05.2017 / atualizado às 10:22 · 17.05.2017 por
Cícero Frazão confessou ter assassinado, com 15 facadas, a travesti Ketlin

Juazeiro do Norte. O homem suspeito de assassinar a travesti Ketlin, na madrugada do último domingo, dia 14, se apresentou à Delegacia Regional de Polícia Civil deste Município na manhã de hoje. Em depoimento, o servente de pedreiro Cícero Frazão Ribeiro, de 21 anos, confessou o crime e justificou afirmando que agiu em legítima defesa. Ainda segundo o suspeito, a travesti teria tentado agredi-lo com uma faca.

“Ela pegou a faca e disse que ia me matar. Eu tomei a faca e me defendi”, disse. Cícero confessou ainda que estava sob efeito do álcool e drogas. “Usei cocaína e estava bebendo”, acrescentou, sem esboçar arrependimento.

No entanto, para o delegado da divisão de homicídio de Juazeiro do Norte, Giovane Aquino, a hipótese de legitima defesa está descartada. “Era o Cícero quem estava portando a faca. E quem quer se defender, não golpeia por 15 vezes outra pessoa. Não foi legitima defesa, ele está apenas com um arranhão no braço”, pontuou.

O sargento Geová Souza foi o responsável pela condução de Cícero Frazão da sua residência, localizada no bairro Triângulo, até a Delegacia. Segundo o PM, o suspeito já conhecia a vítima e tinha o costume de frequentar o local em que ocorreu o homicídio, apontado como ponto de prostituição. “Ele nos confessou que já tinha bebido outras vezes com a travesti. Na noite do crime, Cícero disse que estava bebendo e quando passou pelo local, atrás da rodoviária, encontrou Ketlin. Eles teriam discutido e depois Cícero a matou”, explicou.

Após prestar depoimento, o servente de pedreiro foi conduzido para exame de corpo de delito na Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e, em seguida, liberado. “Não há flagrante, nem mandado de prisão, por isso a liberação do suspeito”, justificou o Delegado, ao acrescentar que o mandado pode ser expedido a qualquer momento.

O Crime
A travesti Ketlin, de 31 anos, com nome de registro Francisco Carlos de Miranda, foi morta com 15 golpes de faca na madrugada do último domingo, atrás da rodoviária de Juazeiro do Norte. A vítima morreu no local, antes mesmo da chegada do resgate médico.

Violência
Nos primeiros meses deste ano, três assassinatos de travesti tiveram ampla repercussão diante da crueldade dos crimes . Em fevereiro, Dandara dos Santos foi brutalmente assassinada a golpes de pedra e pauladas. O crime foi filmado e divulgado nas redes sociais.

Hérica Izidória foi outra vítima de homofobia em Fortaleza. A travesti foi espancada e jogada de um viaduto. Priscila foi outra assassinada na capital cearense no primeiro trimestre de 2017. Após os crimes, foi assinado decreto determinando o atendimento de travestis e transexuais nas Delegacias da Mulher de todo o Estado.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

10:33 · 24.04.2017 / atualizado às 10:34 · 24.04.2017 por

Crato. Nem mesmo o grande movimento de pessoas no centro da cidade durante o primeiro dia letivo da semana intimidou a ação ousada de um homem, ainda sem identificação, que assassinou friamente o topiqueiro Francisco Josué da Silva, de 30 anos, conhecido como Jorge da Topic. A vítima tinha acabado de parar seu veículo na rua Tristão Gonçalves, próximo a agência dos Correios, no centro, quando foi surpreendida pelo assassino.

O homem se aproximou pelas costas e efetuou um único disparo contra a cabeça de Jorge, que teve morte imediata. O atirador fugiu em uma motocicleta. A polícia ainda não tem pistas da motivação do homicídio. Jorge não tinha passagens pela polícia. Ele trabalhava na Cooperativa de Transportes Alternativo (COOPERMISTO) e fazia a linha do Baixio do Muquém e regiões próximas, ao centro do Crato.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

10:30 · 04.01.2017 / atualizado às 10:30 · 04.01.2017 por
Foto: Arquivo/Diário do Nordeste
Foto: Arquivo/Diário do Nordeste

Juazeiro do Norte. A rotina de homicídios neste município continua. Ontem, dia 03, foi registrado o quinto assassinato em 2017. Era por volta das 13 horas quando o jovem Igor Bezerra da Silva, de 19 anos, foi atingido om vários tiros na calçada de sua residência, no bairro Pio XII. De acordo com a polícia, o crime teria sido cometido por dois homens que trafegava em um carro branco. Assim como as primeiras vítimas do ano, Igor também respondia por vários crimes, dentre eles roubos e tráfico de droga.

>>Juazeiro do Norte começa 2017 com média de dois homicídios por dia

Em resposta à onda de violência que se instalou na cidade nas últimas semanas, o comandante do 2º BPM, Tenente Coronel Paulo Hermann Fernandes Macedo, intensificou as ações coordenadas e acompanhadas de perto por ele próprio. Conforme explica, os bairros João Cabral, Pio XII, Santa Teresa e Tiradentes terão atenção especial por terem sido os mais violentos no ano passado. “Por essa razão, o policiamento ostensivo está sendo intensificado nesses locais”, completou.

O ano de 2016 terminou com elevação no número de mortes se comparado a 2015. De acordo com os dados estatísticos do 2º BPM, foram registrados 123 homicídios no período de janeiro a dezembro de 2016, contra 117 crimes dessa natureza em igual período de 2015. Hermann ressalta que, embora tenha havido aumento de homicídios em relação ao ano passado, “houve redução desse tipo de delito em 18 bairros de Juazeiro do Norte incluindo o João Cabral”.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

10:50 · 03.01.2017 / atualizado às 18:09 · 03.01.2017 por
DSC_5966
Foto: Arquivo/Diário do Nordeste

Juazeiro do Norte. O ano é novo, porém os problemas relacionados à violência neste municípios são velhos. 2017 começa assim como terminou o ano anterior, com elevado número de assassinatos. Em apenas dois dias, quatro pessoas foram mortas em Juazeiro do Norte. O último crime, aconteceu na noite de ontem, dia 02, na rua Bela Vista, no Horto, bairro em que não se tinha registro de homicídio há quase um ano e meio.

José dos Santos, de 43 anos, foi morto por dois homens próximo a sua residência. A vítima foi atingida por três disparos de revólver e morreu no local. A dupla fugiu em uma motocicleta e, até o momento, não foi identificada. José, que também era conhecido como “Bagaceira”, já respondia por inúmeros processos.

Virada violenta
Já no primeiro dia do ano, três homicídios foram registrados nos bairros João Cabral, Juvêncio Santana e Romeirão. Todas as vítimas foram mortas a tiros e a polícia descartou a hipótese de ligação entre os crimes. Nenhum suspeito foi preso.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

12:32 · 29.12.2016 / atualizado às 12:34 · 29.12.2016 por
(Foto: WhatsApp)
(Foto: WhatsApp)

Juazeiro do Norte. Dois homens foram assassinados nas últimas 16 horas após um breve ínterim sem registro de homicídios neste município. O primeiro crime aconteceu no final da tarde de ontem (29), no bairro Pio XII. De acordo com a polícia, Rainon Sousa Farias, de 39 anos, foi morto atingido com quatros tiros nas costas. Ele chegou a ser socorrido mas não resistiu aos ferimentos.

Já na manhã desta quinta, o ex-presidiário Cosmo Diego da Silva Correria, de 25 anos, foi morto na porta de sua residência, no bairro Triângulo, com vários tiros. Ele respondia por homicídio e a polícia suspeita que o crime tenha características de acerto de contas. No entanto, nenhuma linha de investigação foi descartada.

Em ambos os crimes, a polícia não identificou, até o momento, nenhum suspeito.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

10:19 · 17.11.2016 / atualizado às 10:22 · 17.11.2016 por

Crato. A Polícia deste município investiga o assassinato de um jovem, morto na noite de ontem, com 16 tiros de pistola. João Natanael Marinho da Silva, conhecido como Natan, estava bebendo em um estabelecimento situado na rua Lavras da Mangabeira, bairro Seminário, quando um homem, encapuzado, invadiu o local e efetuou os disparos.

O jovem foi atingido por 16 tiros e morreu no local. Segundo testemunhas, o atirador teria fugido em um veículo que dava suporte do lado de fora do bar. De acordo com a Polícia, o crime tem características de execução. A vítima respondia por tráfico de droga.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018