Busca

Tag: Nova Olinda


15:43 · 30.05.2018 / atualizado às 15:43 · 30.05.2018 por
Os três são acusados de enriquecimento ilícito. (Foto: Divulgação)

Nova Olinda. O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) ajuizou, no último dia 9 de maio, uma Ação Civil Pública pela prática de ato de improbidade administrativa em desfavor da ex-vereadora Rita Maria de Luna Albuquerque; da ex-secretária de Educação Vanda Lúcia Sampaio de Oliveira; e do servidor público José Allyson dos Santos Silva. Os três são acusados de praticar enriquecimento ilícito. A ação requerida pelo promotor de Justiça da Comarca local, Daniel Ferreira de Lira, pede a condenação nas penas compatíveis previstas no artigo 12, I, da Lei n. 8.429/92.

O representante do MPCE pede, na inicial, a perda dos bens acrescidos ilicitamente ao patrimônio de Rita Maria de Luna Albuquerque, ou seja, toda remuneração percebida em razão do exercício do cargo de vereador de 2004 até 2016, devidamente corrigidos monetariamente e acrescidos dos juros de mora – o que totaliza R$ 743.660,38. Em valores atualizados até dia 1º de abril de 2018, data do efetivo pagamento, cujo valor será liquidado ao longo do presente feito ou, subsidiariamente, de qualquer outro cargo público, seja o de professora ou de agente administrativo, ilegalmente recebido.

Solidariamente, a ação do MPCE pede a condenação de Vanda Lúcia Sampaio de Oliveira e José Allyson dos Santos Silva no ressarcimento integralmente do dano causado ao patrimônio público, consistente na devolução aos cofres de toda remuneração percebida em razão do exercício do cargo ilegalmente acumulado pela demandada Rita Luna, a partir de 19 de setembro de 2013, quando expressamente se recusou a fazer o desligamento da servidora, tudo devidamente corrigido monetariamente e acrescido dos juros de mora, até a data do efetivo pagamento.

Pena

Caso os pedidos sejam deferidos, a condenação também implica na perda de eventual função pública; na suspensão dos direitos políticos, pelo prazo de oito a dez anos; pagamento de multa civil de até três vezes o valor do enriquecimento ilícito mencionado, acima, correspondendo nesse momento inicial ao montante de R$ 2.230.981,14; na proibição de contratar (inclusive convênios) com o poder público ou de receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócia majoritária, pelo prazo de dez anos.

06:00 · 10.05.2018 / atualizado às 00:11 · 10.05.2018 por
O Museu de Paleontologia Plácido Cidade Nuvens foi recém reinaugurado com novos espaços de exposição. (Foto: Divulgação/URCA)

Juazeiro do Norte/Santana do Cariri. As comemorações da 16º Semana de Museus terá ampla programação no Museu de Paleontologia, em Santana do Cariri, no Memorial Padre Cícero, a partir da próxima semana, começando terça-feira (15) e encerrando no sábado (19). A celebração será realizada pelo Geopark Araripe, em conjunto com a Fundação Memorial Padre Cícero, o Museu de Paleontologia Plácido Cidade Nuvens (MPPCN) e o Instituto José Marrocos de Pesquisa e Estudos Sócio-Culturais (Ipesc/Urca).

A programação tem início às 8h com palestras, visitas a geossítios, espetáculo teatral, show e oficina em Santana do Cariri. Já em Juazeiro, haverá palestra e mini-curso. No  auditório do GeoPark, haverá uma palestra do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

Com o tema “Museus Hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”, a 16ª Semana de Museus é promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) em comemoração ao Dia Internacional de Museus, no próximo dia 18 de maio.

Programação

Local: Museu de Paleontologia Plácido Cidade Nuvens 

15 de maio (terça-feira) 17h às 18h – Galeria Térreo do MPPCN

Abertura: Exposição temporária Gigantes do Cariri. Idealizada pela Shanadú Ateliê Escola , a exposição de paleoarte apresenta esculturas e pinturas de algumas espécies de pterossauros e dinossauros que viveram na Região do Cariri.

19h às 20h- Espaços expositivos

Show Musical: Acorde aos fósseis. Apresentação de música instrumental nas galerias do Museu.

15 a 20 de maio, das 10h às 11h- Espaços Expositivos

Visita Mediada: Exposição permanente do MPPCN- Conhecendo os fósseis do Cretáceo.

16 de maio (quarta-feira), 14h às 16h- Auditório do MPPCN

Palestra: Nova Museologia e o Museu do Padre Cícero. Apresentação do projeto museológico desenhado pela pesquisadora Ana Claudia Souza.

17 de maio (quinta-feira), 14h às 16h- Auditório do MPPCN

Palestra: Peixes fósseis da Bacia do Araripe: conhecendo os grupos de peixes e identificado suas características. José Lucio e Silva e Thatiany Alencar Batista.

17 de maio (quinta-feira), 8h às 14h- Chapada do Araripe- Santana do Cariri

Caminhada Ecológica: Trilha na mata e no Geossítio Parque dos Pterossauros. Apresentação das formações geológicas da Bacia do Araripe e recolhimento de lixo.

17 de maio (quinta-feira), 17h às 18h – Salão principal MPPCN

Espetáculo Teatral: O Inspetor Geral – Versão do texto de Nikolai Gógol montado pelo Grupo de Pesquisa LaCirCe do Centro de Artes da URCA. Adaptação: Cecília Raiffer e Luiz Renato Moura.

18 de maio (sexta-feira),  08h às 13h – Distrito de Palmeira e Geossítio Pontal da Santa Cruz

Oficina: Museu Ampliado: visita a duas comunidades da região de Santana do Cariri. O objetivo é levar aos moradores da região uma atividade de interação com o MPPCN.

18 de maio (sexta-feira),  14h às 16h – Auditório do MPPCN

Palestra: Plano museológico: elaboração, monitoramento e reelaboração. Com Cristina Rodrigues Holanda, Presidente da Fundação Memorial Padre Cícero. Diferenças entre “museus” e “coleções visitáveis” conforme legislação brasileira. A obrigatoriedade do Plano Museológico para o funcionamento dos museus públicos e privados no Brasil. A elaboração de um Plano Museológico e as possibilidades de sua reestruturação.

18 de maio (sexta-feira),  17h às 18h – Auditório do MPPCN

Cerimônia: “O Bom Filho a Casa Torna”. Repasse oficial de quatro holótipos fósseis ao acervo do MPPCN. Importantes espécies descritas por pesquisadores da URCA e outras universidades brasileiras. Palestra “A importância de holótipos para os acervos de museus de ciências”. Doutores: Álamo Saraiva, Flaviana Lima e Renan Bantim.

18 de maio (sexta-feira),  9h às 12h – Saída: MPPCN

Visitação: Memorial do Homem Kariri. Excursão do educativo do Museu de Paleontologia à cidade de Nova Olinda. Os membros do educativo entrarão em contato com as práticas museológicas do Memorial.

15 de maio, 9h às 17h

Local: Auditório do Geopark – Crato

Palestra: Uma rede de museus para o Cariri: desafios e possibilidades*.

Ministrante: Cinthia Maria Rodrigues Oliveira (Coordenação de Museologia Social e Educação do IBRAM – Instituto Brasileiro de Museus).

* Sem inscrições – 120 vagas.

16 de maio (quarta-feira), 8h30 às 12h30; 14h às 17h30

Local: Fundação Memorial Padre Cícero – Juazeiro do Norte

Mini-curso: Introdução à Museologia Social*

Ministrante: Cristina Holanda (Presidente da Fundação Memorial Padre Cícero).

*Inscrições no local

17 de maio,  14h às 17h30

Local: Fundação Memorial Padre Cícero – Juazeiro do Norte

Atividade: Visitas virtuais entre a Fundação Memorial Padre Cícero e Museu do Ceará.

09:03 · 15.02.2018 / atualizado às 09:03 · 15.02.2018 por
O curso será ofertado pelo IFCE Crato. (Foto: Divulgação/IFCE)

Nova Olinda. Será firmado, nesta quinta-feira (15), às 18, no Centro de Eventos José Ariovaldo Sampaio, um convênio entre o Instituto Federal do Ceará, campus de Crato, e a Prefeitura Municipal, para capacitar cerca de 100 professores da rede municipal em um curso de atualização em Língua Portuguesa. O curso terá início ainda é fevereiro. A ideia é que, no futuro, a formação seja ampliada para outros municípios da região do Cariri.

Professor de português e servidor do IFCE no Crato, Augusto Monteiro será o responsável pelas aulas. Segundo Monteiro, o objetivo é contribuir para o aperfeiçoamento do ensino fundamental do município. “O IFCE tem a preocupação de capacitar esses professores para que eles tenham um conhecimento mais aprofundado e mais contextualizado da língua portuguesa. Os professores de ensino fundamental precisam ter outro olhar sobre a língua, principalmente no aspecto da contextualização, para fazer do aluno um participante no processo criativo.”

Ele explica que o curso é composto de 240 horas de aulas práticas e teóricas, influenciadas pelo contexto em que alunos e professores estão inseridos. “É um estudo bem aprofundado da língua portuguesa, mas sem complicação, de modo que, ao fazer o curso, os professores terão um conhecimento maior da teoria que envolve a área”, completa Monteiro.

Com professores mais bem capacitados na rede básica de ensino, os alunos se sairão melhor na sala de aula. Uma boa interpretação de texto, por exemplo, ajuda-os a compreender com mais facilidade o conteúdo e as questões de outras disciplinas, como ciências e matemática.

O diretor-geral do IFCE no Crato, Joaquim Rufino Neto, explica que a atualização em Língua Portuguesa é um curso de Formação Inicial e Continuada (FIC), uma das modalidades de ensino ofertadas pelo instituto. “Ações do tipo devem ser feitas de forma gradativa, por meio desse ‘braço’ do governo federal, no sentido de levar à melhoria da educação de nível básico nos nossos municípios”.

Monteiro e Rufino indicam que a formação deve ainda preparar os professores – e, como consequência, os alunos – para a reforma no ensino. Com a mudança do ensino médio determinada pelo governo federal, as escolas passarão a oferecer, nos dois últimos anos, formação aprofundada em curso técnico ou em áreas eletivas como linguagens e suas tecnologias ou matemática e suas tecnologias, entre outras. Embora o ensino médio não seja responsabilidade da gestão municipal, a preparação no ensino básico é fundamental para os anos seguintes da educação.

A expectativa pelo desenvolvimento do ensino no município é compartilhada pela secretária de educação de Nova Olinda, Ana Célia Matos: “Foi fantástica a iniciativa. Nós professores precisamos estudar bastante e o curso vai fortalecer o conhecimento da nossa equipe de educadores”.

Serviço

Assinatura de convênio entre IFCE Crato e Prefeitura de Nova Olinda

Curso de atualização em língua portuguesa

Quinta-feira (15/02), 18h

No Centro de Eventos José Ariovaldo Sampaio, em Nova Olinda

Rua Alvin Alves, s/n, centro

19:46 · 06.02.2018 / atualizado às 19:46 · 06.02.2018 por
Ao todo, 21 comarcas foram representadas. (Foto: Samuel Macedo)

Juazeiro do Norte. Na última segunda-feira (05), aconteceu uma audiência pública para mobilizar a região do Cariri a criarem, regulamentarem e implementarem, por meio de lei, o Serviço de Inspeção Municipal de Produtos de Origem Animal (SIM). O encontro, realizado no auditório da Faculdade Paraíso, foi convocado pelo  Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da Unidade Descentralizada do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon). Ao todo, participaram representantes de 21 municípios.

Segundo a promotora de Justiça Efigênia Coelho, que é coordenadora do Decon em Juazeiro do Norte, os municípios têm o dever de fiscalizar a produção, processamento e comercialização dos alimentos de origem animal para proporcionar maior qualidade, segurança e higiene dos produtos finais que chegam à mesa dos cidadãos. Para isso, cada cidade deve ter um SIM, com técnicos especializados e espaço físico apropriado para realização das atividades.

O evento contou com palestras  do auditor fiscal Ives Tavares, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), e da gerente auditora da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri), Adrianne Paixão. Nas apresentações, eles ressaltaram a importância do tema para a saúde pública e para a proteção ambiental e reforçaram a necessidade de fiscalização prévia dos alimentos de origem animal e de formalização do SIM, com base no Decreto n.º 9.013/2017, na Lei Estadual nº 11.988/1992, no Código de Defesa do Consumidor.

Como encaminhamento, cada município será notificado para informar à Promotoria de Justiça da sua Comarca quais medidas serão adotadas para implantação do SIM ou se o Serviço já foi implementado. Em caso de resposta afirmativa, eles deverão apresentar lei e decreto de criação e regulamentação do SIM, a equipe que ficará responsável pela inspeção, com médicos veterinários oficiais e auxiliares, qual a estrutura física e laboratório disponíveis, dentre outras ações necessárias ao pleno funcionamento do órgão municipal de inspeção.

Participaram da audiência prefeitos e representantes das Secretarias Municipais de Agricultura, órgãos da Vigilância Sanitária e membros do MPCE, pela unidade do DECON, de Crato, Santana do Cariri, Assaré, Campos Sales, Araripe, Barbalha, Caririaçu, Farias Brito, Missão Velha, Jardim, Milagres, Brejo Santo, Jati, Porteiras, Mauriti, Barro, Ipaumirim, Aurora, Nova Olinda e Antonina do Norte.

10:40 · 31.01.2018 / atualizado às 23:09 · 01.02.2018 por
O reitor da URCA José Patrício Melo, representou o Geopark Araripe no México. (Foto: Divulgação/URCA)

Crato. Entre os dias 21 e 25 de janeiro, aconteceu o 1º Encontro da Rede de Geoparques da América Latina e do Caribe, em El Chico, Comarca de Minera, México. A Universidade Regional do Cariri (URCA) esteve presente, representando o Geopark Araripe, o primeiro das Américas, com o seu reitor, José Patrício Melo. Ele apresentou vídeos institucionais da área, mostrando o reconhecimento do território. No ano que vem, em março, será a vez do Cariri receber o evento.

A apresentação do Reitor esteve pautada nas estratégias educação ambiental e visibilidade, material, cartografia cultural e todo o trabalho político em torno da diversificação, para que os participantes do evento tivessem ideia do que está sendo desenvolvido. “Eles ficaram impressionados com todo o trabalho e a ampla gama de parceiros e as divulgações nas redes” afirmou Patrício. Além disso, ressaltou o alcance do vídeo sobre o GA divulgado em emissora local, com um grande número de acessos.

Em 10 de setembro deste ano, na Itália, o Geopark terá representação durante a Conferência Global de Geoparques. Na ocasião, acontecerá reunião com integrantes das redes. Também esteve participando da viagem, o diretor do Museu de Paleontologia Plácido Cidade Nuvens – URCA, Sérgio Vilaça. Na oportunidade, ele participou, junto com o Reitor, de importantes encontros relacionados a museus, voltados para a preservação de patrimônio científico.

Geoparques

A América Latina conta atualmente com quatro geoparques, dois deles no México (Comarca Minera e Mixteca Alta), um no Uruguai (Grutas Del Palacio) e outro no Brasil, pioneiro com a criação do Geopark Araripe. Durante a reunião, foi realizada a eleição e posse da primeira diretoria, com a elaboração do estatuto da Rede Latino-americana de Geoparks.

Segundo o Reitor, atualmente existem seis candidaturas a geoparques na América Latina, para a Rede Global da Unesco, podendo chegar a 10. A previsão é que haja apenas inscrições do Brasil somente este ano. “Esse foi o objetivo do nosso encontro e a minha fala era sobre o Geopark Araripe”, disse Patrício Melo, que faz parte do Conselho da Unesco.

Muitos projetos relacionados à educação não foram apresentados, mas ele destaca a diversidade de atuação que já vem sendo empreendida. O Reitor esteve participando como membro fundador da rede e palestrante. Foi eleito coordenador o Geoparque da Comarca Minera, no México, Carlos Cane, geofísico, como vice-coordenador, Patrício Melo, do GA. O secretário adjunto e tesoureiro, de Grutas do Palácio, além do vocal, do Mixteca Alta.

No final do encontro, foi realizada reunião para a apresentação dos primeiros resultados durante o encontro e de todos os aspirantes. Aqueles que ainda não apresentaram candidatura à Unesco estão apenas como projetos. O presidente da GGN e representante da Unesco também marcaram presença no encontro.

O Reitor destaca a importância da realização de uma conferência da rede latino americana no Cariri. Para ele, esse encontro foi importante para avanços em várias frentes, com a continuidade das ações, para a organização da rede. O Professor Patrício Melo esteve realizando visitas aos museus, com o diretor do Museu de Paleontologia da URCA, Sérgio Vilaça, e à Universidade Autônoma do México (UNAM), para trocar experiências de trabalho. Foi visitado também o Instituto de Geografia e Geofísica, onde estão sediados os projetos de Geoparque.

Rede

A Rede de Geoparques Mundiais da Unesco para a América Latina e Caribe foi fundada em maio de 2017, pelos quatro Geoparques Mundiais da Unesco. Ela, assim como algumas criadas em contentes como a Ásia e Europa, com construções de redes em sentido regional, se regem por seus estatutos, em consonância e sem prejuízos aos estatutos da Rede Global de Geoparques (GGN).

14:03 · 12.01.2018 / atualizado às 14:03 · 12.01.2018 por
Com o ator Pedro Necerssian, o filme “Tiro no Pé” é um dos destaques do Festival Cine Cariri (Foto: Reprodução)

Juazeiro do Norte. Começa hoje (12) o Festival Cine Cariri, que vai até o próximo domingo (14), exibindo filmes em Crato, Juazeiro do Norte e Nova Olinda. O evento busca difundir a exibição de curtas-metragens locais, regionais e nacionais, em mostra competitiva. Além disso, ele contará com palestras, debates e oficinas. Todas as atividades são gratuitas.

De acordo com o coordenador do Festival, o professor Eduardo Matos, o evento surgiu a partir das aulas de Áudio e Vídeo para estudantes da escola Violeta Arraes, em Crato. A turma de 36 alunos ajudou na produção do Cine Cariri, incluído no calendário da Agência Nacional do Cinema (Ancine). “Criamos como projeto social, mas já queria fazer há alguns anos, faltava coragem. Pedimos ajuda e deu certo”, explica o coordenador.

Para surpresa dos organizadores, o Festival Cine Cariri atingiu 180 inscritos nas categorias profissional, regional e estudantil. Além disso, a mostra reúne também fotografias com o tema “Turismo Sustentável para o Desenvolvimento”. Os melhores curtas-metragens e fotos serão premiados com o Troféu Buruzu. “Recebemos filmes do Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre, por exemplo. É o primeiro festival de curtas do ano. Abre a temporada do cinema no Cariri. Não esperava ter um profissionalismo”, admite Eduardo.

“A valorização é tão grande, mostra que no Cariri tem quem incentive. Eu não sabia que tinha tanta produção grande aqui na nossa região. Mas só em realizar o Festival já um grande feito. Fizemos muitas visitas às escolas e produtores, que disseram que ano que vem querem participar. Quando abre um espaço, o pessoal vai querer concorrer, produzir, cria-se essa vaidade. No próximo ano pode dobrar, triplicar”, acredita Eduardo Matos.

Programação

Cerimônia de Abertura

Sexta-feira (12 de janeiro)

Local: Cariri Garden Shopping

Horário: 19 horas

Exibições em Nova Olinda:

Sexta-feira (12 de janeiro)

Horário: 18 horas

Local: Fundação Casa Grande

Exibições e mostra de fotografia em Juazeiro:

Sábado e domingo (13 e 14 de janeiro)

Horário: a partir das 10 horas

Local: Cariri Garden Shopping

Exibições em Crato:

Sábado (13 de janeiro)

Horário: 10h às 14h30

Local: EEEP Maria Violeta Arraes de Alencar Gervaiseau

Encerramento e entrega do Troféu Buzuru

Domingo (14 de janeiro)

Horário: 19h

Cariri Garden Shopping

13:07 · 28.12.2017 / atualizado às 19:27 · 28.12.2017 por
Após tombar, caminhão gerou várias explosões. (Foto: VCRepórter)

Nova Olinda. Um grave acidente aconteceu na manhã desta quinta-feira (28), por volta das 9h30, na CE-292, que liga o Município até o Crato. Segundo testemunhas, o veículo, que transportava gasolina, perdeu o controle, tombou na curva e, imediatamente, pegou fogo. O motorista, identificado como Francisco das Chagas da Silva Couto, de 42 anos, natural de Tauá, morreu carbonizado dentro da cabine.

A Polícia suspeita que ele tenha ficado sem freios. Ao chegar na curva, tentou desviar de uma van que vinha no sentido oposto, de Nova Olinda a Crato e jogou o veículo fora da pista. Segundo moradores, após tombar fora da rodovia, as chamas começaram, atingindo 20 metros de altura e provocando três grandes explosões.

Por volta das 10h, equipes do Corpo de Bombeiros de Crato e Juazeiro do Norte foram acionadas, tentando evitar que o fogo se alastrasse. Primeiro, as chamas na cabine foram controladas para recuperar o corpo. Em seguida, os homens protegeram outras áreas, já que o produto é inflamável e o combate com água é inviável. Segundo a equipe, neste casos, a ação direta pode gerar outros tipos de explosões.

 

12:28 · 21.12.2017 / atualizado às 12:29 · 21.12.2017 por
Obra já causou 40 minutos de engarrafamento, hoje está com tráfego liberado. (Foto Antonio Rodrigues)

Crato. O trecho da CE-292, que liga o Município até Nova Olinda foi liberado para tráfego a partir desta quinta-feira (21). A medida possibilita que motoristas e visitantes possam percorrer os 38km da rodovia liga as duas cidades, além de Exu (PE), até o dia 03 de janeiro. O objetivo é facilitar o deslocamento na região neste período de festas de fim de ano.

De acordo com o diretor Departamento Estadual de Rodovias (DER), Quirino Ponte, apesar de liberado, os usuário devem manter a atenção redobrada, pois a restauração do trecho ainda está em andamento. A rodovia recebeu sinalização provisória. Com 79% de execução, a obra tem previsão para ser concluída em fevereiro de 2018.

Atualmente, a estrada recebe serviços de pavimentação, revestimento asfáltico e rígido (concreto), drenagem, obras d’arte correntes, sinalizações horizontal e vertical, além de proteção ambiental. A obra faz parte do Ceará de Ponta a Ponta, Programa de Logística e Estradas do Ceará, que prevê melhorias viárias para reduzir o tempo e o custo de transporte, aproximar municípios e ampliar a oferta de serviços à população. Os serviços estão orçados em R$ 75 milhões com recursos do Tesouro Estadual e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

 

10:36 · 04.12.2017 / atualizado às 10:38 · 04.12.2017 por

Juazeiro do Norte. Estão abertas até o próximo domingo (10) as inscrições para o Festival Cine Cariri, que acontece entre os dias 10 e 14 de janeiro, nas cidades de Crato, Juazeiro do Norte e Nova Olinda. O evento busca difundir a exibição de curtas-metragens locais, regionais e nacionais, que compreendam os gêneros: animação, ficção, documentário ou experimental.

O 1º Cine Cariri será composto por palestras, debates, oficinas e mostras competitivas. As atividades relacionadas ao evento acontecerão em diversos pontos dos três municípios e todas serão todas gratuitas. A proposta é abrir um espaço para divulgação e democratização do cinema no Cariri cearense, visando socializar e aumentar a produção local. O Festival também visa o reconhecimento dos profissionais da publicidade, do telejornalismo e envolvidos no audiovisual de forma geral.

O Festival receberá curtas-metragens de até 25 minutos  produzidos por profissionais da área audiovisual, realizados em qualquer estado do Brasil. No entanto, profissionais do Cariri concorrerão numa categoria que premia os trabalhos locais. Também irão competir, filmes realizados por estudantes e fotografias.  Todos os premiados receberão o Troféu Buzuru. Para se inscrever, é só acessar o link. O regulamento você confere aqui.

Mostras competitivas

Mostra Pai D’égua (Categoria profissional)
Serão aceitos curtas-metragens de até 25 minutos (inclusos créditos) produzidos por profissionais da área audiovisual, realizados em qualquer estado do Brasil.

Mostra Mel de Rapadura (Mostra Caririense)
Serão aceitos curtas-metragens de até 25 minutos (inclusos créditos) produzidos especificamente no Cariri cearense de qualquer gênero.

Mostra Cabra da Peste (Categoria Estudantil)
Serão aceitos curtas-metragens produzidos por estudantes, de níveis fundamental, médio e superior, fica permitida especificamente nesta categoria a participação de até dois professores orientadores por projeto audiovisual. Os prêmios serão divididos em três níveis de escolaridade.

Mostra Lambe-lambe (fotografia)
Serão aceitas fotografias com a temática recomendada da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco): “Turismo Sustentável para o Desenvolvimento”. O fotógrafo vencedor da categoria receberá o Troféu Buzuru de melhor fotografia.

20:23 · 26.10.2017 / atualizado às 21:52 · 26.10.2017 por
O incêndio começou no início da noite. (Foto: VCRepórter)

Nova Olinda. No início da noite desta quinta-feira (26), um incêndio de grandes proporções atingiu a Casa Amorim, loja de móveis, que fica na Rua Jeremias Pereira. Os moradores tentaram ajudar a apagar as chamas, mas não foi possível controlá-las. Como não possui equipe do Corpo de Bombeiros, uma viatura da composição de Crato, cidade vizinha, foi acionada. O fogo atingiu a rede elétrica, que afetou o abastecimento de energia no Centro. Não há registro de pessoas atingidas pelas chamas.

As chamas começaram no segundo andar do prédio e se estenderam para os demais andares. Móveis e eletrodomésticos foram atingidos. A Polícia Militar isolou a área e os carros pipa da empresa que atua na reconstrução da CE-192, que liga Crato à Nova Olinda, foram acionados para ajudar a combater o fogo e junto com o Corpo de Bombeiros conseguiram controlar o incêndio.

No início das chamas, os moradores estavam temendo que elas pudessem atingir outras residências vizinhas à loja. Com o controle do fogo, caminhões retiraram parte dos produtos para que o fogo não se alastrasse e diminuísse os prejuízos. Até o momento, não sabem as causas do incêndio. Em breve, mais informações. (Colaborou: Amaury Alencar)