Busca

Tag: raio


21:54 · 25.05.2018 / atualizado às 21:55 · 25.05.2018 por
Sede do BP Raio em Icó. Foto de Richard Lopes

Foi agendada pelo governador Camilo Santana a inauguração da base do BP Raio, localizado na Avenida do Cruzeiro, no Bairro Dner, anexo a 2ª Companhia do 10º Batalhão de Polícia Militar. O evento será neste sábado, dia 26, às 9 da manhã, na avenida Nogueira Acioly, nas proximidades da Coluna da Hora. Além do governador Camilo Santana, estarão presentes o secretário de Segurança do Estado, André Costa, o comandante da PM do Ceará, coronel Ronaldo Viana, e o presidente da Assembléia Legislativa, Zezinho Albuquerque, dentre outras autoridades.

O Raio de Icó contará com 37 homens, 16 motos e uma camionete. A tropa será comandada pelo tenente Hoodson Ferreira de Albuquerque. O sistema de videomonitoramento também será inaugurado neste sábado. Serão 10 câmeras distribuídas na cidade e as centrais de acompanhamento ficarão no quartel e no 12º Pelotão da 3ª companhia do BP Raio.

É grande a expectativa da comunidade com a instalação do Raio. A cidade de Icó tem registro quase que diários de assaltos à mão armada contra lojistas e moradores.

18:14 · 12.02.2018 / atualizado às 09:00 · 14.02.2018 por

 

Temporal, ventania e raios em Iguatu. Foto VC Repórter/WhatsApp

Chuva torrencial seguida de vento, raios e trovões banhou a cidade de Iguatu no fim da tarde desta segunda-feira, 12, provocando queda de árvores, de cobertura de lojas de revenda de carro e arrastando telhas das casas. Alguns moradores comentam ocorrência de granizo, nos bairros Alto do Jucá, Cohab e Veneza.

A precipitação durou cerca de 30 minutos, mas veio forte e provocou pontos de alagamento em alguns bairros.

De acordo coma Ematerce, foram registrados 62 mm, no bairro Esplanada. 

Pelo menos em três lojas de revenda de carro houve queda de cobertura, de portões e estrago de veículos: Vassouras Veículos, J Calixto e Alemão. Parte da cidade ficou sem energia

De acordo com o produtor rural, Carlos Palácio de Queiroz, o vento arrastou parte do telhado da casa dele, no bairro Esplanada e no vizinho, Elesbão Souza, derrubou árvores no quintal. Em uma rua por trás do Estádio Morenão, uma árvore caiu, segundo o lojista Expedito Neto.     

Houve infiltrações no Hospital Regional de Iguatu e dois pacientes tiveram que ser removidos para outras enfermarias.

Em várias casas, a ventania causou estrago arrancando telhas. No posto 100% também houve estragos na cobertura.

Coberta de revenda de carro desabou em Iguatu. Foto: VC Repórter/WhatsApp
10:53 · 05.01.2018 / atualizado às 10:53 · 05.01.2018 por

 

Jovem morreu ao ser atingido por tiros dos policiais. Foto: VC Repórter/WhatssApp

Em confronto com policiais militares do Raio, um jovem de 17 anos morreu no início da tarde desta quinta-feira, 4. Segundo informações do 10º Batalhão de Polícia Militar, uma denúncia anônima informou sobre a presença de dois homens armados que circulavam em carro Prisma, cor branca.

Os policiais do Raio foram checar a informação. O veículo era conduzido por Antônio Melo, taxista, e transportava dois jovens. Um deles já respondia por homicídio e tráfico de drogas e portava um revólver Rossi calibre 38. Fugiu após a abordagem policial.

E outro jovem, David Lima Ferreira, 17 anos, que também já respondia por homicídio, tráfico de drogas, roubo de veículo e porte ilegal de arma de fogo, efetuou disparos contra os policiais e tentou fugir. Era natural de Cedro.

Os militares revidaram contra o agressor, que foi alvejado e não resistiu aos ferimentos. Morreu na rua Francisco Bezerra Filho. O motorista e o outro jovem foram conduzidos à Delegacia Regional de Polícia Civil para prestar depoimento.

10:07 · 07.03.2017 / atualizado às 10:07 · 07.03.2017 por

 

Capitão Arquênio faz explanação sobre atuação do Raio em Iguatu. Foto de Thiedo Henrique

O Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio), em Iguatu, por meio do comandante capitão Arquênio Braga, em reunião ordinária do Rotary Club de Iguatu, apresentou dados dos últimos seis meses em que o grupo chegou à cidade.

O objetivo da ida do militar à sede rotariana era tomar conhecimento das ações de intervenção da equipe de segurança, bem como saber dos avanços na área desde sua instalação no município.

De acordo os dados apresentados pelo capitão, em um semestre mais de 300 ocorrências terminaram em prisões por algum crime ou conflito com a lei. Por dia, são efetuadas pela equipe 75 abordagens diárias, que dá uma média de quase 2.300 por mês. “Acredito que é um somatório de forças. O Raio é apenas um braço da área integrada de segurança que é composta pelo Ronda, Polícia Rodoviária Estadual e o 10º Batalhão”, afirmou Arquênio.

O presidente do club, Tales Teixeira de Mendonça, comemorou os números e disse que o convite se deu devido à percepção dos rotarianos com essa nova fase vivenciada pelos iguatuenses. “Aqui temos as mais variadas representações de associados. Discutimos os problemas sociais da cidade, e a segurança era um dos temas mais palpitantes. Mas desde então percebemos que é nítido o avanço que tivemos nesse tema. Após a chegada do Raio no mês de agosto, pouco ouvimos falar de assalto e roubos audaciosos no município. E esse momento é de reconhecimento para aqueles que arriscam suas próprias vidas em prol do bem-estar da maioria”, disse.

 

13:19 · 20.08.2016 / atualizado às 18:00 · 20.08.2016 por

 

Governador e autoridades descerram placa de instalação do BP Raio em Iguatu. Foto de Honório Barbosa
Governador e autoridades descerram placa de instalação do BP Raio em Iguatu. Foto de Honório Barbosa

O governador Camilo Santana lançou na manhã deste sábado, em Iguatu, na Praça Gonçalves de Carvalho (Caixa Econômica), o Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BP Raio). O efetivo será formado por 52 profissionais, divididos em seis equipes, com auxílio de duas viaturas e 24 motocicletas.

O BP Raio vai atender a 15 municípios da região: Acopiara, Baixio, Cariús, Cedro, Icó, Iguatu, Ipaumirim, Jucás, Lavras da Mangabeira, Orós, Quixelô, Saboeiro, Tarrafas, Umari e Várzea Alegre.

A solenidade foi marcada por momentos de tensão. Um grupo aliado à administração municipal, que é oposição ao governador, vaiou Camilo Santana, o deputado federal Odorico Monteiro e a deputada estadual, Miriam Sobreira. Em resposta, os que discursaram indagavam se a manifestação era contra a vinda do Raio. Quem era a favor do governo, aplaudiu. Outros lamentaram o ocorrido.

PROTESTO E SPRAY DE PIMENTA

Polícia fez isolamento para evitar acesso de manifestantes. Foto: VC Repórter
Polícia fez isolamento para evitar acesso de manifestantes. Foto: VC Repórter

Antes da solenidade houve protesto. Um grupo de moradores reivindicava com cartazes e faixas mais recursos para o Hospital Regional de Iguatu e a construção de fossa e obras sanitárias na Cadeia Pública, que está interditada.

A Polícia fez um cerco na Praça da Caixa Econômica e tentou evitar o acesso dos manifestantes. Alguns policiais jogaram spray de pimenta contra alguns que protestavam.

Polícia usou spray de pimenta contra manifestantes. Foto: VC Repórter
Polícia usou spray de pimenta contra manifestantes. Foto: VC Repórter

Vaias

Durante a solenidade, o governador Camilo Santana pediu respeito e esclareceu que o momento não era político, mas de ação de governo. “Estou cumprindo um compromisso de campanha, mas depois venho aqui nas eleições”, frisou. “Se o grupo tem alguma reivindicação pode vir a mim”. O governador apresentou um resumo das ações na área de segurança.

O secretário de Segurança, Delci Teixeira, evitou polêmica, e frisou que as ações do Raio vão ocorrer no combate à criminalidade, mas de forma lenta. “Os resultados virão, mas não é na quantidade e velocidade que a gente tanto espera”, disse.

Camilo Santana anunciou que vai transformar a Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu em uma unidade aberta 24 horas e para isso vai nomear mais quatro delegados, quatro escrivães e oito inspetores. Entretanto, não apresentou nenhum prazo para concretizar o anúncio.

O BP Raio já foi instalado em Fortaleza, Juazeiro do Norte, Sobral, Russas, Quixadá e Iguatu. 

POLÊMICA

Na terça-feira passada, o secretário de Segurança Pública afirmou em entrevista coletiva que um deputado (referindo-se ao parlamentar Agenor Neto) seria contra o Raio e isso teria causado surpresa para ele. Na solenidade deste sábado, o secretário preferiu não abordar o tema novamente.

Policiais do Raio fazem demonstração em desfile. Foto de Honório Barbosa
Policiais do Raio fazem demonstração em desfile. Foto de Honório Barbosa

 

10:48 · 19.08.2016 / atualizado às 10:48 · 19.08.2016 por

 

Batalhão Raio
Batalhão Raio será sediado em Iguatu. 

O Batalhão de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), da Polícia Militar do Ceará, vai começar a funcionar a partir deste sábado (20) em Iguatu e em toda a região Centro Sul do Estado. A solenidade está prevista para 9 horas e vai contar com a presença do governador Camilo Santana. O evento será realizada na Praça da Matriz de Senhora Sant’Ana.

O BPRaio de Iguatu integra a Área Integrada de Segurança 16 (AIS 16) e teve investimento superior a 1,5 milhão de reais, contando com 24 motos, duas viaturas e a atuação de 52 policiais capacitados em policiamento motorizado. Além de Iguatu, as seis equipes especializadas vão reforçar o policiamento em outros 14 municípios da região.

A unidade especializada chega a Iguatu em meio a polêmicas. O secretário de Segurança do Estado, Delci Teixeira, afirmou em entrevista a uma emissora de rádio local que na manhã de terça-feira passada recebeu em audiência uma comitiva de representantes de Iguatu, dentre eles, o prefeito, Aderilo Alcântara, e o deputado estadual, Agenor Neto.

Teixeira disse que estranhou e ficou surpreso pelo fato do parlamentar ‘ser contrário à vinda do Raio para Iguatu’. As declarações do secretário repercutiram no município. 

O deputado Agenor Neto rebateu afirmando que o secretário está faltando com a verdade e agiu com interesses eleitoreiros. “O que nós afirmamos foi a nossa preocupação com a vinda do Raio que deve prender mais pessoas e a Delegacia Regional que está superlotada, com inícios de motins e revolta constantes, e a interdição da Cadeia Pública pela Justiça porque o Estado não realiza obras de instalações sanitárias”, disse.

 O prefeito Aderilo Alcântara disse que repudia a declaração do secretário. “Isso mostra o oportunismo político -eleitoral, a distorção dos fatos, o despreparo para compreender a relação democrática e republicana que deve ocorrer entre representantes de entes federativos e poderes constituídos”, disse. “Lamentamos a falta de verdade na declaração do secretário”. Alcântara reforçou que a preocupação é em prevenir mais problemas para o sistema de segurança. “Estivemos reforçando demandas que já foram apresentadas até pelo bispo da Diocese de Iguatu”.

 

20:09 · 03.03.2015 / atualizado às 20:09 · 03.03.2015 por
Açude Trussu é um dos atrativos para Iguatu e região. foto de Honório Barbosa
Açude Trussu é um dos atrativos para Iguatu e região. foto de Honório Barbosa

Neste ano, somente na região Centro-Sul do Ceará, foram registrados quatro casos de afogamento em açudes públicos, vitimando crianças, jovens e idosos. O período de chuvas que se inicia no Estado atrai banhistas, aumenta risco de acidentes, de choques elétricos e até a queima de equipamentos eletrodomésticos. Nos dois primeiros meses deste ano, a Coelce registrou 36.516 descargas em todo o Estado.

Anteontem, duas crianças, uma de quatro anos e outra de nove anos, morreram afogadas, logo após sofrerem choque elétrico em uma balsa ancorada e que funciona como bar e restaurante no Açude Orós, o segundo maior reservatório público do Ceará. O fato repercutiu em toda a região e causou comoção entre parentes e amigos.

O subcomandante da 1ª Seção de Bombeiros de Iguatu, tenente Marcos Acácio, chamou a atenção dos pais e de comerciantes que exploram atividades de lazer em balneários, rios e açudes. “As chuvas atraem banhistas para momentos de lazer, nos fins de semana, há mistura de bebidas alcoólicas, comidas e relaxamento com os cuidados com as crianças e adolescentes”, observou. “Infelizmente, todos os anos registramos mortes por afogamentos e graves acidentes”.

O tenente Marcos Acácio orientou que as crianças devem ser mantidas sob vigilância permanente dos pais ou responsáveis, os estabelecimentos que oferecem serviços de lazer (barracas, balsas) devem ter cuidado com a fiação elétrica e com os banhistas. “São obrigados a oferecer guarda-vidas, segundo determinação de lei estadual”, frisou o militar.

17:01 · 08.01.2015 / atualizado às 17:01 · 08.01.2015 por
Animais mortos em curral na localidade de Gama, em Icó. Foto: Richard Lopes
Animais mortos em curral na localidade de Gama, em Icó. Foto: Richard Lopes

A pré-estação chuvosa mal começou no Ceará e já traz prejuízos para o setor agropecuário. As chuvas ainda estão reduzidas, mas em alguns casos ventos fortes e quedas de raios têm provocados prejuízos na região Centro-Sul do Estado.

Na madrugada desta quarta-feira, dia 7, um raio matou dez vacas leiteiras, que estavam em um curral, na localidade de Gama, no Perímetro Irrigado Icó-Lima Campos.

Nove vacas pertenciam ao criador André Bonfim Barbosa, mais conhecido por André Leiteiro. A outra vaca era de um vizinho. A chuva veio forte com trovões e relâmpagos, assustando os moradores da localidade. Quando o produtor rural se levantou para fazer a ordenha percebeu que os animais estavam caídos e mortos. “Fiquei desolado, triste e o prejuízo foi enorme”, contou.

Duas garças também morreram e uma árvore foi derrubada com a queda do raio.

A Funceme registrou chuva de 15 milímetros na cidade na madrugada desta quarta-feira.

RAIOS

Neste ano, o Ceará registra 3.117 raios em todo o Estado. O maior número de descargas elétricas se deu em Tauá, na Região dos Inhamuns, com 297, seguida por Independência, onde ocorreram 139 raios e Santa Quitéria, com 118.

Ventania

Na tarde do último dia 30, uma forte ventania destruiu 285 hectares de banana em Iguatu, causando prejuízo de R$ 7 milhões a 120 produtores rurais. O cálculo de perda tem por base a estimativa de produção de 25 toneladas por hectare/ano. Seriam colhidas mais de sete mil toneladas. O quilo da fruta é vendido por um real.