Busca

Tag: voluntários


10:49 · 11.09.2018 / atualizado às 10:49 · 11.09.2018 por
Ao todo, 26 voluntários participam da capacitação. (Foto: Divulgação/SAAEC)

Crato. Com o objetivo de capacitar e trabalhar na prevenção e combate a incêndios florestais, foi iniciada ontem (10) o curso de formação de brigadistas que acontece na sede da Floresta Nacional do Araripe (FLONA). Estão sendo treinados, ao todo, 26 voluntários, sendo 10 colaboradores da SAAEC e 16 guardas civis. A formação termina nesta terça-feira (11).

A atividade é uma ação conjunta entre SAAEC e Secretaria de Segurança Pública do Crato no sentido de minimizar ao máximo a possibilidade de queimadas na Chapada da Araripe.

Os incêndios florestais são mais suscetíveis a acontecer durante o segundo semestre do ano devido as elevadas temperaturas e a imprudência e negligência de moradores da região que realizam queima de lixo e renovação de pastagens, segundo dados levantados pelo ICMBio. Portanto, além da formação de brigadistas é necessário que proprietários rurais se comprometam com a defesa de suas propriedades para inibir qualquer foco que possa se alastrar.

Os danos causados pelas queimadas são imensos. O solo fica desprotegido dificultando a absorção da água das chuvas desencadeando desmoronamentos. Outro fator preocupante é o impacto sobre a fauna, principalmente, o Soldadinho do Araripe, ave endêmica ameaçada de extinção que se encontra em fase de reprodução nesse período mais crítico do ano com relação aos incêndios.

10:40 · 23.08.2016 / atualizado às 14:49 · 23.08.2016 por

Estão abertas até 31 de agosto, inscrições para estudantes comporem, de forma voluntária, o Observatório da Violência e Direitos Humanos na Região do Cariri. Cinco discentes serão selecionados para atuar voluntariamente na equipe de pesquisas por período de até dois anos e serão certificados.

Para participar da seleção o discente deve inscrever-se nos locais indicados no edital, disponível neste link, portando a documentação exigida, e ainda cumprir requisitos como ser estudante regular nos cursos de graduação das instituições de ensino participantes do observatório.

A seleção constará de uma carta de intenções, prova escrita e/ou entrevista, a ser definido pelo docente pesquisador filiado ao observatório. O observatório é composto por estudantes da Universidade Federal do Cariri (UFCA), Universidade Regional do Cariri (URCA), Faculdade de Juazeiro do Norte (FJN) e Faculdade Paraíso (FAP), sob a orientação de pesquisadores.

Trata-se de espaço destinado à pesquisas científicas e elaboração de políticas públicas de combate a violência, em toda as suas dimensões, promoção e proteção dos Direitos Humanos na região do Cariri.

Faça o Diário Cariri conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (85) 9.8736.2018