Busca

Tag: reunião


11:03 · 09.01.2018 / atualizado às 11:03 · 09.01.2018 por
Prefeito Zé Hélder manteve reunião com moradores do distrito de Ibicatu. Fotos de Miguel Marcelo

Nos finais de semana, o prefeito Zé Helder tem visitado as comunidades, onde escuta as demandas da população e faz planejamento para atender as demandas dos moradores. O mais recente encontro ocorreu neste domingo, 7, no distrito de Ibicatu, onde participou de uma reunião organizada pela associação da comunidade da Vacaria, que tem como presidente Valdivan Bezerra de Oliveira.

O prefeito recebeu da comunidade os seguintes pleitos: alargamento da estrada no trecho de um quilômetro a partir da Grota Funda até a BR 230; implantação de luminárias nos postes da comunidade; piçarramento da estrada em frente à Escola Joaquim Alves de Oliveira; e recuperação da parede do açude da Vacaria, danificada pela erosão.

O prefeito Zé Helder se comprometeu com a comunidade que a gestão atenderá às demandas da população até o final de janeiro desse ano.

Fora da área de infraestrutura, a comunidade pediu atenção para a saúde, no tocante ao atendimento da equipe do PSF, que é feito em uma escola, para que seja realizado em outro local.

Na sequência, o prefeito visitou a construção da barragem do sítio Gabriel, que foi concluída recentemente.

15:58 · 07.12.2017 / atualizado às 15:58 · 07.12.2017 por

 

Secretário Executivo da SRH, Aderilo Alcântara. Foto de Honório Barbosa

O Comitê da Sub-Bacia do Alto Jaguaribe realizou na manhã desta quinta-feira, 7, no auditório do Sebrae, em Iguatu, a última reunião ordinária do ano, sob a coordenação da Cogerh. Os integrantes voltaram a reclamar a necessidade de instalação de poços profundos perfurados em localidades rurais e mostraram gravidade na falta de água para abastecimento de comunidades rurais em vários municípios.

O secretário Executivo da Secretária de Recursos Hídricos (SRH), Aderilo Alcântara, apresentou um levantamento sobre a quantidade de poços profundos perfurados e instalados na Bacia do Alto Jaguaribe (529) e chafarizes (103).

Os números apresentados por Aderilo Alcântara evidenciam a gravidade da falta de água. Em Campos Sales, foram perfurados 133

As engenheiras civis da Secretaria de Recursos Hídricos (SRH), Maria Fontenele e Fernanda Furtado, da célula de Segurança de Barrragem, falaram sobre o prazo para cadastramento de açudes, barramentos até março de 2018, sob a responsabilidade de municípios, associações comunitárias e de particulares.

A preocupação do governo é com a situação dos açudes que podem apresentar falha estrutural e rompimento durante a próxima quadra chuvosa.

“Estamos abertos a receber demandas sobre esses poços perfurados e não instalados para que possamos buscar em conjunto uma solução”, frisou Aderilo Alcântara.

O atraso na obra da adutora do Açude Muquém para Cariús e Jucás, a falta de condição de instalação de poços profundos já perfurados e com boa vazão para abastecer a Vila São Pedro e a entrada de volume morto do reservatório Muquém traz preocupação para o representante de Jucás no Comitê, Alcides Duarte.Na próxima semana, o açude Muquém vai atingir o volume morto”, frisou. 

Representantes da SRH falaram sobre cadastramento de barragens. Foto de Honório Barbosa
11:13 · 30.11.2017 / atualizado às 11:13 · 30.11.2017 por

A cidade de Várzea Alegre recebeu, nesta quarta-feira, 29, reunião da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD), realizada no auditório da Escola Municipal Dr. Pedro Sátiro. O objetivo da pasta é fortalecer o Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (Compod), ampliando as ações preventivas contra o uso de drogas em parceria com a administração municipal.

As assessoras Vandiza Sucupira, Cléo Félix e Andressa Melo, da equipe da SPD, coordenaram a reunião.

Em suas intervenções, destacaram o fortalecimento do Compod como uma mostra do compromisso municipal com a questão das drogas e seu impacto na saúde pública local, além de enfatizarem a importância de investir em ações de prevenção.

O encontro contou com a presença do vice-prefeito Fabrício Ferreira Rolim, da vereadora Dra. Luciana Rolim (vice-presidente da Câmara Municipal de Vereadores), da primeira-dama, Sônia Fortaleza e do secretário municipal de Saúde, Ivo Leal.

14:58 · 27.11.2017 / atualizado às 14:58 · 27.11.2017 por
Reunião do prefeito com moradores. Foto de Augusto César

O prefeito de Várzea Alegre, Zé Helder, e chefe de Gabinete, Batista Jr. se reuniram, neste domingo, 26, com moradores do sítio Volta, distrito de Ibicatu, e diretores da Associação Comunitária, que é presida por Poliésia Duarte Paracampo, para discutir reivindicações apresentadas pela comunidade.

Os moradores solicitaram a cessão do prédio público onde funcionou uma escola para utilização da sede da Associação Comunitária, gerenciamento do sistema de abastecimento de água, que a comunidade fará convênio com Sisar – Sistema Integrado de Saneamento Rural, ficando como compromisso do governo municipal, legalização de terreno para efetivação do contrato.

O prefeito Zé Helder, apresentou para a comunidade uma prestação de contas das ações da gestão municipal no decorrer desses dez meses, além de assegurar a cessão do imóvel para a sede da associação e dar legalização do terreno e convênio com o Sisar.

10:48 · 08.11.2017 / atualizado às 10:48 · 08.11.2017 por

 

A Segurança pública no município de Cedro, na região Centro-Sul do Ceará, foi discutida em reunião com o Secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS), André Costa. Representantes do municípios solicitaram aumento do efetivo, aquisição de viatura para destacamento local e o combate às drogas no município.

O vice-prefeito, Joãozinho de Titico, observou que o secretário de Segurança demonstrou preocupação com o crescimento da violência em cidades do Interior. “Esperamos que sejam tomadas as medidas necessárias para o bem da população”, frisou.

O secretário André Costa parabenizou o município de Cedro pela implantação de Central de Monitoramento em Vias Públicas e destacou que as demandas serão analisadas para que possam ser efetivamente concretizadas.

Violência assusta famílias

A zona rural também foi tratada durante a reunião. O padre José Wallace lembrou que, apesar da crise que assola o país, as demandas por uma nova viatura e o apoio das ações ostensivas do RAIO (Regional) são necessárias para atender as famílias. O religioso lembrou que no distrito de Várzea da Conceição, que faz divisa com vizinhos municípios de Icó e Iguatu, foram registrados assaltos que assustam as famílias.

O vereador Marcelo Matos e a vereadora, Ana Nilma, cobraram ações para o combate ao crescimento de assaltos na zona rural.

O encontro contou com a presença do deputado federal Aníbal Gomes, do vice-prefeito, Joãozinho de Titico, do padre José Wallace, dos vereadores Ana Nilma, Gilberto Barbosa e Marcelo Matos. O prefeito Dr. Nilson Diniz não pode comparecer ao encontro, mas destacou os esforços da gestão e a busca de apoio ao governo do Estado para reduzir a criminalidade no município.

 

10:20 · 03.11.2017 / atualizado às 10:20 · 03.11.2017 por
Secretário manteve reunião para definir ações da pasta. Foto de Marciel Bezerra

O secretário de Infraestrutura de Cedro, Marcus Pitombeira, participou de reunião com servidores visando ao planejamento de ações da pasta. O encontro serviu também para motivar os servidores e traçar ações estratégicas  para 2018. Várias categorias participaram – agentes de trânsito, representantes da Guarda Municipal, motoristas, operadores de máquinas, engenheiro, mecânicos, topógrafo, cadista e auxiliares técnicos administrativos.

Durante o encontro foi apresentada a situação de obras em andamento, como o Marco Zero, a Creche Pro-Infância tipo B, a Rodoviária, novas pavimentações, reforma de cemitérios e construção do Centro de Educação Infantil (CEI).

Outras obras serão iniciadas: salas de cinema, reforma do Estádio Montevideo e, no distrito de Várzea da Conceição, a ampliação e a reforma da Escola Municipal João Batista Moreno. “Uma equipe estruturada, com reuniões sistemáticas de planejamento, envolvendo todas as categorias resultam em ganhos para o município, nas diversas áreas”, reforça Marcus Pitombeira.

Até dezembro serão realizadas reuniões semanais de planejamento com cada equipe, para avaliação e discussão de demandas e necessidades de cada categoria.

O prefeito Dr. Nilson Diniz entende que manter o diálogo e prezar por ações em prol da melhoria dos serviços prestados à população têm sido fatores determinantes para o município avançar.

10:58 · 17.08.2017 / atualizado às 10:59 · 17.08.2017 por

 

As unidades do programa socioeducativo Semiliberdade das cidades de Iguatu e de Cratéus serão mantidas pelo menos até o fim deste ano. Esse foi o compromisso assumido após longa reunião realizada na cidade de Iguatu, no Gabinete da Prefeitura, nesta quarta-feira, 16.

O compromisso foi assumido pelo titular da Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socieducativo, Cássio Silveira Franco. “Os recursos para manter essas unidades são suficientes somente para o mês de setembro próximo, será preciso mais verba para mantermos até o fim do ano enquanto discutimos a questão que é complexa”, explicou.

Franco assumiu também o compromisso de solicitar uma reunião do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente para discutir a proposta de fechamento ou não das duas unidades.

Discussões 

A reunião foi marcada por muitas discussões entre promotores de Justiça, juíza de Direito, defensora pública, prefeito, Ednaldo Lavor, deputada estadual, Miriam Sobreira, assistentes sociais e integrantes da unidade do Semiliberdade de Iguatu, além do presidente da Câmara de Vereadores, Mário Rodrigues. O encontro prolongou-se por mais de duas horas.

Todos criticaram a decisão do superintendente Cássio Franco de ter anunciado a desativação das duas unidades, em junho passado, quando começou uma ampla mobilização social e política para evitar o fechamento do projeto que atende jovens infratores. Observaram que a decisão de Franco deveria ter passado pelo Conselho Estadual.

Recomendação 

O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio das promotoras de Justiça, Helga Tavares, da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Iguatu, e Milvânia Britto Santiago, da Comarca de Crateús, entregaram ao superintendente Cássio Franco, uma recomendação conjunta no sentido de que a Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo se abstenha de encerrar as atividades das unidades regionais do semiliberdade, bem como a transferência de adolescentes para outras unidades e que a proposta de encerramento das atividades sejam levadas ao Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Críticas 

A deputada estadual, Miriam Sobreira, o prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, a promotora de Justiça, Helga Tavares, o promotor de Justiça, Hugo Mendonça, além de outros participantes da reunião criticaram duramente a decisão da Superintendência que pretende cancelar as atividades do semiliberdade.

 

17:19 · 10.08.2017 / atualizado às 17:19 · 10.08.2017 por
Reunião com credores definiu pagamento de precatórios trabalhistas. Foto de Augusto César

A Prefeitura de Várzea Alegre realizou nesta quarta-feira, 09, reunião com 44 credores de precatórios trabalhistas que se habilitaram nos seus respectivos processos para celebração de acordo judicial.

A reunião aconteceu na Secretaria Municipal de Educação, com participação da Ouvidoria e da Procuradoria Municipal, representadas por Ellen Costa, Luiz Luciano e José Herbon.

Durante a reunião o Município sinalizou a proposta de pagamento de 60% do crédito atualizado, conforme a Emenda Constitucional de Nº 94/2016, obtendo um retorno positivo de quase todos os credores presentes no evento, que indicaram a intenção de informar aos seus advogados a aceitação à proposta de acordo.

Segundo a Ouvidora do Município, Ellen Costa, o Município espera, com isso, solucionar o pagamento desses precatórios, oriundos de processos trabalhistas antigos, primando também pela economia e melhor utilização dos recursos públicos.

Ainda, de acordo com Ellen Costa, os representantes da Ouvidoria e da Procuradora do Municípios, se encontram à disposição dos demais credores nos citados órgãos para quaisquer informações acerca de precatórios municipais.

22:04 · 25.07.2017 / atualizado às 22:04 · 25.07.2017 por
Reunião discutiu medidas de redução do consumo de água em Várzea Alegre. Foto de Augusto César

O Governo de Várzea Alegre já adota medidas para economizar água, uma vez que o açude Deputado Luiz Otacílio Correia (Olho D’água), localizado na comunidade de São Vicente, na sede rural, não recebeu recarga de água satisfatória com as chuvas da quadra invernosa de janeiro a maio deste ano.

Pensando na população e visando novas alternativas de economia da água, o prefeito Zé Helder (PMDB), participou de reunião nesta manhã de segunda-feira, 24, no auditório do CAIS – Centro de Atenção Integrado à Saúde, com o objetivo de discutir medidas de redução de consumo de água.

Segundo o prefeito Zé Helder, a preocupação é porque o açude está com apenas 22% de sua capacidade de 19.000.000m³ e baseado em informações de consumo, tanto da Cagece como da Cogerh, o reservatório só teria capacidade para abastecer a cidade durante 12 meses, ou seja, até agosto de 2018, e isso representaria um colapso de água na cidade.

Zé Helder destacou que talvez seja necessário realizar medidas como rodízio no abastecimento e campanhas de conscientização para reduzir o consumo e evitar o desperdício de água. “Não adianta a gente fechar os olhos para essa situação. Nós temos que está agora conscientes e ter políticas e medidas que economize bastante água na busca de chegar ao inverno de 2019”, disse.

O prefeito disse que a orientação para a comissão que fará parte do comitê gestor das águas do açude é que trabalhe a economia da água para chegar até 2019, quando se espera que as chuvas de 2018 e também de 2019, possam ser suficientes para garantir novas reservas de água para o açude.

Zé Helder deixou claro que para ele essa situação de reservas baixas do açude foi uma surpresa desagradável e que não deseja que a cidade volte aos tempos nos quais o abastecimento de água era feito através de carroças e de carros-pipa. Para o prefeito, as medidas de economia devem ser implementadas urgentemente para esticar esse prazo de abastecimento da cidade até fevereiro de 2019.

Entre outras medidas já adotadas pela Prefeitura, segundo Zé Helder, estão a redução do consumo de água nas praças e em unidades públicas, que representa diminuição de 2.000m³ de água, também serão estudadas a construção de novas barragens que deem suporte ao abastecimento de água da cidade, caso o açude Deputado Luiz Otacílio Correia venha a passar por momento como o de agora, com baixas reservas.

Alberto Medeiro, da Cogerh, considerou que a garantia de água do açude para abastecer Várzea Alegre até julho de 2018 é segura, mas não deixa de ser preocupante, porque julho é o mês que não chove mais em 2018 e a cidade correria o risco de passar mais seis meses sem água. Para ele, a reunião de hoje objetivou discutir vazões adequadas para atingir a meta de abastecimento de água da cidade em 2018 e começo de 2019. De acordo com ele, das medidas a serem adotadas estão as de redução do consumo e de conscientização da população sobre a importância de economizar água.

Rivelino Teles, que representou a Cagece e trabalha como supervisor de rede da Bacia do Salgado, parabenizou o município de Várzea Alegre pela forma proativa que está agindo diante desse problema da escassez de água do açude Deputado Luiz Otacílio Correia. “Acho essa discussão importante e oportuna e dizer que a Cagece está de mãos dadas com todos os entes envolvidos nesta questão de contingenciamento e de preservar e conservar nosso manancial até termos chuvas e a garantia de uso mais prolongado”, disse. Ele destacou que é importante o envolvimento da população nesse caso. Rivelino Teles disse que em breve estarão na Câmara de Vereadores, onde será apresentado um plano de contingenciamento de água que represente impacto mínimo para a população.

Comissão
O Grupo de Contingência e Convivência com a Seca de Várzea Alegre com membros representante das seguintes instituições:

1. PREFEITO – José Helder Máximo de Carvalho;
2. CÂMARA MUNICIPAL – Alan Salviano de Lima;
3. SECRETARIA MEIO AMBIENTE – José Marcilio dos Anjos Feitosa;
4. SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA – Elonmarcos Cândido Correia;
5. SECRETARIA DE DESENVOLIVIMENTO AGRARIO – Cícero Izidório Cabral;
6. DEFESA CIVIL MUNICIPAL – Francisco George Bitu Inácio;
7. COGERH – Alberto Medeiro de Brito;
8. Representante da CAGECE;
9. Representante do MPCE;
10. FAMUVA – José da Costa;
11. Representante dos SINDICATOS.

17:30 · 11.07.2017 / atualizado às 17:30 · 11.07.2017 por
Reunião na UFCA tratou da implantação do campus da instituição em Icó.

A prefeita de Icó, Laís Nunes, esteve em audiência nesta terça-feira, 11, no município de Juazeiro do Norte, na sede da Universidade Federal do Cariri (UFCA), com o reitor, Ricardo Luiz Lange Ness, para tratar da implantação do Campus em Icó.

“Fui, novamente, reclamar por rapidez na implantação do Campus da UFCA em Icó. Sei das burocracias, mas já ultrapassamos as fases mais complexas como a legalização do terreno do Dnocs para as edificações, por exemplo, o que nos deixa muito feliz e certa da implantação definitiva. Estou convicta deste sonho ser posto em prática”, disse Laís Nunes.

Participaram da reunião – além do reitor, o secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Inácio Arruda; pró-Reitores, professores Silvério de Paiva e Roberto Ramos. 

A gestora Laís Nunes disse que irá a Brasília para confirmar também os recursos destinados à UFCA e ao futuro campos de Icó.

A implantação do Campus da UFCA no município de Icó, atrasou por falta, à época, de um terreno com grandes dimensões para a construção das salas, bibliotecas e laboratórios que servirão aos universitários.