Busca

Tag: orós


16:48 · 27.08.2013 / atualizado às 16:48 · 27.08.2013 por

           A Prefeitura de Orós vai comemorar 56 anos de emancipação política. As festividades começam no próximo dia 30 e prosseguem até domingo, dia 1º de setembro.

A programação inclui gincana cultural sobre os 40 anos de carreira do cantor Fagner; torneio de futsal; shows gospel; show cultural; queima de fogos; desfile cívico e de cavalgada.

20:10 · 06.08.2013 / atualizado às 20:23 · 06.08.2013 por
Unidade representa avanço para o setor de saúde. Foto: divulgação
Unidade representa avanço para o setor de saúde. Foto: divulgação

A Prefeitura de Orós entregou um consultório e um laboratório moderno e equipado para a população de Orós. As unidades foram instaladas no Hospital e Maternidade Luzia Teodoro da Costa.

O prefeito, Simão Pedro, autoridades municipais, servidores da secretaria de Saúde, o ex-prefeito de Iguatu, Agenor Neto, e o deputado federal, Domingos Neto, participaram da solenidade de inauguração das unidades.

Agora, exames necessários ao bom procedimento médico serão realizados no próprio município.

A Prefeitura também fez a entrega de três veículos novos destinados ao transporte de pacientes, inclusive, uma Van Ducato toda equipada. Este carro, climatizado, será destinado aos pacientes que necessitam de cuidados especiais em centros mais distantes, como Fortaleza e Juazeiro do Norte.

08:39 · 03.08.2013 / atualizado às 08:39 · 03.08.2013 por

Os municípios de Iguatu, Cariús, Orós, Quixelô e Várzea Alegre, na região Centro-Sul do Ceará, vão receber médicos, na primeira etapa de seleção do programa Mais Médicos, do governo federal.

Iguatu receberá dois médicos e as demais cidades, um. No total, são seis profissionais que estão inscritos no programa, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde.

O Ceará vai receber 138 profissionais em 59 municípios que aderiram ao programa. No Estado, 158 municípios se inscreveram com 834 vagas.

20:16 · 01.08.2013 / atualizado às 20:16 · 01.08.2013 por
Prefeito Simão Pedro pede união de todos em Orós
Prefeito Simão Pedro pede união de todos em Orós

O prefeito de Orós, Simão Pedro, e o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Nelço Rodrigues, e o representante do Ministério Público Estadual, promotor de Justiça, André Luiz, definiram acordo que prevê o pagamento parcelado dos salários dos funcionários públicos do mês de dezembro de 2012.           

O acordo foi definido em audiência realizada nesta quarta-feira, dia 31, no Fórum de Justiça da Comarca de Orós. A folha de pagamento do mês de dezembro de 2012 não foi paga pela gestão anterior.

No mesmo dia, às 17 horas, o prefeito Simão Pedro (PSB), reuniu-se com os professores do município, para anunciar o esforço da administração para atender as solicitações dos servidores e cumprir as propostas. “Recebemos uma triste herança que se apresentava como maravilha; estamos nos organizando para cumprir todas as metas e projeto de governo”, disse Simão Pedro. O gestor pediu união dos servidores e o trabalho de todos. “Orós é maior que todos nós e vamos deixar as ideologias de lado”.

 

 

05:56 · 30.07.2013 / atualizado às 05:56 · 30.07.2013 por
Canal vai permitir a irrigação do cultivo de arroz, gerando emprego e renda no campo. Foto: Honório Barbosa
Canal vai permitir a irrigação do cultivo de arroz, gerando emprego e renda no campo. Foto: Honório Barbosa

O tradicional cultivo de arroz irrigado nas várzeas do Açude Orós e do Rio Jaguaribe, neste município, na região Centro-Sul do Ceará, atrasou por causa da dificuldade de transferência de água para as áreas de produção. A Prefeitura de Iguatu atendeu a solicitação dos produtores rurais e contratou uma máquina retro escavadeira que há dez dias trabalha na reabertura e ampliação de um canal de terra que vai possibilitar a irrigação de cerca de 300 hectares do grão.

O Açude Orós acumula 63% de sua capacidade, de acordo com monitoramento da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Gogerh). As áreas de plantio de arroz nas várzeas do reservatório variam a cada ano segundo o nível do reservatório. Neste ano, a localidade de Serrote é a beneficiada. Centenas de produtores rurais fazem o serviço de preparo de terra e alguns já plantaram e começaram a irrigar.

Uma parte do serviço de construção do canal de terra foi realizada pelo produtor, Francisco José Braz, mas insuficiente para possibilitar o cultivo de arroz irrigado em extensa área. Após a chegada da máquina contratada pelo município, os irrigantes ganharam ânimo e intensificam o serviço de cultivo dos grãos.

Aderilo Alcântara explicou que o município tem um projeto de ampliação e reabertura do canal desde o Riacho da Carnaúba até o Serrote e Várzea Grande para beneficiar um maior número de produtores rurais. Há uma dificuldade porque as áreas de produção e o próprio canal ficam encobertos quando o nível do Açude Orós está elevado ou transborda, mas que precisa ser realizado para assegurar o trabalho e a renda no campo no segundo semestre, período em que a maioria dos trabalhadores rurais fica sem condições de obter ocupação e renda.

 

11:06 · 18.07.2013 / atualizado às 11:08 · 18.07.2013 por

A Prefeitura de Iguatu atendeu ao pedido do grupo de produtores rurais da localidade de Serrote, na zona rural de Iguatu, na Bacia do Açude Orós, para a reconstrução de um canal de terra que vai possibilitar a irrigação da cultura de arroz no período de julho a novembro deste ano.

O anúncio foi feito pelo prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, que esteve reunido com os produtores rurais na localidade de Serrote, na noite desta segunda-feira. “É uma obra necessária que vai facilitar a produção de arroz irrigado, gerando emprego e renda no município”, frisou Alcântara. “O trabalho será feito por uma máquina retroescavadeira da Prefeitura”.

O município de Iguatu é um dos maiores produtores de arroz irrigado do Ceará. A produção ocorre com maior intensidade nas várzeas do Açude Orós e do Rio Jaguaribe.

Os produtores de arroz comemoraram a iniciativa do prefeito, pois havia dificuldades de reconstrução do canal por conta própria. À medida que as águas do Açude Orós vai baixando nessa época do ano, os produtores avançam com o plantio na terra úmida e fértil e precisam de canal e de bombeamento para a irrigação da lavoura.

 

Reunião do prefeito Aderilo Alcântara com produtores rurais na localidade de Serrote.
Reunião do prefeito Aderilo Alcântara com produtores rurais na localidade de Serrote.
10:51 · 13.07.2013 / atualizado às 10:51 · 13.07.2013 por

Choveu bem em quatro municípios da região Centro-Sul na madrugada deste sábado, dia 13.

De acordo com a Funceme, foram registrados em Orós (56mm); Iguatu (55mm); e Quixelô (40mm); Icó (26mm). A chuva em Iguatu começou por volta das 3 h da madrugada e se estendeu até as 8h da manhã de hoje, sábado.

Os criadores ficaram animados com essa chuva, pois favorece a manutenção da pastagem nativa, que serve de alimentação para os animais bovinos, ovinos e caprinos.

O tempo permaneceu nublado até as 10 horas da manhã deste sábado. Foto: HB
O tempo permaneceu nublado até as 10 horas da manhã deste sábado. Foto: HB
16:50 · 11.07.2013 / atualizado às 16:50 · 11.07.2013 por

No começo da tarde desta quinta-feira, dia 11, dois assaltantes roubaram a Agência dos Correios, da cidade de Orós, na região Centro-Sul.

A dupla agiu no retorno dos funcionários após o intervalo de almoço. Os assaltantes estavam armados e em uma moto, de placa não anotada. Fugiram levando todo o dinheiro do caixa. O valor não foi informado.

Dois funcionários e três clientes estavam no interior da agência quando ocorreu o roubo. Esta não é a primeira vez que o local é assaltado. È o terceiro assalto contra empresas praticado em menos de uma semana na cidade de Orós.

15:36 · 04.07.2013 / atualizado às 15:36 · 04.07.2013 por

Começou nesta quinta-feira, dia 4, e prossegue até sábado, a 4ª Mostra de Arte e Cultura do Sertão, no distrito de Santarém, zona rural de Orós, na região Centro-Sul do Ceará. Neste ano, o evento teve como tema central ‘Asa Branca vem, canta e encanta os vaqueiros do sertão’. Promovido pela Organização Não governamental (ONG) Realeza Nordestina, as atividades artísticas e culturais têm por objetivo resgatar a tradição local, valorizar artistas e moradores em um espaço de reencontro das famílias. São gerados centenas de empregos diretos e mais de cem técnicos e músicos participam do evento.

São três dias de festividades. O vaqueiro é o personagem central da festa com destaque para a valorização da sua musicalidade, canções de vaquejada, repentes e aboios que retratam em poemas a luta diária no sertão, nas pegas de boi, seu trabalho, os amores, a fé e a sua vida em contato direto com a natureza da Caatinga. As apresentações foram realizadas nas ruas da comunidade e findando com diversas atrações culturais de artistas locais e regionais.

A programação inclui dança, canto coral, dramatização, feira livre de artesanato e relatos de vaqueiros. José Roque, 64 anos, apresentou depoimento sobre sua vida como agricultor e vaqueiro. São narrativas que prendem a atenção de crianças e adolescentes sobre o trabalho bravio, no sertão, para reunir, alimentar, e no tempo certo abater o gado. Vestido com gibão, chapéu de couro, peitoril, perneiras e chicote, José Roque representa um personagem vivo na memória dos moradores. “É bem verdade que hoje se tange o gado pelas estradas em cima de uma moto, mas até um passado recente o serviço era feito no meio das matas fechadas, em montaria de cavalo”, comparou. “Muitas coisas mudaram no sertão, nas pequenas localidades, mas a cultura e a sua história precisam ser preservados pelas futuras gerações”.

Jovens são artistas na programação em Santarém.
Jovens são artistas na programação em Santarém.
14:56 · 02.07.2013 / atualizado às 14:56 · 02.07.2013 por

Os produtores de arroz iniciaram em junho passado o preparo de solo e o cultivo de arroz irrigado nas várzeas do Açude Orós. Neste ano, as áreas adequadas para a produção estão mais distantes porque o nível do reservatório baixou, após dois anos seguidos de seca. Na localidade de Serrote, os agricultores trabalham na recuperação de canais que vão possibilitar a irrigação da lavoura.

            Um dos maiores produtores da região, Francisco José Braz, lamenta a falta de apoio da Prefeitura no serviço de recuperação dos canais de terra. “Estamos fazendo o serviço por conta própria, mas por falta de condições o trabalho está atrasado e têm muitos produtores parados, sem condições de plantar”, explicou Braz.

            Em parceria com outros produtores, Braz pretende fazer o cultivo de 100 hectares de arroz. A irrigação da lavoura é feita por sistema de bombeamento com uso de motores a óleo diesel ou elétricos instalados nas proximidades da água do reservatório. À medida que o nível da água vai baixando, deixando descoberta as terras férteis, os agricultores avançam com os equipamentos de irrigação e com o plantio.

            O trabalho se estende até o fim do ano. “Não podemos avançar no tempo porque se vier chuvas estraga a lavoura que pode ficar inundada”, explica o produtor Marconi Chagas da Silva. Em algumas áreas a produtividade é considerada boa em média de oito mil quilos por hectare. Os produtores reclamam da falta de assistência técnica. “A gente vai tentando acertar sozinho”, disse Pedro Alves.

Produtores preparam terra para o cultivo de arroz irrigado em Serrote. Foto: HB
Produtores preparam terra para o cultivo de arroz irrigado em Serrote. Foto: HB