Busca

Tag: acopiara


10:06 · 16.11.2017 / atualizado às 10:06 · 16.11.2017 por

Na madrugada desta quinta-feira, 16, 2h30, houve um assalto no bairro Fomento, na cidade de Iguatu. A vítima, Antônio Sérgio de Oliveira, 49 anos, contou que seguia para o trabalho quando foi abordado por dois indivíduos armados que anunciaram o roubo, levando sua motocicleta Honda Bros NXR160, de placa PNZ3070, vermelha, e uma carteira com documentos pessoais e dois cartões de crédito.

Assalto em Acopiara

Outra motocicleta foi tomada de assalto na cidade de Acopiara na tarde desta quarta-feira, 15. Wilker Pereira de Lima, 30 anos, agricultor, morador do sítio Fazenda do Meio, distante 7 km da sede deste município, quando seguia para casa foi abordado por três homens que estavam em motocicleta DAFRA, cor preta, placa não identificada. Os assaltantes estavam parados, simulando problemas na motocicleta, quando o abordaram e um deles armado de revólver anunciou o roubo.

A vítima disse que os três assaltantes estavam de cara limpa e roubaram a moto Honda BROS, vermelha, placa DRV 3144, um telefone celular, dois capacetes, a carteira com todos os documentos e uma quantia de R$ 75,00.

11:25 · 09.11.2017 / atualizado às 11:25 · 09.11.2017 por

 

Portas de vidro, janelas e até interior da agência foram atingidos por tiros na madrugada desta quinta-feira. Foto: VC Repórter

Disparos de arma de fogo contra a agência do INSS na cidade de Acopiara, na região Centro-Sul do Ceará, danificaram janelas e portas de vidro da unidade da Previdência Social, que fica localizada às margens da CE 060, que liga Acopiara a Iguatu.

O atendimento ao público foi cancelado nesta quinta-feira, 9, e provavelmente amanhã, sexta-feira, 10, também não haverá funcionamento regular na Agência. A chefia da unidade aguarda orientação da gerência regional.

A ação criminosa ocorreu no início da madrugada desta quinta-feira, 9, por volta de 12h30, segundo informações do 10º Batalhão de Polícia Militar. Vidros quebrados, portas danificadas e marcas de bala são visíveis. No local, foram encontrados pelo menos cinco cápsulas de pistola  ponto 380.

Segundo informações de populares, dois elementos armados em uma motocicleta não identificada, efetuaram alguns disparos contra a agência e em seguida se evadiram do local tomando rumo ignorado. Inicialmente, a Delegacia de Polícia Civil vai investigar o caso. O comandante do 10º Batalhão de Polícia Civil de Iguatu, coronel Paulo Tibúrcio disse que não há pistas sobre os autores dos tiros contra o INSS e desconhece a motivação do crime.

16:35 · 06.11.2017 / atualizado às 16:35 · 06.11.2017 por

 

Caminhões pipa de Acopiara vêm buscar água no Açude Trussu, em Iguatu. Foto de Honório Barbosa

O município de Acopiara é um dos mais secos da região Centro-Sul do Ceará. Há um total de 37 rotas para distribuição de água por meio de caminhões pipa. Os condutores dos veículos (pipeiros) reclamam do atraso do pagamento pelo serviço desde agosto passado e de dificuldades operacionais.

Mediante o atraso no pagamento da Operação Pipa, coordenada pelo Exército, 16 pipeiros abandonaram o serviço e outros 15 pensam em desistir. “Se essa decisão for tomada vai paralisar o serviço no município”, observou o vereador, Dr. Vicente Júnior. “O caos na zona rural já é iminente”.

Moradores da zona rural reclamam do atraso na distribuição e de falta de água e apelam para que a Prefeitura ajude a resolver o problema. Há cerca de 15 dias, houve uma paralisação dos pipeiros em Acopiara. O gestor, Antônio Almeida, já esteve no 23º BC, no comando do Exército da Operação Pipa, em Fortaleza, com o objetivo de apresentar o problema e solicitar uma solução. “A situação é grave”, observou o parlamentar.

O agricultor José Neto, morador da localidade Lagoa de Santo Onofre, zona rural de Acopiara, reclama da escassez de água e do atraso na distribuição para as famílias. “A nossa situação é muito difícil”, disse. “Não sabemos o que fazer e precisamos da água dos caminhões”.

Diariamente, cerca de 60 caminhões pipa retiram água do Açude Trussu, em Iguatu, distante da cidade de Acopiara 40 km, sob autorização da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). “A gente dá duas ou três viagens por dia, levando água para as comunidades que estão com sede, e o povo reclama porque a situação é cada vez pior”, disse um pipeiro que não quis se identificar por temer represália da coordenação do programa. “O nosso pagamento está atrasado há mais de três meses”.

Cogerh 

O coordenador do escritório regional da Cogerh, Lauro Filho, disse que há autorização para os pipeiros de Acopiara e Jucás retirarem água no Açude Trussu. Outros municípios, Piquet Carneiro e Mombaça já solicitaram à Cogerh autorização, ou seja, licença, para a retirada de água no reservatório.

11:05 · 06.11.2017 / atualizado às 11:14 · 06.11.2017 por

Homem é morto em crime com característica de execução e mulher é ferida por bala perdida no bairro Moreiras de Baixo, na cidade de Acopiara, neste domingo, dia 5, por volta de 16h30.

Cristiano Moreira da Silva, 27 anos, foi assassinado com vários tiros na cabeça e os policiais o encontraram caído ao chão. A vítima já respondia por homicídio.

Maria Salete do Nascimento Lima, 49 anos, foi vítima de bala perdida, que atingiu o peito direito. Encaminhada para o Hospital municipal foi transferida para o Hospital Regional de Acopiara, com quadro de saúde estável. Ela mora na Rua São Gabriel, a via onde ocorreu a execução contra Cristiano Moreira.

Segundo testemunhas, o crime foi realizado por dois homens que chegaram em uma motocicleta, efetuaram vários disparos e evadiram-se tomando rumo ignorado. A Polícia Militar realizou diligências mas não encontrou os acusados e acredita que a bala que atingiu Maria Salete Lima tenha partido de uma das armas dos criminosos.

Outro crime – Agricultor é assassinado na porta de casa 

Já na madrugada desta segunda-feira, 6, por volta de 1 hora, no sítio Laranjeiras, zona rural de Acopiara, distante 15 km da sede urbana, Manoel Ronaldo Costa de Sena, 41 anos, agricultor, foi assassinado na porta da casa dele, alvejado com três disparos: um no braço, um no peito, ambos do lado direito, e um no rosto.

A esposa da vítima disse que estava dormindo e acordou com o barulho de um estampido e quando chegou à porta da casa, viu o marido caído no chão, morto.

Manoel Ronaldo, segundo a Polícia Militar, respondia por tentativa de estupro.

O rabecão fez a remoção do corpo para o IML de Iguatu.

10:12 · 04.11.2017 / atualizado às 10:12 · 04.11.2017 por

Nesta sexta-feira, 3, por volta das 11 horas, no Centro de Acopiara, ocorreu um homicídio à bala, que resultou na morte de Rodrigo Ferreira de Oliveira, 20 anos, mais conhecido por ‘Pelado’. A vítima foi atingida por cerca de nove tiros de arma de fogo e teve morte de imediato, por dois homens que estavam em uma moto Honda CG, preta, ambos de capacete.

Os suspeitos foram perseguidos, mas conseguiram fugir. O rabecão fez a remoção do corpo para o Núcleo de Perícia Forense de Iguatu. Ainda segundo a Polícia, a vítima já respondia por roubo.

11:57 · 31.10.2017 / atualizado às 11:57 · 31.10.2017 por

 

O mês de novembro vem chegando com mais uma unidade do Instituto Federal do Ceará (IFCE) entrando em funcionamento. Será a vez do campus de Acopiara que iniciará as atividades, em espaço cedido pela Prefeitura do município, enquanto a sede definitiva fica pronta. A passagem será rápida pelo local, pois a conclusão das obras do prédio definitivo está prevista para ocorrer em janeiro do ano que vem.

O espaço provisório foi disponibilizado pela Prefeitura para receber a unidade, que conta com salas de aulas, laboratório de informática, sala de professores e ambientes apropriados para o funcionamento dos setores administrativos.

Esse será o 32º campus do IFCE a entrar em funcionamento, cuja solenidade que marca a data será na próxima quarta-feira (1º/11), com presença do reitor Virgílio Araripe.

Neste mês de outubro, o campus iniciou a seleção de 160 alunos para os cursos de extensão na modalidade de Formação inicial e Continuada (FIC), cujas aulas já começam na quarta-feira. São eles: Preparatório para Enem e Vestibulares; Inglês Básico I; Informática Básica e Informática para a Terceira Idade. Em breve, juntamente com a comunidade local, serão definidos os cursos regulares a serem ofertados.

Sede definitiva

A sede definitiva do campus de Acopiara tem área total construída de pouco mais de quatro mil metros quadrados, com um bloco administrativo, um bloco didático (com dez salas de aula e dez laboratórios), um auditório para 180 pessoas, uma biblioteca, cantina e praça interna de convivência. O modelo da unidade segue projeto identitário dos campi da fase de expansão em andamento.

SERVIÇO:

Solenidade de início das atividades do campus de Acopiara

Data/horário: 1º de novembro de 2017, às 17h
Local: Avenida José Marques Filho, 600, Aroeiras, Acopiara, Ceará

12:44 · 25.10.2017 / atualizado às 12:44 · 25.10.2017 por

O Hospital Municipal de Acopiara retomou o atendimento do setor obstétrico após um período de quase sete anos sem funcionamento. E já foi realizado na última segunda-feira, 23, o primeiro parto normal. A unidade foi reestruturada, com o aumento de leitos, reformas e pinturas lúdicas nas paredes dos berçários, oferecendo mais conforto, comodidade e melhores cuidados às futuras mamães e aos bebês.

Em breve, serão instalados equipamentos das salas de parto humanizado.

Outra ação na unidade foi a reforma do centro cirúrgico, tornando o Hospital Municipal apto a realizar partos cesarianos, deste modo proporcionando melhor atendimento e mais segurança às gestantes do município.

A médica e vice-prefeita de Acopiara, Ana Patrícia Barbosa, fez todo o acompanhamento do primeiro parto no novo centro obstétrico que garantiu o nascimento saudável do bebê Pedro Henrique com exatos 5 kg. A mãe, Maria Cleidiana do Nascimento, residente no bairro Moreiras disse ter ficado muito satisfeita como o atendimento prestado na unidade pela equipe de saúde que a acompanhou desde a sua entrada, entre técnicos, enfermeiros e médica.

“A prefeitura vem buscando realizar melhorias nos serviços da saúde do município. E com a retomada dos atendimentos obstétricos do Hospital Municipal as gestantes terão um maior amparo para quando forem ter os seus filhos, pois com a reforma a unidade está mais preparada e equipada para receber as mamães”.

19:26 · 19.10.2017 / atualizado às 19:26 · 19.10.2017 por

Nesta quarta-feira, 18, por volta de 17h, ocorreu um homicídio a bala no Centro de Acopiara. A vítima Maria Socorro Alves de Lima, 26 anos, foi atingida dentro de sua residência por três disparos, sendo dois na mão direita e um na região do tórax.

Os autores não foram identificados, e fugiram em uma motocicleta de características não informada. De acordo com a Polícia Militar a vítima já respondia por tráfico de drogas. O Rabecão removeu o corpo para o IML de Iguatu.

11:54 · 12.10.2017 / atualizado às 12:57 · 12.10.2017 por
         
       
          Os professores da rede municipal de ensino de Acopiara, na região Centro-Sul do Ceará, realizaram nesta quarta-feira, 11, um dia de paralisação para cobrar da Prefeitura o pagamento do precatório do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Fundamental e de Valorização do Magistério (antigo Fundef, hoje Fundeb).  
   
         A manifestação ocorreu pela manhã com concentração na Praça Celso Castro, em frente ao Banco do Brasil. Depois, o grupo percorreu ruas da cidade e fez manifestação em frente à Prefeitura.
         O protesto foi organizado pelo Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Acopiara (SINDIPREMA). O presidente da entidade, professor Idalmi Pinho Guilherme, disse que se a gestão não se sensibilizar diante da mobilização, uma assembleia será convocada para decidir sobre a possibilidade de uma greve dos professores.
        A categoria reivindica uma audiência pública com o prefeito para tratar da aplicação dos recursos que, em valores corrigidos, ultrapassam R$ 55 milhões.  “Até hoje, não fomos recebidos pela gestão para tratarmos sobre o destino desse dinheiro. A prefeitura precisa apresentar um projeto de investimentos dos 40% e uma proposta de rateio do que nos é devido referente a 60% para o professor”, afirma Idalmi Pinho.
       O valor é oriundo de uma ação judicial movida pelo município contra o governo federal em vista dos anos em que o pagamento do Fundef não foi realizado corretamente. Pela legislação federal, 60% desses recursos devem ser destinados para a remuneração do magistério efetivo e os outros 40% em investimentos na área da educação básica municipal. Quase 400 professores do município têm direito ao benefício, que se refere ao período do Fundef entre os anos de 1999 e 2006.
        De acordo com o sindicato, há dois bloqueios do precatório, um no Tribunal de Contas do Estado (TCE) e outro na Justiça Federal. Ambos os processos precisam de um projeto, a ser apresentado pela Prefeitura Municipal de Acopiara, para fins de desbloqueio.
       Ainda segundo o Sindicato, a Prefeitura de Acopiara já apresentou um projeto no extinto Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), mas contendo algumas ilegalidades. A entidade sindical já provocou o TCE, o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Ceará solicitando a desconsideração do projeto encaminhado pela administração e apresentou às instituições uma proposta criada em acordo com a categoria, baseada no Plano Nacional de Educação, no Plano Municipal de Educação e na LDB. “Esperamos o apoio dos alunos, pais e da comunidade local em favor do pagamento do precatório”, disse Idalmi Pinho. 
        Outro lado 
         O secretário de Educação do município de Acopiara, Robson Almeida, disse que a pasta não havia sido informada sobre qualquer ato público, paralisação ou manifestação de professores.  “O recurso do precatório encontra-se bloqueado na Justiça Federal, e o município aguarda o desbloqueio”, explicou Robson Almeida, sem entrar em detalhes como os recursos serão aprovados.
11:44 · 09.10.2017 / atualizado às 12:02 · 09.10.2017 por


Os professores da rede municipal de Acopiara vão paralisar as aulas nas escolas de ensino básico na próxima quarta-feira (11) para cobrar da Prefeitura Municipal de Acopiara o pagamento do precatório do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

O ato será realizado a partir das 7 horas, na Praça Celso Castro – Frente ao Banco do Brasil, e contará com a adesão de professores, pais, alunos e toda a sociedade civil.

O protesto é organizado pelo Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Acopiara (SINDIPREMA). O presidente do Sindicato, professor Idalmi Pinho Guilherme, afirma que se a gestão não se sensibilizar diante da mobilização, uma assembleia será convocada para decidir sobre a possibilidade de uma greve dos professores.

 A categoria reivindica uma audiência pública com o prefeito para tratar da aplicação dos recursos que, em valores corrigidos, ultrapassam R$ 55 milhões. “Até hoje, não fomos recebidos pela gestão para tratarmos sobre o destino desse dinheiro. A prefeitura precisa apresentar um projeto de investimentos dos 40% e uma proposta de rateio do que nos é devido 60% para o professor”, afirma Idalmi Pinho.