Busca

Tag: Missão Velha


09:54 · 29.12.2017 / atualizado às 11:41 · 29.12.2017 por
Bilhete Único pode beneficiar 42 mil pessoas. (Foto: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. Com solenidade, será lançado, nesta sexta-feira (29), às 18 horas, na Praça Padre Cícero, o Bilhete Único Metropolitano no Cariri. Com a implantação, os passageiros que utilizarem as linhas de ônibus metropolitanas pagarão uma única tarifa quando fizerem a integração com outras linhas metropolitanas e também quando fizerem a integração com as linhas de ônibus urbanas de Juazeiro do Norte. O intervalo para realização da integração é de até duas horas.

Diariamente, cerca de 42 mil usuários utilizam o transporte público rodoviário nos municípios de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha e Missão Velha, inseridos na Região Metropolitana do Cariri. Dessa forma, todos eles poderão ser beneficiados com a implementação do programa. O investimento total do Governo é de aproximadamente R$ 6,5 milhões ao ano.

Atualmente, o Bilhete Único Metropolitano está em vigor na Região Metropolitana de Fortaleza, desde o dia 1º de junho de 2016. Ao todo, os números já ultrapassam os 67 mil inscritos e as 9 milhões de viagens.

Com a ampliação do Bilhete Único Metropolitano para a região do Cariri, o Governo do Estado do Ceará e a Secretaria das Cidades, através do DETRAN, reforçam o seu compromisso com a população em oferecer transporte de qualidade com tarifas acessíveis, facilitando o deslocamento e gerando economia no orçamento doméstico de milhares de cearenses.

Na Prática

O benefício é válido para viagens de uma linha de ônibus metropolitana (I) para outra linha de ônibus metropolitana, ou de uma linha de ônibus urbana de Juazeiro do Norte(II) para uma linha de ônibus metropolitana ou ainda de uma linha de ônibus metropolitana para uma linha de ônibus urbana de Juazeiro do Norte.

Ao embarcar no 1º ônibus, o passageiro deverá apresentar o Bilhete Único Metropolitano do Cariri. O pagamento da tarifa é feito normalmente nesta primeira viagem. Após o embarque no primeiro ônibus, ele tem até duas horas para embarcar no próximo ônibus e apresentar o seu Bilhete Único. No momento em que ele utiliza o Bilhete Único no 2º ônibus, realizará a integração dessas viagens sem pagara nova tarifa, viajando gratuitamente neste último percurso.

I – Linhas Metropolitanas – Aquelas que interligam os municípios de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha e Missão Velha
II – Linhas Urbanas – Aquelas que interligam os bairros da Cidade de Juazeiro do Norte

Economia

Atualmente, os passageiros do município do Crato que realizam diariamente viagens de ida e volta iniciam o deslocamento através das linhas de ônibus metropolitanas pagando a tarifa de R$ 2,25 e, ao utilizar as linhas de ônibus urbanas de Juazeiro do Norte, pagam mais R$ 2,20. Assim, o custo total diário de ida e volta é de R$ 8,90.

Com o Bilhete Único Metropolitano do Cariri, os passageiros pagam a tarifa da primeira viagem (R$ 2,25) e realizam a integração com as linhas de ônibus urbanas de Juazeiro do Norte, sem nova cobrança de tarifa. Na volta, eles pagam a tarifa das linhas de ônibus urbanas de Juazeiro (R$ 2,20) e, na integração com as linhas de ônibus metropolitanas, não realizarão nenhum pagamento, tendo o custo total diário de ida e volta de R$ 4,45. Assim, com o Bilhete Único Metropolitano do Cariri, os passageiros terão uma economia diária de 50%.

Na primeira etapa, o Cartão Bilhete Único Metropolitano do Cariri pode ser usado nas linhas de ônibus metropolitanas e nas linhas de ônibus urbanas de Juazeiro do Norte. Na segunda etapa, poderá ser usado também nas vans que fazem o transporte metropolitano e urbano complementar; e na terceira etapa de implementação, no VLT – Veículo Leve sobre Trilhos.

Cadastramento

O cadastramento e o cartão do Bilhete Único Metropolitano do Cariri serão gratuitos. Em 10 dias úteis após realização do cadastro, os passageiros poderão receber o cartão com nome e foto, uma vez que o mesmo é pessoal e intransferível, no ponto onde efetuaram o cadastramento. Idosos e estudantes continuam com os seus benefícios tarifários relacionados ao transporte.

Ponto de Cadastramento

Juazeiro do Norte
Carreta do DETRAN:
Praça José Feijó (Giradouro)
Av. Leão Sampaio / Bairro Triângulo
Estacionamento do recuo da praça em frente ao Hospital Regional do Cariri

Documentos para Cadastro

Os documentos necessários para cadastro no Bilhete Único Metropolitano do Cariri são:
1 – Original e cópia simples da Identidade (RG)
2 – Original e cópia simples do CPF
3 – Original e cópia simples de um comprovante de residência em um dos municípios atendidos pelo Bilhete Único do Cariri (Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha e Missão Velha), em nome do próprio usuário. (caso o comprovante seja em nome de um parente de 1° grau, a comprovação de parentesco será feita com o documento de identidade; e caso seja no nome de um terceiro, tem que ser apresentada a declaração de residência emitida pelo terceiro, afirmando na forma e sob penas da lei, o local de domicílio do usuário)
4 – Realizar a captura de imagem (biometria facial) para efeito de controle.

Linhas integradas pelo Bilhete Único Metropolitano do Cariri

1) Linhas do Sistema Metropolitano do Cariri
38801 – Juazeiro do Norte/Crato via Seminário
38802 – Juazeiro do Norte/Crato via Urca
38803 – Juazeiro do Norte/Barbalha
38804 – Juazeiro do Norte/Missão Velha

2) Linhas do Sistema Urbano de Juazeiro do Norte
01 – Centro/Novo Juazeiro (Via Brejo Seco)
02 – Centro/Tiradentes (Via Centro)
04 – Centro/São Jose (Via Centro)
05 – Parque Frei Damião/Parque São Geraldo (Via Centro)
06 – Parque Antônio Vieira/Aeroporto (Via Centro)
07 – Centro/João Cabral (Via Pirajá)
08 – Centro/Cidade Universitária ( Via Rua São Paulo )
09 – Centro/Cidade Universitária (Via Rua Limoeiro)
10 – Centro/Cidade Universitária (Via Rua Padre Cicero)
11 – Centro/Cidade universitária (Via Av. Cel. Humberto Bezerra)
12 – Centro/Cidade Universitária (Via Rua Rui Barbosa)

15:16 · 25.12.2017 / atualizado às 15:23 · 25.12.2017 por

Jati. Após cumprir agenda mais cedo, em Crato, no lançamento do BPRaio, o governador Camilo Santana esteve, na tarde do último sábado (23), visitando o Cinturão das Águas do Ceará (CAC). Antes disso, de helicóptero, o Chefe do Executivo cearense foi até Salgueiro (PE), acompanhar a Transposição do Rio São Francisco. Preocupada com a chegada das águas do ‘Velho Chico’ ao açude Castanhão, a Secretaria de Recursos Hídricos (SRH) corre para  concluir eixo emergencial de 53 km.

Camilo pousou em Jati e acompanhou os lotes em construção, de carro, até Missão Velha. Lá, conheceu o Riacho Seco, que levará água até o Rio Salgado, depois de percorrer cerca 13 km. Por gravidade, ela chegará até o Açude Castanhão, através do Rio Jaguaribe. Hoje, o reservatório que abastece Fortaleza tem menos de 3% de sua capacidade. A expectativa é de que pudesse dobrar o volume atual com o recurso hídrico do Rio São Francisco, numa vazão de 12 metros cúbicos por segundo.

Leia Mais: Cinturão das Águas aguarda transposição do Rio São Francisco

Com 68% concluído, o eixo emergencial se concentra nos lotes 1, 2 e 5, do Trecho 1 do Cinturão das Águas. A previsão é que seja concluído em maio 2018. Por outro lado, as chuvas podem atrapalhar o cronograma da obra e o Cinturão das Águas apresenta um número reduzido de trabalhadores e equipamentos. De toda primeira etapa, de Jati à Nova Olinda, com 149 km, pouco mais da metade foi feito.

Chuvas podem atrapalhar o cronograma da obra. (Foto: Antonio Rodrigues)

Até a próxima quinta-feira (28), o Governo do Estado aguarda R$ 65 milhões para o Cinturão das Águas. A verba, do Governo Federal, vem para pagar dívidas com empreiteiras que trabalharam entre outubro e dezembro. O restante do montante, cerca de R$ 22 milhões, será utilizado na obra a partir de janeiro. De acordo com a SRH, reuniões periódicas estão sendo realizadas com o Ministério da Integração Nacional, em Brasília, para garantir o investimento financeiro até o fim da construção.

A Transposição do Rio São Francisco para o Ceará é que continua incerta. Nos canteiro visitado por Camilo Santana, em Salgueiro (PE), a obra que deveria acontecer nos três períodos só está sendo realizada pela manhã. A situação é pior em Penaforte (CE), onde faltam equipamentos e o número de operários é reduzido. O mato já toma conta do eixo central do canal.

18:33 · 20.12.2017 / atualizado às 18:39 · 20.12.2017 por
Decreto irá regulamentar o Bilhete Único no Cariri. (Foto Divulgação/Viametro)

Juazeiro do Norte. Foi divulgada ontem (19), no Diário Oficial do Estado, a assinatura do Projeto de Lei (Nº16.460), que cria o Bilhete Único na Região Metropolitana do Cariri (RMC). O PL, aprovado na última quinta-feira (14), permite a integração dos modais rodoviário e metroferroviário para a população. Com isso, o usuário poderá utilizar os sistemas municipais de transporte, no intervalo de duas horas, pagando somente uma passagem denominada de “Tarifa Metropolitana Integrada da Região Metropolitana do Cariri”. Decreto ainda definirá valor, implantação e a regulamentação do serviço.

No anúncio do projeto, no último dia 28 de novembro, o governador Camilo Santana afirmou que o objetivo é reduzir os custos para quem depende do serviço de transporte na região. “Isso representa uma economia no bolso da população”, reconheceu. “Já beneficiamos milhares de pessoas na Região Metropolitana de Fortaleza e, agora, vamos beneficiar a região do Cariri”, relacionou. Na RMF, o Bilhete Único Metropolitano passou a valer no último dia 1º de junho, interligando os 19 municípios que integram a macrorregião.

Hoje, quem opera o transporte municipal e intermunicipais em Juazeiro do Norte é a empresa Viametro. No dia 1º de outubro, o preço das passagens sofreu reajuste. As linhas entre Crato/Juazeiro, Barbalha/Juazeiro custam R$ 2,25. Já entre as cidades de Missão Velha e Juazeiro e Missão Velha e Barbalha, preço do transporte é de R$4,30 e R$ 2,90, respectivamente. Enquanto o Metrô do Cariri, VLT administrado pela mesma empresa, o valor é de R$ 1.

Os contratos firmados entre as empresas operadoras e o Governo do Estado preveem a correção anual das tarifas, seja através da modalidade de reajuste, que considera os índices inflacionários, ou de revisão, conforme variação dos insumos e parâmetros técnicos sobre os custos da prestação do serviço.

18:55 · 28.11.2017 / atualizado às 18:55 · 28.11.2017 por
Projeto assinado pelo governador agora seguirá para aprovação na AL. (Foto: Divulgação)

Juazeiro do Norte. O governador Camilo Santana assinou, nesta terça-feira (28), Projeto de Lei que cria o Bilhete Único na Região Metropolitana do Cariri (RMC). O PL permite a integração dos modais rodoviário e metroferroviário para a população. Com isso, o usuário poderá utilizar os sistemas municipais de transporte, no intervalo de duas horas, pagando somente uma passagem. A matéria segue para votação na Assembleia Legislativa do Ceará (ALCE), mas o chefe do executivo acredita que será aprovada ainda este ano.

Segundo o governador Camilo Santana, o objetivo é reduzir os custos para quem depende do serviço de transporte na região. “Isso representa uma economia no bolso da população”, reconheceu. “Já beneficiamos milhares de pessoas na Região Metropolitana de Fortaleza e, agora, vamos beneficiar a região do Cariri”, relacionou. Na RMF, o Bilhete Único Metropolitano passou a valer no último dia 1º de junho, interligando os 19 municípios que integram a macrorregião.

Hoje, quem opera o transporte municipal e intermunicipais em Juazeiro do Norte é a empresa Viametro. No dia 1º de outubro, o preço das passagens sofreu reajuste. As linhas entre Crato/Juazeiro, Barbalha/Juazeiro custam R$ 2,25. Já entre as cidades de Missão Velha e Juazeiro e Missão Velha e Barbalha, preço do transporte é de R$4,30 e R$ 2,90, respectivamente. Enquanto o Metrô do Cariri, VLT administrado pela mesma empresa, o valor é de R$ 1.

Os contratos firmados entre as empresas operadoras e o Governo do Estado preveem a correção anual das tarifas, seja através da modalidade de reajuste, que considera os índices inflacionários, ou de revisão, conforme variação dos insumos e parâmetros técnicos sobre os custos da prestação do serviço.

Visita

Após assinar o Projeto de Lei, Camilo Santana anunciou que visitará a região do Cariri no próximo sábado (02) para inaugurar rodovias e acompanhar obras. Uma delas é trecho da CE 292, que liga Potengi a Campos Sales. Além disso, serão inauguradas a estrada que liga o Crato ao distrito de Santa Fé e o Anel Viário. O chefe do executivo também visitará as obras da CE 292, no percurso entre Crato a Nova Olinda e assinará a ordem de serviço para a quarta etapa do Anel Viário, da divisa Juazeiro/Crato até Barbalha.

16:32 · 27.10.2017 / atualizado às 16:33 · 27.10.2017 por

Missão Velha. Após pedido do Ministério Público do Estado do Ceará, o juiz Matheus Pereira Júnior concedeu, no último sábado (20), liminar determinando que a Prefeitura Municipal assuma a gestão do Hospital Geral de Missão Velha e assuma todas as obrigações financeiras já contraídas pela instituição junto a fornecedores e profissionais de saúde.

Por meio da Promotoria de Justiça de Missão Velha, a ação foi motivada pela presença de diversas irregularidades na gestão do hospital, sob a responsabilidade da Associação Comunitária de Promoção e Assistência à Família (Soprafa). O magistrado determinou, ainda, o imediato afastamento da presidente Maria da Salete Januário Pereira da gestão da entidade.

Algumas das ilegalidades encontradas foram: problemas na infraestrutura do prédio, setor obstétrico com equipamentos defeituosos, central de esterilização funcionando de forma precária, sala de vacinação inadequada, ausência de desfibrilador na sala de urgência, ausência de enfermeiro em todos os horários de funcionamento do hospital, inexistência de registro no Conselho Federal de Enfermagem (COFEN) e de licença ambiental, dentre outras. Além disso, a Promotoria de Justiça detectou a ausência de prestação de contas dos recursos públicos recebidos.

Em maio deste ano, a Prefeitura de Missão Velha tinha assumido a gestão do Hospital Geral de Missão Velha. Mas um desentendimento entre o Governo Municipal e o proprietário legal do equipamento, levou a gestão de volta a iniciativa privada, no mês de agosto. No dia 16 deste mesmo mês, o MPCE entrou com uma ação civil pública para que o controle do hospital retornasse ao poder público.

 

10:55 · 29.09.2017 / atualizado às 10:55 · 29.09.2017 por

Potengi. O ataque às duas agências de bancos na madrugada desta sexta-feira (29) em Potengi, por um grupo de 20 pessoas já é o quarto na região do Cariri só este ano. O último aconteceu no mês de julho, quando uma quadrilha de 10 homens explodiu a agência do Banco do Brasil, em Nova Olinda, portando armas de grosso calibre e explosivos. Além delas, duas agências de Missão Velha e uma em Assaré também fora atacadas.

Com os ataques, a população do Cariri Oeste são as que mais sofrem com o fechamento das agências. Segundo o vigilante Manoel de Souza, os moradores de Nova Olinda percorrem até 22 km para Santana do Cariri ou até 44 km, indo ao Crato para utilizar dos serviços. “Esse é um grande problema que temos enfrentado. A casa lotérica não dá conta de pagamentos. Nos primeiros dias do mês temos que ir a essas cidades vizinhas”, explica.

No dia 20 deste mês, o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) anunciou, após reunião com o presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli, que dez municípios do Ceará terão suas agências bancárias reabertas. Aqui na região do Cariri, Assaré e Missão Velha terão recomposição. As outras cidades são Lavras da Mangabeira, Redenção, Ipueiras, Jaguaribara, Milhã, Cedro, Senador Pompeu e Icapuí.

Ataques
Esse já é o 41º ataque a banco registrado no Ceará somente em 2017. O último aconteceu em Novo Oriente, no Sertão de Crateús, há duas semanas, quando uma quadrilha de 15 homens fortemente armados abriu fogo contra a delegacia cidade, explodiu o banco e fugiu levando o cofre principal. Mais uma vez, os bandidos usaram explosivos e armas de grosso calibre.

 

14:39 · 10.06.2017 / atualizado às 18:58 · 10.06.2017 por
Fotos André Costa

Missão Velha. Empreendimento estimado em R$2 bilhões, o Cinturão das Águas (CAC) vai beneficiar mais de oito milhões de pessoas apenas com a conclusão dos lotes 1 e 2 e o eixo norte, destacadamente na região do Cariri. No entanto, outros três lotes (3, 4 e 5) estão em ritmo acelerado de construção. Neste sábado, o governador do Estado, Camilo Santana (PT), participou da finalização da obra do maior túnel do Cinturão.

O túnel Veneza, neste Município, foi cavado em duas frentes de serviço, de lados opostos e, hoje, aconteceu o acionamento dos explosivos que uniu os dois pontos. Com a junção dos lados, o túnel passa a ser o mais longo da obra para a passagem das águas, com 2.322,36 metros de comprimento. O túnel faz parte do Lote 5 do Trecho I do CAC.

Túnel do lote 5, em Missão Velha, é o maior do CAC, com quase 2,4km de extensão (Foto André Costa)

Com esta etapa finalizada, já são 53 km de obra concluídos, que vão permitir a entrada das águas do rio São Francisco para, através do Riacho Seco, chegar ao açude Castanhão com maior eficiência. O Lote 5 é composto por nove túneis e por canais, com cerca de 6 km de extensão e previsão de conclusão para dezembro de 2017. “Esse é um trecho muito importante para o CAC. É uma engenharia complexa, de alta tecnologia, com máquinas estrangeiras, mas que estamos operando dentro do que foi previsto. Por mês, estamos liberando cerca de R$ 30 milhões para cumprir o cronograma”, pontuou Camilo.

Para o chefe do executivo, o CAC é um projeto de suma relevância que, ao lado da Transposição do Rio São Francisco, vai abastecer diversas regiões do Estado, incluindo a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). “Essa obra, quando pronta, vai contribuir muito para a situação hídrica do Estado. Apesar de ter chovido em torno da média, os reservatórios principais não conseguiram pegar água. O Castanhão, por exemplo, está apenas com 6% de sua capacidade. Então, com a conclusão do CAC, poderemos receber as águas da Transposição. Por isso priorizando o trecho de Jati, que é onde entrar as águas do São Francisco”, acrescentou. O CAC permitirá a transferência de vazões excedentes do PISF não apenas para o Castanhão, mas também para o açude Orós.

Camilo Santana acionou os detonadores que ligaram as duas frentes de serviço do túnel Veneza (Foto André Costa)

Ainda conforme Santana, apesar da diminuição do ritmo das obras entre 2014 e 2015, devido ao contingenciamento dos recursos federais, todos os cinco lotes avançados. O lote 1, que se concentra na área que receberá as águas da transposição, a partir de Jati, deve ser concluso, segundo Camilo, até dezembro e, “oodos os túneis do CAC serão entregues até no máximo o meio do próximo ano”. Para cumprir todos os cronogramas, Camilo ressalta os esforços que estão sendo adotados. Na última terça-feira, dia 06, esteve reunido com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, em Brasília, que autorizou o empenho de R$ 60 milhões para as obras do Cinturão das Águas do Ceará.

De acordo com o secretário dos Recursos Hídricos (SRH), Francisco Teixeira, o objetivo da obra “é aumentar a garantia do abastecimento humano da segunda região mais populosa do Estado”, o sertão do Ceará, com cerca de 720 mil habitantes. A obra do CAC prevê a construção de 1,3 mil quilômetros de canais, sifões e túneis que levarão água, de forma gravitária, isto é, sem necessidade de utilização de estações de bombeamentos, para 12 bacias hidrográficas do Ceará.

Obra está divida em cinco lotes e, quando pronta, vai beneficiar milhões de cearenses (foto André Costa)

Mais informações
Secretaria dos Recursos Hídricos
Endereço: Fortaleza – CE, 60822-325
Telefone: (85) 3110-3995

 

10:01 · 08.05.2017 / atualizado às 10:01 · 08.05.2017 por

O fim de semana foi de festa para os moradores de Jardim e Missão Velha, na Região do Cariri. Isso porque o Governo do Ceará realizou a entrega de brinquedopraças e aparelhos de ginástica. A primeira-dama do Estado, Onélia Leite de Santana, e o secretário-adjunto do Gabinete do Governador, Fernando Santana, participaram da entrega dos equipamentos.

A primeira-dama Onélia Leite de Santana esteve em Jardim e disse que vai continuar trabalhando com foco nas crianças do Estado. “O Programa Mais Infância Ceará foi idealizado para atender as necessidades das crianças do nosso Estado. Hoje, estamos entregando esse espaço totalmente adequado para receber a garotada do município. Mas a ideia é levar para os 184 municípios alguma ação voltada para o desenvolvimento infantil, como a Praça Mais Infância, brinquedocreches e a brinquedopraça”, informou.

Em Missão Velha, o secretário-adjunto do Gabinete do Governador, Fernando Santana, disse que é preciso focar nas crianças para auxiliar na formação pessoal. “É importantíssimo essa sensibilidade da primeira-dama Onélia Leite. Ela, como mãe, pensou logo na primeira infância. Nós temos que ensinar e instruir nossas crianças, pois é a formação delas que está em curso e é a partir do brincar que nossos pequenos aprendem isso”, enfatizou.

A brinquedopraça, espaço voltado para crianças de dois a 12 anos, faz parte das ações do Programa Mais Infância, especificamente do pilar Tempo de Brincar, que assegura o direito das crianças ao desenvolvimento de suas capacidades físicas, cognitivas e psicológicas através do ato de brincar. O novo espaço é cercado e possui uma área de 150m² com brinquedos como casinha dupla com dois escorregadores, casinha dupla com um escorredor, duas gangorras, dois cavalinhos de mola e escorregador com balanço triplo.

O casal Hugo Leal, 25, e Rafaela Alves, 29, que reside em Jardim, levou o pequeno Saulo, de dois anos, para brincar no novo equipamento. “Esse espaço muda muito a rotina das crianças do nosso município, pois, como não tínhamos lugares como esse, elas ficavam muita entretidas na Internet”, afirmou a professora. “Agora, temos um local para passar o tempo, conversar com os vizinhos e ainda divertir nosso filho”, afirmou o agricultor.

Já os equipamentos de ginástica de baixo impacto são aparelhos de alongamento direcionados principalmente à terceira idade e pessoas com deficiência. A ação faz parte do Programa Ceará Acessível e tem a proposta de transformar os espaços públicos em lugares de convivência. Foi o que percebeu o morador de Missão Velha, o aposentado Valdereis Rodrigues Silva, de 74 anos, que disse que “pra manter a idade com saúde é preciso praticar exercício físico” Segundo ele, “os aparelhos de ginástica vieram para auxiliar nesse cuidado”.

O prefeito de Jardim, Aniziário Costa, destacou a atuação do Poder Executivo. “O Governo do Ceará muito nos orgulha, por ser exemplo para o Brasil de uma gestão bem administrada. E essa atenção dada pelo Estado à infância é muito importante para nosso município”. Quem também parabenizou o trabalho voltado para garotada foi o prefeito de Missão Velha, Diego Gondim. “Quero parabenizar a ilustríssima primeira-dama do Estado, a senhora Onélia Leite, que idealizou esse projeto da brinquedopraça, do Programa Mais Infância Ceará. Foi de uma sensibilidade incrível essa iniciativa, que tem a parceria da prefeitura municipal”, salientou.

A contrapartida das prefeituras é garantir a praça em bom estado de conservação, arborização do local e manutenção dos brinquedos. A população de Crato, Itaitinga, Juazeiro do Norte e Caririaçu já foi contemplada com o equipamento. Ao todo, 40 brinquedopraças serão entregues neste ano pelo Governo do Ceará.

09:30 · 17.03.2017 / atualizado às 09:40 · 17.03.2017 por
Em Juazeiro do Norte amanheceu mais uma vez chovendo. A chuva de 31 milímetros deixou novamente algumas ruas alagadas durante a manhã desta sexta-feira (Foto André Costa)

Juazeiro do Norte. Choveu em mais de cem municípios cearenses nas últimas 24 horas conforme dados do boletim diário da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Todas as regiões do Estado foram banhadas, com destaque para o Cariri, Litoral Norte e Sertão Central. Os três maiores volumes foram observados nestas regiões. Missão Velha, com 74 milímetros, liderou, seguido por Cruz (56 mm) e Ibaretama (56 mm).

Na região da Ibiapa, a cidade de Pires Ferreira teve o maior índice, com 51 mm. Na Jaguaribana, o município de Jaguaretama liderou com 33.4 mm e no Maciço do Baturité, Redenção, com 50.4 mm, foi o destaque. Já no Cariri, além de registrar a maior chuva do Estado, outros 15 municípios foram banhados pelas chuvas.

Este é o quinto dia consecutivo que amanhece chovendo na região. Abaiara (38 mm), Juazeiro do Norte (31 mm), Cariús (31 mm), Jucás (20 mm), Barbalha (18 mm) e Crato (16.4 mm), foram as cidades com maiores índices pluviométricos das últimas horas no Cariri. A previsão para hoje, segundo a Funceme, é de nebulosidade variável com eventos de chuva ao longo do dia no maciço de Baturité e nos litorais do Pecém e Fortaleza. Nas demais regiões, céu nublado com chuva. O fim de semana também deve ter chuvas isoladas em todo o Estado.

Açudes
Ainda que esteja em situação crítica, o nível dos reservatórios cearenses continua a apresentar elevação com as chuvas de março. Segundo dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Estado do Ceará (Cogerh), o volume subiu de 8,06% na quarta-feira para 8,5% nesta sexta. Já são quatro açudes sangrando: Acaraú Mirim, em Massapê; Caldeirões, na cidade de Saboeiro; Maranguapinho, em Maranguape; e o Tijuquinja, na cidade de Baturité. Em contrapartida, outros 123 reservatórios ainda estão com volume inferior a 30%.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

18:37 · 03.03.2017 / atualizado às 18:37 · 03.03.2017 por
Clique para ampliar

Juazeiro do Norte. Acadêmicos deste município desenvolveram um aplicativo cujo objetivo é maximar a venda de produtos dos agricultores da região do Cariri. Segundo os alunos, o “Du Sítio” é o primeiro aplicativo social para venda de produtos agrícolas. “Ele liga produtores diretamente aos consumidores diminuindo os custos agregados aos produtos e garantindo sua procedência”. Os produtos são entregues na casa do consumidor ou no estabelecimento comercial e o pagamento é realizado apenas quando o consumidor recebe o produto. “Desta forma é ainda mais segura a comercialização”, acrescentam.

Os jovens integram o time Enactus Leão Sampaio, um projeto internacional sem fins lucrativos presente em 36 países, que é formado por estudantes, acadêmicos e líderes de negócios que estão comprometidos a usar o poder da ação empreendedora para promover o desenvolvimento comunitário através de projetos sociais que visam o desenvolvimento econômico, social e ambiental das comunidades.

A aplicativo foi criado a partir de dois projetos desenvolvidos pelos jovens. Segundo conta, o “Viver de Terra” e o “Sonhos de Maria” foram os propulsores do app “Du Sítio”. O “Viver de Terra”, projeto que é realizado na comunidade do sítio Salobra, em Missão Velha, tem o objetivo de capacitar agricultores para a produção de frutas, hortaliças e peixes de forma sustentável, através do uso de materiais recicláveis e de alternativas naturais para o plantio, auxiliando assim, na redução dos impactos ambientais causados por essas atividades.

Já o “Sonhos de Maria”, que tem seu foco voltado para a capacitação e o empoderamento de mulheres também residentes da comunidade do sítio Salobra, surgiu para minimizar o desperdício de alimentos no transporte e pós-venda dos produtos do Projeto Viver da Terra, que chegavam à cerca de 30%, foi implantada a cozinha Sonhas de Maria, que produz 20 produtos diferentes, tais como: bolos, doces e salgados.

Atualmente o aplicativo está em funcionamento apenas na cidade de Juazeiro do Norte, mas os alunos já estudam a expansão para as demais cidades do Cariri.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br