Busca

Tag: rotary


11:33 · 25.04.2017 / atualizado às 11:33 · 25.04.2017 por

A Câmara Municipal de Iguatu aprovou emenda que modifica a Lei do Parcelamento do Solo Urbano do município. A mudança permiti aos loteamentos licenciados pela Prefeitura de Iguatu registrados em cartórios de imóveis a permissão a divisão dos lotes na condição de testada/frente mínima igual ou superior a 6 metros e área mínima igual ou superior a 135m².

A matéria proposta pelo vereador e presidente da Casa, Mário Rodrigues (PDT), passou por maioria dos presentes e com voto contrário de um único parlamentar.

O vereador Bandeira Junior (PMDB), que se posicionou contrário à mudaça, alegou que a emenda fere o direito adquirido. “Os bairros que têm seu plano de ocupação de solo há décadas não podem de uma hora pra outra serem modificados”, argumentou.

Adequação

O presidente do Legislativo afirmou que a matéria se trata de uma padronização que agora permite aos proprietários de loteamentos e terrenos construírem por meio de políticas e programas habitacionais da Caixa Econômica Federal. “O que propomos é uma adequação à lei municipal a média geral, comum em todos os centros urbanos”, explicou Mário Rodrigues.

Homenagem

Outra pauta votada que propunha a nomenclatura da Academia de Saúde de José Arimateia Bandeira – Maninho (in memoriam), proposta também por Mário, passou de forma unânime. O equipamento situado no cruzamento da rua José de Alencar com Bevenuto Mendonça será cedido ao Rotary Club de Iguatu que irá gerenciar o local desenvolvendo atividades voltadas à população da comunidade. “Essa será uma parceria da Prefeitura com o Rotary, e decidimos por homenagear esse grande rotariano e figura da cidade”, disse Mário que também é associado ao Rotary.

A Academia de Saúde foi construída há mais de três anos, mas estava abandonada, nunca funcionou. Na cidade, há mais seis outras que foram edificadas e abandonadas.

10:49 · 10.04.2017 / atualizado às 10:49 · 10.04.2017 por

Na última reunião do Rotary Club de Iguatu, os associados da entidade de serviço acompanharam mais uma palestra voltada para o debate e resolução das problemáticas do município. O tema escolhido: ‘Saneamento, Meio ambiente e Sustentabilidade’, foi proferido pelo economista, Danilo Carvalho. A ida ao clube fez parte das comemorações ao Dia Mundial da Água. Além dos rotarianos, as damas rotárias participaram da ocasião ocorrida na sede.

A palestra tinha como objetivo orientar sobre o correto tratamento de água, assim como a instalação de redes de esgoto, coletas de lixo, entre outras ações de melhoria das condições sociais de higiene pública. “Os casos do cotidiano, como crise hídrica e coleta de água e esgoto, são problemas hoje de saúde pública que impactam a economia”, pontuou Danilo.

O palestrante fez um estudo da água do município que durou quase quatro anos e que ainda será publicado. “Dez por cento da população iguatuense ainda consomem água do Rio Jaguaribe sem o tratamento adequado. Portanto o abastecimento só chega a 90% dos moradores da cidade e a maneira que eles consomem essa água pode ocasionar doenças seríssimas”, afirmou.

Outra estatística apontada por Danilo é sobre o volume tratado e desperdiçado. “O quantitativo de água produzido está num crescente muito maior do volume que é consumido pela população. Em 2013 e 2014 o desperdício chegou a 42%.

Em países desenvolvidos o desperdício não chega à casa dos 20%”, afirmou.

Atualmente, tanto no Brasil quanto em várias partes do mundo – notadamente os países subdesenvolvidos –, a maior parte dos esgotos é despejada em rios, lagos e mares, não recebendo qualquer tipo de tratamento e propiciando a queda da qualidade de vida da população a curto e longo prazo, com a contaminação das águas e dos solos. “Apenas 15 % da água são retratadas e outros 85 % se perdem em forma de poluição aos mananciais”, explicou.

Danilo Carvalho participa ainda de movimentos religiosos católicos como Pastoral da AIDS e Carcerária. Na cadeia pública de Iguatu está prevista a realização de produção por meio dos detentos materiais recicláveis de reaproveitamento. Por meio de parceria com a Secretária de Educação, 12 instituições educacionais receberam a palestra. “Isso prova que o Rotary Club de Iguatu tem a ânsia de se aprofundar nos problemas existentes em nosso meio”, avaliou o presidente do Rotary Club de Iguatu, Tales Teixeira.

11:01 · 30.03.2017 / atualizado às 11:03 · 30.03.2017 por

 

A Casa da Amizade do Rotary Club de Iguatu, em acompanhamento social a mulheres e famílias do conjunto habitacional Novo Iguatu, desenvolve desde fevereiro sua mais nova ação junto ao bairro, que agora visa a ofertar conhecimento na área de corte e cabelo, motivando o empreendedorismo e a captação de renda extra. O curso de cabeleireiro vem sendo realizado na sede do Rotary Club de Iguatu.

A presidente da Casa da Amizade, Paloma Leal, disse que a ideia do curso surgiu após as damas rotárias conhecerem de perto a realidade do bairro. “Conhecemos de perto a realidade social daquele bairro.

Percebemos que carecem de políticas públicas e são vulneráveis socialmente. ‘Adotados’ aquela comunidade nesse ano rotário (2016/2017) no objetivo de deixar um legado com a marca de Rotary”, disse.

Ana Paula Pereira, uma das alunas do curso, espera conseguir uma renda extra com que já aprendeu. “Já aprendi escovar e cortar. Não perco um dia”, disse. A aluna disse que depois do convite recebido agora próximo passo agora é montar o seu salão. “Sonho agora em montar meu negócio aprendendo pra isso”, afirmou.

Os cursos acontecem duas vezes na semana e para não perder a prática do que vem aprendendo, Ana diz que vem levando seu conhecimento na sua vizinhança. “Chamo todos eles [vizinhos] lá pra casa e faço corte e escova só pra repassar o que me ensinaram”, disse.

Parceria
O curso acontece em parceria com a rede de União dos Profissionais de Beleza do Centro-Sul (Uniprobel). Flávia Nathália é uma das profissionais do seguimento que ministrou o curso. “Aqui ensinamos as técnicas mais atualizadas. Finalizando o curso, tenho a absoluta certeza que teremos excelentes profissionais”, afirmou.

É por meio da Uniprobel que cidade está se tornando referência no interior com a realização de uma feira anual do setor de beleza a “Belasul”. A cada ano, os diretores da Uniprobel buscam uma parceria mais firme com o Sebrae e Senac, além das empresas distribuidoras de produtos para salão de beleza. O evento é realizado anualmente sempre no fim de abril e integra o calendário de negócios da região.

Nathália disse que a união vem estreitando ações sociais em parcerias com demais entidades. “Fazemos parcerias com as mais variadas instituições da cidade com esse objetivo de cumprir com o lado social. Sem dúvidas estamos abertos a novos projetos”, adiantou.

Ações
Cerca de 20 mulheres participam do curso com a carga horária de duas aulas semanais. No dia 28 deste mês foi feita a finalização com entrega de diplomas.
Dentre as ações realizadas pelas damas rotárias na comunidade estão customização de peças de roupas, dia de lazer com as crianças em parque temático e momentos pedagógicos com o momento intitulado ‘Leitura da Amizade’ no mês de dezembro do ano passado.

12:21 · 12.03.2017 / atualizado às 12:21 · 12.03.2017 por

 

Quadro foi arrecadado por quatro mil doláres

Por meio de doações que serão revertidas a projetos da Fundação Rotária, o Rotary Club de Iguatu arrematou, uma peça artística que agora compõe a estrutura da sede do club iguatuense. O arremate se deu por meio de leilão realizado em Fortaleza durante jantar com representações rotárias do Distrito 4.490, que contemplam os Rotary’s dos estados do Ceará e Piauí e Maranhão.

O leilão filantrópico aconteceu no Restaurante Pipo, ideia encabeçada pelo atual e ex-governador, Davi Gomes e Dejarino Santos, respectivamente, e tinha como principal objetivo arrecadar o maior número de doações, fomentando as ações para a Fundação Rotária, reconhecendo os grandes doadores do distrito.

Arremate

Por meio de U$ 4 mil, o arremate dos rotarianos Paulo de Tarso Bezerra, Ariosto Bezerra Vale, Ricardo Andrade e Jorge Madrigal – todos condecorados com títulos Paul Harris – fez do club iguatuense o conquistador da obra mais desejada da noite: o quadro da artista cearense Maria Campos, que retrata a natureza na sua mais bela forma.

 

10:07 · 07.03.2017 / atualizado às 10:07 · 07.03.2017 por

 

Capitão Arquênio faz explanação sobre atuação do Raio em Iguatu. Foto de Thiedo Henrique

O Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio), em Iguatu, por meio do comandante capitão Arquênio Braga, em reunião ordinária do Rotary Club de Iguatu, apresentou dados dos últimos seis meses em que o grupo chegou à cidade.

O objetivo da ida do militar à sede rotariana era tomar conhecimento das ações de intervenção da equipe de segurança, bem como saber dos avanços na área desde sua instalação no município.

De acordo os dados apresentados pelo capitão, em um semestre mais de 300 ocorrências terminaram em prisões por algum crime ou conflito com a lei. Por dia, são efetuadas pela equipe 75 abordagens diárias, que dá uma média de quase 2.300 por mês. “Acredito que é um somatório de forças. O Raio é apenas um braço da área integrada de segurança que é composta pelo Ronda, Polícia Rodoviária Estadual e o 10º Batalhão”, afirmou Arquênio.

O presidente do club, Tales Teixeira de Mendonça, comemorou os números e disse que o convite se deu devido à percepção dos rotarianos com essa nova fase vivenciada pelos iguatuenses. “Aqui temos as mais variadas representações de associados. Discutimos os problemas sociais da cidade, e a segurança era um dos temas mais palpitantes. Mas desde então percebemos que é nítido o avanço que tivemos nesse tema. Após a chegada do Raio no mês de agosto, pouco ouvimos falar de assalto e roubos audaciosos no município. E esse momento é de reconhecimento para aqueles que arriscam suas próprias vidas em prol do bem-estar da maioria”, disse.