Busca

Agricultores apostam na revitalização do algodão em Várzea Alegre

16:49 · 21.05.2018 / atualizado às 17:01 · 21.05.2018 por
Agricultores estão animados com plantio de algodão. Fotos de divulgação

O secretário de Desenvolvimento Agrário e Econômico de Várzea Alegre, Cícero Izidório, os técnicos da secretaria Estevão Silva e Marcondes Saldanha, acompanhados de Evilário José – Gerente local da Ematerce, de Gildo Araújo e de Fábio Aquino – Técnicos da EMBRAPA Algodão, realizaram visitas técnicas em áreas de plantios de algodão no município.

A visita faz parte do Projeto Ouro Branco, que tem por finalidade revitalizar a cultura do algodão na região do Cariri. É uma parceria da Universidade Federal do Cariri – UFCA com o professor Sebastião Cavalcante de Sousa, EMBRAPA Algodão e municípios da região.

Em Várzea Alegre, o prefeito Zé Helder autorizou o município a comprar as sementes de algodão e distribuir com os agricultores como incentivo para o aumento da área plantada.

De acordo com Cícero Izidório, estar em campo visitando o plantio é a certeza de que o projeto está no caminho certo. Ele disse que com a Secretaria fazendo sua parte e os agricultores fazendo a parte deles o projeto alcançará seu objetivo.

Para Estevão Silva, que acompanha os agricultores, é notório o desejo do agricultor voltar a plantar o ouro branco. “Eles acreditam e assim fica mais fácil realizar o trabalho”, disse.

Segundo Estevão, em Várzea Alegre foram distribuídas sementes para quarenta agricultores com a perspectiva de plantio de 120 tarefas.

Evilário José afirmou que o algodão é uma alternativa de gerar renda para os agricultores familiares e garantir a permanecia deles no campo.

Os técnicos da EMBRAPA Algodão, Gildo Araújo e Fabio Aquino, fizeram uma análise de todos os plantios visitados, abordando o desenvolvimento das plantas, ataques de possíveis pragas, como também esclareceram várias dúvidas dos agricultores.

Para Gildo Araújo o desenvolvimento dos plantios é satisfatório e há boa perspectiva de produção. Como boa notícia, disse ele, não foi encontrado nenhum bicudo nas áreas visitadas.

Durante todo o dia foram visitados os plantios dos agricultores: Cícero Alves de Araújo, no sítio Jatobá, José Alves de Oliveira no sítio Exu, no distrito de Canindezinho, Valdivan Bezerra de Oliveira e Chico de Senhor no sítio Vacaria e José da Silva Leal, no sítio Pau D’arco, em Ibicatu.

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *