Busca

Tag: iguatu


15:41 · 16.10.2017 / atualizado às 15:41 · 16.10.2017 por

O Departamento de Pesquisa, Extensão e Produção do campus Iguatu, por meio da Cooperativa Escola dos alunos do Instituto Federal de Educação (COOPEIF), está com animais disponíveis para venda a criadores de Iguatu e cidades próximas. Entre os tipos ofertados estão ovinos da raça Dorper e Santa Inês e bovinos oriundos de inseminação artificial (pais Holandeses e mães Girolandas) e com produção de leite de 22kg/dia.

Segundo a médica veterinária do campus, Tereza Cristina Leal, o objetivo da venda á melhorar a qualidade genética da produção dos criadores da região. “O IFCE vem se adequando às novas leis de bem-estar animal, por isso são criados de forma semi-extensiva com acompanhamento sanitário e nutricional sistemático e com toda a estrutura para que eles tenham um bom desenvolvimento”, diz.

Os interessados em adquirir os animais podem se dirigir diretamente à Cooperativa ou tirar dúvidas pelo telefone (88) 3582.0935 ou 3582.1000.

15:38 · 16.10.2017 / atualizado às 15:38 · 16.10.2017 por

A partir de 2018, o campus Iguatu do Instituto Federal de Educação de Ceará passará a oferecer a sua segunda licenciatura, dessa vez na área de Geografia. Esse é o quarto curso superior gratuito oferecido pelo campus à comunidade iguatuense e região. A forma de ingresso será pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), por meio das notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017.

O coordenador do curso, professor Nataniel Albuquerque, diz que a instalação da licenciatura atende a uma demanda da região Centro-Sul do Ceará na formação de professores de Geografia. “Os futuros profissionais deverão ter, como perfil, uma afinidade pela relação entre ensino e pesquisa, pelo entendimento das dinâmicas espaciais naturais e sociais e pela resolução de conflitos resultantes das contradições socioeconômicas impressas no espaço”, avalia.

Para o professor Cleiton Marinho, a visão da Geografia como uma disciplina de memorização dos conteúdos (como o nome de lugares e leitura de mapas) já foi superada. “Na atualidade, a Geografia busca interpretar as relações existentes entre sociedade e natureza. Essa característica da ciência também fica evidente no próprio currículo do novo curso do IFCE – campus Iguatu”.

Segundo ele, os estudantes terão contato com disciplinas que abordam as dinâmicas naturais e sociais e suas articulações. “Esses conhecimentos são extremamente relevantes na atualidade, já que temas como poluição, aquecimento global, desertificação, crescimento desordenado das cidades estão cada vez evidentes e exigem interpretação crítica e respostas da sociedade”, diz Cleiton.

O curso ofertará 30 vagas por semestre, terá duração de oito semestres e será ministrado na unidade Cajazeiras, com turmas alternando nos turnos da manhã e da tarde. A estrutura do campus Iguatu já conta com uma estação meteorológica e dois laboratórios (geoprocessamento e solos), porém mais dois laboratórios estão em fase de implantação, um de Geografia Física e outro de Geografia Humana e de Ensino. Neles, funcionarão grupos de pesquisa e estudo com ênfase na geografia do Centro-Sul do Ceará.

09:56 · 16.10.2017 / atualizado às 09:56 · 16.10.2017 por
Campus multi-institucional de Iguatu. Foto de Honório Barbosa

​         Começa nesta segunda-feira, 16, no Campus Multi-institucional Humberto Teixeira, em Iguatu, o I Congresso Nacional de Direito. O evento tem como tema central Direito Constitucional: Progresso ou Regresso? Conflitos socioconstitucionais contemporâneos do Estado brasileiro. A promoção é do curso de Direito da Universidade Regional do Cariri (Urca) da unidade de ensino local. O

A programação inclui congressistas de outros Estado. A noite de palestras segue com o professor Inaldo Siqueira Bringel, que vai falar sobre a Constituição, empreendedorismo e desenvolvimento. O evento segue até sexta-feira com palestras, mini-cursos e apresentação de artigos científicos.

Palestras 

Na terça-feira, a partir das 13 horas, ‘Onde está o povo? Direito Constitucional em tempo de crise’, será tema de palestra apresentada por Fernando Castelo Branco, e à noite a partir das 19 horas haverá palestra sobre a Lei da Ficha Limpa e a Reforma Política, com o advogado Marlon Jacinto Reis.

Estão previstos seis minicursos nesta terça-feira, 16, e quarta-feira, 17, com temáticas variadas: garantias processuais à luz da Constituição; Direito à Saúde: a questão de fornecimento de medicamentos à luz da jurisprudência dos tribunais superiores; investigação criminal constitucional – meios extraordinários para obtenção de prova.

Na quarta-feira, a partir das 19 horas haverá palestras sobre direitos humanos, constitucional e penal informático.

 

 

10:51 · 14.10.2017 / atualizado às 10:51 · 14.10.2017 por

 

Neudo Matos é marceneiro, especializado em recuperação de móveis antigos. Foto de Honório Barbosa

Um serviço típico de centros urbanos – restauração de móveis antigos e conserto de instrumentos musicais de corda – funciona no distrito de José de Alencar, zona rural deste município. A Lyrius Arts, movelaria e luthieria, vem atraindo clientes de cidades da região Centro-Sul do Ceará, que encontram a oportunidade de preservar e manter em funcionamento as suas peças raras, algumas herdadas da família.

A Lyrius Arts é tocada pelo pai e filho, marceneiro, Neudo Matos, 54 anos, e Bertolino Matos (Beto), 29 anos, luthier. Os dois trabalham com muita dedicação e mostram amor pela arte da restauração. Habilidades não lhes faltam. Os equipamentos de ferro e madeira deslizam entre os dedos firmes e por mãos ágeis para dar vida às peças que no passado mais longínquo tiveram serventia.

“Somos da família Bertoldo da Costa, dotada para as artes que tem origem na cidade de Rio do Peixe, na Paraíba, e migrou para o Ceará”, apressa-se em contar Neudo Matos. “Sempre houve muitos carpinteiros, ferreiros”. Matos lembra dos pais e tios e cita Tomé e Bertolino, como exemplos e diz que a origem é italiana.

Neudo Matos e os irmãos (Regineudo, Reginaldo, Assis e Afonso) começaram as atividades de carpintaria no sítio Gado Bravo. Naquele tempo, o trabalho era mais voltado para a montagem de peças domésticas das casas rurais: cadeira de couro, pé de pote e cantareira. Em 1988, Reginaldo veio para esta cidade onde desenvolveu a habilidade no atelier de Mauro Artesão e depois trabalhou com outros marceneiros, Tadeu e Antônio Lopes. Hoje dedica-se à produção de móveis planejado.

No sítio, a família dividia o trabalho no roçado, a limpa do mato, o plantio de feijão, milho, melancia e de outras culturas de subsistências. O trabalho na agricultura é feito com mais intensidade durante o primeiro semestre de cada ano, quando transcorre a quadra chuvosa. No tempo de escassez das chuvas, os irmãos dedicavam ao corte de madeira para fornecer lenha para as cerâmicas de produção de telhas e tijolos. Há também a criação de ovinos para consumo próprio e o excedente é comercializado na localidade.

Fortaleza 

Em 1992, Neudo Matos resolve ir para Fortaleza, na companhia dos quatro irmãos. Deixou para trás o sertão e procurou melhores condições de vida na cidade litorânea. “Ficamos mais de dez anos, trabalhando com móveis projetados, em um galpão em Messejana”, contou. “Depois fizemos o caminho de volta”.
A justificativa para o retorno foi o crescimento da violência na Capital cearense e o aumento da concorrência, além do elevado custo de vida. “Trouxemos experiência, foi um período de aprendizado e nos especializamos”, disse Matos. Inicialmente, instalaram-se na cidade de Iguatu e depois houve a divisão entre os irmãos, cada um seguindo o seu caminho.

DE VOLTA A IGUATU 

No distrito de Alencar, há três irmãos. Além de Neudo, Reginaldo e Afonso. “Viemos para cá porque o aluguel é mais barato e estamos mais perto de casa, dos nossos pais, que já estão idosos, e que moram no sítio Gado Bravo”, disse Neudo Matos. Diariamente, ele e a mulher, que está em um curso de corte e costura oferecido pelo Senac, fazem o percurso a pé entre a oficina e a moradia na área rural. “É uma caminhada de quatro quilômetros, pela manhã e tarde”, explicou. “Faz bem para o coração e evitar a gente ficar gordo”.
Reginaldo e Afonso mantiveram o trabalho na produção de móveis planejados e Neudo dedicou-se à arte de restaurar mobiliário antigo. A propaganda é feita boca em boca e por meio de redes sociais. “As pessoas trazem móveis lá de Iguatu e de outras cidades”, contou Matos. Cristaleira, bancada, arca, cômodas, mesas, petisqueiro, oratório e outras peças já foram restaurados pelas mãos do artista.
Luthier

Beto Matos é estudante de mecatrônica e luthier. Foto de Honório Barbosa

ESTUDANTE MECATRÕNICA 

Beto Matos é estudante do curso Mecatrônica, no campus do Instituto Federal de Educação (IFCE) da cidade de Cedro. Diariamente, faz o caminho entre o distrito de Alencar e a faculdade, cerca de 40 km. No período da tarde dedica-se à arte da luthieria na oficina que divide com o pai. “Quero seguir na profissão de luthier e aproveitar a aprendizagem da parte elétrica para aplicar no conserto de guitarras, baixo, pedais e violão”, explicou.

O jovem luthier é autodidata e graças às aulas à distância por meio da internet, já fez três cursos ‘on line’ na área. “Aprendiz só e hoje está mais fácil o acesso às informações, ao conhecimento técnico”, pontuou. Além da habilidade de consertar os instrumentos, é músico. Toca violão e guitarra e integra a Banda Lyrius que apresenta repertório de pop rock e MPB.

O próximo passado, sonhado por Beto Matos é a fabricação de instrumentos. “Estou no caminho e pretendo fazer curso em outra cidade de especialização”, disse. “Quero investir na área que eu gosto”. Por enquanto, não tem faltado instrumentos para o artista consertar. O tempo médio de reparo é de uma semana. “Aqui, eu e meu pai estamos satisfeitos e somos felizes com a vida simples que levamos no campo”.

10:17 · 13.10.2017 / atualizado às 10:17 · 13.10.2017 por

A professora Zilma Lúcia Lavor, 54 anos, foi roubada nesta quinta-feira, 12. O crime ocorreu no bairro Fomento, em Iguatu, por volta das 16 horas. Segundo a vítima que seguia de motocicleta, na altura de um loteamento, um indivíduo trajando camisa preta, short branco e com arma em punho, roubou a bolsa dela, contendo celular, documentos, além de uma quantia de R$ 25 reais. O ladrão fugiu em direção ao Rio Jaguaribe.

10:12 · 13.10.2017 / atualizado às 10:12 · 13.10.2017 por

         Um homem foi preso acusado de instalar equipamento de furto em caixa eletrônico na cidade de Iguatu, neste feriado de 12 de outubro. Segundo informações do 10º Batalhão de Polícia Militar, a prisão ocorreu por volta das 10 horas, nas proximidades da agência do Banco Itaú.

         O Centro de Monitoramento do Banco Itaú informou à Polícia que um homem havia colocado algum tipo de dispositivo em um dos caixas eletrônicos da agência e havia furtado envelopes de depósitos realizados por clientes. O suspeito usava uma bengala, estava com o braço direito enfaixado e trajava camisa laranja, e foi localizado nas proximidades do mencionado banco.

         O acusado foi identificado por Ademir Silva Pereira, 37 anos, morador da cidade de Novo Oriente. Com ele, policiais encontraram dois chips de celular, 10 cartões de bancos de terceiros, duas chapas metálicas, um alicate e um envelope de depósito bancário contendo a quantia de R$ 208,00. O suspeito foi preso e conduzido à Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu. 

19:04 · 12.10.2017 / atualizado às 22:48 · 12.10.2017 por

 

Católicos participaram na Catedral de São José do encerramento do tríduo em louvor à Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida. Fotos de Honório Barbosa

 

Paróquia do Prado celebrou missa dedicada a Nossa Senhora Aparecida. Foto de HB

Católicos de Iguatu participaram no início da noite desta quinta-feira, 12, de celebração em homenagem à Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida. Inicialmente houve momento de louvor na Igreja Catedral de São José. Nos últimos três dias houve celebração de tríduo em honra à santa.

Neste ano, o Brasil celebra 300 anos do encontro da imagem da santa nas águas do Rio Paraíba do Sul, em São Paulo.

Em seguida os devotos caminharam até o Seminário Menor da Imaculada Conceição Aparecida onde foi celebrada missa em homenagem à Padroeira do Brasil. A liturgia contou com a participação do Monsenhor Afonso Queiroga e do padre Glauberto Oliveira.

O ato religioso marcou o encerramento do tríduo em honra à Nossa Senhora Aparecida, mas contou com um reduzido número de devotos.

Representação dos três pescadores que encontraram há 300 anos a imagem da padroeira do Brasil, nas águas do Rio Paraíba do Sul, em São Paulo.
12:22 · 12.10.2017 / atualizado às 12:22 · 12.10.2017 por

 

Crianças da comunidade de Santa Clara participaram de brincadeiras e receberam presentes. Foto de WhatsApp/Gutemberg

Dezenas de crianças da comunidade rural de Santa Clara, zona rural de Iguatu, participaram na manhã desta quinta-feira, 12, feriado nacional, de brincadeiras e entrega de presentes, por ocasião do transcurso do Dia da Criança.

A iniciativa de promover momento de lazer, alegria e compartilhar brinquedos com as crianças da localidade é de ciclistas de Iguatu.

“Queremos proporcionar um dia de alegria para essas crianças carentes”, frisou um dos organizadores do evento, Gutemberg.  

12:00 · 11.10.2017 / atualizado às 12:00 · 11.10.2017 por
         
        Na manhã desta terça-feira, 10, alunos do curso de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri (Urca), campus Iguatu,  foram às ruas do centro da cidade de Iguatu em manifestação contra liminar proferida em processo movido pelo Conselho Federal de Medicina, que limita a atuação do profissional enfermeiro no âmbito da atenção básica à saúde.
        O ato contou com a participação da direção da unidade,  coordenação, integrantes do centro acadêmico, professores e estudantes, como também de enfermeiros atuantes na Estratégia Saúde da Família do município, o que representou um momento de unidade e defesa dos direitos adquiridos pela categoria.
      A Reitoria da Universidade Regional do Cariri, juntamente ao colegiado do curso de Enfermagem e toda a comunidade acadêmica que compõem a instituição, divulgou nota de apoio e disse estar sensível à causa e tem buscado construir estratégias nas quais o desenvolvimento humano, político e ético sejam o cerne da formação universitária. “Pela valorização da enfermagem, não aceitaremos retrocesso”, frisou o diretor local da unidade, Ivo Ferreira. ​
11:38 · 11.10.2017 / atualizado às 11:38 · 11.10.2017 por

No bairro João Paulo II, na periferia da cidade de Iguatu, nesta quarta-feira, 10, por volta das 21h, uma equipe do BP Raio prendeu próximo a uma barraca, Francisco Alcides Gomes Vieira, 31 anos, José Erivaldo Gonçalves do Nascimento, 30 anos.

Em seguida, os policiais realizaram uma busca no barraco onde foram encontrados 81,70g de maconha, um coldre, um celular de marca Motorola Moto G, 13 sacos plásticos para embalagem, a quantia em dinheiro de R$ 280,00, e uma motocicleta Honda NXR Bros 150, cor preta, placa NQZ 3792.

Os dois foram presos e conduzidos à Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu sob a acusação de tráfico de drogas. A dupla, segundo a Polícia Militar, já responde por porte ilegal de arma.