Busca

Tag: regional


16:02 · 10.09.2018 / atualizado às 16:02 · 10.09.2018 por

 

Evento de campanha reuniu milhares de moradores

O governador Camilo Santana, candidato à reeleição, esteve na noite deste domingo (9) na cidade de Cedro, distante 400 quilômetros de Fortaleza, onde participou de comício regional. Milhares de moradores participaram do evento de campanha, realizado na Praça Rubens de Albuquerque.

Acompanhado por lideranças políticas da região Centro-Sul e de candidatos à Assembleia Legislativa e à Câmara Federal, Camilo Santana agradeceu pela forma calorosa com que foi recebido.

O governador apontou ações realizadas para que não faltasse água nas casas dos cearenses. Destacou ainda as realizações ao longo dos últimos três anos e oito meses, como a contratação de novos policiais, professores e a realização de concurso público para a contratação de servidores, investimentos em segurança, saúde e infraestrutura.

Citou ainda a chega da Companhia Siderúrgica do Pecém, que hoje gera mais de 8 mil empregos diretos e indiretos. Vista como marco na logística nordestina, a obra ferroviária Transnordestina com 1.700 km, quando pronta, deve ligar os portos de Pecém, na Região Metropolitana de Fortaleza, e de Suape, em Pernambuco.

O governador Camilo Santana reafirmou o compromisso em trabalhar junto ao Governo Federal para viabilizar a obra, importante para o transporte de cargas no Nordeste e também no Ceará.

Prefeito reivindica 

O prefeito de Cedro, Dr. Nilson Diniz, reivindicou diretamente ao governador a implantação de reservatórios elevados de água em bairros da cidade para o abastecimento dos moradores, ampliação e melhoria do trecho urbano da rodovia Padre Cícero que corta a cidade, com iluminação moderna e mais segurança para os moradores.

Ausência 

Os candidatos ao Senado, Cid Gomes e Eunício Oliveira não participaram do comício regional, alegando outros compromissos de campanha, anteriormente agendados.

Governador Camilo Santana em discurso ao lado do prefeito de Cedro, Dr. Nilson Diniz.

 

13:55 · 02.08.2018 / atualizado às 17:07 · 02.08.2018 por

 

Palestra realizada na manhã desta quinta-feira, no HRI, sobre aleitamento materno

O Hospital Regional de Iguatu promove a Semana do Aleitamento Materno com palestras para profissionais de saúde, orientações às gestantes e parturientes, no período de 1º a 7 de agosto. O evento faz parte da mobilização mundial que incentiva a prática do aleitamento materno.

         A campanha do Hospital Regional de Iguatu destaca que “nove meses incríveis de gestação tornam-se amor, carinho e muita amamentação, mas para a mamãe e o bebê ficarem saudáveis é preciso cuidado. Gorduras saturadas, produtos industrializados, bebidas gasosas e alcoólicas devem ser vetadas da dieta materna’.

Na manhã desta quinta-feira, 2, houve no auditório do Hospital Regional de Iguatu uma palestra com a médica obstetra e mastologista, Auriciane Pires, sobre a importância do aleitamento materno, da orientação às gestantes, no pré-natal. Médicos, enfermeiros, estudantes de Enfermagem da Urca, em Iguatu, participaram do evento.

“O nosso esforço é preparar a nossa equipe, reforçar os cuidados e o estímulo ao aleitamento materno”, frisou a diretora do Hospital Regional de Iguatu, Darriele Gomes. “Médicos e enfermeiros da Atenção Básica também participaram da palestra e queremos também contribuir com o incentivo à prática do aleitamento materno em toda a rede municipal de Saúde”.

A mobilização do Hospital Regional de Iguatu tem como tema geral: “Aleitamento materno: a base da vida”. 

Palestras, rodas de conversa, minicursos integram a programação da Semana do Aleitamento Materno que conta com a participação de médicos, enfermeiros e residentes da Residência Multiprofissional em Saúde, além de profissionais do Hemocentro.

A médica obstetra e mastologista, Auriciane Pires, destacou a importância do aleitamento materno como forma de proteção do bebê contra infecções respiratórias e alergias e diarreia, que são doenças que mais matam bebês no mundo; que deve ser exclusivo até os seis meses, e deve continuar até os dois anos ou mais; além de trazer benefícios para a mulher: ajuda a perder peso, reduz chances de desenvolver anemia, câncer de mama, diabetes, infarto.

Selo Unicef

A Secretária de Tecnologia, Ciências e Ensino Superior de Iguatu, Cida Albuquerque, e articuladora do Selo Unicef participou do evento e destacou a importância da ação para a conquista do Selo Unicef. “Iguatu vem demonstrando compromisso com a ampliação de ações para a melhoria da qualidade de saúde das gestantes, parturientes e dos bebês, orientando e apoiando o aleitamento materno dentre outros programas e projetos em andamento”.

10:07 · 26.04.2018 / atualizado às 10:07 · 26.04.2018 por

Reunião discutiu questões ambientais. Foto de Augusto César 

            Várzea Alegre sediou nesta quarta-feira, 25, a Oficina Regional da Agenda Ambiental na Administração Pública – A3P, que é um programa do Ministério do Meio Ambiente que objetiva estimular os órgãos públicos a implementarem práticas de sustentabilidade.

          A adoção da A3P demonstra a preocupação Ministério do Meio Ambiente em obter eficiência na atividade pública enquanto promove a preservação do ambiental. Ao seguir as diretrizes estabelecidas pela Agenda, o órgão público protege a natureza e, em consequência, consegue reduzir seus gastos.

         O evento foi realizado pela Secretaria de Meio Ambiente do Estado (SEMA), com o articulador, Milton Alves de Oliveira, que ministrou palestra com objetivo de conscientizar os municípios presentes a fazerem a adesão a A3P. Houve distribuição de material de suporte e formulário de Adesão.

          Segundo a organização do evento na cidade, a A3P tem como principal objetivo estimular a reflexão e a mudança de atitude dos servidores para que eles incorporem os critérios de gestão socioambiental em suas atividades rotineiras.

         Para o secretário J. Marcílio, ações como essas são importantes tendo como princípios a inserção dos critérios ambientais, que vão desde uma mudança nos investimentos, compras e contratação de serviços pelo governo, até a gestão adequada dos resíduos gerados e dos recursos naturais utilizados, tendo como principal objetivo a melhoria na qualidade de vida no ambiente de trabalho.

20:27 · 11.04.2018 / atualizado às 20:29 · 11.04.2018 por

Uma boa notícia. Foi assim que o prefeito Zé Helder recebeu a informação de que a população do município voltará a ter atendimento pela 20ª Coordenadoria Regional de Saúde, com sede na cidade do Crato.

Dra. Luciana Rolim, vereadora do PV e vice-presidente da Câmara Municipal de Vereadores, anunciou na sessão desta terça-feira, 10, o retorno de Várzea Alegre à 20ª Coordenadoria Regional de Saúde.

Segundo a vereadora, o retorno do município da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde de Icó para a 20ª Regional foi uma luta do prefeito Zé Helder (MDB) e do vice-prefeito, Dr. Fabrício Rolim – seu esposo.

A mudança de regional do Crato para Icó ocorreu na gestão passada. Havia dificuldades para a transferência de pacientes, pois a regional do Crato estabelecia dificuldades, alegando que a regional a qual Várzea Alegre pertencia era a de Icó, para onde os pacientes deveriam ser transferidos.

O prefeito Zé Helder solicitou do secretário de Saúde do Estado, Henrique Javi, o retorno de Várzea Alegre para a Regional de Saúde do Crato. O Conselho Estadual de Saúde – CESAU, aprovou por meio da Resolução 20/2018, o pleito.

O vice-prefeito, Dr. Fabrício Rolim, disse que agora a população de Várzea Alegre volta a ter cobertura de saúde com mais qualidade.

06:56 · 16.11.2017 / atualizado às 13:06 · 15.11.2017 por
Prefeito de Várzea Alegre em audiência com o secretário de Saúde, Henrique Javi. Foto: divulgação

Nesta terça-feira, 14, o prefeito de Várzea Alegre, Zé Helder manteve audiência com o secretário de Saúde do Estado, Henrique Javi, sobre o atendimento da saúde dos moradores do município pela 17ª Região Saúde com sede em Icó e a proposta de retorno para a Regional da cidade de Crato, na região do Cariri, por ser mais próxima e apresentar melhor estrutura de atendimento.

Segundo o prefeito Zé Helder, anteriormente, o atendimento de Várzea Alegre era feito pela 20ª Região de Saúde sediada no Crato, mas na gestão anterior houve a mudança para Icó.  “Essa mudança de regional tem gerado muitos problemas, especialmente com a transferência de pacientes, quando a regional do Crato impõe dificuldades alegando que a regional à qual Várzea Alegre pertence é a de Icó, para onde o paciente deve ser transferido”, explicou o gestor. “A Secretaria de Saúde do Crato e os hospitais  têm colocado dificuldades para receber os pacientes de Várzea Alegre, alegando que nós pertencemos à regional do Icó”.

Orientação 

A orientação de Henrique Javi para o prefeito é que ele procure o secretário de Saúde do Carto e a Regional de Saúde para dialogar sobre o assunto, tendo em vista que mensalmente são enviados os recursos para as demandas de saúde de Várzea Alegre.

 

Insatisfação 

Várzea Alegre começou a integrar a Regional de Saúde do Icó na metade de janeiro deste ano. Em pouco mais de dez meses, percebeu-se que o que viria para melhorar o atendimento de saúde da população, especialmente na questão de logística, não deu certo. Insatisfeita, a gestão municipal inicia o retorno ao Crato, na região do Cariri.

11:36 · 10.10.2017 / atualizado às 11:36 · 10.10.2017 por



       A unidade de pediatria do Hospital Regional de Iguatu promove até o próximo dia 15 uma programação especial para as crianças internadas na unidade de Saúde. O evento é promovido pela Secretaria da Saúde e Secretaria de Assistência Social em parceria com a Escola de Saúde Pública de Iguatu e Universidade Regional do Cariri (Urca), campus local.

      Segundo os coordenadores do evento, a programação consiste de contação de histórias, musicoterapia, doação de brinquedos, oficina de desenho e apresentações artísticas.

       O secretário de Saúde de Iguatu, Dr. Marcelo Sobreira, destacou que as ações visam humanizar cada vez mais o atendimento no Hospital Regional, fazendo com que as pessoas sintam a mudança de atendimento na unidade. “A proposta desta ação é tentar minimizar o sofrimento dessas crianças portadoras de algum tipo de doença, que passam tanto tempo internadas, levando mais alegria, carinho e amor para a vida delas”, disse o secretário.

18:01 · 24.08.2017 / atualizado às 18:07 · 24.08.2017 por

 

Secretário de Saúde Marcelo Sobreira.

O secretário de Saúde de Iguatu, Marcelo Sobreira, anunciou nesta quinta-feira, 24, que o Hospital Regional de Iguatu obteve da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) o Alvará Sanitário. “Depois de mais de uma década, o Hospital passa a ter a licença e agora é digno de funcionamento, tem respeitabilidade”, pontou. “Já melhoramos muitas coisas e vamos continuar trabalhando para ampliar os serviços e o atendimento à população com qualidade a partir da contração de mais médicos especialistas”.

UTI

Recentemente, o secretário de Saúde do Estado, Henrique Javi, visitou o Hospital Regional de Iguatu e comprometeu-se em atender o pleito local para implantação de dez leitos de UTI. “Vamos transformar a UTU em UTI adulta”, disse Marcelo Sobreira. “O nosso esforço é conseguir recursos para instalação, equipamentos e contratação de profissionais especializados e para isso temos o apoio do secretário de Saúde do Estado”.

Residência 

Neste semana, representantes da Universidade Federal do Cariri (UFCA) estiveram visitando o Hospital Regional de Iguatu e firmaram parceria com a secretaria de Saúde do município para a abertura de vagas para residência médica destinado aos alunos do curso de medicina da Universidade no campus de Barbalha.

11:15 · 13.02.2017 / atualizado às 11:19 · 13.02.2017 por

 

Cedro é uma das cidades da região sem registro de doenças causadas pelo Aedes aegypti. Foto de Honório Barbosa

Uma boa notícia para os moradores de Cedro e de mais quatro cidades da região Centro-Sul do Ceará. No primeiro boletim epidemiológico não há registros de casos de dengue,  chikungunya e zika vírus. As informações fazem parte do boletim epidemiológico semanal da Secretária de Saúde do Estado do Ceará (Sesa), divulgado nesta sexta-feira (10).

Mesmo com o resultado favorável, Cedro, que continua sem registros dessas doenças, permanece vigilante para evitar a chegada das doenças aos moradores.
O relatório mostra dados das cinco primeiras semanas epidemiológicas de 2017 e realiza análise comparativa com o mesmo período de 2016.

De acordo com o prefeito de Cedro, Dr. Nilson Diniz, a colaboração da população tem sido fundamental no combate ao mosquito transmissor, com esta ajuda e o bom trabalho das equipes na área da saúde, o município colhe bons resultados. “Com o inicio do período chuvoso precisamos ficar mais atentos, e dar continuidade as importantes ações de controle dessas doenças”, disse o gestor.

Estatística regional 

A 17ª Coordenadoria Regional de Saúde, a qual integra o município de Cedro, registra que as cidades de Baixio, Cedro, Ipaumirim, Umari e Várzea Alegre também não apresentaram nenhum caso de Dengue. O município de Icó registrou dois casos, Lavras da Mangabeira e Orós apresentaram um caso.

Em relação a febre chikungunya, a 17ª Regional apresentou apenas um caso, no município de Orós. Em relação a Zica, não houve registro da doença nos municípios da região.

De acordo com a Secretária de Saúde de Cedro, Sayonara Moura, as equipes estão em campo orientando a população. “Nosso trabalho preventivo vem mostrando resultados, com ele foi possível zerarmos os índices destas doenças, mas as ações precisam continuar durante todo o ano”.

 

10:27 · 08.02.2017 / atualizado às 10:27 · 08.02.2017 por

 O programa será apresentado em primeira mão na Região Centro-Sul, nesta quinta-feira (9), em encontros com a presidente do Conselho, em Iguatu e Icó.

 

Clara Rocha, presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Ceará.

A presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Ceará (CRCCE), Clara Germana Rocha, apresentará, nesta quinta-feira (9), em Iguatu, o novo programa de educação à distância do CRCCE. O anúncio será feito para profissionais da contabilidade da cidade e municípios vizinhos, durante o encontro intitulado Papo Aberto, que será realizado às 12 horas, no Diocesano Hotel.

No mesmo dia, Clara Germana também encontrará os profissionais de Icó e região, no Papo Aberto agendado para 19 horas, no restaurante Dumont. Outras 17 cidades estão na programação da presidente até abril, com o mesmo objetivo de divulgar os cursos em EAD e estimular o profissional a aproveitar a oportunidade de qualificação.

Os cursos do programa de EAD do CRCCE serão inteiramente gratuitos e contarão com os mesmos instrutores credenciados pela entidade, que ministram cursos e palestras presenciais na capital e no interior. A diferença é que os profissionais não precisarão mais se deslocar para outras cidades ou comprometer o tempo reservado à rotina de trabalho.

Mestrado

Outra novidade é a instalação do primeiro curso de mestrado em Ciências Contábeis do Ceará. O curso será realizado na sede do Conselho, em Fortaleza, por meio da Fucape Business School. O programa é reconhecido pela CAPES (Portaria nº 524, de 29 de Abril de 2008), sendo o único no país com nota máxima da área (nota 5).

15:03 · 26.12.2016 / atualizado às 15:03 · 26.12.2016 por

 

Hospital Regional de Iguatu poderá ser gerido por ordem religiosa São Camilo. Foto: Honório Barbosa
Hospital Regional de Iguatu. Foto: Honório Barbosa

A Prefeitura de Iguatu inaugura nesta segunda-feira, 26, a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI Neonatal) no Hospital Regional. A UTI Neonatal ocupará todo o pavimento que foi construído recentemente.

O prefeito Aderilo Alcântara disse que a unidade está equipada. “Não tivemos tempo para inaugurar antes, mas espero que a nova administração colocará a UTI Neonatal em funcionamento”, frisou.