Busca

Tag: prefeito


11:04 · 25.04.2017 / atualizado às 11:06 · 25.04.2017 por
Prefeito Ednaldo Lavor

O IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS) é realizado em Brasília. O evento foi aberto nesta segunda-feira, 24, e prossegue até sexta-feira, 28. O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, acompanha o encontro que tem uma programação voltada à retomada do desenvolvimento das cidades.

O evento é considerado o maior sobre sustentabilidade urbana do país e é realizado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O prefeito Ednaldo Lavor na busca de pactuação de alternativas para o enfrentamento da situação fiscal e financeira vivenciada em Iguatu, destacou a importância do evento para o desenvolvimento sustentável de Iguatu. “É necessário buscarmos novos meios de conquistar o desenvolvimento de Iguatu de forma sustentável”, disse. “Hoje podemos compreender que Iguatu teve seu desenvolvimento parado no tempo devido a falta de planejamento”.

Além do IV EMDS, Ednaldo Lavor participa durante essa semana de diversas reuniões com deputados Federais e Senadores, em busca de recursos para serem investidos no município.

09:42 · 22.04.2017 / atualizado às 09:42 · 22.04.2017 por

 

Zé Hélder, prefeito de Várzea Alegre.

Com pouco mais de três meses de sua gestão, o prefeito Zé Helder (PMDB), disse que os desafios iniciais são a construção do matadouro público da cidade, terminal rodoviário e tornar Várzea Alegre adimplente nos órgãos governamentais do Ceará e da União.

Sobre a crise financeira que se abate sobre as prefeituras, Zé Helder disse que não foi uma surpresa, já que essa realidade está presente em praticamente todos os municípios. “É preciso equilibrar as finanças, priorizando ações importantes”, frisou. Entre estas ações, a principal foi tirar Várzea Alegre da condição de inadimplente, conseguindo bancar, realizar e parcelar pagamentos com INSS, FGTS e PASEP. Segundo o prefeito, ainda há uma pendência com o TCM que deverá ser normalizada até a próxima semana. Essa pendência é pelo Município, segundo Helder, ter ultrapassado o limite de 54% do gasto com pessoal na gestão passada.

O gestor elegeu a saúde como a área mais problemática e que demanda mais investimentos. O prefeito disse que encontrou a pasta da saúde com mais de 40 ações judiciais para autorização de medicamentos e de cirurgias de alto custo, totalizando cerca de cem mil reais. O prefeito pontou que conseguiu economizar cerca de R$ 100 mil com a folha de pagamento, R$ 40 mil com gastos de combustíveis, sem parar a frota municipal, e cerca de R$ 50 mil com a diminuição de secretarias e extinção das subsecretarias. “Não posso comprometer o básico, que é o remédio na Farmácia Pública, a merenda nas escolas e o transporte escolar, por exemplo”, disse.

Zé Helder disse que medidas estão sendo tomadas para revitalizar a Rodoviária e que os andarilhos que ficavam na rodoviária, um foi identificado e transferido, enquanto aos outros, as equipes da Assistência Social estão entrando em contato com as famílias para resolver o problema. Ele disse que também já articula o retorno da empresa Guanabara para o embarque e desembarque de passageiros no terminal rodoviário após as melhorias que serão feitas.

A administração está destravando mais de 20 convênios para o município, citou a iniciativa da GVS Sport, que está abrindo mais uma empresa em Várzea Alegre e outras melhorias nas áreas de saúde e infraestrutura.

Indagado sobre a mudança da secretaria de Saúde do antigo prédio do Hospital Santa Maria para o prédio onde funcionou o Hotel Municipal, Zé Helder declarou que não havia mais estrutura para o local funcionar como hotel, é já que existia a secretaria de Cultura funcionando naquele recinto, aproveitou a oportunidade para economizar R$ 8.250,00/mês, referentes ao aluguel do prédio do Santa Maria.

Abordado sobre a polêmica construção do matadouro público, o prefeito disse que esse projeto vem desde 2010 e que quando deixou o mandato, as obras estavam 80% feitas, faltando 20% restantes que contava com recurso em caixa da ordem de R$ 125 mil. Zé Helder deu garantias de que o matadouro púbico será aberto neste ano de 2017.

14:52 · 10.02.2017 / atualizado às 14:52 · 10.02.2017 por

Reunião entre o prefeito Ednaldo Lavor, empresários de bares e restaurantes e músicos pôs fim à polêmica sobre a cobrança de taxa prevista no Código Tributário do Município sobre apresentação de artistas (música ao vivo). O encontro ocorreu na noite desta quinta-feira, no auditório do Complexo Social.

O vice-prefeito, Marcos Sobreira, e o secretário de Cultura, Jan Messias, além de outros assessores participaram do evento.

Ficou decidido que será enviada uma proposta de regulamentação do Código Tributário para ser discutida e votada pela Câmara Municipal. Ao invés de cobrar taxa por evento, o prefeito Ednaldo Lavor assumiu o compromisso de cobrar um valor mensal de 25 Ufir, equivalente a R$ 92,00, que será destinado ao Fundo Municipal de Cultura a ser criado.

Os donos de bares e restaurantes e os músicos concordaram com a ideia.

Um fiscal da Prefeitura na semana passada enviou notificações aos donos de bares e restaurantes cobrando cerca de R$ 120,00 por apresentação. A medida gerou insatisfação entre os empresários. “A gente não cobra nada dos clientes, nem taxa e nem ‘couvert’ artístico, por isso não seria justo sermos taxados”, disse o empresário, Elenilton Lopes. “A cobrança da taxa poderia inviabilizar a contratação de músicos”.

Nesta semana houve reunião entre empresários do setor e músicos que decidiram por apresentar uma solicitação de reunião com o prefeito.

 

 

11:12 · 29.01.2017 / atualizado às 10:57 · 30.01.2017 por
Prefeito de Cedro é vice-presidente da Aprece
Prefeito de Cedro é vice-presidente da Aprece

O prefeito de Cedro, na região Centro-Sul do Ceará, Nilson Diniz, foi empossado no cargo de vice-presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), na última quinta-feira (26), em solenidade que celebrou a inauguração da nova sede e a posse da Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e Conselho Deliberativo da entidade, para o biênio 2017-2018.

Nilson Diniz destacou a firme disposição de lutar pelo desenvolvimento dos municípios cearenses. “É uma grande honra poder contribuir com a Aprece, com o desenvolvimento do Estado, com a nossa gente”.

A cerimônia aconteceu na nova sede da Associação, que teve o apoio do governo do Estado, e contou com a presença do governador Camilo Santana. A primeira-dama de Cedro, Ana Clécia, acompanhou Dr. Nilson Diniz.

Outros ilustres participantes prestigiaram o evento: os secretários de Saúde do Estado, Henrique Javi, e de Fazenda, Mauro Filho; os deputados federais Danilo Fortes (PSB) e Odorico Monteiro (Pros); o deputado estadual Agenor Neto (PMDB); o chefe da Casa Civil, secretário Nelson Martins; prefeitos, em grande número – inclusive o de Juazeiro, Arnon Bezerra.

O presidente recém empossado, Gadyel Gonçalves, ressaltou a necessidade de dialogar com os prefeitos cearenses e aprimorar os trabalhos da Aprece. “Conheço a trajetória da Associação, tenho acompanhado e aprendido a respeitá-la ao longo dos anos”, afirmou o prefeito de São Benedito.

        Camilo Santana comprometeu-se em receber os prefeitos daqui a um mês, para a discussão da pauta de reivindicações.

Para o vice-presidente Nilson Diniz, o momento é de partilhar com os demais colegas prefeitos a experiência positiva, os avanços conquistados em sua última gestão (2013/2016) à frente do município de Cedro. “Fizemos uma administração reconhecida pelos resultados, a seriedade e o compromisso. A replicação do modelo aqui implantado, de impactos nas diversas áreas (da saúde à educação), creio humildemente, seja da maior valia”, entende.

21:24 · 13.01.2017 / atualizado às 21:24 · 13.01.2017 por

 

Prefeito Alexandre, da cidade de Umari
Prefeito Alexandre, da cidade de Umari

O juiz eleitoral da 58ª Zona Eleitoral, Marcelo Wolney Alencar Pereira de Matos, decidiu, nesta sexta-feira, 13, cassar os registros de candidaturas do prefeito eleito da cidade de Umari, Francisco Alexandre Barros Neto (PT), e da vice-prefeita, Laura do Carmo Lustosa Ribeiro (PHS), por julgar procedente Ação Judicial de Investigação Eleitoral por compra de votos promovida pela então prefeita, Marineide Pinheiro Moura (Neide) que tentava a reeleição.

A decisão do magistrado repercutiu em todo a região. Francisco Alexandre Barros Neto e Dra. Laura do Carmo Ribeiro foram empossados no cargo de prefeito e vice-prefeito, respectivamente, no último dia 1º.

O juiz ainda decidiu por aplicar multa contra o prefeito e vice-prefeita equivalente a um mil UFIR (Unidade Fiscal de Referência) que em 2016 no Ceará tinha o valor de R$ 3,69.

Com base no artigo 224 do Código Eleitoral, que determina novas eleições se a nulidade atingir mais da metade dos votos, a decisão judicial prevê, portanto, novas eleições para prefeito e vice-prefeito no município.

Cabe recurso à decisão do magistrado ao Tribunal do Regional Eleitoral (TRE) com efeito suspensivo da decisão local (1ª instância) até nova apreciação pelo TRE, em Fortaleza.

A 58ª Zona Eleitoral inclui os municípios de Baixio, Umari e Ipaumirim. A decisão foi tomada no fórum de Ipaumirim, sede da Zona Eleitoral.

VITÓRIA POR 4 VOTOS 

O pleito em Umari foi muito apertado. O candidato vitorioso, Alexandre (PT) obteve 2525 e a prefeita anterior, Neide (PSD), que tentava a reeleição, obteve 2521.