Busca

Tag: vila da música


10:58 · 12.09.2018 / atualizado às 10:58 · 12.09.2018 por
Formado só por mulheres, espetáculo se apresenta nesta quinta-feira,13.. (Foto: Carla Lima)

Crato. Dentro da programão do 1º Encontro de Palhaços e Culturas no Cariri, amanhã (13), é a vez do Circo de SóLadies (SP), apresentar o espetáculo Estupendo Circo di SóLadies. A apresentação, com entrada gratuita, acontecerá na Vila da Música Solibel, no distrito de Belmonte.

Se apresentando no quinto dia do Encontro, as palhaças feministas do Circo di SóLadies convidam o público de todas as idades para refletir sobre a força e o espaço da mulher na sociedade, de forma lúdica e encantadora, através de um encontro com a arte da palhaçaria.

O Estupendo Circo di SóLadies é um espetáculo circense feito por mulheres palhaças que mistura cenas clássicas do circo tradicional, músicas, poesia e contos de fadas, alertando para igualdade de gênero e valorizando a potência da mulher. De forma leve e divertida, envolve os públicos de todas as idades. Com grande interação com a plateia, as palhaças levam o universo feminino em sua trajetória cômica, divertindo crianças, jovens e adultos.

Utilizando camadas simbólicas e através da comicidade, o grupo surpreende por tratar de temas que geralmente são considerados complexos, com muita delicadeza e poesia. E através do riso, inspiram reflexões sobre o lugar da mulher em nossa sociedade e empoderamento feminino. Uma importante reflexão sobre o lugar da mulher no circo, nas artes e na sociedade.

O evento

O 1º Encontro de Palhaços e Culturas no Cariri, que vai até o dia 16 de setembro, nasce para fomentar a arte da palhaçaria e intensificar um circuito cultural. Através do encontro entre diversas categorias de palhaços e circenses, artistas locais e pesquisadores, o evento busca criar espaços de reflexão, trocas de experiências, conhecimentos acerca do fazer artístico e de apreciação da cultura popular.

Um Circo feito por mulheres

Idealizado por Lilyan Teles e Tatá Oliveira, o Circo di SóLadies surgiu em 2013 a partir das inquietações em relação a desigualdade de gênero e da percepção de que havia ainda um pequeno espaço dado à mulher tratando-se de comicidade e linguagem do palhaço. Em 2016, após dois anos de apresentações e intervenções, juntam-se a elas as artistas Kelly Lima e Verônica Mello, ampliando o repertório do grupo.

Feito por mulheres – palhaças, atrizes, musicistas, pesquisadoras e realizadoras – para todos os públicos, é um circo em que as artistas desenvolvem o repertório através do improviso e do jogo cênico com elementos fundamentais para a conexão e interação com o público, a conquista do estado da graça, do riso e da reflexão sobre o papel da mulher na sociedade.

Mais informações

Dia 13 de setembro de 2018 (quinta-feira)

Horário: 18h00

Onde: Encontro de Palhaços e Culturas na Comunidade –

Endereço: Vila da Musica Solibel – Av. José Horácio Pequeno, 1366, Belmonte, Crato-CE.

Ingresso Grátis Duração: 50 minutos

Classificação: Livre

Acompanhe no Facebook.

09:38 · 06.02.2018 / atualizado às 09:38 · 06.02.2018 por
O sacerdote lançou livro sobre o Padre Cìcero. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Crato. Na manhã de ontem (05), foi comemorada os 100 anos do Monsenhor Ágio Moreira, na Vila da Música, com a presença de autoridades, da Diocese de Crato, da comunidade do distrito do Belmonte e de fiéis de várias outras localidades. A festa foi celebrada com a missa, realizada pelo bispo Dom Gilberto Pastana, e o lançamento do livro “Padre Cícero Romão Batista – O Maior Líder Espiritual do Nordeste Brasileiro”, de autoria do aniversariante.

O Monsenhor Ágio ainda autografou alguns exemplares do seu livro e agradeceu a todos que foram prestigia-lo, pedindo que as pessoas tenham mais amor e respeito pelo próximo. O governador do Estado, Camilo Santana, e o prefeito de Crato, José Ailton Brasil, fizeram questão de estarem presentes no aniversário.

No entanto, a festa começou desde o dia 27 de janeiro, com a realização do Festival de Música Cordas Ágio, que chegou a sua sexta edição, e foi encerrada no último domingo (05). Com vários shows gratuitos, o evento reuniu diversos artistas locais, como Abidoral Jamacaru,  Zabumbeiros Cariris, Daniel Peixoto, André Magalhães, em palco montado vizinho à Vila da Música.
Solibel

A principal herança do Monsenhor Ágio, a Sociedade Lírica do Belmonte (Solibel), criada por ele, começou a partir de aulas de música, gratuitas, para jovens da comunidade. Após 50 anos de trabalho, foi inaugurada a Vila da Música, ampliando o atendimento com nova estrutura e mais instrumentos musicais. O equipamento é gerido pela Secretaria de Cultura do Estado junto com o Instituto Dragão do Mar, de Fortaleza.

A Vila da Música Solibel, no distrito de Belmonte, atende 580 alunos de qualquer faixa etária para as aulas de música: canto e instrumento. Tudo gratuito. Os cursos são de violino, violoncelo, contrabaixo, clarinete, trompete, trombone, tuba, saxofone, flauta doce, transversão, piano e teclado.

“A nossa proposta é formar e fomentar o encarreiramento no campo da música. Além das aulas, tem apresentações artísticos, concertos didáticos, intercâmbios com músicos de fora. A gente tá buscando uma convergência de ações que possa resultar na formação de novos talentos para sair do Cariri e se apresentar mundo afora. A expectativa que seja uma referência de formação artística”, conta Mano Grangeiro, assessor técnico da Vila da Música.

 

16:02 · 11.04.2017 / atualizado às 16:02 · 11.04.2017 por

Crato. A Vila da Música, novo equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), na região do Cariri, iniciou ontem as aulas de musicalização infantil e de diversos instrumentos. A escola fica localizada na Av. José Horácio Pequeno, no bairro Belmonte, neste município. As aulas acontecem em três turnos: das 7h30 às 11h30, das 13h30 às 17h, das 18h30 às 21h45, com 350 vagas, preenchidas por estudantes de todas as idades, que terão acesso a estudo de excelência, sem nenhuma taxa ou mensalidade, em cursos que têm duração de seis semestres.

Estão sendo ofertados cursos em três eixos, começando por “Linguagem Musical” (com aulas individuais de Violino, Viola, Violoncelo, Contrabaixo, Violão Popular, Flauta transversal, Clarinete, Saxofone, Flauta Doce, Trompete, Trombone, Tuba, Acordeon, Piano Clássico, Teclado eletrônico).

No eixo “Práticas coletivas” são ofertados cursos de Musicalização Infantil (5 a 10 anos de idade), Teoria, Percepção e Solfejo, Prática de Coral Infantojuvenil e Adulto, Camerata de Cordas Infanto-Juvenil e Adulto, Camerata de Violão, Orquestra de Acordeon, Orquestra de Flauta Doce, Orquestra Jovem, Prática Coletiva de Sopro Madeiras e Metais,Didática Musical.

Já no eixo “Formação Complementar/Cursos Especiais” são ofertados cursos de Gestão e Produção cultural, Curso de Elaboração e Avaliação de Projetos Culturais, Curso de Gastronomia, Oficinas de Fotografia, Teatro, Literatura de Cordel etc.

Acervo de instrumentos

A Vila da Música dispõe de um grande acervo de instrumentos musicais, tanto populares, como também eruditos, para atender aos alunos durante as suas práticas instrumentais no ambiente da escola, não sendo permitido que o aluno os levem para casa. Já os alunos que possuem instrumento próprio o levam para a aula.

O investimento do Governo do Estado na aquisição de instrumentos foi de R$ 447 mil. São ao todo 312 instrumentos musicais, entre violinos, violoncelos, flautas, clarinetes, piano de cauda, saxofones, acordeões, dentre outros, além de toda a estrutura para a realização das diversas atividades formativas.

Fique por dentro

A Vila da Música é o primeiro equipamento da Secult no Interior. É voltada para a formação, a partir da experiência realizada pela Sociedade Lírica de Belmonte (Solibel), fundada pelo Padre Ágio Augusto Moreira na década de 1970. A escola de música tem como temas centrais a socialização, a formação humana e o ensino musical, diretrizes incorporadas à Vila da Música, fomentando a cidadania através da educação musical e criando oportunidades para o desenvolvimento humano, econômico e territorial sustentável da região do Cariri.

O investimento do Governo do Estado na Vila da Música foi de R$ 3,1 milhão, para as obras e de R$ 447 mil para a aquisição de instrumentos musicais. O novo espaço cultural compreende uma área de 2.713,38m², em um terreno de 3.242,78m², e tem como premissa a criação de um espaço que também possa ser utilizado paralelamente para a realização de eventos externos. A Vila da Música conta com auditório, biblioteca, salas de aula de grupo e individuais, estúdio, setor administrativo, refeitório, cozinha, despensa, vestiários, banheiros, laboratório de informática, oficina de instrumentos, quadra poliesportiva e estacionamento.

“A Vila da Música compõe o Programa Escolas da Cultura, da Secult, um conjunto de ações voltadas para a formação no campo da arte e na democratização do acesso aos processos formativos e educativos em artes e cultura, como dimensões vitais para inclusão social e promoção da cidadania e diversidade cultural, destaca o secretário da Cultura do Estado do Ceará, Fabiano dos Santos Piúba.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.co

11:58 · 26.12.2016 / atualizado às 11:58 · 26.12.2016 por

Gerida pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), a “Vila da Música” chega a este município com o objetivo de proporcionar o desenvolvimento sociocultural e educacional dos estudantes e do público em geral através da música. O local abrigará, ainda, a Sociedade Lírica do Belmonte (Solibel), entidade que ensina música clássica e popular para filhos de agricultores locais.

O prédio da Vila da Música, executado pela Secretaria das Cidades, possui uma área de 3.300 m² e recebeu um investimento de R$ 3.179.731,52, por meio do Banco Mundial (BIRD). O local é composto por auditório, biblioteca, salas de aula para grupos individuais, estúdio, setor administrativo, refeitório, cozinha, despensa, vestiários, banheiros, laboratório de informática, quadra poliesportiva, estacionamento, pátio, além da oficina luthieria, utilizada para conserto de instrumentos.

A SCidades também é responsável pela aquisição de todo o mobiliário, tais como armários, mesas, cadeiras, longarinas, gaveteiros, bem com de cerca de 270 instrumentos musicais para o pleno funcionamento da escola. Dentre os instrumentos estão piano, violinos, violoncelos, flautas, saxofone, contrabaixos e clarinetes, além de outros.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018 ou ligue para nossa redação: (88) 3572-4214. Sua sugestão também pode ser enviada para o e-mail: andre.costa@diariodonordeste.com.br

 

13:06 · 14.09.2016 / atualizado às 13:06 · 14.09.2016 por

vila da musica (3)A Secretaria das Cidades do Governo do Ceará está recebendo, até o final do ano, 310 instrumentos musicais para a Vila da Música no município do Crato. Ao todo, serão investidos cerca de R$ 500 mil, o que tornará a Vila da Música referência em ensino de música, bem como um local com capacidade de realizar grandes eventos musicais, como concertos, festivais e apresentações.

A Vila da Música irá receber, em setembro, violinos, violoncelos, flautas, clarinetes, oboé, saxofones, violões, contrabaixos e teclados, além de um piano de cauda com capacidade e alcance para grandes apresentações. O total do investimento é no valor de R$ 426.614,17.

Em novembro deste ano, mais 27 novas aquisições, realizadas através de um investimento de R$ 83.417,02. Por meio de licitação, instrumentos, como acordeons e pianos digitais, passam a compor o acervo da Vila da Música.

A Vila da Música

O prédio da Vila da Música, executado pela Secretaria das Cidades, possui uma área de 3.300 m² e investimento na ordem de R$ 3.179.731,52 por meio do Banco Mundial (BIRD). O local é composto por auditório, biblioteca, salas de aula para grupos individuais, estúdio, setor administrativo, refeitório, cozinha, despensa, vestiários, banheiros, laboratório de informática, quadra poliesportiva, estacionamento, pátio, além da oficina luthieria, utilizada para conserto de instrumentos.

O espaço irá abrigar uma escola de formação musical que tem como objetivo proporcionar o desenvolvimento sociocultural e educacional dos estudantes e do público em geral através da música. A Vila da Música abrigará a Sociedade Lírica do Belmonte (Solibel), entidade que ensina música clássica e popular para filhos de agricultores locais.

A gestão do equipamento público será feita pelo Governo do Estado, através da SECULT (Secretaria de Cultura do Estado do Ceará), que detém a expertise necessária para desempenhar a função. Durante os últimos meses, SECULT e SCidades têm trabalhado junto à comunidade do Belmonte no sentido de desenhar uma gestão que retrate os anseios da população local, juntamente com o corpo docente e administrativo da Solibel, diretamente envolvido em todo o processo de construção e idealização da Escola. A ideia é que a Vila da Música, que tem origem numa iniciativa liderada pelo Padre Ágio Augusto Moreira em 1973, continue a transcender o ensino música e continue visando a transformação humana através da inclusão cultural.

A expectativa é de que até o final deste ano a Secretaria das Cidades entregue para a comunidade de Belmonte uma Vila da Música totalmente estruturada, com novas instalações, mobiliário e instrumentos musicais para pleno funcionamento.

00:54 · 12.01.2016 / atualizado às 00:54 · 12.01.2016 por

DSC_8320

Fotos Elizangela Santos
Fotos Elizangela Santos

A Secretaria das Cidades lança edital para a compra de instrumentos musicais a serem utilizados na escola Vila da Música, no município do Crato. Dentre os instrumentos licitados estão violino, violão, violoncelo, harpa, saxofone, oboé, flauta transversa, contrabaixo, trompete, dentre outros. Os interessados devem apresentar sua proposta por meio de pregão eletrônico no sistema compras net, a partir deste dia 11 até às 9h30 do dia 22 de janeiro de 2016. O edital está disponível através do link http://bit.ly/1OdBBjj

A Vila da Música é uma escola de formação musical, localizada no distrito de Belmonte, que tem como objetivo proporcionar o desenvolvimento sociocultural e educacional de estudantes e do público em geral. Além disso, também abrigará a Sociedade Lírica do Belmonte (Solibel), entidade que ensina música clássica e popular para filhos de agricultores.

Com uma área de 2.713,38m², a escola é composta por auditório, biblioteca, salas de aula para grupos e individual, estúdio, setor administrativo, refeitório, cozinha, despensa, vestiários, banheiros, laboratório de informática, quadra poliesportiva, estacionamento, pátio, além da oficina luthieria, utilizada para conserto de instrumentos.

A obra, executada pela Secretaria  das Cidades, recebeu investimento de R$ 3.179.731,52, por meio do Banco Internacional para a Reconstrução e o Desenvolvimento (Bird).

Serviço

Edital de Licitação para aquisição de instrumentos musicais

Prazo: 11 de janeiro de 2016 até às 9h30 do dia 22 de janeiro de 2016

Para ter acesso ao edital, clique aqui.

 

11:40 · 21.04.2014 / atualizado às 11:40 · 21.04.2014 por

Crato. A dificuldade será vencida, segundo o monsenhor Ágio Augusto Moreira, com a conquista da Vila da Música, projeto de mais de R$ 3 milhões. A ordem de serviço foi assinada na noite da última quarta-feira (16), pelo secretário das Cidades, Carlo Ferrentini, e o prefeito do Crato, Ronaldo Sampaio Gomes de Mattos, além do deputado estadual, Camilo Santana, representantes da entidade, além da construtora responsável.

A solenidade contou com a execução de música pelos integrantes da Sociedade Lírica do Belmonte – Solibel, e, em seguida, foi apresentada a maquete eletrônica da nova escola.

O projeto, a ser construído numa área de 1.750 metros quadrados, contará com uma biblioteca, auditório com 200 lugares, salas para oficinas, laboratório de informática, dentre outros espaços que favorecerão na formação de novos músicos.

O coordenador do Festival de Cordas Ágio, Cícero Galdino, destaca a importância da obra, que possibilitará um espaço mais amplo, para a formação dos novos músicos. A expectativa é que o IV festival ocorra na Vila da Música, em janeiro do próximo ano. O evento reúne músicos de várias partes do Brasil, ex-alunos da escola e músicos da região, além dos alunos.

13:09 · 11.04.2014 / atualizado às 13:09 · 11.04.2014 por

 

Na sede da Sociedade Lírica do Belmonte (Avenida José Horácio Pequeno, 1396), em Crato, o Secretário das Cidades, Carlo Ferrentini, representando o governador do Estado, Cid Gomes, assina a ordem de serviço para a construção da Vila da Música. A Vila da Música, que integra o Projeto de Desenvolvimento Econômico e Regional do Ceará – Cidades do Ceará (Cariri Central), vai abrigar a Sociedade Lírica do Belmonte (Solibel), entidade que ensina música clássica e popular a filhos de agricultores no sopé da Chapada do Araripe.

O equipamento terá área total de 1.750m², auditório, biblioteca, salas de aula (de grupo e individuais), estúdio, setor administrativo, refeitório, cozinha, despensa, vestiários banheiros, laboratório de informática, oficina de instrumentos, quadra poliesportiva e estacionamento. “Trata-se de um pleito antigo da sociedade cratense para uma entidade muito importante, que já tem relevantes serviços prestados no Cariri”, disse o secretário das Cidades, Carlo Ferrentini ao se referir a Sociedade Lírica do Belmonte (Solibel), que funcionará na Casa da Música.