Busca

Categoria: reunião


20:48 · 12.05.2014 / atualizado às 20:48 · 12.05.2014 por
Prefeito Nilson Diniz, em Brasília
Prefeito Nilson Diniz, em Brasília

O Prefeito de Cedro, Nilson Diniz, estará em Brasília para participar da XVIII Marcha dos Prefeitos, nos dias 12 a 15 de maio. O evento será realizado no Distrito Federal.

Neste ano, o tema da Marcha dos Prefeitos é “A crise nos municípios e a conjuntura eleitoral”. A marcha é promovida pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), sendo o maior evento municipalista da América Latina onde serão discutidos assuntos de interesse juntamente com os prefeitos.

“Iremos participar e conversar com ministérios para que possamos viabilizar a atração de recursos e investimentos para município”, disse o gestor.

A abertura oficial será nesta Terça-Feira (13) que deverá contar com a presença da presidente da República, Dilma Rousseff, e uma comitiva de ministros de Estado.

20:06 · 31.07.2013 / atualizado às 20:06 · 31.07.2013 por
Audiência pública discutiu propostas para o PPA
Audiência pública discutiu propostas para o PPA

Foi realizada na manhã desta quarta-feira, dia 31, audiência pública para elaboração do Plano Plurianual para o período de 2014 a 2017. A audiência pública foi realizada no auditório da Coordenadoria Regional de Educação (CREDE 16).

O prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, secretários e técnicos do município, representantes de entidades de classe e de associações comunitárias participaram do evento. Durante o encontro, foram apresentadas diretrizes, objetivos e metas da gestão municipal para os próximos quatro anos.

No último dia 24, houve uma reunião entre o prefeito e os secretários municipais para apresentação de relatórios de planejamento.

O projeto do PPA será encaminhado para a Câmara Municipal de Iguatu, onde será discutido e votado. “A participação da sociedade tem um valor muito significativo”, disse Aderilo Alcântara. “Através da população, tomaremos conhecimento dos problemas que ocorrem nos bairros e nos distritos e faremos um planejamento para os próximos anos de gestão, definindo as ações administrativas a serem implantadas”.

19:38 · 24.07.2013 / atualizado às 19:38 · 24.07.2013 por
Moradores protestam em frente à Câmara de Acopiara.
Moradores protestam em frente à Câmara de Acopiara.

Em clima acirrado, a Câmara Municipal de Acopiara realizou sessão extraordinária na noite desta terça-feira para votar projetos encaminhados pelo Executivo. De um total de sete mensagens, seis foram aprovados por unanimidade.

Centenas de moradores lotaram o auditório e o espaço em frente ao legislativo e houve manifestação a favor dos projetos encaminhados pelo prefeito, Dr. Vilmar.

O projeto mais polêmico refere-se ao limite de pagamento da RPV (Requisição de Pequeno Valor), isto é, antigos precatórios. Por decisão judicial, dependendo do valor, a Prefeitura tem um prazo de até 60 dias para efetuar o pagamento.

O valor da RPV foi alterado no fim da gestão do ex-prefeito Antonio Almeida, em 2012. Passou do mínimo de seis salários mínimos, cerca de R$ 4 mil, para R$ 13.560,00. “Somente neste ano, a Prefeitura já pagou mais de R$ 600 mil de RPV”, disse o vereador Lindomar Rodrigues. “Com a mudança, o município ficou sem capacidade de investimento”.

De acordo com a votação do projeto, o valor da PPV voltou para o valor de seis salários mínimos, isto é, R$ 4.157,00. “Acopiara estava pagando três vezes mais que Iguatu”, disse Rodrigues. “Ainda bem que a maioria dos vereadores foi responsável”.

Os vereadores, Will Almeida, Vicente Júnior e Mundoca votaram contra o projeto que modificou o valor da RPV.

OUTROS PROJETOS APROVADOS

Os vereadores aprovaram a doação de uma área de 60 mil metros quadrados (seis hectares) para a implantação do campus do Instituto Federal de Educação do Ceará, na Vila Martins.

Foi aprovada ainda a doação de uma área de 3.500 metros quadrados para construção de uma cozinha comunitária e de uma creche pró-infância.

Em outra mensagem votada, foi aprovado aumento do salário dos conselheiros tutelares que passam a ganhar a partir deste mês, R$ 1.017,00.

Dentre os projetos discutidos e votados, os vereadores aprovaram a implantação de 40 bolsas para integrantes da Banda de Música do município no valor de R$ 200,00.

TENSÃO

Sessão foi acirrada e clima ficou tenso entre vereadores.
Sessão foi acirrada e clima ficou tenso entre vereadores.

Antes de a sessão começar, o clima entre os vereadores ficou acirrado e o vereador Will Almeida chegou a chutar uma cadeira e exigiu que um grupo de moradores parasse de se manifestar.  Os trabalhos legislativos foram dirigidos pela presidenta Lara Teixeira.

 

 

19:17 · 18.12.2012 / atualizado às 19:17 · 18.12.2012 por

Melhorar a qualidade do serviço de transporte público, garantindo acesso gratuito aos idosos e deficientes e a meia-passagem para estudantes. Esse foi o objetivo de uma audiência pública realizada pelo Ministério Público Estadual (MPE), nesta cidade, localizada na região Centro-Sul, no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

            Representantes de empresas de ônibus, da Cooperativa dos Profissionais em Transportes Alternativos de Passageiros de Iguatu e Região Centro-Sul (Cooprecensul), do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), de entidades estudantis e usuários participaram da reunião que se estendeu por mais de três horas. Ao final, foi firmado entendimento de que os direitos dos passageiros devem ser cumpridos.

            O promotor de Justiça, Aureliano Rebouças Júnior, esclareceu que em decorrência de muitas reclamações de usuários, houve a decisão do MPE em promover a audiência pública para discutir a questão e definir ações de melhoria do serviço. Vans superlotadas e falta de passagens gratuitas para idosos e pessoas com deficiência são as principais reclamações, além de grosserias por parte de motoristas e trocadores para com os usuários. 

Audiência Pública realizada no auditório da CDL em Iguatu pelo Ministério Público debate sobre a qualidade do transporte público na região. Foto: HB