Autor: Honório Barbosa


13:52 · 07.07.2020 / atualizado às 13:52 · 07.07.2020 por

 

Gravação de aula remota em Várzea Alegre. Foto: Marcos Filho

Em todo o Brasil, mas em particular na região Nordeste, os alunos da rede pública de ensino enfrentam dificuldades de acesso à internet para assistir às aulas remotas. Para tentar superar esse desafio, a Secretaria de Educação de Várzea Alegre definiu um modelo com aulas gravadas em vídeo e divulgadas nos canais de internet da Secretaria.

O modelo será ofertado para alunos do ensino infantil até o 8º ano. Já para os estudantes do 9º ano, o último do ensino fundamental, será ao vivo, pela internet. A rede municipal de educação de Várzea Alegre tem mais de 6.200 alunos.

O secretário de Educação de Várzea Alegre, Antônio Fernandes, disse que a plataforma escolhida, para os professores transmitirem as aulas foi o Google Meet. “As aulas contarão para a grade curricular dos alunos”, pontuou Fernandes. “É uma forma de salvar o ano letivo prejudicado pelos efeitos da pandemia do novo coronavírus”. O titular da pasta da Educação disse que houve planejamento para decidirem o formato de aulas virtuais. “Por trás dessas aulas há um grupo de professores capacitados, que estão dando suporte técnico e pedagógico”.

A volta às aulas será na próxima quinta-feira (9).  Já com relação às aulas presenciais, Fernandes acredita que ainda não é o momento do retorno e que isso só acontecerá quando a situação da população que luta contra a pandemia estiver em melhores condições de segurança sanitária.

Sobre as dificuldades que alguns alunos poderão ter para acessar os conteúdos dessas aulas, o secretário afirmou que isso foi discutido , mas que há condições de reunir a maior parte dos alunos – mais de 80%, com as aulas remotas. “Para aqueles, que de alguma forma tenham dificuldades, por exemplo, por conta da escassez de aparelhos celulares compatíveis ou de acesso à internet, a secretaria encontrará uma maneira de chegar até eles, com materiais impressos, por exemplo”, explicou.

“Estamos acompanhando as normativas e medidas provisórias que norteiam a Educação, para que tudo seja feito dentro da legalidade e que seja possível encontrar uma forma de concluir o ano letivo de 2020, que já está prejudicado pedagogicamente”, pontuou Cristina Soares. “Sabemos que o projeto de aulas à distância é novo desafio e que trará dificuldades, mas haverá adaptação dos professores, dos alunos e das famílias”.

08:05 · 07.07.2020 / atualizado às 08:07 · 07.07.2020 por
Açude Trussu acumula 64,3 milhões de metros cúbicos. (Foto: Honório Barbosa)

O comitê da Sub-Bacia Hidrográfica do Alto Jaguaribe definiu a vazão de açudes estratégicos por meio de reunião realizada nesta semana de forma virtual, sob a coordenação da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). A definição inclui os açudes Arneiroz II (Arneiroz), Benguê (Aiuaba), Canoas (Assaré), Mamoeiro (Antonina do Norte) e Muquém (Cariús), Roberto Costa/Trussu (Iguatu) e Faé (Quixelô).

“Os cenários de vazões definidos correspondem à operação 2020.2 que acontecerá no período de 1º de julho de 2020 até 31 de janeiro de 2021”, explicou o presidente em exercício do Comitê, Antônio Pereira do Vale.

Açude Trussu

O Açude Roberto Costa, popularmente conhecido como Trussu, que está localizado no distrito de Suassurana, na zona rural de Iguatu e tem capacidade de acumular 268,8 milhões de m³. O volume atual é de 64,3 milhões de m³ (23,9% de sua capacidade). Depois de oito anos, finalmente o reservatório teve um aporte significativo que foi de 65 milhões de m³.

Foi aprovada a captação de 200 litros/seg para o Saae Iguatu e para a Cagece em Acopiara, com o objetivo de fornecer água para os dois sistemas de abastecimento.

No cenário aprovado, o reservatório Trussu sairá dos 64,3 milhões de m³ (23,9%) em 1º de julho de 2020 e chegará em 1º de fevereiro de 2021 com 47,3 milhões de m³ (17,6%), o que significa um rebaixamento de -1,88 m de lâmina da água e uma variação no volume na ordem de -16,9 milhões de m³, sendo aproximadamente 78% desse volume consumido pela evaporação e 22% captado na bacia hidráulica.

Arneiroz II 

O Açude Arneiroz II tem um volume atual de 168,7 milhões de m³, o que significa 94,7% de sua capacidade. Esse bom volume é explicado pelos mais de 165 milhões de m³ de aporte recebido no ano de 2020. O comitê decidiu por liberar 350 l/s (complemento da barragem de Caldeirões, podendo até ocorrer sua sangria).

Açude Benguê 

O Açude Benguê, situado no município de Aiuaba, tem capacidade de armazenamento 20,4 milhões de m³, atualmente conta com um volume de 9,4 milhões de m³, o que significa 55% de sua capacidade.Neste ano, o aporte foi mais de 9 milhões de m³. O reservatório vai liberar 50 l/s.

Açude Canoas

O reservatório Canoas, em Assaré, tem capacidade de armazenamento 69,2 milhões de m³, e atualmente conta com um volume de 40,4 milhões de m³ (58,50% de sua capacidade). O aporte neste ano foi de 35 milhões de m³. O açude vai liberar 150 l/s (liberação pela válvula até as proximidades da ponte Assaré-Antonina do Norte).

Açude Momoeiro

O Açude Mamoeiro, situado no município de Antonina do Norte,  tem capacidade de armazenamento 20,4 milhões de m³, atualmente conta com um volume de 14,1 milhões de m³, o que significa 68,80% de sua capacidade. Na quadra chuvosa deste ano, o reservatório recebeu um aporte de 6 milhões de m³. O comitê aprovou a liberação de 50l/s até as proximidades da comunidade de Cachoeirinha.

Açude Muquém

O Açude Muquém fica localizado no município de Cariús e tem capacidade de acumular 46,5 milhões de m³. Atualmente conta com um volume de 35,4 milhões de m³, o que significa 76% de sua capacidade. Houve 30 milhões de m³ de aporte neste ano. O reservatório vai liberar 300l/s até as proximidades da captação do distrito de São Pedro, em Jucás.

Açude Faé

Localizado em Quixelô, o reservatório Faé tem capacidade de armazenamento 19,2 milhões de m³. Atualmente conta com um volume de 13,5 milhões de m³, o que significa 70,4% de sua capacidade.

O açude estava seco desde 2016. Foi aprovada uma liberação de apenas 2 litros/s para abastecimento da comunidade de Carnaubinha do Faé.

A Cogerh estima que o Faé sairá dos 13,5 milhões de m³ (70,4%) em 01/07/2020 e chegará em 01/02/2021 com 10,7 milhões de m³ (56,1%). Um total de 98% da redução de volume será por evaporação.

08:49 · 06.07.2020 / atualizado às 08:49 · 06.07.2020 por
Centro de Iguatu esteve fechado na última semana. Foto: Wandenberg Belém

O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, assinou neste sábado (4), um novo decreto de retomada das atividades econômicas em Iguatu, na região Centro-Sul do Ceará. A partir de hoje (6) haverá retomada parcial de atividades econômicas – indústria, comércio e serviços.

Na semana passada, empresários locais reclamaram contra o decreto municipal que colocou Iguatu em lockdown, definindo o fechamento em dias alternados de lojas de serviços essenciais: padarias, supermercados, mercadinhos, mercearias, farmácias, bancos e casas lotéricas.

“Estamos enfrentando uma crise muito grave, com empresas fechadas há mais de 110 dias, empresários em depressão, falência à vista”, disse o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), de Iguatu, José Mota Luciano (Dedé Duquesa). “Entendemos que houve um exagero em até fechar serviços essenciais”.

Decreto estadual

O governador Camilo Santana renovou neste sábado (4) o decreto de isolamento social rígido de sete cidades do Interior, dentre elas, Iguatu, no Centro-Sul cearense, com validade a partir desta segunda-feira (6). A justificativa apresentada pelo governo estadual é o aumento do número de casos ao longo das duas últimas semanas.

Outras cidades que permanecem em isolamento social rígido são: Sobral (21 dias), Juazeiro do Norte (14 dias), Iguatu, Crato, Barbalha, Brejo Santo e Tianguá.

Atividades autorizadas a funcionar e percentual: 

Indústria:

Fabricação de sabão, desinfetantes – 30%
Fabricação de medicamentos – 100%
Fabricação de produtos fitoterápicos e naturais – 60%
Fabricação de móveis e artigos de metal – 30%
Fabricação de móveis e artigos de madeira –  20%
Fabricação de produtos para construção civil – 30%
Fabricação de eletros e artigos domésticos – 30%
Fabricação artigos de couro e calçados – 20%
Indústria da construção civil e obras de irrigação; 30%
Recuperação de matérias e reciclagem – 30%

Serviços: 

Serviços impressão de artigos gráficos e publicitários – 30%
Serviços médicos, odontológicos e terapia ocupacional – 100%
Serviços de transporte individual de passageiros – 60%
Serviços de assistência mecânica (oficinas) – 100%
Serviços de assistência técnica bombas, ar condicionados e eletros – 100%
Serviços de petshops; 100%

Comércio 
Comércio de produtos ortopédico, artigos óticos, produtos farmacêuticos, fitoterápicos e naturais, gêneros alimentícios; hortifrutigranjeiros e produtos veterinários – 100%.

Comércio de material de construção civil – 30%.

Proibição 

A feira livre continua proibida.

10:41 · 05.07.2020 / atualizado às 08:43 · 06.07.2020 por
Crime ocorreu na periferia da cidade. Foto: Honório Barbosa

Uma adolescente de 14 anos, identificada por Joana Lara Gonçalves da Silva, foi assassinada a bala, na cidade de Cedro, na região Centro-Sul do Ceará, neste sábado (4), por volta das 18 horas. A vítima ainda foi socorrida por parentes para o Hospital Zulmira Cedrim de Aguiar, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo a mãe da vítima, a filha integrava uma facção criminosa e teria mudado de grupo. Em represália, dois homens encapuzados, um deles de short vermelho e blusa branca, saíram de um matagal próximo à casa da vítima, que estava sentada na calçada, e efetuaram vários tiros. Dois disparos atingiram a cabeça.

A dupla criminosa fugiu em seguida. Policiais militares realizaram diligências, mas não localizaram os suspeitos, que também não foram identificados.

09:35 · 05.07.2020 / atualizado às 08:40 · 06.07.2020 por

Um homem suspeito de prática de vários crimes na cidade de Jucás, na região Centro-Sul do Ceará, morreu em confronto com policiais militares, na tarde deste sábado (4), na CE-284, em Jucás.

A vítima foi identificada por Francisco Celielton Pereira, 31 anos, conhecido por Tim. Ele trafegava em uma moto Yamaha XTZ 150 de placa OST-0260 e, ao ser abordado numa blitz policial, parou o veículo, sacou uma pistola calibre 380 e atirou contra os policiais militares.

A vítima morreu no local. A arma foi apreendida. Ainda segundo a Polícia Militar, Tim era apontado como um dos líderes do tráfico de drogas em Jucás e respondia por prática de assaltos, posse irregular de arma de fogo, lesão corporal dolosa.

08:31 · 05.07.2020 / atualizado às 08:34 · 06.07.2020 por
Prefeitura de Tauá, no Centro, ao lado da agência do BB. Foto de Wilrismar Holanda

O desembargador do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), Antônio Abelardo Rodrigues, negou o efeito suspensivo pretendido pelo prefeito de Tauá, na região dos Inhamuns, Fred Rêgo, contra decisão do juiz da 3ª Vara da comarca do município, Pedro Augusto Teixeira Dias, que determinou, no último dia 22 de junho, a imediata anulação do pagamento de Gratificações por Execução de Trabalho Relevante (GTRs), concedido por meio de portarias, com valores diferenciados em até 2.000%.

Fred Rêgo determinou à Procuradoria-Geral do Município que recorresse da decisão judicial. Entretanto, não obteve êxito. Ao negar o recurso do prefeito, o desembargador Abelardo Benevides acaba por preservar o deferimento do pedido de tutela provisória de urgência, ajuizado em ação popular pelo advogado, Solano Mota Alexandrino.

Pela decisão, o prefeito ficou obrigado a suspender o pagamentos das GTRs, sob pena de multa de R$ 5 mil, para cada ato descumprido, até limite inicial de R$ 200 mil.

Em plena vigência dos decretos de situação de emergência e de calamidade pública, baixados, respectivamente, nos últimos dias 17 de março e 6 de abril, o prefeito Fred Rêgo promoveu uma série de concessões de gratificação em órgãos municipais, cujos serviços se encontram suspensos, de acordo com o MPCE. O Sistema Verdes Mares tentou contato com a Prefeitura, mas não obteve retorno.

08:29 · 05.07.2020 / atualizado às 08:30 · 06.07.2020 por
Prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, testou positivo para Covid-19. Foto: Lindomar Rodrigues

O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, e os secretários de Saúde, George Xavier, e de Governo, advogado, Tácido Cavalcante, tetaram positivo para Covid-19. O anúncio e confirmação dos exames foi feito em rede social pelo próprio gestor municipal. “Quero dizer ao povo de Iguatu que testei positivo e os meus secretários de Saúde, George Xavier, e de Governo, Tácido Cavalcante, também estão com a Covid-19”.

“Nos últimos dias, estávamos juntos, inaugurando obras, visitando os hospitais e postos de Saúde”, contou Ednaldo Lavor. “Depois que fizemos os exames, estamos no isolamento social e sabemos da gravidade que esse vírus representa”. O prefeito anunciou também que as duas filhas dele, também, testaram positivo, mas a esposa e presidente da Câmara Municipal de Iguatu, Eliane Braz, e um filho, não estão com a doença.

O município de Iguatu permanece com medidas de isolamento rígido de acordo com decreto do governo do Estado, há sete dias. O lockdown foi renovado por mais semana, segundo anunciou o governador, Camilo Santana, na noite deste sábado (4).

Números

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde, na noite deste sábado (4), Iguatu registra 1040 casos e 34 óbitos por Covid-19. Há 706 pacientes curados e a taxa de letalidade é de 3,3%. De um total de 20 leitos de UTI, oito (40%) estão ocupados.

A Vigilância Epidemiológica do Município, informou que as duas vítimas mais recentes apresentavam insuficiência respiratória aguda. Uma delas 71 anos e tinha câncer de mama e era moradora do bairro João Paulo. A outra tinha 79 anos, e também insuficiência renal aguda. Era moradora da Vila Neuma.

 

 

13:38 · 03.07.2020 / atualizado às 13:38 · 03.07.2020 por
Hospital Regional de Iguatu (Foto: Honório Barbosa)

O número de óbitos por decorrência do novo coronavírus na cidade de Iguatu subiu de 30 para 32, nesta quinta-feira (2). A informação é da Coordenação de Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde do Município.

O órgão detalhou que as duas última mortes foram de dois homens, um de 55 anos que residia na zona rural, e outro de 79, que morava na zona urbana.A Secretaria da Saúde de Iguatu não informou, entretanto, se as duas vítimas tinham alguma comorbidade – doença de base anterior.

Salto 

Em um mês os óbitos por Covid-19 mais que dobraram. Em 1º de junho Iguatu registrava 15 mortes, agora já são 32.

O município de Iguatu tem 984 casos confirmados da doença, conforme boletim da Vigilância Epidemiológica divulgado na noite desta quinta-feira (2). Há 655 pacientes curados. A taxa de letalidade é de 3,3%. Dos 20 leitos de UTI em Iguatu, 11 estão ocupados.

13:38 · 02.07.2020 / atualizado às 13:38 · 02.07.2020 por
Operários trabalham no conserto do asfalto da via que dá acesso ao distrito de Suassurana (Foto: Douglas Souza)

Depois de mais de dois anos com o asfalto danificado, operários iniciaram a recuperação da via de acesso ao distrito de Suassurana, na zona rural de Iguatu. O serviço de tapa-buracos começou nesta quarta-feira (01) e vai prosseguir até a próxima semana, quando deverá ser concluído.

O trecho está bastante danificado a partir do entroncamento com a CE – 060. A situação se agravou durante o recente período chuvoso entre fevereiro e maio passado. O segmento mais estragado é entre a sede da Vila de Suassurana e o Açude Trussu. “Há buracos que são crateras”, disse o produtor rural Edilson Maia. “Se o motorista não parar e passar bem devagar acontece acidente”.

O trabalho é realizado pelo Distrito Operacional da Superintendência de Obras Públicas (SOP) do Estado. O valor do serviço não foi informado.

10:47 · 02.07.2020 / atualizado às 10:47 · 02.07.2020 por
Antigo hospital será transformado em unidade de campanha (Foto: Leandro Correia)

A Secretaria da Saúde de Várzea Alegre anunciou na manhã desta quinta-feira (2), que o hospital Santa Maria será transformado em uma unidade de campanha para atender pacientes da Covid-19. O investimento será feito pelo Município.

Segundo a gestão municipal, o prédio oferece boa estrutura para adaptação rápida. O  hospital de campanha terá funcionamento temporário, gerenciado pelo Instituto Excelência, de Fortaleza, que está em Várzea Alegre há um mês, organizando a operacionalização dos serviços.

A estratégia da Secretaria da Saúde é montar de 10 a 15 leitos para atender adequadamente as pessoas que venham a ser acometidas pela Covid-19, ampliando a oferta de leitos na região. “Aqui os pacientes terão mais cuidados médicos necessários e evitem retornar para suas casas, protegendo suas famílias e especialmente as pessoas dos grupos de riscos, como os idosos”, pontuou o secretário da Saúde, Ivo Leal.

Robson Soares,  do Instituto Excelência, explicou que para preparar a equipe que atuará no Santa Maria, o Instituto ministrará cursos de capacitação. Ivo Leal não precisou uma data para abertura do Santa Maria, mas disse que “o esforço é para ser em breve”.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Centro Sul

Fatos diários das regiões Centro-Sul, Vale do Jaguaribe e Inhamuns em infraestrutura, polícia, economia, política, esporte e cultura. Por Honório Barbosa.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags

502 Bad Gateway

502 Bad Gateway


nginx