Busca

Categoria: cultura


08:00 · 24.11.2014 / atualizado às 09:50 · 23.11.2014 por
Aluna Lia Nogueira faz parte do projeto. Foto: Vasconcelos
Aluna Lia Nogueira faz parte do projeto. Foto: Vasconcelos

Um projeto cultural de divulgação de poesias vem despertando a atenção de alunos e moradores da cidade de Iguatu, na região Centro-Sul. Estudantes do 2º ano do ensino médio do Centro Educacional Cenecista Ruy Barbosa invadiram o centro comercial da cidade na manhã deste sábado (22) com o projeto Doce Poesia, que está na sua 3ª edição.

A concentração aconteceu na Praça Demóstenes de Carvalho (conhecida Praça da Caixa Econômica Federal), a partir das 8h. Idealizado pelo professor José Roberto Duarte, o projeto consiste em levar às pessoas textos poéticos escolhidos pelos próprios alunos.

Na prática, o aluno aborda qualquer transeunte, recita o poema e entrega-lhe uma cópia do texto e um chocolate. A iniciativa objetiva levar alegria através da poesia, “adoçando a alma” (poema) e o corpo (chocolate).

A aluna Lia Nogueira disse que os moradores inicialmente ficam admirados e surpresos, mas depois entendem e aprovam a iniciativa. “É uma experiência interessante, ver a reação dos moradores”, disse. “O nosso objetivo é contribuir com a divulgação da literatura poética, incentivar a leitura”.

17:07 · 10.11.2014 / atualizado às 17:07 · 10.11.2014 por
Teatro de rua empolgou os moradores. Foto: divulgação
Teatro de rua empolgou os moradores. Foto: divulgação

A população de Várzea Alegre foi prestigiada na noite deste domingo, 09, quando da apresentação teatral do grupo Cutubas, de Fortaleza. No Parque Cívico São Raimundo, o Cutubas encenou a peça “O Biscateiro que deu um chute no saco do juiz”.

A comédia, uma crítica social, teve cerca de 40 minutos, levando alegria e arrancado risadas do público presente.

A peça teatral chegou a Várzea Alegre por intermédio do SESC, que vem realizando na região a 16ª Mostra SESC Cariri de Culturas e contou com parceria da Secretaria de Cultura e Turismo local.

O secretário municipal de Cultura, Francisco Milton Bezerra, disse que o evento foi relevante para o fortalecimento da cultura e que pretende manter a parceria com o SESC, incentivando as artes cênicas.

09:47 · 04.10.2014 / atualizado às 09:47 · 04.10.2014 por

O Sesc Ceará recebe, a partir deste sábado (4), a 3ª etapa do projeto Sonora Brasil. Este mês, as apresentações acontecem com o grupo coral Polyphonia Khoros de Florianópolis (SC), que se dedica ao repertório eclético, com ênfase na música dos séculos XX e XXI.

A primeira apresentação acontece em Fortaleza, no Teatro Sesc Senac Iracema, às 20h. Depois segue para as cidades de Sobral (6), Iguatu (7), Crato (8) e Juazeiro Norte (9). Todas as apresentações são gratuitas.

Regido pela maestrina Mércia Mafra Ferreira, o grupo mantém um trabalho de excelência na área, se destacando no cenário musical do estado de Santa Catarina. Composto por 28 cantores, o coro promove a prática e a apreciação da música vocal, formando jovens cantores líricos e amplas plateias.

Selecionados a partir do equilíbrio e timbragem de vozes e da experiência camerística com a música contemporânea, o Octeto é formado por uma representação do grupo, e é composto por quatro vozes masculinas: Fernando De Carli e Tobias Andreas Weege (tenores), Javier Venegas e Leonardo Barbi (baixos) e quatro vozes femininas: Grasieli Fachini e Natacha De Carli (soprano), Débora Almeida e Luciana Lira (contraltos).

Sobre o Sonora Brasil

Idealizado pelo Departamento Nacional do Sesc, o projeto “Sonora Brasil – Formação de Ouvintes Musicais”, desenvolve programações identificadas com o desenvolvimento histórico da música no Brasil, e consolida-se como o maior projeto de circulação musical do país, difundindo o trabalho de artistas que se dedicam à construção de uma obra de fundamentação artística não-comercial.

            O principal objetivo do projeto é despertar no público um olhar crítico sobre a produção e os mecanismos de difusão da música. Dessa maneira, o Sonora Brasil incentiva novas práticas e hábitos de apreciação musical, promovendo apresentações de caráter essencialmente acústico, valorizando a pureza do som e a qualidade das obras e de seus intérpretes.

Dia 7 – Iguatu

Local: Teatro da Unidade Iguatu do Sesc (Endereço: Rua 13 de maio, 1130 – Centro)

Horário: 20h

Informações: (88) 3581.1130

 

 

12:22 · 19.09.2014 / atualizado às 12:22 · 19.09.2014 por

             Com o objetivo de formar plateia na linguagem audiovisual, o Sesc realiza, na próxima terça-feira (23), mais uma exibição do Terça Película. Desenvolvido através do Cine Sesc, em Iguatu, o projeto acontece com exibições e debates sobre obras do cinema presentes no acervo da instituição. Esta semana, a sessão acontece com o filme ‘Nenhum lugar para ir’, dirigido por Oskar Roehler, às 19h, no Teatro do Sesc. Entrada gratuita.

            No filme, a escritora Hanna Flanders não consegue lidar nem com o próprio desenvolvimento pessoal nem com o desenvolvimento político responsável pela extinção da RDA e pela reunificação alemã. Classificação indicativa: 14 anos.

            E para encerrar a programação de setembro, no dia 30, será exibido “Adeus, Lenin!”. Com direção de Wolfgang Becker, a obra traz como cenário o leste de Berlim, no outono de 1989. No filme, a mãe de Alex Kerner entra em coma após sofrer um infarto, razão pela qual a queda do muro lhe passa despercebida. No verão de 1990, ela recobra a consciência, porém, o médico adverte que qualquer excitação pode ser-lhe fatal. Alex terá de esconder da mãe a extinção do Estado do Partido Socialista Único. Classificação indicativa: 14 anos.

 Programação

Dia 23 – Nenhum lugar para ir

Classificação indicativa: 14 anos

 Dia 30 – Adeus, Lenin!

Classificação indicativa: 14 anos

 SERVIÇO

Terça Película

Local: Teatro da Unidade Iguatu do Sesc (R. Treze de Maio, 1130)

Datas: 23 e 30/9

Horário: 19h

Informações: (88) 3581.1130

18:34 · 14.05.2014 / atualizado às 18:34 · 14.05.2014 por

 

Festival de quadrilhas  deve atrair milhares de pessoas. Foto: Honório Barbosa
Festival de quadrilhas deve atrair milhares de pessoas. Foto: Honório Barbosa

Depois de alguns anos sem promover festejos juninos, a menor cidade da região Centro-Sul do Ceará, Quixelô, traz de volta neste ano, festival de quadrilhas juninas e shows.

O Quixelô Junino será realizado na Praça Padre Agostinho (antigo espaço do Quiforró). Começa no próximo dia 28 com o Festival local de Quadrilhas Juninas. Nos dias 29 e 30 haverá apresentações de grupos nacionais. O encerramento será no sábado, dia 31, com show em praça pública do cantor Fagner. “A nossa expectativa é muito positiva e deve atrair milhares de pessoas”, disse a secretária adjunta da Cultura, Luzanete Freitas.

IGUATU JUNINO/IGUATU FESTEIRO

Na cidade de Iguatu, neste ano, por causa do calendário eleitoral, o Iguatu Festeiro, que é um festival fora de época, será antecipado para o período de 7 a 16 de junho. A programação de shows ainda será definida. Haverá festival de quadrilhas juninas com três categorias: municipal, escolar e nacional. “Já temos mais de 35 grupos inscritos”, disse o coordenador da secretaria de Cultura, Michel Prudêncio. O evento será realizado na Avenida Juscelino Kubstchek (espaço do Iguatu Festeiro).