Busca

Tag: operação


11:50 · 25.04.2017 / atualizado às 15:04 · 25.04.2017 por
Foto: Divulgação Polícia Civil

Crato. Uma operação da Polícia Civil desencadeada na noite de ontem, neste município, intitulada “O jogo não acabou”, prendeu um homem e fechou uma casa de apostas, situada na Avenida Padre Cícero, Bairro São Miguel. Paulo Dantas da Silva, conhecido popularmente como Paulo Gordo, foi preso em flagrante e autuado por Contravenção Penal, artigo 50. Com ele, os policiais civis aprenderam materiais de aposta da “Bets 69“, “Bets 99“, “Bets Cariri” e “Bets Nordeste“.

De acordo com os inspetores, a polícia já vinha investigando o crime há cerca de dois meses. “Entramos em contato com os órgãos do Governo Federal e com a Caixa Econômica Federal para atestarmos a irregularidade dos jogos. Ontem a noite, tão logo recebemos o ofício do banco, iniciamos a operação”, disse o inspetor. Segundo ele, os nomes dos policiais envolvidos na operação “O jogo não acabou” não serão divulgados para não atrapalhar o curso das investigações.

“Essa foi apenas a primeira prisão. Já mapeamos vários outros pontos que praticam o jogo do azar, não só no Crato, mas em várias cidades vizinhas e vamos dar prosseguimento a operação nos próximos dias. Como é um esquema que movimenta muito dinheiro, optamos por não revelar nossas identidades para preservar o andamento das intervenções”, disse o inspetor, ao acrescentar que quatro delegados e 20 investigadores do Crato integram da operação.

Conforme explicou, as pessoas envolvidas podem ser indiciadas por sonegação fiscal, gestão fraudulenta, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e funcionamento de instituição financeira sem autorização do Banco Central, contra a ordem econômica, tributária e contra as relações de consumo e jogo de azar.

Ainda segundo os investigadores, será solicitada, junto ao Ministério Público Federal (MPF), a imediata retirada dos sites de apostas. “Vamos enviar um requerimento judicial pedindo a exclusão desses sites”, pontuou o inspetor.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

16:51 · 17.04.2017 / atualizado às 11:46 · 18.04.2017 por

Realizada entre os dias 13 e 16 de abril, a Operação Semana Santa 2017 foi desencadeada em toda a Região do Cariri com o objetivo de garantir a paz e tranquilidade da população durante o feriado prolongado. Entre as principais ocorrências atendidas pela Polícia Militar nesse período estão a apreensão de dez armas de fogo, recuperação de seis veículos com registro de furto/roubo, e três prisões por tráfico de drogas.

Em relação aos crimes contra a vida, foram registrados três homicídios e seis prisões por tentativa de homicídio. Além disso, a Polícia Militar ainda contabilizou o cumprimento de três mandados de prisão em aberto, a ocorrência de cinco acidentes de trânsito e sete prisões por violência doméstica. A cidade de Juazeiro do Norte concentrou os maiores índices de apreensão de armas de fogo, quatro no total, e a recuperação de veículos com registro de furto/roubo, num total de cinco.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

14:55 · 28.03.2017 / atualizado às 14:57 · 28.03.2017 por
Abrigo funcionava em condições insalubres (Foto Divulgação)

Crato. Continua preso o trio acusado de manter idosas e deficientes mentais em um abrigo clandestino que funcionava em condições insalubres na zona rural deste município. Uma denúncia anônima levou os policiais ao Sítio Baixio Verde, local onde 13 mulheres com idades entre 30 e 70 sofriam maus-tratos.

O pastor evangélico, Daniel Gonçalves de Alencar, 44 anos, e sua esposa, Valéria Maria de Oliveira Brito, 46, foram presos em flagrante no último final de semana, além da cuidadora Maria Liliane da Silva, 19 anos.

Além do casal, foi preso uma jovem que atuava como cuidadora (Foto Divulgação)

De acordo com a polícia, todos continuam presos e foram autuados por maus-tratos, carcere privado e retenção dos cartões de benefícios. De acordo com a delegada Wannini Galiza, da Delegacia de Crato, os suspeitos estavam em posse de cartões de créditos pertencentes às mulheres e eram responsáveis. Com eles, os acusados conseguiam sacar os valores dos benefícios das mulheres.

A operação foi intitulada “Cova dos Leões” e contou com apoio de policiais das delegacias de Defesa da Mulher de Crato, Municipal de Farias Brito e Várzea Alegre. O Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizaram o socorro dos idosos.

Vítimas

Uma das mulheres foi encaminhada para uma unidade de saúde da região e permanece internada com vários problemas de saúde. Outra vítima foi atendida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Ela apresentava várias escoriações nas costas, e mordidas de animais nos pés.

De acordo com uma das mulheres do abrigo clandestino, os proprietários não ofereciam nem mesmo itens de limpeza. “A gente vivia em meio aos tapurus”, pontua a idosa. Outras seis mulheres voltaram para casa de parentes e seis estão, temporariamente, em um abrigo na cidade de Juazeiro do Norte.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

11:31 · 23.03.2017 / atualizado às 11:31 · 23.03.2017 por

Juazeiro do Norte. Uma Operação Integrada pelas diversas unidades operacionais da Polícia Militar que atuam neste município, resultou na desarticulação de pontos de venda de drogas na cidade. As ações foram desencadeadas ontem, dia 22, nos bairros Santa Teresa, Timbaúbas e Frei Damião, culminando na apreensão de drogas, dinheiro e aparelhos celulares. Ao final da operação, a Polícia Militar conduziu três mulheres para a delegacia.

A primeira apreensão da Polícia Militar foi realizada no bairro Santa Teresa por volta das 17 horas. Na residência de Maria Luciana Floriano Peixoto, 26 anos, foram localizadas 80 pedras de crack (23 gramas) e a quantia de R$ 275. Três horas mais tarde, as equipes policiais apreenderam 44 gramas de crack, uma pequena quantidade de maconha e a quantia de R$ 144 na residência de Anacelia dos Santos Oliveira, 36 anos, localizada no bairro Timbaúbas.

Já final da noite, as composições militares localizaram no bairro Frei Damião uma residência na qual foram apreendidos 418 gramas de maconha, 500 comprimidos de Ecstasy, uma pequena quantidade de cocaína, balança de precisão e aparelhos celulares. Uma mulher identificada como Anarita dos Santos, 45 anos, foi apresentada à autoridade policial para adoção dos procedimentos legais.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

16:14 · 02.03.2017 / atualizado às 16:19 · 02.03.2017 por

A Operação Carnaval 2017 foi desencadeada no cariri cearense através de um conjunto de ações na área da segurança pública cujo objetivo foi garantir a paz e tranquilidade dos cidadãos durante os festejos mominos. Durante o período de 24 de fevereiro a 01 de março, a Polícia Militar buscou dinamizar as ações do policiamento ostensivo geral operacionalizando ações de segurança em cidades onde ocorreram festividades carnavalescas que reuniram grande número de pessoas.

Neste período, foram dez armas de fogo apreendidas, dez pessoas presas por tráfico de drogas, nove por roubo ou furto, quatro prisões por violência doméstica, três cumprimentos de mandando de prisão e seis veículos roubados foram recuperados. Em relação aos crimes contra a vida, a PM registrou uma redução significativa de 44% no número de homicídios na Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11) durante o período carnavalesco, sendo registrados cinco crimes dessa natureza.

Em Juazeiro do Norte, a redução chegou a 66%, sendo registrado um homicídio. O autor deste delito foi preso e conduzido para a delegacia de polícia civil. O Tenente-Coronel Paulo Hermann Fernandes Macedo, responsável pela fiscalização da Operação Carnaval no Cariri, avalia positivamente os resultados obtidos nesse período e destaca que os trabalhos da Polícia Militar foram intensificados em todas as cidades, mas, especialmente, na cidade do Crato, Barbalha e Antonina do Norte onde ocorreram eventos com um quantitativo considerável de público.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br