Busca

Tag: cedro


10:22 · 27.04.2017 / atualizado às 10:23 · 27.04.2017 por

Marcar na memória da população da cidade de Cedro, na região Centro-Sul do Ceará, um paralelo entre dois destinos religiosos cearenses tão presentes na memória e afetos do nosso povo. Com esse objetivo o município de Cedro recebe nesta quinta-feira (27/04) a exposição “De Juazeiro a Canindé – Na Trilha da Fé” idealizado pelo curador Ícaro Bastos. As artes serão expostas na Praça Nilo Viana Diniz, a partir das 18 horas.

A mostra contempla esculturas, fotos, instalações, vídeos e performances e percorrerá doze municípios do Ceará, nas regiões Centro-Sul e do Cariri cearense: Várzea Alegre; Iguatu; Acopiara; Cedro; Farias Brito; Juazeiro do Norte; Crato; Barbalha; Altaneira; Nova Olinda; Santana do Cariri e Assaré receberão a amostra. O projeto foi contemplado no Edital de Incentivo as Artes pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará

Mostrando a fé

Ícaro Bastos é o idealizador da exposição que já está na terceira etapa e envolveu pesquisas importantes, além de dados e informações para a composição do Projeto. “O objetivo é fomentar ainda mais a fé do povo, além de divulgar os modos de como essa fé gera um comércio tão complexo que não fica restrito somente a Juazeiro e Canindé através das figuras de Padre Cícero e São Francisco das Chagas, mas que move outras populações, em prol do que se convencionou denominar Turismo Religioso”.

A secretária de Cultura de Cedro, Aparecida Evangelista, explica que a população contará com belíssima exposição com foco na forma de promover ideias e valores religiosos. “É com alegria que nosso povo irá conferir um pouco da religiosidade que atravessa gerações, recordando que as romarias em Juazeiro do Norte e Canindé tem grande significado no roteiro turístico”.

         Para o Prefeito de Cedro, Dr. Nilson Diniz, a exposição tem significado especial como legitima manifestação cultural, merecedora do apoio do poder público e da presença da população. “Com este pensamento elevamos nosso apreço a arte e apoiamos sua vinda ao município”, o prefeito também relembra a renovação da fé do povo cedrense.

14:05 · 23.04.2017 / atualizado às 14:05 · 23.04.2017 por

A Secretaria do Trabalho e Assistência Social de Cedro realizou reunião para definir ações para o ano de 2017 do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). A programação do ano contará com diversas atividades, entre elas: palestras, fóruns, passeios, concursos, apresentações culturais e participação dos grupos em eventos locais.

Participaram da atividade a Secretaria do Trabalho e Assistência Social, Luciana Vieira; coordenadora do Creas, Isabela Santos; secretária de Cultura, Aparecida Evangelista; além das famílias assistidas e população em geral. O Grupo Penitentes realizou uma apresentação durante o encontro.

De acordo com o prefeito de Cedro, Dr. Nilson Diniz, o CREAS tem sido fundamental para construção de um espaço de acolhimento e relações familiares em nossa sociedade. “Esta unidade busca construir um espaço para acolhimento das pessoas, fortalecendo vínculos familiares e comunitários, priorizando a reconstrução de suas relações”, pontou.

Para a Secretária de Cultura, Aparecida Evangelista esse é momento de unir as famílias para levar benefícios, entre eles a inserção em atividades culturais. “Com este pensamento estaremos, juntamente com o CREAS, planejando atividades e unindo pessoas para que a cultura esteja presente no ambiente familiar”, disse.

A secretária do Trabalho e Assistência Social, Luciana Vieira, explica que os serviços ofertados pelo Creas são desenvolvidos de modo articulado. “Estamos com uma programação anual e isso fortalece os modos articulados com a rede de serviços da Assistência Social, órgão de defesa de direitos e das demais políticas públicas”.

18 de maio
Durante o ano estão sendo programadas diversas ações para o atendimento a população cedrense, elas serão executadas durante 2017, por meio de importantes parcerias com as secretarias municipais, órgãos públicos e sociedade cedrense.
A primeira ação acontece no dia 18 de Maio, a data celebra o Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, na ocasião, o CREAS realizará uma programação com passeata e palestras nas escolas municipais. A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000.

09:49 · 22.04.2017 / atualizado às 09:49 · 22.04.2017 por
Encontros discutiu políticas públicas para o segmento

         A Secretaria do Trabalho e Assistência Social, em parceria com o Centro de Referência e Assistência Social (CRAS I), em Cedro, realizou atividades do Projeto “Transformando realidades”. Os encontros visam discutir políticas públicas para os LGBTT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais).

         As ações ocorreram no Colégio Estadual Celso Araújo e na Escola Tereza Dutra, localizada no Distrito de Assunção. Estiveram presentes a coordenadora do CRAS I, Ana Paula; assistente social, Bárbara Rodrigues, membro do grupo LGBTT, Josemir Silva, estudantes e direção escolar.

         O objetivo do projeto é contribuir para a conscientização e melhoria das relações sociais e familiares da equipe e do público alvo, além de elevar a autoestima,e prevenir todo e qualquer tipo de violência, combater a intolerância e o uso de drogas. Outra premissa é a aproximação das famílias e formar cidadãos conscientes de seus deveres e direitos.

        Encontros

        Novos encontros acontecem a cada quinze dias em escolas da rede municipal de ensino. Palestras, dinâmicas, exposição de vídeos, depoimentos e rodas de conversas, em parceria com a Secretaria de Educação, fazem parte da programação que conta com a presença de estudantes, representantes do grupo LGBTT e Assistentes Sociais do CRAS I, além dos pais.

       Outros estão agendados nas escolas municipais, conforme informou a Coordenadora do CRAS I, Ana Paula. “É momento de conversamos com os estudantes sobre os grupos do CRAS I e estaremos recebendo sugestões em relação ao desenvolvimento de programas e ações governamentais que terá papel importante nas políticas públicas”.

        Para a secretária do Trabalho e Assistência Social, Luciana Vieira, a participação dos estudantes na construção de uma sociedade sem preconceito é fundamental. “Com essas ações tornaremos a sociedade mais compreensiva, amigável, agregadora e justa, fazendo com que cada ação praticada seja um bom exemplo a ser seguido”.

       Na visão da Assistente Social, Bárbara Rodrigues, a realização de atividades e participação da sociedade são fundamentais para este momento. “Daremos um passo no compromisso de construir direitos e reafirmando identidades”. Para os palestrantes que participaram do debate a iniciativa é louvável. Os estudantes também avaliaram positivamente a iniciativa e observaram que os exemplos podem transformar a sociedade em um espaço mais justo e sem preconceito.

10:03 · 21.04.2017 / atualizado às 10:04 · 21.04.2017 por

 

Reunião definiu programa de habitação popular m Cedro. Foto de Marciel Bezerra

A Prefeitura de Cedro, por meio da Secretaria do Trabalho e Assistência Social, realizou encontro no auditório do Centro de Educação Profissional Ivens Dias Branco (Senac) para discutir o Programa Nacional de Habitação Rural (PHNR). Instituído pelo Governo Federal, o PHNR tem como finalidade possibilitar ao agricultor familiar e ao trabalhador rural o acesso à moradia digna no campo.

O prefeito de Cedro, Dr. Nilson Diniz, enfatizou que a ação irá proporcionar mais tranquilidade e segurança ao pequeno produtor rural, com a realização do sonho da casa própria. “O principal benefício desse programa é a fixação do homem no campo, além da extinção das casas de taipas ainda existentes em comunidades rurais”.

O programa favorece o desenvolvimento local, além da geração de emprego durante a construção das casas. Para o vice-prefeito, Joãozinho de Titico, a ação mostra que o serviço público em Cedro chega a quem precisa e destaca a revolução na administração municipal. “As ações estão chegando para aqueles que realmente necessitam e estamos batalhando para novos projetos”.

Etapas

Durante a primeira etapa técnicos da Secretaria do Trabalho e Assistência Social realizaram visitas as famílias na zona rural para catalogar a existência de casas de taipas, seguindo informações repassadas pelo Instituto de Pesquisas do Estado do Ceará (IPECE) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IGBE).

As visitas aconteceram nos distritos de São Miguel, Santo Antônio e Vale do Machado. Um total de 100 propostas seguirá para Caixa Econômica Federal e a seleção será feita posteriormente pelo Ministério das Cidades. De acordo com a portaria 268/17 a análise das propostas deverá ser feita em 30 dias.

A secretária do Trabalho e Assistência Social, Luciana Vieira, reforça que as casas irão proporcionar mais qualidade de vida aos moradores, extinguindo infestações do mosquito Barbeiro, além de garantir segurança as famílias que correm algum tipo de risco com as chuvas. “É desta forma que estamos aderindo ao programa para garantir moradias para povo Cedrense”.

“Estou muito feliz pela força de vontade da gestão municipal em nos auxiliar, a reunião foi um passo importante para que estas casas sejam entregues”, disse a moradora Danúbia de Souza. “Começamos a realizar um sonho, o sonho de ter nossas casas, elas vão beneficiar muito os nossos familiares”, frisou o agricultor, Francisco Sobreira, da localidade de Saco da Telha.

11:04 · 19.04.2017 / atualizado às 11:04 · 19.04.2017 por


A secretaria de Infraestrutura de Cedro utiliza pedra tosca e paralelepípedo na recuperação de pavimentação de ruas da cidade. Os serviços iniciaram na semana passada e já contemplaram os bairros Vila Operária, Prado, Centro, Alto do Padeiro e Açude Novo. Equipes estão agora no Bairro Divisão.

Os trechos críticos estão sendo recuperado com material de qualidade. “Ao longo dos últimos quatros anos, promovemos a pavimentação asfáltica em diversas ruas, reduzindo em 35% os trabalhos de recuperação”, disse o prefeito Dr. Nilson Diniz. “Os problemas são pontuais e estamos melhorando a pavimentação”.

De acordo com a secretaria de Infraestrutura, as sedes dos distritos da zona rural também serão beneficiadas com as recuperações. “Atendemos as reivindicação de moradores”, explica o secretário Antônio José Pitombeira. Ainda serão contemplados serviços de recuperação e manutenção envolvendo urbanização de modo geral. “Algumas praças com pisos danificados também serão recuperadas, garantindo com isso a preservação do patrimônio público”.

O prazo de execução dos serviços no valor de R$ 581 mil é de 210 dias.