Categoria: infraestrutura


17:58 · 14.08.2013 / atualizado às 17:58 · 14.08.2013 por

A estrada que liga a cidade de Iguatu, na região Centro-Sul, às localidades de Juazeirinho, Córrego da Santa Rosa, Santa Rosa I, II e III e de Serrote, na zona rural do município, vão receber obras de pavimentação asfáltica.  

Agenor Neto e o deputado federal Anibal Gomes participaram de audiência no Ministério do Turismo em Brasília. foto: divulgação
Agenor Neto e o deputado federal Anibal Gomes participaram de audiência no Ministério do Turismo em Brasília. Foto: divulgação

A informação foi divulgada pelo ex-prefeito, Agenor Neto (PMDB). “O município foi contemplado com uma emenda parlamentar do deputado federal Aníbal Gomes”, comemorou Agenor Neto. O valor da emenda é de R$ 2,9 milhões.

Os recursos são oriundos do Ministério do Turismo, através do programa de Apoio a Infraestrutura Turística. De acordo com Agenor Neto, com a concretização desse projeto, Iguatu passa a contar com cerca de 50 quilômetros de estradas rurais asfaltadas, fato inédito na história do município. “É, com certeza, mais uma grande meta atingida pelas pessoas de bem do nosso Iguatu”, disse.

A estrada que dá acesso às localidades de Santa Rosa e Serrote estão em condições precárias. No período de chuva, aumentam os transtornos para os usuários da via.

09:18 · 03.08.2013 / atualizado às 09:18 · 03.08.2013 por
Setor imobiliário está em expansão na cidade de Iguatu. Foto: Honório Barbosa
Setor imobiliário está em expansão na cidade de Iguatu. Foto: Honório Barbosa

A qualidade dos imóveis e a inadimplência são preocupações da agência da Caixa Econômica Federal (CEF) na cidade de Iguatu e da Associação dos Construtores do Centro-Sul do Ceará (ACCS).

O crescimento do mercado imobiliário atraiu dezenas de pessoas que passaram a construir e vender casas financiadas, desejosas de elevados lucros, mas sem boas condições de estrutura e acabamento.

A Caixa adotou o critério do cadastro restritivo, relacionando os construtores cujos imóveis comercializados e financiados apresentam problemas estruturais, tais como rachaduras e infiltrações. A ideia é simples: quem não oferecer qualidade fica excluído dos programas de financiamento pela instituição de crédito. “Vamos eliminar aqueles que só querem ganhar, trabalhando sem responsabilidade”, frisou Izequiel Ferreira, gerente geral da agência da CEF, em Iguatu.

INADIMPLÊNCIA

“A inadimplência não deixa de ser uma preocupação, mas estamos dentro do limite estabelecido”, disse Izequiel Ferreira. “Adotamos medidas para evitar ampliação do número de devedores em atraso”, diz o gerente.

Desde o fim de maio passado que a Caixa definiu novas normas de aceitação e comprovação de renda pessoal e familiar. Agora, a análise passou a ser mais rigorosa. “É um controle necessário para a subsistência dos programas de crédito”, observa Ferreira.

Na análise de Izequiel Ferreira, o setor imobiliário nesta cidade não atravessa um momento de retração. “Agora que estamos no começo e ainda há muitas famílias que desejam adquirir a casa própria”, explica.

QUALIDADE

O presidente da Associação dos Construtores do Centro-Sul, Elenilton Lopes, também mostrou preocupação com a qualidade de imóveis.

Iguatu tem hoje cerca de 100 construtores. A ampla maioria entrou no ramo imobiliário atraída pela possibilidade de lucro rápido, fácil exagerado. “Existe muita gente construindo, sem responsabilidade, visando lucro exorbitante, e até mesmo usando ´laranjas´”, diz Elenilton Lopes. “Nós orientamos que as pessoas procurem construtores da associação e tenham assessoria técnica de um corretor de imóveis”.

Elenilton conta que é preciso haver distinção no mercado entre aqueles que constroem com responsabilidade e os que não têm compromisso. Para ele, o lucro deve variar entre 20% e 25% na venda de uma casa, que é edificada em média em 90 dias. “Muitos querem investir 60 mil reais na obra e vender a casa por 120 mil reais”, fala.

A demanda inicial, que foi muito elevada, estabilizou-se. “Antes, a gente cavava o alicerce e já vendia a casa”, disse Lopes. “Agora, temos de esperar um pouco mais”. De acordo com a agência local da Caixa, no Programa Minha Casa Minha Vida, em 2012, foram aplicados R$ 11,6 milhões e no período de janeiro a junho deste ano, já foram investidos R$ 11,5milhões. Nesse mesmo período, em outras linhas de financiamento de imóveis residências foram liberados R$ 20 milhões.

16:47 · 10.07.2013 / atualizado às 16:49 · 10.07.2013 por

Moradores das localidades de Gameleira, Barra e Cavaco, na zona rural de Iguatu, reclamam por melhoria na estrada vicinal que dá acesso aos sítios. As condições da via estão precárias, cheias de buracos, causando transtornos aos motoristas e passageiros.

Neste domingo, dia 7, houve protesto nas localidades. O objetivo dos moradores é chamar a atenção das autoridades locais para a necessidade de realizar um serviço de recuperação e melhoria da estrada.

De acordo com o vereador Mário Rodrigues, da bancada de oposição, quando a Câmara de Vereadores retomar as atividades regulares em agosto, moradores vão realizar novo protesto nas galerias do legislativo. “A estrada está muito danificada e precisa ser recuperada com urgência”, disse Rodrigues. “A Prefeitura precisa dá atenção a essa estrada e outras que estão também com buracos e necessitando ser recuperada”.

06:41 · 08.06.2013 / atualizado às 06:41 · 08.06.2013 por

O superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), no Ceará, Agenor Pereira, informou que a direção nacional do órgão aprovou projeto de reforma e construção de sua rede de armazéns no Interior do Ceará.

A cidade de Quixadá, no sertão Central, vai ganhar uma unidade ampla, com capacidade para 50 mil toneladas. A Prefeitura precisa fazer a doação da área. Outros armazéns serão reformados para melhoria das condições de trabalho e de atendimento aos produtores rurais. “Vamos recuperar os já existentes e construir um grande armazém em Quixadá”, anunciou Agenor Pereira. “A decisão foi tomada esta semana em Brasília”.

De acordo com o superintendente, os armazéns, que estão localizados em áreas urbanas, serão remanejados. “Na segunda etapa, vamos construir novas unidades fora da cidade.

Um exemplo é o armazém de Senador Pompeu, que divide paredes com residências. Cabe as Prefeituras fazer a doação das áreas para construção das novas unidades.

MILHO

De acordo com a Conab, a demanda mensal no Ceará em abril passado era de 30 mil toneladas de milho. A procura cresceu no Estado por causa da seca que se prolonga desde 2012, mas em maio foi reduzida em decorrência das últimas chuvas que favoreceram o nascimento de pastagem nativa. “A situação melhorou muito”, disse o superintendente da Conab, no Ceará, Agenor Pereira. “A cada 60 dias temos novas avaliações da necessidade dos criadores por milho”.

Agenor Pereira disse que a Conab vai dar suporte necessário para o governo do Estado que irá fazer a venda das 30 mil toneladas de milho, doadas pelo governo federal. “Na próxima semana, mais 24 mil toneladas de milho virão para a Conab no Ceará, ampliando o estoque para 60 mil toneladas, pois temos um saldo de seis mil toneladas”. De acordo com Pereira, novas remessas para o Estado vão depender da demanda apresentada pelos criadores.

13:28 · 07.06.2013 / atualizado às 13:28 · 07.06.2013 por

Até o fim deste mês, operários trabalham na operação tapa-buracos, na cidade de Acopiara, na região Centro-Sul do Ceará. A responsabilidade dos serviços é da secretaria de Obras.

O esforço da administração é para melhorar as vias de tráfego de veículos, que apresentam buracos. Em vários trechos, a cobertura do asfalto está rachada e solta.

Nos últimos quatro anos, houve abandono do serviço de recuperação da pavimentação (calçamento e asfalto) das ruas da cidade.

 

17:12 · 06.06.2013 / atualizado às 17:12 · 06.06.2013 por

O prefeito de Várzea Alegre, Vanderlei Freire (PSD), em visita ao Centro de Abastecimento Josué Alves Diniz (Mercado Público), avaliou com assessores e concessionários as condições de trabalho e de higiene da unidade.

O Centro de Abastecimento Josué Alves Diniz foi inaugurado em dezembro de 1966, na gestão do então prefeito Josué Diniz e passou por melhoramentos no governo do ex-prefeito Zé Helder.

Após 46 anos, a unidade está defasada e precisa ser reformada.

O prefeito Vanderlei Freire disse que pretende realizar uma reforma no local e já conscientizou os trabalhadores que a obra causará alguns transtornos, mas o resultado final será positivo, oferecendo melhores condições de higiene e de trabalho.

Recentemente, a Semace interditou o matadouro público, outra estrutura defasada, e o prefeito trabalha para concluir o novo abatedouro.

 

Prefeito em visita ao mercado público

mercado-materia

17:04 · 06.06.2013 / atualizado às 17:21 · 06.06.2013 por

O terminal de passageiros do Aeroporto Tomé da Frota, em Iguatu, na região Centro-Sul, só deverá ser reformada no próximo ano. A Secretaria de Aviação Civil (SAC realizará nos próximos meses um estudo detalhado sobre os investimentos necessários e elaboração dos projetos de engenharia, em cada um dos 270 aeroportos incluídos no Programa Federal de Auxílio a Aeroportos (PROFAA). Estão previstos investimentos em mais de R$ 7,3 bilhões de reais na expansão da aviação nacional.

No Ceará, nove municípios serão beneficiados com obras de reforma e ampliação, com investimentos estimados em aproximadamente R$ 363 milhões de reais. Estão incluídos no programa os aeroportos de Jijoca de Jericoacoara, Itapipoca, Sobral, Canindé, Aracati, Quixadá, Crateús, Iguatu e Juazeiro do Norte.

O aeroporto de Iguatu dispõe de pista em asfalto, balizamento noturno, em boas condições para pousos e decolagens de aeronaves de pequeno e médio porte de até 30 passageiros. A cidade não dispõe de voos comerciais. O aeroporto tem caráter regional.

 

Terminal de passageiros do aeroporto de Iguatu. foto: HB
Terminal de passageiros do aeroporto de Iguatu. foto: HB

 

16:18 · 06.06.2013 / atualizado às 16:18 · 06.06.2013 por

Iguatu, na região Centro-Sul, ficou fora da relação de cidades que vão receber modernas escolas de ensino fundamental construídas pelo governo do Estado.

O governador Cid Gomes esteve reunido, hoje, dia 6, com os prefeitos das oito cidades a serem beneficiadas para anunciar o projeto de construção de 44 escolas. Caberá às prefeituras a disponibilização de terrenos para que as unidades sejam implantadas.

De acordo com a Assessoria de Comunicação do governo, serão 29 escolas em Fortaleza, 4 em Caucaia, 3 em Juazeiro do Norte, 3 em Maracanaú, 2 em Sobral. Crato, Itapipoca e Maranguape ficarão com uma escola cada.

As unidades terão 12 salas e uma capacidade total de 540 alunos. As escolas terão laboratórios de química e biologia, física e matemática, quadras com vestiário, auditório com capacidade para 120 pessoas, biblioteca, estacionamento interno.

Cada escola custará, em média, R$12,8 milhões para construção e equipamentos. As obras devem começar ainda este ano.

 

15:32 · 04.06.2013 / atualizado às 15:32 · 04.06.2013 por

Polêmica em Várzea Alegre na região Centro-Sul do Ceará. Grande parte da cidade é cortada pela Rodovia BR 230 (trecho da Transamazônica). O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) tem pretensão de demolir residências e prédios comerciais numa área de quarenta e cinco metros a partir do centro da rodovia.

Os moradores preocupados pedem a municipalização do trecho da rodovia federal para evitar a perda dos imóveis. Os proprietários de imóveis da área estão mobilizados.

Diante da polêmica, o empresário Raimundo de Sousa Carvalho, advertiu que em 2008, a Câmara Municipal, sob a presidência do então vereador Joaquim Frutuoso, aprovou a Lei 557/2008, que alterou a Lei 44/89, e que dispõe sobre a abrangência da área urbana. Na época, a lei foi sancionada pelo prefeito José Helder Máximo de Carvalho.

Pelo o que determina a nova lei, o trecho da BR 230, as terras que partem do Morro da Pedro Preta, após o cemitério de Netinho, até o matadouro público, no bairro Sanharol, integram a zona urbana do município.

Para o empresário, o temor dos proprietários de imóveis nas margens da rodovia seria desnecessário. O vereador Elonmarcos, presidente da Câmara, disse que tinha conhecimento da lei, mas quer saber se essa lei atende ao que pede o DNIT. Outra questão: será que uma lei municipal tem força para municipalizar trecho de rodovia federal?

14:59 · 04.06.2013 / atualizado às 14:59 · 04.06.2013 por

O prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, assina logo mais às 19 horas,  ordem de serviço para realização de obra de recuperação do canal de águas pluviais da conhecida rua da Cidao (Rua São Francisco com Avenida Dário Rabelo).

A obra será feita com recursos próprios. A laje cobertura antiga do canal apresenta buracos e rachaduras, sem possibilidade de tráfego de veículo pesado.

O canal fica próximo ao campus multi-institucional (Cidade Universitária) que vai abrigar cursos da Universidade Regional do Cariri (Urca), Faculdade de Educação e Letras de Iguatu (Fecli/Uece) e da Fatec.

 

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Centro Sul

Fatos diários das regiões Centro-Sul, Vale do Jaguaribe e Inhamuns em infraestrutura, polícia, economia, política, esporte e cultura. Por Honório Barbosa.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags