Busca

Tag: reforma


08:20 · 16.04.2018 / atualizado às 08:20 · 16.04.2018 por
Parte do projeto de reforma da praça, a rua receberá pavimentação com piso intertravado. (Foto: Samuel Macedo)

Juazeiro do Norte. A Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), informou que, nesta segunda-feira (16), a empresa Coral, responsável pela reforma da Praça Padre Cícero, enviará ofício para o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), solicitando a interdição do trecho da Rua São Pedro, na quadra que fica ao lado da praça. A expectativa é que o órgão realize a obstrução da via até a próxima quarta-feira (18).

A ação tem como objetivo realizar o mesmo serviço que aconteceu na Rua São Francisco, ou seja, a retirada do asfalto e do meio fio, com realização de terraplenagem e reposição da pavimentação com piso intertravado, que faz parte do projeto de reforma do local.

Os agentes de trânsito antes realizarão um estudo de tráfego, para que haja um desvio da rota por ruas alternativas, e os condutores não enfrentem congestionamentos ao passar pela área. Acredita-se que o local possa ser liberado em 15 dias e volte ao normal, tempo de execução dos serviços, caso não tenha imprevistos de ordem técnica e natural.

A obra busca resgatar o traçado original da praça, que já está com 60% executada, e contemplará ainda todo o seu entorno. O Terminal Rodoviário será realocado para o Centro Multiuso e o local onde funciona atualmente será transformado em uma rua com bares e restaurantes, que ainda não foi iniciada.

Todo o trabalho tem o prazo de seis meses a um ano para ser concluído, a contar de janeiro deste ano, mês em que foram iniciados os serviços. Há três meses a obra da praça foi iniciada.

08:13 · 16.04.2018 / atualizado às 08:13 · 16.04.2018 por
Camilo visitou obras no Parque na manhã de sábado. (Foto: Nívia Uchôa)

Crato. Apesar de das obras terem iniciadas desde o mês de janeiro, foi assinada na noite do último sábado (14) a ordem de serviço da reforma e ampliação do Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante, que anualmente recebe a Exposição Agropecuária do Crato (Expocrato). Após a reforma, o local será o maior da área de todo o Brasil ainda em 2018. A solenidade contou com a presença do governador Camilo Santana, que também autorizou a reforma do sistema de abastecimento d’água da cidade.

Orçada em R$ 35 milhões, a expectativa é que a reforma fique, em parte, pronta até julho, para a Expocrato “do jeito que o povo da cidade merece”, disse Camilo. De acordo com governador, a antiga casa do Corpo de Bombeiros, vizinha ao parque, será preservada e se tornará um patrimônio histórico. “Deixaremos esse o maior parque de exposição pecuária do Nordeste. A parte que ninguém conhece vai passar a conhecer, essa áreas de shows vai ficar ainda mais bonita”, completou.

As obras do novo Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante, cujo terreno onde vai ser construído foi conferido de perto pelo governador no turno da tarde, ficarão a cargo da Secretaria da Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seapa). O equipamento terá um total de 21 edifícios, dedicados às diferentes funções, como recepção, boxes para artesanato, sala multifunções/exposições/museu, e uma sala dedicada aos engenhos de rapadura que fazem parte da história local.

Com a reforma, o Parque de Exposições terá duas grandes zonas; a zona do recinto da feira, onde se concentram os edifícios e constitui o principal programa permanente, e a zona de parque/eventos temporários, constituídas maioritariamente por zonas livre e áreas verdes, destinadas a acomodar grandes eventos complementares às boxes dedicadas às exposições e feiras. As obras serão fiscalizadas pelo Departamento de Arquitetura e Engenharia do Ceará (DAE).

Centro Cultural do Cariri

Durante o evento, o governador reforçou a ideia da construção do Centro Cultural do Cariri. “Será algo semelhante ao que o Instituto Dragão do Mar de Arte e Cultura representa para Fortaleza. A ideia é fazer uma grande arena, com teatro, cinema, área de lazer, parque de exposições. Estamos comprando o Teatro Rachel de Queiroz, que iria a leilão. O projeto está lindo, pronto para licitar. E, se Deus quiser, virei aqui em breve para dar a ordem de serviço” anunciou o chefe do Executivo cearense.

Visita a obras

Antes da solenidade, o governador Camilo Santana visitou várias obras na região do Cariri, incluindo a reforma da estrada que liga Missão Velha até Juazeiro do Norte, do teleférico do distrito de Caldas, em Barbalha; a estrada que liga Nova Olinda e Crato; a urbanização do entorno do Horto de Nossa Senhora de Fátima, no Crato; a policlínica e o camelódromo do município. Ele também se comprometeu com a reforma do estádio Romeirão, em Juazeiro.

08:31 · 07.03.2018 / atualizado às 08:32 · 07.03.2018 por
Traçado da praça está sendo resgatado. (Foto Samuel Macedo)

Juazeiro do Norte. A reforma da praça Padre Cícero, realizada pela da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), segue em ritmo acelerado. Prestes a completar dois meses de serviços, a parte de demolição já foi concluída, bem como a instalação dos meio fios dos canteiros.

Agora, está sendo finalizado o meio fio das bordas da praça. De acordo com a secretária de Infraestrutura, Gizele Menezes, 30% do piso em concreto já está concluído. Após essa etapa de trabalho, será inserido o ladrilho hidráulico e realizadas as instalações elétricas. O prazo de conclusão é entre 6 meses e 1 ano, período necessário de resgate do traçado original da praça.

A secretária da Seinfra e arquiteta responsável pela criação do projeto, Gizele Menezes, afirma que a ideia foi fazer um resgate da história, que se deu com fotos antigas, além de depoimentos de pessoas da época e através da memória do Prefeito Arnon Bezerra, que resgatou lembranças da infância e adolescência, quando percorria o espaço. “Esse traçado antigo que a gente resgatou foi o próprio prefeito que fez todo o desenho e, por meio de fotografias, detectamos como era o piso, os bancos e as cores”, disse.

A reforma busca resgatar conceitos originais do espaço histórico, no coração da cidade, tem investimento do Governo Federal, Estadual e Municipal. Ela prevê a criação de uma área de convívio com bares e restaurantes, no local onde atualmente se encontra o terminal rodoviário, que será realocado. Sua revitalização, numa área de 3.143, 11 m² terá diversas intervenções, como nova pavimentação, mudança do layout, iluminação, paisagismo.

Serão utilizados materiais como ladrilho hidráulico, bancos de granilite, postes coloniais e o mesmo desenho urbano da época, com restauração da coluna da hora, além da instalação de novas lixeiras. Já nas ruas contempladas serão realizadas a pavimentação em piso intertravado e a revitalização em outras.

09:49 · 27.02.2018 / atualizado às 09:49 · 27.02.2018 por
Sala no térreo, que viu seu telhado ceder com as chuvas, recebe novo forro. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Crato. A Secretaria Municipal de Cultura está realizando serviços de manutenção na estrutura física do Museu do Crato, na antiga Casa de Câmara e Cadeia, prédio tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).  Algumas salas estão recebendo pintura e a colocação de forro de gesso no telhado. O antigo forro cedeu com as chuvas e as paredes apresentam rachaduras.

Construída em 1877, a Casa de Câmara e Cadeira pertence a Prefeitura Municipal e enfrenta sérias dificuldades em sua estrutura. No térreo, funciona o Museu Histórico e, no andar de cima, onde tinha o Museu de Artes, está destruído. O piso foi retirado para uma reforma, há mais de 10 anos, mas que teve que ser paralisada.

Desde 1940 o local já era estudado pelo Iphan, porque apresenta peculiaridades, como a enxovia em forma de abóboda, onde ficavam os presos mais perigosos. No andar de cima, funcionaram as primeiras sedes da Câmara Municipal e a Prefeitura.

Reforma

De acordo com o secretário de Cultura de Crato, Wilton Dedê, a Casa de Câmara e Cadeia tinha um processo de reforma de gestões passadas que foi preciso encerrar, refazer a prestação de contas e devolver o dinheiro. No entanto, ele garante que a Prefeitura já está pleiteando uma nova emenda para reconstruir.

“O museu sofreu o início de uma reforma, aí teve que destruir uma parte. Só fez a destruição e parou. Destruíram a parte de cima. A parte de baixo passa por manutenção física, troca de forro, instalação elétrica, parede”, explica.  O titular da Pasta conta que há mais de um ano está tentando resolver os problemas burocráticos do processo anterior e iniciar uma nova reforma.

05:11 · 20.02.2018 / atualizado às 11:48 · 20.02.2018 por
O ministro Maurício Quintella assinou a ordem de serviço. Obra já começa hoje. (Fotos: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. Com presença de políticos, prefeitos e secretários de diversos Municípios da região do Cariri, foi assinada, na noite de ontem (19), na unidade local da Coordenadoria Integrada De Operações Aéreas (Ciopaer), a ordem de serviço para a obra de reforço do pátio de aeronaves do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes. Com a reforma, o equipamento poderá receber aeronaves maiores, sem nenhuma restrição, e ampliar o movimento.

Serão investidos cerca de R$ 2,6 milhões no reforço e ampliação do pátio, além da recuperação de duas taxiways – faixas que permitem o taxiamento dos aviões. Com previsão de terminar, no máximo, no mês de setembro deste ano, a obra classificará o pátio com o mesmo PCN (índice de resistência do pavimento) da pista, permitindo o pouso de aeronaves maiores como A 320 e Boeing 737-800, sem qualquer restrição.

Segundo o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, com a reforma, terá um aumento na capacidade de passageiros e, também, para transporte de cargas. “Vai tornar um aeroporto mais competitivo e um impacto econômico muito importante pra região. O aeroporto do Cariri é um dos que mais cresce no País e havia este problema (restrição)”, explica, antecipando que estão previstos para o Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes o investimento de R$ 50 milhões.

O prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, comemorou a chegada da obra que, segundo ele, era aguardada há muito tempo pela população. “Às vezes, a burocracia impede que as coisas venham na velocidade que desejamos. Agora, vai oferecer mais segurança e ampliar os nossos horizontes na região”, exalta o Chefe do Executivo local.

Senador Eunício Oliveira destacou em discurso mais de R$ 500 milhões conquistados em convênios para o Ceará.

Já o governador Camilo Santana, também presente na solenidade, destacou que o aeroporto é um dos principais equipamentos do Nordeste, pois atende os estados vizinhos. “O Cariri é o centro do Nordeste brasileiro. Aqui, embarcam pessoas da Paraíba, Pernambuco, Piauí. É fundamental que esse aeroporto passasse por essa reforma importante. Ele foi um dos que mais cresceu no Brasil e vamos encontrar o caminho para fazer a grande transformação”, completou.

O Aeroporto

Com 63 anos, o Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes tem capacidade para atender 800 mil passageiros por ano e conta com voos diretos para Petrolina e Recife (PE), Fortaleza (CE), Campinas e Guarulhos (SP) e Brasília (DF). Três companhias operam no aeroporto: Azul, Gol e Avianca. Pela localização centralizada de Juazeiro do Norte, quase equidistante para seis capitais, o terminal recebe, também, passageiros do interior de Pernambuco, Paraíba e Piauí.

No ano passado, o equipamento teve um fluxo de 541,89 mil, um aumento de 1,34% nos embarques e desembarques, comparado ao ano de 2016. Os números indicaram um crescimento na taxa de ocupação dos aviões, já que a média diária de movimentação de aeronaves comerciais caiu de 22, em 2016, para 16, no ano passado.

10:25 · 16.02.2018 / atualizado às 10:27 · 16.02.2018 por
O Memorial abriga cerca de 13 mil itens na biblioteca e no museu. (Foto: Antonio Rodrigues)

Juazeiro do Norte. Após oito dias de reparos e melhorias nas instalações, a Fundação Memorial Padre Cícero voltou a receber visitantes no seu museu. O local foi aberto à população o desde o meio-dia desta quinta-feira (15). A Prefeitura aproveitou a diminuição do fluxo de visitantes no período de carnaval para executar os serviços, evitando um transtorno ao público.

No mês de janeiro, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) fez um levantamento de toda a demanda necessária para o reparo do teto a fim de evitar que chuvas contínuas pudessem comprometer a estrutura do prédio e o acervo. Conforme planejamento prévio, uma equipe esteve trabalhando desde o último dia 8 de fevereiro.

Todo o trabalho tem sido acompanhado pela Secretaria de Cultura de Juazeiro do Norte (Secult). Uma equipe cuidou da proteção das peças do Museu para que não fossem comprometidas durante a reforma.

Mesmo com as portas abertas, as obras no telhado devem continuar. As próximas etapas do reparo incluem a conclusão da impermeabilização da laje, colocação de manta asfáltica e substituição de 30 metros de telha e de capote de zinco, entre outros detalhes.

Acervo

A Fundação Memorial Padre Cícero abriga objetos que pertenceram ao patriarca da cidade, reunidas no museu, além de 13 mil itens com fotos, livros, jornais, revistas, cartas, entre outros documentos. Lá, privilegia a história do sacerdote e a história do Município.

13:56 · 26.01.2018 / atualizado às 13:56 · 26.01.2018 por
O Centro de Controle de Zoonoses de Crato deve ser referência para cidades menores. (Foto: Roberto Crispim)

Crato. O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) ingressou, na última quinta-feira (25), com uma ação civil pública contra o Município, requerendo a reestruturação do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). A medida, protocolada pela Promotoria de Justiça do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Crato, pede que o equipamento se adeque ao CCZ – Tipo 2, que atende população de 100 mil a 500 mil habitantes.

De acordo com as Diretrizes para Projetos Físicos de Unidade de Controle de Zoonoses e Fatores Biológicos de Risco, elaborado pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa), o Crato deveria ser referência para municípios de menor porte. Com isso, o MPCE realizou uma série de diligências e audiências com os órgão municipais responsáveis e entidades não governamentais, inclusive vistoria pessoal nas dependências do CCZ, e concluiu que as instalações atuais desatendem grande parte dos requisitos e protocolos estabelecidos na legislação.

O promotor de Justiça Thiago Marques Vieira afirma que ficou bastante preocupado com a situação encontrada no CCZ, especialmente no que diz respeito ao descarte dos animais sacrificados e do material médico veterinário e às precárias condições físicas do ambiente e dos equipamentos disponíveis para a realização de atividades básicas do equipamento.

Além do pedido de adequação ao projeto CCZ – Tipo 2, a ação civil pública ainda requer a adoção de campanhas periódicas sobre vacinação animal, castração, controle e natalidade, construção de abrigo/alojamento para animais, adoção de animais, entre outros.

Procurada, a Prefeitura do Crato, através da Secretaria Municipal de Saúde, informou que já está em fase de elaboração o projeto para a reforma estrutural do Centro de Controle de Zoonoses do Município.

08:00 · 16.01.2018 / atualizado às 08:00 · 16.01.2018 por
Bancos foram removidos no primeiro dia de obra. (Foto: Samuel Macedo)

Juazeiro do Norte. A empresa Coral iniciou, nesta segunda-feira (15), a reforma da Praça Padre Cícero, após todo trabalho de preparação para início dos serviços desde o último dia 8 de janeiro. Após a colocação de tapumes e placas, na última semana, ontem foram removidos os bancos do espaço e feitas intervenções no coreto. As barracas fixadas na praça ficarão até o dia 5 de fevereiro.

Com investimento de R$ 4,5 milhões, a obra busca resgatar conceitos originais do espaço histórico, no coração da cidade. A verba tem investimento do Governo Federal, Estadual e Municipal. A área de 3.143, 11 m² terá diversas intervenções, como nova pavimentação, mudança do layout, iluminação, paisagismo, dentre outras ações visando qualificar e resgatar o aspecto histórico do local.

O prazo para conclusão é entre 6 meses e 1 ano para serem finalizadas, período necessário de resgate do traçado original da praça, onde, de acordo com o projeto criado pela arquiteta e secretária de Infraestrutura, Gizele Menezes, serão utilizados materiais como ladrilho hidráulico, bancos de granilite, postes coloniais, e o mesmo desenho urbano da época, com restauração da coluna da hora, além da instalação de novas lixeiras.

Área de convívio

Haverá também a criação de uma área de convívio com bares e restaurantes, no local onde atualmente se encontra o terminal rodoviário, que será realocado. O desenho e cores das fachadas são releituras das casas antigas que circundavam a praça. Valorizando, dessa forma, a gastronomia e culinária local.

Gizele Menezes afirma que a ideia foi fazer um resgate da história, que se deu com fotos antigas, depoimentos de pessoas da época e por meio da memória do prefeito Arnon Bezerra, de lembranças da infância e adolescência, quando percorria o espaço. “Esse traçado antigo que a gente resgatou foi o próprio prefeito que fez todo o desenho e, por meio de fotografias, detectamos como era o piso, os bancos e as cores”, disse.

10:11 · 29.12.2017 / atualizado às 10:15 · 29.12.2017 por
A centenária Praça Padre Cícero será reformada e entregue depois de um ano. (Foto: Elizangela Santos)

Juazeiro do Norte. Com investimento de R$ 4,5 milhões, será assinada pelo prefeito Arnon Bezerra, nesta sexta-feira (29), a ordem de serviço para início da reforma da Praça Padre Cícero. A obra busca resgatar conceitos originais do espaço histórico, no coração da cidade. A verba tem investimento do Governo Federal, Estadual e Municipal. O evento acontecerá às 18h, na Praça Padre Cícero, durante o lançamento do Bilhete Único Metropolitano no Cariri.

A revitalização da praça, de área de 3.143, 11 m² terá diversas intervenções, como nova pavimentação, mudança do layout, iluminação, paisagismo, dentre outras ações visando qualificar e resgatar o aspecto histórico do local.  Serão utilizados materiais como ladrilho hidráulico, bancos de granilite, postes coloniais, e o mesmo desenho urbano da época, com restauração da coluna da hora, além da instalação de novas lixeiras. Já nas ruas contempladas serão realizadas a pavimentação em piso intertravado e a revitalização em outras. A previsão de conclusão da obra é de 12 meses.

O projeto foi desenvolvido pela Secretária de Infraestrutura e também arquiteta, Gizele Menezes. O lançamento aconteceu no dia 26 de agosto, no Memorial Padre Cícero, durante o lançamento do livro “A Praça Padre Cícero”, do escritor Daniel Walker. A nova praça foi apresentada, por meio de vídeo-animação. A solenidade contou com plateia que vivenciou parte da história do local.

Haverá também a criação de uma área de convívio com bares e restaurantes, no local onde atualmente se encontra o terminal rodoviário, que será realocado. O desenho e cores das fachadas são releituras das casas antigas que circundavam a praça, valorizando a gastronomia e culinária local.

Novas praças

Também será iniciada, nos próximos dias, a construção da Praça Aissa Maria de Oliveira, localizada na rua Capitão Alfredo Sobreira, no bairro Tiradentes, no mesmo terreno onde se localiza a Capela São Pedro Apostolo. O espaço irá dispor de parque, pista de cooper, academia popular, coreto, arborização, paisagismo e uma ampla iluminação. A secretária de Infraestrutura, Gizele Menezes, já anunciou que o bairro Frei Damião também será agraciado com uma praça, que está apenas aguardando aval do Ministério do Turismo para serem iniciados os trabalhos.

Letreiro

Nesta mesma noite, na Praça Padre Cícero, será assinada pelo governador Camilo Santana a ordem de serviço do letreiro a ser instalado na Colina do Horto, na Serra do Catolé. Com investimento de R$ 1,5 milhão do Tesouro Estadual, e prazo de execução de 10 meses, o letreiro com placas de aço terá a frase: “Juazeiro, Capital da Fé”. A altura da estrutura metálica do letreiro é de aproximadamente 15 metros, enquanto a largura é de em média 8 metros. Cada letra terá 14 metros de altura.

 

09:06 · 20.12.2017 / atualizado às 09:06 · 20.12.2017 por
A Praça Nelson Gonçalves, em frente à Rodoviária, recebe manutenção. (Foto Helio Filho)

Juazeiro do Norte. A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) está realizando melhorias em praças da cidade. Nesta semana, as praças Mãe Rainha, localizada no bairro Pirajá, e a Cantor Nelson Gonçalves (Rodoviária), começaram a passar por manutenção. Entre as ações executadas estão o conserto de bancos, restauração de meio fio e paisagismo. A próxima a passar por melhorias será a Praça Dirceu Inácio de Figueiredo (Praça da Prefeitura).

A secretária de Infraestrutura, Gizele Menezes, diz que a apropriação do espaço público pela população, acarreta em diversos benefícios e contribui também para que se evitem possíveis atos de vandalismos. “Os espaços públicos, como as praças, se bem equipadas e em condições adequadas de uso, proporcionam à população uma melhor qualidade de vida, onde eles possam se apropriar desses espaços, tratando-os como uma extensão de suas casas”, destaca.

O Prefeito Arnon Bezerra tem destacado, durante a sua gestão, a melhoria dos espaços públicos, para que sejam ocupados pela população, com maior integração das comunidades. Além disso, ressalta o seu compromisso de cuidar da cidade de Juazeiro do Norte, inclusive revitalizando e construindo novas praças no Município.

Contratos

As atividades fazem parte de um contrato geral para manutenção destes equipamentos públicos, onde as ordens de serviço são dadas de acordo com as demandas que chegam da população em geral. Algumas praças na cidade já passaram por revitalização, como a Cônego Climério (Socorro) e a Dr. Edward Teixeira Férrer (Praça da Bíblia) que foram as primeiras a serem reformadas. Outras praças como a Antônio Correia Celestino (Beata Maria de Araújo), José Elânio Couto Gondim (La Favorita) e a Praça José Feijó de Sá, conhecida como Praça do Giradouro, também foram contempladas.