Diário Centro Sul

Busca


Prefeitura de Acopiara anuncia aumento salarial de 8,5% para Educação

Publicado em 14/03/2014 - 18:32 por | Comentar

Categorias: cidades
  • Enviar para o Kindle
Prefeito de Acopiara, Dr. Vilmar Félix

Prefeito de Acopiara, Dr. Vilmar Félix

O prefeito de Acopiara, Dr. Vilmar, anunciou aumento salarial de 8,5% para os professores da rede municipal de ensino.

 O prefeito encaminhou a Câmara Municipal de Acopiara o Projeto de Lei Nº 002, de 10 de março de 2014, que reajusta o Piso Salarial do Magistério em 8,50% sobre o vencimento básico.

 O reajuste proposto pela administração objetiva estabelecer a valorização dos docentes e, por conseguinte, a melhoria da qualidade de educação no município, além de promover a eficácia e a continuidade das ações administrativas.

 O aumento proposto pela administração é superior ao estabelecido pelo Governo Federal que é da ordem de 8,32%. “Compreendo que a valorização dos profissionais do magistério é uma das nossas principais prioridades. Resolvemos superar o índice do Governo Federal acreditando que este é mais um dos passos para avançarmos nas grandes mudanças que pretendemos implementar, como já fizemos no ano anterior”, frisou Dr. Vilmar.

Tags: , , , ,

Prefeito de Acopiara participa de encontro de gestores

Publicado em 14/03/2014 - 18:27 por | Comentar

Categorias: cidades
  • Enviar para o Kindle

O prefeito de Acopiara, Dr. Vilmar, participou na sede da Aprece em Fortaleza, do I Encontro de Gestores Municipais. Na oportunidade alguns temas ambientais foram tratados, dentre eles, Validação do Panorama Estadual de Resíduos Sólidos; Metodologia do Programa Selo Município Verde; critérios para o Índice de Qualidade do Meio Ambiente, dentre outros.

 Segundo o prefeito Dr. Vilmar o evento foi promovido pelo Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (Conpam) e contou com participação de gestores municipais e secretários de Meio Ambiente responsáveis pela gestão de resíduos sólidos nos seus municípios.

 O prefeito Dr. Vilmar ainda anunciou com satisfação, que está conseguindo para o município de Acopiara uma usina de reciclagem que, além de gerar empregos na Terra do Lavrador, vai também acabar de uma vez por todas o lixão localizado no sítio Muquém.

 

 

 

Tags: , ,

Terra está molhada, mas poucos plantam

Publicado em 13/03/2014 - 12:54 por | Comentar

Categorias: cidades
  • Enviar para o Kindle
Poucos agricultores estão plantando por falta de estímulo e o temor de uma seca, pelo terceiro ano consecutivo. Foto de Honório Barbosa

Poucos agricultores estão plantando por falta de estímulo e o temor de uma seca, pelo terceiro ano consecutivo. Foto de Honório Barbosa

Depois de cinco dias seguidos de chuva em vários municípios da região Centro-Sul, ontem, houve uma redução de intensidade de pluviometria. De acordo com boletim da Funceme, a maior chuva registrada foi em Ipaumirim, 23 mm; seguida de Icó, 20mm e Cedro, 14mm.

Na região Centro-Sul, a terra está bem molhada e o inverno tem sido favorável para a agricultura, entretanto poucos produtores rurais estão no campo. “A maioria esstá desestimulada e poucos agricultores fizeram o cultivo”, observa o aposentado, Francisco Moreira, da localidade de Riacho Vermelho, zona rural de Iguatu.

A reportagem do Diário do Nordeste percorreu anteontem várias localidades rurais em Iguatu e as roças estão ociosas, apesar de elevados registros de pluviometria no município. Poucos estão no campo, fazendo o cultivo das tradicionais culturas de sequeiro – milho, feijão e arroz. Depois de dois anos seguidos de seca, há um desestímulo e medo de nova perda da lavoura.

VERÃO NO SERTÃO CENTRAL

A situação mais crítica, entretanto, é na maior parte da região do Sertão Central, onde a maioria dos municípios não registra chuva. Em Solonópole, Milhã, Jaguaretama, Senador Pompeu, Deputado Irapuan Pinheiro há localidades com mais de 30 dias sem ocorrência de pluviometria. “São chuvas localizadas”, disse o diretor do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Francisco Rodrigues. Estima-se que menos de 15% dos agricultores fizeram um primeiro plantio naqueles municípios.

Outra preocupação é com a reserva dos médios e grandes reservatórios. As chuvas ainda não foram suficientes para a recarga dos açudes, que permanecem praticamente com os mesmos níveis do início da quadra invernosa em fevereiro passado. É preciso ocorrer intensas chuvas para encher rios e riachos e realimentar as barragens no sertão do Ceará.

Tags: , , ,

Supermercados já começam a se preparar para a Páscoa

Publicado em 13/03/2014 - 12:43 por | Comentar

Categorias: comércio
  • Enviar para o Kindle

Cada vez mais como estratégia de venda, o comércio antecipa as datas comemorativas, decorando lojas e antecipando a exposição de produtos. A ideia é despertar o interesse de consumo entre os clientes. A um mês para o início da Semana Santa, os supermercados já começam expor e vender os produtos que compõem a cesta básica da Páscoa.

Supermercados expõem ovos de chocolate, um dos produtos mais vendidos na Páscoa. Foto de Honório Barbosa

Supermercados expõem ovos de chocolate, um dos produtos mais vendidos na Páscoa. Foto de Honório Barbosa

A Páscoa é considerada a segunda data mais importante depois do Natal para o setor comercial. A Câmara de Diretores Lojistas (CDL) de Iguatu trabalha com uma expectativa de crescimento das vendas de 12% em relação ao mesmo período do ano passado. Ofertas e maior divulgação dos produtos devem contribuir para o crescimento dos negócios no período.

“Apesar da estiagem, no ano passado, o setor registrou boas vendas e para este ano, a nossa estimativa é de acréscimo na comercialização dos itens que compõem a cesta básica de consumo da Semana Santa e da Páscoa”, disse o diretor da CDL de Iguatu, Henrique Bezerra. “As chuvas voltaram, animando produtores rurais, lojistas e consumidores”.

Em Iguatu, o Super Lagoa é pioneiro em implantar duas parreiras de exposição de ovos da Páscoa. A loja já ampliou estoque de outros itens de consumo do período: bacalhau e vinhos. Nas próximas semanas, o setor de pescados será ampliado com a chegada de novos pedidos. O gerente geral da unidade, Elandio Dutra, espera um crescimento de 18% a 20% nas vendas em relação ao mesmo período de 2013.

Neste ano, a Páscoa começa mais tarde, pois são 40 dias após o Carnaval, comemorado no início deste mês. Domingo de Ramos, que abre as celebrações religiosas da Semana Santa, será no dia 13 de abril. A Páscoa começa no Domingo da Ressurreição de Jesus Cristo, dia 20. A religiosidade do brasileiro de maioria cristã contribui para o incremento comercial nesse período do ano.

Por tradição, o consumo de chocolate, em particular dos ovos de Páscoa, é elevado. “Estimamos um crescimento entre 25% e 30%”, disse Dutra. Com relação ao setor de pescados, a perspectiva de aumento é ainda maior: 40%. O bacalhau é o produto que tem maior participação na exposição em gôndolas e na comercialização.

O setor de padaria também registra boas vendas de pães de coco e de colomba, preparado com uma massa mais leve que o Panetone. As prateleiras das lojas já estão lotadas de vinhos nacionais e importados. A data impulsiona outros setores que formam os produtos agregados, legumes, verduras, queijos, azeite e massas.

Qualidade, variedade e preço atraente é a fórmula para atrair consumidores e ampliar as vendas na Páscoa, no próximo mês. “Temos um mix de bons produtos, que é o diferencial da loja na cidade”, disse Dutra.

Tags: , , , , , , ,

IGUATU > Moradores de cinco bairros ainda sofrem com a falta de água

Publicado em 13/03/2014 - 12:37 por | Comentar

Categorias: cidades
  • Enviar para o Kindle
Adutora foi consertada, mas água ainda demora chegar nas casas de todos os bairros da cidade de Iguatu. Foto de Honório Barbosa

Adutora foi consertada, mas água ainda demora chegar nas casas de todos os bairros da cidade de Iguatu. Foto de Honório Barbosa

Os moradores da cidade de Iguatu, na região Centro-Sul do Ceará, enfrentam há cinco dias falta de água. O motivo é o rompimento da adutora do Açude Trussu, principal sistema de captação e distribuição para a Estação de Tratamento de Água (ETA) para a área urbana que tem mais de 70 mil habitantes. A tubulação foi consertada e somente na madrugada de amanhã, dia 14, o abastecimento será normalizado em todos os bairros.

          Hospitais, hotéis, clínicas e as casas que não dispõem de caixas d’água e que estão localizadas em áreas mais elevadas e distantes do sistema de distribuição foram as unidades mais afetadas com a falta de água que começou no sábado passado, após o primeiro rompimento da adutora do Trussu.

          Na manhã de hoje cinco bairros da cidade ainda continuavam sem água: Jardim Oásis, Lagoa Park, Areias, Centro (entorno da Praça da Matriz) e Flores. A dona de casa, Mikaele Gomes da Silva, contou que deixou de mandar o filho para a escola porque não tem água para o banho. “Não quero mais passar por uma situação dessas”, disse. “Faltou água até para beber”. Muitas famílias aproveitaram água das chuvas dos últimos quatro dias.  

          Desde sábado que a falta de água vem trazendo transtornos para milhares de moradores. “A caixa secou e tivemos de suspender o atendimento de 14 crianças da creche”, disse a proprietária, Maria Cleonice Alves. Para a dona de casa, Francisca Eliane, o jeito foi tomar banho e fazer a refeição na casa da sogra. “Não tenho caixa d’água e a nossa situação está um desespero desde sábado passado”.

O primeiro rompimento da tubulação ocorreu na madruga de sábado, próximo à sede do distrito de Suassurana, distante 18 km da sede urbana. No fim de semana, os operários do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Iguatu trabalharam para o conserto do tubo de 400mm de diâmetro. Na segunda-feira, dia 10,  a tubulação voltou a romper e uma equipe de 15 operários fez o revezamento no serviço de conserto, que foi concluído na madrugada de quarta-feira (12).

“A pressão da água é muito forte e a tubulação rompeu a poucos metros do primeiro vazamento”, disse o superintendente do SAAE, Edval Lavor. “Houve dificuldades para a conclusão dos serviços por causa da chuva e do terreno que ficou alagado”.

Mais de 80% da cidade enfrentaram falta de água. Apenas 20% do sistema de distribuição estão funcionando, graças ao antigo sistema de bombeamento de água de poços no Rio Jaguaribe.

          Segundo previsão do SAAE, o abastecimento deve ser normalizado em todo o município somente na madrugada de hoje, sexta-feira. Um carro-pipa da Prefeitura está a disposição do Hemocentro, hospitais, postos de saúde e hotéis. O prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, pediu a compreensão dos moradores.

Tags: , , , ,

Mais Saúde: Acopiara se torna referência em cirurgias de catarata

Publicado em 12/03/2014 - 20:39 por | Comentar

Categorias: cidades
  • Enviar para o Kindle
Hospital em Acopiara promove mutirão de cirurgias de catarata

Hospital em Acopiara promove mutirão de cirurgias de catarata

A Prefeitura de Acopiara continuará oferecendo as cirurgias de catarata gratuitamente, em 2014.

Através da Secretaria de Saúde do município, em parceria com o Governo do Estado, a primeira campanha deste ano se iniciou nos dias 19, 20, 26, 27 e 28 de fevereiro com procedimentos realizados no Hospital Municipal Júlia Barreto em 128 pacientes. Segundo a diretora do Hospital, Leene Macêdo, mais de 200 pessoas serão atendidas nesta primeira campanha que continua dias 18 de março e 03 de abril.

O Programa Mais Saúde tem assegurado aumento na qualidade da saúde do acopiarense que mais precisa em vários aspectos. A secretária de Saúde, Dra. Ana Laura, informa que foi pactuado com municípios vizinhos e o Governo do Estado, que Acopiara também realizará cirurgias em pacientes provenientes das cidades de Catarina, Piquet Carneiro e Irapuan Pinheiro.

Acopiara, por ofertar cirurgiões e especialistas em várias áreas da saúde, passa a ser referência não só em cirurgias oftálmicas de catarata e pterígio, mas também em hérnia, vesícula e histerectomia.

Para o prefeito Dr. Vilmar, o sucesso do Mais Saúde reflete o empenho da administração nas questões relacionadas à esta área. “Sempre falei que a saúde é uma prioridade em nosso governo e os elogios das pessoas atendidas nas cirurgias de catarata e em vários outros procedimentos realizados aqui mesmo em Acopiara, mostram que estamos no caminho certo”, disse Dr. Vilmar.

Mais informações na Secretaria de Saúde, Rua Emídio Alves de Almeida, S/N, Centro. (88) 3565.1755.

 

Tags: , , ,

Agenor Neto busca recursos para obras de pavimentação em Iguatu

Publicado em 12/03/2014 - 20:29 por | Comentar

Categorias: cidades
  • Enviar para o Kindle
Ex-prefeito, Agenor Neto, e deputado federal, Aníbal Gomes.

Ex-prefeito, Agenor Neto, e deputado federal, Aníbal Gomes.

O ex-prefeito de Iguatu, Agenor Neto, está em Brasília buscando junto aos ministérios a liberação de mais recursos para o seu município.

Agenor Neto disse que firmou uma parceria para a aquisição de onze tratores que serão entregues nos próximos dias pelo prefeito Aderilo Alcântara.

No Ministério dos Esportes, o ex-prefeito de Iguatu conseguiu recursos para a construção de três novos ginásios que serão construídos na zona rural da cidade.

Amanhã, o ex-prefeito acompanhado do deputado federal, Aníbal Gomes, visitará o Tesouro Nacional. Na oportunidade vai debater com representantes do órgão a liberação de um empréstimo no valor de R$ 8,5 milhões para a realização de 100% da pavimentação da sede urbana.

Ainda nesta quarta-feira Agenor Neto terá audiência no Ministério do Turismo visando a liberação de recursos no valor de R$10,2 milhões para viabilizar o asfalto da estrada Santa Rosa/Barra, numa extensão de 27 quilômetros.

Tags: , , , , ,

Tendência do setor imobiliário em Iguatu é de estabilização

Publicado em 12/03/2014 - 20:25 por | Comentar

Categorias: cidades
  • Enviar para o Kindle
Depois de expansão, setor passa por estabilização de preços e construção. Foto: Honório Barbosa

Depois de expansão, setor passa por estabilização de preços e construção. Foto: Honório Barbosa

Na cidade de Iguatu, polo da região Centro-Sul, o ritmo de venda de lotes e de imóveis residenciais vem se reduzindo. “Não está mais no patamar verificado em 2012”, observou o arquiteto e urbanista da Prefeitura Municipal de Iguatu, Paulo César Barreto. “A tendência atual é de estabilidade na área residencial e para o setor comercial é de queda nos preços”.

O presidente da Associação dos Construtores da Região Centro-Sul, Elenilton Lopes, concorda com Barreto. “Havia uma demanda reprimida e de 2009 para cá houve um verdadeiro ‘boom’ no setor imobiliário, com a valorização elevada dos imóveis, lotes e casas”, disse. “Os financiamentos governamentais contribuíram para esse cenário”.

O corretor de imóveis, Cláudio de Paula, também avalia que o setor passa por estabilização. “O poder aquisitivo das pessoas não acompanhou a elevação do preço dos imóveis”, justifica. “Muitos aumentaram a renda familiar e agora têm dificuldades de quitar as prestações”. Cláudio de Paula observa que já se verifica redução de preço nos imóveis comerciais em torno de 20%. “Há sinais de queda e quem comprava prédios para investir parou de fazê-lo”.

Somente no ano passado, a agência da Caixa Econômica Federal de Iguatu liberou cerca de R$ 35 milhões para o setor de construção de imóveis residenciais. No período de cinco anos, cerca de 1500 casas foram construídas. A expansão do setor estimulou o aparecimento de dezenas de construtores individuais que viram a possibilidade de lucro fácil e rápido. No período de cinco anos, havia 15 construtores, no ano passado esse número chegou a uma centena.

As casas construídas eram adquiridas e financiadas rapidamente, mas hoje há casos de espera em torno de seis meses. O valor médio de uma casa financiada pela CEF é de R$ 110 mil, com área de 150 metros quadrados. O lucro estimado é em torno de 25%, segundo a Associação dos Construtores da Região Centro-Sul. Há cinco anos, esse mesmo imóvel era vendido por R$ 70 mil.

O preço dos lotes também foi valorizado. Um de 150 metros quadrados era vendido por R$ 8 mil, há cinco anos. Hoje, custa R$ 25 mil. “Esses valores dependem da localização da área e do padrão de construção das casas”, observa o arquiteto, Paulo César Barreto.

Se o quadro atual é de estabilização de preços e redução do ritmo de construção de casas, curiosamente, há em tramitação na Prefeitura de Iguatu projetos de implantação de loteamentos em vários bairros, que aguardam liberação e aprovação do setor competente. Até o fim deste ano, cerca de 10 mil lotes devem estar à venda.

Tags: , , , , ,

EXPANSÃO IMOBILIÁRIA > Várzea Alegre tem primeiro loteamento regular

Publicado em 12/03/2014 - 20:20 por | Comentar

Categorias: cidades
  • Enviar para o Kindle
Primeiro loteamento regular já tem vendas iniciadas.

Primeiro loteamento regular já tem vendas iniciadas.

O município de Várzea Alegre apresenta uma realidade imobiliária em que quase 100% de seus imóveis não têm escritura pública. Essa realidade prejudica a população e impede da Prefeitura arrecadar impostos e taxas.

Há uma demanda reprimida para aquisição de lotes e casa própria. A Caixa Econômica Federal não consegue atingir suas metas de habitação. O cidadão não consegue financiar imóveis nas instituições financeiras, que oferecem uma contrapartida de até R$ 11.621,00 na compra do imóvel, e continua pagando aluguel, enquanto que com o valor do aluguel poderia estar pagando uma prestação de um imóvel próprio.

Recentemente, foi registrado o primeiro loteamento particular com registro público no Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de Várzea Alegre, o que é uma novidade para a cidade e que movimentará o mercado imobiliário de forma significativa, pois até o presente momento as entidades financeiras ficavam praticamente inviabilizadas de oferecer crédito neste segmento e a população por sua vez ficava sem poder aproveitar as facilidades que hoje existem para realizar o sonho da casa própria.

Elenilton Lopes, empresário do ramo da Construção Civil, e proprietário do Loteamento Garden Ville, que é o primeiro de Várzea Alegre registrado em Cartório, disse estar confiante no sucesso do empreendimento: “As perspectivas são excelentes, o loteamento Garden Ville será dotado de rede de distribuição de água, energia e pavimentação, e parte de registro em cartório já está 100% concluída”, frisou. “Abrimos as vendas com mais de 40% dos lotes vendidos para construtores que hoje já atuam na região e que já tem um total conhecimento da área”.

Já foi iniciada a construção de oito casas duplex e já está previsto para abril a construção de 40 imóveis.

Tags: , , , ,

Rompimento da adutora do Trussu deixa cidade de Iguatu há 4 dias sem água

Publicado em 11/03/2014 - 19:09 por | Comentar

Categorias: cidades
  • Enviar para o Kindle
Operários trabalham há mais de 30 horas no conserto da tubulação. Foto: Honório Barbosa

Operários trabalham há mais de 30 horas no conserto da tubulação. Foto: Honório Barbosa

Os moradores da cidade de Iguatu, na região Centro-Sul do Ceará, enfrentam falta de água desde sábado passado. O motivo é o rompimento da adutora do Açude Trussu, principal sistema de captação e distribuição de água para a Estação de Tratamento de Água (ETA) da cidade que tem mais de 70 mil habitantes.

O primeiro rompimento da tubulação ocorreu na sexta-feira passada, à noite, próximo à sede do distrito de Suassurana, distante 18 km da sede urbana.

No sábado e domingo, os operários do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Iguatu trabalharam para o conserto do tubo de 300mm de diâmetro. Ontem (10) a tubulação voltou a romper e uma equipe de 15 operários faz o revezamento no serviço de conserto.

A previsão para a conclusão dos serviços é para as 3 horas da madrugada desta quarta-feira (12). “A pressão da água é muito forte e a tubulação rompeu a poucos metros do primeiro vazamento”, disse o diretor do SAAE, Edval Lavor. “O nosso esforço é para a conclusão dos serviços o mais rápido”.

Mais de 80% da cidade enfrentam falta de água desde sábado passado. Apenas 20% do sistema de distribuição estão funcionando, graças ao antigo sistema de bombeamento de água de poços no Rio Jaguaribe. “Precisamos de 750 mil litros por dia e só temos 150 mil litros”, disse Lavor.

Os moradores já enfrentam desabastecimento. As casas sem reservatórios (caixas d’água) são as mais prejudicadas. Falta água para necessidades básicas de banho e limpeza.

Segundo previsão do SAAE, o abastecimento deve ser normalizado na manhã desta quinta-feira, 13. Um carro-pipa da Prefeitura está a disposição do Hemocentro e dos dois hospitais da cidade.

Os dois rompimentos da adutora do Trussu ocorreram nas proximidades do distrito de Suassurana. Foto de Honório Barbosa

Os dois rompimentos da adutora do Trussu ocorreram nas proximidades do distrito de Suassurana. Foto de Honório Barbosa

 

Tags: , , , , ,

Page 110 of 260« First...102030...108109110111112...120130140...Last »

Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999